Sie sind auf Seite 1von 9

CLASSE NOVA CRIATURA

MÓDULO 8

TSD III
LOUVOR

Prs. Marco & Jane Amorim


Av. Senador Salgado filho, 3207 – Bairro Uberaba – Curitiba/PR
novacriatura.mpv@gmail.com

1
MINISTÉRIO PÃO DA VIDA
CLASSE NOVA CRIATURA.

LIÇÃO 8: TSD III - LOUVOR

“Louvar-te-ei, Senhor, de todo o meu coração; contarei tuas maravilhas . Alegrar-me-ei em ti; ao
teu nome, ó Altíssimo, eu cantarei louvores”. Salmos 9:1-2.

INTRODUÇÃO:

Antes de você conhecer o evangelho de Cristo, é provável que tenha questionado por
diversas vezes: “Como podem os crentes permanecer tanto tempo na igreja cantando e
declarando a Deus palavras de gratidão exaltação e honra? O que poderia motivá-los a isso? É
possível alguém conhecer e ter tanta intimidade com o Ser divino, a ponto de declarar-lhe
palavras elogiosas a respeito de sua natureza e de suas obras?”

Hoje, certamente sua visão sobre Deus é bem diferente; você não só sente sua
maravilhosa presença, mas usufrui de suas bênçãos e inteira proteção. Hoje, seu questionamento
é bem diferente dos tempos em que você não conhecia a Deus. Agora você se pergunta: Como
posso expressar minha gratidão ao Senhor por tudo que Ele tem feito por mim? Onde e como
posso adorá-lo?

I. O QUE É LOUVAR?

1. Definição. De modo abrangente, louvar significa magnificar, honrar, glorificar oferecer ações de
graças, elogiar, adorar, aclamar. O ato de louvor implica a mais íntima comunhão com Aquele que
está sendo louvado. Em sua essência, o louvor significa voluntariedade de espírito em adorar e
servir ao Supremo Deus.

2. Louvar a Deus é regozijar-se em suas obras. Deus se compraz e se deleita em suas obras
criadas:

“A glória do Senhor durará para sempre; o Senhor se alegrará nas suas obras. Salmos 104:31.”

“A glória do Senhor durará para sempre; o Senhor se alegrará nas suas obras. Regozijando-me
no seu mundo habitável e enchendo-me de prazer com os filhos dos homens.” Provérbios
8:30,31.

Leia em casa Gênesis 1.

E toda a criação, incluindo os anjos, expressam sua alegria por meio do louvor:

“Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência. Quem lhe pôs
as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel? Sobre que estão fundadas
as suas bases, ou quem assentou a sua pedra de esquina, Quando as estrelas da alva juntas
alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus jubilavam?” Jó 38:4-7.
2
“E havia diante do trono um como mar de vidro, semelhante ao cristal. E no meio do trono, e ao
redor do trono, quatro animais cheios de olhos, por diante e por detrás. E o primeiro animal era
semelhante a um leão, e o segundo animal semelhante a um bezerro, e tinha o terceiro animal o
rosto como de homem, e o quarto animal era semelhante a uma águia voando. E os quatro
animais tinham, cada um de per si, seis asas, e ao redor, e por dentro, estavam cheios de olhos;
e não descansam nem de dia nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus, o
Todo-Poderoso, que era, e que é, e que há de vir. E, quando os animais davam glória, e honra, e
ações de graças ao que estava assentado sobre o trono, ao que vive para todo o sempre. Os
vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, e adoravam
o que vive para todo o sempre; e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo: Digno és,
Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade
são e foram criadas.” Apocalipse 4:6-11.

O homem foi igualmente criado para regozijar-se nas obras de Deus:

“Farta-nos de madrugada com a tua benignidade, para que nos regozijemos, e nos alegremos
todos os nossos dias. Alegra-nos pelos dias em que nos afligiste, e pelos anos em que vimos o
mal. Apareça a tua obra aos teus servos, e a tua glória sobre seus filhos. E seja sobre nós a
formosura do Senhor nosso Deus, e confirma sobre nós a obra das nossas mãos; sim, confirma a
obra das nossas mãos.” Salmos 90:14-17.

O autêntico louvor brota de um coração contrito, cheio de gratidão e devoção ao Todo-


Poderoso. Através do louvor o homem declara a natureza, os atributos e as obras de Deus.
Quando ele sente e reconhece a majestade do Altíssimo, profere palavras que expressam a
grandeza, a perfeição e a soberania de Deus.

3. Louvar a Deus é muito mais que simplesmente agradecê-lo. Como podemos engrandecer
a Deus diante das mais diversas circunstâncias? Como podemos realmente manter um louvor
constante? Louvar a Deus é mais elevado do que apenas verbalizar expressões de adoração,
declarando ou reconhecendo as bênçãos concedidas por Ele.

A palavra “louvar” não pode ser confundida com ações de graças. Alguém pode dizer:
“Senhor, eu te louvo por nossa nova casa, nosso carro e todos os demais bens; louvo-te pela
minha conta bancária”etc. Na verdade essas expressões indicam apenas gratidão, e não o
verdadeiro louvor. Embora o agradecimento seja um aspecto importante de nosso processo de
amadurecimento para o louvor pleno, não podemos perder de vista o verdadeiro âmago do louvor
– o próprio Deus. Devemos louvar ao Senhor pelo que Ele é, e não pelo que Ele faz e pode fazer
por nós.

Abra a sua Bíblia em Salmos 9: 1-2 e complete o texto bíblico:

Eu te louvarei Senhor, de todo o meu________________________; contarei todas as tuas


_________________________.

Em ti me _______________________e _______________________________ de prazer;


cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo.

4. Louvar a Deus é esquecer-se de si mesmo. Quando louvamos a Deus, devemos nos


esquecer de nós mesmos, de nossas necessidades e até das respostas que já recebemos. É
3
necessário que nos concentremos somente em Deus, nas suas qualidades eternas, que não
mudam: seu poder, sua fidelidade, seu amor, e todos os outros atributos que fazem parte de seu
ser. No genuíno louvor, nossa atitude não é tanto de estar pronto a receber, mas de dar: nos
oferecermos a nós mesmos.

II. POR QUE LOUVAR A DEUS

1. Porque Ele é digno. Ser digno significa “merecer”, ter direito. A Bíblia ensina, claramente, que
o senhor tem o direito ao primeiro lugar em nossas vidas e corações. É inconcebível ao homem
adorar uma pedra, uma peça de madeira esculpida, uma ideologia bem arranjada ou mesmo um
anjo poderoso. A Bíblia fala de pessoas que acreditavam em Deus mas queriam adorar algumas
coisas que pudessem ver ou imaginar em suas mentes. O Senhor, nosso Deus, é único e
absoluto. Somente Ele é digno do nosso amor, serviço e adoração. É por estas e outras razões
que o salmista nos convida a celebramos ao Senhor:

“CELEBRAI com júbilo ao Senhor, todas as terras. Servi ao Senhor com alegria; e entrai diante
dele com canto. Servi ao Senhor com alegria; e entrai diante dele com canto. Sabei que o Senhor
é Deus; foi ele que nos fez, e não nós a nós mesmos; somos povo seu e ovelhas do seu pasto.
Entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; louvai-o, e bendizei o seu
nome.” Salmos 100:1-4.

2. Porque fomos criados para louvá-lo. A Bíblia afirma que o ser humano foi criado para adorar:

“A todos os que são chamados pelo meu nome, e os que criei para a minha glória: eu os formei, e
também eu os fiz.” Isaías 43:7.

Sua natureza o convida incessantemente a tributar honra ao ser supremo. Ou o homem se


ocupará em louvar a Deus pelo que Ele é e faz por si só, bem como pelas suas qualidades
eternas, ou então irá dirigir sua devoção a outro lugar. Mas quando o homem reconhece a Deus
nos seus caminhos, nada pode deter o louvor que emana do seu interior.

III. AS BÊNÇÃOS PROVENIENTES DO LOUVOR

1. O louvor opera maravilhas. Muitos crentes dos dias atuais descobrem o segredo aprendido
pelo povo de Deus há longo tempo. Quando o rei Josafá ordenou que os cantores louvassem a
majestade santa do Senhor e que saíssem a frente do exército dizendo: “Louvai ao Senhor
porque a sua benignidade dura para sempre.” (II Crônicas 20:21), o Senhor mandou emboscadas
contra os inimigos e derrotou-os. Sim, o louvor trás vitórias, com a bênção de Deus, ainda nos
dias de hoje.

Deus nos abençoará após o havermos louvado. Não apenas quando tudo vai bem. Nem
tampouco quando estamos nos sentindo bem de saúde física e espiritual. Não apenas quando

4
nossas contas estão pagas ou temos uma boa soma na poupança. Mas exatamente em meio às
adversidades – esta é a hora me que devemos bendizê-lo. Então Deus nos abençoará.

2. O louvor traz resposta divina. O Salmo 22:3 assegura-nos que o Senhor “habita entre os
louvores” do seu povo, isto é, está entre aqueles que o louvam. Muitas vezes descobrimos que o
louvor traz a presença de Deus aos nossos corações de uma maneira abençoada. Quando a
tristeza sobrevém, cânticos de louvor a dispersarão. O famoso evangelista inglês, Smith
Wigglesworth, costumava dizer: “Se a segunda-feira amanhecer escura, permaneça por mais
cinco minutos na cama pra louvar ao Senhor.” Temos inúmeras razões par louvar ao Senhor.
Podemos agradecer-lhe as bênçãos naturais, a vida, a saúde, a força e até a capacidade de
trabalhar. Devemos agradecer ao Senhor o alimento que comemos. Jesus nos ofereceu o
exemplo, dando graças antes de comer. Milhões de pessoas dormem e amanhecem famintas,
mas nós pela graça de Deus temos tido condições de nos alimentar todos os dias. Devemos
agradecer as bênçãos espirituais. O milagre da salvação por exemplo. Pense na vida eterna, livre
do pecado e do inferno. No batismo com o Espírito Santo e no abençoado refrigério que vem do
senhor para as nossas almas.

3.O louvor nos sintoniza com os céus. Quando louvamos ao Senhor, estamos na verdade em
sintonia com a linguagem celestial. Os céus estão plenos de louvor. Apocalipse 4 fala-nos dos
quatro seres viventes e dos vinte e quatro anciãos prostrados diante daquele que se encontra no
trono, dando glória e ação de graça, adorando o Eterno.

Apocalipse 5 fala-nos de uma multidão de anjos, de “milhões e milhares de milhares”,


louvando o Cordeiro. Apocalipse 7 conta-nos de uma grande multidão, adorando o Senhor em alta
voz. Aqueles que se encontram aqui incomodados com o barulho que fazem os crentes louvando
ao senhor, terão de adaptar-se quando forem para os céus. Lá, o barulho será como a “voz de
numerosa multidão, como de muitas águas, e como de trovões, dizendo: “Aleluia”. E é dessa
maneira que devemos adorar ao Senhor em nossos cultos:

“E ouvi como que a voz de uma grande multidão, e como que a voz de muitas águas, e como que
a voz de grandes trovões, que dizia: Aleluia! pois já o Senhor Deus Todo-Poderoso reina.”
Apocalipse 19:6.

IV. O LOUVOR NO SEU TSD

A Palavra nos exorta a louvarmos a Deus “em todo o tempo”, “continuamente” (Leia em
casa o Salmos 34:1-3).

Entretanto, em nosso TSD, devemos separar um tempo para louvarmos e adorarmos ao


Senhor. O louvor é uma oferta espiritual: “sacrifício de louvor” (Hebreus 13:15).

Podemos louvar a Deus no TSD das seguintes formas:

1) Com cânticos conhecidos ou expontâneos.


2) Com declarações de amor e exaltação.
3) Utilizando músicas gravadas num CD, desde que as cantemos junto (ouvir louvores não
substitui louvar).
4) Lendo salmos de adoração do livro de Salmos.
5
AMADO ALUNO, RELEIA A LIÇÃO EM CASA, LENDO OES VERSÍCULOS EM SUA BÍBLIA!

Bibliografia:

Texto Bíblico Almeida Corrigida, Fiel (ACF), 1994 – Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil.
http://www.biblias.com.br/

Compilado e adaptado da revista “Discipulado – Novos Convertidos – Aluno 2 - Lição 9: O


Discípulo e o Louvor.”

Livros recomendados relativos ao assunto:

“Conhecendo as Doutrinas da Bíblia” – Myer Pearlman; Editora Vida.

“O Louvor que Liberta” - Merlin Carothers - Editora Betânia

Muito Interessante:

http://www.santageracao.com.br/sgwp/2009/11/237/

6
Discipulado

1. A Adoração não é um passatempo, nem uma atitude de louvor irrefletida (Romanos 12:1),
mas sim, é a expressão sacrificial de nosso ser a Deus; isso implica uma oferta completa de
nosso afeto, bens e de todo o nosso trabalho. Nosso espírito só poderá entrar na dimensão do
louvor quando estivermos dispostos a oferecer o nosso melhor para Deus.
2. Louvar a Deus é o segredo para se acrescentarem bênçãos a nossa vida. Portanto, tenha
como norma básica em sua vida os seguintes versículos: “Alegrem-se e regozijem-se as nações,
pois julgarás os povos com equidade, e governarás as nações sobre a terra. Louvem-te a ti, ó
Deus, os povos; louvem-te os povos todos. Então a terra dará o seu fruto; e Deus, o nosso Deus,
nos abençoará.” (Salmos 67:4-6).
3. Durante os cultos da Igreja, deixe de lado toda a timidez e louve ao Senhor com alegria:
dance, pule, dê brados de alegria, dê liberdade ao Espírito Santo! Faça com entusiasmo aquilo
que os ministros de louvor solicitarem durante o culto! Assim você contagiará os outros irmãos
com sua atitude de louvor. Por outro lado a sua passividade e desânimo terá um efeito negativo
para as pessoas que estiverem ao seu redor. Pense nisso!

7
Artigo Para Sua Edificação Espiritual

QUAL A IMPORTÂNCIA DA ADORAÇÃO NO TSD?

Quero compartilhar algo com vocês, que Deus tem colocado no meu coração e que a cada
dia fica muito mais forte. É muito bom falarmos sobre adoração, porém o mais importante ainda é
querermos viver o verdadeiro e real sentido da palavra “Adoração”.

Quando pensamos no que é “adorar”, somos levados a refletir em João 4:23 “Mas a hora
vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão ao Pai em espírito e em verdade,
pois são estes que o Pai procura.” Ao mesmo tempo que é interessante é também preocupante
percebermos que Deus está a procura dessas pessoas “adoradoras”, e esse papel não é
somente dos músicos ou de quem tenha um cargo dentro da igreja, esse papel de adorador é um
privilégio para todo aquele que entendeu o sacrifício de Jesus na cruz e entregou sua vida a Ele.
Então dentro desta perspectiva fica mais fácil entender o que significa Adorar. Significa que tudo
o que fazemos, falamos ou pensamos deve glorificar ao Senhor, deve magnificar o Seu Nome,
deve chegar ao Senhor como oferta agradável. Eu disse TUDO!

Uma vez que compreendemos a importância e o significado de Adorar ao Senhor, fica claro
que Deus nos ensina que este momento de Adora-lo é agora e em todo o tempo: “Mas a hora
vem, e agora é...” e que existe a possibilidade de algumas pessoas estarem enganadas, achando
que são adoradores ... “em que os verdadeiros adoradores adorarão ao pai em espírito e em
verdade...” Adorá-lo em Espírito é ter uma vida dirigida pelo Espírito Santo e em obediência a sua
palavra. João 8:32 diz : “ conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.” Entretanto, voltando
ao cuidado da procura do Pai, como já mencionado acima, o Senhor só aceita a adoração
daquele que Vive pela e para a Palavra, procurando assim se encaixar o mais rápido possível no
propósito de Deus para a sua vida.

Saiba que nosso Deus o procura não somente no seu Tempo a Sós com Deus, não é onde
você o adora, mas sim como adoramos ao Senhor. Somos vistos por Deus como a “coroa da
criação”, você é o que de mais precioso Ele tem, tanto que demonstrou isso pela entrega de seu
único filho por nós. Fique atento, pois o Senhor só procura os “Verdadeiros Adoradores”.

Que você seja capaz de dizer ao Senhor: Pai, aqui está um verdadeiro adorador!
Abraços,
Diácono Paulo Adriano Eubank - Ministério Pão da Vida em Curitiba
8
Avaliação de Aprendizado

Aluno:____________________________________Professor:_____________________________

Sempre que a pergunta for sublinhada, indique o versículo bíblico correspondente.

1. O que significa louvar a Deus?

2. Como podemos identificar o autêntico louvor?

3. Louvar significa simplesmente agradecê-lo? Explique.

4. Por que devemos louvar a Deus?

5. Segundo a lição, quais são as bênçãos provenientes do louvor?

6. Comente em poucas palavras o “Artigo Para Sua Edificação Espiritual” dessa semana, de
autoria do Diácono Paulo Eubank.

7. Comente em poucas palavras o vídeo do link


http://www.youtube.com/watch?v=qNCymWfgQVE, o qual será encaminhado ao seu e-mail e
encontra-se disponível no blog da Igreja http://mpvsedecuritiba.blogspot.com/.

8. Transcreva João 4:23.