Sie sind auf Seite 1von 224

Daime Umbanda

Trabalho Rainha do Mar - Guia

Aos médiuns:
Pede-se resguardo de três dias anteriores e posteriores ao trabalho não fazendo
uso de Alcool, Sexo, Comidas de difícil digestão, exaltações e brigas.
Jejum de 4 horas antes do início do Rito.
O Médium deve apresentar-se com as roupas adequadas e limpas tendo
tomado seu banho de descarrego que pode ser Sal Grosso (pescoço para
baixo), banho de mar, banho de cachoeira ou banho de ervas e flores para
casos específicos.

Firmezas:
Casa de Exu: Luz, vela e água na firmeza
Bate três palmas em reverência e salva com Laroiê Exú e Mojubá
Cantar 1, 3 ou 7 Pontos de Exu, sendo o primeiro:
Lá na porteira eu deixei meu sentinela(...)
No final, bate três palmas em reverência e salva com Laroiê Exú e Mojubá, dá
3 passos para trás e só depois se vira e sai.

Cruzeiro: Luz e vela


Em reverência, Adorei as Almas.
No final, dá 3 passos para trás e só depois se vira e sai.

1
Casinha das Almas (Omulu/Obaluaê): Luz e vela e copo de água
Saudação: Atotô Obaluaê em reverência
Saudar, Cantar 1 Ponto e saudar para se despedir
No final, dá 3 passos para trás e só depois se vira e sai.

Firma Gongá - Luz, vela e um copo de água


Saudação a Oxalá: Êpa Babá
Pedir licença e proteção a Oxalá e todos os Orixás para abrir gira

Preparativos para Atendimento:


- Jarra de água limpa
- Cadeiras
- Toalhas ou lenços
- Esteira de palha
- Cobertores e Agasalhos
- Saias e Batas

Deixar em local acessível pré determinado sendo separados para homens e


mulheres.

Abrindo os trabalhos com o Sinal da Cruz, em nome do Pai, do Filho e do


Espírito Santo Amém.

2
Abrindo defumação interna e externa.

Defumação geral indicada: Alho, Arruda, Guiné, Comigo Ninguém Pode,


Palo Santo, Sal Grosso, Abre Caminho. (De acordo com o intuito do trabalho,
consultar sempre o responsável)
Defumação do terreiro: Alecrim ou Alfazema.

A defumação deve ser calma e tranquila, garantindo que o local seja todo
defumado, principalmente os cantos. Em cada cômodo rezar uma
Ave Maria.

Pontos de Defumação:

Meu Pai Oxóssi me dá licença para defumar


Meu Pai Oxóssi me dá licença para defumar
Eu defumo a nossa aldeia na fé de Pai Oxalá
Eu defumo a nossa aldeia na fé de Pai Oxalá
*****

Baixai, baixai, baixai, Oh! Virgem da Conceição


Rainha Imaculada pra tirar perturbação
Baixai, baixai, baixai, Oh! Virgem da Conceição
Rainha Imaculada pra tirar perturbação

3
Se tiver praga de alguém desde já seja retirada
Para as ondas do mar ardente para as ondas do mar sagrado
Se tiver praga de alguém desde já seja retirada
Para as ondas do mar ardente para as ondas do mar sagrado
*****

Descarrega (Marlicene)

Descarrega corre onda que ringunga la no mar


Pretos Velhos, Caboclos seu Ogum Beira Mar
Descarrega corre onda que ringunga la no mar
Pretos Velhos, Caboclos seu Ogum Beira Mar

Sou marinheiro solitário não tenho porto pra chegar


Peço força ao Astral e a Rainha do Mar
Sou marinheiro solitário não tenho porto pra chegar
Peço força ao Astral e a Rainha do Mar
*****

Nossa Senhora defumou seus filhos amados


Para deles todo o mal retirar
Eu defumo a nossa aldeia de caboclo
Pro mal sair e o bem entrar

4
*****

Deixa o mal sair deixa o bem entrar, deixa o mal sair deixa o bem entrar
Tudo é azul nas ondas do mar, tudo é azul nas ondas do mar
Iemanjá, Iemanjá, Iemanjá, Iemanjá
*****

Defuma com as ervas da Jurema, defuma com arruda e guiné


Defuma com as ervas da Jurema, defuma com arruda e guiné
Alecrim, benjoim, alfazema, vamos defumar filhos de fé
Alecrim, benjoim, alfazema, vamos defumar filhos de fé
*****

Estou defumando a nossa Umbanda


Umbanda cheirou a Guiné
Eu defumo é com Jesus, com Maria e José
Eu defumo é com Jesus, com Maria e José

Defuma defumador essa casa de Nosso Senhor


Defuma defumador essa casa de Nosso Senhor
Leva pras ondas do mar o mal que aqui possa estar
Leva pras ondas do mar o mal que aqui possa estar
*****

5
Defuma esta casa bem defumada
com a cruz de Deus ela vai ser rezada
Defuma esta casa bem defumada
com a cruz de Deus ela vai ser rezada
Eu sou rezador sou filho de Umbanda
com a cruz de Deus todo o mal se abranda
Eu sou rezador sou filho de Umbanda
com a cruz de Deus todo o mal se abranda
*****

Tem Arruda, tem Guiné


Tem Obí, tem Orobó
Tem Arruda, tem Guiné
Tem Obí, Tem Orobó
Auê como chera a Umbanda
Auê como chera a Umbanda
Auê como chera a Umbanda
Auê como chera a Umbanda
***

6
Umbanda cherô, Umbanda chêro
Umbanda cherô a defumador
Umbanda cherô, Umbanda chêro
Umbanda cherô a defumador
Umbanda chera Guiné
Umbanda chera Alecrim
Umbanda chera Alfazema
Umbanda chera Benjoim
Umbanda chera a Guiné
Umbanda chera Alecrim
Umbanda chera Alfazema
Umbanda chera Benjoim
*****

Depois de defumar todos os cômodos e o terreiro, defumar todos os


médiuns individualmente cantando:

Corre Gira Pai Ogum, filhos quer se defumar


Umbanda tem fundamento, é preciso preparar
Com incenso e benjoim, Alecrim e Alfazema
Defumá filhos de fé, com as ervas da Jurema

7
Após a defumação, cruzar o terreiro usando água do mar nos cantos,
cruzando o cômodo (fazendo um X no salão), cantando:
Encruza, Encruza
Encruza terreiro, Encruza
Encruza, Encruza
Encruza terreiro, Encruza
Encruza terreiro, encruza
Na fé de Oxalá, Encruza
Encruza terreiro, encruza
Na fé de Oxalá, Encruza
*****

Fechar Defumação e a Cruza do terreiro cantando:

Bendito louvado seja a casa do Santo Daime


Bendito louvado seja a casa do Santo Daime
Bendito louvado seja esteja nós abençoado
Bendito louvado seja esteja nós abençoado

Esta casa tem 4 cantos cada canto tem um Santo


Esta casa tem 4 cantos cada canto tem um Santo
Bendito louvado seja o Divino Espírito Santo
Bendito louvado seja o Divino Espírito Santo

8
Benzeção com alfazema (Para boas energias e prosperidade) - Benzer
com Alfazema todo o cômodo e os médiuns, usando o trigo e cantando:

Ô Deus nos Salve, Ô Casa Santa


Aonde Deus, fez a morada
Aonde mora o Carisbento
E também mora a ostia consagrada
Deus lhe dê boa noite, meu senhor
*****

9
DESPACHO

EU TOMO ESSA BEBIDA - Mestre Irineu

Eu tomo esta bebida


Que tem poder inacreditável
Ela mostra todos nós
Aqui dentro desta verdade

Subi subi subi


Subi foi com alegria
Quando eu cheguei nas alturas
Encontrei com a virgem Maria

Subi subi subi


Subi foi com amor
Encontrei com o pai eterno
Jesus Cristo Redentor

Subi subi subi


Conforme os meus ensinos
Viva o pai eterno
E viva todo ser divino
*****

10
EU VIVO NA FLORESTA - Pad. Sebastião

Eu vivo na floresta
Eu tenho os meus ensinos
Eu não me chamo Daime
Eu sou é um ser divino

Eu sou um ser divino


Eu venho aqui para te ensinar
Quanto mais puxar por mim
Mais eu tenho que te dar

Muito eu tenho que te dar


E também tenho para te dizer
Quem tem dois olhos enxerga
Mas os cegos também vêem

Os ensinos da Rainha
Todos eles são divinal
Eles são das cortinas
Lá do alto do astral

Eu te entrego estes ensinos


Como que seja uma flor
Gravai bem no teu peito
Este tão grande amor

11
Este tão grande amor
É para todos os meus irmãos
Os ensinos da Rainha
E do Mestre Juramidam

Meus amigos e meus irmãos


Todos vão gostar de ver
Que aqui neste salão
Tem muito que se aprender

Aquele que não aprender


É porque não presta atenção
Muito terá que sofrer
Aqui na reunião

O Mestre e a Rainha
Eles têm um grande amor
Eles estão fazendo paz
Como Cristo Redentor

Jesus Cristo veio ao mundo


E sofreu até morrer
Mas deixou os seus ensinos
Para quem quiser aprender

*****

12
AQUI ESTOU DIZENDO - Pad. Sebastião

Aqui estou dizendo


Para todos me ouvir
Sou o Pão Maravilhoso
Que me transformei em vinho

Aqui fui escolhido


Dentro deste salão
Para fazer um juramento
E assinar declaração

Meu Senhor São João


Meu Senhor São José
Senhor São Zacarias
Senhora Santa Isabel

Fiz o meu juramento


A uma mesa fiquei de pé
Confessei os meus pecados
A meu bom Jesus de Nazaré

*****

13
O DAIME É O DAIME
O Daime é o Daime
Eu estou afirmando
É o divino pai eterno
E a rainha soberana

O Daime é o Daime
O professor dos professores
É o divino pai eterno
E seu filho redentor

O Daime é o Daime
O mestre de todos os ensinos
É o divino pai eterno
E todos seres divinos

O Daime é o Daime
Eu agradeço com amor
É quem me dá a minha saúde
E revigora o meu amor

Agradeço ao Santo Daime


Agradecendo a todos seres
E quem me manda agradecer
É o meu pai verdadeiro

14
*****

GRAÇAS A DEUS - Madrinha Brilhante

Graças a Deus
Aonde eu estou tem Daime
Graças a Deus
Daime nunca me faltou
Sou uma ave
Roseante em uma flor
Graças a Deus
Aonde o Daime está eu estou

Louvar a Deus
E amar com todo amor
São João Batista
É o nosso protetor
São João Batista
E a sempre Virgem Maria
É quem nos guia
Nesse caminho com amor
*****

15
TOMO DAIME - Tetéu
Eu tomo Daime
Eu tomo Daime
Não tenho medo de tomar
Eu estando com meu mestre
Nele eu posso me firmar

Eu tomo Daime
Eu tomo Daime
Tomo é para viajar
Ouvir muito e falar pouco
Pra conhecer meus caboclos
*****

16
O LINDO DAIME - Luiz Mendes

O lindo Daime
Veja como é
É maravilha
Para todos, tendo fé

Eu peço a meu mestre


No meu coração
A santa luz
Da Virgem da Conceição

Te afirma em Deus
Em concentração
Que tu terás
A santa benção

*****

17
QUANDO TU ESTIVER DOENTE - Pad. Sebastião

Quando tu estiver doente


Que o Daime for tomar
Te lembra do ser divino
Que tu tomou para te curar

Te lembrando do ser divino


O universo estremeceu
A floresta se embalou
Porque tudo aqui é meu

Eu já te entreguei
Agora vou realizar
Se fizeres como eu te mando
Nunca hás de fracassar

Tu já viste o meu brilho


E já sabes quem eu sou
Agora eu te convido
Para ires aonde estou

18
Terço Bíblico

19
Bendito do Rosário de Maria

Bendito, Louvado Seja


O Rosário de Maria!
Se ela não viesse ao mundo,
ai de nós, o que seria!

O Rosário de Maria
É de nossa devoção.
Os anjos descem do Céu
Sexta-Feira da Paixão!

Lá no céu nasceu uma rosa


No pino do meio-dia
Parecendo um rosário,
O Rosário de Maria!

Água do mar é sagrada.


Água de muita valia.
Quero morrer afogado
No Rosário de Maria!

O demônio quando atenta


É com fogo e fantasia,
Para ver se a gente esquece
Do Rosário de Maria!

As contas do meu rosário


São balas de artilharia
Dá combate no inferno
Quando eu rezo Ave Maria!

O Rosário de Maria
Foi feito em Jerusalém.
Pai e Filho, Espírito Santo,
Na hora de Deus, Amém!

20
Início do Terço

Pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, de todos os nossos
inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Credo de Nicéia (Símbolo de Nicéia)

Creio em um só Deus Pai todo poderoso, criador do céu e da Terra de todas


as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Deus, nascido do Pai antes de
todos os séculos; Deus de Deus, Luz de Luz, Deus verdadeiro; gerado, não
criado, consubstancial ao Pai. Por ele todas as coisas foram feitas. E por nós,
homens, e para a nossa salvação, desceu dos céus e se encarnou pelo
Espírito Santo, no seio da Virgem maria, e se fez homem. Também por nós
foi crucificado sob Poncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Desceu a
mansão dos mortos. Ressucitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras, e
subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. E de novo a de vir, em sua
glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim. Creio no
Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o
Pai e o Filho é adorado e glorificado; Ele falou pelos profetas. Creio na
Igreja, una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo para a
remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos e a vida do mundo
que há de vir. Amém.

AVE MARIA #3 – 1ª para a Fé, a 2ª para a Esperança e a 3ª para a Caridade.


Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
Bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus
Santa Maria Mãe de Deus, rogai a Deus por nós pecadores
Agora e na hora da nossa morte.
Amém, Jesus, Maria e José.

21
Contemplamos os 5 Mistérios Gozozos
1º Mistério: Contemplamos a Anunciação do Anjo e a Encarnação do Verbo

PAI NOSSO
Pai Nosso, que estais no Céu santificado seja o Vosso Nome
Vamos nós ao Vosso Reino seja feita a Vossa Vontade,
Assim na Terra como no Céu
O pão nosso de cada dia nos dai hoje Senhor
Perdoai as nossas dívidas assim como nós perdoamos aos nossos devedores
Não nos deixeis Senhor cair em tentação
Mas livrai-nos e defendei-nos Senhor de todo mal
Amém, Jesus, Maria e José.

Foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, a uma virgem
desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria.
Ave Maria
E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as
mulheres.
Ave Maria
E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta. Disse-lhe,
então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus.
Ave Maria
E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.
Ave Maria
Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai;
Ave Maria
E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.
Ave Maria
E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum?
Ave Maria
E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá
com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.
Ave Maria

22
E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela
que era chamada estéril;
Porque para Deus nada é impossível.
Ave Maria
Disse então Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo
ausentou-se dela.
Ave Maria

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo Assim como era no princípio agora e sempre por todos
os séculos. Amém

23
2º Mistério: Contemplamos a Visitação de Maria a sua prima Isabel.

PAI NOSSO

E, naqueles dias, levantando-se Maria, foi apressada às montanhas, a uma cidade de Judá,E entrou em casa de Zacarias, e
saudou a Isabel.

E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre;

Ave Maria

e Isabel foi cheia do Espírito Santo. E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto
do teu ventre.

E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor?

Ave Maria

Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre. Bem-
aventurada a que creu, pois hão de cumprir-se as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas.

Ave Maria

Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, E o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador; Porque atentou
na baixeza de sua serva; Pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurada,
Ave Maria

Porque me fez grandes coisas o Poderoso; E santo é seu nome.


E a sua misericórdia é de geração em geração Sobre os que o temem.

Ave Maria
Com o seu braço agiu valorosamente; Dissipou os soberbos no pensamento de seus corações.
Ave Maria

Depôs dos tronos os poderosos, E elevou os humildes.


Encheu de bens os famintos, E despediu vazios os ricos.
Auxiliou a Israel seu servo, Recordando-se da sua misericórdia;
Como falou a nossos pais, Para com Abraão e a sua posteridade, para sempre.
Ave Maria

E Maria ficou com ela quase três meses, e depois voltou para sua casa.
E completou-se para Isabel o tempo de dar à luz, e teve um filho.
Ave Maria

E os seus vizinhos e parentes ouviram que tinha Deus usado para com ela de grande misericórdia, e alegraram-se com ela.
Ave Maria

E aconteceu que, ao oitavo dia, vieram circuncidar o menino, e lhe chamavam Zacarias, o nome de seu pai. E, respondendo
sua mãe, disse: Não, porém será chamado João.
Ave Maria

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo Assim como era no princípio agora e sempre por todos os séculos
dos séculos. Amém

24
3º Mistério: Contemplamos o Nascimento de Jesus em Belém

PAI NOSSO

E aconteceu naqueles dias que saiu um decreto da parte de César Augusto, para que todo o mundo se alistasse. E todos iam
alistar-se, cada um à sua própria cidade.

Ave Maria

E subiu também José da Galiléia, da cidade de Nazaré, à Judéia, à cidade de Davi, chamada Belém (porque era da casa e
família de Davi),A fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida.

Ave Maria
E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz. E deu à luz a seu filho primogênito, e
envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.
Ave Maria

Ora, havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo, e guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho.
E eis que o anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor, e tiveram grande temor.

Ave Maria

E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo:

Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor.
Ave Maria

E isto vos será por sinal: Achareis o menino envolto em panos, e deitado numa manjedoura.E, no mesmo instante, apareceu
com o anjo uma multidão dos exércitos celestiais, louvando a Deus, e dizendo: Glória a Deus nas alturas, Paz na terra, boa
vontade para com os homens.

Ave Maria
E aconteceu que, ausentando-se deles os anjos para o céu, disseram os pastores uns aos outros: Vamos, pois, até Belém, e
vejamos isso que aconteceu, e que o Senhor nos fez saber. E foram apressadamente, e acharam Maria, e José, e o menino
deitado na manjedoura.

Ave Maria
E, vendo-o, divulgaram a palavra que acerca do menino lhes fora dita;
E todos os que a ouviram se maravilharam do que os pastores lhes diziam.

Mas Maria guardava todas estas coisas, conferindo-as em seu coração.

Ave Maria

E voltaram os pastores, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, como lhes havia sido dito.
Ave Maria

E, quando os oito dias foram cumpridos, para circuncidar o menino, foi-lhe dado o nome de Jesus, que pelo anjo lhe fora
posto antes de ser concebido.
Ave Maria

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo Assim como era no princípio agora e sempre por todos os séculos
dos séculos. Amém

25
4º Mistério - Contemplamos a Apresentação do Menino Jesus no Templo e a Purificação de Maria.

PAI NOSSO

Concluídos os dias da sua purificação segundo a Lei de Moisés, levaram-no a Jerusalém para o apresentar ao Senhor,
conforme o que está escrito na lei do Senhor: Todo primogênito do sexo masculino será consagrado ao Senhor {Ex 13,2};

Ave Maria
e para oferecerem o sacrifício prescrito pela lei do Senhor, um par de rolas ou dois pombinhos.

Ave Maria

Ora, havia em Jerusalém um homem chamado Simeão. Este homem, justo e piedoso, esperava a consolação de Israel, e o
Espírito Santo estava nele.
Ave Maria

Fora-lhe revelado pelo Espírito Santo que não morreria sem primeiro ver o Cristo do Senhor.
Impelido pelo Espírito Santo, foi ao templo.

Ave Maria

E tendo os pais apresentado o menino Jesus, para cumprirem a respeito dele os preceitos da lei,
tomou-o em seus braços e louvou a Deus nestes termos:
Agora, Senhor, deixai o vosso servo ir em paz, segundo a vossa palavra.
Porque os meus olhos viram a vossa salvação
que preparastes diante de todos os povos,
como luz para iluminar as nações, e para a glória de vosso povo de Israel.
Ave Maria

Seu pai e sua mãe estavam admirados das coisas que dele se diziam.

Ave Maria
Simeão abençoou-os e disse a Maria, sua mãe: Eis que este menino está destinado a ser uma causa de queda e de
soerguimento para muitos homens em Israel, e a ser um sinal que provocará contradições,
a fim de serem revelados os pensamentos de muitos corações. E uma espada transpassará a tua alma.
Ave Maria

Havia também uma profetisa chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser; era de idade avançada.
Ave Maria

Depois de ter vivido sete anos com seu marido desde a sua virgindade, ficara viúva, e agora com oitenta e quatro anos não se
apartava do templo, servindo a Deus noite e dia em jejuns e orações.Chegando ela à mesma hora, louvava a Deus e falava de
Jesus a todos aqueles que em Jerusalém esperavam a libertação.

Ave Maria

Após terem observado tudo segundo a lei do Senhor, voltaram para a Galiléia, à sua cidade de Nazaré.

Ave Maria

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo Assim como era no princípio agora e sempre por todos os séculos dos
séculos. Amém

26
5º Mistério - Contemplamos a Perda e o Encontro do Menino JESUS no Templo em Jerusalém

PAI NOSSO

Seus pais iam todos os anos a Jerusalém para a festa da Páscoa.


Tendo ele atingido doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume da festa.

Ave Maria
Acabados os dias da festa, quando voltavam, ficou o menino Jesus em Jerusalém, sem que os seus pais o percebessem.
Ave Maria

Pensando que ele estivesse com os seus companheiros de comitiva, andaram caminho de um dia e o buscaram entre os
parentes e conhecidos.

Ave Maria
Mas não o encontrando, voltaram a Jerusalém, à procura dele.
Ave Maria

Três dias depois o acharam no templo, sentado no meio dos doutores, ouvindo-os e interrogando-os.

Ave Maria
Todos os que o ouviam estavam maravilhados da sabedoria de suas respostas.
Ave Maria

Quando José e Maria o viram, ficaram admirados. E sua mãe disse-lhe: Meu filho, que nos fizeste?! Eis que teu pai e eu
andávamos à tua procura, cheios de aflição.
Ave Maria

Respondeu-lhes ele: Por que me procuráveis? Não sabíeis que devo ocupar-me das coisas de meu Pai?

Ave Maria
Eles, porém, não compreenderam o que ele lhes dissera.

Em seguida, desceu com eles a Nazaré e lhes era submisso.

Ave Maria

Sua mãe guardava todas estas coisas no seu coração.


E Jesus crescia em estatura, em sabedoria e graça, diante de Deus e dos homens.
Ave Maria

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo Assim como era no princípio agora e sempre por todos os séculos dos
séculos. Amém

Infinitas graças vos damos, soberana Rainha, pelos benefícios que todos os dias recebemos de vossas mãos
liberais. Dignai-vos, agora e sempre, tomar-nos debaixo do vosso poderoso amparo e, para mais vos agradecer,
vos saudamos com uma Salve Rainha:

SALVE RAINHA

27
Deus vos Salve Oh! Rainha, Mãe de Misericórdia
Vida, doçura e esperança nossa, Salve!
A Vós bradamos degredados filhos de Eva
E a Vós suspiramos, gemendo e chorando neste Vale de Lágrimas.
Eia, pois, advogada nossa esses Vossos olhos misericordiosos
A nós volvei!
E depois desse desterro mostrai-me Jesus, bendito é o fruto do Vosso Ventre
Ó Clemente, Ó Piedosa, Ó Doce Sempre Virgem Maria.
Rogai à Deus por nós, Santíssima Mãe de Deus,
Para que sejamos dignos de alcançar as promessas de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Senhor o nosso Amém, Jesus, Maria e José

O Segredo de Maria
Trabalhe e reze. Fique em silêncio, reze, ame e reze. Escute e reze.
Não discuta, não queira ter razão: cale-se.
Não julgue, não condene: ame.
Não olhe, não queira saber: abandone-se.
Não arrazoe, não entre na profundidade dos problemas: creia.
Não se agite, não procure fazer: reze.
Não se inquiete, não se preocupe: tenha fé.
Quando você fala, Deus se cala e você diz coisas equivocadas.
Quando discute, Deus é esquecido e você peca.
Quando você argumenta, Deus é humilhado e você pensa em coisas vãs.
Quando você se apura, Deus é distanciado e você tropeça e cai.
Quando você se agita, Deus é lançado fora e você fica na obscuridade.
Quando você julga o irmão, Deus é crucificado e você se julga a si mesmo.
Quando você condena o irmão, Deus morre e você se condena a si mesmo.
Quando desobedece, Deus fica distante e você morre.

Invocação à Santíssima Virgem


Alma de Maria, santificai-me.
Coração de Maria, inflamai-me.
Mãos de Maria, amparai-me.
Olhos imaculados de Maria, olhai-me.
Lábios de Maria, falai-me.
Dores de Maria, fortalecei-me.
Ó doce Maria, atendei-me.
No coração de Jesus, escondei-me.
Não permitais, que de vós me afaste.
Dos meus inimigos, defendei-me.
Na hora da morte, chamai-me e levai-me para o meu querido Jesus, para convosco O amar e louvar por todos os
séculos dos séculos.
Amém.

28
CONSAGRAÇÃO DO APOSENTO
Dentro do círculo infinito da divina presença que me envolve inteiramente, afirmo:
Há uma só presença aqui, é a da Harmonia, que faz vibrar todos os corações de felicidade e
alegria. Quem quer que aqui entre, sentirá as vibrações da Divina Harmonia.
Há uma só presença aqui, é a do Amor. Deus é o Amor que envolve todos os seres num só
sentimento de unidade. Este recinto está cheio da presença do Amor. No Amor eu vivo, me movo e
existo. Quem quer que aqui entre, sentirá a pura e santa presença do Amor.
Há uma só presença aqui, é a da Verdade. Tudo que aqui existe, tudo que aqui se fala, tudo que
se pensa é a expressão da Verdade. Quem quer que aqui entre, sentirá a presença da Verdade.
Há uma só presença aqui, é a da Justiça. A Justiça reina neste recinto. Todos os atos aqui
praticados são regidos e inspirados pela Justiça. Quem quer que aqui entre, sentirá a presença da Justiça.
Há uma só presença aqui, é a presença de Deus o Bem. Nenhum mal pode entrar aqui. Não há
mal em Deus. Deus, o bem, reside aqui. Quem quer que aqui entre, sentirá a presença divina do Bem.
Há uma só presença aqui, é a presença de Deus a Vida. Deus é a Vida essencial de todos os seres.
É a Saúde do corpo e da mente. Quem quer que aqui entre, sentirá a divina presença da Vida e da Saúde.
Há uma só presença aqui, é a presença de Deus a Prosperidade. Deus é Prosperidade, pois Ele faz
tudo crescer e prosperar. Deus se expressa na Prosperidade de tudo o que aqui é empreendido em seu
nome. Quem quer que aqui entre, sentirá a divina presença da Prosperidade e da Abundância.
Pelo símbolo esotérico das Asas Divinas estou em vibração harmoniosa com as correntes
universais da Sabedoria, do Poder e da Alegria. A presença da Divina Sabedoria manifesta-se aqui. A
presença da Alegria Divina é profundamente sentida por todos os que aqui penetram.
Na mais perfeita comunhão entre o meu Eu Inferior e o meu Eu Superior, que é Deus em mim,
consagro este recinto a mais perfeita expressão de todas as qualidades divinas que há em mim e em
todos os seres.
As vibrações do meu pensamento são forças de Deus em mim, que aqui ficam armazenadas e
daqui se irradiam para todos os seres, constituindo este lugar um centro de emissão e recepção de tudo o
quanto é Bom, Alegre e Próspero.
Oração:
Agradeço-te ó Deus, porque este recinto está cheio da Tua Presença.
Agradeço-te, porque vivo e me movo por Ti.
Agradeço-te, porque vivo em Tua Vida, Verdade, Saúde, Prosperidade, Paz, Sabedoria, Alegria e Amor.
Agradeço-te porque todos que entrarem aqui sentirão a Tua Presença.
Agradeço-te, porque estou em Harmonia, Amor, Verdade e Justiça com todos os seres. Amém.

29
PRECE DE CÁRITAS
Deus Nosso Pai que sois todo poder e bondade, dai Força àqueles
que passam pela provação, dai Luz àqueles que procuram a Verdade,
ponde no coração do Homem a Compaixão e a Caridade.
Deus, dai ao viajor a Estrela Guia, ao aflito a consolação, ao
doente o repouso.
Pai, dai ao culpado o arrependimento, ao espírito a verdade, a criança o guia, ao órfão o Pai.
Senhor, que a Vossa bondade se estenda sobre tudo que criastes.
Piedade Senhor para aqueles que vos não o conhecem, esperança para àqueles que sofrem.
Que a Vossa bondade permita aos espíritos consoladores derramarem por toda à parte a Paz, a Esperança
e a Fé.
Deus, um raio, uma faísca do Vosso Amor pode abrasar a Terra.
Deixai-nos beber nas fontes desta bondade fecunda e infinita e todas as lágrimas secaram e todas as
dores se acalmarão.
Um só coração, um só pensamento subirá até Vós, como um grito de reconhecimento e de amor.
Como Moisés sobre a montanha nós Vos esperamos com os braços abertos. Oh, Poder! Oh, Bondade!
Oh, Beleza! Oh, Perfeição e que queremos de alguma sorte merecer a Vossa infinita misericórdia.
Deus, dai-nos a força de ajudar o progresso a fim de subirmos até Vós.
Dai-nos a caridade pura, dai-nos a fé e a razão, dai-nos a simplicidade que fará das nossas almas o
espelho onde se deve refletir a Vossa imagem. Amém.

30
PRECE DE ABERTURA

Com a ajuda de Deus Nosso Pai, imploramos aos guias de luz as vibrações
benéficas que necessitamos para manter o nosso trabalho em perfeita ordem e
harmonia.
Erguemos nossos pensamentos ao astral elevando nossas preces e nossos
cânticos aos Orixás de Umbanda, certo de que a mercê de nossa fé obteremos
as graças que precisamos.
Saravamos a Oxóssi o Deus da caça, chefe de falange dos caboclos,
suplicamos as suas luzes o bálsamo da consolação para que nossa mente se
torne mais firme na missão de ajudar os irmãos sofredores. Na poderosa
vibração de Ogum teremos a proteção que emana de sua força através da
irradiação luminosa de sua falange. Saravamos a Xangô, Deus do trovão
suplicamos proteção e compreensão para que possamos tratar nossos
semelhantes com serenidade e justiça. Saravamos a Ibeiji, o Deus das crianças
na vibração de São Cosme e Damião e Doum.
Pedimos que nos ajude a vencer todas as nossas lutas. Saravamos a Iansã
Deusa dos ventos e das tempestades. Saravamos a Iemanjá, Mamãe Oxum,
Nanã Boruque e todas as falanges poderosas. Suplicando benefícios espirituais,
a fim de que possamos distribuí-los entre os irmãos nossos semelhantes.
Aos bondosos Pretos Velhos, sábios, humildes, que são grandes trabalhadores,
pedimos que nos esclareçam e nos ajudem a manter a união, a paz, a harmonia
entre os nosso irmãos de Umbanda.
Salve os Arcanjos São Miguel, São Gabriel e São Rafael, cumprindo as ordens
de Oxalá que é Nosso Pai, Nosso Mestre e nosso mentor espiritual São
Cipriano e Mestre Irineu.
Damos início aos trabalhos desta noite.

31
Mensagem de Oxalá

Ouve meu filho...


Quando todas as portas se fecharem, quando sentires o vendaval da
adversidade açoitar a tua face, quando a tormenta te surpreender em meio a
tua jornada, segue sempre de cabeça erguida, pois o teu guia sou eu.
Ainda que todos os males te aflijam, ainda que as ingratidões te atordoem e te
façam sofrer, lembra-te que eu sou a tua luz e a tua esperança.
Se fores atingido pela calúnia e pela traição, não te desesperes, estarei a teu
lado, confortando a tua dor, amparando a crença que está em seu coração.
Fecha teus olhos às tentações e abre teu coração ao amor e a bondade.
Ainda que a multidão te apedreje, ainda que te acusem de crimes que não
cometestes, não te acabrunhes nem te acovardes, enfrenta corajosamente os
teus acusadores e vence a tua luta com a firmeza de tua consciência limpa. Se
fores traído, se fores perseguido injustamente, não deixes que o desanimo
domine o teu ser, faz de teu coração uma fonte de amor e ternura e segue
meus passos.
Se em tua luta pela vida encontrares somente a maldade, o egoísmo e a
vingança, perdoa meu filho! Se bom e simples, se carinhoso e humilde.
Pratica a verdadeira caridade perdoando aos teus inimigos, ora pelos teus
perseguidores, porque eles são mais infelizes do que tu, meu filho. Cegos e
desvairados, eles caminharão para o abismo e serão destruídos pela própria
maldade.
Prossegue a tua jornada confiante em tua fé!
Em cada um de teus passos ficarão as marcas da minha benção, em cada um
de teus atos ficarão as marcas indeléveis de tua confiança em mim.
Ouve meu filho:

32
Se algum dia estiveres preso ao leito, vergado pela dor, desesperançado pelo
sofrimento atroz, não apresses o teu fim no desespero, nem praguejes contra o
teu destino, lembra-te dos que choram, lembra-te dos que sofrem, lembra-te
dos angustiados, lembra-te de que mais sofredores são os que vivem nas
trevas da descrença. Lembra-te de que eu também sofri para te redimir e te
salvar.
Quando sofreres, eu sofrerei contigo. Quando chorares, eu chorarei com o teu
pranto.
Vence meu filho!
Vence a tua luta com a força do teu amor, com o poder indestrutível de tua fé!
Eleva o teu espírito, purificando a tua alma no sofrimento e na compreensão
dos erros humanos!
Olha para o alto e procura descortinar o Meu Reino, além do infinito!
Aqui estou, meu filho, para te oferecer amor e bondade! No meu Reino de
luzes as portas não se fecharão jamais, porque o meu coração é teu coração, o
meu sangue é o teu sangue. Caminha para frente sem temer os inimigos! Ser
complacente para com os que não compreendem as tuas convicções e a tua fé!
Lembra-te, filho meu:
Ainda que sinta os teus pés sangrarem, ainda que as tuas lágrimas queimem a
tua face, não desanimes, crê em Mim filho meu! Tens o meu coração cheio de
amor e bondade. Tens o consolo do meu perdão para teus pecados. Tens o
meu Reino que é teu Reino.
Eu esperarei por ti, meu filho. Eu esperarei!

33
Abertura dos Cânticos DaimeUmbanda

39 - Centro Livre (Marcha)

Centro livre,Centro livre


É preciso ter amor
A minha mãe que me mandou
A minha mãe que me mandou

Minha mãe prenda querida


Minha mãe prenda querida
Minha mãe prenda querida

Estou com vós, eterna vida


Estou com vós, eterna vida
Estou com vós, eterna vida

Currupipipiraguá
Eu devo chamar aqui
Eu devo chamar aqui

34
Hino da Umbanda

Refletiu a luz Divina em todo seu resplendor


Vem do Reino de Oxalá onde há paz e amor
Luz que refletiu na Terra, Luz que refletiu no mar
Luz que vei lá de Aruanda, para tudo iluminar

A Umbanda é paz e amor é um mundo cheio de luz


É a força que nos da vida e a grandeza nos conduz
Avante filhos de fé com a nossa lei não há
Levamos ao mundo inteiro a bandeira de Oxalá
Levamos ao mundo inteiro a bandeira de Oxalá

35
Morada de Oxalá

Os meus pés são guiados por Exú


E os meus olhos são o mesmo que Ifá
Os meus pés são guiados por Exú
E os meus olhos são o mesmo que Ifá

A minha pele é um manto de Omulu


Meu coração a morada de Oxalá
A minha pele é um manto de Omulu
Meu coração a morada de Oxalá

Oxum é quem governa os meus desejos


Xangô minha firmeza e meu padrinho
Oxum é quem governa os meus desejos
Xangô minha firmeza e meu padrinho

Iansã é a minha companheira


Iemanjá é quem abre meus caminhos
Iansã é a minha companheira
Iemanjá é quem abre meus caminhos

36
Salve Ogum, Saravá Porta Bandeira
Sua banda na Umbanda vem firmar
Salve Ogum, Saravá Porta Bandeira
Sua banda na Umbanda vem firmar

Ela é forte, é gloriosa, é verdadeira


Não há demanda que não possa enfrentar
Ela é forte, é gloriosa, é verdadeira
Não há demanda que não possa enfrentar

37
Abertura Rainha do Mar DaimeUmbanda

Jesus também sofreu pregado na cruz


Valei meu Pai valei oh! Meu Jesus valei
Eu trabalho com a guia de Jorge guerreiro
Eu trabalho, eu trabalho com a guia de Jorge guerreiro

João Batão, oi João Batelão Tu és, tu és meu Pai São Pedro


João Batão, oi João Batelão meu Pai São Pedro em cima dàgua
Oh! Rei do mundo, oh! Rei do mundo
Dizem que Xangô mandou girar mas é com fé
Dizem que Xangô mandou girar mas é com fé

Oh meu São Miguel Arcanjo com sua espada de aço


Vai cortando todo embaraço abrindo todos os caminhos

Olha São Jorge com a matula olha Ogum está de ronda olha Ogum auê
Ogum é de Umbanda auê Ogum é de Umbanda auá

Oi balançou, oi balançou a mata virgem, foi Oxóssi quem mandou


Quando Ogum chegar no reino Salve Ogum da Beira mar

Foi num lago azul que eu encontrei uma cobra coral


Ô Rei Ô Rei Oh! Meu Pai Oxalá
Ô Rei Ô Rei Oh! Meu Pai Oxalá

38
Do céu desceu um anjo, foi o Divino quem mandou
João Batista na floresta seus filhos batizou

Quem está de ronda é São Jorge, meu Pai me diga aonde é


Quem está de ronda é São Jorge, Jesus, Maria e José
Quem está de ronda é São Jorge, meu Pai me diga aonde é
Abre as portas ô minha gente, deixa a falange de São Jorge entrar

Ô Nanã cadê Oxum, Oxum tá nas ondas do mar


Ela é dona de gongar, Salve Oxum Nanã
Ô Nanã cadê Oxum, Oxum tá nas ondas do mar
Ela é dona de gongar, Salve Oxum Nanã

Ventou mas que ventania, ventou mas que ventania


Iansã é a nossa Mãe, Iansã é a nossa guia
Iansã é a nossa Mãe, Iansã é a nossa guia

Ô joga flores, ô joga flores no mar eu vou jogar


Ô joga flores, ô joga flores no mar eu vou jogar
Uma promessa eu fiz a minha Mãe Iemanjá
Ela veio me atender eu prometi vou pagar
Uma promessa eu fiz a minha Mãe Iemanjá
Ela veio me atender eu prometi vou pagar

39
Cosme Damião a sua casa cheira
Cravo e a rosa botão de laranjeira
Cravo e a rosa botão de laranjeira

E abrindo a minha aruanda eu quero ver meus curimãs


Quando eu vejo Nossa Senhora eu peço proteção

Nossa Senhora pedi a seu filho redentor


Que não deixasse o seu mundo
Ai meu Deus! Tenha dó dos filhos seus

Quem vem quem vem lá de tão longe, são os anjinhos que vem trabalhar
Quem vem quem vem lá de tão longe, são os anjinhos que vem trabalhar

Ô dai-me força pela amor de Deus meu Pai!


Ô dai-me força aos trabalhos meus
Ô dai-me força pela amor de Deus meu Pai!
Ô dai-me força aos trabalhos meus

Neste terreiro tem um pé de Oricá, neste terreiro tem um pé de Oricá


Abra-te portas, varandas do mar. Abra-te portas, varandas do mar.

40
Eu vou pedir a Deus e aos anjos lá do céu
Eu vou pedir a Deus e aos anjos lá do céu
Me abra esta banda glorioso São Miguel
Me abra esta banda glorioso São Miguel

Glória a Deus lá nas alturas, glória a Deus neste gongá


Glória a Deus nos pensamentos dos seus filhos
Glória a Deus neste gongá
Glória a Deus lá nas alturas, glória a Deus neste gongá
Glória a Deus nos pensamentos dos seus filhos
Glória a Deus neste gongá

Jesus nasceu, padeceu morreu na cruz


Cantamos e louvamos
O santo nome de Jesus
Do lírio branco nasceu um galho
E deste galho resplandesceu a flor
E desta flor a Virgem Maria
Da Virgem Maria veio o Salvador

41
Ovelhas abnegadas do rebanho de Maria
Ovelhas abnegadas do rebanho de Maria
Se ela não viesse ao mundo meu Jesus
Ai de nós o que seria
Se ela não viesse ao mundo meu Jesus
Ai de nós o que seria

Senhores Mestres deste mundo


E do outro mundo também
Senhores Mestres deste mundo
E do outro mundo também
Eu peço que nos dê licença
Ô na hora de Deus Amém
Eu peço que nos dê licença
Ô na hora de Deus Amém

São Pedro é quem abre a porta


É quem fecha a porta pra quem merece
São Pedro é quem abre a porta
É quem fecha a porta pra quem merece
Ai Meu São Zacarias
Proteja a mesa, dai Força aos Guias
Ai Meu São Zacarias
Proteja a mesa, dai Força aos Guias

42
Foi Zambi quem criou o mundo
Foi Zambi para governar
Foi Zambi quem criou o mundo
Foi Zambi para governar
Foi Zambi quem criou as Matas e as Cachoeiras
Para Oxossi andar
Foi Zambi quem criou as Matas e as Cachoeiras
Para Oxossi andar

Foi Zambi quem criou o mundo


Foi Zambi para governar
Foi Zambi quem criou o mundo
Foi Zambi para governar
Foi Zambi quem criou a Lua que ilumina Oxossi
Lá no Juremá
Foi Zambi quem criou a Lua que ilumina Oxossi
Lá no Juremá

43
SAUDAÇÃO A EXÚ (Laroê Exú)

Saravá os Guardiões, Mensageiros de Oxalá


Executores do Karma, Exu veio para ser a separação aqui na terra.
Sem Exu não se faz nada, ele é o Eixo de tudo.
Laroiê é Mojubá
Agradecemos a Exu, para que ele seja, no nosso quotidiano, a
manifestação do amor, da sorte, da riqueza e da prosperidade

44
Estrela de Marachimbé (Marlicene – homenagem ao Pad. Marco Imperial)

Estrela brilhou em alto mar, foi o aviso da Rainha Iemanjá


Ele já vem, ele vai chegar, trazendo força ele vai dominar

Capitão Marachimbé vem das ondas do mar


É com a chuva e com o vento todo mal vai acabar
Alertando o povo que com água e com fogo não se deve demandar

Vamos tirar as mágoas e fazer a caridade


Pois somos todos filhos da Rainha Iemanjá

Foi São Miguel com seu 7 Zunguiné


Quem deu a luz e a espada a Marachimbé
Foi São Miguel com seu 7 Zunguiné
Quem deu a luz e a espada a Marachimbé

*****

45
Marachimbé (31. João Pereira)
Eu vou chamar Marachimbé
E quem quiser venha escutar
Vem cá, vem cá, vem cá
Vem cá, vem cá, vem cá

Chamei Marachimbé
Para Ele vir cá
Traz o corpo e fica firme
Faz lombo prá apanhar

Você deve se lembrar


Deve pensar um pouco
Na firmeza que empregou
E na palavra que jurou

Chamei Marachimbé
Para Ele vir aqui
Segue em frente e pisa firme
E marca passo prá seguir

Oh! Meu Divino Pai


Minha Sempre Virgem Maria
Perdoai os Vossos filhos
E os crimes que eu cometi

46
*****

Eu peço força das estrelas (Valdete)

Eu peço forças das estrelas que me guiam


Jesus Cristo Redentor e a sempre Virgem Maria
São João Batista patriarca São José
Meu Senhor São Irineu segurai a minha fé

E esta fé que me leva nas alturas


E me tira das amarguras deste mundo de ilusão
Eu peço a vós que aumente a minha luz
Para crer em meu Jesus e me livrai das tentações

As tentações são as trevas do astral


Que só fazem mal a quem nunca praticou
Até Jesus, nas suas orações
No monte das oliveiras foi quem veio e lhe atentou

Mas ele disse sai-te daí Satanás não me atentaras mais


Só a meu Pai amarei
Aqui de ti não quero nada
Que deste mundo tudo eu ja sei

47
Também falou para tentação
Que o homem deste mundo não vive só de pão
E sim da palavra do senhor
E se tiver amor no seu coração

O coração é a peça principal


Que Deus nos colocou para transformar amor
Amar sem falsidade, com lealdade
Foi que Cristo falou

*****

48
Lá na beira do caminho meu gongá tem segurança
Lá na beira do caminho meu gongá tem segurança
Na porteira tem vigia a meia noite o galo canta
Na porteira tem vigia a meia noite o galo canta
*****

Seu Tranca seu Exú das Almas chama seu povo para trabalhar
Seu Tranca seu Exú das Almas chama seu povo para trabalhar
Fecha a porteira dos inimigos Oi abre a minha que eu quero passar
Fecha a porteira dos inimigos Oi abre a minha que eu quero passar
*****

Lá na porteira eu deixei meu sentinela


Lá na porteira eu deixei meu sentinela
Eu deixei seu Tranca Rua tomando conta da cancela
Eu deixei seu Tranca Rua tomando conta da cancela
Tem morador na certa tem morador
Tem morador na certa tem morador
Capela que o galo canta na certa tem morador
Capela que o galo canta na certa tem morador
*****

49
Santo Antonio de batalha faz de mim batalhador
Santo Antonio de batalha faz de mim batalhador
Salve, salve Exú Toureiro, Tranca Rua e Marabô
Salve, salve Exú Toureiro, Tranca Rua e Marabô
Santo Antonio de batalha Faz de mim batalhador
Santo Antonio de batalha Faz de mim batalhador
*****

Seu Tranca Rua me cubra com a sua capa


Quem tem sua capa escapa quem tem sua capa escapa
A sua capa é um manto de caridade
Sua capa cobre tudo, só não cobre a falsidade
Sua capa cobre tudo, só não cobre a falsidade
*****

O Sino da Igrejinha faz Belém Blem Blom


O Sino da Igrejinha faz Belém Blem Blom
Deu meia noite o Galo já Cantou
Seu Tranca Rua que é dono da Gira
Ô Corre Gira que Ogum mandou
Seu Tranca Rua que é dono da Gira
Ô Corre Gira que Ogum mandou
****

50
Somente a Paz, Somente o Amor
Conduz o Homem ao Alívio da sua dor
Somente a Paz, Somente o Amor
Conduz o Homem ao Alívio da sua dor

Seu Tranca Rua, é amigo trabalhador


Na lei de Umbanda ele é o nosso protetor
Seu Tranca Rua, é amigo trabalhador
Na lei de Umbanda ele é o nosso protetor
*****

Ai Seu Tranca Rua


Ai Seu Tranca Rua
Ai Seu Tranca Rua
Ai Seu Tranca Rua
Foi numa noite, numa imensa escuridão
Encontrei aquele moço que me deu a sua mão
E me mostrou o clarão da lua, ô Tranca Rua
E me mostrou o clarão da lua, ô Tranca Rua
Ai Seu Tranca Rua
Ai Seu Tranca Rua
****

51
Foi, foi Oxalá
Quem mandou lhe pedir
Quem mandou implorar
Foi, foi Oxalá
Quem mandou lhe pedir
Quem mandou implorar

Que as Santas Almas viessem me ajudar


Tranca Rua de Joelho, no terreiro a trabalhar
Que as Santas Almas viessem me ajudar
Tranca Rua de Joelho, no terreiro a trabalhar
*****

52
Estava dormindo na Beira do Mar
Estava dormindo na Beira do Mar
Quando as Almas me chamou pra trabalhar
Quando as Almas me chamou pra trabalhar
Acorda Tranca Rua vem vigiar
Acorda Tranca Rua vem vigiar
O inimigo esta invadindo a porteira do curral
O inimigo esta invadindo a porteira do curral
Pega as suas armas e vem guerrear
Pega as suas armas e vem guerrear
Põe o inimigo pra fora para nunca mais voltar
Põe o inimigo pra fora para nunca mais voltar
*****

53
Caminhei, Caminhei
Caminhei mas encontrei
Caminhei, Caminhei
Caminhei mas encontrei
Um Exu Amigo
Tranca Rua é um Rei
Um Exu Amigo
Tranca Rua é um Rei
Caminhei, Caminhei
Caminhei mas encontrei
Caminhei, Caminhei
Caminhei mas encontrei
Um Exu Amigo
Tranca Rua é um Rei
Um Exu Amigo
Tranca Rua é um Rei
Se for Doença, Ele vai curar
Se for problema, Ele vai te aconselhar
Se for tristeza ele vai te alegrar
Com uma linda música Larararaia
Com uma linda música Larararaia
*****

54
Se o sol me queima vem a Lua e me cura
Se o sol me queima vem a Lua e me cura
Corôa linda é do meu Pai Tranca Rua
Corôa linda é do meu Pai Tranca Rua
****

Me sara me cura Seu Tranca Rua


Me sara me cura Seu Tranca Rua
Me sara me cura Seu Tranca Rua
Me sara me cura Seu Tranca Rua
****

Marabô iê Marabô iá
Marabô iê Marabô iá
Cadê Marabô, cadê Marabô
Cadê Marabô, Marabô iá
Cadê Marabô, cadê Marabô
Cadê Marabô, Marabô iá
*****

55
Exu Tiriri Lonam Laroiê
Exu Tiriri Lonam Laroiê
Exu Tiriri Lonam Laroiê
Exu Tiriri Lonam Laroiê
****

Exu Malalô Alalô, Alaloê


Exu Malalô Alalô, Alaloê
Exu Malalô Alalô, Alaloê
Exu Malalô Alalô, Alaloê
****

Olha pula de lá
Vem cá, ô Veludo
Olha pula de lá
Vem cá
Olha pula de lá
Vem cá, ô Veludo
Olha pula de lá
Vem cá
****

56
O Mato está mexendo
Alevanta o pé
Chama a sua Povo
Eu quero ver quem é
O Mato está mexendo
Alevanta o pé
Chama a sua Povo
Eu quero ver quem é
*****

Oh Lua, oh Lua
A Lua Clareou
Eu pensava que era dia
Mas a Lua me enganou
Oh Lua, oh Lua
A Lua Clareou
Eu pensava que era dia
Mas a Lua me enganou
*****

57
Meia noite o galo canta, o galo canta
Galo canta no terreiro, o no terreiro
Risca a Pemba de Umbanda tem Mironga
Aonde canta Exu Guerreiro, Exu Guerreiro

Meia noite o galo canta, o galo canta


Galo canta no terreiro, o no terreiro
Risca a Pemba de Umbanda tem Mironga
Filho de Santo é Feiticeiro, Feiticeiro

Meia noite o galo canta, o galo canta


Galo canta no terreiro, o no terreiro
Risca a Pemba de Umbanda tem Mironga
Aonde canta Exu Guerreiro, Exu Guerreiro
*****

Seu Capa Preta diz que é doutor


Diz que é doutor, diz que é doutor
Mas na Umbanda ele é Exú
Ele é Exú, ele é Exú
*****

58
Exú não é brincadeira, exú não é caçoada
Exú não é brincadeira, exú não é caçoada
Exú da linha de Umbanda, ele não dá gargalhada
Exú da linha de Umbanda, ele não dá gargalhada
*****

Lá no terreiro de Umbanda
Lá no terreiro de Umbanda
Quando chega meia noite
Nasce uma linda Flor
Ô Flor Ô Flor
Que linda flor
Ô Flor Ô Flor
Você é o Amor
Ô Flor Ô Flor
Que linda flor
Ô Flor Ô Flor
Você é o Amor
*****

59
Arreia Pomba Gira
To cantando em seu louvor
Arreia Pomba Gira
To cantando em seu louvor
Da barra da sua saia
Correu água e nasceu flor
*****

De longe eu vi
Um atabaque afinado
E ele dizia, tem festa nesse Reinado
De longe eu vi
Um atabaque afinado
E ele dizia, tem festa nesse Reinado
Vi Dona Sete chegar
A Mulambo a Sambar
E a Padilha a Cantar, Laralara
Moça hoje a festa é sua
Mas aquela Porteira é de Seu Tranca Rua
Moça hoje a festa é sua
Mas aquela Porteira é de Seu Tranca Rua
*****

60
É uma festa de Pombo
É de Pombo Gira
É uma festa de Pombo
É de Pombo Gira
Auê Auê, Auê Auê
Auê Auá, Pombo Gira
Auê Auê, Auê Auê
Auê Auá, Pombo Gira
*****

Rosa Vermelha
que eu vi nos cabelos dela
Rosa vermelha
No meio uma Rosa Amarela
Rosa Vermelha
que eu vi nos cabelos dela
Rosa vermelha
No meio uma Rosa Amarela
Rosa Vermelha
que eu dei pra ela
Ela só quis uma rosa amarela
Uma rosa viva em suas mãos
7 Catacumba nos dê sua Proteção

61
*****

Tata Mulambo, Ela mereceu ganhar


Ganhar o que ganhou
Tata Mulambo, Ela mereceu ganhar
Ganhar o que ganhou
Foram sete rosas na Calunga
Sete marafos e uma saia de cetim
E como se tudo isso não bastasse
Ela ganhou uma coroa de Atôtô
Atôtô Meu Pai, Atôtô meu Senhor
Tata Mulambo mereceu o que ganhou
Atôtô Meu Pai, Atôtô meu Senhor
Tata Mulambo mereceu o que ganhou
*****

62
Pra Pilar - Diversões do Mestre

Nessa estrada que eu venho, pra pilar


Venho da terra do cigano, pra pilar
E a rainha me mandou, pra pilar
Eu passar aqui cantando, pra pilar

É pra pilar, estou pilando


Estou pulando é pra pilar
É pra pilar, estou pilando
Estou pulando é pra pilar

Passando por entre as flores, pra pilar


Vi um retrato ornado, pra pilar
Me parece ser um rei, pra pilar
Que estará ali encantando, pra pilar

É pra pilar, estou pilando


Estou pulando é pra pilar
É pra pilar, estou pilando
Estou pulando é pra pilar
*****

63
Cigana seu cantar é muito lindo
Ao som do violino e um pandeiro a chacoalhar
Cigana onde é sua morada
É na beira da estrada e eu não tenho onde morar
Ela é cigana ela leu a minha mão
Ela leu a minha sorte sem cobrar nenhum tostão
Ela é cigana ela leu a minha mão
Ela leu a minha sorte sem cobrar nenhum tostão
*****

Ganhei uma barraca velha


Foi a cigana quem me deu
Ganhei uma barraca velha
Foi a cigana quem me deu
O que é meu é da cigana
O que é dela não é meu
O que é meu é da cigana
O que é dela não é meu
Ciganinha Puêrê Puerê Puerá
Ciganinha Puêrê Puerê Puerá
Ciganinha Puêrê Puerê Puerá
Ciganinha Puêrê Puerê Puerá
*****

64
Oh Cigana ciganinha
da sandália de pau
Oh Cigana ciganinha
da sandália de pau
Quando ela chega no Reino,
ela faz o bem e desfaz o mal
Quando ela chega no Reino,
ela faz o bem e desfaz o mal
*****

A lua clareou na estrada quando aquela moça apareceu


A lua clareou na estrada quando aquela moça apareceu
Quem disse que a cigana tem morada
A morada da cigana é na beira da estrada
Oiá Oiá Oiá ela é cigana mensageira de Oiá
Oiá Oiá Oiá ela é cigana mensageira de Oiá
*****

65
Exú levou borocoxô
Mas aqui não tem mesmo
Exú levou borocoxô
Mas aqui não tem mesmo
Exú levou borocoxô
Mas aqui não tem mesmo
Exú levou borocoxô
Mas aqui não tem mesmo

Poeira, Ô Poeira
Poeira, Ô Poeira
Ô Sacode a mandinga, Poeira.
Ô Sacode a mandinga, Poeira.

Graças a Deus, vou lembrar de Deus


Graças a Deus, vou lembrar de Deus
Graças a Deus, vou lembrar de Deus
Graças a Deus, vou lembrar de Deus

*****

66
SAUDAÇÃO A OGUM (Ogunhê)

Saravá Ogum, filho de Iemanjá, Ogum iê


Patacuri Ogum, abre os nossos caminhos
Senhor do ferro, da agricultura, da tecnologia.
Tudo Sabe Tudo conhece
Filho de Ogum corre campo e não tem medo

67
Oração a São Jorge (Cruz de Caravaca)

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo


São Jorge foi Cavaleiro de Cristo
São Jorge venceu o demônio
São Jorge matou o dragão
Glorioso e destemido São Jorge, o vosso poder atinge a terra inteira, os mares, as nuvens
e os ventos. Viajais todos os planetas. Os maus espíritos vos temem, os bons espíritos vos
acompanham. O que se esconde na mata, o que nada no mar, nos rios, nos lagos, e o que
anda na terra.
Tudo dominais e venceis com vossa lança, que abateu o dragão. Protejei o meu gado.
Fujam as serpentes, morram as ervas daninhas, extingam-se os animais daninhos, grandes
e pequenos.
São Jorge foi cavaleiro de Cristo.
São Jorge venceu o demônio.
São Jorge matou o Dragão.

68
Oração de São Jorge
Ó São Jorge, meu guerreiro, invencível na Fé em Deus, que trazeis em vosso rosto a
esperança e confiança abra os meus caminhos.
Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo
pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem em
pensamentos eles possam ter para me fazer algum mal.
Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo
tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar.
Jesus Cristo, me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina graça, a Virgem
de Nazaré, me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as
minhas dores e aflições, e Deus, com sua divina misericórdia e grande poder, seja meu
defensor contra as maldades e perseguições dos meus inimigos. Glorioso São Jorge, em
nome de Deus, estenda-me o seu escudo e as suas poderosas armas, defendendo-me com
a sua força e com a sua grandeza, e que debaixo das patas de seu fiel cavalo meus
inimigos fiquem humildes e submissos a vós.
Ajudai-me a superar todo o desanimo e alcançar a graça que tanto preciso. Dai-me
coragem e esperança fortalecei minha FÉ e auxiliai-me nesta necessidade. Com o poder
de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. Amém!
São Jorge rogai por nós

69
Ogum Beira Mar (Alfredo)

Aqui eu abro o meu diálogo para dizer aos meus irmãos


Aqui eu abro o meu diálogo para dizer aos meus irmãos
Escutem tudo direitinho e prestem bem atenção
Escutem tudo direitinho e prestem bem atenção

Eu estou sempre trabalhando em vista clara para todos ver


Eu estou sempre trabalhando em vista clara para todos ver
Se examinem direitinho e todos vejam o que vão fazer
Se examinem direitinho e todos vejam o que vão fazer

Que eu agora estou chegando e quando chego faço estremecer


Que eu agora estou chegando e quando chego faço estremecer
Com o amor da nossa Mãe vamos todos praticar e ser
Com o amor da nossa Mãe vamos todos praticar e ser

O equilíbrio desta força tem nosso mestre para nos dizer


O equilíbrio desta força tem nosso mestre para nos dizer
É ser fiel e humanitário e ter amor ao Senhor Deus
É ser fiel e humanitário e ter amor ao Senhor Deus

Agradecendo ao Pai Eterno e a Rainha Iemanjá


Agradecendo ao Pai Eterno e a Rainha Iemanjá
Agradecendo a todos seres da corrente Ogum Beira Mar
Agradecendo a todos seres da corrente Ogum Beira Mar
*****

70
Ogum é meu Pai, Ogum é meu guia
Ogum é meu Pai, venha com Deus e a Virgem Maria
*****

Fui eu Babá, fui eu quem mandou botar


Sete espada no caminho pro inimigo não passar
*****

Se Ogum é meu Pai vencedor de demanda


Ele vem de Aruanda pra salvar filhos de Umbanda
Se Ogum é meu Pai vencedor de demanda
Ele vem de Aruanda pra salvar filhos de Umbanda
Ogum, Ogum Iara, Ogum, Ogum Iara
Salve os campos de batalha, Salve as sereias do mar
Ogum, Ogum Iara, Ogum, Ogum Iara
*****

Seu Sete Espada apareceu na praia Mãe Oxum apanhou e acabou de criar
Seu Sete Espada apareceu na praia Mãe Oxum apanhou e acabou de criar
Por isso eu chamo Sete Espada na Umbanda
Com a sua lança Ele venceu toda demanda
Por isso eu chamo Sete Espada na Umbanda
Com a sua lança Ele venceu toda demanda

71
*****
Que cavaleiro é aquele que vem cavalgando pelo céu azul
É seu Ogum Matinada Ele é defensor do Cruzeiro do Sul
Que cavaleiro é aquele que vem cavalgando pelo céu azul
É seu Ogum Matinada Ele é defensor do Cruzeiro do Sul
Eeê, Eea, Eeê seu Canjira pisa na Umbanda
Eeê, Eea, Eeê seu Canjira pisa na Umbanda
*****

São Jorge (Alex Polari)

São Jorge está aqui São Jorge aqui está


São Jorge está aqui São Jorge aqui está
Com seu cavalo branco guerreiro melhor não há
Com seu cavalo branco guerreiro melhor não há

Viva o Rei Ogum ele veio anunciar


Viva o Rei Ogum ele veio anunciar
Que as linhas estão abertas é pra nós se alinhar
Que as linhas estão abertas é pra nós se alinhar
*****

72
Estrela do céu que brilha no Oriente
Aonde São Jorge matou uma serpente

Ele amarrou o seu cavalo aos pés de uma cruz


Aonde Madalena pediu clemência a Jesus
Ele amarrou o seu cavalo aos pés de uma cruz
Aonde Madalena pediu clemência a Jesus
*****

Sete Espada na areia, Sete Espada no mar


Sete Espada na areia, Sete Espada no gongá
Sete Espada na areia, Sete Espada no mar
Sete Espada na areia, Sete Espada no gongá
Segura a pemba eê, segura a pemba ea, segura a pemba Sete Espada no gongá
Segura a pemba eê, segura a pemba ea, segura a pemba Sete Espada no gongá
*****

73
Nos campos do Humaitá
Ogum guerriou e venceu
Nos campos do Humaitá
Ogum guerriou e venceu

Ganhou divisa de General


Foi José e Maria quem deu
Ganhou divisa de General
Foi José e Maria quem deu
*****

Eu vi duas espadas cruzadas


Nos campos do humaitá
Eu vi duas espadas cruzadas
Nos Campos do Humaitá

A uma era de Ogum Megê


A outra era de Ogum Beira Mar
A uma era de Ogum Megê
A outra era de Ogum Beira Mar
*****

74
Seu Ogum Beira Mar
O que trouxe de lá
Seu Ogum Beira Mar
O que trouxe de lá

Quando ele vem, beirando areia


Na mão direita ele traz o Rosário de Mamãe sereia
Quando ele vem, beirando areia
Na mão direita ele traz o Rosário de Mamãe sereia
*****

Ogum é todo Malé


Malé Ô Linha Nagô
Ogum é todo Malé
Malé Ô Linha Ô
****

Ogum me disse que dançar Nagô é bom


Ogum me disse que dançar Nagô é bom
Que dançar Nagô é bom
Que dançar Nagô é bom
Que dançar Nagô é bom
Que dançar Nagô é bom

75
*****

Ogum não devia beber


Ogum não devia fumar
Ogum não devia beber
Ogum não devia fumar
A fumaça é a nuvem que passa
E a cerveja espuma do mar
A fumaça é a nuvem que passa
E a cerveja espuma do mar
*****

Eu tenho sete espadas pra me defender


Eu tenho Ogum em minha companhia
Eu tenho sete espadas pra me defender
Eu tenho Ogum em minha companhia

Ogum é meu pai, ogum é meu guia


Ogum vai baixar, na fé de Zambi e da Virgem Maria
Ogum é meu pai, ogum é meu guia
Ogum vai baixar, na fé de Zambi e da Virgem Maria
****

76
Seu Ogum Megê
Não me deixa sofrer tanto assim
Seu Ogum Megê
Não me deixa sofrer tanto assim
Quando eu morrer e passar pela Aruanda
Eu peço a Deus pra Salvar filhos de Umbanda
Quando eu morrer e passar pela Aruanda
Eu peço a Deus pra Salvar filhos de Umbanda
*****

Ele é Guerreiro
Ele veio Saravá
Ele é Guerreiro
Ele veio Saravá

Jurou Bandeira
Ogum é Militar
Jurou Bandeira
Ogum é Militar
*****

77
Beira Mar auê Beira Mar
Beira Mar auê Beira Mar
Beira Mar auê Beira Mar
Beira Mar auê Beira Mar

Ogum já jurou bandeira


Nos Campos do Humaitá
Ogum já venceu demanda
Vamos todos Saravar (Beira Mar)
*****

Seu Ogum da Estrada


Seu Ogum Beira Mar
Seu Ogum da Estrada
Seu Ogum Beira Mar

Com licença Ê
Com licença Ah
Na fé de Zambi
seus filhos vão caminhar
*****

78
Estava na beira da praia
Quando ouvi sete ondas passar
Estava na beira da praia
Quando ouvi sete ondas passar

Abre as portas gente, que aí vem Ogum


Em seu cavalo Marinho ele vem Saravá
Abre as portas gente, que aí vem Ogum
Em seu cavalo Marinho ele vem Saravá

*****
Ogum, olha a sua bandeira
É Branca é verde, é encarnada
Ogum, olha a sua bandeira
É Branca é verde, é encarnada

Ogum nos campos de batalha


Ele venceu a guerra, sem perder soldados
Ogum nos campos de batalha
Ele venceu a guerra, sem perder soldados
*****

79
Ogum, já me coroou
Já me saravou, já me abençoou
Ogum, já me coroou
Já me saravou, já me abençoou

Filho de Umbanda,
porque tanto chora
É meu Pai Ogum
Que já vai embora
*****

Selei, selei, o seu cavalo selei


Selei, selei, o seu cavalo selei
Pai Ogum já vai embora, seu cavalo selei
Vai com Deus Nossa Senhora, Seu cavalo selei

80
SAUDAÇÃO A OXÓSSI (Oke Arô)

Oke arô Oxossi, filho de Iemanjá, Oke


Saravá as matas, Saravá Jurema
Oxossi é caçador, caça aqui, caça acolá
Sua flecha não erra, na mata Oxossi é Rei.
Quem é filho de Oxossi balança mais não cai.

Linda Jornada (Marlicene)


Que linda jornada meu Pai me ordenou
Que linda jornada meu Pai me ordenou
Chamar os meus irmãos pra cantar os hinos com amor
Chamar os meus irmãos pra cantar os hinos com amor

Eles vem revoando e os Caboclos acenando


Eles vem revoando e os Caboclos acenando
Cantar com alegria hoje e sempre todo o dia
Cantar com alegria hoje e sempre todo o dia

81
*****
As Águas da Cachoeira (Gisele Gracie Imperial)
As àguas da Cachoeira
Vem descendo aquela serra
Me vejo em minha Mãe
A Rainha da Floresta

Todos seres se alegram


Em ver meu Pai mais à frente
Viva o meu Juramidam
E os tres Reis do Oriente

Salve todos os Caboclos


Salve a Rainha do Mar
Salve São João Batista
Salve Papai Oxalá
*****

Oi não me toque ou não me bula pra não se arrepender


Já mandei fazer uma flecha, com a canela do gavião
Pra ferir meus inimigos na veia do coração
Já mandei fazer uma flecha, com a canela do gavião
Pra ferir meus inimigos na veia do coração

82
*****
Águia Branca (Vera)

Águia Branca é um guerreiro do astral, ele vem da floresta Imperial


Comandar com seu batalhão e render gloria ao mestre Juramidam
Águia Branca é um guerreiro do astral, ele vem da floresta Imperial
Comandar com seu batalhão e render gloria ao mestre Juramidam

Ele traz um recado aqui na terra a verdade e a lealdade espalhar


E tratar do tempo mais sério não desviar e nem sair do seu lugar
Ele traz um recado aqui na terra a verdade e lealdade espalhar
E tratar do tempo mais sério não desviar e nem sair do seu lugar

Estas forças no momento reunidas são um presente do meu Pai Celestial


Que enviou este mensageiro dando firmeza e livrando de todo mal
Estas forças no momento reunidas são um presente do meu Pai Celestial
Que enviou este mensageiro dando firmeza e livrando de todo mal

****

83
Caboclos das Matas (Marlicene)

Este hino nasceu dos caboclos e das matas


Este hino nasceu dos caboclos e das matas
Dos rios e das cascatas da Mamãe Oxum Aieieô
Dos rios e das cascatas da Mamãe Oxum Aieieô

Das águas sagradas do mar, da estrela Iemanjá Omicaiá


Das águas sagradas do mar, da estrela Iemanjá Omicaiá
Das forças de Obatalá das ordens de Ogum Beira Mar
Das forças de Obatalá das ordens de Ogum Beira Mar

Dos campos lavados pelo orvalho do cheiro da terra molhada


Dos campos lavados pelo orvalho do cheiro da terra molhada
Da chuva que cai e da mamãe Salobá
Da chuva que cai e da mamãe Salobá

Das matas de Oxóssi das pedreiras de Xangô


Das matas de Oxóssi das pedreiras de Xangô
Dos raios e das tempestades de Iansã nossa majestade
Dos raios e das tempestades de Iansã nossa majestade

Das estrelas do firmamento da união da folha e do cipó


Das estrelas do firmamento da união da folha e do cipó
Do tempo de Orumilá e o domínio de Oxalá
Do tempo de Orumilá e o domínio de Oxalá

*****

84
Ponto dos Três Caboclos

Eles são três Caboclos


Caboclos do Jacutá
Eles correm noite e dia
Pra seus filhos ajudar

7 Montanhas
7 Lagoas
Com Seu 7 Encruzilhada
Salvemos os três 7
Cada 7 um a um

7 Montanhas gira
quando a noite vai chegar
Seu irmão 7 Lagoas
quando o dia clariar

E Gira, e gira
Até alta madrugada
Gira o Caboclo das 7 Encruzilhada
****

85
Eu corto língua, eu corto mironga, eu corto língua de falador
Eu corto língua, eu corto mironga, eu corto língua de falador
Por onde ele passa não há embaraço ele é Sete Montanha do peito de aço
Por onde ele passa não há embaraço ele é Sete Montanha do peito de aço
*****

A Estrela lá no céu brilhou


A Mata estremeceu
A Estrela lá no céu brilhou
A Mata estremeceu
Por onde andam os companheiros da Jurema
Que até agora não apareceu
Por onde andam os companheiros da Jurema
Que até agora não apareceu
*****

86
Oxalá mandou
Ele mandou buscar
Os caboclos da Jurema
lá na Juremá
Pai Oxalá
é Rei do Mundo inteiro
Manda ordens pra Jurema
Mandar seus capangueiros
Mandai Mandai,
Ô Cabocla Jurema
Os seus guerreiros,
essa é a ordem Suprema
*****

Chama Caboclo na mata, é pra trabalhar


Chama caboclo na mata, é pra trabalhar
Esse muro é muito alto, caboclo vai derrubar
Esse murro é muito alto, caboclo vai derrubar
*****

87
Chefe da Mata me disse na Mata
Que na Mata não tinha Caboclo
Chefe da Mata me disse na Mata
Que na Mata não tinha Caboclo
Atira, Caboclo Atira
Atira no rastro do outro
Atira, Caboclo Atira
Atira no rastro do outro
*****

Ouvi meu Pai assoviar


Ele mandou chamar
Vem de Aruanda Ê
Vem de Aruanda Ah
Todos os caboclos de Umbanda
É de Aruanda Ê
*****

88
A mata estava escura
Veio o luar e clareou
Só se ouvia o som do tambor
Quando os caboclos de Oxóssi chegou
A mata estava escura
Veio um luar e clareou
Só se ouvia o som do tambor
Quando os caboclos de Oxóssi chegou
Mas Ele é o Rei é o Rei é o Rei
Mas ele é o Rei de Aruanda ele é o Rei.
*****

Ponto Caboclo Teimoso (João Severino Ramos 1939)

Quando a Aruanda se abre


Eu quero ver quem é
Quando a Aruanda se abre
Eu quero ver quem é

É um Teimoso de Aruanda
É um Caboclo Rei Guiné
É um Teimoso de Aruanda
É um Caboclo Rei Guiné

89
****
Caboclo, Caboclo
Ele é filho da Guiné
Caboclo, Caboclo
Ele é filho da Guiné
Se o seu pai é Rei
Ele é Principe é
Se o seu pai é Rei
Ele é Principe é
*****

Ai me valei nesta hora santa


Ai me valei nesta hora santa
Seu Arranca Toco me valerá
Seu Arranca Toco me valerá
****

90
Estrela Dalva quando brilha
Chamou seu Pedra Branca
Estrela Dalva quando brilha
Chamou seu Pedra Branca

Chamou Papai de Aruanda


Chamou Papai de Aruanda
Chamou Papai de Aruanda
Chamou Papai de Aruanda

Chamou Papai de Aruanda


Chamou Papai de Aruanda
Chamou Papai de Aruanda
Chamou Papai de Aruanda
*****

91
Sete Flecha (Marco Gracie Imperial)

Sete Flecha atirou, atirou o Sete Flecha


Sete Flecha atirou, atirou o Sete Flecha
Sete Flecha vem da mata da mata do Sete Flecha
Sete Flecha vem da mata da mata do Sete Flecha
Sete Flecha cura tudo Sete Flecha cura esta
Sete Flecha cura tudo Sete Flecha cura esta
*****

Ele atirou, ele atirou ninguém viu


Ele atirou, ele atirou ninguém viu
Seu Sete Flecha é quem sabe O quê caboclo aonde a flecha caiu
Seu Sete Flecha é quem sabe O quê caboclo aonde a flecha caiu
*****
Leeeeee Lerê Lerê Lerê Lerê Lerêreá
Le Lerê Caboclo Sete Flechas no gongá
Le Lerê Lerê Lerê Lerê Lerêreá
Le Lerê Caboclo Sete Flechas no gongá
Saravá Seu Sete Flechas
Ele é o Rei da Mata
A sua bodoque atira, caboclo
Sua flecha mata

92
*****

Atira Atira, Ele atirou


No bamba ele vai atirar
Atira Atira, Ele atirou
No bamba ele vai atirar
Veado no mato é corredor
Oxossi na mata é caçador
Veado no mato é corredor
Oxossi na mata é caçador
****

O caçador na beira do caminho, mas não me mate esta coral na estrada


Oxossi abandonou sua choupana caçador foi no romper da madrugada
*****

93
O lá da mata, ô que mata é a sua
O lá da mata, ô que mata é a sua
Que mata é a sua, não é de lá, não é de cá
Aonde pia a cobra, aonde canta o sabiá
Ele é Caboclo, ele é da tribo dos Cajás
Vai buscar sua falange para vir descarregar
Ele é Caboclo, ele é da tribo dos Cajás
Vai buscar sua falange para vir descarregar
*****

Caboclo Sete Flechas nasceu


No Jardim das Oliveiras
Caboclo Sete Flechas nasceu
No Jardim das Oliveiras
Trazia amarrado em sua cinta uma coral
Oi Sucuri, Jibóia da Aldeia
Oi Sucuri, Jibóia
Quando vem Beirando o mar
Oi Sucuri, Jibóia
Quando vem Beirando o mar
Óia como brogoiô a sua cobra coral
Óia como brogoiô a sua cobra coral
Ô Segura essa cobra, não deixa ela fugir

94
O nome dessa cobra, é cobra sucuri
Ô Segura essa cobra, não deixa ela fugir
O nome dessa cobra, é cobra sucuri
Caboclo
*****
Ele é Caboclo da banda de lá
Ele é Caboclo da banda de lá
Quando vê a cobra, corre pra matar
Quando vê a cobra, corre pra matar
Ele atirou a sua flecha mas errou
Ele atirou a sua flecha mas errou
Deitou-se na areia e pôs se a chorar
Deitou-se na areia e pôs se a chorar
*****

Okê ê
Okê okê okê okê okê okê
Okê Okê Okê á
Okê ê
Okê okê okê okê okê okê
Okê Okê Okê á
Foi no centro da mata virgem, no centro da mata virgem
Uma coral piô, uma coral piô

95
****

Okê Okê Caboclo


Meu Pai Oxossi é São Sebatião
Okê Okê Caboclo
Meu Pai Oxossi é São Sebatião
Olha que lindo caçador
Naquelas matas onde a coral piô
****

No centro da mata eu vi
Dois nomes gravados num tronco de pau
No centro da mata eu vi
Dois nomes gravados num tronco de pau
De um lado o seu rompe mato
Do outro o seu cobra coral
De um lado o seu rompe mato
Do outro o seu cobra coral
No centro da mata virgem eu vi
Todos caboclos falavam na lígua Tupi Guarani
No centro da mata virgem eu vi
Todos caboclos falavam na lígua Tupi Guaran
*****

96
Okê Okê Okê
Okê Os meus caboclos Okê
Okê Okê Okê
Okê Os meus caboclos Okê

Seu Tupinambá, quando vem da mata


Ele traz na cinta uma cobra coral
Seu Tupinambá, quando vem da mata
Ele traz na cinta uma cobra coral
Oi é uma Cobra coral, oi é uma cobra coral
*****

97
Tupinambá Chamei
Chamei mandei chamar ê á
Tupinambá Chamei
Chamei mandei chamar ê á
Tupinambá Chamei
Chamei mandei chamar ê á
Tupinambá Chamei
Chamei mandei chamar ê á
Tava na Beira do Rio
Sem poder atravessar
Chamei pelo Caboclo
Caboclo Tupinambá
Tava na Beira do Rio
Sem poder atravessar
Chamei pelo Caboclo
Caboclo Tupinambá
*****

98
O seu Manacá, já não dá mais flor
O seu Manacá, já não dá mais Flor
Ele vai mandar plantar
Ele vai mandar plantar
Uma semente do seu Manacá
Ele vai mandar plantar
Ele vai mandar plantar
Uma semente do seu Manacá
Como é lindo nessa madrugada
Povo de Umbanda quem vem trabalhar
Tupinambá é Pai de Terreiro
Tupinambá é quem vem nos ajudar
Tupinambá chego no Terreiro
Tupinambá é quem vem nos ajudar
*****

99
Firmeza de Tupinambá (Taiane Dias)

Riscou seu ponto com vara de laranjeira


Na areia branca de Pai Oxalá
Salvou o Sol, Salvou a Lua e as Estrelas
Ele é o Caboclo Tupinambá

Assoviou, na sua mata tem caboclo


De braços dados com Jureminha
Vem de Aruanda com a bandeira de Umbanda
Ele é o caboclo Tupinambá
*****

Estrela que alumia


Estrela que alumia
Sete estrela é quem me guia
Eu é um Oxossi
Caboclo Pena Branca
Eu vem lá do Juremá
Abençoar este gongá
Eu vem lá do Juremá
Amar o meu gongá
*****

100
Eu vou, eu vou
Onde é que mora
Eu moro na mata de Nossa Senhora
Eu vou, eu vou
Onde é que mora
Eu moro na mata de Nossa Senhora

Tava no mato
Estava trabalhando
Tava no mato
Estava trabalhando

Seu Pena Branca


Passou me chamando
Seu Pena Branca
Passou me chamando

Eu vou, eu vou
Onde é que mora
Eu moro na mata de Nossa Senhora
Eu vou, eu vou
Onde é que mora
Eu moro na mata de Nossa Senhora

101
****

Saia caboclo, não se atrapalha


Saia do meio da samambaia
Saia caboclo, não se atrapalha
Saia do meio da samambaia
Vestimenta de caboclo é Samambaia
É Samambaia, é samambaia
Vestimenta de caboclo é Samambaia
É Samambaia, é samambaia
*****

Quanto tempo que eu não bambeio


Hoje eu vim pra trabalhar
Quanto tempo que eu não bambeio
Hoje eu vim pra trabalhar
Sou caboclo Samambaia
Vim aqui pra trabalhar
Sou caboclo Samambaia
Vim aqui pra trabalhar
*****

102
Na Aldeia de Seu Tucunã
Ogum Guerreiro já guerriou
Na Aldeia de Seu Tucunã
Ogum Guerreiro já guerriou

Seu Tucunã que é Caboclo de verdade


Apanha a sua flecha, com Ogum vai guerrear
Seu Tucunã que é Caboclo de verdade
Apanha a sua flecha, com Ogum vai guerrear
*****

Vermelho é a cor do sangue do meu Pai


E verde é a cor das matas
Vermelho é a cor do sangue do meu Pai
E verde é a cor das matas

Ô saravá seu Rompe Mato da Jurema


Ô Saravá a Banda que ele mora
Ô saravá seu Rompe Mato da Jurema
Ô Saravá a Banda que ele mora
****

103
Ô Cadê Gira Mundo, Pemba
Ô Cadê Gira Mundo, Pemba
Ô Cadê Gira Mundo, Pemba
Ô Cadê Gira Mundo, Pemba

Tá no terreiro, Pemba
Com seu saiote de Penas
Tá no terreiro, Pemba
Com seu saiote de Penas

Veado no Mato é corredor


Oxossi na Mata é caçador
Cadê minha Mano Ventania
Este Caboclo minha Estrela Guia
*****

Tava na Mata, tava na mata


Tava bem escondidinho
Tava na mata, tava na mata
Caçando o seu passarinho
*****

104
Ele é um Caboclo Indio
Da Tribo do Nazaré
Ele veio de tão longe
Veio da Mata do Tibet
Que Caboclo Bom
Ai ai Ai ai
Ai ai Ai ai
*****

Eu vi chover eu vi relampiar
Mas mesmo assim o céu estava azul
Eu vi chover eu vi relampiar
Mas mesmo assim o céu estava azul
Saborê Pemba folha de Jurema
Oxossi é dono do Maracatú
Saborê Pemba folha de Jurema
Oxossi é dono do Maracatú
*****

105
Caboclo Roxo da pele morena
Ele é um Oxossi
É caçador lá na Jurema
Ele Jurou e tornou a jurar
Em ouvir os conselhos
que a Jurema sabe dar
*****

Caboclo Urubatão

Urubatão de Guia
A sua mata é fria
A Jurema chorou

Por esse mundo a fora


A Jurema quem chora
Urubatão chorou
****

106
Caboclo Lírio Branco

O Lírio é uma flor tão linda


Que nasceu no Juremá
O Lírio é uma flor tão linda
Que nasceu no Juremá

O Lírio, como o Lírio é


O Lírio, como o Lírio é
O Lírio, como o Lírio é
O Lírio

O Lírio, como o Lírio é


O Lírio, como o Lírio é
O Lírio, como o Lírio é
O Lírio
*****

107
A Jurema, A Jurema
A Jurema não engana ninguém
A Jurema A Jurema
Filho chora, ela chora também
A Jurema, A Jurema
A Jurema não engana ninguém
A Jurema A Jurema
Filho chora, ela chora também
****

Ô Juremê, ô Juremá
Sua folha caiu serena, Jurema
Dentro deste gongá
Ô Juremê, ô Juremá
Sua folha caiu serena, Jurema
Dentro deste gongá
Ô salve o Sol, Ô salve a Lua
Salve São Sebastião
Salve o povo da Jurema com a sua proteção
Ô Jurema
*****

108
Jurema, o seu saiote é tão lindo
|Seu capacete é de pena
Como brilha seu diadema
Jurema, o seu saiote é tão lindo
Seu capacete é de pena
Como brilha seu diadema
Jurema, é na raiz da Orucaia
Abandona as suas matas
Vem pra Umbanda saravá
Jurema êee Jurema ê á
Jurema e também Tupinambá
*****

109
Jureminha Cabocla Menina (Taiane Dias)

Chamei, chamei Jureminha


Chamei, chamei Jureminha
Chamei a cabocla das águas
Chamei a cabocla menina

Quero ver Jureminha descer nesse chão


Este gongá está florido pra te esperar
Cabocla que vem de Aruanda, que vem Saravá
Que vem pros seus filhos abençoar
Estou a te esperar

Chorei chorei de emoção


Chorei chorei de emoção
Quando vi a cabocla Jureminha
Pisando nesse chão
Chorei chorei de emoção
*****

110
Caiu uma folha na Jurema
Veio o sereno e molhou
Caiu uma folha na Jurema
Veio o sereno e molhou
Mas e depois veio o Sol
Enxugou e secou
E as sua matas se abriram flor em flor
Mas e depois veio o Sol
Enxugou e secou
E as sua matas se abriram flor em flor
*****

As folhas que a Jurema tem elas matam e curam também


As folhas que a Jurema tem elas matam e curam também
As águas da cachoeira não matam a sede que a Jurema tem
As águas da cachoeira não matam a sede que a Jurema tem
*****

111
Jurema sua folha cura
Jurema sua flecha mata
Jurema sua folha cura
Jurema sua flecha mata
Quem é filho da Jurema
Nunca se perde na mata
Quem é filho da Jurema
Nunca se perde na mata
*****

Que lindo capacete de penas


Que tem a cabocla Jurema
Que lindo capacete de penas
Que tem a cabocla Jurema
Ele é tão lindo como a luz do Sol
Êê êêê á
Ele é tão lindo como a luz do Sol
Êê êêê á
****

112
Caboclas das Matas, da cachoeira
Das pedras e pedreiras, e das ondas do mar

Caboclos guerreiros, mensageiros


Da Paz e da Harmonia
Soldados de Oxalá

Vem de Aruanda, vem, vem, vem


Trazendo força, vem, vem, vem
Quebrando mironga, vem, vem, vem
Na Umbanda Saravá

Vem de Aruanda, vem, vem, vem


Trazendo força, vem, vem, vem
Quebrando mironga, vem, vem, vem
Na Umbanda Saravá
*****

113
Jurema - Vereda de Caboclo ( Walace)
Eu abri a vereda de caboclo
Oxossi é Rei nas matas do Juremah
Oxossi é Rei nas matas do Juremah

Arapyaga, Jurema e Tupinamba


Oke caboclo vamos todos trabalhar
Arapyaga, Jurema e Tupinamba
Oke caboclo vamos todos trabalhar
****

Salva aos Boiadeiros


Viva as falanges trabalhadores de Oxossi
Jetruê

Jetruê, Jetruá
Corda de laçar seu boi
Jetruê, Jetruá
Corda de seu boi laçar
Jetruê, Jetruá
Corda de laçar seu boi
Jetruê, Jetruá
Corda de seu boi laçar

114
*****

A sua boiada é de trinta e um


A sua boiada é de trinta e um
Eu já contei trinta
Tá faltando um
Eu já contei trinta
Tá faltando um
A sua boiada é de trinta e um
A sua boiada é de trinta e um
Eu já contei trinta
Tá faltando um
Eu já contei trinta
Tá faltando um
****

115
Caboclo apanha a sua flecha
Apanha o seu Bodoque
O Galo já cantou
Caboclo apanha a sua flecha
Apanha o seu Bodoque
O Galo já cantou

Que o Galo já cantou na Aruanda


Oxalá lhe chama para a sua banda
Que o Galo já cantou na Aruanda
Oxalá lhe chama para a sua banda
*****

Caboclo vai embora


pra cidade da Jurema
Meu bom Jesus tá lhe chamando
Pra cidade da Jurema
Lá ele vai ser coroado
Na cidade da Jurema
Com a coroa de Aieêu
*****

116
A sua Aldeia é longe e eles vão embora
E vão beirando o Rio Azul
Adeus Umbanda os caboclos vão embora.
E vão beirando o Rio Azul

A sua terra é longe e eles vão embora


E vão beirando o Rio Azul
Adeus Umbanda os caboclos vão embora
E vão beirando o Rio Azul

A sua Pátria é longe e eles vão embora


E vão beirando o Rio Azul
Adeus Umbanda os caboclos vão embora.
E vão beirando o Rio Azul

117
SAUDAÇÃO A XANGÔ (Kao cabecilê)

Salve o Rei Xango Kao Cabecilê


A pedreira roncou com o trovão
O brado que Xangô deu
Justiça
Kaô Cabecilê, tudo sabe, tudo vê.

118
BEGÊ Mestre Irineu

B.G. Eu vou chamar


B.G. Aqui chegou
B.G. Quem te mandou
Foi o nosso Salvador

B.G. Vós veio à terra


Para ensinar a verdade
B.G. Quem te mandou
A nossa mãe de Piedade

B.G. Vós nos quer bem


B.G. Vós tem amor
B.G. Vós nos defenda
De todos esses terrores
*****

No alto daquela serra tem uma linda cachoeira


No alto daquela serra tem uma linda cachoeira
É de Xangô Agodo que arrebentou Sete Pedreira
É de Xangô Agodo que arrebentou Sete Pedreira
*****

119
Por de tras daquela serra tem uma linda cachoeira
Por de tras daquela serra tem uma linda cachoeira
É de meu Pai Xango que arrebentou Sete Pedreiras
É de meu Pai Xango que arrebentou Sete Pedreiras

É a água correndo da fonte e o espinho da flor


Ele vem de tão longe, Saravá meu Pai Xango
Lavou o rosto com o vinho amargo do suor
E agora na sua aldeia está tudo tão só

Por de tras daquela serra tem uma linda cachoeira


Por de tras daquela serra tem uma linda cachoeira
É de meu Pai Xango que arrebentou Sete Pedreiras
É de meu Pai Xango que arrebentou Sete Pedreiras
*****

120
Estava olhando a pedreira uma pedra rolou
Estava olhando a pedreira uma pedra rolou
Ela veio rolando bateu nos meus pés e se fez uma flor
Ela veio rolando bateu nos meus pés e se fez uma flor
Quem foi que disse que eu não sou filho de Xangô
Quem foi que disse que eu não sou filho de Xangô
Ele mostra a verdade, quem lhe atira uma pedra, ele atira uma flor
Ele mostra a verdade, quem lhe atira uma pedra, ele atira uma flor
Toda verdade é de justiça e proteção. Toda verdade é de justiça e proteção
Filho de pai Xangô ninguém joga no chão
Filho de pai Xangô ninguém joga no chão
Oh! Quanto lírio que eu plantei no meu jardim
Oh! Quanto lírio que eu plantei no meu jardim
Cada pedra atirada é um lírio pra mim,
Cada pedra atirada é um lírio pra mim
*****

Xangô Kaisa, Xangô meu Pai


Xangô Kaisa, Xangô meu Pai
É Xangô da pedra lisa filhos de Xangô não cai
É Xangô da pedra lisa filhos de Xangô não cai
*****

121
Dizem que Xangô mora na Pedreira
Mas não é lá sua morada verdadeira
Dizem que Xangô mora na Pedreira
Mas não é lá sua morada verdadeira
Xangô mora numa cidade de luz
Aonde mora Oxumaré Nanã Buruque e Jesus
Xangô mora numa cidade de luz
Aonde mora Oxumaré Nanã Buruque e Jesus
*****

Meu Pai Xangô olha seus filhos


Que eu também sou filho seu
Meu Pai Xangô olha seus filhos
Que eu também sou filho seu
Seu Agodô, Iemanjá Sobá, Iemanjá Sobá
Seu Agodô, Iemanjá Sobá, Iemanjá Sobá
*****

122
Meu Pai São João Batista
Ele é Xangô
Senhor do meu destino
Até o fim
Meu Pai São João Batista
Ele é Xangô
Senhor do meu destino
Até o fim
O dia em que eu perder
A fé no meu senhor
Que role esta pedreira sobre mim
O dia em que eu perder
A fé no meu senhor
Que role esta pedreira sobre mim
*****

Xangô é Rei, É Rei Nagô


Xangô é Rei, É Rei Nagô
Ô bate palma pra coroa de Xangô
Ô bate palma pra coroa de Xangô
*****

123
Xangô é Rei de Umbanda
a sua macieira é do tempo da Era
Xangô é Rei de Umbanda
a sua macieira é do tempo da Era
Eu queria te fazer uma homenagem
Tenho medo do Leão que é uma grande fera
Eu queria te fazer uma homenagem
Tenho medo do Leão que é uma grande fera
*****

Pega no seu livro e vai ler, pega na pena vai escrever


Pega no seu livro e vai ler, pega na pena vai escrever
Caô Caô Saravá Umbanda
Seu Alafin Seu Agodô
****

124
LEÃO BRANCO (Mestre Irineu)

Meu pai foi quem me fez


Eu devo ter amor
Sou filho do meu Pai
Feliz eu devo ser

Sou filho do meu Pai


Eu devo ter amor
Sou filho do meu Pai
A minha Mãe me acompanhou

A minha Mãe me acompanhou


Mandou eu ensinar
Os que forem filhos Dela
Aprender ao menos a rezar
****

125
SAUDAÇÃO A IANSÃ (Eparrei Oyá)

Eparrei Oyá, Salve o Vento, e o Movimento. Salve o Sol, a Lua, e as


Estrelas. Rainha Guerreira, nos proteja com vossa espada. Iansã desce
em seu cordel de ouro para nos abençoar. Levai as Almas para o Céu em
seu sagrado manto, Filha de Oxalá! Eparrei Oyá

126
MEREZANZAN (Pedido de socorro dos desesperados a Iansã)

ALA VODUM SIUM MEREZANZAN


ALA VODUM SIUM MEREZANZAN

ÊAO NO BELO NO BELO


ELA É DONA DO AXÉ
TO BOAZIN MEREZANZAN MINHA OIÁ
NO BELO JAOZIN
MINHA OIA ESACONBAN NINGORICIM
MINHA OIA ESACONBAN NINGORICIM

MEREZANZAN MEREZANZAN
*****

127
Oyá (Marlicene)

Oyá, Oyá, Oyá é minha Mãe


Oyá, Oyá, Oyá é minha Mãe
Ela é dona das flores, tem a luz filha do Poder
Minha Mãe tem seu rosário tem mistério pra contar
Minha Mãe tem seu rosário tem mistério pra contar
A vida não é como se pensa meus irmãos, vamos contar nossas penas
Chegar ao pé da cruz pedir clemência a Jesus
Chegar ao pé da cruz pedir clemência a Jesus
Minha Mãe é Oyá, Ela é dona dos ventos
Os ventos que afastam o mal e elimina todas impurezas
Os ventos que afastam o mal e elimina todas impurezas
Vamos meus irmão caminhar na estrada do bem
Amando uns aos outros e assim chegaremos juntos
Amando uns aos outros e assim chegaremos juntos

*****

128
Balançou (Carla Gracie)
E balançou, e balançou a mata virgem
É Iansã que veio trabalhar
E balançou, e balançou a mata virgem
É Iansã que veio trabalhar

Seu Águia Branca, Sete Montanhas, seu Sete Espadas


Mamãe Oxum no Gongá
Seu Águia Branca, Sete Montanhas, seu Sete Espadas
Mamãe Oxum no Gongá

Eles nos dizem que é preciso trabalhar


Estar limpo e ter fé que o mal a nós não chegará
Eles nos dizem que é preciso trabalhar
Estar limpo e ter fé que o mal a nós não chegará

É Iansã que veio guerrear


Com sua espada poderosa e com Amor Ela virá
É Iansã que veio guerrear
Com sua espada poderosa e com Amor Ela virá

Mamãe Oxum na cachoeira


Ela nos diz que é preciso nós rezar
Mamãe Oxum na cachoeira
Ela nos diz que é preciso nós rezar

É um Pai Nosso com Amor Ave Maria


Com Amor Salve Rainha e a Jesus Cristo Redentor
É um Pai Nosso com Amor Ave Maria
Com Amor Salve Rainha e a Jesus Cristo Redentor

129
*****

Ventou mas que ventania. Ventou mas que ventania


Iansã é nossa mãe, Iansã é nossa guia
Iansã é nossa mãe, Iansã é nossa guia
*****
Eram duas ventarolas, eram duas ventarolas que ventavam em alto mar
Eram duas ventarolas, eram duas ventarolas que ventavam em alto mar
Uma era Iansã Oeparrei, a outra era Iemanjá Odossiá
Uma era Iansã Oeparrei, a outra era Iemanjá Odossiá
*****
Moça bonita sua espada é luminosa sua coroa é cravejada de brilhantes
Moça bonita sua espada é luminosa sua coroa é cravejada de brilhantes
É Iansã, é Iansã, é Santa Bárbara Rainha do Jacutá
É Iansã, é Iansã, é Santa Bárbara Rainha do Jacutá
*****

130
Me protegi no bambuzal de Iansã
Contra as demandas que jogaram em mim
Me protegi no bambuzal de Iansã
Contra as demandas que jogaram em mim
Ela é do vento, mensageira da verdade
E com seu raio
Desfaz toda maldade
Eparrei Bela Oiá
virou o tempo para ela guerriar
Eparrei Bela Oiá
Na nossa Umbanda ela é grande Orixá
Eparrei Bela Oiá
virou o tempo para ela guerriar
Eparrei Bela Oiá
Na nossa Umbanda ela é grande Orixá
*****
Iansã Menina dos cabelos loiros
Aonde você mora
É na mina de ouro
*****

131
Eparrei Oiá, dona do vento
Mensageira de Oxalá, Eparrei Bela Oiá
Eparrei Oiá, dona do vento
Mensageira de Oxalá
Minha Santa protetora
Dona do Sol e da Lua
Minha Santa protetora
Que o destino nos conduza
Proteção para os seus Filhos
Eparrê Parrei Oiá
Minha Santa protetora
Vem aqui nos ajudar
Eparrei Bela Oiá
*****

132
Iansã, Orixá de Umbanda
Rainha no nosso gongá
Saravá Iansá lá na Aruanda
Eparrei Eparrei Iansã
Venceu demanda
Iansã, saravá Pai Xango
No céu trovão piou
E lá na mata o Leão bradou
Saravá Iansã, Saravá Xango
E lá na mata o Leão bradou
Saravá Iansã, Saravá Xango
*****
Raio no Céu (Taiane Dias)

Brilhou um Raio no céu


Iansã que vem nos ajudar
Do alto da Pedreira
Donde rola a cachoeira
De Oxum Apará

*****

133
SAUDAÇÂO A OXUM (Aieieu)

Salve Oxum, Aieieu ô Mãe


Perdoai os vossos filhos em seu imenso amor
Saravá Oxum, seja sempre a prosperidade e a alegria em nossas vidas.
Nos receba em suas águas sagradas e nos limpe.
Saravá, Rainha das Águas Doces, dos rios, lagos e cachoeiras.
És vida, és Amor Aieieu

134
Mamãe Oxum (08. Gisele G Imperial – ofertado por Marlicene)

As águas cristalinas que jorram do peito aberto de Jesus lá na cruz


As águas cristalinas que jorram do peito aberto de Jesus lá na cruz
São águas vivas que curam e libertam, As águas da mamãe Oxum Aieieu
São águas vivas que curam e libertam, As águas da mamãe Oxum Aieieu
Chue chue, chuá chuá, nessas águas vou me banhar
Chue chue, chuá chuá, nessas águas vou me banhar
*****

Aieeu Mamãe Oxum no mundo é a primeira


Princesa dos nossos Rios
Rainha das Cachoeiras
Aieeu Mamãe Oxum no mundo é a primeira
Princesa dos nossos Rios
Rainha das Cachoeiras
Aieeu, Aieeu Mamãe Oxum
Aieeu, Aieeu Mamãe Oxum Mãe é
*****

135
Eu vi Mamãe Oxum na cachoeira Sentada na beira do rio
Eu vi Mamãe Oxum na cachoeira Sentada na beira do rio
Colhendo lírio liroê colhendo lirio liroá
Colhendo lírio pra enfeitar nosso gongá
Colhendo lírio liroê colhendo lirio liroá
Colhendo lírio pra enfeitar nosso gongá
*****

Eu vi mamãe Oxum na cachoeira chorando pelos filhos seus


Eu vi mamãe Oxum na cachoeira chorando pelos filhos seus
Não chora mamãe não chora que estes filhos são todos seus
Não chora mamãe não chora que estes filhos são todos seus
*****

Eu vi mamãe Oxum chorando numa lágrima que eu fui Apará


Eu vi mamãe Oxum chorando numa lágrima que eu fui Apará
Oraieieu ô minha mãe Oxum, deixa a nossa banda melhorar
Oraieieu ô minha mãe Oxum, deixa a nossa banda melhorar
*****
Foi na Beira do rio, aonde Oxum chorou
Foi na Beira do rio, aonde Oxum chorou
Chora Aieieu, chora pelos filhos seus
Chora Aieieu, chora pelos filhos seus

136
*****
Ela é a minha senhora, Rainha da cachoeira
Aqui estou neste terreiro a te louvar a vida inteira
Ela é a minha senhora, Rainha da cachoeira
Aqui estou neste terreiro a te louvar a vida inteira
Aieieu Ô minha mãe de Aruanda
Aieieu Mamãe Oxum segura a banda
*****

Aieieu Aieieu Mamãe Oxum


Aieieu Aieieu Mamãe Oxum
Aieieu Mamãe Oxum
Aieieu Oxumaré
Aieieu Mamãe Oxum
Aieieu Oxumaré
*****

137
Meu Deus que clarão é aquele
Que eu vi, lá no alto da pedreira
Meu Deus que clarão é aquele
Que eu vi, lá no alto da pedreira
É o saiote da mamãe Oxum
Que clariava toda cachoeira
É o saiote da mamãe Oxum
Que clariava toda cachoeira

Aieieu ô Mãe ô me pega


Ô me joga no Aieieu
Aieieu ô Mãe ô me pega
Ô me joga no Aieieu
Aieieu ô Mãe ô me pega
Ô me joga no Aieieu
Aieieu ô Mãe ô me pega
Ô me joga no Aieieu
*****

138
A cachoeira da Mamãe Oxum
É tão bonita que dá gosto ver
A cachoeira da Mamãe Oxum
É tão bonita que dá gosto ver
As águas correm, as águas brilham
Ô que beleza Mamãe, que maravilha
As águas correm, as águas brilham
Ô que beleza Mamãe, que maravilha
Aieieu ô Mãe ô me pega
Ô me joga no Aieieu
Aieieu ô Mãe ô me pega
Ô me joga no Aieieu
Aieieu ô Mãe ô me pega
Ô me joga no Aieieu
Aieieu ô Mãe ô me pega
Ô me joga no Aieieu
*****
Oro mi má
Oro mi maió
Oro mi maió
Yabado oyeyeo
Oro mi má
Oro mi maió
Oro mi maió
Yabado oyeyeo

139
SAUDAÇÃO A IEMANJÁ (Odôyá)

Ô Bela Oyá, Ela é a Rainha do Mar


Filha de Oxalá, A dona do Tesouro
Ela é a Dona de todas as Cabeças, Viva Janaína
Amor imenso, Fraternidade Universal
Iemanjá, Ela á a Rainha do Mar
Nas águas salgadas curar as chagas.
Nas águas sagradas de Iemanjá.

140
A meu Pai peço firmeza (86. Padrinho Sebastião)

A meu Pai peço firmeza e não saia da minha mente


A meu Pai peço firmeza e não saia da minha mente
Dou ensino a quem não sabe e aconselho os inocentes
Dou ensino a quem não sabe e aconselho os inocentes

Meu Pai a ti eu peço e não saio do meu lugar


Meu Pai a ti eu peço e não saio do meu lugar
Dai-me força e Dai-me amor para eu poder trabalhar
Dai-me força e Dai-me amor para eu poder trabalhar

Meu Pai a ti eu peço e aos teus pés estou


Meu Pai a ti eu peço e aos teus pés estou
Rogando pelo povo para ser merecedor
Rogando pelo povo para ser merecedor

Oh! Minha Virgem Mãe Oh! Virgem protetora


Oh! Minha Virgem Mãe Oh! Virgem protetora
És Rainha do Mar és minha professora
És Rainha do Mar és minha professora

Oh! Meu bendito Pai Oh! Meu Juramidam

141
Oh! Meu bendito Pai Oh! Meu Juramidam
Chama de um à um para receber o perdão
Chama de um à um para receber o perdão

Se todos conhecessem o poder que meu Pai tem


Se todos conhecessem o poder que meu Pai tem
Deixavam a ilusão que é coisa que não convém
Deixavam a ilusão que é coisa que não convém

O mundo está em balanço e tudo vai balançar


O mundo está em balanço e tudo vai balançar
Mas nos pés do meu Pai todos tem que se curvar
Mas nos pés do meu Pai todos tem que se curvar
*****

142
O Mestre (31. Germano)

O Mestre que me ensina


Para eu bem aprender
Para eu ter amor
Para eu ter amor

A minha Mãe é divina


Todos ensinos a Vós Vos dá
E Vós aprendeu
Para nos ensinar

A minha Mãe é divina


Ela é Rainha do Mar
Estremece a terra
E balanceia o mar

O meu Pai é divino


Não sai do Seu lugar
A terra é quem gira
Para nos amostrar

*****

143
Sol, Lua, Estrela (Mestre Irineu)

Sol, Lua, Estrela a Terra, o Vento e o Mar


É a luz do firmamento é só quem eu devo amar
Sol, Lua, Estrela a Terra, o Vento e o Mar
É a luz do firmamento é só quem eu devo amar

É só quem eu devo amar trago sempre na lembrança


É Deus que esta no céu aonde está minha esperança
É só quem eu devo amar trago sempre na lembrança
É Deus que esta no céu aonde está minha esperança

A Virgem Mãe mandou para mim esta lição


Me lembrar de Jesus Cristo e esquecer a ilusão
A Virgem Mãe mandou para mim esta lição
Me lembrar de Jesus Cristo e esquecer a ilusão

Trilhar esse caminho toda hora e todo dia


O Divino está no céu Jesus filho de Maria
Trilhar esse caminho toda hora e todo dia
O Divino está no céu Jesus filho de Maria

*****

144
Sara corpo velho (Alfredo)

Sara corpo velho judiado dos Judeus


Sou eu quem estou aqui quem está dizendo sou eu
Sara corpo velho judiado dos Judeus
Sou eu quem estou aqui quem está dizendo sou eu

Recebe corpo humano que vem da graça de Deus


Estes grandes sofrimentos a recompensa do céu
Recebe corpo humano que vem da graça de Deus
Estes grandes sofrimentos a recompensa do céu

O saber é muito fino vindo do espiritual


Fazer julgamento em terra separando o bem do mal
O saber é muito fino vindo do espiritual
Fazer julgamento em terra separando o bem do mal

Daqui para o fim dos tempos todos nós temos que ver
Se estivermos vivos vemos e se vê também se morrer
Daqui para o fim dos tempos todos nós temos que ver
Se estivermos vivos vemos se vê também se morrer

Julgando os vivos e os mortos até todos conhecer

145
Que Deus reina em harmonia e Deus não pode morrer
Julgando os vivos e os mortos até todos conhecer
Que Deus reina em harmonia e Deus não pode morrer

Salve o Sol e salve a Lua salve a Terra e salve o Mar


Salve a linha de Umbanda da Rainha Iemanjá
Salve o Sol e salve a Lua salve a Terra e salve o Mar
Salve a linha de Umbanda da Rainha Iemanjá

Viva o meu Juramidam que vive a governar


Do princípio até o fim Jesus bem louvado está
Viva o meu Juramidam que vive a governar
Do princípio até o fim Jesus bem louvado está
*****

146
La Vem (20. Madrinha Rita)

La vem o sol nos cura vamos todos se firmar


No Sol, na Lua e nas Estrelas e na Rainha do Mar
No Sol, na Lua e nas Estrelas e na Rainha do Mar
La vem o sol nos cura vamos todos se firmar
No Sol, na Lua e nas Estrelas e na Rainha do Mar
No Sol, na Lua e nas Estrelas e na Rainha do Mar

Cheguei já estou aqui ninguém queira duvidar


O que meu Pai me ordena eu tenho que afirmar
O que meu Pai me ordena eu tenho que afirmar
Cheguei já estou aqui ninguém queira duvidar
O que meu Pai me ordena eu tenho que afirmar
O que meu Pai me ordena eu tenho que afirmar

Meu Pai Vós nos abençoe nos dando o Vosso conforto


Que eu estando com Vós jamais me considero morto
Que eu estando com Vós jamais me considero morto
Meu Pai Vós nos abençoe nos dando o Vosso conforto
Que eu estando com Vós jamais me considero morto
Que eu estando com Vós jamais me considero morto
*****

147
Comando Relâmpago (Alfredo)

Meu Pai estou aqui e vou seguindo


E o que estou querendo só Vós pode me dar
Meu Pai estou aqui e vou seguindo
E o que estou querendo só Vós pode me dar

Vós oh meu rei mais a Rainha do Mar


Que comanda no relâmpago faz as nuvens trovejar
Vós oh meu rei mais a Rainha do Mar
Que comanda no relâmpago faz as nuvens trovejar

Minha Mãe vós sois Rainha do Mar


Me firmei estou firmado nas alturas aonde estás
Minha Mãe vós sois Rainha do Mar
Me firmei estou firmado nas alturas aonde estás

E Jesus Cristo é o príncipe Imperial


Que dirige o firmamento desde a terra ao astral
E Jesus Cristo é o príncipe Imperial
Que dirige o firmamento desde a terra ao astral

Veja bem que eu te ensino é com amor

148
Tu aprendes com fervor e perdoa teus irmãos
Veja bem que eu te ensino é com amor
Tu aprendes com fervor e perdoa teus irmãos

Que Jesus Cristo é a nossa salvação


Veio aqui, aqui está e é quem dá esta instrução
Que Jesus Cristo é a nossa salvação
Veio aqui, aqui está e é quem dá esta instrução

****
Oyá, Linha de Iemanjá (Marco Imperial - ofertado por Angela)

Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá


Beirando a terra, beirando o mar eu fiz meu ponto Pai Oxalá
Beirando a terra, beirando o mar eu fiz meu ponto Pai Oxalá
Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá
Salve Ogum, Iemanjá, Oxumaré, Pai Oxalá
Salve Ogum, Iemanjá, Oxumaré, Pai Oxalá
Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá
Aqui na terra, no céu no mar esta é a linha de Iemanjá
Aqui na terra, no céu no mar esta é a linha de Iemanjá
Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá, Oyá
*****

149
Lá vem (Linda)

Lá vem, lá vem a Rainha Iemanjá


Comandando suas damas e as princesas do mar
Comandando suas damas e as princesas do mar

Lá vem, lá vem a Rainha Iemanjá


Comandando os caboclos nas ondas do mar
Comandando os caboclos nas ondas do mar

Chegou,chegou quem veio balançar


Caboclo que balança as ondas do mar
Caboclo que balança as ondas do mar

Chegou, chegou quem veio pra curar


Lavando com as águas cristalinas do mar
Lavando com as águas cristalinas do mar

Do cipó, do fogo, da folha e da água


Me vem este ponto aqui encantar
Me vem este ponto aqui encantar
*****

150
Rainha do Mar (16. Marco G Imperial)

La vem, la vem é a Rainha Iemanjá. La vem, la vem com as princesas do mar


La vem, la vem é a Rainha Iemanjá. La vem, la vem com as princesas do mar

Lá vem lá vem carretel de ouro e prata.


Dou-lhe uma dou-lhe duas dou-lhe três Ele é o rei dos reis
Lá vem lá vem carretel de ouro e prata.
Dou-lhe uma dou-lhe duas dou-lhe três Ele é o rei dos reis

Lá vem lá vem Beirando a terra beirando o mar. Lá vem lá vem é a Rainha


Iemanjá
Lá vem lá vem Beirando a terra beirando o mar. Lá vem lá vem é a Rainha
Iemanjá

Lá vem lá vem É Jesus Cristo Redentor. Lá vem lá vem com seu reino de
amor
Lá vem lá vem É Jesus Cristo Redentor. Lá vem lá vem com seu reino de
amor

Amor, amor É a Rainha do Mar. Lá vem lá vem É o tesouro de Oxalá


Amor, amor É a Rainha do Mar. Lá vem lá vem É o tesouro de Oxalá
*****

151
Lá vem (Ricardo Moraes)

Lá vem, lá vem, vem da beira mar. Lá vem, lá vem, vem da beira mar
Lá vem, lá vem, vem da beira mar. Lá vem, lá vem, vem da beira mar
É beirando a terra é beirando o mar, que o poder divino do Mestre está
É beirando a terra é beirando o mar, que o poder divino do Mestre está

Lá vem, lá vem, vem da beira mar. Lá vem, lá vem, vem da beira mar
Lá vem, lá vem, vem da beira mar. Lá vem, lá vem, vem da beira mar
Desceu das estrelas e aqui chegou, nosso divino Mestre Jesus Redentor
Desceu das estrelas e aqui chegou, nosso divino Mestre Jesus Redentor

Lá vem, lá vem, vem da beira mar. Lá vem, lá vem, vem da beira mar
Lá vem, lá vem, vem da beira mar. Lá vem, lá vem, vem da beira mar
Recebo este hino e consagro este amor ao Rei da Floresta que me ensinou
Recebo este hino e consagro este amor ao Rei da Floresta que me ensinou

*****

152
A Santa Estrela (Vera)

A Santa estrela que me guia iluminando meu destino


Eu tenho força dos meus guias tenho prazer e alegria
A Santa estrela que me guia iluminando meu destino
Eu tenho força dos meus guias tenho prazer e alegria

Estando firmado no chão com a cartilha na minha mão


Expulso tudo que é malfazejo e recebo a santa benção
Estando firmado no chão com a cartilha na minha mão
Expulso tudo que é malfazejo e recebo a santa benção

Os meus caboclos são formosos estão fazendo caridade


Eu só peço aos meus irmãos um pouco de força de vontade
Os meus caboclos são formosos estão fazendo caridade
Eu só peço aos meus irmãos um pouco de força de vontade

Mestre Irineu nos ensinou no seu hinário que é um primor


Trabalhar para a humanidade os que estão vivos e os que já se foram
Mestre Irineu nos ensinou no seu hinário que é um primor
Trabalhar para a humanidade os que estão vivos e os que já se foram

As linhas do bem estão presentes aqui na Rainha do Mar


Salve as crianças encarnadas, salve todos Orixás
As linhas do bem estão presentes aqui na Rainha do Mar
Salve as crianças encarnadas, salve todos Orixás
*****

153
Águas de Nossa Senhora (Antonio)

Não existe alguém como minha mãe,


tão suave ela não dá castigo
Não existe alguém, só o meu Pai
a aconselhar os meus amigos

São as águas de Nossa Senhora,


ela veio pra te proteger
Ela vai lavar a tua alma,
ela é sua Mãe vem te amar

Ela quer te ver em outra esfera,


longe dessa coisa que não vê
Ela quer te ver perto de Deus,
quer te ver perto desse poder
*****

154
Cavaleiros da fé (Paulo Roberto)

Viva Nosso Senhor Jesus Cristo comandante dos cavaleiros de fé


Viva Nosso Senhor São João Batista o maior dos nascidos de mulher

Viva São Jorge Guerreiro, viva o Senhor São Sebastião


Viva todos Santos guerreiros que protegem a nossa nação

Eu dou viva a São Miguel, São Rafael e São Gabriel


Eu dou viva a todos os anjos assim na terra como no céu

Eu dou viva a Rainha do Mar é a dona da brisa marinha


Ela cavalga nas ondas, espuma branca Estrela Rainha

Eu dou viva a Deus lá no céu, que é o dono de todo poder


Agradeço a todas essas graças que eu recebo se eu merecer
*****

155
Da cascata (ofertado por Fabio a Marco Imperial)

Vem da montanha da cascata para o mar,


Vem da floresta o rio deságua no mar
Vem da montanha da cascata para o mar,
Vem da floresta o rio deságua no mar

Eu canto no mato eu canto a beira mar


Eu canto para todos salve a Rainha do Mar
Eu canto no mato eu canto a beira mar
Eu canto para todos salve a Rainha do Mar

Vem lá do fundo eu pescando neste mar


Doutrinando o mundo inteiro pra poder se iluminar
Vem lá do fundo eu pescando neste mar
Doutrinando o mundo inteiro pra poder se iluminar

Vem da montanha da cascata para o mar,


Vem da floresta o rio deságua no mar
Vem da montanha da cascata para o mar,
Vem da floresta o rio deságua no mar

Acabo com a ignorância pelo verdadeiro amor

156
Amando e equilibrando o firmamento em você
Acabo com a ignorância pelo verdadeiro amor
Amando e equilibrando o firmamento em você

Vem da montanha da cascata para o mar, vem da floresta o rio deságua no mar
Vem da montanha da cascata para o mar, vem da floresta o rio deságua no mar

Ser um irmão é bem melhor que ser mandão


Lealdade e honestidade isto é dignidade
Ser um irmão é bem melhor que ser mandão
Lealdade e honestidade isto é dignidade
*****

157
Minha Rainha Iemanjá (Walace)
Minha Rainha Iemanjá. Minha Rainha Iemanjá
Vem curar os vossos filhos com as águas bentas do mar
Vem curar os vossos filhos com as águas bentas do mar

Os caboclos curadores vão trabalhar. Os caboclos curadores vão trabalhar


Se concentrem aparelhos para ouvir e ensinar
Se concentrem aparelhos para ouvir e ensinar

A luz Divina vai purificar. A luz Divina vai purificar


Vai queimar as impurezas com a força de Oxalá
Vai queimar as impurezas com a força de Oxalá

Na corrente do Amor vamos se firmar


Na corrente do Amor vamos se firmar
O poder do Santo Daime vai agora atuar
O poder do santo Daime vai agora atuar

O Mestre Império a comandar


O Mestre Império a comandar
A todos Seres Divinos Da Corte Celestial
A todos Seres Divinos Da Corte Celestial
*****

158
Vamos se limpar (ofertado a Marco Imperial por Keila)

Vamos se limpar nessas águas de Iemanjá


Para nós entrar o ano com força pra trabalhar
Jesus menino acompanha este cordão
Nos de paz nos de saúde para todos meus irmãos

Vamos trabalhar com amor no coração


Vamos todos se firmar na linha de São João
Juramidam nosso Mestre ensinado
Que nos traz essa Doutrina, nos entrega com amor
*****

Oi joga flores, oi joga flores no mar eu vou jogar


Oi joga flores, oi joga flores no mar eu vou jogar

Uma promessa eu fiz a minha Mãe Iemanjá


Ela veio me atende eu prometi vou pagar
Uma promessa eu fiz a minha Mãe Iemanjá
Ela veio me atender eu prometi vou pagar
*****

159
Eu vi duas garças voando, voando em alto mar
Eu vi duas garças voando, voando em alto mar
Não era garça, não era nada, era Iemanjá que vinha se banhar
Não era garça, não era nada, era Iemanjá que vinha se banhar
*****

Oh! Iemanjá olha seus filhos que eu também sou filho seu
Oh! Iemanjá olha seus filhos que eu também sou filho seu
Oh! Iemanjá Oh! Iemanjá Sobá Oh! Iemanjá Sobá
Oh! Iemanjá Oh! Iemanjá Sobá Oh! Iemanjá Sobá
*****
Baixa as ondas do mar Iemanjá, baixa as ondas do mar Iemanjá
Baixa as ondas do mar pros seus filhos passar
Baixa as ondas do mar Iemanjá, baixa as ondas do mar Iemanjá
Baixa as ondas do mar pros seus filhos passar
Oh! Iemanjá Sobá Oh! Iemanjá Sobá
Oh! Iemanjá Sobá Oh! Iemanjá Sobá
*****

160
Iemanjá ô
Olhai seu filhos a beira mar
Iemanjá ô
Olhai seu filhos a beira mar
Linda sereia, como é lindo o luar
Se a minha mãe é sereia, é a Rainha do Mar
Iemanjá coroou
*****

O Pescador me falou que em noite de lua a sereia cantou


O Pescador me falou que em noite de lua a sereia cantou
Nã na na na na na na na na na na na nã Pescador
Nã na na na na na na na na na na na nã Pescador
*****

Ô Doce Iaba
Rainha dos Pescadores
Ô Doce Iaba
Rainha dos Pescadores
Ela é protetora dos navegantes
Não deixa barco afundar
Ela é protetora dos navegantes
Não deixa barco afundar

161
*****

Eu fiz um pedido a Iemanjá


Senhora do Mar, para nunca mais penar
Foi na areia, na areia branca do mar
Foi na areia, na areia branca do mar
A lua vem surgindo lá no céu
Iluminou o meu pedido
A lua vem surgindo lá no céu
Iluminou o meu pedido
Clareia, Senhora do Mar, Clareia
Clareia Mamãe Iemanjá Sereia
*****

Eu sou filho de Iabá


Iabá é minha mãe
Eu sou filho de Iabá
Iabá é minha mãe
A Rainha do tesouro
Ô doce Iaba no fundo do Mar
Ô doce Iaba no fundo do Mar
Ô doce Iaba no fundo do Mar
Ô doce Iaba no fundo do Mar

162
*****

VIVA A MARUJADA!

Quando eu tinha 15 anos (Marinheiro)


Aceitei praça na Marinha (Marinheiro)
O Comandante me levou (Marinheiro)
Pra navegar em alto mar (Marinheiro)
Mas veio uma onda Gigante (Marineiro)
Que fez o meu barco virar (Marinheiro)
Eu tive medo de morrer (Marinheiro)
Mas sem querer aprendi a nadar
Marinheiro Marinheiro
Marinheiro das ondar do Mar
Marinheiro Marinheiro
Marinheiro das ondar do Mar
Marinheiro Marinheiro
Marinheiro das ondar do Mar
Marinheiro Marinheiro
Marinheiro das ondar do Mar
*****

163
Eu não sou daqui Marinheiro só
Eu não tenho amor Marinheiro só
Eu sou da Bahia Marinheiro só
De São Salvador Marinheiro só
Eu não sou daqui Marinheiro só
Eu não tenho amor Marinheiro só
Eu sou da Bahia Marinheiro só
De São Salvador Marinheiro só
Ô, marinheiro marinheiro Marinheiro só
Ô, quem te ensinou a nadar Marinheiro só
Ou foi o tombo do navio Marinheiro só
Ou foi o balanço do mar Marinheiro só
Ô, marinheiro marinheiro Marinheiro só
Ô, quem te ensinou a nadar Marinheiro só
Ou foi o tombo do navio Marinheiro só
Ou foi o balanço do mar Marinheiro só
Lá vem, lá vem Marinheiro só
Como ele vem faceiro Marinheiro só
Todo de branco Marinheiro só
Com o seu bonezinho Marinheiro só
Lá vem, lá vem Marinheiro só
Como ele vem faceiro Marinheiro só
Todo de branco Marinheiro só
Com o seu bonezinho Marinheiro só
*****

164
Minha Jangada vai sair pro mar
Vou trabalhar, meu bem querer
Se Deus quiser quando eu voltar do Mar
Um peixe bom eu vou trazer
Meus companheiros também vão voltar
E a Deus do céu vamos agradecer
*****

Seu Marinheiro é hora


É hora do Senhor Viajar
Seu Marinheiro é hora
É hora do Senhor Viajar
É céu, é mar, é terra
Seu Marinheiro navegando pelo mar
É céu, é mar, é terra
Seu Marinheiro nas ondas mar

*****

165
SAUDAÇÃO A NANÃ (Saluba Nanã)

Do Barro nasceu o Homem


Ela é o Próprio Barro
Mãe do Mundo, Mãe de Tudo
Ela é Nanã Buruque
Mesmo Tempo responde ao seu comando
Ela á fonte da vida, a transformação, a regeneração
A luz violeta que tudo sara

166
Voa, voa passarinho (Marlicene)

Voa, voa passarinho. Voa, voa muito alto


Pra cidade de Nossa Senhora da Glória, pede a Ela pelos filhos que choram
Neste mundo Terra em que a dor e o sofrimento impera
Tem que haver muito amor e muita fé
Pra compreender a passagem de Jesus de Nazaré
Muito sofrimento tenho visto, nos caminhos e nas estradas
Sem esperanças e sem amparo como se o mundo fosse uma criança
desamparada
No trânsito do destino, Deus pois as leis no coração
O sinal verde a esperança, cuidado com o vermelho
Pois ele traz sofrimento e paixões
Nossa Senhora receba esse passarinho que a ti roga por nós
Para pedir para chorar nosso perdão e receba a nossa benção
*****

167
Santana (Marlicene)

Santana é a Mãe de todas as Mães.


Santana é a Mãe de todas as Mães
Ela mora numa lagoa enfeitadinha de flores
Ela mora numa lagoa enfeitadinha de flores

Lá vem Ela sentada em seu andor


lá vem Ela sentada em seu andor
Carregando seu neto no colo Nosso Senhor
Carregando seu neto no colo Nosso Senhor

Os anjinhos vem cantando em seu louvor


os anjinhos vem cantando em seu louvor
Ela é a Mãe de Deus é Avó de Nosso Senhor
Ela é a Mãe de Deus é Avó de Nosso Senhor
*****

168
Cubra com véu Nanã, cubra com véu Nanã, cubra com véu Nanã Boruquê
Cubra com véu Nanã, cubra com véu Nanã, cubra com véu Nanã Boruquê
As chagas dos seus filhos só você quem pode ver
As chagas dos seus filhos só você quem pode ver
Ele entrou nas matas as matas lhe curou
Ele entrou nas matas as matas lhe curou
Ele é um Orixá que Deus abençoou
Ele é um Orixá que Deus abençoou

*****
Nanã venha me ajudar Nanã venha me valer
Nanã venha me ajudar Nanã, Nanã Boruquê
*****

Oh! Nanã cadê Oxum, Oxum ta nas ondas do mar


Ela é Dona de Gongá, Salve Oxum Nanã
*****
Eu vi Nanã Eu vi Nanã
Eu vi Nanã Eu vi Nanã Auê
É Nanã Buruque, É Nanã Buruquê
É Nanã Buruque
*****

169
Senhora Santana
Quando andou pelos montes
Senhora Santana
Quando andou pelos montes
Por onde passava deixava uma fonte
Por onde passava deixava uma fonte
Os anjos queriam beber água dela
Que água tão linda senhora tão bela
Que água tão linda senhora tão bela
*****

Saluba Eu, Saluba Eu Nanã


Saluba Eu, Saluba Eu Nanã
Ela é Nanã Buruque
*****

Nanã Nanã Nanã Buruque


Nanã Nanã Nanã Buruque
A sua saia é roxa, a sua casa é de sapê
A sua saia é roxa, a sua casa é de sapê

*****

170
Senhora Santana - Lavadeiras de Almenara

Senhora Santana ao redor do mundo


Senhora Santana ao redor do mundo
Aonde ela passava deixava uma fonte
Aonde ela passava deixava uma fonte

Quando os anjos passam bebem água dela


Quando os anjos passam bebem água dela
Ó que água tão doce, ó Senhora tão bela!
Ó que água tão doce, ó Senhora tão bela!

Encontrei Maria na beira do rio


Encontrei Maria na beira do rio
Lavando os paninho do seu bento filho
Lavando os paninho do seu bento filho

Maria lavava, José estendia


Maria lavava, José estendia
O menino chorava do frio que sentia
O menino chorava do frio que sentia

Calai meu menino, calai meu amor


Calai meu menino, calai meu amor
Que a faca que corta não dá tái sem dor
Que a faca que corta não dá tái sem dor

171
SAUDAÇÃO AS CRIANÇAS

Oni Ibejada!
Viva as crianças, Viva a pureza divina, Viva divina alegria.
Elas vencem qualquer demanda
Saravá São Cosme e São Damião, Saravá Doum e Mariazinha

172
Roda dos meninos (10. Maria Damião)

Eu sou Pequenininho
Mas trago os meus ensinos
Eu canto é bem baixinho
Em roda dos meninos

Canta, canta os meninos


Para todos se alegrar
Que nós todos somos filhos
E é preciso nós rezar

É de grandes a pequenos
É para todos dar valor
Que nós estamos na Doutrina
Do nosso Pai Criador

Cosme Damião a sua casa cheira


Cravo e a rosa botão de laranjeira
Cravo e a rosa botão de laranjeira

******

173
Papai me mande um balão
Com todos os crianças que vem lá do céu
Papai me mande um balão
Com todos os crianças que vem lá do céu
Tem doce papai, tem doce mamãe
Tem doce e também tem mel
*****

Lá no céu tem três estrelas


Todas três tem carreirinha
Lá no céu tem três estrelas
Todas três tem carreirinha
Uma é Cosme e Damião
A outra é Mariazinha
Uma é Cosme e Damião
A outra é Mariazinha
*****

123456
Eu quero ver criança na cabeça de vocês
*****

174
Eu quero doce, eu quero bala
Eu quero Mel pra passar na sua cara
Eu quero doce, eu quero bala
Eu quero Mel pra passar na sua cara
*****

Cosme e Damião, Ô Damião cadê Doum


Doum foi passear ô no cavalo de Ogum
Cosme e Damião, Ô Damião cadê Doum
Doum foi passear ô no cavalo de Ogum
Dois dois Sereia do Mar, dois dois Mamãe Iemanjá
Dois dois Sereia do Mar, dois dois Mamãe Iemanjá
*****

Fui no Jardim colher as rosas


A vovózinha deu me as Rosas mais formosas
Fui no Jardim colher as rosas
A vovózinha deu me as Rosas mais formosas
Cosme e Damião, ô Doum
Crispim Crispiniano são os filhos de Ogum
*****

175
Crispin Crispiniano deixa ele brincar
Crispin Crispiniano deixa ele brincar
Pula daqui corre de lá, deixa o menino trabalhar
Pula daqui corre de lá, deixa o menino trabalhar
*****

Mariazinha da Beira da Praia


Como é que sacode a saia
Mariazinha da Beira da Praia
Como é que sacode a saia
É assim, é assim, é assim
É assim que sacode a saia
É assim, é assim, é assim
É assim que sacode a saia
*****

176
Tia me deu Cocada
Tio me deu guaraná
Tia me deu Cocada
Tio me deu guaraná
Gostei foi do Carurú
Que a mamãe mandou preparar
Gostei foi do Carurú
Que a mamãe mandou preparar

Mamãe me deu Caruru


Eu comi Caruru de Mamãe
Mamãe me deu Caruru
Eu comi Caruru de Mamãe
Mamãe me deu Caruru
Eu comi Caruru de Mamãe
Mamãe me deu Caruru
Eu comi Caruru de Mamãe
*****

177
Ciranda das crianças

Capelinha de Melão é de São João


É de Cravo é de Rosa é de Manjericão
Capelinha de Melão é de São João
É de Cravo é de Rosa é de Manjericão
São João está dormindo
Não acorda não !
Acordai, acordai, acordai, João !
São João está dormindo
Não acorda não !
Acordai, acordai, acordai, João !
*****
Como pode o peixe vivo
Viver fora da água fria
Como pode o peixe vivo
Viver fora da água fria

Como poderei viver


Como poderei viver

Sem a tua, sem a tua


Sem a tua companhia
Sem a tua, sem a tua
Sem a tua companhia

Os pastores desta aldeia


Já me fazem zombaria

178
Os pastores desta aldeia
Já me fazem zombaria

Por me verem assim chorando


Por me verem assim chorando

Sem a tua, sem a tua


Sem a tua companhia
Sem a tua, sem a tua
Sem a tua companhia
*****
FIM DA CIRANDA

Bahia é Terra de dois


É Terra de Dois Irmãos
Governador da Bahia
São Cosme e São Damião
Bahia é Terra de dois
É Terra de Dois Irmãos
Governador da Bahia
São Cosme e São Damião
*****

179
Andorinha que voa voa Andorinha
Leva esses anjos pro céu Andorinha
Andorinha que voa voa Andorinha
Leva esses anjos pro céu Andorinha
Voa Voa Voa Andorinha
Leva esses Anjos pro céu Andorinha
Voa Voa Voa Andorinha
Leva esses Anjos pro céu
****

Meu Santo Daime (Marlicene)

Meu Santo Daime muita luz muita alegria


Meu Santo Daime muita paz muita harmonia
Meu Santo Daime muita luz muita alegria
Meu Santo Daime muita paz muita harmonia

180
SAUDAÇÃO A OBALUAÊ (Atotô)

Saravá Ôbaluê
Orixá das doenças, Velho Curandeiro, Feiticeiro
Saravá Omolu
Senhor do Mundo dos Mortos
Filho de Nanã Buruque,
É a própria terra, o interior dela, o fogo, a larva, o Sol que queima toda
doença.
Atotô

181
SAMBUE POPO DE MONAM (Pedindo cura a Omulu)
EH SAMBUE SAMBUNANQÜE
EH SAMBUE SAMBUNANQÜE
É UM SUMBO É UM SUMBEQÜENDA É LEMBADELÊ
E É MAIOR QUE FITO É FITO E É MAIÓ QUE SAMBUQÜENDA
E É MAIOR QUE FITO É FITO E É MAIÓ QUE SAMBUQÜENDA

EH SAMBUE SAMBUNANQÜE
EH SAMBUE SAMBUNANQÜE
É UM SUMBO É UM SUMBEQÜENDA É LEMBADELÊ
E É MAIOR QUE FITO É FITO E É MAIÓ QUE SAMBUQÜENDA
E É MAIOR QUE FITO É FITO E É MAIÓ QUE SAMBUQÜENDA

E SAMBUE ERÊRÊRÊ SAMBUE POPO DE MONAM


E SAMBUE ERÊRÊRÊ SAMBUE POPO DE MONAM
E SAMBUE ERÊRÊRÊ SAMBUE POPO DE MONAM
E SAMBUE ERÊRÊRÊ SAMBUE POPO DE MONAM

AÊAÊ SEU CAFUNAM AÊAÊ SEU CAFUNAM


OMULU QUE UM BELO OJÁ AÊAÊ SEU CAFUNAM

AÊAÊ SEU CAFUNAM AÊAÊ SEU CAFUNAM


OMULU QUE UM BELO OJÁ AÊAÊ SEU CAFUNAM

182
O LEMBAÊ MEU CATULEZO O LEMBAÊ MEU CATULOIÁ
O LEMBAÊ MEU CATULEZO O LEMBAÊ MEU CATULOIÁ

OI FALA MAMETO CAIANGO CAMBONO QUANDO CANTA


LEMBA DILÊ
FALA MAMETO CAIANGO CAMBONO QUANDO CANTA
OH LEMBA CAIÁ

FALA MAMETO CAIANGO CAMBONO QUANDO CANTA


LEMBA DILÊ
FALA MAMETO CAIANGO CAMBONO QUANDO CANTA
OH LEMBA CAIÁ
*****

Meu Pai Oxalá é o Rei venha me valer


Meu Pai Oxalá é o Rei venha me valer
O velho Omulu Atotobaluaê, o velho Omulu Atotobaluaê
Atotobaluaê, Atotobabá, Atotobaluaê seu Omulú é um Orixá
Atotobaluaê, Atotobabá, Atotobaluaê seu Omulú é um Orixá
*****

183
Casinha Branca, Casinha Branca
Que eu mandei fazer
Casinha Branca, Casinha Branca
Que eu mandei fazer
Para oferecer a Seu Omulu (A seu Omulu)
E Atoto Baluaê
Para oferecer a Seu Omulu
E Atoto Baluaê
*****

Se vê um velho no caminho toma a bença


Se vê um velho no caminho toma a bença
Deus te abençoe, Deus te abençoe
Deus te abençoe, Baluaê, Deus te abençoe
*****

184
Os filhos da Cabana do nosso Mestre Omulu
Estão pedindo a sua Força e a sua Luz
Os filhos da Cabana do nosso Mestre Omulu
Estão pedindo a sua Força e a sua Luz

Na nossa banda, na nossa gira


Na hora de dor e na hora de agonia
Na nossa banda, na nossa gira
Na hora de dor e na hora de agonia
****

Omulu é meu Orixá


Omulu é meu Orixá
Omulu é meu Orixá
Omulu é meu Orixá
Salve a Força do Mestre Omulu
Omulu é meu Orixá
Salve as Curas do Mestre Omulu
Omulu é meu Orixá
Salve a banda do Mestre Omulu
Omulu é meu Orixá
****

185
Passagem do Padrinho Sebastião (Marlicene)

Com Jesus, com Jesus entramos nesta casa


Sentindo seu primor, seu amor paz no coração
Ave Cristo bendizemos, dizemos de coração
Que viva nesta casa o Padrinho Sebastião
Me lembro como se fosse agora, sua despedida foi em festa
Todos cantavam com alegria no coração
Em homenagem ao Padrinho Sebastião
A rainha Iemanjá, enviou o seu saveiro e os guerreiros do astral
Com os Arcanjos e São Sebastião, para levar o Padrinho Sebastião
Rasgaram o véu da noite, abençoando o nosso templo
Colheu nos braços da cruz, nosso Padrinho foi levado pra Jesus
Foi brilhar no firmamento, pois a morte descortinou
Libertou do sofrimento e da dor e foi para o Reino de Nosso Senhor
Bendita dor Santa e pura que lhe deu amargura e consolação
Para hoje pastorar as almas de São João e a Nossa Senhora da Conceição
Quanta paz ele nos deu, amor e união, é uma alma feliz e contente
Que agradece a Jesus alegremente pela sua liberação
Descansa agora Padrinho Sebastião, pois além das sombras do sofrimento
Está a mansão dos Anjos te esperando
Alvorada do Amor casa do Salvador
*****

186
SAUDAÇÃO A PRETO VELHO (Adorei as Almas)

Viva os Pretos e Pretas Velhas, incansáveis trabalhadores de fé.


Saravá sua banda, sua cachimba tem Mironga, olha a folha da
guiné. Eles que vem de Aruanda, trazendo muita luz e abrindo
nossos caminhos. Viva Zambi, Viva a nossa Mãe lá nas Alturas,
Adorei as Almas!

187
Amigo Velho - Mestre Irineu

Chegou seu amigo velho


Chegou sem ser chamado
Para sempre amem Jesus
Para sempre ser lembrado

Para sempre amem Jesus


Para sempre ser lembrado

A minha mãe que me mandou


Eu sou filho estimado
Quem seguir na minha linha
Segue limpo e não errado

Quem seguir na minha linha


Segue limpo e não errado

O Patriarca São José


todo mundo se esqueceu
Jesus filho de Maria
com o Divino senhor Deus

188
Jesus filho de Maria
com o Divino senhor Deus

O Patriarca São José


Vós esposo de Maria
Que o Divino pai lhe deu
para vossa companhia

Que o Divino pai lhe deu


para vossa companhia

Viveram honestamente
dentro da soberania
Jesus quando nasceu
foi na vossa companhia

Jesus quando nasceu


foi na vossa companhia

Aconselho a todo mundo


Para seguir na verdade
Saindo desta linha
Não espere ser chamado

189
Saindo desta linha
Não espere ser chamado

O Divino Senhor Deus


Foi quem me mandou dizer
Que nós somos filhos eternos
Somos e somos e deve ser

Nós somos filhos eternos


Somos e somos e deve ser

*****

190
Rezando Ave Maria (Marlicene)

Estava no toco rezando Ave Maria


Quando apareceu minha Mãe Santa Maria
Estava no toco rezando Ave Maria
Quando apareceu minha Mãe Santa Maria
Estava com as Almas quando me balançou
E me levou para os braços de Nosso Senhor
Estava com as Almas quando me balançou
E me levou para os braços de Nosso Senhor

*****

191
Ponto de Pai Antonio

Com licença Pai Antonio


Eu não vi lhe visitar
Eu estou muito doente
Vim aqui pra me Curar

Se a doença for feitiço


Curará em seu Gongá
Se a doença for de Deus
Pai Antonio vai curar

Coitado de Pai Antonio


Preto velho rezador
Foi parar na detenção
Por não ter um defensor

Pai Antonio na Quimbanda é curador


Pai Antonio na Quimbanda é curador
É Pai de mesa, é rezador
É Pai de mesa, é rezador
****

192
Pai Antonio falando de Umbanda

Todo mundo quer Umbanda


Quer, Quer
Mas ninguém sabe o que é Umbanda
Todo mundo quer Umbanda
Quer, Quer
Mas ninguém sabe o que é Umbanda

Umbanda tem Fundamento


Quer, Quer
Mas ninguém sabe o que é Umbanda
Umbanda tem Fundamento
Quer, Quer
Mas ninguém sabe o que é Umbanda
****

Quando ele vem, vem de Aruanda, mas ele vem com a ordem de Oxalá
A sua missão é muito grande é espalhar a caridade e a seus filhos abençoar
Saravá Mamãe Oxum, Mamãe Oxum, Saravá Pai Oxalá
Saravá Pai Irineu que ele é o nosso mestre é o dono deste jacutá
*****

193
No tempo do cativeiro só existia coroné
Cipriano trabalhava na lavoura do café
E lá no céu uma estrela me dizia
Cipriano no Cruzeiro rezava Ave Maria
Ave, Ave, Ave Maria, Ave, Ave, Ave Maria
Ave, Ave, Ave Maria, Ave, Ave, Ave Maria
*****

As almas, as almas, as almas benditas almas


As almas, as almas, as almas benditas almas
As almas de Mestre Irineu, as almas benditas almas
As almas de Mestre Irineu, as almas benditas almas
*****

Fui no cruzeiro das almas para ver as almas mas não vi ninguém
Fui no cruzeiro das almas para ver as almas mas não vi ninguém
Mestre Irineu é pequenininho ninguém sabe a força que este velho tem
Mestre Irineu é pequenininho ninguém sabe a força que este velho tem

*****

194
Balancie, balancie, balancie, balancie, balancie, balanciá
Balancie, balancie, balanciê, balancie, balancie, balanciá
Conversava com a lua as estrelas me diziam
Tenha calma Irineu cativeiro acaba um dia
Conversava com a lua as estrelas me diziam
Tenha calma Irineu cativeiro acaba um dia

*****

195
Gênios da Natureza (Marlicene)

A força de Santa Maria traz os Caboclos e os Hindus


Pretos Velhos e Nega Mina os Orixás e o Exús
São os gênios da natureza guardiões espirituais
Que se escondem na beleza e na Terra traz nobreza
São forças iluminadas das matas e das pedreiras
Dos raios e dos mares das fontes e das cachoeiras
Essa missão é de espinho traz magia e mistério
Conduzindo um dia aos caminhos dos cemitérios
Para todos os filhos da Terra as entidades traz a força
Para nos caminhos e nas estradas fazer o bem e não fazer o mal
Todos tem missão divina e com fé se agasalha
Ajoelhada no pé da cruz na Umbanda vem trabalhar
Os aparelhos dos médiuns com os Caboclos e os Pretos Velhos
Do Astral para ajudar todos aqueles que precisar
Fumando o seu cachimbo cantando lindas toadas
Preta velha com carinho procurando parte afetada

*****

196
Lá no cruzeiro das almas aonde as almas vão rezar
Lá no cruzeiro das almas aonde as almas vão rezar
As almas choram de alegria quando os filhos se combinam
Também choram de tristeza quando não quer combinar
As almas choram de alegria quando os filhos se combinam
Também choram de tristeza quando não quer combinar

*****
Os Pretos Velhos são as Rosas mais bonitas
Violetas e Orquídeas
Quando vem neste gongá
Os Pretos Velhos são as Rosas mais bonitas
Violetas e Orquídeas
Quando vem neste gongá
Os Pretos Velhos quando vem pra trabalhar
Eles vem trazendo muito Amor pros filhos seus
Os Pretos Velhos vem na força de Oxalá
Os Pretos Velhos são o sorriso de Deus
Os Pretos Velhos quando vem pra trabalhar
Eles vem trazendo muito Amor pros filhos seus
Os Pretos Velhos vem na força de Oxalá
Os Pretos Velhos são o sorriso de Deus
*****

197
Tum Tum Tum
Bateram na porta do céu
Tum Tum Tum
São Pedro abriu pra ver quem é
Tum Tum Tum
Bateram na porta do céu
Tum Tum Tum
São Pedro abriu pra ver quem é
E eram as Almas, as Santas Almas
Benditas Almas do Rosário de Maria
E eram as Almas, as Santas Almas
Bendita Almas do Rosário de Maria

*****

198
Eu andava perambulando sem ter nada pra comer
Eu pedi as Santas Almas para vir me socorrer
Eu andava perambulando sem ter nada pra comer
Eu pedi as Santas Almas para vir me socorrer

Foram as Almas quem me ajudou


Forma as Almas quem me ajudou
Meu Divino Espírito Santo
Digo Amém Nosso Senhor
Foram as Almas quem me ajudou
Forma as Almas quem me ajudou
Meu Divino Espírito Santo
Digo Amém Nosso Senhor
*****

199
Ponto de Pai Felipe (Severino - Tenda Espírita São Jorge 1938)

Papai eu quero ver a sua povo


A sua povo, eu quero ver
Papai eu quero ver a sua povo
A sua povo, eu quero ver

Olha Mussanga, Olha a Ma Pemba


E olha ele, Pai José de Umbanda

E olha Ele, E olha Ele


E olha Ele quem combate demanda
E olha Ele, E olha Ele
E olha Ele quem combate demanda
****

200
Papai na Aruanda

De longe eu vejo Papai na Aruanda


Acho tão Bulindo
Acho tão Mexendo
Acho tão Bulindo
No Terreiro de Umbanda
****

Adorei as Almas, as Almas me atenderam


Adorei as Almas, as Almas me atenderam
Eram as Santas Almas, Lá do Cruzeiro
Eram as Santas Almas, Lá do Cruzeiro
*****

Congo com Cambinda quando vem pra trabalhar


Congo vem por terra Cambinda vem pelo mar
Congo com Cambinda quando vem pra trabalhar
Congo vem por terra Cambinda vem pelo mar
Auê Auê Auê auê auá
Vou chamar os preto velhos para vir descarregar
Auê Auê Auê auê auá
Vou chamar os preto velhos para vir descarregar.

201
*****

Pai Benedito já foi cozinheiro


Hoje é mensageiro de Pai Oxalá
Pai Benedito já foi cozinheiro
Hoje é mensageiro de Pai Oxalá
Ô Viva as Almas Ô Viva as Almas
Ô Viva as Almas do Rosário de Maria
Ô Viva as Almas Ô Viva as Almas
Ô Viva as Almas do Rosário de Maria

*****
Lá vem Ele, Lá vem Ele
É o Zé trazendo força
É o bem pro coração

Lá vem Ele, Lá vem Ele


A quem devo anunciar
Preto Velho Mandingueiro
Zé do Bem que vai chegar

*****

202
Lá vem vovó descendo a serra com sua sacola
Com seu patuá, seu rosário, ela vem de angola
Lá vem vovó descendo a serra com sua sacola
Com seu patuá, seu rosário, ela vem de angola
Eu quero ver vovó, eu quero ver vovó, Eu quero ver
Se filho de pemba tem querer
Eu quero ver vovó, eu quero ver vovó, Eu quero ver
Se filho de pemba tem querer
*****
Menino Jesus de Praga
Ai quem lhe deu esta toalha branca
Menino Jesus de Praga
Ai quem lhe deu esta toalha branca

Foi a Baiana do Engenho


É pra Vovó Maria Conga
Foi a Baiana do Engenho
É pra Vovó Maria Conga

É Conga, é Conga lêlê


É Conga, é Conga lálá
É Conga, é Conga lêlê
É Conga, é Conga lálá

203
****

Congo ê Congo ê
Congo diz Sa Saravá
Congo diz Sa Saravá
Segura seus filhos
Que Deus é maior
Congo ê Congo ê
Congo diz Sa Saravá
Congo diz Sa Saravá
Segura seus filhos
Que Deus é maior
*****

Maria Conga é Guia, é Guia


Maria Conga é Guia, é Guia
Ô Viva as Almas Ô Viva as almas
Ô Viva as Almas do Rosário de Maria
Ô Viva as Almas Ô Viva as almas
Ô Viva as Almas do Rosário de Maria

*****

204
Você quer ver a Macumba ficar boa
Você quer ver a Macumba ficar boa

Bate palma minha gente


Que a Macumba fica boa
Bate palma minha gente
Que a Macumba fica boa
****

Meu cachimbo tá no toco


Manda muleque ir buscar
Meu cachimbo tá no toco
Manda muleque ir buscar
No alto da derrubada
Meu cachimbo ficou lá
No alto da derrubada
Meu cachimbo ficou lá
*****

205
Ai Vovó eu tenho medo
Ai Vovó eu tenho medo
Da fumaça do cachimbo
Descubrir o meu segredo
Da fumaça do cachimbo
Descubrir o meu segredo
*****

Preto Velho senta no toco, Faz o sinal da Cruz


Pede proteção a Zambi para os filhos de Jesus
Preto Velho senta no toco, Faz o sinal da Cruz
Pede proteção a Zambi para os filhos de Jesus
Cada conta do seu Rosário é um filho que ali está
se não fosse os Pretos Velhos, Eu não sabia caminhar
Cada conta do seu Rosário é um filho que ali está
se não fosse os Pretos Velhos, Eu não sabia caminhar
*****

Vovó não quer casca de coco no terreiro


Vovó não quer casca de coco no terreiro
Que é pra não lembrar do tempo do cativeiro
Que é pra não lembrar do tempo do cativeiro
*****

206
Pai Joaquim cadê Pai Mané
Tá na roça colhendo café
Pai Joaquim cadê Pai Mané
Tá na roça colhendo café
Diga a ele que quando vier
Que suba a escada
Não bata com o pé
Diga a ele que quando vier
Que suba a escada
Não bata com o pé
****

207
Tia Maria Tia Mariana
Amarra a saia na ponta da cana
Tia Maria Tia Mariana
Amarra a saia na ponta da cana
Quê Quê re que que
Preta Velha do bom parecer
Quê Quê re que que
Preta Velha do bom parecer

*****
De passinho em passinho (Taiane)

De passinho em passinho Ela vem chegando


Ela é Preta Velha la da Bahia
Ô ô ô ô Saravá Tia Maria
Ô ô ô ô Saravá Tia Maria

Ela traz o Amor Ela traz mironga


Ela é Preta Velha lá de Aruanda
Ô ô ô ô Saravá Maria Conga
Ô ô ô ô Saravá Maria Conga
****

208
Preto velho não quer que eu plante abóbora, maxixe, quiabo e giló
Preto velho não quer que eu plante abóbora, maxixe, quiabo e giló
abóbora, maxixe, quiabo e giló

*****
Pai Joaquim ê ê
Pai Joaquim ê á
Pai Joaquim veio de Angola
Pai Joaquim vem de Angola, Angola
Pai Joaquim ê ê
Pai Joaquim ê á
Pai Joaquim veio de Angola
Pai Joaquim vem de Angola, Angola
*****
Bahia Ó África
Vem cá, vem nos ajudar
Bahia Ó África
Vem cá, vem nos ajudar
Força Baiana, Força Africana
Força Divina, vem cá, vem cá
Força Baiana, Força Africana
Força Divina, vem cá, vem cá

209
*****

Ponto de “Seu” Baiano (Tenda Espírita São Jorge 1939)

Ele é Baiano
Ele é Baiano
De Terreiro

Ele é Baiano
Ele é Baiano
Feiticeiro

Com sua faca na cintura desafia


Com seu Balaiô
pra salvar todos seus filhos
*****

210
Na Bahia tem,
é que tem Orobi
é que tem Orobó
Na Bahia tem,
é que tem Orobi
é que tem Orobó

é que tem Orobi


é que tem Orobó
Pimenta da Costa
Mandinga iôiô
é que tem Orobi
é que tem Orobó
Pimenta da Costa
Mandinga iôiô
*****

211
Pai Chico tá Congo Velho
Tá Congo Velho de trabalhar
Pai Chico tá Congo Velho
Tá Congo Velho de trabalhar
Vem Vem Vem
Trazendo Mironga pra este gongá
Vem Vem Vem
Trazendo Mironga pra este gongá
*****

A sineta do céu bateu


Oxalá já diz que é hora
A sineta do céu bateu
Oxalá já diz que é hora
Eu vou eu vou eu vou
Ficar com Deus e Nossa Senhora

****

212
Já vai vovó
quando eu precisar lhe chamo
Já vai vovó
quando eu precisar lhe chamo
Zambi lhe trouxe, Zambi vai te levar
Zambi lhe trouxe, Zambi vai te levar
Agradeço a toalha de renda de bilro que deixou por lá
Agradeço a toalha de renda de bilro que deixou por lá

*****

213
SAUDAÇÃO A OXALÁ (Êpa Babá)

Êpa Babá, Ele é o Rei do Mundo


Meu Bom Jesus de Nazaré.
Senhor da Paz e do Amor
Saravá Oxalá, Êpa Babá

214
No jardim das oliveiras,
no jardim das oliveiras
tem um velho jardineiro

No jardim das oliveiras,


no jardim das oliveiras
tem um velho jardineiro

Era Jesus Cristo


nosso Pai verdadeiro
Era Jesus Cristo
nosso Pai verdadeiro

*****
Oxalá meu Pai
tenha pena de nós tenha dó
Que a volta do mundo é grande
seus poderes são maior

Oxalá meu Pai


tenha pena de nós tenha dó
Que a volta do mundo é grande
seus poderes são maior

215
Quando Oxalá desceu da cruz
São Pedro lhe abre os caminhos
Quando Oxalá desceu da cruz
São Pedro lhe abre os caminhos

Olha os espinhos da roseira meu Pai


não deixa seus filhos cair
Olha os espinhos da roseira meu Pai
não deixa seus filhos cair

Abre a porta oh! Gente, que aí vem Jesus


ele vem cansado com o peso da cruz
Abre a porta oh! Gente, que aí vem Jesus
ele vem cansado com o peso da cruz

Vem de porta em porta vem de rua em rua


vem salvar as almas sem culpa nenhuma
Vem de porta em porta vem de rua em rua
vem salvar as almas sem culpa nenhuma

216
Cajueiro bento aonde nasceu Jesus,
Cajueiro bento aonde nasceu Jesus
Oh! Virgem Imaculada Salve a Divina Luz
Oh! Virgem Imaculada Salve a Divina Luz

Abre as portas do céu São Pedro deixa as almas trabalhar


Abre as portas do céu São Pedro deixa as almas trabalhar
Oh! Virgem Imaculada Salve a Divina Luz
Oh! Virgem Imaculada Salve a Divina Luz

*****

217
Oxaguian (Walace)

Meu terreiro é divino


O meu corpo é fechado
Oxaguian é menino bem levado
Oxaguian é menino bem levado

Meu terreiro é divino


O meu corpo é fechado
Oxaguian e menino bem levado
Oxaguian e menino bem levado

Ele vem pelo ar Ele vem pelo vento


Ele é do tempo e comando o movimento
Ele é do tempo e comando o movimento

Ele vem pelo ar Ele vem pelo vento


Ele é do tempo e comando o movimento
Ele é do tempo e comando o movimento

*****

218
Papai Oxalá Mandou
Meus Filhos Orai Orai
Papai Oxalá Mandou
Meus Filhos Orai Orai
Quem hora pra pai Oxalá
Demanda ele vai derrubar
Quem hora pra pai Oxalá
Demanda ele vai derrubar
*****
A Umbanda é Força meu Pai
A Umbanda é Luz
Filhos de Umbanda não cai
Se apoia na Cruz
A Umbanda é Força meu Pai
A Umbanda é Luz
Filhos de Umbanda não cai
Se apoia na Cruz
A Umbanda é Fé,
Amor, é Caridade
A Umbanda é Força
A Umbanda é Verdade
A Umbanda é Fé,
Amor, é Caridade
A Umbanda é Força
A Umbanda é Verdade

219
Floresta da Jurema (Marlicene)

Eu tomo Santo Daime, vem da floresta da Jurema


Aonde a pureza é um poema, tenho forças da natureza
Neste salão com bondade um a um é atendido
Com amor e caridade o Daime é bem distribuido
Com o velho Irineu, Oxóssi, Ogum Beira Mar
Todos vem bem certeiro desde a Umbanda ao Santo Daime
O Santo Daime traz Baltazar, Santa Maria e Virgem da Conceição
Cada um tem sua missão a serviço de Oxalá
A Jurema e a Jussara, Tupimirim e Sumerim
Sete Estrela e Tupiara, Ubirajara e Tupiaraci
Tupinambá é da lua, Estrela Dalva também
Marachimbé e Tranca Rua quando é chamado atende e vem
Fazer toda limpeza sem rodeio e sem reclamo
Abandona a sua presa e obedece ao seu amo
Volta para tua banda espera outra chamada
Salve o povo da encruza sem Exú não se faz nada
Marachimbé está na linha de Preto Velho com seu bastão de Guiné
Une o Daime a Umbanda e as linhas de fé
Sou pequeno e sou menino, falo Angola e Zulú
Venho passando o pente fino deixando o filho nu
Chamo Damião e vem Doum, Iansã, Iemanjá vem afinal
O povo das Águas e mamãe Oxum levando para o mar todo o mal
Descarrega corre onda e despacha lá no mar
O mal já terminou com amor e caridade para a sessão encerrar
Esta é a casa da verdade quem nos fala é o Mestre Irineu
Padrinho Sebastião e Mestre Irineu, São José e a Virgem da Conceição

220
*****

Eu Fecho a nossa Gira


Com Deus e Nossa Senhora
Eu fecho a nossa Gira
Samborê Pemba de Angola
Samborê Pemba de Angola
****

A Umbanda, ó lei mais querida


Foste abençoada e logo nasceu
Vai crescendo a Umbanda querida
É nosso dever sofrer pra vencer
Jesus nosso Pai, Jesus Redentor
Te adoramos em nossa agonia
Jesus e Maria, Jesus Rei do Amor
Te adoramos em nossa agonia
Jesus e Maria, Jesus Rei do Amor

*****

221
Eh Eh Guinguin Babao
Eh Eh Guinguin Babao
Um Alá de Olorum
Ori Mixalofan
De Babababao Oxalá
De queque baba
De Iealaxé Orixalato é Amalodê
*****

Quanta Luz neste ambiente


Descendo sobre nós vibrando em nossas mentes
Quanta luz quando assim em prece
Quando alma cresce aos olhos de Jesus
Quanta luz hoje em oração
A voz do mestre fala aos nossos corações
Quanta luz descendo sobre nós
Quanta luz, quanta luz

*****

222
Ao Santo Daime, Muito Obrigado.
Ao Santo Daime, Muito Obrigado.
Que Deus Lhe dê saúde e felicidade!
Que Deus Lhe dê saúde e felicidade!

Ao Mestre Irineu, muito obrigado


Ao Mestre Irineu, muito obrigado
Que Deus Lhe dê saúde e felicidade!
Que Deus Lhe dê saúde e felicidade!

Ao Padrinho Sebastião, Muito Obrigado.


Ao Padrinho Sebastião, Muito Obrigado.
Que Deus Lhe dê saúde e felicidade!
Que Deus Lhe dê saúde e felicidade!
(...)

223
Hinário Todos os Anjos
(Trabalho recebido por Gisele Gracie Imperial)

Hinário Trabalho para os Enfermos


(Trabalho recebido por Marco Gracie Imperial)

224