Sie sind auf Seite 1von 7

IDENTIFICAÇÃO VERSÃO FOLHA (Nº/DE)

NORMA GP 085 02 1/4


TÍTULO

INCORPORAÇÃO ADMINISTRATIVA DE GRATIFICAÇÃO DE FUNÇÃO DE


CONFIANÇA – GFC
REFERÊNCIAS

TEMA: Gestão de Pessoas


PALAVRAS-CHAVE: função de confiança, gratificação de função de confiança, GFC,
incorporação administrativa
ANEXOS

1 – Relação dos Eventos Suspensivos da Contagem de Tempo


2 – Termo de Solicitação de Incorporação Administrativa de GFC
3 – Termo de Aceite de Incorporação Administrativa de GFC
PROCESSO

PGP – Visão Geral – Processo de Gestão de Pessoas


CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO GRAU DE SIGILO

010 Ostensivo
VIGÊNCIA

INÍCIO: 20/07/2017 FIM:

1.0 FINALIDADE

Regulamentar e estabelecer critérios para a incorporação administrativa de


Gratificação de Função de Confiança – GFC à remuneração de empregados
que tenham sido destituídos por iniciativa exclusiva da empresa.

2.0 ÂMBITO DE APLICAÇÃO

Toda os órgãos da Empresa.

3.0 DEFINIÇÕES

Para efeitos desta Norma, entende-se por:

a) Gratificação de Função de Confiança – GFC: gratificação atribuída


aos empregados formalmente designados para o exercício de Função de
Confiança de natureza gerencial, de assessoramento ou de supervisão;

b) Incorporação: ação de tornar definitivo o pagamento de parcela


salarial condicionada; e

CANCELA A NORMA VERSÃO APROVAÇÃO DATA

GP 085 01 Jorge Benjamin de Azevedo 20/07/2017


Superintendente de Gestão de Pessoas – SUPGP
Documento assinado com certificado digital em conformidade com a Medida Provisória nº 2200-2/2001. Sua
autenticidade pode ser confirmada no endereço <http://www.serpro.gov.br/assinador-digital>.
IDENTIFICAÇÃO VERSÃO FOLHA (Nº/DE)

NORMA GP 085 02 2/4


TÍTULO

INCORPORAÇÃO ADMINISTRATIVA DE GRATIFICAÇÃO DE FUNÇÃO DE


CONFIANÇA – GFC
c) Destituição: ato de destituir empregado do exercício de Função de
Confiança de natureza gerencial, de assessoramento ou de supervisão.

4.0 DETERMINAÇÕES

4.1 Terá direito a incorporação administrativa de Gratificação de Função de


Confiança – GFC o empregado que completar 120 (cento e vinte) meses de
exercício de função de confiança e for destituído pela empresa sem justo
motivo.

4.1.1 Excepcionalmente, será tolerado o período de até 180 (cento e oitenta)


dias para o alcance dos 120 (cento e vinte) meses previstos no item 4.1.

4.1.2 A contagem de tempo para o alcance dos 120 (cento e vinte) meses
não considerará os eventos constantes do Anexo 1 – Relação dos Eventos
Suspensivos da Contagem de Tempo.

4.1.3 Para a comprovação do período de exercício da função de confiança


serão consideradas aquelas exercidas pelo empregado, independentemente
da função de confiança exercida, desde que constante dos grupos II a VI da
Tabela de Gratificação de Função de Confiança – GFC.

4.1.4 Não terá direito à incorporação administrativa de Gratificação de


Função de Confiança – GFC o empregado que:

a) for destituído a pedido;

b) solicitar a incorporação administrativa de GFC após decorridos 5


(cinco) anos da data da destituição da função gerencial;

c) receber gratificação de função paga pelo órgão requisitante, no caso


de encontrar-se cedido; e

d) ocupar funções de confiança em substituição à chefia titular quando


dos afastamentos, sendo destituído ao final das substituições.

CANCELA A NORMA VERSÃO APROVAÇÃO DATA

GP 085 01 Jorge Benjamin de Azevedo 20/07/2017


Superintendente de Gestão de Pessoas – SUPGP
Documento assinado com certificado digital em conformidade com a Medida Provisória nº 2200-2/2001. Sua
autenticidade pode ser confirmada no endereço <http://www.serpro.gov.br/assinador-digital>.
IDENTIFICAÇÃO VERSÃO FOLHA (Nº/DE)

NORMA GP 085 02 3/4


TÍTULO

INCORPORAÇÃO ADMINISTRATIVA DE GRATIFICAÇÃO DE FUNÇÃO DE


CONFIANÇA – GFC
4.2 O valor a ser incorporado será calculado pela média ponderada dos
valores das Gratificações de Função de Confiança (GFC) recebidas pelo
empregado nos 120 (cento e vinte) meses de exercício da função de
confiança anteriores à sua destituição, conforme fórmula apresentada
abaixo:

VI = (P1 x NF1) + (P2 x NF2) + … + (Pn x NFn)


(120 meses – Z)
onde:

VI = valor incorporado
P1 = primeiro período na função (dias)
NF1 = nível de GFC correspondente aos dias na função
P2 = segundo período na função (dias)
NF2 = nível de GFC correspondente aos dias na função
Pn = quantidade de dias por nível de função
NFn = níveis de GFC observado no período de 120 meses de efetivo
exercício da função de confiança anteriores a data de destituição*
Z = período de tolerância, limitado a 180 dias

* Deduzindo os valores já recebidos devido às incorporações administrativas


ou judiciais anteriores.

4.2.1 Para fins de cálculo da média ponderada serão utilizados os valores


atuais referentes aos níveis de GFC praticados no período.

4.3 O empregado interessado na incorporação administrativa de GFC deverá


solicitá-la por meio do preenchimento do Termo constante do Anexo 2 –
Termo de Solicitação de Incorporação Administrativa de GFC, com posterior
envio ao Órgão local de Gestão de Pessoas.

4.4 O empregado fará jus ao recebimento do valor da incorporação


administrativa de GFC a partir da solicitação formal, desde que cumpridos
todos os requisitos constantes desta Norma, compensados os valores
percebidos a título de gratificações técnicas (FCT / GFE / FCA) no mesmo
período.

CANCELA A NORMA VERSÃO APROVAÇÃO DATA

GP 085 01 Jorge Benjamin de Azevedo 20/07/2017


Superintendente de Gestão de Pessoas – SUPGP
Documento assinado com certificado digital em conformidade com a Medida Provisória nº 2200-2/2001. Sua
autenticidade pode ser confirmada no endereço <http://www.serpro.gov.br/assinador-digital>.
IDENTIFICAÇÃO VERSÃO FOLHA (Nº/DE)

NORMA GP 085 02 4/4


TÍTULO

INCORPORAÇÃO ADMINISTRATIVA DE GRATIFICAÇÃO DE FUNÇÃO DE


CONFIANÇA – GFC
4.5 Para efetivação da incorporação administrativa de GFC o empregado
deverá preencher e assinar o Termo constante do Anexo 3 – Termo de Aceite
de Incorporação Administrativa de GFC.

4.6 Caso o empregado obtenha a incorporação administrativa de GFC de que


trata esta Norma e, posteriormente, a qualquer momento, venha a ser
designado para exercer novamente uma função de confiança, fará jus ao
recebimento do valor referente à nova gratificação subtraído do valor
referente à incorporação já adquirida, quando o mesmo for positivo.

4.7 Caso o empregado obtenha a incorporação de GFC de que trata esta


Norma e, posteriormente, a qualquer momento, venha a ser designado para
exercer novamente uma função de confiança cujo valor seja inferior ao valor
incorporado, fará jus ao recebimento do valor referente à incorporação.

4.8 O empregado que receber Gratificação de Função de Confiança – GFC


incorporada por decisão administrativa ou judicial, quando designado
novamente para o exercício de Função de Confiança, somente fará jus ao
recebimento da diferença entre o valor descrito na Tabela de Gratificação de
Função de Confiança vigente à época da designação e o valor total
incorporado, quando o mesmo for positivo.

5.0 DISPOSIÇÃO FINAL

Os casos omissos e excepcionais serão solucionados pela Superintendência


de Gestão de Pessoas – SUPGP.

CANCELA A NORMA VERSÃO APROVAÇÃO DATA

GP 085 01 Jorge Benjamin de Azevedo 20/07/2017


Superintendente de Gestão de Pessoas – SUPGP
Documento assinado com certificado digital em conformidade com a Medida Provisória nº 2200-2/2001. Sua
autenticidade pode ser confirmada no endereço <http://www.serpro.gov.br/assinador-digital>.
NÚMERO TIPO DOC. IDENTIFICAÇÃO VERSÃO FOLHA (Nº / DE)
ANEXO 1 NORMA GP 085 02 1/1
TÍTULO

RELAÇÃO DOS EVENTOS SUSPENSIVOS DA CONTAGEM DE TEMPO

RELAÇÃO DOS EVENTOS SUSPENSIVOS DA CONTAGEM DE TEMPO

• Licença para tratamento de saúde após 15 dias, em conformidade com a


Lei Nº 8.213, de 24 de julho de 1991;
• Licença para tratamento de saúde após 30 dias, para licenças no período
entre 01/03/2015 e 30/06/2015, em conformidade com a Medida
Provisória Nº 664, de 30 de dezembro de 2014;
• Licença maternidade e sua prorrogação / licença adoção;
• Licença por acidente no trabalho;
• Exercício de mandato diretivo no SERPRO; e
• Exercício de mandato diretivo no SERPROS.

Documento assinado com certificado digital em conformidade com a Medida Provisória Nº 2200-2/2001. Sua
autenticidade pode ser confirmada no endereço <http://www.serpro.gov.br/assinador-digital>.
NÚMERO TIPO DOC. IDENTIFICAÇÃO VERSÃO FOLHA (Nº / DE)
ANEXO 2 NORMA GP 085 02 1/1
TÍTULO

TERMO DE SOLICITAÇÃO DE INCORPORAÇÃO ADMINISTRATIVA DE GFC

TERMO DE SOLICITAÇÃO DE INCORPORAÇÃO ADMINISTRATIVA DE GFC

Eu, __________________________________________________________________, CPF nº


______________________ e matrícula funcional nº ____________________, venho
solicitar a incorporação administrativa de Gratificação de Função de Confiança
(GFC) em razão da minha destituição da função, ocorrida em
______/________/___________.

Declaro estar ciente da necessidade de cumprimento de todos os requisitos


estabelecidos no normativo que regulamenta o tema para que a incorporação
administrativa seja efetivada.

_______________________________________________(Assinatura)
Nome

___________________(Localidade), ______ de____________________de___________.

Documento assinado com certificado digital em conformidade com a Medida Provisória Nº 2200-2/2001. Sua
autenticidade pode ser confirmada no endereço <http://www.serpro.gov.br/assinador-digital>.
NÚMERO TIPO DOC. IDENTIFICAÇÃO VERSÃO FOLHA (Nº / DE)
ANEXO 3 NORMA GP 085 02 1/1
TÍTULO

TERMO DE ACEITE DE INCORPORAÇÃO ADMINISTRATIVA DE GFC

TERMO DE ACEITE DE INCORPORAÇÃO ADMINISTRATIVA DE GFC

Eu, __________________________________________________________________, CPF nº


______________________ e matrícula funcional nº ____________________, declaro
concordar com a incorporação administrativa de Gratificação de Função de
Confiança – GFC no valor mensal de R$
______________________________________________.

Declaro, ainda, concordar com a compensação dos valores percebidos a título


de gratificação técnica (FCT, FCA e GFE) e de gratificação gerencial (GFC) a que
se refere o item 4.4 da Norma.

_______________________________________________(Assinatura)
Nome

___________________(Localidade), ______ de____________________de___________.

Documento assinado com certificado digital em conformidade com a Medida Provisória Nº 2200-2/2001. Sua
autenticidade pode ser confirmada no endereço <http://www.serpro.gov.br/assinador-digital>.