Sie sind auf Seite 1von 14

Intercessão dos Santos

Os cristãos são convidados a orar uns pelos outros por toda a


Escritura.
Nós oramos pelos nossos parentes, amigos, etc. Nós oramos pelo
bem estar de toda a Criação em nossa liturgia e namaskarams da
Ortodoxia.
Isso é conhecido como intercessão. (“Exorto, pois, que em
primeiro lugar sejam feitas súplicas, orações, intercessões e
gratidão a todos os homens” - 1 Timóteo 2: 1)

Os protestantes também acreditam na intercessão pelos


“vivos”. Mas eles têm dificuldade em aceitar que não podemos
pedir aos santos terrestres que oraram por nós.
O argumento é “já que eles estão mortos eles não podem orar por
nós”.
Agora a questão é se os santos estão realmente “mortos” e não
podem orar por nós ??
E como essa prática se originou? Onde estão as referências bíblicas
à intercessão? É realmente necessário ?? .. Não é Cristo o único
mediador? .. etc.
Vamos lidar com esse assunto agora.
Mediação e Intercessão.
“MEDIATION” e “INTERCESSION” são diferentes.
Leia 1 Timóteo, capítulo 2, versículos 1-5.
1) Os cristãos intercedem um pelo outro (intercessão)
“Exorto, portanto, que, antes de tudo, sejam feitas súplicas,
orações, intercessões e gratidão a todos os homens;” - 1 timóteo
2: 1
2) Cristo Mediata para cada um de nós. (Mediação)
Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, o
homem que é Jesus Cristo - 1 Timóteo 2: 5
Em 1 Timóteo, capítulo 2, versículo 1, São Paulo convoca os
cristãos a orarem uns pelos outros.
Em 1 Timóteo capítulo 2 versículo 5 (apenas 4 versículos abaixo),
São Paulo diz que Cristo é o único mediador.
Cristo é o único mediador. Mas isso não significa que não rezamos
um pelo outro (intercessão).
O mesmo São Paulo, que pede aos cristãos que rezem um pelo
outro, conta apenas uma frase depois que Cristo é o único
mediador.
Isso significa intercessão e mediação e duas coisas diferentes. Em
outras palavras, St. Paul está se contradizendo ao mesmo tempo.
Um mediador.
O que Cristo medeia?
Na fé Ortodoxa Oriental, acreditamos que Jesus Cristo era o
Homem Pleno e Deus Completo.
http://en.wikipedia.org/wiki/Miaphysitism
“Miafisismo (às vezes chamado de henofisismo) é a cristologia das
Igrejas Ortodoxas Orientais. O miafisismo sustenta que na única
pessoa de Jesus Cristo, a Divindade e a Humanidade estão unidas
em uma “natureza” (“physis”), as duas sendo unidas sem
separação, sem confusão e sem alteração ”.
Cristo é o único ser humano que também foi Deus pleno. O ser
humano e a divindade estão unidos em Cristo.
Assim, Cristo é uma ponte entre a humanidade e a divindade.
O fato de que Deus se tornou carne, um ser humano oferece
santificação à carne e oferece salvação à humanidade.
Se Deus não se tornou um humano, os seres humanos nunca
poderiam aspirar a alcançar a semelhança de Deus (imagem
restaurada do primeiro ser humano / Adão).
Assim, Jesus Cristo é a ponte entre a humanidade e a
divindade. Nenhum outro humano é o mediador.
Cristo media entre as naturezas - divindade e masculinidade. Nele
ambos são Um.
Muitos intercessores.
1. Quem são os intercessores?
Resposta: - Intercessores são pessoas que oram por nós a Jesus
Cristo.
“Exorto, portanto, que, antes de tudo, sejam feitas súplicas,
orações, intercessões e gratidão a todos os homens;” - 1 Timóteo
2: 1
Podemos ser intercessores para nossos amigos ou parentes quando
oramos por eles a Jesus Cristo.
2.Qual é a necessidade dos Intercessores quando posso orar
diretamente a Jesus Cristo?
Resposta: - “A oração de um homem justo é poderosa e eficaz.” -
Tiago 5:16
Um coração humilde e honesto será sábio o suficiente para
entender que as orações de algumas pessoas carregam mais
“poder” e “efetividade” em virtude da Retidão.
Quem é mais justo que nós? Estamos vivendo na era da arrogância
espiritual, onde todos supõem que ele é mais santo do que o outro.
A intercessão de Abraão salvou a família de Ló da destruição
(Gênesis 18: 23-32).
Foi porque Abraão foi mais justo do que Lot ou alguém em Sodoma
Gomorra.
A intercessão de Moisés pelo povo de Deus, em suplicar ao Senhor
por misericórdia, impediu a mão de Deus de consumir a nação em
Sua ira. (Êxodo 32: 7-14; Deuteronômio 9: 8-9, 12-20, 23-27, etc .;
Salmos) 106: 23
Mas um intercessor não medeia entre a divindade e a
masculinidade.
Um Intercessor ora / intercede ao Único Mediador (Jesus Cristo)
em nosso nome.
Os santos estão espiritualmente vivos !!
Os santos cristãos, como Santa Maria, São Tomás, São Gregório de
Parumala, etc, são pessoas que atingiram um alto grau de Theosis.
Theosis refere-se à transformação em semelhança de Cristo ou
semelhança de Deus.
Tenha em mente que o homem (Adão) foi criado na imagem de
Deus e não teve a morte. Morte / Mortalidade surgiu somente após
o pecado de Adão e Eva (Queda do Homem).
Deus puniu o homem pela mortalidade / morte somente depois de
seu pecado e depois ele se desviou de sua verdadeira imagem, que
era à semelhança de Deus.
"Pelo suor de sua testa
você vai comer sua comida
até você voltar ao chão,
desde que você foi levado;
por poeira você é
e ao pó voltarás. ”- Gênesis 3:19
Cristãos que atingem um alto grau de semelhança de Cristo são
restaurados no estado de Adão antes de seu pecado.
(Esse estado onde ele está na imagem de Deus e não teve a
morte.)
Cristãos tornam-se Um com o Corpo de Cristo comendo sua Carne e
bebendo seu Sangue (Sagrada Eucaristia / Qurbana).
Se somos um com o Corpo de Cristo que é imortal e
espiritualmente vivo, então estamos espiritualmente vivos
também.
Se alguém disser que um verdadeiro santo cristão que é
semelhante a Cristo e parte de seu Corpo está "morto", então eles
estão dizendo que Jesus Cristo também está morto !!
As escrituras dizem que os santos estão vivos.
“Outro anjo, que tinha um incensário de ouro, veio e ficou no
altar. Ele recebeu muito incenso para oferecer, com as orações de
todos os santos, no altar de ouro diante do trono. ”- Revelações 8:
3
“E quando ele tomou o livro, os quatro animais e vinte e quatro
anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um deles
harpas, e taças de ouro cheias de odores, que são as ORAÇÕES DOS
SANTOS. “–Revelações 5: 8
“Meu corpo descansa em esperança. Pois não deixarás a minha
alma entre os mortos nem permitirá que o teu Santo apodreça no
túmulo. ”- Atos 2: 27,28
“Por isso o meu coração se alegra e a minha glória exulta; a minha
carne também descansará na esperança.Porque tu não deixarás a
minha alma no inferno; nem permitirás que o teu Santo veja
corrupção. –Salmos 16: 9,10
“Porque assim como em Adão todos morrem, assim também em
Cristo todos serão vivificados” (1 Coríntios 15:22).
“Hoje você estará comigo no Paraíso”.
ENOCH no OT era alguém que foi “levado para o céu” antes da
morte.
ELIJAH no AT também foi dito ser “levado para o céu”.
Essas pessoas nunca morreram uma morte terrena e subiram ao
céu antes disso. Então é possível também para os santos cristãos,
mesmo depois de seu martírio terrestre ou morte.
PARAÍSO
“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. Àquele
que vencer, darei o direito de comer da ÁRVORE DA VIDA, que está
no PARAÍSO DE DEUS. ”- Revelações 2: 7
Lucas capítulo 23: -
Um dos criminosos que lá estavam insultou-o: “Você não é o
Cristo? Salve você e nós!
Mas o outro criminoso o repreendeu. "Você não teme a Deus", disse
ele, "já que você está sob a mesma sentença? Somos punidos com
justiça, pois estamos recebendo o que nossos atos merecem. Mas
esse homem não fez nada de errado.
Então ele disse: “Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu
reino.” [F] ”
Jesus lhe respondeu: “Eu lhe digo a verdade, hoje você estará
comigo no paraíso.” - Luke 23.
O bom ladrão foi prometido para o Paraíso por Jesus no mesmo
dia.
Obviamente, o Bom Ladrão não foi ao paraíso para "morrer" ou
"dormir". Ele está espiritualmente vivo no Paraíso.
Quanto mais é possível para a “Arca Sagrada que carregou a
presença de Deus” (Santa Maria)… quanto mais para São Pedro,
que foi martirizado por Cristo,… quanto mais St. Tomás que tocou
as feridas de Deus para ser Espiritualmente Vivo no paraíso?
Mesmo na morte, os justos têm um refúgio.
“Quando vem a calamidade, os ímpios são abatidos,
mas até na morte os justos têm um refúgio. ”- Provérbios 14:32.
O que é esse “refúgio” dos justos que eles encontram mesmo na
morte? O mesmo refúgio que o bom ladrão conseguiu, Elias e
Enoque receberam?
Em 2 Macabeus, Judas Macabeu vê os mortos Onias e Jeremias
dando bênçãos ao exército judeu.
[“Onias então disse sobre ele:“ Este é o profeta de Deus, Jeremias,
que ama seus irmãos e ora fervorosamente por seu povo e sua
cidade santa. ”- 2 Macabeus 15:14]
O Arcanjo Rafael intercede por Tobias:
“Agora posso dizer que quando você, Tobias e Sara oraram, fui eu
que apresentei e li o registro de sua oração diante da Glória do
Senhor; e fiz a mesma coisa quando você enterrava os mortos.
Quando você não hesitou em se levantar e deixar seu jantar para ir
enterrar os mortos, fui enviado para colocá-lo em teste. Ao mesmo
tempo, porém, Deus me encarregou de curar você e sua nora,
Sarah.
Eu sou Rafael, um dos sete anjos que entram e servem diante da
Glória do Senhor. ”- Tito 12: 12-15
A Igreja (Corpo de Cristo) é atemporal.
A igreja cristã é o corpo de Cristo, que é imortal e atemporal.
Ela transcende o Espaço e o Tempo e Cristo derrotou a Morte.
“A verdadeira igreja é composta de todos os que estão em Cristo -
no céu e na terra. Não se limita a pertencer àqueles que estão
atualmente vivos. Aqueles no céu com Cristo estão vivos, em
comunhão com Deus, adorando a Deus, fazendo a sua parte no
corpo de Cristo. Eles oram ativamente a Deus por todos os que
estão na Igreja - e talvez, de fato, por todo o mundo (Efésios 6: 8;
Apocalipse 8: 3). Por isso, intercedemos ao coro de todos os santos
que partiram desta vida, buscando suas orações, assim como
pedimos a amigos cristãos da Terra que orem por nós. ”
A Igreja é composta de todos os cristãos que viveram, que estão
vivos e que ainda estão para nascer!
Na tradição ortodoxa, um tapete vermelho é colocado no centro da
Igreja, significando a presença das almas que partiram também no
culto.
Da mesma forma, os santos que também estão no céu participam
da nossa Qurbana.
O conceito ocidental é muito racional, científico ou bastante
secular, que acredita que a Igreja inclui apenas a geração
particular de cristãos de seu tempo.
Árvore da Vida
Adão e Eva não puderam comer o fruto da SEGUNDA ÁRVORE.
Deus os envia fora do Éden e designou anjos para guardar esta
árvore, para que nenhum homem pudesse comer isso!
24 “Depois que ele expulsou o homem, colocou no lado leste do
jardim do Éden querubins e uma espada flamejante piscando de
um lado para o outro para guardar o caminho para a árvore da
vida.” - Gênesis 3:24
Nenhum homem poderia provar o FRUTO da ÁRVORE DA VIDA.
Mas um homem fez - JESUS CRISTO! ... (ele era o Homem Pleno e o
DEUS Completo) ... Ele provou a Imortalidade e a Vida !!
Na liturgia cristã ortodoxa há um hino durante a cerimônia de
batismo, quando o bebê recém-nascido recebe o santo Qurbana
appam e vinho pela primeira vez, uma parte da qual é assim:
“Aadam ruchi nokaatha Bhalam” (A fruta que Adão não pôde
provar).
Acreditamos que esta FRUTA é a CARNE e o SANGUE de Cristo.
É por isso que cantamos “Aadam ruchi nokaatha bhalam” quando
damos ao bebê seu primeiro Qurbana (pão e vinho - carne e sangue
de Cristo).
Se Satanás tentou o homem oferecendo este atalho para a
Divindade, o homem foi tentado e desobedeceu a Deus. Deus puniu
o homem e o enviou para fora do Éden e ele perdeu o contato com
Deus.
Mas o mesmo Deus redime a humanidade de sua bondade e amor
indescritível, enviando seu Filho.
Ele lhes dá um sabor do Fruto da ÁRVORE DA VIDA.
O fruto da ÁRVORE DA VIDA em Gênesis, nada mais é do que o
Sangue e a Carne de Cristo.
Participando em que, nos tornamos um com o corpo de Cristo e,
assim, alcançar a salvação e, portanto, imortalidade, que Eva
ansiava por, resultando em seu pecado.
Mas depois o próprio Deus oferece ao homem através do grande
sacrifício de Cristo:
“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. Àquele
que vencer, darei o DIREITO DE COMER da ÁRVORE DA VIDA, que
está no paraíso de Deus. '- Apocalipse 2: 7
Aqueles que têm atenuado este Fruto (Carne e Sangue de Cristo) e
se tornam semelhantes a Cristo (imagem restaurada do Homem)
não podem estar espiritualmente mortos em qualquer ponto do
tempo. E, portanto, eles podem orar por nós como os da terra.
Diferença do conceito católico romano.
Santa Maria é a rainha dos santos.
Ela é comparada com a Sarça Ardente no deserto que Moisés viu,
que permaneceu incólume pelas chamas.
Isto é porque Santa Maria, um ser humano frágil poderia conceber
e manter em seu ventre o Criador sem ela mesma ser destruída! ..
Ela é considerada a maior dos Intercessores por causa disso.
Mas os católicos romanos estão ensinando que São Maria é também
mediadora como Jesus Cristo.
Ela é atribuída os nomes "Mediatrix e Co-Redemptrix" no
catolicismo romano.
Ela é assim elevada acima de outros planos e igualada a Cristo.
Os ortodoxos não dão tal ensinamento. Nós diferimos estritamente
entre o único mediador e os Intercessores.
Intercessão santa no cristianismo primitivo.
http://www.orthodoxinfo.com/inquirers/invocationofsaints.aspx
São João Evangelista (AD + 101)
“Veio outro anjo e pôs-se diante do altar, tendo um incensário de
ouro; e foi-lhe dado muito incenso, para oferecer das orações de
todos os santos sobre o altar de ouro, que está diante do trono de
Deus. E a fumaça do incenso das orações dos santos subiu diante
de Deus da mão do anjo. (Apoc., Viii, 3, 4) ”
São Cipriano de Cartago (AD + 258),
“Sejamos mutuamente conscientes um do outro, vamos orar um
pelo outro, e se um de nós deve, pela rapidez da concessão divina,
partir primeiro, deixar nosso amor continuar na presença do
Senhor, não deixe oração por nossos irmãos e irmãs cessam na
presença da misericórdia do Pai. ”
St. Hilary de Poitiers (+368)
Para aqueles que desejam ficar de pé, nem a tutela dos santos
nem as defesas dos anjos estão faltando. [V]
São Efraim, o sírio (+373)
Lembrem-se de mim, vós, herdeiros de Deus, irmãos de Cristo,
suplicai fervorosamente ao Salvador por mim, para que eu seja
liberto de Cristo daquele que luta contra mim dia após dia. [Vi]
Vós vitoriosos mártires que suportaram tormentos de bom grado
por amor a Deus e ao Salvador; vós que tendes ousadia de falar
para o próprio Senhor; santos, intercedam por nós que somos
homens tímidos e pecadores, cheios de indolência, para que a
graça de Cristo possa vir sobre nós e iluminar os corações de todos
nós para que possamos amá-lo. [vii]
Santo Atanásio, o Grande, Patriarca de Alexandria (+373)
Cristo se tornou homem para que homens pudessem se tornar
deuses [viii]
“Em uma de suas cartas, São Basílio [o Grande] explicitamente
escreve que aceita a intercessão dos apóstolos, profetas e mártires
e busca suas orações a Deus. (Carta 360) Então, falando sobre os
Quarenta Mártires, que sofreram o martírio por Cristo, ele enfatiza
que eles são amigos comuns da raça humana, fortes embaixadores
e colaboradores em fervorosas orações. (Capítulo 8)
Intercessão santa no cristianismo primitivo (cont.)
http://www.orthodoxinfo.com/inquirers/invocationofsaints.aspx
São Basílio, o Grande, de Cesaréia na Ásia Menor (+379)
“Nós te pedimos, ó santíssimos mártires, que alegremente
sofreram tormentos e morte por seu amor, e agora estão mais
familiarmente unidos a ele, que vocês intercedam a Deus por nós,
pecadores lentos e miseráveis, que Ele nos conceda a graça de
Cristo. , pelo qual podemos ser iluminados e capacitados a amá-lo
”. [xi]
São Cirilo de Jerusalém (+386)
“Comemoramos também aqueles que dormiram antes de nós,
primeiro, patriarcas, profetas, apóstolos, mártires, para que Deus,
por suas orações e intercessões, receba nossas petições.” [Xiv]
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla; b. Antioquia,
Síria (+407)
“Quando tu percebes que Deus está te castigando, não voe para
seus inimigos. . . mas aos Seus amigos, aos mártires, aos santos e
àqueles que lhe agradavam e que têm grande poder [parresiano,
“audácia de falar”]. [xxi]
São Gregório de Nissa na Baixa Armênia (+ 395-400)
“Esses homens então começaram a proclamar o milagre realizado
pelos mártires e reconheceram a bondade concedida por esses
companheiros soldados. Nós, que livre e ousadamente entramos no
paraíso, somos fortalecidos pela intercessão dos [mártires] por
meio de uma nobre confissão em nosso Senhor Jesus Cristo, a
quem seja glória para todo o sempre. Amém ". [Xvii]
São Jerônimo, b. Dalmácia, d. Palestina (+419)
“Se os Apóstolos e os Mártires, enquanto ainda no corpo, podem
orar pelos outros, numa época em que ainda devem estar ansiosos
por si mesmos, quanto mais depois de suas coroas, vitórias e
triunfos serem vencidos!
Um homem, Moisés, obtém do perdão de Deus por seiscentos mil
homens de armas; e Estevão, o imitador do Senhor e o primeiro
mártir de Cristo, pede perdão pelos seus perseguidores; e seu
poder será menor depois de ter começado a estar com Cristo? ”
Veneração dos Santos e Adoração de Deus.
http://www.goarch.org/en/ourfaith/articles/article8044.asp
“Na Igreja Ortodoxa, a adoração (latreia) dada a Deus é
completamente diferente da honra (tim) do amor (ágape) e do
respeito, ou mesmo da veneração (proskynesis),“ paga a todos
aqueles dotados com alguma dignidade ”(St. João Crisóstomo,
Hom. III, 40).
Os ortodoxos honram os santos para expressar seu amor e gratidão
a Deus, que “aperfeiçoou” os santos.Como São Simeão, o Novo
Teólogo, escreve: “Deus é o professor dos Profetas, o co-viajante
com os Apóstolos, o poder dos Mártires, a inspiração dos Padres e
Professores, a perfeição de todos os santos…”
Ao longo do cristianismo primitivo, os cristãos habitualmente se
encontravam nos lugares onde os mártires haviam morrido, para
construir igrejas em sua honra, venerar suas relíquias e lembranças
e apresentar seu exemplo para serem imitados por outros.
Informações interessantes sobre este assunto derivam do Martírio
de São Policarpo (cap. 17-18), segundo o qual os primeiros cristãos
reuniam reverentemente os resquícios dos santos e os honravam
“mais do que pedras preciosas”. Eles também se encontraram no
dia de sua morte para comemorar "seu novo aniversário, o dia em
que entraram em sua nova vida, no céu".
Até hoje, os ortodoxos têm mantido o costume litúrgico de se
reunir no dia da morte do santo, de construir igrejas honrando seus
nomes e de prestar especial respeito às suas relíquias e ícones. O
Sétimo Concílio Ecumênico (787 dC), resumindo essa prática da
Igreja, declara que “nós adoramos e respeitamos a Deus nosso
Senhor; e aqueles que foram genuínos servos de nosso Senhor
comum, honramos e ven- damos porque eles têm o poder de nos
fazer amigos de Deus, o Rei de todos ”.
As primeiras igrejas cristãs (do próprio século Ad) foram
construídas sobre os túmulos dos mártires e santos.No terceiro
século dC (ie 200-300 dC) as festas dos santos começaram a ser
observadas.
O que significa "oração aos santos"?
http://www.forthelife.org/a9.htm
I. O que significa "oração"? Geralmente, seis palavras gregas para
oração, traduzidas em diferentes versões, dividem-se em 5
categorias gerais:
uma. súplicas / intercessões, Tiago 5: 5 A oração de fé salvará os
enfermos. Eu sou. 5:25 Rogai por nós, 2 Coríntios. 9:14 oração em
nome dos coríntios, etc.
b. Suplicando, Lk. 1:13, 2:37 "jejum e oração noite e dia",
Rom. 10: 1 "desejo do coração"
Tiago 5: 6 oração fervorosa eficaz.
c. petições, pedidos / desejos Matt. 21:22 Peça em oração,
acreditando.
d. adoração, Mt 21:13 “casa de oração”, Atos 2:42 “continuando
nas orações e no partir do pão”, Atos 3: 1 “hora de oração no
templo”, I Cor. 7: 5 "jejum e oração"
A oração é APENAS PERGUNTA: Lucas 14:18 "Peço-te que me
desculpe", Atos 10:48 Cornélio orou a Pedro para tardar, Atos 16: 9
chamado macedônio "Orando a Paulo dizendo:" Vem! ", Atos 24: 4
. Paul para Felix: Eu peço que você nos dê uma breve audiência
”. O rei James traduz essa palavra com precisão. A maioria das
traduções modernas “fudge”, mas isso é tecnicamente
correto. "Ore" significa simplesmente "pedir" ou pedir algo de
alguém.
O que os cristãos ortodoxos querem dizer quando dizemos “Oração
aos santos”?
NÓS NÃO SIGNIFICAMOS ADORAÇÃO! “Orar aos santos” é apenas
pedir / pedir que intercedam por nós, orem por nós. ESTE É IDIOMA
BÍBLICO! MAS… se ofender, podemos usar linguagem não-bíblica e
apenas dizer que estamos pedindo aos santos por suas
orações. (Nós vamos lidar com o que é bíblico depois ...)
A hinologia da Igreja expressa nossa relação com os santos: Os
hinos sobre os santos quase sempre terminam com “Intercedamos
por nós a Cristo nosso Deus para salvar nossas almas”. Note que
nós não os adoramos, ou os igualamos a Cristo ou a Deus, mas
meramente pedimos que eles intercedam por nós A CRISTO, ou em
linguagem moderna, pedimos a eles que orem por nós assim como
pedimos a qualquer outro bom amigo cristão ou pastor rezar por
nós.
http://www.forthelife.org/a9.htm
Intercessão do Arcanjo Rafael
“Agora posso dizer que quando você, Tobias e Sara oraram, fui eu
que apresentei e li o registro de sua oração diante da Glória do
Senhor; e fiz a mesma coisa quando você enterrava os mortos.
Quando você não hesitou em se levantar e deixar o seu jantar para
enterrar os mortos,
Fui enviado para te colocar em teste. Ao mesmo tempo, porém,
Deus me encarregou de curar você e sua nora, Sarah.
Eu sou Rafael, um dos sete anjos que entram e servem diante da
Glória do Senhor. ”- Tobias 12: 12-15
Intercessão no Antigo Testamento.
O profeta Jeremias ora pelo povo de Israel (muitos anos depois de
ter morrido a morte física e ter partido da vida material):
O que ele viu foi isto: Onias, o ex-sumo sacerdote, um homem bom
e virtuoso, modesto na aparência, gentil nos costumes, distinto no
discurso e treinado desde a infância em toda prática virtuosa,
estava orando com braços estendidos para todo o povo judeu.
comunidade.
Então, da mesma forma, apareceu outro homem, distinto por seus
cabelos brancos e dignidade, e com um ar ao seu redor de
autoridade extraordinária e majestosa.
Onias então disse sobre ele: “Este é o profeta de Deus, Jeremias,
que ama seus irmãos e ora fervorosamente por seu povo e sua
cidade santa.” - 2 Macabeus 15: 12-14
Links
1) Intercessão e Comemoração dos Santos
http://www.coloradocopts.org/saints.html
“A Igreja Ortodoxa NÃO adora os santos. A adoração dos santos é
expressamente proibida pela Igreja.Entretanto, a intercessão aos
santos é praticada e encorajada pela Igreja Ortodoxa. Por quê?
Porque a morte física não é uma derrota para um cristão. É uma
passagem gloriosa para o céu. O cristão não deixa de fazer parte
da Igreja na morte. Deus me livre! Nem é deixado de lado, ocioso
até o dia do julgamento. "
2) Apologético sobre a crença ortodoxa na intercessão.
por HH Pope Shenouda III
(117º Papa de Alexandria e sucessor da sé de São Marcos)
http://groups.yahoo.com/group/SOCM-FORUM/message/8705
“Nossa Igreja acredita na intercessão da Virgem Maria, dos Anjos e
dos
Santos. Aqueles que não compartilham nossa visão sobre a
intercessão dos santos,
geralmente citar 1Jo 2: 1: “Temos um advogado com o Pai, Jesus
Cristo, o
justo". Eles também citam São Paulo: “Porque há um Deus e um
mediador
entre Deus e os homens, o homem Jesus Cristo. ”(1 Timóteo 2: 5)
Em apoio a este importante dogma, nossa igreja enfatiza o
seguinte:
Existe uma diferença importante e essencial entre a Advocacia de
nosso Senhor
e a dos santos: a defesa de Cristo é propiciatória ... ”
3) 6 de fevereiro de 2005
Oração aos Santos - Parte 3: O Estado dos Mortos
ORAÇÃO AOS SANTOS III
http://www.ourlifeinchrist.com/Program%20Notes/saints3_020605
.htm
“A consciência continua com o espírito após a morte do
corpo. "Bem-aventurados os mortos que morrem no Senhor ..."
(Apocalipse 14:13) A alma é a sede da consciência, a mente não é
algo à parte da alma, mas a sua parte mais pura, pois o que os
olhos são para o corpo tal é a mente para a alma. A alma que
pecar "morrerá", mas "morte" não é inconsciência ou aniquilação, é
um estado de estar em relação com Deus que é a vida.
http://www.goarch.org/en/ourfaith/articles/article8044.asp
http://www.forthelife.org/a9.htm
http://www.orthodoxinfo.com/inquirers/invocationofsaints.aspx
http://www.protomartyr.org/prayer.html
http://www.sfaturiortodoxe.ro/orthodox/orthodox_advices_hiero
monk_savatie_who_is_afraid_of_saints.htm
Este é o melhor link. Existem 4 artigos em sucessão. Por favor leia
isto:-
Oração aos Santos - Parte 1: O que é um santo?
http://www.ourlifeinchrist.com/Program%20Notes/saints1_012305
.htm
Oração aos santos - parte 2: por que intercessão?
http://www.ourlifeinchrist.com/Program%20Notes/saints2_013005
.htm
Oração aos Santos - Parte 3: O Estado dos Mortos
http://www.ourlifeinchrist.com/Program%20Notes/saints3_020605
.htm
Oração aos Santos - Parte 4: O Estado dos Mortos
http://www.ourlifeinchrist.com/Program%20Notes/saints4_021305
.htm