Sie sind auf Seite 1von 30

SIMULADO 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

1ª Questão Houve o trânsito em julgado da decisão. Sob a


perspectiva do Código de Ética e Disciplina da
Ao decretar segredo de Justiça nos autos de Advocacia, assinale a afirmativa correta.
determinada investigação policial, o magistrado
alertou o Delegado de Polícia de que, aos advogados Após o trânsito em julgado, o mandato conferido ao
ali constituídos, deveria ser facultado o acesso à advogado continua a ser cumprido.
integralidade dos elementos de prova já
documentados nos autos, ressaltando, no entanto, O mandato conferido ao advogado não cessa mesmo
expressa e reservadamente, que ninguém, nem depois de concluída a causa.
mesmo advogado constituído por meio de
O resultado infrutífero da causa é considerado como
instrumento de procuração, poderia ter acesso à
quebra do mandato.
medida cautelar de interceptação telefônica em
andamento. O final da causa presume o cumprimento do mandato
conferido ao advogado.
Sobre a advertência do magistrado, assinale a
afirmativa correta. 3ª Questão

a) A advertência é ilegal, pois é direito do advogado, O advogado Carlos pretende substabelecer os poderes
apresentando procuração do investigado, ter vista da que lhe foram conferidos pelo seu cliente Eduardo,
integralidade de procedimentos de qualquer sem reserva de poderes, pois pretende realizar uma
natureza. longa viagem, sem saber a data do retorno, não
pretendendo manter compromissos profissionais.
b) A advertência é ilegal, pois é direito do advogado
ter vista de procedimentos de qualquer natureza, Nos termos das normas do Código de Ética, tal ato
independentemente da apresentação de procuração. deve

c) A advertência é lícita, pois, em se tratando de a) prescindir do conhecimento do cliente por ser ato
procedimento sob segredo de Justiça, é permitido ao privativo.
advogado, munido de procuração do investigado, o
acesso aos elementos de prova já documentados nos b) ser comunicado ao cliente de modo inequívoco.
autos, mas não a medidas cautelares ainda em
c) ser realizado por tempo determinado.
andamento.
d) implicar na devolução dos honorários pagos
d) A advertência é lícita, pois nem mesmo advogados
antecipadamente pelo cliente.
munidos de procuração podem ter acesso a autos de
procedimentos sob segredo de Justiça. 4ª Questão

2ª Questão Lara é sócia de determinada sociedade de advogados


com sede no Rio de Janeiro e filial em São Paulo. Foi
Saulo é advogado de Paula em determinada ação de
convidada a integrar, cumulativamente e também
natureza cível. Após os trâmites necessários, a
como sócia, os quadros de outra sociedade de
postulação vem a ser julgada improcedente. Em
advogados, esta com sede em São Paulo e sem filiais.
decorrência de julgamento de recurso, a decisão foi
Aceitou o convite e rapidamente providenciou sua
mantida. Saulo comunicou o resultado à sua cliente
inscrição suplementar na OAB/SP, tendo em vista que
que, tendo tomado ciência, manteve-se silente.

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 1 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

passaria a exercer habitualmente a profissão nesse tomada de cópias fica a critério da autoridade
estado. responsável pela investigação. Também é direito de
ambos que Simone esteja presente no depoimento de
a) Lara agiu corretamente, pois, considerando-se que Adolfo, sob pena de nulidade absoluta do ato e de
passaria a atuar em mais do que cinco causas por ano todos os elementos investigatórios dele decorrentes.
em São Paulo, era necessário que promovesse sua
inscrição suplementar nesse estado. b) É direito de Simone, e de seu cliente Adolfo, que a
advogada examine os autos, no que se refere aos atos
b) Lara não agiu corretamente, pois é vedado ao já concluídos e documentados, bem como empregue
advogado integrar mais de uma sociedade de o telefone celular para tomada de cópias digitais, o
advogados com sede ou filial na mesma área que não pode ser obstado pela autoridade
territorial do respectivo Conselho Seccional. responsável pela investigação. Também é direito de
ambos que Simone esteja presente no depoimento de
c) Lara não agiu corretamente, pois é vedado ao
Adolfo, sob pena de nulidade absoluta do ato e de
advogado integrar mais de uma sociedade de
todos os elementos investigatórios dele decorrentes.
advogados dentro do território nacional.
c) É direito de Simone, e de seu cliente Adolfo, que a
d) Lara agiu corretamente e sequer era necessário que
advogada examine os autos, no que se refere aos atos
promovesse sua inscrição suplementar, pois passaria a
já concluídos e documentados, bem como empregue
exercer a profissão em São Paulo na qualidade de
o telefone celular para tomada de cópias digitais, o
sócia e não de advogada empregada da sociedade em
que não pode ser obstado pela autoridade
questão.
responsável pela investigação. Também é direito de
5ª Questão ambos que Simone esteja presente no depoimento de
Adolfo, sob pena de nulidade relativa apenas do ato
Adolfo, policial militar, consta como envolvido em fato em que embaraçava a sua presença.
supostamente violador da integridade física de
terceiros, apurado em investigação preliminar perante d) Considerando cuidar-se de mera investigação
a Polícia Militar. No curso desta investigação, Adolfo preliminar, Simone não possui o direito de examinar
foi notificado a prestar declarações e, desde logo, os atos já concluídos e documentados ou tomar
contratou a advogada Simone para sua defesa. Ciente cópias. Do mesmo modo, por não se tratar de
do ato, Simone dirige-se à unidade respectiva, interrogatório formal, mas mera investigação
pretendendo solicitar vista quanto aos atos já preliminar, sujeita à disciplina da legislação castrense,
concluídos da investigação e buscando tirar cópias não configura nulidade se obstada a presença de
com seu aparelho celular. Além disso, Simone intenta Simone no depoimento de Adolfo.
acompanhar Adolfo durante o seu depoimento
6ª Questão
designado.
O advogado Nelson, após estabelecer seu escritório
Considerando o caso narrado, assinale a afirmativa
em local estratégico nas proximidades dos prédios
correta.
que abrigam os órgãos judiciários representantes de
a) É direito de Simone, e de seu cliente Adolfo, que a todas as esferas da Justiça, resolve publicar anúncio
advogada examine os autos da investigação, no que se em que, além dos seus títulos acadêmicos, expõe a
refere aos atos já concluídos e documentados, porém, sua vasta experiência profissional, indicando os vários
a possibilidade de emprego do telefone celular para

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 2 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

cargos governamentais ocupados, inclusive o de A advogada Dolores cometeu infração disciplinar


Ministro de prestigiada área social. sujeita à sanção de suspensão em 12/07/2004. Em
13/07/2008 o fato foi oficialmente constatado, tendo
Nos termos do Código de Ética da Advocacia, assinale sido encaminhada notícia a certo Conselho Seccional
a afirmativa correta. da OAB. Em 14/07/2010 foi instaurado processo
disciplinar. Em 15/07/2012 foi aplicada
a) O anúncio está adequado aos termos do Código,
definitivamente a sanção disciplinar de suspensão.
pois indica os títulos acadêmicos e a experiência
profissional. Sobre o tema, assinale a afirmativa correta.
b) O anúncio está adequado aos termos do Código, a) A pretensão à punibilidade das infrações
por não conter adjetivações ou referências elogiosas disciplinares prescreve em oito anos. No caso narrado,
ao profissional. não se operou o fenômeno prescritivo.
c) O anúncio colide com as normas do Código, pois a b) A pretensão à punibilidade das infrações
referência a títulos acadêmicos é vedada por indicar a disciplinares prescreve em cinco anos. No caso
possibilidade de captação de clientela. narrado, operou-se o fenômeno prescritivo, pois
decorridos mais de cinco anos entre a data do fato e a
d) O anúncio colide com as normas do Código, que
instauração do processo disciplinar.
proíbem a referência a cargos públicos capazes de
gerar captação de clientela. c) A pretensão à punibilidade das infrações
disciplinares prescreve em oito anos. No caso narrado,
7ª Questão
operou-se o fenômeno prescritivo, pois decorridos
Leôncio é estagiário de escritório especializado na mais de oito anos entre a data do fato e a aplicação
área cível e testemunha o descumprimento de norma definitiva da sanção disciplinar.
legal por funcionário público, imediatamente
d) A pretensão à punibilidade das infrações
comunicando a situação ao seu advogado supervisor.
disciplinares prescreve em cinco anos. No caso
Ambos dirigem-se ao órgão diretor administrativo
narrado, não se operou o fenômeno prescritivo.
competente e reclamam pelo descumprimento de lei,
o que foi reduzido a termo. A referida reclamação 9ª Questão
veio a ser sumariamente arquivada por não ter sido
feita na forma escrita. É verdade que nas democracias o povo parece fazer o
que quer, mas a liberdade política não consiste nisso.
Nos termos do Estatuto da Advocacia, reclamações Montesquieu
por descumprimento de lei:
No preâmbulo da Constituição da República, os
a) devem ser necessariamente escritas. constituintes afirmaram instituir um Estado
Democrático destinado a assegurar, dentre outras
b) devem ser formuladas pela OAB, exclusivamente.
coisas, a liberdade. Esse é um conceito de
c) podem ser verbais. fundamental importância para a Filosofia do Direito,
muito debatido por inúmeros autores. Uma
d) são de atribuição privativa de Conselheiro da OAB. importante definição utilizada no mundo jurídico é a

8ª Questão

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 3 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

que foi dada por Montesquieu em seu Do Espírito das que as razões da obediência do sujeito não sejam
Leis. morais.

Assinale a opção que apresenta a definição desse c) A coerção, tanto no direito quanto na moral, é um
autor na obra citada. elemento determinante. É na possibilidade de
impor-se pela força, independentemente da vontade,
a) A liberdade consiste na forma de governo dos que o direito e a moral regulam a liberdade.
homens, e não no governo das leis.
d) Direito e moral são absolutamente distintos.
b) A disposição de espírito pela qual a alma humana Consequentemente, cumprir a lei, ainda que
nunca pode ser aprisionada é o que chamamos de espontaneamente, não é demonstração de virtude
liberdade. moral.
c) Liberdade é o direito de fazer tudo o que as leis 11ª Questão
permitem.
Isabella promove ação popular em face do Município
d) O direito de resistência aos governos injustos é a X, por entender que determinados gastos realizados
expressão maior da liberdade. estariam causando graves prejuízos ao patrimônio
público. O pedido veio a ser julgado improcedente,
10ª Questão
por total carência de provas. Inconformada, Isabella
“Manter os próprios compromissos não constitui apresenta a mesma ação com fundamento em novos
dever de virtude, mas dever de direito, a cujo elementos, e, mais uma vez, o pedido vem a ser
cumprimento pode-se ser forçado. Mas prossegue julgado improcedente por carência de provas.
sendo uma ação virtuosa (uma demonstração de
Nos termos da Constituição Federal e da legislação de
virtude) fazê-lo mesmo quando nenhuma coerção
regência, assinale a opção correta.
possa ser aplicada. A doutrina do direito e a doutrina
da virtude não são, consequentemente, distinguidas a) Sendo o pedido julgado improcedente, haverá
tanto por seus diferentes deveres, como pela condenação em honorários advocatícios.
diferença em sua legislação, a qual relaciona um
motivo ou outro com a lei”. b) A improcedência por ausência de provas caracteriza
a má-fé do autor popular.
Pelo trecho acima podemos inferir que Kant
estabelece uma relação entre o direito e a moral. A c) A reiteração na propositura da mesma ação
esse respeito, assinale a afirmativa correta. acarreta o pagamento de custas pelo autor popular.

a) O direito e a moral são idênticos, tanto na forma d) As custas serão devidas se declarada,
como no conteúdo prescritivo. Assim, toda ação expressamente, a má-fé do autor popular.
contrária à moralidade das normas jurídicas é
também uma violação da ordem jurídica. 12ª Questão

b) A conduta moral refere-se à vontade interna do Maria, maior e capaz, reside no Município Sigma e
sujeito, enquanto o direito é imposto por uma ação tem um filho, Lucas, pessoa com deficiência, com 8
exterior e se concretiza no seu cumprimento, ainda (oito) anos de idade. Por ser uma pessoa humilde,
sem dispor de recursos financeiros para arcar com os
custos de um colégio particular, Maria procura a

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 4 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

Secretaria de Educação do Município Sigma para Alessandro Bilancia, italiano, com 55 anos de idade,
matricular seu filho na rede pública. Seu ao completar 15 anos de residência ininterrupta no
requerimento é encaminhado à assessoria jurídica do Brasil, decide assumir a nacionalidade “brasileira”,
órgão municipal, para que seja emitido o respectivo naturalizando-se. Trata-se de renomado professor,
parecer para a autoridade executiva competente. cuja elevada densidade intelectual e capacidade de
liderança são muito bem vistas por um dos maiores
A partir dos fatos narrados, considerando a ordem partidos políticos brasileiros. Na certeza de que
jurídico-constitucional vigente, assinale a afirmativa Alessandro poderá fortalecer os quadros do governo
correta. caso o partido em questão seja vencedor nas eleições
presidenciais, a cúpula partidária já ventila a
a) O pedido formulado por Maria deve ser indeferido,
possibilidade de contar com o auxílio do referido
uma vez que incumbe ao Município atuar apenas na
professor na complexa tarefa de governar o País.
educação infantil, a qual é prestada até os 5 (cinco)
anos de idade por meio de creches e pré-escolas. Analise as situações abaixo e assinale a única
Logo, pelo sistema constitucional de repartição de possibilidade idealizada pela cúpula partidária que
competências, Lucas, pela sua idade, deve cursar o encontra respaldo na Constituição Federal.
Ensino Fundamental em instituição estadual de
ensino. a) Alessandro Bilancia, graças ao seu reconhecido
saber jurídico e à sua ilibada reputação, poderá ser
b) O parecer da assessoria jurídica deve ser favorável indicado para compor o quadro de ministros do
ao pleito formulado por Maria, garantindo ao menor Supremo Tribunal Federal.
uma vaga na rede de ensino municipal. Pode, ainda,
alertar que a Constituição da República prevê b) Alessandro Bilancia, na hipótese de concorrer ao
expressamente a possibilidade de a autoridade cargo de deputado federal e ser eleito, poderá ser
competente ser responsabilizada pelo não indicado para exercer a Presidência da Câmara dos
oferecimento do ensino obrigatório ou mesmo pela Deputados.
sua oferta irregular.
c) Alessandro Bilancia, na hipótese de concorrer ao
c) O pleito de Maria deve ser deferido, ressalvando-se cargo de senador e ser eleito, pode ser o líder do
que Lucas, por ser pessoa com deficiência, necessita partido na Casa, embora não possa presidir o Senado
de atendimento educacional especializado, não Federal.
podendo ser incluído na rede regular de ensino do
Município Sigma. d) Alessandro Bilancia, dada a sua ampla e sólida
condição intelectual, pode ser nomeado para assumir
d) A assessoria jurídica da Secretaria de Educação do qualquer ministério do governo.
Município Sigma deve opinar pela rejeição do pedido
formulado por Maria, pois incumbe privativamente à 14ª Questão
União, por meio do Ministério da Educação e Cultura
O Congresso Nacional aprova tratados internacionais
(MEC), organizar e prestar a educação básica
por meio de:
obrigatória e gratuita dos 4 (quatro) aos 17
(dezessete) anos de idade. a) Decreto.

13ª Questão b) Resolução.

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 5 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

c) Decreto-Lei. c) Um projeto de lei de iniciativa popular, baseado em


interesse local, depende de, pelo menos, cinco por
d) Decreto Legislativo. cento do eleitorado.
15ª Questão d) O limite máximo de dez vereadores deverá ser
observado para localidades com até 15.000 (quinze
Edinaldo, estudante de Direito, realizou intensas
mil) habitantes.
reflexões a respeito da eficácia e da aplicabilidade do
Art. 14, § 4º, da Constituição da República, segundo o 17ª Questão
qual “os inalistáveis e os analfabetos são inelegíveis”.
Caio da Silva, Senador da República pelo Estado “Z”,
A respeito da norma obtida a partir desse comando, à no decorrer do recesso parlamentar, viaja de férias
luz da sistemática constitucional, assinale a afirmativa com a família para um resort situado no Estado “X”, a
correta. fim de descansar. Todavia, em meio aos hóspedes que
ali se encontravam, deparou-se com Tício dos Santos,
a) Ela veicula programa a ser implementado pelos
um ferrenho adversário político, com quem acabou
cidadãos, sem interferência estatal, visando à
por travar áspera discussão em torno de temas
realização de fins sociais e políticos.
políticos já discutidos anteriormente no Senado. Caio
b) Ela tem eficácia plena e aplicabilidade direta, da Silva, durante a discussão, atribuiu ao seu
imediata e integral, pois, desde que a CRFB/88 entrou adversário a responsabilidade pela prática de fatos
em vigor, já está apta a produzir todos os seus efeitos. definidos como crimes, além de injuriá-lo com vários
adjetivos ofensivos. Tício dos Santos, inconformado
c) Ela apresenta contornos programáticos, com as agressões públicas a ele desferidas, decidiu
dependendo sempre de regulamentação ajuizar queixa-crime em face de Caio da Silva.
infraconstitucional para alcançar plenamente sua
eficácia. Tendo em vista as particularidades da narrativa acima
e considerando o que dispõe a Constituição Federal,
d) Ela tem aplicabilidade indireta e imediata, não assinale a afirmativa correta.
integral, produzindo efeitos restritos e limitados em
normas infraconstitucionais quando da promulgação a) Caio da Silva, por estar fora do espaço físico do
da Constituição da República. Congresso Nacional, não é alcançado pela garantia da
imunidade material, respondendo pelos crimes contra
16ª Questão a honra que praticou.

Sabendo-se que o Município integra a Federação, b) Caio da Silva, mesmo fora do espaço físico do
assinale a afirmativa correta, à luz das normas Congresso Nacional, é alcançado pela garantia da
constitucionais. imunidade material, tendo em vista que as ofensas
proferidas estão relacionadas ao exercício da
a) O município será regido por Lei Orgânica própria,
atividade parlamentar.
votada pela Assembleia Estadual.
c) Caio da Silva não está coberto pela garantia da
b) A organização municipal conterá previsão de
imunidade material, tendo em vista que as ofensas
eleições para mandato de cinco anos, sem reeleição.
foram proferidas em um momento de recesso

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 6 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

parlamentar, o que afasta qualquer relação com a pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade
atividade de Senador. reduzida.

d) Caio da Silva não está coberto pela garantia da A respeito de tais disposições legais, as afirmativas a
imunidade material, visto que, durante o recesso seguir estão corretas, à exceção de uma. Assinale-a.
parlamentar, sequer estava no território do Estado
que representa na condição de Senador. a) A pessoa portadora de deficiência ou com
mobilidade reduzida é aquela que em caráter
18ª Questão permanentemente, não temporário, tenha limitada
sua capacidade de relacionar-se com o meio e de
Como forma de evitar a ocorrência de violação de utilizá-lo.
Direitos Humanos em estabelecimentos prisionais, o
Brasil ratificou, em 2007, o Protocolo Facultativo à b) O Programa Nacional de Acessibilidade dispõe de
Convenção contra a tortura e outros tratamentos ou dotação orçamentária específica a fim de tratar de
penas cruéis, desumanos ou degradantes. Tal medidas de acessibilidade das pessoas portadoras de
protocolo estabelece que cada Estado – Parte deverá deficiência ou com mobilidade reduzida.
designar ou manter, em nível doméstico, um ou mais
mecanismos preventivos nacionais. Por meio da Lei nº c) O Programa Nacional de Acessibilidade foi instituído
12.847/13, o Brasil pretendeu atender à exigência do no âmbito da Secretaria de Estado de Direitos
Protocolo, ao criar o Mecanismo Nacional de Humanos do Ministério da Justiça.
Prevenção e Combate à Tortura.
d) Os edifícios de uso público, em que seja obrigatória
Quanto ao meio proposto tanto pelo Protocolo a instalação de elevadores, devem atender ao
quanto pela Lei para alcançar a finalidade almejada, requisito de percurso acessível que una a edificação à
assinale a afirmativa correta. via pública, exigindo-se o mesmo de edifícios de uso
privado.
a) Sistema de visitas regulares de seus membros.
20ª Questão
b) Mutirões judiciais.
Walter, estrangeiro, casou-se com Lúcia, por quem se
c) Medidas legislativas de parlamentares que apaixonou quando passou as férias em Florianópolis.
integrem o Mecanismo. O casal tem um filho, Ricardo, de 2 anos.

d) Criação e fortalecimento de defensorias públicas Residente no Brasil há mais de cinco anos, Walter é
acusado de ter cometido um crime em outro país.
19ª Questão Como o Brasil possui promessa de reciprocidade com
o referido país, este encaminha ao governo brasileiro
A Declaração Universal dos Direitos Humanos
o pedido de extradição de Walter.
idealizou a figura do “ser humano livre”, caso fossem
atendidos os elementos que criassem condições que Nesse caso, o governo brasileiro
permitissem que os indivíduos usufruíssem de direitos
econômicos, sociais e culturais, além dos civis e a) não pode conceder a extradição, porque Walter
políticos. No Brasil, a Lei n. 10.098/2003 criou tem um filho brasileiro.
mecanismos para a promoção da acessibilidade das

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 7 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

b) pode conceder a extradição, por meio de ordem Com base no cenário acima, para fins de aconselhar o
expedida por um juiz federal. administrador acerca da possibilidade de obtenção da
restituição do montante recolhido a maior, assinale a
c) pode conceder a extradição, desde que cumpridos afirmativa correta.
os requisitos legais do Estatuto do Estrangeiro.
a) Não é possível a restituição, pois o pagamento foi
d) não pode conceder a extradição, pois esta só seria espontâneo, incidindo a máxima “quem paga mal
possível se houvesse tratado com o país de origem de paga duas vezes”.
Walter.
b) Não é possível a restituição, pois, embora pago
21ª Questão indevidamente, não cabe restituição de tributo
indireto.
A respeito da autorização de trabalho a estrangeiro
com vínculo empregatício no Brasil, assinale a c) Cabe apenas pedido administrativo de restituição,
afirmativa correta. em razão do pagamento indevido.
a) Trata-se de ato administrativo de competência do d) Cabe pedido judicial de repetição de indébito,
Ministério do Trabalho, para efeito de requerimento desde que a empresa comprove ter assumido o
de visto permanente e/ou temporário, a estrangeiros referido encargo, sem tê-lo transferido a terceiro.
que desejem trabalhar no Brasil.
23ª Questão
b) O empregador deve se comprometer com o
treinamento profissional, mas não é necessário haver A falência da sociedade XYZ Ltda. foi decretada em
correlação entre a atividade que o estrangeiro 5/6/2014. Nessa data, a pessoa jurídica já possuía dois
exercerá e sua qualificação/experiência anterior. imóveis hipotecados para garantia de dívidas diversas.
A União tem créditos tributários a receber da
c) O empregador que pretender importar mão de obra sociedade, inscritos em dívida ativa em abril de 2013.
deverá manter pelo menos metade das vagas da
empresa ocupadas por brasileiros, que também Baseado nos fatos narrados, assinale a afirmativa
devem responder por, pelo menos, metade da folha correta.
de salários.
a) A União tem direito de preferência sobre todo e
d) Trata-se de ato administrativo de competência do qualquer credor, porque o crédito tributário foi
Ministério da Educação, que dispensa a autorização inscrito em dívida ativa antes da decretação da
para o estrangeiro que haja concluído curso de falência.
pós-graduação stricto sensu no Brasil ou tiver seu
diploma estrangeiro revalidado. b) A União tem direito de preferência sobre os
credores com garantia real, pois o crédito tributário
22ª Questão prefere a qualquer outro, seja qual for sua natureza
ou o tempo de sua constituição.
O Sr. Afrânio dos Santos, administrador da empresa
“X”, que atua no ramo industrial, percebeu ter c) A União tem de respeitar a preferência dos
efetuado pagamento do IPI maior que o efetivamente credores hipotecários, no limite do valor dos bens
devido, ao longo de certo período. gravados.

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 8 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

d) A União tem de respeitar a preferência dos b) poderá participar da licitação, pois o crédito
credores hipotecários, no limite do valor das dívidas tributário está com a exigibilidade suspensa.
garantidas pelas hipotecas.
c) poderá participar da licitação somente após a
24ª Questão defesa administrativa ser analisada.

Determinada editora de livros, revistas e outras d) somente poderá participar da licitação se depositar
publicações foi autuada pela fiscalização de certo o valor do crédito tributário.
Estado, onde mantém a sede da sua indústria gráfica,
pela falta de recolhimento de ICMS incidente sobre 26ª Questão
álbum de figurinhas.
O reitor de uma faculdade privada sem fins lucrativos
Nessa linha, à luz do entendimento do STF sobre a (cujas receitas, inclusive seus eventuais superávits,
matéria em pauta, tal cobrança é são integralmente reinvestidas no estabelecimento de
ensino) deseja saber se está correta a cobrança de
a) inconstitucional, por força da aplicação da isenção impostos efetuada pelo fisco, que negou a pretendida
tributária. imunidade tributária, sob o argumento de que a
instituição de ensino privada auferia lucros.
b) inconstitucional, por força da aplicação da
imunidade tributária. Na hipótese, sobre a atuação do fisco, assinale a
afirmativa correta.
c) constitucional, por força da inaplicabilidade da
imunidade tributária. a) O fisco agiu corretamente, pois a imunidade
tributária apenas alcança instituições de ensino que
d) inconstitucional, por estar o referido tributo não sejam superavitárias.
adstrito à competência tributária da União Federal.
b) O fisco agiu corretamente, pois a imunidade
25ª Questão tributária apenas alcança instituições públicas de
ensino.
Um empresário consulta um escritório de advocacia
sobre a possibilidade de a sociedade da qual é c) O fisco não agiu corretamente, pois não há
administrador participar de uma licitação, sendo certo impedimento à distribuição de lucro pelo
que, para tal, terá que apresentar uma certidão estabelecimento de ensino imune.
demonstrando a inexistência de débitos fiscais com o
governo federal. Ele informa que a sociedade foi d) O fisco não agiu corretamente, pois, para que seja
autuada pelo não recolhimento do Imposto sobre a concedida tal imunidade, a instituição não precisa ser
Renda e Proventos de Qualquer Natureza (IR), e a deficitária, desde que o superávit seja revertido para
defesa administrativa, apresentada no prazo, ainda suas finalidades.
não foi apreciada pelo órgão competente.
27ª Questão
Considerando apenas os dados apresentados, é
correto afirmar que a sociedade O Governador do Estado Y criticou, por meio da
imprensa, o Diretor-Presidente da Agência Reguladora
a) não poderá participar da licitação, pela existência de Serviços Delegados de Transportes do Estado,
de crédito tributário vencido e não pago. autarquia estadual criada pela Lei nº 1.234, alegando
que aquela entidade, ao aplicar multas às empresas

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 9 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

concessionárias por supostas falhas na prestação do a) Operou-se a prescrição para a execução do crédito,
serviço, “não estimula o empresário a investir no considerando o lapso de cinco anos transcorrido entre
Estado”. Ainda, por essa razão, o Governador a data da autuação e a do ajuizamento da ação.
ameaçou, também pela imprensa, substituir o Diretor-
Presidente da agência antes de expirado o prazo do b) Não se operou a prescrição para a execução do
mandato daquele dirigente. crédito, que pode ser cobrado pela administração
federal a qualquer tempo.
Considerando o exposto, assinale a afirmativa correta.
c) Operou-se a prescrição para a execução do crédito,
a) A adoção do mandato fixo para os dirigentes de considerando o lapso de três anos decorrido entre a
agências reguladoras contribui para a necessária data de sua constituição definitiva e a do ajuizamento
autonomia da entidade, impedindo a livre exoneração da ação.
pelo chefe do Poder Executivo.
d) Não se operou a prescrição para a execução do
b) A agência reguladora, como órgão da crédito, considerando o lapso de cinco anos entre a
Administração Direta, submete-se ao poder disciplinar data de sua constituição definitiva e a do ajuizamento
do chefe do Poder Executivo estadual. da ação.

c) A agência reguladora possui personalidade jurídica 29ª Questão


própria, mas está sujeita, obrigatoriamente, ao poder
hierárquico do chefe do Poder Executivo. Determinada empresa apresenta impugnação ao
edital de concessão do serviço público metroviário em
d) Ainda que os dirigentes da agência reguladora determinado Estado, sob a alegação de que a
exerçam mandato fixo, pode o chefe do Poder estipulação do retorno ao poder concedente de todos
Executivo exonerá-los, por razões políticas não ligadas os bens reversíveis já amortizados, quando do
ao interesse público, caso discorde das decisões advento do termo final do contrato, ensejaria
tomadas pela entidade. enriquecimento sem causa do Estado.

28ª Questão Assinale a opção que indica o princípio que justifica tal
previsão editalícia.
A Agência Nacional do Petróleo – ANP, no exercício do
poder de polícia, promoveu diligência, no dia a) Desconcentração.
05/01/2010, junto à sociedade Petrolineous S/A, que
culminou na autuação desta por fatos ocorridos b) Imperatividade.
naquela mesma data.
c) Continuidade dos Serviços Públicos.
Encerrado o processo administrativo, foi aplicada
d) Subsidiariedade.
multa nos limites estabelecidos na lei de regência. O
respectivo crédito não tributário resultou
definitivamente constituído em 19/01/2011, e, em
15/10/2015, foi ajuizada a pertinente execução fiscal. 30ª Questão

Com base na situação hipotética descrita, acerca da João foi aprovado em concurso público para o cargo
prescrição no Direito Administrativo, assinale a de agente administrativo do Estado Alfa. Após regular
afirmativa correta. investidura, recebeu sua primeira remuneração.
Contudo, os valores apontados na folha de

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 10 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

pagamento causaram estranheza, considerando que a a) Por se tratar de ato administrativo discricionário, a
rubrica de seu vencimento-base se mostrava inferior autorização e sua revogação não podem ser
ao salário mínimo vigente, montante que só era investigadas na via judicial.
alcançado se considerados os demais valores
(adicionais e gratificações) que compunham a sua b) A despeito de se tratar de ato administrativo
remuneração total. discricionário, é admissível o controle judicial do ato.

Diante dessa situação hipotética, assinale a afirmativa c) A autorização de uso de bem público é ato
correta. vinculado, de modo que, uma vez preenchidos os
pressupostos, não poderia ser negado ao particular o
a) A remuneração de João é constitucional, porque a direito ao seu uso, por meio da revogação do ato.
garantia do salário mínimo não é aplicável aos
servidores públicos. d) A autorização de uso de bem público é ato
discricionário, mas, uma vez deferido o uso ao
b) A remuneração de João é inconstitucional, porque particular, passa-se a estar diante de ato vinculado,
o seu vencimento-base teria que ser superior ao que não admite revogação.
salário mínimo.
32ª Questão
c) A remuneração de João é constitucional, porque a
garantia do salário mínimo se refere ao total da Marcelo é médico do Corpo de Bombeiros Militar do
remuneração percebida. Estado Beta e foi aprovado em concurso público para
o cargo de médico civil junto a um determinado
d) A remuneração de João é inconstitucional, pois hospital da União, que é uma autarquia federal.
todo servidor público deve receber por subsídio,
fixado em parcela única. A partir do fato apresentado, acerca da acumulação
de cargos públicos, assinale a afirmativa correta.
31ª Questão
a) Por exercer atividade militar, Marcelo não pode
Manoel da Silva é comerciante, proprietário de uma acumular os cargos em comento.
padaria e confeitaria de grande movimento na cidade
ABCD. A fim de oferecer ao público um serviço b) Marcelo pode acumular os cargos em questão, pois
diferenciado, Manoel formulou pedido administrativo não existe, no ordenamento pátrio, qualquer vedação
de autorização de uso de bem público (calçada), para à acumulação de cargos ou de empregos públicos em
a colocação de mesas e cadeiras. Com a autorização geral.
concedida pelo Município, Manoel comprou
c) A acumulação de cargos por Marcelo não é viável,
mobiliário de alto padrão para colocá-lo na calçada,
sendo cabível somente quando os cargos pertencem
em frente ao seu estabelecimento. Uma semana
ao mesmo ente da Federação.
depois, entretanto, a Prefeitura revogou a
autorização, sem apresentar fundamentação. d) É possível a acumulação de cargos por Marcelo,
desde que haja compatibilidade de horários.
A respeito do ato da prefeitura, que revogou a
autorização, assinale a afirmativa correta. 33ª Questão

Miguel, empreendedor particular, tem interesse em


dar início à construção de edifício comercial em área

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 11 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

urbana de uma grande metrópole. Nesse sentido, a) Não há qualquer responsabilidade de Nelson, que
consulta seu advogado e indaga sobre quais são as não produziu o agrotóxico de forma comercial, mas
exigências legais para o empreendimento. para uso próprio.

Sobre a situação apresentada, assinale a afirmativa b) Nelson somente responde civilmente pelos danos
correta: causados, pelo não fornecimento de equipamentos de
proteção a Beto.
a) Não é necessária a realização de estudo de impacto
ambiental, por ser área urbana, ou estudo de impacto c) Nelson responde civil e criminalmente pelos danos
de vizinhança, uma vez que não foi editada até hoje causados, ainda que não tenha produzido o
lei complementar exigida pela Constituição para agrotóxico com finalidade comercial.
disciplinar a matéria.
d) Nelson somente responde administrativamente
b) É necessário o estudo prévio de impacto ambiental, perante o Poder Público pela utilização de agrotóxico
anterior ao licenciamento ambiental, a ser efetivado sem registro formal.
pelo município, em razão de o potencial impacto ser
de âmbito local. 35ª Questão

c) É necessária a realização de estudo de impacto de Arlindo e Berta firmam pacto antenupcial,


vizinhança, desde que o empreendimento esteja preenchendo todos os requisitos legais, no qual
compreendido no rol de atividades estabelecidas em estabelecem o regime de separação absoluta de bens.
lei municipal. No entanto, por motivo de saúde de um dos
nubentes, a celebração civil do casamento não
d) É necessária a realização de estudo de impacto ocorreu na data estabelecida.
ambiental, o qual não será precedido
necessariamente por licenciamento ambiental, uma Diante disso, Arlindo e Berta decidem não se casar e
vez que a atividade não é potencialmente causadora passam a conviver maritalmente. Após cinco anos de
de impacto ambiental. união estável, Arlindo pretende dissolver a relação
familiar e aplicar o pacto antenupcial, com o objetivo
34ª Questão de não dividir os bens adquiridos na constância dessa
união.
Tendo em vista a infestação de
percevejo-castanho-da-raiz, praga que causa imensos Nessas circunstâncias, o pacto antenupcial é
danos à sua lavoura de soja, Nelson, produtor rural,
desenvolveu e produziu de forma artesanal, em sua a) válido e ineficaz.
fazenda, agrotóxico que combate a aludida praga. b) válido e eficaz.
c) inválido e ineficaz.
Mesmo sem registro formal, Nelson continuou a usar
o produto por meses, o que ocasionou grave d) inválido e eficaz.
intoxicação em Beto, lavrador da fazenda, que 36ª Questão
trabalhava sem qualquer equipamento de proteção.
Antônio, vendedor, celebrou contrato de compra e
Sobre a hipótese, assinale a afirmativa correta. venda com Joaquim, comprador, no dia 1º de
setembro de 2016, cujo objeto era um carro da marca
X no valor de R$ 20.000,00, sendo o pagamento

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 12 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

efetuado à vista na data de assinatura do contrato. a) Festas Ltda. tem razão, pois houve o
Ficou estabelecido ainda que a entrega do bem seria inadimplemento absoluto por perda da utilidade da
feita 30 dias depois, em 1º de outubro de 2016, na prestação e a multa é uma cláusula penal
cidade do Rio de Janeiro, domicílio do vendedor. compensatória.
Contudo, no dia 25 de setembro, uma chuva
torrencial inundou diversos bairros da cidade e o b) Chocolates S/A não deve pagar a multa, pois a
carro foi destruído pela enchente, com perda total. cláusula penal, quantificada em valor idêntico ao valor
da prestação principal, é abusiva.
Considerando a descrição dos fatos, Joaquim
c) Chocolates S/A adimpliu sua prestação, ainda que
a) não faz jus à devolução do pagamento de R$ dois dias depois, razão pela qual nada deve a título de
20.000,00. multa.

b) terá direito à devolução de 50% do valor, tendo em d) Festas Ltda. só pode exigir 2% de multa (R$ 20,00),
vista que Antônio, vendedor, não teve culpa. teto da cláusula penal, segundo o Código de Defesa
do Consumidor.
c) terá direito à devolução de 50% do valor, tendo em
vista que Antônio, vendedor, teve culpa. 38ª Questão

d) terá direito à devolução de 100% do valor, pois Fabiana e Mauro são casados pelo regime da
ainda não havia ocorrido a tradição no momento do separação convencional de bens e possuem dois
perecimento do bem. filhos: Amanda e Pedro, de 19 e 16 anos,
respectivamente. Mauro é filho de José, que se
37ª Questão encontra com 65 anos. Mauro sofreu um acidente
automobilístico e, em razão da violência do acidente,
Festas Ltda., compradora, celebrou, após negociações
está em estado de coma, impossibilitado de exercer
paritárias, contrato de compra e venda com
os atos da vida civil, razão pela qual sua interdição
Chocolates S/A, vendedora. O objeto do contrato
tornou-se necessária.
eram 100 caixas de chocolate, pelo preço total de R$
1.000,00, a serem entregues no dia 1º de novembro Diante dos fatos narrados, assinale a afirmativa
de 2016, data em que se comemorou o aniversário de correta.
50 anos de existência da sociedade. No contrato,
estava prevista uma multa de R$ 1.000,00 caso a) Fabiana, em razão do regime de bens que rege o
houvesse atraso na entrega. Chocolates S/A, devido casamento, não poderá ser nomeada curadora de
ao excesso de encomendas, não conseguiu entregar Mauro.
as caixas na data combinada, mas somente dois dias
depois. Festas Ltda., dizendo que a comemoração já b) Como Mauro possui ascendente vivo e capaz, este
havia acontecido, recusou-se a receber e ainda cobrou será nomeado seu curador, na forma da lei.
a multa. Por sua vez, Chocolates S/A não aceitou
c) A filha de Mauro, por ser maior e capaz, será
pagar a multa, afirmando que o atraso de dois dias
nomeada sua curadora, na forma da lei.
não justificava sua cobrança e que o produto vendido
era o melhor do mercado. d) Fabiana será nomeada curadora de Mauro, na
forma da lei.
Sobre os fatos narrados, assinale a afirmativa correta.

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 13 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

39ª Questão b) A alteração do regime de bens, tendo em vista que


o casamento foi realizado antes da vigência do Código
Laurentino constituiu servidão de vista no registro Civil de 2002, não é possível.
competente, em favor de Januário, assumindo o
compromisso de não realizar qualquer ato ou c) A alteração do regime de bens mediante
construção que embarace a paisagem de que Januário autorização judicial, com pedido motivado de ambos
desfruta em sua janela. Após o falecimento de os cônjuges, apurada a procedência das razões
Laurentino, seu filho Lucrécio decide construir mais invocadas e ressalvados os direitos de terceiros, é
dois pavimentos na casa para ali passar a habitar com possível.
sua esposa.
d) Não é possível a alteração para o regime da
Diante do exposto, assinale a afirmativa correta. separação de bens, tão somente para o regime de
bens legal, qual seja, o da comunhão parcial de bens.
a) Januário não pode ajuizar uma ação possessória, eis
que a servidão é não aparente. 41ª Questão

b) Diante do falecimento de Laurentino, a servidão Os tutores de José consideram que o rapaz, aos 16
que havia sido instituída automaticamente se anos, tem maturidade e discernimento necessários
extinguiu. para praticar os atos da vida civil. Por isso, decidem
conferir ao rapaz a sua emancipação.
c) A servidão de vista pode ser considerada aparente
quando houver algum tipo de aviso sobre sua Consultam, para tanto, um advogado, que lhes
existência. aconselha corretamente no seguinte sentido:

d) Januário pode ajuizar uma ação possessória, a) José poderá ser emancipado em procedimento
provando a existência da servidão com base no título. judicial, com a oitiva do tutor sobre as condições do
tutelado.
40ª Questão
b) José poderá ser emancipado via instrumento
Juliana é sócia de uma sociedade empresária que público, sendo desnecessária a homologação judicial.
produz bens que exigem alto investimento, por meio
de financiamento significativo. Casada com Mário c) José poderá ser emancipado via instrumento
pelo regime da comunhão universal de bens, desde público ou particular, sendo necessário procedimento
1998, e sem filhos, decide o casal alterar o regime de judicial.
casamento para o de separação de bens, sem
prejudicar direitos de terceiros, e com a intenção de d) José poderá ser emancipado por instrumento
evitar a colocação do patrimônio já adquirido em público, com averbação no registro de pessoas
risco. naturais.

Sobre a situação narrada, assinale a afirmativa 42ª Questão


correta.
Os irmãos Fábio (11 anos) e João (9 anos) foram
a) A alteração do regime de bens mediante escritura submetidos à medida protetiva de acolhimento
pública, realizada pelos cônjuges e averbada no institucional pelo Juízo da Infância e da Juventude,
Registro Civil, é possível. pois residiam com os pais em área de risco, que se

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 14 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

recusavam a deixar o local, mesmo com a interdição Sobre a possibilidade da adoção de Ana por Marcelo e
do imóvel pela Defesa Civil. Maria em conjunto, ainda que divorciados, assinale a
afirmativa correta.
Passados uma semana do acolhimento institucional,
os pais de Fábio e João vão até a instituição para a) Apenas Maria poderá adotá-la, pois é parente de
visitá-los, sendo impedidos de ter contato com os Ana.
filhos pela diretora da entidade de acolhimento
institucional, ao argumento de que precisariam de b) O casal poderá adotá-la, desde que acorde com
autorização judicial para visitar as crianças. Os pais relação à guarda (unipessoal ou compartilhada) e à
dos irmãos decidem então procurar orientação visitação de Ana.
jurídica de um advogado.
c) O casal somente poderia adotar em conjunto caso
Considerando os ditames do Estatuto da Criança e do ainda estivesse casado.
Adolescente, a direção da entidade de acolhimento
d) O casal deverá se inscrever previamente no
institucional agiu corretamente?
cadastro de pessoas interessadas na adoção.
a) Sim, pois o diretor da entidade de acolhimento
44ª Questão
institucional é equiparado ao guardião, podendo
proibir a visitação dos pais. Alvina, condômina de um edifício residencial,
ingressou com ação para reparação de danos,
b) Não, porque os pais não precisam de uma
aduzindo falha na prestação dos serviços de
autorização judicial, mas apenas de um ofício do
modernização dos elevadores. Narrou ser moradora
Conselho Tutelar autorizando a visitação.
do 10º andar e que hospedou parentes durante o
c) Sim, pois a medida protetiva de acolhimento período dos festejos de fim de ano. Alegou que o
institucional foi aplicada pelo Juíz da Infância, assim serviço nos elevadores estava previsto para ser
somente ele poderá autorizar a visita dos pais. concluído em duas semanas, mas atrasou mais de seis
semanas, o que implicou falta de elevadores durante
d) Não, diante da ausência de vedação expressa da o período em que recebeu seus hóspedes, fazendo
autoridade judiciária para a visitação, ou decisão que com que seus convidados, todos idosos, tivessem que
os suspenda ou os destitua do exercício do poder utilizar as escadas, o que gerou transtornos e
familiar. dificuldades, já que os hóspedes deixaram de fazer
passeios e outras atividades turísticas diante das
dificuldades de acesso.
43ª Questão Sentindo-se constrangida e tendo que alterar todo o
planejamento de atividades para o período, Alvina
Marcelo e Maria são casados há 10 anos. O casal
afirmou ter sofrido danos extrapatrimoniais
possui a guarda judicial de Ana, que tem agora três
decorrentes da mora do fornecedor de serviço, que,
anos de idade, desde o seu nascimento. A mãe da
ainda que regularmente notificado pelo condomínio,
infante, irmã de Maria, é usuária de crack e
quedou-se inerte e não apresentou qualquer
soropositiva. Ana reconhece o casal como seus pais.
justificativa que impedisse o cumprimento da
Passados dois anos, Ana fica órfã, o casal se divorcia e
obrigação de forma tempestiva.
a criança fica residindo com Maria.

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 15 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

Diante da situação apresentada, assinale a afirmativa a) Cabe o pedido de cancelamento do serviço,


correta. declaração de inexistência da dívida e exclusão da
anotação indevida, inexistindo qualquer dever de
a) Existe relação de consumo apenas entre o reparação, já que à operadora não foi atribuído
condomínio e o fornecedor de serviço, não tendo defeito ou falha do serviço digital, que seria a
Alvina legitimidade para ingressar com ação motivação para tal pleito.
indenizatória, por estar excluída da cadeia da relação
consumerista. b) Trata-se de cobrança devida pelo serviço prestado,
restando a Heitor pagar imediatamente e, somente
b) Inexiste relação consumerista na hipótese, e sim assim, excluir a anotação de seu nome em cadastro
relação contratual regida pelo Código Civil, tendo a negativo, e, então, ingressar com a medida judicial,
multa contratual pelo atraso na execução do serviço comprovando que não procedeu com a contratação e
cunho indenizatório, que deve servir a todos os buscando a rescisão do contrato irregular com
condôminos e não a Alvina, individualmente. devolução em dobro do valor pago.
c) Existe relação de consumo, mas não cabe ação c) Heitor não pode ser considerado consumidor em
individual, e sim a perpetrada por todos os razão da ausência de vinculação contratual verídica e
condôminos, em litisconsórcio, tendo como objeto válida que consagre a relação consumerista,
apenas a cobrança de multa contratual e indenização afastando-se os elementos principiológicos e fazendo
coletiva. surgir a responsabilidade civil subjetiva da operadora
de telefonia e Internet.
d) Existe relação de consumo entre a condômina e o
fornecedor, com base da teoria finalista, podendo d) Heitor é consumidor por equiparação, aplicando-se
Alvina ingressar individualmente com a ação a teoria do risco da atividade e devendo a operadora
indenizatória, já que é destinatária final e quem suportar os riscos do contrato fruto de fraude, caso
sofreu os danos narrados. não consiga comprovar a regularidade da contratação
e a consequente reparação pelos danos
45ª Questão
extrapatrimoniais in re ipsa, além da declaração de
Heitor foi surpreendido pelo recebimento de inexistência da dívida e da exclusão da anotação
informação de anotação de seu nome no cadastro indevida.
restritivo de crédito, em decorrência de suposta
46ª Questão
contratação de serviços de telefonia e Internet. Heitor
não havia celebrado tal contrato, sendo o mesmo Em 11 de setembro de 2016, ocorreu o falecimento
fruto de fraude, e busca orientação a respeito de de Pedro, sócio de uma sociedade simples. Nessa
como proceder para rescindir o contrato, cancelar o situação, o contrato prevê a resolução da sociedade
débito e ter seu nome fora do cadastro negativo, bem em relação a um sócio. Na alteração contratual ficou
como o recebimento de reparação por danos estabelecida a redução do capital no valor das quotas
extrapatrimoniais, já que nunca havia tido o seu nome titularizadas pelo ex-sócio, sendo o documento
inscrito em tal cadastro. arquivado no Registro Civil de Pessoas Jurídicas, em
22 de outubro de 2016.
Com base na hipótese apresentada, na qualidade de
advogado(a) de Heitor, assinale a opção que
apresenta o procedimento a ser adotado.

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 16 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

Diante da narrativa, os herdeiros de Pedro são Sabendo-se que José, servidor público federal na
responsáveis pelas obrigações sociais anteriores à ativa, foi nomeado curador de Maria, assinale a
data do falecimento, até dois anos após afirmativa correta.

a) a data da resolução da sociedade e pelas a) É possível a concessão de autorização judicial para


posteriores e em igual prazo, a partir de 11 de o prosseguimento da empresa de Maria; porém,
setembro de 2016. diante do impedimento de José para exercer atividade
de empresário, este nomeará, com a aprovação do
b) a data do arquivamento da resolução da sociedade juiz, um ou mais gerentes.
(22 de outubro de 2016).
b) A interdição de Maria por incapacidade traz como
c) a data da resolução da sociedade em relação ao efeito imediato a extinção da empresa, cabendo a
sócio Pedro (11 de setembro de 2016). José, na condição de pai e curador, promover a
liquidação do estabelecimento.
d) a data do arquivamento da resolução da sociedade
e pelas posteriores e em igual prazo, a partir de 22 de c) É possível a concessão de autorização judicial para o
outubro de 2016. prosseguimento da empresa de Maria antes exercida
por ela enquanto capaz, devendo seu pai, José, como
47ª Questão
curador e representante, assumir o exercício da
Você participou da elaboração, apresentação e empresa.
negociação do plano de recuperação extrajudicial de
d) Poderá ser concedida autorização judicial para o
devedor sociedade empresária. Tendo sido o plano
prosseguimento da empresa de Maria, porém ficam
assinado por todos os credores por ele atingidos, seu
sujeitos ao resultado da empresa os bens que Maria já
cliente o contratou para requerer a homologação
possuía ao tempo da interdição, tanto os afetados
judicial.
quanto os estranhos ao acervo daquela.
Assinale a opção que indica o juízo em que deverá ser
49ª Questão
apresentado o pedido de homologação do plano de
recuperação extrajudicial. Brito contratou os serviços da corretora Geru para
mediar a venda de um imóvel em Estância. O cliente
a) O juízo da sede do devedor.
ajustou com a corretora verbalmente que lhe daria
b) O juízo do principal estabelecimento do devedor. exclusividade, fato presenciado por cinco
testemunhas.
c) O juízo da sede ou de qualquer filial do devedor.
A corretora, durante o tempo de vigência do contrato
d) O juízo do principal estabelecimento ou da sede do (seis meses), anunciou o imóvel em veículos de
devedor. comunicação de Estância, mas não conseguiu
concretizar a venda, realizada diretamente por Brito
48ª Questão
com o comprador, sem a mediação da corretora.
Maria, empresária individual, teve sua interdição
Considerando as informações e as regras do Código
decretada pelo juiz a pedido de seu pai, José, em
Civil quanto ao pagamento de comissão, assinale a
razão de causa permanente que a impede de exprimir
afirmativa correta.
sua vontade para os atos da vida civil.

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 17 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

a) A corretora não faz jus ao pagamento da comissão, 51ª Questão


porque o contrato de corretagem foi celebrado por
prazo determinado. Durante uma ação de guarda a tramitar em uma vara
de família, a ré, mãe da criança, descobriu que o
b) A corretora faz jus ao pagamento da comissão, advogado do pai (autor) é filho adotivo do irmão do
porque a corretagem foi ajustada com exclusividade, promotor de justiça que atua no caso. Extremamente
ainda que verbalmente. preocupada, informou o fato ao seu advogado.

c) A corretora não faz jus ao pagamento da comissão, Com base no CPC/15, como advogado da mãe,
porque o negócio foi iniciado e concluído diretamente assinale a afirmativa correta.
entre as partes, sem a sua mediação.
a) Por causa do impedimento para que o promotor de
d) A corretora faz jus ao pagamento da comissão, justiça exerça suas funções, o fato deverá ser
porque envidou todos os esforços para o êxito da informado ao juiz da causa em petição específica.
mediação, que não se concluiu por causa alheia à sua
vontade. b) O advogado da mãe deverá arguir, por meio de
exceção, o impedimento do promotor de justiça.
50ª Questão
c) As causas de impedimento direcionadas ao
Mauriti & Cia Ltda. celebrou contrato de alienação magistrado, como é o caso, não se estendem aos
fiduciária em garantia com a sociedade empresária membros do Ministério Público.
Gama. Com a decretação de falência da fiduciante, o
advogado da fiduciária pleiteou a restituição do bem d) Não se trata de causa de impedimento porque o
alienado, sendo informado pelo administrador judicial advogado do pai é parente colateral de terceiro grau
que o bem se encontrava na posse do falido na época do promotor de justiça.
da decretação da falência, porém não foi encontrado
52ª Questão
para ser arrecadado.
O Sr. João, pessoa idosa e beneficiária de plano de
Considerando os fatos narrados, o credor fiduciário
saúde individual da sociedade “ABC Saúde Ltda.”,
terá direito à restituição em dinheiro do valor da
começa a sentir fortes dores no peito durante a
avaliação do bem atualizado?
madrugada e, socorrido por seus familiares, é
a) Não, em razão de este não ter sido encontrado para encaminhado para a unidade hospitalar mais próxima.
arrecadação. O médico responsável pelo atendimento inicial
constata um quadro clínico grave, com risco de morte,
b) Sim, devendo, para tanto, habilitar seu crédito na sendo necessário o imediato encaminhamento do Sr.
falência como quirografário. João para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do
hospital. Ao ser contatado, o plano de saúde informa
c) Sim, mesmo que o bem alienado não mais exista ao que não autoriza a internação, uma vez que o Sr. João
tempo do pedido de restituição ou que não tenha sido ainda não havia cumprido o período de carência
arrecadado. exigido em contrato. Imediatamente, um dos filhos do
Sr. João, advogado, elabora a ação cabível e recorre
d) Não, por não ter a propriedade plena do bem
ao plantão judicial do Tribunal de Justiça do estado
alienado fiduciariamente, e sim resolúvel.
em que reside.

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 18 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

A partir do caso narrado, assinale a alternativa indenização por danos morais, no valor de R$
correta. 20.000,00.

a) A tutela de urgência a ser requerida deve ser Diante de tal situação, assinale a opção que apresenta
deferida, tendo em vista os princípios da cooperação o valor da causa da reconvenção.
e da não surpresa que regem a codificação processual
vigente, após a prévia oitiva do representante legal do a) O valor deve ser o mesmo da ação principal, qual
plano de saúde “ABC Saúde Ltda.”, no prazo de 5 seja, R$ 150.000,00, por ser ação acessória.
(cinco) dias úteis.
b) Não é necessário dar valor à causa na reconvenção.
b) Uma vez demonstrado o perigo de dano ou de risco
c) O valor deve ser de R$ 220.000,00, referente à
ao resultado útil do processo, o magistrado poderá
soma do pedido de declaração de invalidade parcial
conceder tutela de evidência em favor do Sr. João,
do contrato e do pleito de indenização por danos
autorizando sua internação provisória na Unidade de
morais.
Terapia Intensiva do hospital.
d) O valor deve ser de R$ 200.000,00, referente ao
c) Diante da urgência do caso, contemporânea à
pedido de declaração de invalidade parcial do
propositura da ação, a petição inicial redigida poderia
contrato, sendo o pleito de indenização por danos
limitar-se ao requerimento da tutela antecipada e à
morais meramente estimado, dispensando a
indicação do pedido final. Concedida a tutela
indicação como valor da causa.
antecipada, o autor deverá aditar a petição inicial em
15 (quinze) dias ou em outro prazo maior que o juiz 54ª Questão
fixar.
Carolina, vítima de doença associada ao tabagismo,
d) Concedida a tutela provisória requerida em favor requereu, em processo de indenização por danos
do Sr. João, ela conserva sua eficácia na pendência do materiais e morais contra a indústria do tabaco, a
processo, apenas podendo vir a ser revogada ou inversão do ônus da prova, por considerar que a parte
modificada com a prolação da sentença definitiva de ré possuía melhores condições de produzir a prova.
mérito.
O magistrado, por meio de decisão interlocutória,
53ª Questão indeferiu o requerimento por considerar que a
inversão poderia gerar situação em que a
João ajuizou ação indenizatória contra Maria,
desincumbência do encargo seria excessivamente
postulando a condenação ao pagamento de R$
difícil.
100.000,00 a título de reparação por danos materiais
e R$ 50.000,00 por indenização de danos morais, em Sobre a hipótese apresentada, assinale a afirmativa
razão do descumprimento de um contrato firmado correta.
entre eles, referente à compra e venda de dois
imóveis, cujos valores eram R$ 500.000,00 e R$ a) A decisão é impugnável por agravo interno.
200.000,00.
b) A decisão é irrecorrível.
Maria, citada, apresentou contestação e reconvenção,
c) A decisão é impugnável por agravo de instrumento.
pedindo a declaração de invalidade parcial do
contrato relativo ao imóvel de R$ 200.000,00, bem
como a condenação de João ao pagamento de

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 19 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

d) A parte autora deverá aguardar a sentença para hipótese tratada é de litisconsórcio simples. A
suscitar a questão como preliminar de apelação ou sentença proferida contra Nivaldo será ineficaz.
nas contrarrazões do recurso de apelação.
56ª Questão
55ª Questão
Jorge ajuizou demanda contra Maria, requerendo sua
Antônia contratou os arquitetos Nivaldo e Amanda condenação à realização de obrigação de fazer e ao
para realizar o projeto de reforma de seu pagamento de quantia certa. Fez requerimento de
apartamento. No contrato celebrado entre os três, foi tutela provisória de urgência em relação à obrigação
fixado o prazo de trinta dias para a prestação do de fazer.
serviço de arquitetura, o que não foi cumprido,
embora tenha sido feito o pagamento dos valores Após o transcurso da fase postulatória e probatória
devidos pela contratante. sem a análise do mencionado requerimento,
sobreveio sentença de procedência de ambos os
Com o objetivo de rescindir o contrato celebrado e ser pedidos autorais, em que o juízo determina o
ressarcida do montante pago, Antônia procura um imediato cumprimento da obrigação de fazer.
advogado, mas lhe informa que não gostaria de
processar Amanda, por serem amigas de infância. Diante de tal situação, Maria instruiu seu advogado a
recorrer apenas da parte da sentença relativa à
Sobre a hipótese apresentada, assinale a opção que obrigação de fazer.
indica o procedimento correto a ser adotado.
Nessa circunstância, o advogado de Maria deve
a) Será possível o ajuizamento da ação unicamente
em face de Nivaldo, na medida em que a hipótese a) impetrar Mandado de Segurança contra a decisão
tratada é de litisconsórcio simples. A sentença que reputa ilegal, tendo como autoridade coatora o
proferida contra Nivaldo será ineficaz em relação a juízo sentenciante.
Amanda.
b) interpor Agravo de Instrumento, impugnando o
b) Não será possível o ajuizamento da ação deferimento da tutela provisória, pois ausentes seus
unicamente em face de Nivaldo, uma vez que a requisitos.
hipótese tratada é de litisconsórcio necessário. Caso a
c) interpor Apelação, impugnando o deferimento da
ação não seja ajuizada em face de Amanda, o juiz
tutela provisória e a condenação final à obrigação de
deverá determinar que seja requerida sua citação, sob
fazer.
pena de extinção do processo.
d) interpor Agravo de Instrumento, impugnando a
c) Será possível o ajuizamento da ação unicamente em
tutela provisória e a condenação final à obrigação de
face de Nivaldo, na medida em que a hipótese tratada
fazer.
é de litisconsórcio facultativo. A sentença proferida
contra Nivaldo será eficaz em relação a Amanda, pois 57ª Questão
entre eles há comunhão de direitos ou de obrigações.
Brenda, atualmente com 20 anos de idade, estudante
d) Não será possível o ajuizamento da ação do 2º período de direito, percebe mensalmente
unicamente em face de Nivaldo, uma vez que a pensão decorrente da morte de seu pai. Sucede,
contudo, que ela recebeu uma correspondência do
fundo que lhe paga a pensão, notificando-a de que, no

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 20 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

dia 20 do próximo mês, quando completará 21 anos, crime, dessa vez de roubo, tendo como vítima
seu benefício será extinto. Inconformada, Brenda senhora de 60 anos de idade, circunstância que era do
ajuizou ação judicial, requerendo em antecipação de seu conhecimento. Dois dias depois, arrependido,
tutela a continuidade dos pagamentos e, por antes da denúncia, reparou integralmente o dano
sentença, a manutenção desse direito até, pelo causado. Na sentença, o magistrado condenou o
menos, completar 24 anos de idade, quando deverá acusado, reconhecendo a existência de duas
terminar a faculdade. Tal demanda, contudo, é agravantes pela reincidência e idade da vítima, além
rejeitada liminarmente pelo juiz da 3ª Vara, sob o de não reconhecer o arrependimento posterior.
argumento de que aquela matéria de direito já está
pacificada de forma contrária aos interesses da Autora O advogado de Rafael deve pleitear
na jurisprudência dos Tribunais Superiores e, ainda,
a) reconhecimento do arrependimento posterior.
por ele já ter proferido, em outros casos com a
mesma questão de direito, diversas sentenças de b) reconhecimento da tentativa.
improcedência.
c) afastamento da agravante pela idade da vítima.
Sobre os fatos descritos, assinale a afirmativa correta.
d)afastamento da agravante da reincidência.
a) A decisão acima mencionada, se transitada em
julgado, não faz coisa julgada material, na medida em 59ª Questão
que a ausência de citação do Réu impede a formação
A Lei Maria da Penha objetiva proteger a mulher da
regular do processo.
violência doméstica e familiar que lhe cause morte,
b) No caso de eventual recurso de Brenda, o juízo que lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico, e dano
proferiu a sentença poderá, se assim entender, moral ou patrimonial, desde que o crime seja
retratar-se. cometido no âmbito da unidade doméstica, da família
ou em qualquer relação íntima de afeto.
c) Se a matéria de mérito estivesse pacificada nos
Tribunais Superiores em favor da autora, poderia o Diante deste quadro, após agredir sua antiga
magistrado, ao receber a petição inicial, sentenciar o companheira, porque ela não quis retomar o
feito e julgar desde logo procedente o pedido. relacionamento encerrado, causando-lhe lesões leves,
Jorge o (a) procura para saber se sua conduta fará
d) Mesmo que a demanda envolvesse necessidade de incidir as regras da Lei nº 11.340/06.
produção de prova pericial, o magistrado poderia se
valer da improcedência liminar, tendo em vista a força Considerando o que foi acima destacado, você, como
dos precedentes dos Tribunais Superiores. advogado (a) irá esclarecê-lo de que

58ª Questão a) o crime em tese praticado ostenta a natureza de


infração de menor potencial ofensivo.
Rafael foi condenado pela prática de crime a pena
privativa de liberdade de 04 anos e 06 meses, tendo a b) a violência doméstica de que trata a Lei Maria da
sentença transitado em julgado em 10/02/2008. Após Penha abrange qualquer relação íntima de afeto,
cumprir 02 anos e 06 meses de pena, obteve sendo indispensável a coabitação.
livramento condicional em 10/08/2010, sendo o
c) a agressão do companheiro contra a companheira,
mesmo cumprido com correção e a pena extinta em
mesmo cessado o relacionamento, mas que ocorra
10/08/2012. Em 15/09/2015, Rafael pratica novo

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 21 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

em decorrência dele, caracteriza a violência dias, para puni-lo pelo fim do relacionamento
doméstica e autoriza a incidência da Lei nº 11.340/06. amoroso. No dia 16 de janeiro de 2017, efetivamente
restringe a liberdade do ex-namorado, trancando-o
d) ao contrário da transação penal, em tese se mostra em uma casa e mantendo consigo a única chave do
possível a suspensão condicional do processo na imóvel. Nove dias após a restrição da liberdade, a
hipótese de delito sujeito ao rito da Lei Maria da polícia toma conhecimento dos fatos e consegue
Penha. libertar Felipe, não tendo, assim, se realizado, em
razão de circunstâncias alheias, a restrição da
60ª Questão
liberdade por dez dias pretendida por Bárbara.
Carlos e seu filho de dez anos caminhavam por uma Considerando que, no dia 23 de janeiro de 2017,
rua com pouco movimento e bastante escura, já de entrou em vigor nova lei, mais gravosa, alterando a
madrugada, quando são surpreendidos com a vinda sanção penal prevista para o delito de sequestro
de um cão pitbull na direção deles. Quando o animal simples, passando a pena a ser de 01 a 05 anos de
iniciou o ataque contra a criança, Carlos, que estava reclusão e não mais de 01 a 03 anos, o Ministério
armado e tinha autorização para assim se encontrar, Público ofereceu denúncia em face de Bárbara,
efetuou um disparo na direção do cão, que não foi imputando-lhe a prática do crime do Art. 148 do
atingido, ricocheteando a bala em uma pedra e Código Penal (Sequestro e Cárcere Privado), na forma
acabando por atingir o dono do animal, Leandro, que da legislação mais recente, ou seja, aplicando-se, em
chegava correndo em sua busca, pois notou que ele caso de condenação, pena de 01 a 05 anos de
fugira clandestinamente da casa. A vítima atingida reclusão.
veio a falecer, ficando constatado que Carlos não teria
Diante da situação hipotética narrada, é correto
outro modo de agir para evitar o ataque do cão contra
afirmar que o advogado de Bárbara, de acordo com a
o seu filho, não sendo sua conduta tachada de
jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, deverá
descuidada.
pleitear
Diante desse quadro, assinale a opção que apresenta
a) a aplicação do instituto da suspensão condicional
a situação jurídica de Carlos.
do processo.
a) Carlos atuou em legítima defesa de seu filho,
b) a aplicação da lei anterior mais benéfica, ou seja, a
devendo responder, porém, pela morte de Leandro.
aplicação da pena entre o patamar de 01 a 03 anos de
b) Carlos atuou em estado de necessidade defensivo, reclusão.
devendo responder, porém, pela morte de Leandro.
c) o reconhecimento da inimputabilidade da acusada,
c) Carlos atuou em estado de necessidade e não deve em razão da idade.
responder pela morte de Leandro.
d) o reconhecimento do crime em sua modalidade
d) Carlos atuou em estado de necessidade putativo, tentada.
razão pela qual não deve responder pela morte de
62ª Questão
Leandro.
Marcus foi definitivamente condenado pela prática de
61ª Questão
um crime de roubo simples à pena privativa de
Bárbara, nascida em 23 de janeiro de 1999, no dia 15 liberdade de quatro anos de reclusão e multa de dez
de janeiro de 2017, decide sequestrar Felipe, por dez dias. Apesar de reincidente, em razão de condenação

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 22 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

definitiva pretérita pelo delito de furto, Marcus a) erro de tipo, nos dois casos.
confessou a prática do delito, razão pela qual sua
pena foi fixada no mínimo legal. Após cumprimento b) erro de proibição, nos dois casos.
de determinado período de sanção penal, pretende o
c) erro de tipo e erro de proibição.
apenado obter o benefício do livramento condicional.
Considerando o crime praticado e a hipótese narrada, d) erro de proibição e erro de tipo.
é correto afirmar que
64ª Questão
a) Marcus não faz jus ao livramento condicional, pois
condenado por crime doloso praticado com violência No dia 31 de dezembro de 2015, Leandro encontra,
ou grave ameaça à pessoa. em uma boate, Luciana, com quem mantivera uma
relação íntima de afeto, na companhia de duas
b) O livramento condicional pode ser concedido pelo amigas, Carla e Regina. Já alterado em razão da
juiz da condenação logo quando proferida sentença ingestão de bebida alcoólica, Leandro, com ciúmes de
condenatória. Luciana, inicia com esta uma discussão e desfere
socos em sua face. Carla e Regina vêm em defesa da
c) Não é cabível livramento condicional para Marcus,
amiga, mas, descontrolado, Leandro também agride
tendo em vista que é condenado reincidente em
as amigas, causando lesões corporais leves nas três.
crime doloso.
Diante da confusão, Leandro e Luciana são
d) Ainda que praticada falta grave, Marcus não terá o
encaminhados a uma delegacia, enquanto as demais
seu prazo de contagem para concessão do livramento
vítimas decidem ir para suas casas. Após exame de
condicional interrompido.
corpo de delito confirmando as lesões leves, Luciana é
ouvida e afirma expressamente que não tem interesse
em ver Leandro responsabilizado criminalmente.
63ª Questão
Em relação às demais lesadas, não tiveram interesse
Tony, a pedido de um colega, está transportando uma em ser ouvidas em momento algum das investigações,
caixa com cápsulas que acredita ser de remédios, sem mas as testemunhas confirmaram as agressões.
ter conhecimento que estas, na verdade, continham Diante disso, o Ministério Público, em 05 de julho de
Cloridrato de Cocaína em seu interior. Por outro lado, 2016, oferece denúncia em face de Leandro,
José transporta em seu veículo 50g de Cannabis Sativa imputando-lhe a prática de três crimes de lesão
L. (maconha), pois acreditava que poderia ter corporal leve.
pequena quantidade do material em sua posse para
fins medicinais. Considerando apenas as informações narradas, o(a)
advogado(a) de Leandro
Ambos foram abordados por policiais e, diante da
apreensão das drogas, denunciados pela prática do a) não poderá buscar a rejeição da denúncia em
crime de tráfico de entorpecentes. relação a nenhum dos três crimes.

Considerando apenas as informações narradas, o b) poderá buscar a rejeição da denúncia em relação


advogado de Tony e José deverá alegar em favor dos ao crime praticado contra Luciana, mas não quanto
clientes, respectivamente, a ocorrência de aos delitos praticados contra Carla e Regina.

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 23 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

c) poderá buscar a rejeição da denúncia em relação narrar os fatos em sede policial e demonstrar
aos três crimes. interesse em ver o autor do fato responsabilizado, é
instaurado inquérito policial para investigar a notícia
d) não poderá buscar a rejeição da denúncia em de crime. Quando da elaboração do relatório
relação ao crime praticado contra Luciana, mas conclusivo, a autoridade policial conclui pela prática
poderá pleitear a imediata rejeição quanto aos delitos delitiva da difamação, majorada por ser contra
praticados contra Carla e Regina. funcionário público em razão de suas funções, bem
como identifica João como autor do delito. Tiago,
65ª Questão
então, procura seu advogado e informa a este as
Clodoaldo figura como indiciado em inquérito policial conclusões 1 (um) mês após os fatos.
que investiga a prática de um crime de estupro de
Considerando apenas as informações narradas, o
vulnerável. Já no curso das investigações, Clodoaldo
advogado de Tiago, de acordo com a jurisprudência
apresenta sinais de que poderia ser portador de
do Supremo Tribunal Federal, deverá esclarecer que
doença mental. Concluídas as investigações, é
oferecida denúncia contra o indiciado. a) caberá ao Ministério Público oferecer denúncia em
face de João após representação do ofendido, mas
Durante a audiência, o advogado de Clodoaldo requer
Tiago não poderá optar por oferecer queixa-crime.
a instauração de incidente de insanidade mental,
sendo o pleito indeferido pelo magistrado, que b) caberá a Tiago, assistido por seu advogado,
considerou o ato protelatório. oferecer queixa-crime, não podendo o ofendido optar
por oferecer representação para o Ministério Público
Sobre o tema incidente de insanidade mental, é
apresentar denúncia.
correto afirmar que
c) Tiago poderá optar por oferecer queixa-crime,
a) se o perito concluir que o acusado era inimputável
assistido por advogado, ou oferecer representação ao
ao tempo da infração, o processo prosseguirá, mas se
Ministério Público, para que seja analisada a
a insanidade surgiu após o ato criminoso imputado, o
possibilidade de oferecimento de denúncia.
processo ficará suspenso.
d) caberá ao Ministério Público oferecer denúncia,
b) da decisão do magistrado que indeferiu a
independentemente de representação do ofendido.
instauração do incidente caberá recurso em sentido
estrito. 67ª Questão
c) diante da suspeita da autoridade policial, poderia O inquérito policial pode ser definido como um
ela mesmo ter instaurado incidente de insanidade procedimento investigatório prévio, cuja principal
mental. finalidade é a obtenção de indícios para que o titular
da ação penal possa propô-la contra o suposto autor
d) o incidente de insanidade mental é processado em
da infração penal.
autos em apartado e não gera, de imediato, qualquer
suspensão do processo. Sobre o tema, assinale a afirmativa correta.
66ª Questão a) A exigência de indícios de autoria e materialidade
para oferecimento de denúncia torna o inquérito
Tiago, funcionário público, foi vítima de crime de
policial um procedimento indispensável.
difamação em razão de suas funções. Após Tiago

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 24 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

b) O despacho que indeferir o requerimento de análise do habeas corpus, a autoridade competente


abertura de inquérito policial é irrecorrível. entende por denegar a ordem.

c) O inquérito policial é inquisitivo, logo o defensor Considerando as informações narradas, o advogado


não poderá ter acesso aos elementos informativos de Vitor poderá recorrer da decisão que denegou a
que nele constem, ainda que já documentados. ordem por meio de

d) A autoridade policial, ainda que convencida da a) recurso em sentido estrito, tendo em vista que o
inexistência do crime, não poderá mandar arquivar os Tribunal de Justiça foi o órgão competente para
autos do inquérito já instaurado. análise do habeas corpus apresentado em razão da
conduta do delegado.
68ª Questão
b) recurso em sentido estrito, tendo em vista que o
Antônio foi denunciado e condenado pela prática de juiz de primeiro grau era competente para a análise
um crime de roubo simples à pena privativa de do habeas corpus apresentado em razão da conduta
liberdade de 4 anos de reclusão, a ser cumprido em do delegado.
regime fechado, e 10 dias-multa. Publicada a sentença
no Diário Oficial, o advogado do réu se manteve c) recurso ordinário constitucional, tendo em vista
inerte. Antônio, que estava preso, foi intimado que o Tribunal de Justiça foi o órgão competente para
pessoalmente, em momento posterior, manifestando análise do habeas corpus apresentado em razão da
interesse em recorrer do regime de pena aplicado. conduta do delegado.
Diante disso, 2 dias após a intimação pessoal de
Antônio, mas apenas 10 dias após a publicação no d) recurso ordinário constitucional, tendo em vista
Diário Oficial, sua defesa técnica interpôs recurso de que o juiz de primeiro grau era competente para a
apelação. O juiz de primeira instância denegou a análise do habeas corpus apresentado em razão da
apelação, afirmando a intempestividade. conduta do delegado.

Contra essa decisão, o advogado de Antônio deverá 70ª Questão


apresentar
Um grupo econômico é formado pelas sociedades
a) Recurso de Agravo. empresárias X, Y e Z. Com a crise econômica que
assolou o país, todas as empresas do grupo
b) Carta Testemunhável. procuraram formas de reduzir o custo de mão de
obra. Para evitar dispensas, a sociedade empresária X
c) Recurso Ordinário Constitucional. acertou a redução de 10% dos salários dos seus
empregados por convenção coletiva; Y acertou a
d) Recurso em Sentido Estrito.
mesma redução em acordo coletivo; e Z fez a mesma
69ª Questão redução, por acordo individual escrito com os
empregados.
Vitor, corretor de imóveis, está sendo investigado em
inquérito policial. Considerando que o delegado vem Diante da situação retratada e da norma de regência,
atuando com abuso e colocando em risco a liberdade assinale a afirmativa correta.
de Vitor, o advogado do investigado apresenta habeas
corpus perante o órgão competente. Quando da

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 25 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

a) As empresas estão erradas, porque o salário é Célio e Paulo eram funcionários da sociedade
irredutível, conforme previsto na Constituição da empresária Minério Ltda. e trabalhavam no município
República. do Rio de Janeiro.

b) Não se pode acertar redução de salário por acordo Por necessidade de serviço, eles foram deslocados
coletivo nem por acordo individual, razão pela qual as para trabalhar em outros municípios.
empresas Y e Z estão erradas.
Célio continuou morando no mesmo lugar, porque o
c) A empresa Z não acertou a redução salarial na município em que passou a laborar era contíguo ao
forma da lei, tornando-a inválida. Rio de Janeiro. Paulo, no entanto, mudou-se
definitivamente, com toda a família, para o município
d) As reduções salariais em todas as empresas do em que passou a trabalhar, distante 350 km do Rio de
grupo foram negociadas e, em razão disso, são Janeiro.
válidas.
Dois anos depois, ambos foram dispensados. A
71ª Questão sociedade empresária nada pagou aos funcionários
quando das transferências de locais de trabalho, salvo
Sílvio é empregado da sociedade empresária Onda
a despesa com a mudança de Paulo. Ambos ajuizaram
Azul Ltda. e, em determinado dia, no horário de
ações trabalhistas.
almoço, ao se dirigir a um restaurante para fazer sua
refeição, foi atropelado por um veículo, sofrendo A partir da hipótese sugerida, assinale a afirmativa
lesões que o afastaram do serviço por 30 dias, correta.
inclusive com recebimento de benefício
previdenciário. a) Célio e Paulo não têm direito ao adicional de
transferência.
Diante da situação apresentada, assinale a afirmativa
correta. b) Apenas Paulo tem direito ao adicional de
transferência.
a) O fato não caracteriza acidente do trabalho, porque
não aconteceu na empresa nem em deslocamento a c) Apenas Célio tem direito ao adicional de
serviço. transferência.

b) O fato caracteriza acidente do trabalho, e, ao d) Ambos têm direito ao adicional de transferência.


retornar, Sílvio tem garantia no emprego de 12 meses.
73ª Questão
c) A Lei é omissa a respeito, daí porque caberá ao juiz,
no caso concreto, dizer se o evento foi acidente de Solange é comissária de bordo em uma grande
trabalho. empresa de transporte aéreo e ajuizou reclamação
trabalhista postulando adicional de periculosidade,
d) A empresa será obrigada a ressarcir o empregado, alegando que permanecia em área de risco durante o
porque tem o dever de fornecer alimentação. abastecimento das aeronaves porque ele era feito
com a tripulação a bordo. Iracema, vizinha de Solange,
72ª Questão trabalha em uma unidade fabril recebendo adicional
de insalubridade, mas, após cinco anos, sua atividade

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 26 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

foi retirada da lista de atividades insalubres, por ato d) Rogério deve, por força de Lei, manter controle
da autoridade competente. escrito dos horários de entrada e saída da empregada
doméstica.
Sobre as duas situações, segundo a norma de regência
e o entendimento consolidado do TST, assinale a 75ª Questão
afirmativa correta.
Carlos, professor de educação física e fisioterapeuta,
a) Solange não tem direito ao adicional de trabalhou para a Academia Boa Forma S/A, que
periculosidade e Iracema perderá o direito ao assinou sua CTPS. Cumpria jornada de segunda a
adicional de insalubridade. sexta-feira, das 7h às 16h, com uma hora de intervalo
para almoço. Ao longo da jornada de trabalho, ele
b) Solange tem direito ao adicional de periculosidade ministrava quatro aulas de ginástica com 50 minutos
e Iracema manterá o adicional de insalubridade por de duração cada, e, também, fazia atendimentos
ter direito adquirido. fisioterápicos previamente marcados pelos alunos da
Academia, na sociedade empresária Siga em Boa
c) Solange não tem direito ao adicional de
Forma Ltda., do mesmo grupo econômico da
periculosidade e Iracema manterá o direito ao
Academia, sem ter sua CTPS anotada. Dispensado,
adicional de insalubridade.
Carlos pretende ajuizar ação trabalhista.
d) Solange tem direito ao adicional de periculosidade
Diante disso, em relação ao vínculo de emprego de
e Iracema perderá o direito ao adicional de
Carlos assinale a afirmativa correta.
insalubridade.
a) O caso gera a duplicidade de contratos de emprego,
74ª Questão
sendo as empresas responsáveis solidárias dos
Suely trabalha na casa de Rogério como cuidadora de débitos trabalhistas.
seu pai, pessoa de idade avançada e enferma,
b) O caso gera a duplicidade de contratos de
comparecendo de segunda a sexta-feira, das 8:00 às
emprego, sendo as empresas responsáveis
17:00 h, com intervalo de uma hora para refeição.
subsidiárias dos débitos trabalhistas.
De acordo com o caso narrado e a legislação de
c) O caso gera duplicidade de contratos de emprego,
regência, assinale a afirmativa correta.
cada empresa com sua responsabilidade.
a) O controle escrito não é necessário, porque menos
d) O caso não gera coexistência de mais de um
de 10 empregados trabalham na residência de
contrato de trabalho.
Rogério.
76ª Questão
b) A lei de regência prevê que as partes podem
acertar, por escrito, a isenção de marcação da jornada Cristóvão trabalhava na sociedade empresária
normal, assinalando apenas a eventual hora extra. Solventes Químicos S/A como motorista de
empilhadeira. Ocorre que, em uma viagem de lazer
c) A Lei é omissa a respeito, daí por que a existência
feita nas férias, Cristóvão sofreu um acidente
de controle deve ser acertado entre as partes
automobilístico e veio a óbito. Cristóvão deixou viúva,
envolvidas no momento da contratação.
com quem era casado há 28 anos pelo regime da
comunhão parcial de bens, e cinco filhos, sendo três

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 27 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

deles maiores de 21 anos e capazes, e dois menores b) A prescrição foi interrompida com o ajuizamento
de 21 anos. do protesto.

Diante da tragédia ocorrida, a sociedade empresária c) A prescrição ocorreu, porque não cabe protesto
calculou as verbas devidas em razão da extinção judicial na seara trabalhista.
contratual decorrente da morte e pretende efetuar o
pagamento a quem de direito. d) A prescrição não corre para os empregados maiores
de 60 anos.
De acordo com a legislação de regência, assinale a
opção que contempla os beneficiários dessa verba. 78ª Questão

a) Somente a esposa e os filhos menores, por serem Jorge foi dispensado e, no dia designado para
dependentes previdenciários passíveis de habilitação homologação da ruptura contratual, a empresa
junto ao INSS, dividirão igualmente a verba informou que não tinha dinheiro para pagar a
decorrente do contrato de trabalho. indenização. O TRCT estava preenchido, com o valor
total de R$ 5.000,00 que Jorge deveria receber.
b) A viúva e todos os filhos são sucessores, motivo
pelo qual a verba deverá ser rateada igualmente entre Diante da situação narrada pela empresa e da
todos, conferindo-se isonomia. extrema necessidade de Jorge, o sindicato concordou
em fazer a homologação apenas para liberar o FGTS e
c) A viúva, por ser herdeira e meeira, ficará com 50% permitir o acesso ao seguro-desemprego, lançando no
da indenização pela ruptura do contrato de trabalho, TRCT um carimbo de que nada havia sido pago. Jorge,
dividindo-se o restante, igualmente, entre os filhos. então, ajuizou ação monitória na Justiça do Trabalho,
cobrando a dívida de R$ 5.000,00.
d) A Lei não é clara sobre quem deve receber a
indenização, razão pela qual caberá ao juiz, no caso Sobre a situação narrada, assinale a afirmativa
concreto e verificando a necessidade de cada correta.
herdeiro, fazer a divisão justa e equânime.
a) O comportamento de Jorge é viável, sendo que,
77ª Questão nesse caso, o juiz expedirá mandado de pagamento,
nos moldes do CPC.
Um empregado de 65 anos foi admitido em
10/05/2011 e dispensado em 10/01/2013. Ajuizou b) Na Justiça do Trabalho, a ação monitória somente é
reclamação trabalhista em 05/12/2016, postulando possível em causas de até dois salários mínimos,
horas extras e informando, na petição inicial, que não sendo que da sentença não caberá recurso, o que não
haveria prescrição porque apresentara protesto é a hipótese retratada.
judicial quanto às horas extras em 04/06/2015,
conforme documentos que juntou aos autos. c) Jorge deveria ajuizar ação de execução de título
extrajudicial, que é a natureza jurídica do TRCT
Diante da situação retratada, considerando a Lei e o preenchido, mas não quitado.
entendimento consolidado do TST, assinale a
afirmativa correta. d) Jorge agiu mal, porque não cabe ação monitória na
Justiça do Trabalho, em razão da incompatibilidade de
a) A prescrição ocorreu graças ao decurso do tempo e procedimentos.
à inércia do titular.

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 28 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

79ª Questão forma e desacompanhada de advogado, interpõe o


competente recurso de revista para o TST.
Em reclamação trabalhista que se encontra na fase de
execução, o executado apresentou exceção de Com base na jurisprudência consolidada do TST acerca
pré-executividade. Após ser conferida vista à parte da postulação em causa própria, assinale a afirmativa
contrária, o juiz julgou-a procedente e reconheceu a correta.
nulidade da citação e de todos os atos subsequentes,
determinando nova citação para que o réu pudesse a) O recurso deverá ser conhecido e provido.
contestar a demanda.
b) O recurso deveria ser endereçado ao STF, em razão
Considerando essa situação e o que dispõe a CLT, da alegada violação constitucional.
assinale a opção que indica o recurso que o
c) Não cabe mais recurso do julgado.
exequente deverá apresentar para tentar reverter a
decisão. d) O recurso deverá ter o seguimento negado por
irregularidade de representação.
a) Apelação.

b) Agravo de Petição.

c) Recurso de Revista.

d) Recurso Ordinário.

80ª Questão

Rita é engenheira e trabalhou na empresa Irmãos


Construtores Ltda. por 3 anos. Ao ser dispensada,
ajuizou ação trabalhista em face da ex-empregadora.
Como tinha experiência na área de recursos humanos
de empregos anteriores, decidiu ela própria fazer sua
defesa jurídica, não buscando, portanto, a assistência
de advogado ou sindicato. Elaborou a petição inicial,
compareceu à audiência e formulou perguntas para
testemunhas e para a parte ré.

Ao término da instrução o juiz prolatou sentença de


improcedência do petitório de Rita, a qual,
inconformada, interpôs recurso ordinário, que teve
provimento negado, sendo mantida a sentença de
primeiro grau. Ainda inconformada, adotando o
mesmo sistema, entendendo ter havido violação
literal de dispositivo constitucional tanto na sentença
de primeiro grau como no acórdão, Rita, da mesma

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 29 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br 
SIMULADO 
 

2º Simuladão Prova da Ordem – 23/02/18

GABARITO:

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

C D B B B D C D C B D B C D B C B A A C

21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40

A D C B B D A D C C B D C C A D A D D C

41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60

A D D D B B B A C C A C C C B C B D C C

61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80

A D C D A C D D B C B A A D D A A A B D

Portal Prova da Ordem


Rua Lauro Linhares, 2055, sala 705, Bloco Flora, Trindade, Fpolis/SC, CEP 88036-002 www.provadaordem.com.br Pág. 30 de 30
e-mail: atendimento@provadaordem.com.br