Sie sind auf Seite 1von 3

CCJ0035_SM_201202256661 V.1 » 00:09 de 50 min.

Lupa

Aluno: JOSE ERNESTO DOLABELLA PORTELLA FILHO Matrícula: 201202256661

Disciplina: CCJ0035 - PROC. CIVIL Período Acad.: 2014.2 (G) / SM_AV2

Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu SIMULADO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será
composto de questões de múltipla escolha (8) e discursivas (2), correspondendo às aulas 01 a 05. E apenas as questões objetivas serão
pontuadas.

Após a finalização do simulado, você terá acesso ao gabarito (questões de múltipla escolha) e ao padrão de resposta das questões
discursivas. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.

Atenção: você terá três oportunidades para realizar o simulado em cada disciplina!

1. Quanto aos atos e responsabilidades das partes e dos advogados, o nosso CPC disciplina que: Quest.: 1

aquele que detenha a coisa em nome alheio, demandado em nome próprio, deverá nomear á autoria o
proprietário ou possuidor. O nomeado instado a manifestar-se fica inerte, findo o prazo legal, presume-se,
então, que a nomeação à autoria não foi aceita
o prazo para interposição de recurso será contado da data em que os advogados são intimados da decisão, da
sentença ou do acórdão, sendo vedada a intimação em audiência, ainda que nessa seja publicada a decisão
é defeso ao autor intentar novamente a ação que, a requerimento do réu, foi extinta sem resolução do mérito
por abandono da causa por mais de 30 (trinta) dias, se não pagar ou depositar em cartório das despesas e
honorários advocatícios a que condenado
a argüição de incompetência absoluta do juízo deverá ser alegada pela parte em preliminar na contestação ou
por meio de exceção no prazo da resposta do réu, sob pena de prorrogação de competênc

2. Sobre partes e procuradores assinale a assertiva verdadeira: Quest.: 2

as multas decorrentes da prática de atos atentatórios à dignidade da justiça são cobradas em favor do Estado
segundo o CPC, a petição inicial não pode ser indeferida pela falta de indicação do endereço onde os
procuradores do autor receberão intimações
a pessoa casada necessita do consentimento de seu consorte para propor ações que versam a respeito de
direitos imobiliários
as sociedades sem personalidade jurídica são representadas em juízo pelas pessoas que os seus contratos ou
estatutos sociais determinarem

3. Em relação à atuação do MP no processo é falso afirmar: Quest.: 3

não tem legitimidade para promover ação civil pública


a sua função nos autos é de fiscal da lei ou atuar como parte quando há previsão legal
ele atua nas ações que envolvem estado e capacidade das pessoas
atua também como legitimado nas demandas que tratam de relação de consumo

4. A respeito do litisconsórcio, da intervenção de terceiros e da assistência, assinale a assertiva Quest.: 4


verdadeira:

em ação em que as partes disputam a posse de bem imóvel poderá oferecer oposição contra autor e réu, e
requerer a imissão de posse.
a denunciação da lide, forma de intervenção de terceiro, consiste no ajuizamento, pelo denunciante, de lide
paralela, processada simultaneamente com a principal, envolvendo direito de garantia, ou de regresso ou,
ainda, de indenização que o denunciante pretende exercer contra o denunciado

na assistência litisconsorcial, caso a intervenção ocorra antes da sentença, o assistente tem direito de deduzir o
que lhe interessa e promover a renovação de provas de que não tenha participado
na ação de cobrança de dívida líquida e certa em que haja credores solidários, bem como na ação de nulidade
de casamento, as partes só poderão agir em conjunto, com a formação do litisconsórcio ativo unitário e
necessário
5. Em relação ao instituto do litisconsórcio é verdadeiro afirmar: Quest.: 5

a limitação do litisconsórcio multitudinário, por dizer respeito ao interesse público na direção do processo pelo
juiz, aplica-se a qualquer litisconsórcio que, pelo número de integrantes, possa comprometer a rápida solução
do litígio ou a defesa do réu
por forçado princípio da comunhão de interesses entre os litisconsortes, expressamente acolhido pelo CPC
como regra geral, no litisconsórcio simples as condutas alternativas se comunicam
o direito brasileiro admite, nas relações jurídicas incindíveis, a existência de litisconsórcio ativo necessário
a decisão proferida em processo em que falte a presença de litisconsorte necessário é inutiliter data, ou seja, é
nulo em relação até mesmo àqueles que participaram do processo;

6. Para legislador definir a competência dos diversos órgãos jurisdicionais, foram levados em consideração Quest.: 6
determinados critérios, como, por exemplo, a qualidade das partes envolvidas, a natureza da relação
jurídica controvertida, o lugar onde se deu o fato de que resulta a pretensão, o valor da causa. Sobre o
tema, é verdadeira a alternativa:

tratando-se da mesma competência de foro (mesma comarca), considera-se prevento o juízo onde primeiro
ocorreu a citação, regra essa que também se aplica aos casos de conexão e continência.
é competente a justiça comum estadual para julgar as causas em que é parte a sociedade de economia mista
na ação de usucapião especial, a presença da União ou de qualquer de seus entes afasta a competência de foro
da situação do imóvel
compete ao STJ processar e julgar, originalmente, mandado de segurança contra atos de outros Tribunais ou
dos respectivos órgãos

7. Havendo trânsito em julgado da sentença de procedência de pedido em ação em que deveria ter Quest.: 7
ocorrido a citação de todos os litisconsórcios necessários, é verdadeiro afirmar que:

caberá ao litisconsorte preterido propor ação rescisória, se o prazo de dois anos ainda não está vencido,
contado do trânsito em julgado da decisão
com o trânsito em julgado, impõe-se a coisa julgada ao litisconsorte preterido
o litisconsorte preterido não suportará a imutabilidade da decisão
deve ser declarada nula a sentença, mesmo diante da coisa julgada
não se opera a coisa julgada para nenhuma das partes

8. No que se referem as funções do MP é falso afirmar: Quest.: 8

atua como assistente nas ações civis públicas propostas por outro legitimado ativo
oficia na estrita observância do direito objetivo como fiscal da lei
é civilmente responsável quando, no exercício de suas funções, proceder com culpa, dolo ou fraude
atua como parte quando age como legitimado ativo na ação civil pública e na ação coletiva por improbidade
administrativa

9. Sobre competência e a sua argüição em juízo marque a alternativa correta: Quest.: 9

a incompetência relativa, em razão da matéria, pode ser arguida pelas partes;


a incompetência absoluta só pode ser conhecida pelo juiz.
a incompetência relativa pode ser alegada a qualquer tempo;
a incompetência absoluta pode ser alegada a qualquer tempo;

10. Sobre o perito é falsa a assertiva abaixo: Quest.: 10

é nomeado pelo juiz quando a prova do fato depende de conhecimento técnico ou científico;
devem comprovar a sua especialidade na matéria objeto da demanda;
precisam prestar compromisso, por serem de confiança do juiz
são escolhidos entre profissionais de nível universitário
Legenda: Questão não respondida Questão não gravada Questão gravada