Sie sind auf Seite 1von 75

Maratona DETRAN Ceará

Legislação de Trânsito

Professor: Alexandre Herculano

Professor Alexandre Herculano

@prof_herculano
Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
Finalidade do SNT
Tem por finalidade o exercício das atividades de:

Professor Alexandre Herculano


Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
(2016 - Prefeitura do Rio de Janeiro - Fiscal de Transportes Urbanos) De
acordo com o Código Brasileiro de Trânsito (DENATRAN, 2008), um
dos objetivos básicos do Sistema Nacional de Trânsito consiste em:
a) estabelecer diretrizes da Política Nacional de Trânsito, com vistas à
segurança, à fluidez, ao conforto, à defesa ambiental e à educação para
o trânsito, e fiscalizar seu cumprimento
b) zelar pela uniformidade e cumprimento das normas contidas no
Código Brasileiro de Trânsito e nas resoluções complementares
c) dirimir conflitos sobre circunscrição e competência de trânsito no
âmbito da União, dos Estados e do Distrito Federal
d) estimular e orientar a execução de campanhas educativas de trânsito

Professor Alexandre Herculano


(2016 - Prefeitura do Rio de Janeiro - Fiscal de Transportes Urbanos) O
coordenador máximo do Sistema Nacional de Trânsito é:
a) o Conselho Nacional de Trânsito
b) a Câmara Interministerial de Trânsito
c) o Ministério das Cidades
d) a Conferência Nacional das Cidades

Professor Alexandre Herculano


(2016 – IBFC – Emdec - Técnico em Mobilidade Urbana Jr) Compõem o
Sistema Nacional de Trânsito os órgãos ou entidades relacionados
abaixo, exceto o que está na alternativa:
a) Conselho Nacional de Trânsito.
b) Conselhos Estaduais de Trânsito.
c) Conselho de Trânsito do Distrito Federal.
d) Conselho do Ministério dos Transportes.

Professor Alexandre Herculano


Professor Alexandre Herculano
(2017 – FCC – ARTESP - Especialista em Regulação de Transporte I –
Engenharia Civil) Segundo o Código Trânsito Brasileiro, é vedado ao
motorista profissional dirigir por mais de cinco horas e meia
ininterruptas veículos de transporte rodoviário coletivo de
passageiros ou de transporte rodoviário de cargas. O condutor é
obrigado, dentro do período de vinte e quatro horas, a observar o
mínimo de X horas de descanso, que podem ser fracionadas. O valor
de X é
a) quatro.
b) dez.
c) oito.
d) seis.
e) onze.
Professor Alexandre Herculano
(FUNCAB - DETRAN-PB - Agente de Trânsito) Em relação à “Educação para o
Trânsito”, é correto afirmar:
a) Deverá ser promovida obrigatoriamente em todos os níveis de ensino, devendo os
órgãos planejar, facultativamente, ações coordenadas.
b) Os Ministérios da Educação e da Saúde promoverão a segurança no trânsito de
forma interdisciplinar
c) Os Ministérios da Saúde e da Educação deverão implementar campanhas nacionais
sobre condutas a serem seguidas nos primeiros socorros emcaso de acidente de
trânsito.
d) O CONTRAN estabelecerá, anualmente, os temas e os cronogramas das campanhas
de âmbito nacional que deverão ser promovidas, em especial, nos períodos
referentes às férias escolares, aos feriados prolongados e à Semana Nacional
deTrânsito.
e) O percentual de 15% do total dos valores arrecadados destinados à Previdência
Social, do Prêmio do Seguro Obrigatório (DPVAT) serão repassados anualmente ao
coordenador do Sistema Nacional de Trânsito para aplicação em campanhas
educativas. Professor Alexandre Herculano
(2015 – UFMT - DETRAN-MT - Agente do Serviço de Trânsito) O Código de Trânsito Brasileiro (CTB)
dispõe, em seu artigo 74, que “A educação para o trânsito é direito de todos e constitui dever
prioritário para os componentes do Sistema Nacional de Trânsito”. Seguindo essa orientação e,
com vista a efetivar os direitos e deveres para a educação para o trânsito, assinale a afirmativa
correta.
a) Toda peça publicitária destinada à divulgação ou promoção, nos meios de comunicação social, de
produto oriundo da indústria automobilística ou afim, incluirá, obrigatoriamente, mensagem
educativa de trânsito a ser conjuntamente veiculada.
b) A veiculação de publicidade feita em desacordo com as condições fixadas no Código de Trânsito
Brasileiro (CTB) constitui infração punível com sanções que, se aplicadas isoladas ou
cumulativamente, dispensarão a suspensão da veiculação da peça publicitária em desacordo com a
legislação.
c) O CONTRAN estabelecerá, anualmente, os temas e os cronogramas das campanhas de âmbito
nacional que deverão ser promovidas por todos os órgãos ou entidades do Sistema Nacional de
Trânsito, em especial nos períodos referentes às férias escolares, feriados prolongados e à Semana
Nacional de Trânsito, mas os serviços de rádio e difusão sonora de sons e imagens explorados pelo
poder público não são obrigados a difundi-las gratuitamente.
d) O Ministério da Educação e do Desporto, mediante proposta do CONTRAN e do Conselho de
Reitores das Universidades Brasileiras, diretamente ou mediante convênio, promoverá campanha
nacional esclarecendo condutas a serem seguidas nos primeiros socorros em caso de acidente de
trânsito. Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
(2015 – IESAP - EPT - Consultor de Operações) Segundo o Art. 95 e § 2º
da Lei nº 9.503/1997, nenhuma obra ou evento que possa perturbar
ou interromper a livre circulação de veículos e pedestres, ou colocar
em risco sua segurança, será iniciada sem permissão prévia do órgão
ou entidade de trânsito com circunscrição sobre a via. Estabelece
ainda que salvo em casos de emergência, a autoridade de trânsito
com circunscrição sobre a via avisará a comunidade, por intermédio
dos meios de comunicação social, de qualquer interdição da via,
indicando-se os caminhos alternativos a serem utilizados com
antecedência de:
a) quarenta e oito horas
b) doze horas
c) vinte e quatro horas
d) oito horas
Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
(VUNESP - DETRAN-SP - Agente de Trânsito) De acordo com o art. 96 do
CTB, os veículos se classificam quanto
a) à espécie, ao gênero e à finalidade.
b) à tração, ao gênero e à espécie.
c) ao gênero, à categoria e à finalidade.
d) à tração, à espécie e à categoria.
e) à espécie, à categoria e à finalidade.

Professor Alexandre Herculano


(VUNESP - DETRAN-SP - Agente de Trânsito) Quanto à espécie, um
ônibus é um veículo
a) de carga.
b) de passageiro.
c) especial
d) de tração.
e) misto.

Professor Alexandre Herculano


(2015 – IDHTEC - CRQ - 1ª Região (PE) – Motorista) De acordo com Art. 105 Do CTB,
são equipamentos obrigatórios dos veículos, entre outros a serem estabelecidos
pelo CONTRAN, dos quais é INCORRETO afirmar:
a) Para os veículos de transporte e de condução escolar, os de transporte de
passageiros com mais de dez lugares e os de carga com peso bruto total superior a
quatro mil quinhentos e trinta e seis quilogramas, equipamento registrador
instantâneo inalterável de velocidade e tempo.
b) Encosto de cabeça, para todos os tipos de veículos automotores, segundo normas
estabelecidas pelo CONTRAN.
c) Dispositivo destinado ao controle de emissão de gases poluentes e de ruído,
segundo normas estabelecidas pelo CONTRAN.
d) Para as bicicletas, a campainha, sinalização noturna dianteira, traseira, lateral e
nos pedais, e espelho retrovisor do lado direito.
e) Equipamento suplementar de retenção - air bag frontal para o condutor e o
passageiro do banco dianteiro.
Professor Alexandre Herculano
(2017 – CONSULPLAN - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário - Segurança e
Transporte) De acordo com o CTB, é INCORRETO afirmar que:
a) Somente poderá transitar pelas vias terrestres o veículo cujo peso e dimensões
atenderem aos limites estabelecidos pelo CONTRAN.
b) Nenhum proprietário ou responsável poderá, sem prévia autorização da
autoridade competente, fazer ou ordenar que sejam feitas no veículo
modificações de suas características de fábrica.
c) Em nenhuma hipótese será tolerado um percentual sobre os limites de peso
bruto total e peso bruto transmitido por eixo de veículos à superfície das vias,
mesmo quando aferido por equipamento, na forma estabelecida pelo
CONTRAN.
d) Nenhum veículo ou combinação de veículos poderá transitar com lotação de
passageiros, com peso bruto total, ou com peso bruto total combinado com
peso por eixo, superior ao fixado pelo fabricante, nem ultrapassar a capacidade
máxima de tração da unidade tratora.
(2016 - EXATUS-PR – CODAR - Operador de Retroescavadeira) NÃO será
obrigatória a expedição de novo Certificado de Registro de Veículo
quando:
a) For alterada qualquer característica do veículo.
b) For transferida a propriedade.
c) Houver mudança de categoria.
d) O proprietário mudar de endereço dentro do mesmo município.

Professor Alexandre Herculano


Professor Alexandre Herculano
(2015 – IBFC - Câmara Municipal de Vassouras – RJ – Motorista) De
acordo com o Código de trânsito Brasileiro será obrigatória a
expedição de novo certificado de registro de veículo quando ocorrer
um dos fatos descritos a seguir, exceção feita à alternativa:
a) Alteração de características do veículo.
b) Baixa do gravame por quebra de alienação fiduciária.
c) Transferência de propriedade
d) Transferência do domicílio ou residência do proprietário para outro
município.
e) Houver mudança de categoria.

Professor Alexandre Herculano


Professor Alexandre Herculano
(2015 – FGV - DPE-RO - Técnico da Defensoria Publica – Motorista) Joaquim vendeu
seu veículo para Manoel em uma feira de automóveis usados. Segundo o Código
de Trânsito, Joaquim deve:
a) encaminhar ao órgão executivo de trânsito do Estado, dentro de um prazo de 30
dias, cópia autenticada do comprovante de transferência de propriedade,
devidamente assinado e datado;
b) encaminhar à JARI, dentro de um prazo de 30 dias, cópia autenticada do
comprovante de transferência de propriedade;
c) encaminhar pedido administrativo à polícia militar do Estado e aguardar o prazo de
30 dias para a transferência automática do veículo;
d) encaminhar ao CONTRAN, dentro de um prazo de 35 dias, cópia autenticada do
comprovante de transferência de propriedade, devidamente assinado e datado;
e) aguardar, pois a transferência é realizada automaticamente após o recebimento do
valor pago.

Professor Alexandre Herculano


A autorização para conduzir
veículos de propulsão
humana e de tração animal
ficará a cargo dos
Municípios.
(2016 – Serctam - Prefeitura de Quixadá - CE Motorista D) Os candidatos poderão
habilitar-se nas categorias de A a E. Marque a alternativa errada.
a) Categoria A - condutor de veículo motorizado de duas rodas, com ou sem carro
lateral.
b) Categoria B - condutor de veículo motorizado, não abrangido pela categoria A,
cujo peso bruto total não exceda a três mil e quinhentos quilogramas e cuja lotação
não exceda a oito lugares, excluído o do motorista.
c) Categoria C - condutor de veículo motorizado utilizado em transporte de carga,
cujo peso bruto total exceda a três mil e quinhentos quilogramas.
d) Categoria D - condutor de veículo motorizado utilizado no transporte de
passageiros, cuja lotação exceda a oito lugares, excluído o do motorista;
e) Categoria E - condutor de combinação de veículos em que a unidade tratora se
enquadre nas Categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada, reboque, semi-reboque
ou articulada, tenha seis mil quilogramas ou mais de peso bruto total, ou cuja
lotação exceda a oito lugares, ou, ainda, seja enquadrado na categoria trailer.
Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
(2016 – Quadrix - CRO – PR - Agente Operacional) São requisitos
obrigatórios para se candidatar à carteira de habilitação de condução
de veículos, exceto:
a) ser penalmente imputável.
b) saber ler e escrever.
c) possuir documento de identidade ou equivalente.
d) apresentar certidão de quitação eleitoral.
e) possuir Cadastro de Pessoa Física.

Professor Alexandre Herculano


Professor Alexandre Herculano
(2017 – CESPE - Prefeitura de São Luís – MA - Técnico Municipal) Para
circular nas vias, veículos de transporte escolar devem
a) ter cinto de segurança apenas para o motorista.
b) ter equipamento registrador instantâneo e inalterável de velocidade e
tempo.
c) ter faixa horizontal pintada na cor vermelha, a meia altura, em toda a
extensão das partes laterais e traseira da carroçaria, com o dístico
ESCOLAR em branco.
d) ter autorização emitida pelo DENATRAN.
e) ser equipados com lanternas de luz vermelha nas extremidades da
parte inferior dianteira.

Professor Alexandre Herculano


Professor Alexandre Herculano
(2017 – CESPE - Prefeitura de São Luís – MA - Técnico Municipal) De
acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, a verificação dos
equipamentos obrigatórios e de segurança deve ser feita por meio de
inspeções
a) semanais.
b) trimestrais.
c) semestrais.
d) diárias.
e) anuais.

Professor Alexandre Herculano


Professor Alexandre Herculano
(2017 – CESPE - Prefeitura de São Luís – MA - Técnico Municipal) O condutor de veículo
destinado à condução de escolares deve satisfazer os seguintes requisitos:
a) ter idade superior a dezoito anos, ser habilitado na categoria D, ter sido aprovado em
curso especializado e não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima nem ter
reincidido em infrações leves nos últimos doze meses ou em infrações médias nos
últimos seis meses.
b) ter idade superior a dezoito anos, ser habilitado na categoria E, ter sido aprovado em
curso especializado e não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima nem ter
reincidido em infrações médias nos últimos vinte e quatro meses.
c) ter idade superior a dezoito anos, ser habilitado na categoria B, ter sido aprovado em
curso especializado e não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima nem ter
reincidido em infrações médias nos últimos seis meses.
d) ter idade superior a vinte e um anos, ser habilitado na categoria D, ter sido aprovado
em curso especializado e não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima nem
ter reincidido em infrações médias nos últimos doze meses.
e) ter idade superior a vinte e um anos, ser habilitado na categoria A, ter sido aprovado
em curso especializado e não ter cometido nenhuma infração nos últimos seis meses.
Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
(2015 – IESA - EPT - Assistente Operacional) Conforme o Art. 329 da Lei
nº 9.503/1997, os condutores dos veículos de aluguel, destinados ao
transporte individual ou coletivo de passageiros de linhas regulares,
para exercerem suas atividades deverão apresentar, previamente,
certidão negativa do registro de distribuição criminal relativamente
aos crimes de homicídio, roubo, estupro e corrupção de menores,
renovável junto ao órgão responsável pela respectiva concessão ou
autorização, a cada:
a) dez anos
b) cinco anos
c) sete anos
d) dois anos

Professor Alexandre Herculano


Professor Alexandre Herculano
(2016 – IBFC – Emdec - Controlador de Trânsito e Transporte Jr) O texto a seguir
será a base para a questão e tem como base a lei que instituiu o código de
trânsito brasileiro. As motocicletas e motonetas destinadas ao transporte
remunerado de mercadorias conhecido como moto-frete somente poderão
circular nas vias se cumpridas algumas exigências e com autorização emitida pelo
órgão ou entidade executivo de trânsito dos Estados e do Distrito Federal.
Assinale a alternativa correta. Para os efeitos deste tipo de transporte remunerado,
considera-se proibido:
a) Registro como veículo da categoria de aluguel.
b) Instalação de aparador de linha antena corta-pipas, nos termos de regulamentação
do Conselho Nacional de Trânsito - Contran.
c) Transporte de combustíveis, produtos inflamáveis ou tóxicos.
d) Transporte de gás de cozinha e de galões contendo água mineral, desde que com o
auxílio de side-car, nos termos de regulamentação do Conselho Nacional de
Trânsito - Contran.
Professor Alexandre Herculano
Professor Alexandre Herculano
(2014 – CONSULPAM - Agente de Trânsito) Julgue as assertivas abaixo se utilizando
das disposições do Código de Trânsito Brasileiro relativas às exigências para a
circulação e condução de veículos de moto-frete, escolhendo, ao final, a
sequência CORRETA:
I – instalação opcional de protetor de motor mata-cachorro, fixado no chassi do
veículo, destinado a proteger o motor e a perna do condutor em caso de
tombamento, nos termos de regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito –
Contran.
II – registro como veículo da categoria de aluguel.
III – instalação de aparador de linha antena corta-pipas, nos termos de
regulamentação do Contran.
IV – inspeção anual para verificação dos equipamentos obrigatórios e de segurança.
a) F, V, V, F
b) V, V, F, F
c) V, V, F, V
Professor Alexandre Herculano
d) F, F, V, F
Professor Alexandre Herculano
As penalidades são sempre
impostas por Autoridades de
Trânsito. Nunca por Agentes
de Trânsito

A aplicação das penalidades


não elide as punições
originárias de ilícitos penais
decorrentes de crimes de
trânsito.
Mas as penalidades podem ser impostas a quem?

- ao condutor
- ao proprietário do veículo
- ao embarcador
- ao transportador
HÁ OUTRAS MEDIDAS
ADMINISTRATIVAS
“SOLTAS” NO CTB!
(2017 – CONSULPLAN - TRF - 2ª REGIÃO - Técnico Judiciário - Segurança e
Transporte) Segundo o CTB, a autoridade de trânsito, na esfera das competências
estabelecidas por esse Código e dentro de sua circunscrição, deverá aplicar, às
infrações nele previstas, certas penalidades. Acerca dessas penalidades, marque V
para as verdadeiras e F para as falsas.
( ) Multa.
( ) Advertência verbal.
( ) Suspensão do direito de dirigir.
( ) Cassação da Carteira Nacional de Habilitação.
A sequência está correta em
a) V, F, V, V.
b) V, F, F, V.
c) V, F, V, F.
d) F, V, F, V.
Professor Alexandre Herculano
(2016 - Prefeitura do Rio de Janeiro - Fiscal de Transportes Urbanos) Se
o peso declarado na nota fiscal, fatura ou manifesto for superior ao
limite legal, a responsabilidade pela infração relativa ao excesso de
peso bruto total é do:
a) condutor, transportador e embarcador, solidariamente
b) transportador e embarcador, solidariamente
c) transportador
d) embarcador

Professor Alexandre Herculano


Professor Alexandre Herculano
(2016 - Prefeitura do Rio de Janeiro – RJ - Prefeitura de Rio de Janeiro –
RJ) Após um acidente de trânsito, o condutor do veículo prestou
pronto e integral socorro à vítima. Neste caso, NÃO pode ser aplicada
a este condutor a:
a) imposição de prisão em flagrante, mas é permitida a exigência de
fiança e a apreensão do veículo
b) imposição de prisão em flagrante e apreensão do veículo, mas é
permitida a exigência de fiança
c) imposição de prisão em flagrante, bem como a exigência de fiança
d) exigência de fiança, bem como a apreensão de veículo

Professor Alexandre Herculano


Professor Alexandre Herculano
(2016 - Prefeitura do Rio de Janeiro – RJ - Prefeitura de Rio de Janeiro –
RJ) As penas para aquele que praticar lesão corporal culposa na
direção de veículo automotor são detenção de seis meses a dois anos
e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação
para dirigir veículo automotor. Contudo, caso o infrator, no exercício
de sua profissão ou atividade, esteja conduzindo veículo de
transporte de passageiros, a pena tem aumento:
a) de 1/4 (um quarto) à 1/2 (metade)
b) de 1/3 (um terço) à 1/2 (metade)
c) de 1/4 (um quarto) ao dobro
d) de 1/3 (um terço) ao dobro

Professor Alexandre Herculano


Professor Alexandre Herculano