Sie sind auf Seite 1von 12

06

A importância das redes sociais

A importância das redes sociais

Seja bem-vindo ao curso de Social Media Marketing. Vamos iniciar a aula com uma pergunta: você lembra qual foi a primeira
rede social a fazer parte da vida dos brasileiros? Foi o Orkut.

A rede social alcançou o número máximo de usuários no país no ano de 2008, mas foi criada em 2004, nos Estados Unidos. Este
foi um período bacana, em que pudemos interagir com pessoas de diferentes lugares, independente do país ou cidade. O tempo
passou e a realidade mudou bastante.

Atualmente, temos outras inúmeras opções de redes sociais. Vamos conhecer cada uma.

Primeiramente, veremos a mais conhecida e utilizada rede, o Facebook. Os usuários fazem parte do Facebook para interagir
com familiares, amigos, colegas pro ssionais e outros contatos.
Também temos a rede social chamada Twitter.

Algumas pessoas dizem que não conhecem tão bem o Twitter e não identi cam as vantagens de utilizá-lo. Durante o curso, nós
iremos apresentar algumas dicas e técnicas que poderão ser aplicadas no seu cotidiano. Para minha estratégia, por exemplo, o
Twitter tem sido bastante útil.

A grande sacada das redes sociais é conhecê-las e descobrir qual a melhor forma de trabalhar com elas e atingir os seus
objetivos.
Além das duas que já foram apresentadas, outra rede social disponível é o LinkedIn. Ele tem um foco mais voltado para
conectar pro ssionais com diferentes per s - desde aqueles que buscam um novo trabalho, como as próprias marcas
contratantes, à procura de novos colaboradores. Se você vai incluir o seu reposicionamento pro ssional na estratégia ou deseja
fortalecer a sua marca, o LinkedIn poderá ser uma boa escolha.

Qual outra rede social conhecemos? O Instagram.

Esta rede social tem um apelo visual muito forte. As pessoas gostam de compartilhar sua vida e momentos do dia a dia.
Utilizando as "hashtags" (#), os usuários conseguem procurar outras pessoas que tenham o interesse sobre um determinado
tema.

Por exemplo, se quero saber quem são as pessoas que estão comentando sobre marketing. Eu farei uma busca pela hashtag do
tema.
O Instagram irá me mostrar diversos resultados. Conseguimos ver as publicações relacionadas ao termo de pesquisa
"#marketing", feitas pelos usuários.

Podemos clicar sobre as publicações e decidir se curtimos ou não.


No Instagram, a grande sacada é encontrar pessoas com interesses em comum. Todas as redes sociais possibilitam isto. Mas
cada um pode ter um mecanismo de busca diferente. Nós iremos conversar sobre isto mais adiante.

Outra rede social que conhecemos também é o Pinterest.

No Pinterest encontramos várias imagens e informações. Por exemplo, se quero um infográ co sobre moda. Pesquiso pelo
termo no campo de busca e ele irá apresentar diversos resultados.
Se você é da área tness, podemos pesquisar publicações relacionadas com o assunto.

Ele irá sugerir tudo o que estiver relacionado com o tema. Mas é perceptível como o apelo visual é muito grande. Diferente do
Instagram, em que vemos publicações sobre o cotidiano, aqui encontramos conteúdo visual interessante, elaborado por
marcas ou indivíduos. Também encontramos uma variedade de textos. Ao clicarmos em uma das publicações, podemos
encontrar links que nos direcionarão para blogs ou outros sites.
É uma proposta bacana, que atraiu os pro ssionais de áreas como arquitetura e design, por ser um espaço em que podem
compartilhar o seu trabalho.

Além do Pinterest, temos o Google+, uma rede social do Google em que você pode entrar em grupos, compartilhar os seus
interesses e publicações de sua autoria.

Nós temos também o Youtube, uma rede muito interessante para você mostrar tutoriais, fazer o passo a passo de um processo
ou compartilhar suas sacadas. Você pode gravar um vídeo com duração de 20, 10 ou 5 minutos, não existe um padrão. A
duração depende do que se deseja falar, considerando o aproveitamento do tempo de forma coerente. O Youtube é uma boa
rede para compartilharmos o nosso dia a dia e conteúdos que podes ser úteis para os demais.
Quem está nas redes sociais

Agora, iremos falar sobre quem está nas redes sociais. Além das pessoas que habitualmente nos relacionamos nas redes sociais
(familiares, amigos, companheiros de trabalho), encontramos também os per s das empresas. Vemos cotidianamente as
diversas formas como as empresas tentam nos impactar. Algumas muito e cientes, outras nem tanto... Mas certamente, elas
chegaram de maneira de nitiva nas redes sociais, por quê? Porque as pessoas estão nas redes sociais e as marcas querem
aumentar a proximidade com os usuários.

Então, o que é preciso fazer para captar a atenção das pessoas e torna-las mais eis aos produtos e serviços oferecidos?
Basicamente, são necessário três pontos:

1) Construir relacionamentos

Nós construímos relacionamentos com quem nós conhecemos. O objetivo com isto é descobrir o que o público gosta. A partir
disto, nós podemos oferecer algo que vá ao encontro das suas necessidades. Quando falamos sobre nos relacionar com o
público, signi ca que queremos atraí-lo, fazer com que ele se sinta bem ao ler o seu material e indique para os amigos. O
relacionamento é a base de tudo, quando abordamos o tema de como criar a sua presença digital nas redes sociais.

Não adianta sermos uma celebridade, ter uma fanpage com 1 milhão de likes, e ninguém se importar com o que fazemos ou
falamos. É importante estabelecer uma relação com as pessoas. Com isto, começaremos a utilizar as informações que
captamos a favor do nosso negócio.

2) Perguntas

As perguntas são fundamentais, quando queremos levantar informações sobre os clientes e usuários. Mas desnecessário que
eu crie um formulário cheio de perguntas, em um formato muito tradicional. Por exemplo, se eu tenho uma pizzaria que
funciona de sexta-feira a domingo, e estou pensando em abrir também as terças e quartas-feiras... Eu tenho a opção de lançar
um pergunta na fanpage ou nas redes sociais. Com as respostas, captaremos informações que usaremos a nosso favor.

3) Ponto de encontro

Outro uso interessante das redes sociais é usá-las como ponto de encontro. Aqui na sede do Alura, temos uma máquina de
café. Enquanto as pessoas fazem uma pausa de cinco minutos, tomam o seu café, aproveitam para conversar com quem está
próximo dela. Aquele momento do café se tornou especial, porque é o espaço de integração entre as pessoas.

O que você acha de transformar as redes sociais em um ponto de encontro para os usuários que nos acompanham? As pessoas
só irão car no "local" se o conteúdo for agradável para elas. Pense nisso: como tornar a sua presença nas redes sociais como
um local de encontro? Então, você irá começar a elaborar a estratégia para alcançar a sua meta.

A sua empresa precisa estar nas redes sociais?

Nesta aula iremos falar sobre porque o meu negócio precisa estar nas redes sociais.

Por que precisamos ter um per l nas redes sociais?

Esta é uma das perguntas que mais ouço... No curso de Marketing de Conteúdo, cou bem clara importância de ter um blog
para compartilhar o seu conteúdo próprio que poderá ser útil para outras pessoas. Porém, você deve ter percebido como isto
requer disciplina e irá consumir sua energia. Para escrever um artigo para blog, você precisa estar inspirado e seguir um
cronograma. É uma proposta trabalhosa, mas que traz resultados a médio prazo.
Se você desanimou com os resultados obtidos com o seu blog, não desista. Persista e você verá que no futuro, ele trará muitos
benefícios para sua marca ou empresa. Mas trazendo para uma realidade prática, imagine que eu sou a Mulher-Maravilha:

Eu me vesti de super-heroína, estou comprometida a seguir meu cronograma e vou escrever um artigo. Vou usar toda minha
experiência para compor um texto e criar links.

Após elaborar o conteúdo, modéstia à parte, meu artigo cou excelente.

No entanto, acontece algo que eu não esperava: depois de uma semana, não obtenho nenhum comentário. Surge aquela
decepção. Você fez o possível para escrever um artigo memorável, mas onde estão os comentários? Onde está a interação com
os leitores?
Onde será que eu errei? Eu z tudo certo... Criei um cronograma, estava inspirada e elaborei um conteúdo com experiências
reais. Eu tive êxito com a estratégia que apresentei! Você começa a se questionar sobre onde está a falha. Será que foi o título?

O título escolhido para o meu artigo foi:

Twitter: 10 Dicas para conseguir seguidores que realmente importam para o seu negócio

Eu tinha três opções de títulos, pedi para os meus amigos opinarem qual era o melhor e eles gostaram do que foi utilizado no
texto. Então, o título está OK! É provável que o título não seja o responsável pela minha falta de engajamento.

Eu também me perguntei se o problema estava nas imagens. Será que elas não estavam em alta resolução? Às vezes, as imagens
do Google não impactam ao público, porque estão em baixa resolução e perdem a nitidez.

Mas as imagens que eu utilizei estavam em alta resolução, porque usei o site Pixabay (https://pixabay.com/pt/) como fonte. Ele
nos disponibiliza fotos com boa qualidade, gratuitamente. A imagem também não deve ser o problema do meu post.

A terceira pergunta que eu z foi: será que o artigo tinha erros gramaticais e ortográ cos? Eu não encontrei erros. Mas antes
de publicar, eu contratei uma revisora, porque já tive experiência nas quais os leitores, em vez de comentarem sobre o artigo,
apenas me alertavam sobre problemas ortográ cos no texto. Desde então, eu decidi não "pagar mais este mico". No meu caso,
eu tenho uma pro ssional que revisa meus textos. Vou descartar que o problema do meu texto seja revisão.

A última hipótese foi: **eu compartilhei nas redes sociais?" Não. Eu simplesmente publiquei e não divulguei. Por mais que
desejasse tanto ser como os grandes portais de notícias, as pessoas ainda não têm o hábito de acessar o meu blog sempre.
Talvez, um dia o meu blog alcance este status e o público pare o que está fazendo para visitá-lo...

Como eu não compartilhei nas redes sócias, a minha publicação teve um número muito baixo de leitores.

Tem alguma forma de que as pessoas saibam da existência dos meus artigos? A resposta é: se você cumpriu tudo o que se
comprometeu a fazer, mas não divulgou o post nas redes sociais, falhou na divulgação.

Após divulgar em outras mídias, eu obtive um resultado diferente ao anterior.

Depois que eu comecei a divulgar constantemente nas redes sociais, a minha publicação teve 20 comentários, além de
compartilhamentos nas redes sociais.

Os resultados no Google+ foram pequenos, mas com o Facebook, obtive um bom resultado. É provável que mais de 120 pessoas
tenham visto esta publicação.

Já entendemos! Temos que divulgar, ainda que seja alguns dias depois da publicação do post. Caso contrário, a chance das
pessoas carem sabendo do seu artigo é mínima.
O que precisamos fazer? Determinar quais são os nossos objetivos: quantas vezes vamos publicar nas redes sociais que temos
per l? A partir disso, começamos a acompanhar nossos resultados.

Se você fez uma publicação no seu blog e não teve tanto engajamento esperado, experimente divulgar suas postagens
constantemente nas redes sociais.

Lógico, que não divulgaremos cinco vezes a mesma publicação. Mas uma publicação por dia pode te trazer benefícios.

Revisão

Faremos uma revisão sobre os principais pontos discutidos até aqui.

As redes sociais assumiram um papel muito importante na vida das pessoas, em especial no Brasil. Começamos com o Orkut,
depois outras redes foram ganhando força no país.

Além das pessoas, as empresas também entraram as redes sociais. Mas antes, os negócios precisaram entender o que elas
precisariam fazer para se aproximar dos usuários.

Nós falamos sobre três pontos:

Construir relacionamento

As pessoas estão nas redes sociais, mas elas não querem conversar com máquinas. Elas querem conversar com outras pessoas.
Nós só iremos nos relacionar com alguém quando começarmos a conhecê-la melhor. Para isto, precisamos fazer o quê?