Sie sind auf Seite 1von 2

Agrupamento de Escolas de Benavente

Técnico de Ação Educativa

Português POCH-01-5266-FSE-000769 –
Ano Letivo Código SIGO nº8554619
2017/2018
Técnico de Instalações Elétricas
Ficha de Trabalho
Módulo 4 POCH-01-5266-FSE-000769 –
Código SIGO nº 8554615

Nome: ____________________________________ Turma: ______ Nº ____ Data: ____________________________

O texto argumentativo procura persuadir o recetor de uma determinada opinião, refutá-la ou debater
um tema. Para tal, o emissor assume uma posição, apresentando argumentos que permitam justificá-la.
O recurso a exemplos ou citações poderá permitir fortalecer os argumentos.
Os conectores discursivos são utilizados para articular as partes do texto.

Estrutura do texto argumentativo:


 Apresentar o tema.
 Adotar uma perspetiva – a favor ou Introdução
contra.

 Apontar argumentos que a apoiem


Desenvolvi
(prevendo, eventualmente, contra-argumentos).
mento
 Indicar factos, provas ou exemplos que confirmem os argumentos.

 Reforçar a tua posição, apresentando uma opinião


Conclusão
geral.

1
Não digo que nas touradas não haja crueldade. Mas, considero, acima de tudo que, para algumas
pessoas, as touradas são arte. As touradas não são só os touros, os touros de morte – que é o que faz
com que algumas pessoas não gostem – mas é também o espírito da tauromaquia, ou seja, a paixão por
touros e cavalos; a música que as bandas filarmónicas tocam quando os toureiros fazem uma boa lide;
os fatos de toureiros, forcados, peões de brega. É certo, que ver touros morrerem em plena praça custa
um pouco, mas também tem a ver com a forma como os matam. E, mais tarde ou mais cedo, o animal
bravo teria que morrer, fosse perante os fatores da natureza ou pela “mão” de um homem, sabendo
que estes que são corridos em praça, são próprios para este espetáculo, já nascem com o seu destino
marcado. Quando um toureiro apresenta uma boa lide, é bom ouvir os “olés” dos aficionados, e o bater
das palmas, em pé, quando um forcado faz uma boa pega, pois, todos os que vão para dentro da praça,
gostam de ser alimentados com a alegria do público que está nas bancadas.
E, em relação à sociedade em que vivemos, se é para sermos “todos diferentes mas todos iguais”, então
porquê fazer com que as touradas acabem? Cada um não tem o seu próprio pensamento, gosto e
opinião?Com estas minhas palavras não quero mudar nem o gosto, nem a opinião, nem mesmo o
pensamento de cada um, mas sim dizer que, nas touradas pode haver crueldade, mas há sobretudo a
arte da tauromaquia.