Sie sind auf Seite 1von 1

TJ de SP mantém liminar que

impede dissolução da Bancoop


POR CLEIDE CARVALHO / 31/07/2018 17:31

Assembleia estava marcada para a noite desta terça-feira

TJ de SP mantém liminar que impede dissolução da Bancoop

SÃO PAULO - O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve liminar que impede

a Cooperativa do Sindicato dos Bancários (Bancoop) de votar sua dissolução

em assembleia marcada para a noite desta terça-feira. Com passivo de

R$ 60 milhões, a Bancoop tem empreendimentos inacabados e trava disputa

judicial com antigos cooperados. A Bancoop foi a responsável pelo lançamento

do edifício Solaris, construído pela OAS, onde fica o tríplex que levou o ex-

presidente Luiz Inácio Lula da Silva a ser condenado a 12 anos e um mês de

prisão. O petista cumpre pena na Polícia Federal de Curitiba desde abril deste

ano. A liminar foi obtida por 27 pessoas que compraram imóveis na planta e

não receberam. Eles argumentam que a Bancoop não agia como cooperativa,

e sim como incorporadora. Se a tese vingar, os dirigentes da Bancoop não

poderão dividir o prejuízo com os cooperados e poderão ser responsabilizados

pela má gestão. A tese dos cooperados obteve vitória no Superior Tribunal de

Justiça (STJ) e se baseou na lei de defesa do consumidor para concluir que a

Bancoop deve ser considerada incorporadora. Ainda cabe recurso.

https://oglobo.globo.com/brasil/tj-de-sp-mantem-liminar-que-impede-dissolucao-da-

bancoop-22937100