Sie sind auf Seite 1von 3

AlfaCon Concursos Públicos

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ÍNDICE
Sujeito ....................................................................................................................................................................2
Protocolo Gramatical ........................................................................................................................................................2

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
1
AlfaCon Concursos Públicos

Sujeito
Faz parte dos termos essenciais da oração, que são dois, sujeitos e predicados. Sujeito é o assunto
da oração, quem faz e recebe a ação. Para que se ache o sujeito, peguemos o verbo e façamos a
pergunta a ele: quem? Saber como se achar o sujeito vai ajudá-lo a entender a oração e, muitas vezes,
na concordância verbal, ajuda a encontrar a resposta certa.
Perceba a oração:
Caíam na cidade as bombas.
Quem caíam? As bombas.
˃ Bombas é o núcleo do sujeito, portanto o sujeito é simples.
→ Sujeito simples - possui apenas um núcleo.
˃ Ouviram do Ipiranga as margens plácidas de um povo heróico o brado retumbante.
• Quem ouviram?_____________________________________________________
˃ Brasil, um sonho intenso, um raio vívido de amor e de esperança à terra desce.
• Quem desce?_______________________________________________________
˃ Em teu seio, ó liberdade, desafia o nosso peito a própria morte.
• Quem desafia? ______________________________________________________
˃ Vendeu-se a casa.
• Sujeito: ___________________________________________________________
˃ Compraram-se frutas.
• Sujeito:___________________________________________________________
Quando existem dois verbos numa sentença, pode ou não haver sujeito, entender a oração ajuda
e muito.
Ele permitiu-se apaixonar.
• Quem permitiu?_______________________
• Quem apaixonar? ______________________
Perceba que a mesma pessoa permite a si mesmo. Quem permitiu foi ele, quem se apaixonou foi
ele. Seria como se a oração fosse dita assim:
˃ Ele permitiu ele apaixonar.
˃ Eles fizeram a moça chorar.
• Quem fizeram? eles.
• Quem chorar? a moça.
Os pronomes do caso reto fazem papel de sujeito, porém às vezes os pronomes oblíquos também.
˃ Eles fizeram-na chorar.
• Quem fizeram? eles.
• Quem chorar? na.
O pronome na serve como sujeito de chorar e complemento verbal de fizeram.

Protocolo Gramatical
Quando houver ambiguidade no entendimento da oração, vale o protocolo sujeito e predicado,
nessa ordem.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
2
AlfaCon Concursos Públicos

˃ O rei sou eu.


→ Sujeito simples:
O rei é sujeito porque aparece primeiro. Se fosse “eu sou o rei”, eu seria o sujeito. O verbo ser
concorda primeiro com pronomes do caso reto, estando eles no sujeito ou no predicado.
EXERCÍCIOS
01. Assinale a sentença que traga a palavra grifada com a mesma função sintática de uma pessoa
na oração: “Saiu pela manha, zonzo e doente, uma pessoa”.
a) Dormi um sono intenso.
b) Latiu a noite toda sem parar.
c) Basta uma criança com o pai.
d) Fizeram as tortas.
e) Conseguiram as notas sem alarde.
02. Na linha 23, na sentença “Aqui se contrapuseram nossos ideias”, o se, um pronome apassiva-
dor se justifica na oração por o verbo estar no plural, concordando com o seu sujeito, no caso
nossos ideais.
Certo ( ) Errado ( )
GABARITO
01 - C
02 - CERTO

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
3