Sie sind auf Seite 1von 5

CESPE/ANAC/ANALISTA ADMINISTRATIVO ÁREA 1

1 Três séculos depois do descobrimento, o Brasil não


passava de cinco regiões distintas, que compartilhavam a
mesma língua, a mesma religião e, sobretudo, a aversão ou o
4 desprezo pelos naturais do reino, como definiu o historiador
Capistrano de Abreu.
Em 1808, os ventos começaram a mudar. A vinda
7 da Corte e a presença inédita de um soberano em terras
americanas motivaram novas esperanças entre a elite intelectual
luso-brasileira. Àquela altura, ninguém vislumbrava a ideia de
10 uma separação, mas se esperava ao menos que a metrópole
deixasse de ser tão centralizadora em suas políticas. Vã ilusão:
o império instalado no Rio de Janeiro simplesmente copiou
13 as principais estruturas administrativas de Portugal, o que
contribuiu para reforçar o lugar central da metrópole, agora na
América, não só em relação às demais capitanias do Brasil,
16 mas até ao próprio território europeu.
Lucia Bastos Pereira das Neves. Independência: o grito que não foi
ouvido. In: Revista
de História da Biblioteca Nacional, n.º 48, set./2009, p. 19-21 (com
adaptações).

Com referência às ideias e às estruturas linguísticas do texto acima, julgue os itens subsecutivos.

01. Na linha 1, feitas as necessárias adaptações, a expressão “Três séculos depois do descobrimento” poderia ser
deslocada para logo depois do nome “Brasil”, sem que houvesse prejuízo à correção gramatical do período. Nesse
caso, a referida expressão deveria ser isolada por vírgulas.

02. Os termos “Três” e “Vã” são acentuados em decorrência de igual justificativa gramatical.

03. No trecho “A vinda da Corte e a presença inédita de um soberano em terras americanas motivaram” (R.6-8), o
emprego da forma verbal no plural deve-se à presença do artigo “a” antes de “presença”, motivo pelo qual a
supressão desse artigo levaria o verbo para a forma singular, mantendo-se, assim, a correção gramatical do trecho.

04. Sem que houvesse prejuízo para a correção gramatical, os dois períodos que iniciam o segundo parágrafo
poderiam ser ligados pelo sinal de dois-pontos, da seguinte forma: (...) começaram a mudar: a vinda da Corte (...).

05. A supressão da vírgula logo depois de “América” (l.15) preservaria a correção gramatical e o sentido original do
texto.

06. A oração “que a metrópole deixasse de ser tão centralizadora em suas políticas” (l.10-11) exerce a função de
complemento direto da forma verbal “esperava” (l.10).

07. A autora defende a ideia de que as elites intelectuais, na chegada da Corte ao Brasil, estavam muito insatisfeitas
com a Corte portuguesa, razão pela qual defendiam veementemente a separação da colônia em relação à metrópole
portuguesa.

08. O texto em questão contém uma proposição e apresenta argumentos favoráveis à defesa de ponto de vista da
autora, conforme se verifica no desenvolvimento do segundo parágrafo.

09. A ocorrência de crase em “Àquela” (l.9) indica que esse elemento é regido pela preposição a.

1
Rua Mato Grosso 306/ Sl 101- Barro Preto- Belo Horizonte
(31) 2517-9850
10. Sem prejuízo para a correção gramatical do texto, a forma verbal “deixasse” (l.11) poderia ser substituída por
tivesse deixado.

Com base no Manual de Redação da Presidência da República, julgue os itens a seguir.

11. O seguinte trecho, devido à relação de concordância nele empregada, poderia compor o texto de um documento
oficial: “Vossa Excelência, Senhor Senador, foi convidada para a inauguração do evento”.

12. O vocativo que deve ser empregado em correspondência dirigida a um ministro de Estado é Senhor Ministro.

13. Nos expedientes oficiais, deve-se empregar fonte Times New Roman, nos tamanhos 12 no corpo do texto, 11 nas
citações e 10 nas notas de rodapé.

14. Todos os expedientes oficiais devem ser impressos somente em uma das faces do papel, dado o alto nível de
formalidade exigido nas correspondências oficiais.

15. A inversão sintática é uma das qualidades do texto oficial por garantir-lhe eloquência e formalidade,
características exigidas nas relações institucionais.

GABARITO
1C 3E 5E 7E 9C 11 E 13 E 15 E
2X 4C 6E 8C 10 C 12 C 14 E

|2
Você mais perto de ser servidor!
www.flaviarita.com
CESPE/BASA/TÉCNICO CIENTÍFICO - DIREITO
1 O crescimento de pouco mais de 16% no crédito para
2012, projetado pela Federação Brasileira de Bancos
(FEBRABAN), é um percentual “substancial e significativo”,
4 de acordo com o vice-presidente executivo da FEBRABAN,
que, durante seminário sobre inclusão bancária, destacou a
solidez do sistema bancário brasileiro em relação aos de outros
7 países. “O Brasil era o país do futebol. Hoje, é o país dos
bancos de primeira linha. Temos um sistema financeiro do qual
devemos ter orgulho”, disse. “Não fomos afetados pela crise e
10 por tudo de ruim que acontece lá fora”. O executivo disse ainda
que os bancos têm investido em tecnologia para crescer e
trabalhado para melhorar o atendimento à população e o
13 controle do endividamento. Em relação a esse ponto, afirmou
que a inadimplência deve parar de subir. “A expectativa é de
estabilização. Houve um crescimento, a gente espera que baixe,
16 porque não há nenhum sinal hoje de que a inadimplência vai
continuar crescendo. Ela tem tendências para baixar”, disse.
Internet: <veja.abril.com.br>.

Em relação às ideias e às estruturas linguísticas do texto acima, julgue os itens a seguir.

01. As expressões “o vice-presidente executivo da FEBRABAN” (l.4) e “O executivo” (l.10) têm o mesmo referente.

02. Seriam mantidos a correção gramatical do período e o seu sentido original, caso o termo “os bancos” (l.11) fosse
substituído pela expressão sistema bancário.

03. Mantendo-se a correção gramatical do período e o seu sentido original, a forma verbal “trabalhado” (l.12)
poderia ser substituída por trabalhar.

04. Os trechos “deve parar de subir” (l.14) e ‘tem tendências para baixar’ (l.17) são sinônimos contextuais, razão por
que poderiam ser intercambiados sem que houvesse alteração do sentido do texto.

05. Mantêm-se a correção gramatical do texto e suas informações originais ao se substituir o termo “percentual” (l.3)
por percentil.

06. O sujeito da forma verbal “destacou” (l.5), cujo referente é “o vice-presidente executivo da FEBRABAN” (l.4), é
indeterminado.

07. Prejudica-se a correção gramatical e alteram-se as informações originais do texto ao se substituir por dois-pontos
o ponto imediatamente após “subir” (l.14) e eliminar o termo “disse” (l.17) e a vírgula que o antecede.

08. Na linha 8, o emprego da preposição em ‘do qual’ é exigido pela presença da palavra ‘sistema’.

1 Entre os esforços empreendidos para ampliar e


melhorar o acesso da população aos serviços bancários, o
presidente do Banco Central do Brasil (BACEN) ressaltou que
4 a autoridade monetária prioriza três linhas de ação para
aperfeiçoar a inclusão financeira: a identificação da demanda
3
Rua Mato Grosso 306/ Sl 101- Barro Preto- Belo Horizonte
(31) 2517-9850
por serviços financeiros, o aprimoramento do marco
7 regulatório e a promoção da educação financeira com
transparência.
Ele destacou que, desde a década de 90 do século XX,
10 o BACEN vem atuando na expansão e fortalecimento dos
canais de acesso a serviços financeiros. Para isso, criou
instrumentos efetivos para melhor adequar os serviços
13 às populações de menor renda e garantir a qualidade na
provisão dos serviços financeiros. Ele enfatizou a importância
do correspondente bancário, que presta serviços bancários aos
16 municípios sem instituição financeira.
Além dos correspondentes, presentes nos 5.565
municípios do país, ele ressaltou também a atuação da
19 instituição no fortalecimento das cooperativas de crédito.
Na década passada, as cooperativas foram ampliadas de 2,6
mil
22 para 6,4 mil, e o número de cooperados aumentou de
1,5 milhão para 5,1 milhões.
Disse, ainda, que em 2000 existiam 19 mil
25 correspondentes bancários em operação no país, número que
saltou para 150 mil dez anos depois, em resposta ao esforço do
BACEN de levar serviços bancários às populações mais
desassistidas.
Internet: <www.brasil.gov.br>.

Com base no texto acima, julgue os próximos itens.

09. O emprego do sinal indicativo de crase em “às populações” (l.13) deve-se à presença da forma verbal “adequar”
(l.12) e do artigo feminino definido que precede o substantivo.

10. A omissão da vírgula empregada logo após “bancário” (l.15) manteria a correção gramatical e o sentido original
do texto.

11 Infere-se das informações do texto que o número de correspondentes bancários apenas triplicou na última
década.

12. A vírgula empregada logo após “6,4 mil” (l.21) justifica-se porque a oração subsequente tem sujeito próprio e
diferente daquele da oração anterior.

13. O trecho a seguir está gramaticalmente correto e poderia passar a compor o texto, sendo introduzido como seu
último parágrafo: O impulso dado a cooperativas, a correspondentes bancários e a diferentes canais de atendimento
fez que o número de pessoas com conta bancária aumentasse 31% nos últimos cinco anos, e hoje 121 milhões de
brasileiros (84% da população adulta do país) têm acesso a algum banco.

14. A vírgula logo após “financeiros” (l.6) justifica-se porque isola elementos de mesma função sintática
componentes de uma enumeração de itens.

O Banco da Amazônia S.A. acredita que o empreendedorismo consciente é a melhor opção para garantir os
melhores negócios e o bem-estar da população, atual e futura, razão pela qual esses negócios devem ser apoiados
com prioridade pelos serviços financeiros oferecidos por essa instituição financeira pública federal.
A concretização desse novo paradigma de desenvolvimento só será possível com práticas cotidianas de
responsabilidade social empresarial, o que leva a instituição a fundamentar suas ações não apenas no interesse de

|4
Você mais perto de ser servidor!
www.flaviarita.com
seus acionistas, mas também no das pessoas que formam a empresa, dos setores governamentais e não
governamentais, da comunidade onde atua, do meio ambiente, enfim, dos vários segmentos sociais.
Sustentabilidade. Internet: <www.basa.com.br> (com adaptações).

A respeito das características da redação oficial e do texto acima, julgue os seguintes itens.

15. Para que o texto em questão pudesse fazer parte de um aviso dirigido ao ministro do Meio Ambiente, cujo
assunto fosse “Novo paradigma de desenvolvimento sustentável do Banco da Amazônia: rumos a seguir”, deveria ser
encaminhado pelo ministro da Fazenda, representante máximo do órgão a que está vinculado o Banco da Amazônia
S.A., com o emprego do vocativo “Senhor Ministro”, seguido de vírgula.

16. Caso fosse reescrever o texto sob a forma de um memorando, o autor poderia alternar o primeiro parágrafo com
o segundo, trocando-os de lugar, sem que houvesse prejuízo para a coerência e a coesão textual.

17. Sabendo-se que concisão e correção gramatical são requisitos da correspondência oficial, estaria de acordo com
esses requisitos a seguinte reescritura do primeiro período do texto para compor uma correspondência oficial:
Acredita-se que o Banco da Amazônia S.A., ao garantir melhores negócios e o bem-estar da população, deve auxiliar
precipuamente os serviços financeiros, atual e futuramente, oferecidos por essa instituição financeira pública
federal.

Com referência aos requisitos da correspondência oficial, julgue os itens que se seguem.

18. Caso o presidente da República precisasse se ausentar do Brasil por mais de quinze dias, deveria expedir
mensagem ao Congresso Nacional com pedido de autorização para praticar tal ato.

19. Estaria correta a seguinte construção no corpo de um ofício que visasse oferecer a entidades privadas os serviços
da instituição bancária pública Banco da Amazônia S.A.: Alinhado com a sustentabilidade, o Banco da Amazônia S.A.
busca alternativas de negócios que utilizem tecnologias e suporte técnico com a finalidade de desenvolver a região,
para garantir recursos às gerações futuras.

20. É facultado o emprego do tratamento “digníssimo” nas comunicações oficiais dirigidas aos chefes de poder,
especialmente ao presidente da República, autoridade máxima da Federação.

GABARITO
1C 3E 5E 7E 9C 11 E 13 C 15 C 17 E 19 C
2E 4E 6E 8E 10 E 12 C 14 C 16 E 18 C 20 E

5
Rua Mato Grosso 306/ Sl 101- Barro Preto- Belo Horizonte
(31) 2517-9850