Sie sind auf Seite 1von 16

1

INTRODUÇÃO

Conseguir melhores resultados nos treinos, mais aproveitamento e


menos lesões...

Todos os lutadores tem sonhos, desejos e objetivos. Entretanto, para


algumas pessoas, os objetivos parecem ser mais difíceis e
inalcançáveis do que para outras.

Ser capaz de traçar objetivos com clareza e esboçar uma boa


estratégia para se alcançar a meta estabelecida é uma habilidade
fundamental para qualquer lutador.

Mas infelizmente a grande maioria fica perdida ao longo do caminho


e acabam nunca conseguindo o tão sonhado topo.

Por que afinal, somente uma pequena parcela das pessoas


conseguem concretizar suas metas dentro do mundo das lutas?

O que elas fazem de diferente?

Neste e-book você saberá a grande maioria das estratégias que os


grandes lutadores usam para concluir seus objetivos e sonhos. Mais
precisamente: 13 dicas cruciais para que você se torne um lutador
ainda melhor.

Vem com a gente!

2
Este é o primeiro e principal fator, pois sem ele não dá para chegar a
lugar nenhum. Muitas pessoas e atletas bem sucedidos acreditam em
métodos diferentes de treino, de dieta, de estilo, mas ninguém jamais
alcançou o topo sem ser disciplinado. No caminho do lutador sempre
vão aparecer barreiras, dúvidas, decepções. É um trajeto longo, mas
muitos já o percorreram, e sempre foi longo para todos. Com
disciplina você também chega lá.

3

A parte psicológica é crucial para o atleta, principalmente num


esporte individual e de contato. Não importa contra quem ou onde
você lute, acredite em si. Aprenda com as lições de quem lutou ali
antes de você, com seus professores e colegas.

Nunca se esqueça que o seu triunfo e desenvolvimento no esporte vai


depender primeiramente da sua vontade e perspectiva sobre si
mesmo.

4

Você pode melhorar no Judô treinando com todo mundo, do faixa


branca ao preta.

Outro modo eficaz de treinar é traçar uma meta. Por exemplo: “hoje
só irei aplicar Uchi Mata de esquerda”. Crie dificuldades e melhore
diariamente.

Não espere que o sensei exija a troca de lados ou novas combinações.


Desafie-se você mesmo (a).

5

Teste-se em outras modalidades. Por exemplo: escalar. Isso ajudará a


fazer um kumi-kata (pegada) mais justa e forte.

Saia de sua zona de conforto e exija mais de você, mental e


fisicamente.

No fim, isso sempre acaba somando para você ser um lutador mais
completo.

6

Muitas pessoas não gostam de malhar, mas esta atividade é vital.

Mesmo que você não pense em ficar forte, malhar é importante para
prevenir lesões e para se recuperar mais rapidamente de um treino
para outro.

7

Todo atleta depende do corpo para trabalhar, então cuide muito bem
dele, com reeducação alimentar e descanso. Se você quer treinar mais
e praticar lutas por bastante tempo, aprenda a descansar bem.

Nunca se esqueça que sem uma boa saúde, você provavelmente não
conseguirá o êxito que almeja.

8

Ao treinar, procure pensar no que está acontecendo. Por que você não
conseguiu defender aquele golpe? Por que o oponente surpreendeu
você?

Assim, na próxima vez em que você se encontrar na mesma posição,


você poderá tentar outras maneiras, um novo detalhe.

Pode ser que você não consiga evitar aquele golpe na próxima, pode
ser que demore cem vezes, mas a cada cem vezes é preciso tentar um
antídoto novo, até que você consiga a defesa.

9

A competição é o resultado do seu treinamento e dedicação, mas nem


sempre o melhor ganha e o pior perde.

As vezes ganhamos lutas que deveríamos ter perdido, e perdemos


quando deveríamos ter ganho. O grande erro é achar que está tudo
errado ao perder e querer mudar inteiramente o treinamento.

É preciso analisar com calma o que mudar, pois muitas vezes basta
continuar tentando.

Outro erro é quando se é campeão e achar que agora é “só manter”,


sem se superar mais. Analise seus treinos com sabedoria, ao ganhar e
perder.

10

O lutador deve ter um jogo e uma estratégia de luta, mas não deve se
limitar a esse jogo apenas. O Judô é infinito!

Procure ser completo, ao utilizar golpes de perna, quadril, braço,


praticando vários tipos de transições e atacando de variadas maneiras.

Se você já passou por aquilo antes, vai se sentir confortável quando


acontecer de novo.

11

Quanto mais você ajudar seus companheiros de treino a evoluírem,


mais você irá evoluir junto.

As vezes surge uma dúvida sobre algum golpe ou combinação que


você ainda não tinha se dado conta. Futuramente aquela dúvida
poderá ser o seu triunfo.

Uma mão lava a outra, não se feche somente no seu treino.


Compartilhar experiências é um dos melhores caminhos para evoluir.

12

Você não fará grande progresso sem acumular uma quantidade


significativa de treinamentos.

Quanto mais testar, mais irá se moldar. Não importa em qual


categoria de peso ou idade você lute. Aprimorar seus conhecimentos e
técnicas será sempre crucial.

13

Aprenda algo de todo mundo. Não tente ter uma posição preferida de
início, nem se torne um preguiçoso fazendo apenas o que você faz
melhor.

Em vez disso, saia da sua zona de conforto e tente sempre melhorar os


aspectos em que você ainda tem dificuldade.

O bom treino é aquele no qual você adiciona algo ao seu jogo,


independente de quantas vezes você aplicou um Ippon em alguém.

14

Repense seu treino em casa e tente lembrar tudo que você fez certo, e
o que fez errado.

Tente, por mais que seja complicado no começo, pensar em novas


soluções.

Sabe-se que ao visualizar a si próprio na luta, seu cérebro manda


impulsos elétricos para os músculos envolvidos em cada movimento. É
o que alguns chamam de “memória muscular”, e ajuda você a lembrar-
se do que fazer na próxima vez.

15
16

Verwandte Interessen