Sie sind auf Seite 1von 19

LCE0182 – Química Analítica Quantitativa

Equilíbrio de complexos e
quelatos

Wanessa Melchert Mattos


Compostos de coordenação ou complexos

Definição de compostos de coordenação ou complexos: espécie em


que um íon central , geralmente, um cátion é rodeado por um certo
número de ligantes, que podem ser moléculas neutras ou ânions.

Ligantes
Átomo Central
Compostos de coordenação ou complexos

São compostos formados através de interações ácido-base de Lewis

Ácido de Lewis: é uma substância capaz de aceitar um par de


elétrons de outro átomo para formar uma nova ligação

Base de Lewis: é uma substância capaz de doar um par de elétrons a


outro átomo para formar uma nova ligação

A + B:  B:A

Ácido Base Aduto ácido-base


Ligação covalente
Compostos de coordenação ou complexos
Compostos de coordenação ou complexos

Cu2+ [Cu(H2O)4]2+

A maioria dos íons metálicos em solução aquosa existe na forma


de aquocomplexos
Compostos de coordenação ou complexos

número de número de ligações covalentes que 1 cátion


coordenação tende a formar com doadores de elétrons

valores típicos: 2, 4 e 6 L
L L L
L L
L M
L M L M M L L
L L
Linear: ML2 L L
Quadrado planar (d8): L
Tetraédrico:
ML4 Octaédrico:
ML4
ML6

exemplo: Cu(II)

Cu(NH3)42+ Cu(NH2CH2COO)2 CuCl42-


Compostos de coordenação ou complexos
Formas dos Complexos
Compostos de coordenação ou complexos

Ligante com um grupo doador é chamado mono ou unidentado: NH3

Com 2 grupos disponíveis para coordenação é chamado bidentado:


Glicina HN O
2

2 H – C – C - OH

Polidentados (muitos dentes) e podem ocupar simultaneamente mais


de um sítio de ligação: EDTA
Compostos de coordenação ou complexos
Compostos de coordenação ou complexos

Quelato: é produzido quando um íon metálico coordena-se com dois


ou mais grupos doadores de um único ligante.
Compostos de coordenação ou complexos

Equilíbrio de Complexação
Compostos de coordenação ou complexos

Equilíbrio de Complexação
Constantes de formação ou estabilidade

Constantes de formação global


Compostos de coordenação ou complexos

Equilíbrio de Complexação
Solubilidade e íons complexos

Por que o cloreto de prata não se dissolve em água ou em ácido


forte, mas dissolve-se em amônia?

AgCl (s) + 2 NH3 (aq)  Ag(NH3)2+ (aq) + Cl- (aq)

Duas etapas:

(1)AgCl (s)  Ag+ (aq) + Cl- (aq) Kps = 1,8x10-10

(2)Ag+ + 2 NH3 (aq)  Ag(NH3)2+ (aq) Kf = 1,6x107

Força motriz para dissolução


de AgCl em NH3
Solubilidade e íons complexos
Duas etapas:

(1)AgCl (s)  Ag+ (aq) + Cl- (aq) Kps = 1,8x10-10

(2)Ag+ + 2 NH3 (aq)  Ag(NH3)2+ (aq) Kf = 1,6x107

AgCl (s) + 2 NH3 (aq)  Ag(NH3)2+ (aq) + Cl- (aq) Kglobal = Kps x Kf

Kglobal = [Ag(NH3)2+] [Cl-]


[NH3]2

Solubilidade de compostos insolúveis aumenta quando se formam


íons complexos em solução
Solubilidade e íons complexos

Qual é o valor da constantes de equilíbrio global para a dissolução


de AgBr em uma solução saturada com íon tiossulfato, S2O32-?
Kps AgBr = 5,4x10-13 e Kf Ag(S2O3)23- = 2,0x1013
Solubilidade e íons complexos

Calcule o valor da constante de equilíbrio global para a dissolução


de Cu(OH)2 em amônia aquosa para formar o íon complexo
Cu(NH3)42+. Kps = 2,2x10-20 e Kf = 6,8x1012
Equilíbrio de solubilidade e complexação

Calcule a solubilidade molar do brometo de prata em 1,0 M NH3. Kps AgBr =


7,7x10-13 e Kf Ag(NH3)2+ = 1,6x107
Equilíbrio de solubilidade e complexação

Calcule a solubilidade molar do sulfeto de cobre (II) em 1,2 M NH3. Kps CuS =
1,3x10-36 e Kf Cu(NH3)42+ = 1,2x1013