You are on page 1of 8

Calendário Àsatrú Vanatrú Hemisfério Sul Ver. 3.

Datas aproximadas do início das estações do ano no hemisfério sul:

Hemisfério Sul

Dia 21 de dezembro - Início do verão


Dia 21 de março - Início do outono
Dia 21 de junho - Início do inverno
Dia 21 de setembro - Início da primavera

Calendário - Hemisfério Sul


A ideia desse tópico é fornecer um calendário relativamente completo (muitos grupos possuem
muitas datas diferentes) para que os seguidores da Tradição que participam dessa comunidade
possam saber quando e por que celebrar nossas datas sagradas. As datas e as descrições aqui
postadas por mim são baseadas em informações de organizações sérias tanto asatruar quanto
odinistas. Eu tomei a liberdade de adicionar algumas informações baseadas em meus

Kindred Guardiões – Natal-RN


Fan Page e Grupo no Facebook / Àsatrú Vanatrú Natal/RN Grupo Independente.
conhecimentos e experiências.
2

Janeiro
Dia 9 – Dia de recordar Raud O Forte. Raud era um fazendeiro na Noruega que foi levado à
morte por Olaf Tryggvason por sua lealdade ao Àsatrú. O método utilizado foi uma cobra enfiada
garganta abaixo de Raud. Suas terras foram então confiscadas em nome do rei e seus monges. Erga
um brinde em honra de Raud e de todos os seus companheiros que deram suas vidas ao invés de
submeterem-se ao “amor” imposto pelo império cristão.

Fevereiro
Dia 9 – Dia de recordar de Eyvind Kinnrifi. Olaf o torturou até a morte colocando uma bacia de
brasa ardente em seu estômago até que seu corpo explodisse. O crime de Eyvind foi sua firme
lealdade aos Antigos Deuses. Um bom dia para refletir sobre a gentileza cristã.

Dia 19 – Freyfaxi: 1a Colheita. Celebrada com um Blot a Frey e um grande banquete dos jardins e
dos campos.

Março
Dia 9 – Dia de recordar Oliver o Mártir. Ele era um adepto do Àsatrú que persistiu em organizar
sacrifícios (Blóts), em segredo, para os Deuses e Deusas a despeito dos decretos de Olaf proibindo
tais atividades. Traído por um informante, ele foi morto pelos homens de Olaf enquanto preparava o
sacrifício da Primavera na vila de Maerin, Noruega. Muitos outros homens cujos nomes estão
perdidos para nós foram também assassinados, mutilados ou exilados por tomarem parte em tais
sacrifícios.

Dia 23 – Aproximação do Inverno: Equinócio de Outono; Verão e Inverno se equilibram por um


momento e o frio e velho homem vence – por enquanto. Prepare-se para noites mais longas e o
surgimento eventual do frio e das trevas do Inverno. Faça um blót a Odin por inspiração para
atravessar seu tempo pessoal de escassez, sempre que ele surgir. Essa é a tradicional época das
festas de Outono e da Segunda Colheita.

Dia 28 – Dia de Ragnar Lodbrok. Ragnar foi um dos mais famosos e legendários vikings. Nesse
dia, no Ano Rúnico de 1145, ele invadiu Paris. Isso aconteceu simplesmente num Domingo de
Páscoa (haha). Hoje brinde a Ragnar e leia sua Saga.

Abril
Dia 9 – Dia de recordar Jarl Hakon da Noruega: Como soberano da parte ocidental do domínio,
Hakon restaurou o culto aos Antigos Deuses e baniu a religião estranha. Nesse processo, as pessoas
comuns reconquistaram suas liberdades políticas as quais haviam sido anuladas com o jugo cristão,
e a chama de nosso Troth queimou com mais intensidade numa era de união. Pode ser que a defesa
de nossos modos ancestrais feita por Hakon ajudou a encorajar a sobrevivência de nossas tradições
na Islândia, onde elas acabaram se tornando as sementes do Àsatrú moderno. Nesse dia, reflita
sobre como as ações de um indivíduo podem causar impactos sobre eventos relativos ao futuro da

Kindred Guardiões – Natal-RN


Fan Page e Grupo no Facebook / Àsatrú Vanatrú Natal/RN Grupo Independente.
Nação Odinista.
3
Dia 14 – Noites de Inverno/Vetrablot: Noites de Inverno celebra a recompensa da safra e honra
Freya e os espíritos de fertilidade e proteção chamados Disir, que ela comanda (frequentemente as
Disir são vistas como nossas ancestrais femininas). Glorifique Freya e derrame uma libação de
cerveja, leite ou hidromel no solo como uma oferenda para as Disir e para a própria Terra.

Dia 22 – Dia de Yggdrasil: Nesse dia nós percebemos o grande significado que a Árvore do
Mundo tem em nossa cultura, herança e espiritualidade nativas. É da Árvore da Vida que viemos, e
ela acolhe, protege e nutre o Àsatrú hoje. Ela também oferecerá refúgio ao nosso povo quando
chegar o Ragnarok. Árvores são os pulmões bem como a alma de Midgard. Plante uma árvore hoje,
Cuide dela e a proteja.

Maio
Dia 9 – Dia de recordar Guthroth: Um dos menores reis das terras do alto, Guthroth teve a
audacidade fazer um discurso em oposição a política de Olaf Tryggvasson, o qual, naquele
momento estava ocupado matando pessoas que não queriam se tornar cristãos. Por exercer seus
direitos divinos de cultuar seus Deuses tribais, Guthroth foi capturado e sua língua foi cortada. Use
sua língua para os Deuses hoje! Exalte-os e recite algum poema heroico, conte a alguém sobre as
glórias dos Deuses e telefone para algum companheiro para se manter em contato.

Dia 23 – Banquete de Ullr: A festa de Ullr é para celebrar a Caçada e obter a sorte pessoal para o
sucesso. Nesse dia armas são dedicadas a Ullr, Deus do Arco e Flecha. Se suas armas de caça forem
abençoadas pela sorte do Deus da Caçada, sua família e tribo dividirão as recompensas com um blót
e Banquete para Ullr.
Dia 30 – Celebração dos Aesires: festa em honra aos Deuses dos Homens.

Junho
Dia 8 – Dia de Lindsfarne: Nesse dia do Ano Rúnico de 1043 (793 dc) três barcos Vikings
tomaram de assalto a Ilha de Lindsfarne, oficialmente dando início a Era Viking. Brinde a esses
bravos guerreiros que começaram a nobre resistência à invasão dos forasteiros nas Terras do Norte e
buscaram a devida vingança pelo massacre dos Saxões por Carlos Magno.

Dia 9 – Dia de recordar Sigurd, o Volsung. Ele é o modelo de herói Germânico. Sua conquista da
Valkíria Brunhild, a tomada vitoriosa do tesouro dos Nibelungos e o constante tema da Iniciação
Odiniana que se desenvolve através de sua história são partes inestimáveis de nossa Herança
Àsatrú, que fornecem vasto material para contemplação e inspiração para ação.

Dia 21– Noite das Mães: Sendo a noite antes do Solstício de Inverno, é nesse momento que nasce
o Novo Ano. Nós honramos o começo do retorno de Sunna e a quebra do feitiço do Inverno. Essa é
uma ocasião para honrar Thorr e Frey, celebrando um blót, um Sumbel e um Grande Banquete.
Acenda uma fogueira e salte sobre as chamas para sorte e purificação.

Dia 22 – Grande Banquete do Yule: Começo do Ano Rúnico – Sagrado a Thorr e Frey.

Dia 31 – Décima segunda noite: Culminam as tradicionais doze noites do Yule. Cada dia sendo um
mês em miniatura. Reflita sobre a primeira metade do ano. Faça planos para o futuro e juramentos
formais sobre o Martelo de Thor (ou qualquer outro objeto sagrado).

Kindred Guardiões – Natal-RN


Fan Page e Grupo no Facebook / Àsatrú Vanatrú Natal/RN Grupo Independente.
4
Julho
Dia 3 – Encantamento do Arado: Essa é a data de um ritual agrícola. Encontra referência no
poema Skírnismál da Edda. Grãos e bolos são oferecidos para a fertilidade do solo, e o Pai Celeste e
a Mãe Terra são invocados para esse fim. Pense profundamente sobre sua dependência do solo, e
esmigalhe sobre a terra um pedaço de pão enquanto clama por Odin, Frigga e os Espíritos do Local
para curar a Terra e protegê-la de qualquer mal.

Dia 9 – Dia de Unn, a de Mente Profunda. Ela foi uma poderosa figura da Laxdaela Saga, que
emigrou para a Escócia para evitar a hostilidade do rei Harald Finehair. Ela estabeleceu dinastias
nas ilhas Orkney e Faroe ao casar meticulosamente suas netas. Como colonizadora na Islândia ela
continuou a exibir os traços que fizeram sua fama, força de vontade, determinação para controlar,
dignidade e um caráter nobre. Em seus últimos dias de vida, ela estabeleceu uma poderosa linhagem
escolhendo um de seus netos como herdeiro. Ela morreu durante a celebração do casamento,
possivelmente atingindo seus objetivos e aprimorando seu orlog (e de seus descendentes) em
Midgard. Ela recebeu um funeral tipicamente nórdico, cercada por seu tesouro e sua reputação pelos
seus grandes feitos. Esse é um dia para recordar e honrar nossas heroínas.

Dia 14 – Thorrablot: É a “festa de Thorri”, que não deve ser confundido com Thor. Thorri seria
uma personificação do inverno, do qual não temos muitas informações além disso, porém é um
festival que ganhou muita popularidade nos dias de hoje, e muitas pessoas celebram homenagem a
Thor mesmo. (A probabilidade de Thorri e Thor serem a mesma deidade é muito, muito remota
devido ao simbolismo associado a cada um. Thor não poderia ser associado a uma personificação
do inverno devido a suas características de matador dos gigantes de gelo, de protetor de Asgard.) O
blót a Thor nessa época é um festival moderno, mas que é bastante coerente. É uma forma de
celebrar com o ruivo o fato do inverno estar indo embora e agradecer a Thor pela força. Podemos
assar uma perna de carneiro, beber cerveja e principalmente, não esquecer de oferecer bastante (o
que quer dizer, derramar a cerveja ofertada na terra e deixar uma boa parte, cortada primeiro, do
carneiro junto a uma árvore). O Banquete Para Thorr acontece em Julho. A força do Sol começa a
crescer nesse período, mas o frio também fica mais forte. Da metade de Julho até a metade de
Agosto está o verdadeiro pico do Inverno no Hemisfério Sul. Então, no Banquete Para Thorr, nós
saudamos o Trovejante por afastar as trevas, mas nós também precisamos pedir sua ajuda para nos
proteger contra os gigantes do gelo cujo poder cresce com o frio e não são amigos dos humanos.
Nesse período do ano gelado e de escassez, nós também precisamos ser fortalecidos pelo fogo da
coragem de Thor e pelo trovão de sua gargalhada enquanto ele nos lembra que nossa bravura, poder
e força – seus filhos Módhi, Magni e Thrúdhr – são suficientes para fazer com que atravessemos
pelas provações do Inverno.

Dia 29 – Dia de Stikklestad: Olaf, O Gordo, foi morto na batalha de Stikklestad nesse dia do ano
1280 (Era Rúnica). Olaf adquiriu sua reputação por matar, mutilar, torturar e exilar seus
compatriotas noruegueses que não quiseram se converter ao cristianismo e sua opressão. Hoje
honremos mártires Asatruar que morreram ao invés de se submeter. Também honre os guerreiros
que trouxeram justiça a Olaf.

Dia 31 – Disablót e/ou Álfablót: Sacrifício para as Ancestrais Femininas ou Sacrifício para os
Elfos. Pedindo bênçãos como: proteção, saúde e cura para estes seres. São louvadas as Dísir, Idises,
Walkyras e Norns no Disablót, e/ou os Elfos (Alfár) no Álfablót.

Kindred Guardiões – Natal-RN


Fan Page e Grupo no Facebook / Àsatrú Vanatrú Natal/RN Grupo Independente.
5
Agosto
Dia 2 – Barri: Esse é o dia em que celebramos a conquista da donzela Gerd por Ingvi Frey. Um
casamento simbólico do Deus Vanir da Fertilidade com a Mãe Terra. É um festival de Fertilidade,
da semente plantada e da terra arada. Para aqueles que praticam jardinagem esse é o tempo de
plantar sementes dentro de casa, para mais tarde serem transplantadas para o jardim de verão.

Dia 9 – Dia de recordar Radbod: Nessa data nós honramos Radbod, um rei da Frísia que foi um
alvo precoce dos missionários cristãos. Momentos antes da cerimônia de seu batismo ele perguntou
ao clérigo qual tinha sido o destino de seus ancestrais que morreram em batalha sendo leais ao
Àsatrú. Os missionários responderam que os ancestrais pagãos de Radbod estavam queimando no
inferno – ao que o rei respondeu: “Então eu prefiro viver lá com meus ancestrais a ir para o céu
comum bando de miseráveis.” O batismo foi cancelado, os estranhos foram expulsos e a Frísia
continuou livre. Beba um chifre nesse dia em homenagem a Radbod.

Dia 14 – Banquete de Vali: Essa festa originalmente celebrava a morte de Hodur pelas mãos de
Vali. Esse festival do final do Inverno diz respeito ao triunfante retorno da luz do Sol sobre os
escuros dias de Inverno. Hoje é a tradicional celebração da família. Tempo para a costumeira troca
de cartões e presentes com os queridos. É tempo de renovar votos de casamento e também uma
ocasião especial para casamentos.

Setembro
Dia 9 – Dia de recordar Herman, o Cherusci: Poucos mortais tiveram o privilégio de servir nosso
folk como Herman, um líder da tribo chamada “Os Cherusci”. Ele derrotou três legiões romanas de
Varu em 9 D.C. Ele bloqueou o avanço romano nos pântanos do Mediterrâneo. Herman era muito
consciente de suas obrigações não só como membro de sua tribo, mas também como um Asaman –
na verdade, os dois eram provavelmente inseparáveis para ele. Setembro é a época ideal para
homenageá-lo, pois a batalha crucial pela qual ele é lembrado aconteceu durante esse mês.

Dia 23 – Sigrblót (Ostara): equinócio de primavera. Início dos desgelos, quando o mundo chora
para o retorno do sol e sorri quando ganha cada vez mais poder. É o fim do inverno e o começo da
estação do renascimento. Hoje nós honramos Frigga, Freya e Nerthus com um blót e um banquete.
Derrame na Terra uma libação de hidromel; celebre o renascimento da natureza, do Àsatrú e das
novas esperanças de nosso folk. Mesmo tratando-se de uma comemoração essencialmente agrícola,
sob o nome de Sigrblót essa data era comemorada com sacrifícios para Odin, pedindo vitória nas
viagens e batalhas que estariam por vir.

Outubro
Dia 8 – Dia de recordar Erik, o Vermelho: Saúde o destemido fundador de Greenland, que é pai
de Leif, fundador de Vinland. Erik permaneceu leal a Thor mesmo quando sua mulher abandonou
os Deuses e se recusou a dormir com seu marido pagão. Saúde a memória de Erik hoje; erga um
brinde em sua honra. Sem dúvida ele tem calor suficiente nos salões de Hár para compensar a
frigidez de sua esposa.

Dia 9 – Dia de recordar Leif Eriksson: Esse é um dia em que até o governo dos U.S.A. admite
que deva ser dedicado ao homem que chegou 500 anos antes de Colombo ao continente
americano(Vinland). Não deixe passar em branco, diga a todos que puder que as Américas foram
descobertas primeiro por bravos homens do Norte.

Kindred Guardiões – Natal-RN


Fan Page e Grupo no Facebook / Àsatrú Vanatrú Natal/RN Grupo Independente.
6
Dia 31 de outubro a 01 de Novembro - WALPURGIS ou Walpurgisnacht (Noite de Walpurgis)
Walburg: A data é mais conhecida como Walpurgisnacht ou Véspera de Maio. Walburg é uma
Deusa de nosso povo que combina alguns atributos de Deusas mais conhecidas. Reflita nesse dia
sobre Freya, Hel e Frigga como repositórios dos gloriosos mortos e você terá uma ideia da natureza
de Walburg. Nesse dia, derrame um chifre de hidromel sobre a terra em homenagem aos nossos
heróis.

Walpurgisnacht, ou Walpurgis Night, é um festival pagão que comemora o autossacrifício de Odin


na Yggdrasil, onde ficou enforcado por nove dias e nove noites a fim de obter os segredos das runas
e dos nove mundos. Foi na nona noite que ele morreu e ressuscitou, obtendo assim a sabedoria das
runas e de todo o Cosmos. Dessa forma, essa noite é comemorada no hemisfério norte em 1 de
Maio, e no hemisfério sul, levando-se em conta as correspondências entre as estações do ano, é
comemorada entre 31 de outubro e 1 de novembro. É realizada no auge da primavera, anunciando a
chegada do verão. De acordo com a Tradição Nórdica, as runas contém todos os segredos do
Universo. São vinte e quatro símbolos de poder que resumem todas as leis que regem os nove
mundos. O Deus Odin, visando adquirir esse conhecimento, sacrificou-se na Árvore do Mundo,
Yggdrasil. Depois de se ferir mortalmente com a sua própria lança, chamada de Gungnir, ele se
enforcou na Árvore do Mundo, ficando pendurado na mesma durante nove dias e nove noites, sem
comer e nem beber, agonizando à mercê do vento e do clima frio. Enquanto ele morria, a Terra foi
escurecendo, a Yggdrasil foi definhando e os poderes do caos começaram a ficar cada vez mais
fortes. O auge da escuridão aconteceu na nona noite, com a morte de Odin. Nesse instante toda a luz
do Universo se apagou, o caos imperou, e o fim da Terra parecia iminente, dominada pelos Gigantes
e demais entidades maléficas ao ser humano. Mas foi durante esse período caótico que Odin, liberto
de seu corpo, viajou pelos nove mundos e obteve, livre das limitações do tempo e do espaço, todo o
conhecimento do Universo. Compreendeu o mistério das runas, tornando-se mestre das mesmas. E
ao adquirir esse conhecimento, ressuscitou mais forte e mais sábio do que nunca. Yggdrasil brilhou
com uma luz tão intensa que expulsou de vez todas as forças do caos da Terra. É esse retorno
glorioso de Odin, em toda sua potência, que Walpurgisnacht comemora. É o retorno da Luz Divina,
quando Odin descobriu os segredos das runas. É por isso que nessa noite acendem-se grandes
fogueiras, para afastarem de vez as trevas diante à Luz Divina de Odin.
Tal data também representa todas as dificuldades que temos que passar se queremos
conquistar algo de valor em nossa vida. Significa que nada vem de graça e que somente com
trabalho e esforço conseguiremos atingir as nossas metas. Da mesma forma que Odin se sacrificou
para obter o segredo das runas, nós também teremos que nos sacrificar se quisermos atingir nobres
objetivos. Teremos que nos esforçar e trabalhar se quisermos fazer as coisas acontecerem e, da
mesma forma que Odin ficou pendurado na Yggdrasil, também iremos passar por dificuldades, pois
as forças da inércia irão se opor aos nossos esforços para progredir. E da mesma forma que Odin
não desistiu de seus objetivos, nós também teremos que ter força de vontade e perseverança a fim
de vencermos os obstáculos que irão surgir em nosso caminho. E da mesma forma que Odin morreu
e ressuscitou com o conhecimento das runas, quando tudo nos parecer perdido e sem esperança,
uma luz finalmente irá brilhar e nos iluminar o caminho. Apesar de todas as dificuldades, temos que
manter nossos objetivos em mente, pois dessa forma nossos esforços finalmente serão
recompensados. Se nossos objetivos são justos, depois da tempestade o céu finalmente vai clarear, e
as coisas começarão a dar certo, nos aproximando cada vez mais de nossas metas. É isso que
significa Walpurgisnacht. Portanto, tal qual Odin, que nós sejamos fortes, que mantenhamos a fé, a
perseverança e a força de vontade diante das dificuldades. E que nesse Walpurgisnacht os Fogos da
Noite de Walpurgis iluminem nossas vidas, fazendo-nos descobrir os segredos que nos permitirão
vencer nossos obstáculos. E tal qual Odin voltou mais sábio e forte, que nesse Walpurgisnacht

Kindred Guardiões – Natal-RN


Fan Page e Grupo no Facebook / Àsatrú Vanatrú Natal/RN Grupo Independente.
nossos projetos e objetivos comecem a se concretizar.
7
(Gutane Jer Weihailag Fonte: Eduardo CamposAliança da Águia Visigoda em Midjungard Folk Visigodo
Porto Alegre, Brasil)

Novembro
Dia 9 – Dia da Rainha Sigrid da Suécia, que organizou o complô para Olaf o Gordo, da Noruega,
cair do governo e cessar a tirania do cristianismo. Quando Olaf, o “Quebra-regras” foi rei da
Noruega por três anos, ele pediu a rainha Sigrid da Suécia em casamento. Ela aceitou, mas quando
ele insistiu para que ela abandonasse seus Deuses ancestrais ela respondeu, “Eu não pretendo
abandonar a minha fé, e que é a do meu povo de antes de mim. Nem devo eu fazer objeção a sua
crença no deus de sua preferência”. Como sempre, a tolerância pagã teve como resposta
imprecações e agressões cristãs. O casamento fracassou, tirando de Olaf um poder político que
poderia ter agilizado a cristianização da Escandinávia. Do jeito como ficou, a história nos conta que
os pagãos se mantiveram por mais 300 anos nas Terras do Norte. Salve Sigrid, defensora do Àsatrú
e mulher de inabalável virtude!

Dia 11 – Banquete dos Einherjar: Os heróis escolhidos para se sentar no salão de Odin são os
Einherjar. Hoje nós honramos os mortos que deram suas vidas pela família e/ou por tudo que
acreditavam ser certo e justo. Se você tiver amigos e/ou familiares que morreram em combate,visite
seus túmulos hoje, se isso não for possível, beba uma libação em memória deles.

Dia 20 – Blót de Frigga: hoje nós nos alegramos no quente aconchego e no esplendor da
Primavera. Um período tradicional para uma saída do Grupo para o campo, realizar um blót para
honrar a Mãe de Todos e agradecê-la pela saúde e vitalidade da Família, do Grupo e da Tribo.

Dia 23 – Weyland Smith: dia de Weyland ou Völundr. Relembra seu mito e vitória.

Dia 30 – Festa dos Vanir: celebração aos deuses da terra e da natureza.

Dezembro
Dia 9 – Dia de recordar Egill Skallagrimsson, skáld, guerreiro, poeta e mago rúnico. Odin era seu
Deus, e o sangue de berserkers e metamorfos corria em sua família. Seu desejo por ouro e fama era
insaciável, ainda que fosse apaixonadamente movido pelo amor de seus amigos e generosamente
mão aberta para aqueles que caiam em suas graças. O mesmo cérebro que fervia com fúria guerreira
também compunha poemas skáldicos capazes de acalmar reis raivosos. Seria acidental o fato de
Egill cultuar Odin, o grande solucionador de paradoxos e enigmas? Na verdade, todo seguidor da
Tradição, mas especialmente aqueles devotados ao Deus Caolho da Batalha e da Magia, pode
aprender muito com a vida desse homem magnífico.

Dia 25 – Mídsumarblót: solstício de verão. Festa de Baldr. Esse é o dia mais longo e a noite mais
curta do ano. Agora Sunna começa seu lento declínio, deslizando para as trevas que culminarão seis
meses a partir daqui, no Yule. Identificando o Sol com o brilho de Baldur, nós celebramos em honra
de ambos. Esse era o período tradicional das Allthings nos tempos antigos.

2012 = 2262 R.E (Era Rúnica)


2013 = 2263 (Ano Rúnico)
2014 = 2264 (Ano Rúnico)
2015 = 2265 (Era Rúnica/Ano Rúnico)

Kindred Guardiões – Natal-RN


Fan Page e Grupo no Facebook / Àsatrú Vanatrú Natal/RN Grupo Independente.
8

Kindred Guardiões – Natal-RN


Fan Page e Grupo no Facebook / Àsatrú Vanatrú Natal/RN Grupo Independente.