Sie sind auf Seite 1von 24

PROCESSOS QUÍMICOS

INDUSTRIAIS

Profa. Patrícia Mesquita


Introdução
PRODUTO
Matéria Prima

PROCESSO

Operações Unitárias Conversões Químicas


Conjunto de reações
Transformações físicas químicas aplicadas ao
processamento industrial
CARACTERÍSTICAS DAS CONVERSÕES
QUÍMICAS PARA A FABRICAÇÃO DE
PRODUTOS QUÍMICOS

aspectos unitários

numerosas reações químicas individuais

variações químicas

de energia

de pressão

de tempo de reação

de equilíbrio

de matérias-primas
CARACTERÍSTICAS DAS CONVERSÕES
QUÍMICAS PARA A FABRICAÇÃO DE
PRODUTOS QUÍMICOS


dados químicos fundamentais para a
viabilização econômica de um processo


Rendimentos

Conversões

Velocidade (cinética)

Balanços de massa

Balanços de energia
TIPOS DE PROCESSO


Contínuos


Descontínuos (a batelada)


Semi-contínuos
TIPOS DE PROCESSO


Contínuos


tendência favorável

processos em grande escala

máximo controle

correção automática de afastamentos
TIPOS DE PROCESSO


Em bateladas


produção pequena

razões de segurança (operação com pequenas
quantidades – p.e: explosivos)

cinética ótima para reações lentas

controle mais fácil
TIPOS DE PROCESSO


Mudança para o contínuo


início, mediante operações descontínuas

ampliação do mercado => processamento
contínuo

redução no custo da fabricação, por unidade
de produção => fator da mudança
SELEÇÃO DO PROCESSO QUÍMICO,
PROJETO E OPERAÇÃO


projeto inicial adequado e flexível

Plantas-piloto:
- laboratório -------------------------- escala industrial
- economia de tempo e dinheiro
- equipamento feito com o mesmo material que o da
planta industrial
- investigações sobre a melhoria do processo
“cometer erros em pequena escala para fazer lucros em
grande escala”
SELEÇÃO DO PROCESSO QUÍMICO,
PROJETO E OPERAÇÃO


Equipamentos

- custo/benefício
- eficiência
- manutenção preventiva e corretiva
- mão-de-obra capacitada
- operação ótima nas condições de processo
SELEÇÃO DO PROCESSO QUÍMICO,
PROJETO E OPERAÇÃO


CORROSÃO E MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
- materiais capazes de resistir à corrosão e opor-se
aos efeitos de temperaturas e pressões elevadas
- materiais resistentes à corrosão: aço recoberto por
borracha, carvão aglutinado por resina e tântalo,
para resistir ao ácido clorídrico; aço inoxidável, para
resistir à ação do ácido nítrico aquoso e dos ácidos
orgânicos, mesmo sob pressão. Diversos polímeros
orgânicos, resinas e plásticos tornaram-se materiais
importantes para combater a corrosão.
SELEÇÃO DO PROCESSO QUÍMICO,
PROJETO E OPERAÇÃO


CORROSÃO E MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
- mais comuns (tijolo, ferro, cimento e madeira)
- mais raros (platina, tântalo e prata)

Fig 1 - Ilustração de diferentes tipos de corrosão:


corrosão em tubo, corrosão em válvula, corrosão
atmosférica de estátua, corrosão em concreto.
SELEÇÃO DO PROCESSO QUÍMICO,
PROJETO E OPERAÇÃO

CONTROLE E INSTRUMENTAÇÃO DOS
PROCESSOS INDUSTRIAIS

processamento de dados e os instrumentos de
computação estão assumindo a predominância sobre o
controle de sistemas de processamento químico
complexo na indústria química pesada, na da borracha
ou de petróleo.

ferramentas confiáveis para controlar e manter as
condições operacionais desejáveis

instrumentação indicadora, registradora e controladora
das variáveis de processo

em muitas usinas, as despesas com instrumentos
atingem 15% da despesa total da instalação
SELEÇÃO DO PROCESSO QUÍMICO,
PROJETO E OPERAÇÃO

CONTROLE E INSTRUMENTAÇÃO DOS
PROCESSOS INDUSTRIAIS

Informação instantânea (instrumentos indicadores)
− para a temperatura, termômetro de mercúrio e
termopares
− para a medição de massa, as balanças convencionais
− para a de pressão, os manômetros.

Fig 2 - Ilustração de termopares: indicação de


temperatura
SELEÇÃO DO PROCESSO QUÍMICO,
PROJETO E OPERAÇÃO


CONTROLE E INSTRUMENTAÇÃO DOS
PROCESSOS INDUSTRIAIS


Registros contínuos (registradores)
− registrar a temperatura, a pressão, a massa, a
viscosidade, a vazão de fluidos, a percentagem de
compostos e muitos outros dados físicos e químicos.
SELEÇÃO DO PROCESSO QUÍMICO,
PROJETO E OPERAÇÃO


CONTROLE E INSTRUMENTAÇÃO DOS
PROCESSOS INDUSTRIAIS


Automação integral ou controle por computador
− instrumentos especiais para a manutenção de uma
certa pressão, ou temperatura, ou pH, ou vazão do
material => maior complexidade.
SELEÇÃO DO PROCESSO QUÍMICO,
PROJETO E OPERAÇÃO


CONTROLE E INSTRUMENTAÇÃO DOS
PROCESSOS INDUSTRIAIS


Controle químico (função tripla):
− Análise das matérias-primas afluentes;
− Análise dos produtos da reação durante a
manufatura, isto é, controle do processo;
− Análise dos produtos acabados efluentes.
ECONOMIA DOS PROCESSOS QUÍMICOS


Escolha dos processos: custos e lucros


Existem muitos processos técnicos de fabricação, por
exemplo, do fenol, dois para o ácido sulfúrico, três para
o etanol e muitos para o ácido acético. A escolha de um
deles, entre os diversos é uma decisão prática, muitas
vezes baseada na experiência e custos.
ECONOMIA DOS PROCESSOS QUÍMICOS

Escolha dos processos: custos e lucros

BALANÇOS DE MASSA
− rendimentos e conversões
− materiais e quantidades => fluxogramas


ENERGIA
− conversões químicas => modificações na energia
química
− operações unitárias => modificações físicas de
energia ou de posição (fluxo de calor, escoamento de
fluidos, separação de fases)
− gastos gerais com energia (p.e., transporte de
matérias-primas)
ECONOMIA DOS PROCESSOS QUÍMICOS

Escolha dos processos: custos e lucros

MÃO-DE-OBRA
− controle otimizado
− economia de mão-de-obra

CUSTO GLOBAL
− estimativa
− composição de balanço de material, custo da matéria-
prima e estimativa da mão-de-obra
− Erros comuns: sub-estimativa das despesas gerais,
das despesas de vendas e dos serviços de venda, e
do desprezo do significativo capital necessário para
financiar as operações, incluindo matérias-primas e
os produtos acabados.
ECONOMIA DOS PROCESSOS QUÍMICOS

Escolha dos processos: custos e lucros


AVALIAÇÃO DO MERCADO

− Lançamento do produto

− Pureza e uniformidade do produto (p.e.: técnicas


nucleares e produtos farmacêuticos)

Redução dos subprodutos (redução de custos)

− Estado físico dos produtos (estrutura cristalina,


granulação, cor de sólidos e líquidos) =>
comerciabilidade
ECONOMIA DOS PROCESSOS QUÍMICOS

Escolha dos processos: custos e lucros


AVALIAÇÃO DO MERCADO

− Armazenamento:

mais econômicos: transporte grosso, reutilizáveis
(carros-tanque, vagões ferroviários, navios-tanque,
dutos - para o transporte de petróleo, de ácidos, de
salmoura e de muitos outros líquidos)

− Vendas e serviços de venda



previsão econômica

tendências do mercado
LOCALIZAÇÃO DA FÁBRICA


Matérias-primas

Transporte

Mercados

Energia

Água

Disponibilidade de mão-de-obra eficiente

Custo do terreno

Descarte dos rejeitos

Incentivos fiscais
SEGURANÇA


prevenção de sinistros

natureza de reagentes e produtos

reações químicas do processo

fogo => precauções para seu impedimento ou combate

proteção dos funcionários (substâncias químicas tóxicas
ou exposição a condições insalubres)

familiaridade com substâncias químicas => descuidos e
falta de cuidado