Sie sind auf Seite 1von 5

«TableStart:form»

«TableEnd:form»

TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA Nº Error! Bookmark not


defined.
DAS PARTES:

I - Error! Bookmark not defined., CNPJ: Error! Bookmark not defined., Inscrição Municipal: Error!
Bookmark not defined., Inscrição Estadual: Error! Bookmark not defined., Error! Bookmark not
defined., representado por seu Diretor Regional - Sr Error! Bookmark not defined. doravante
denominado CONCEDENTE; e

II - Error! Bookmark not defined., CNPJ: Error! Bookmark not defined., Inscrição Municipal: Error!
Bookmark not defined., Inscrição Estadual: Error! Bookmark not defined., Error! Bookmark not
defined., Error! Bookmark not defined., Error! Bookmark not defined., Error! Bookmark not defined.,
CEP: Error! Bookmark not defined., Error! Bookmark not defined./Error! Bookmark not defined.,
neste ato representado(a) por seu(a)(s) - Error! Bookmark not defined. doravante denominado
CONVENENTE.

Resolvem celebrar o presente TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA, processo nº Error!


Bookmark not defined., sujeitando-se as Partes ao Regulamento de Licitações e Contratos do Error!
Bookmark not defined., em conformidade com a Instrução Normativa nº 003/15 e às cláusulas e
condições a seguir entabuladas:

CLÁUSULA PRIMEIRA – DO OBJETO


1.1 Error! Bookmark not defined.

CLÁUSULA SEGUNDA – DO EVENTO


2.1 Error! Bookmark not defined.

CLÁUSULA TERCEIRA – DAS OBRIGAÇÕES DAS PARTES


3.1 São obrigações do CONVENENTE:
Error! Bookmark not defined.

3.2 São obrigações do CONCEDENTE:


Error! Bookmark not defined.

CLÁUSULA QUARTA – DO VALOR E/OU FORMA DO REPASSE FINANCEIRO


Error! Bookmark not defined.

Parágrafo Único - Dotação Orçamentária:


Unidade Organizacional – Error! Bookmark not defined.
Centro de Responsabilidade – Error! Bookmark not defined.
Código Contábil – Error! Bookmark not defined.

CLÁUSULA QUINTA – DA CONTRAPARTIDA


5.1 Error! Bookmark not defined.
«TableStart:form»
Página 1 de 5
Documento analisado e validado pela UNIJUR (Unidade Jurídica) – por Error! Bookmark not defined.
«TableEnd:form»
«TableStart:form»

«TableEnd:form»

CLÁUSULA SEXTA – DA GERÊNCIA


6.1 O CONCEDENTE fiscalizará por seu Gerente Sr(a) Error! Bookmark not defined., ou o colaborador
por ele designado, o bom e fiel cumprimento do presente Instrumento, obrigando-se o CONVENENTE
a atender prontamente as suas recomendações. Esse Gerente terá poderes, para:
a) Transmitir o CONVENENTE as instruções e determinações do CONCEDENTE, comunicando-o de
quaisquer irregularidades;
b) Impedir que se realizem quaisquer atos que não estejam discriminados no presente instrumento ou
que tenham sido realizados fora das disposições contratuais;
c) Solicitar ao CONVENENTE todas as informações e esclarecimentos necessários ao perfeito
conhecimento do objeto deste Termo;
d) Avaliar a boa e regular aplicação dos recursos repassados, garantindo a regularidade dos atos
praticados, avaliando a conformidade da execução do instrumento com o Plano do Projeto
previamente aprovado;
e) Notificar, por escrito, o CONVENENTE, quanto à aplicação de multas previstas no contrato ou
qualquer irregularidade;
f) Acompanhar e fiscalizar a correta execução do Termo de Cooperação Técnica e Financeira,
verificando se o objeto e os prazos vem sendo cumpridos conforme estabelecido.

Parágrafo Único - A ação ou omissão do Gerente designado pelo CONCEDENTE não diminui ou exime
a obrigação do CONVENENTE pela execução do presente Termo.

CLÁUSULA SÉTIMA – DA VIGÊNCIA


7.1 O presente termo terá a vigência da data de sua assinatura até o dia Error! Bookmark not defined.
podendo ser prorrogado mediante termo firmado entre as Partes.

CLÁUSULA OITAVA – DA PRESTAÇÃO DE CONTAS


8.1 Error! Bookmark not defined.
Contendo: Error! Bookmark not defined.
8.2 Caso a documentação da prestação de contas encaminhada não atenda todos os itens acima, será
concedido o prazo de Error! Bookmark not defined. dias para adequações. Se o CONVENENTE não
atender a solicitação exigida no prazo acordado, fica suspensa, a celebração de novos instrumentos de
aporte financeiro com a entidade inadimplente até a sua regularização, bem como passível de
aplicação das sanções da cláusula nova.
8.3 O CONVENENTE deverá arquivar as faturas, os recibos, as notas fiscais e toda a documentação
comprobatória dos recursos gastos na execução deste instrumento no próprio local em que forem
contabilizados, pelo prazo de cinco anos, contados da aprovação da correspondente prestação de
contas.

CLÁUSULA NONA – CESSÃO E TRANSFERÊNCIA


9.1 Nenhuma das Partes poderá ceder ou transferir o presente termo, ainda que parcialmente, os
direitos ou responsabilidades assumidas nesse termo, sem o consentimento expresso e por escrito da
outra Parte.

CLÁUSULA DÉCIMA – SANÇÃO


«TableStart:form»
Página 2 de 5
Documento analisado e validado pela UNIJUR (Unidade Jurídica) – por Error! Bookmark not defined.
«TableEnd:form»
«TableStart:form»

«TableEnd:form»
10.1 A inexecução total ou parcial injustificada, a execução irregular ou inadequada, a subcontratação
parcial ou total, assim como o descumprimento dos prazos e condições estipuladas do objeto deste
contrato implicará, conforme o caso, na aplicação das seguintes penalidades:
10.1.1 Advertência;
10.1.2 Restituição total do aporte financeiro corrigidos nos termos da cláusula 11.3;
10.1.3 Rescisão unilateral do contrato, na hipótese de ocorrer:
10.2 Caso a instituição não regularize a situação de inadimplemento até 60 (sessenta) dias depois de
passado o prazo para a prestação de contas, ficará esta obrigada a devolver o valor repassado à conta
do CONCEDENTE;
10.3 Para a aplicação das penalidades aqui previstas, o CONVENENTE será notificado para
apresentação de defesa prévia, no prazo de 5 (cinco) dias úteis, contados a partir da notificação;
10.4 As penalidades previstas neste contrato são independentes entre si, podendo ser aplicadas
isoladas ou cumulativamente, sem prejuízo de outras medidas cabíveis.

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA – DA DENÚNCIA E DA RESCISÃO


11.1 O presente contrato poderá ser rescindido pelas Partes, uma vez verificadas as ocorrências do
descumprimento de qualquer de suas cláusulas ou condições aqui avençados, não sanadas no prazo
concedido, contado do recebimento de notificação escrita feita de uma PARTE à outra, neste sentido.
11.2 A qualquer tempo as Partes poderão denunciar o presente Contrato, desde que comunicada, por
escrito, esta intenção, com antecedência mínima de Error! Bookmark not defined. dias.
11.3 No caso da rescisão/denuncia pelo CONVENENTE, ela deverá ressarcir no prazo máximo de Error!
Bookmark not defined. dias os pagamentos das parcelas totais já pagas pelo CONCEDENTE, corrigidas
pela variação do IGPM pro-rata diem, acrescidos de juros simples de 1% (um por cento) ao mês.

CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA – DA MUTABILIDADE


12.1 O CONVENENTE se reserva ao direito de alterar as datas e/ou locais da realização do EVENTO,
devendo notificar o CONCEDENTE da nova data e/ou novo local com antecedência mínima de Error!
Bookmark not defined. dias da realização do EVENTO.
12.2 Os termos do presente instrumento podem ser alterados a qualquer tempo e novas disposições
nele incluídas, desde que as Partes concordem expressamente, por meio de Termo Aditivo, com
ratificação das estipulações por este não tocadas.

CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA – DOS ENCARGOS COM PESSOAL


13.1 O pessoal que o CONVENENTE e o CONCEDENTE, a qualquer título, utilizarem na execução deste
Contrato, ser-lhe-ão diretamente vinculados, não restando às Partes quaisquer responsabilidades
comuns quanto a este aspecto.

CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA – DA VEDAÇÃO


14.1 É vedado se utilizar dos recursos do presente:
a) Na contratação de pessoal em caráter permanente;

«TableStart:form»
Página 3 de 5
Documento analisado e validado pela UNIJUR (Unidade Jurídica) – por Error! Bookmark not defined.
«TableEnd:form»
«TableStart:form»

«TableEnd:form»
b) Em finalidade diversa da estabelecida no respectivo instrumento, ainda que em caráter de
emergência, bem como transferir recursos para clubes associações ou entidades congêneres, de
servidores ou empregados de qualquer dos partícipes para fins recreativos ou assistenciais;
c) Com despesas a título de multas, juros ou correções monetárias, impostos, encargos sociais e demais
obrigações fiscais, securitárias e tributárias de responsabilidade exclusiva do parceiro;
d) Na realização de despesas administrativas e despesas relativas à prestação de serviços de
consultoria e assistência médica ou assemelhados, por servidor ou empregado que pertença, esteja
lotado ou em exercício em qualquer das entidades partícipes, título de taxa de administração ou
similar;
e) Para aquisição bens móveis e imóveis e para realizar despesas relacionadas a benfeitorias em
imóveis.
14.2 Quando a instituição realizar as despesas acima vedadas, ficará esta obrigada a devolver o valor
aplicado indevidamente à conta do CONCEDENTE no prazo de 30 dias.

CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS


15.1 As Partes convencionam as seguintes disposições gerais reguladoras deste instrumento:
15.1.1 Toda e qualquer alteração do presente contrato será formalizada por escrito, mediante
respectivo aditamento contratual;
15.1.2 As comunicações entre as Partes serão feitas sempre por escrito, por meio de carta registrada
e com aviso de recebimento, por fac-símile e/ou por e-mail com confirmação de recebimento;
15.1.3 Este contrato não cria qualquer vínculo societário, associativo, de representação, de
agenciamento, de consórcio ou assemelhação entre as Partes, arcando cada qual com suas respectivas
obrigações, nos termos do ordenamento jurídico em vigor;
15.1.4 A invalidade ou ineficácia de qualquer das disposições do presente contrato não implicará
invalidade ou ineficácia das demais;
15.1.5 Sempre que possível, as disposições consideradas invalidas ou ineficazes deverão ser reescritas,
de modo a refletir a real e inicial intenção das Partes, em conformidade com a legislação aplicável;
15.1.6 Os termos e condições deste Contrato obrigam as Partes e seus respectivos sucessores a
qualquer título;
15.1.7 O pagamento dos impostos, taxas e contribuições fiscais, previdenciárias, trabalhistas, para o
Seguro de Acidente de Trabalho ou para fiscais, que incidam ou venham a incidir sobre os resultados
provenientes do presente Contrato, serão de exclusiva responsabilidade do respectivo contribuinte,
assim definido na legislação tributária;
15.1.8 As Partes responderão perante terceiros, isoladamente, por qualquer ato praticado fora das
condições ora ajustadas.

CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA – DO PROJETO


16.1 Ficará como responsável pelo projeto por parte do CONVENENTE, Error! Bookmark not defined..

CLÁUSULA DÉCIMA SÉTIMA – DO FORO


«TableStart:form»
Página 4 de 5
Documento analisado e validado pela UNIJUR (Unidade Jurídica) – por Error! Bookmark not defined.
«TableEnd:form»
«TableStart:form»

«TableEnd:form»
17.1 Fica eleito o foro da Comarca de Campo Grande – MS, a resolução de qualquer controvérsia
decorrente do presente contrato, com renúncia expressa a qualquer outro, por mais privilegiado que
seja.
E por estarem justas e acordadas, firmam as Partes o presente Instrumento, em 2 (duas) vias, de igual
teor e forma, na presença de 2 (duas) testemunhas abaixo assinadas, para que produza os efeitos
legais.

Campo Grande/MS, Error! Bookmark not defined.


Pelo CONCEDENTE Pelo CONVENENTE
Error! Bookmark not defined.
Diretor Regional

Testemunhas
Error! Bookmark not defined. Error! Bookmark not defined.
Error! Bookmark not defined. Error! Bookmark not defined.

«TableStart:form»
Página 5 de 5
Documento analisado e validado pela UNIJUR (Unidade Jurídica) – por Error! Bookmark not defined.
«TableEnd:form»