Sie sind auf Seite 1von 37

APOSTILA

QUALIDADE
S DE OSALÁ
E SEUS
ORÔS

BABA EPEJÁ  É O ORISÁ FUNFUN QUE ABENÇOA A PESCA E


QUE PROVÉM A SUSTENTABILIDADE DESSA PRÁTICA.
MONTAGEM DE IGBÁ

01 IGBA DE LOUCA BANCA COMPLETA PRA OSALÁ

01 OKUTÁ FUNFUN

10 BÚZIOS GRANDES BRANCOS

10 MOEDAS ANTIGAS

01 CASCO DE IGBIN

10 IDÉS DE CHUMBO
01 PENCA DE CHUMBO PARA OSALÁ

10 PEIXES DE CHUMBO

10 PRATOS DE CHUMBO

10 PÃES DE CHUMBO

10 POMBOS DE CHUMBO

01 OPASORÒ MINIATURA

01 FAVA DE ARIDAN

01 FAVA DE OSALÁ

INDUMENTÁRIA – VESTE-SE TODO DE BRANCO. USA SAIA OU


BOMBACHO, CAMISU, UMA BANDA E LAÇOS NA CINTURA. USA
CAPACETE OU OJÁ.
EBÓ DE ENCANTO DESTE ORISÁ

POR VOLTA DAS CINCO DA MANHA, LEVE O NEÓFITO ILÊ


OSALÁ DA ROÇA DE SANTO, COLOQUE-O SENTADO NO APOTI,
1 VELA ACESA AO LADO,DEVERÁ ESTAR NÚ, PASSE BANHA DE
ORI VEGETAL NELE TODO, INCLUSIVE NA CABEÇA, APÓS,
CUBRA-O TODO COM EFUM AFRICANO, VAI SE REZANDO PARA
OSALÀ E PASSANDO NA PESSOA AS SEGUINTES COMIDAS:
EBÔ, 16 FOLHAS DE SAIÃO E 16 ACAÇAS DESENROLADOS EM
FORMA DE PIRÂMIDE. CADA ITEM DESTE É POSTO DEPOIS DE
PASSADO É DEPOSITADO NUMA BACIA DE AGATE COM AGUA
DE MELISSA E AGUA NOMAL. O NEÓFITO PERMANECE COM
ESTE AXÉ NO CORPO ATÉ A HORA DO ORO. ESTE EBÓ
PERMANECE 3 DIAS NA FRENTE DO ORISÀ, DEPOIS É LEVADO
PARA UMA UMA MATA FECHADA E DEIXADO LÁ.
REZA-SE O SEGUINTE DURANTE ESTE EBÓ:
BABA E NPA O
EKÚ E WÚRÈ O
ARA NFO
ADIÈ
E NPA O
BABA E NPA O
ORO NI WA ‘SÉ K’WERE
ASÉ K’WE KO
UM BABA FUN O
ORO DE FEITURA DESTE ORISÁ

NA VÉSPERA DO ORO DE OSALÁ, A IYÁ EFUM OU O


BABALORIXÁ TERÁ POSTO UM PRATO BRANCO COM 16
FOLHAS DE EWE DUNDUN (SAIÃO) EM CIRCULO COBERTAS
COM 2 EFUNS AFRICANOS EM PÓ PARA DORMIR NO SERENO.
AO AMANHECER, ANTES DO SOL SAIR, ESTE PRATO DEVERÁ
SER RECOLHIDO COM O ORVALHO DA MADRUGADA E LEVADO
PARA OS PÉS DE OSALÁ. AO ENTARDECER 10 FOLHAS IRÃO
PARA O EBÔ DE OSALÁ 4 PARA O ORI DO IYAWO DEPOIS DA
MATANÇA NA HORA DE ARRUMAR A CABEÇA, AS DUAS QUE
SOBRARAM, 1 PARA COBRIR OS OLHOS DO POMBO NA HORA
DO SACRIFÍCIO E A OUTRA PARA COBRIR OS OLHOS DA
GALINHA D’ANGOLA. A ESTEIRA DO IYAWO DO OSALÁ
DEVERÁ SER PREPARADA DA SEGUINTE MANEIRA (E NÃO
PODERÁ SER JUNTO COM NINGUÉM, POIS SANGO E OSALÁ NÃO
DIVIDE ESTEIRA COM NINGUÉM): TABATINHA BRANCA
(LEGITIMA) COLHIDA EM LAGOA GERALMENTE. ESPALHA
TODA A TABATINGA (SECA) NO CHÃO QUE JÁ FOI DELIMITADO
PARA AQUELA ESTEIRA, COMO ELA ESTARÁ SECA, FICARÁ EM
PÓ. POR CIMA DESTA TABATINGA EM PÓ COPA-SE 1 IGBÍ E 1
POMBO, PONHA TODA A PENA DO ERINLÉ POR CIMA DO EJÉ.
POR CIMA DE TUDO PONHA UM PUNHADO DE CANJICA, PADE
DE ÁGUA, UM ACAÇÁ, AZEITE DE OLIVA E OMITORÒ NOS 4
CANTOS DA DELIMITAÇÃO DA ENI. AGORA SIM, PODERÁ PÔR
AS FOLHAS DESTE SANTO: MALVA BRANCA/ POEJO/ SAIÃO/
MANJERICÃO/ FOLHA DE ALGODÃO/ CAPEBA/ FOLHA DE
IROKO/ CANA DO BREJO E OGBÓ. POR CIMA DAS FOLHAS
COBRINDO TUDO, PONHA A ENI. SEM DEIXAR NENHUMA
PONTINHA APARECENDO, MUITO ALGODÃO, CUBRA TUDO
COM ALGODÃO E CUBRA O ALGODÃO COM UM LENÇOL
BRANCO. NOS POTES DE FOLHA COM PEREGUM RAJADO DE
BRANCO DEVERÁ TER TAMBÉM MUITO GALHO DE
ALGODOEIRO COM FOLHAS. DEVERÁ SER POSTO ALÁ EM CIMA
DA ENI DO NEÓFITO. O APOTI (APERE OU BANCO) DEVERÁ SER
TODO PINTADO COM EFUM E DEVERÁ ESTAR COM UM LAÇO
BRANCO. EM CIMA DO APOTI UM ACAÇÁ DESENROLADO COM
FOLHAS DE POEJO EM VOLTA E COBERTO COM MOURIM
BRANCO. OS BICHOS (TODOS FÊMEAS) DEVERÃO SER TODOS
LAVADOS COM LEITE DE CABRA E SALPICADOS COM EFUM
SOPRADO POR CIMA. POR SE TRATAR ESTE ORISÀ UM DOS
MAIS PERIGOSOS , TEM-SE MUITO CUIDADO NA INICIAÇÃO. NO
BARRACÃO, AO CENTRO 1 PILÃO PINTADO DE BRANCO COM
CANJICA E 10 OKAS DENTRO E 10 EKÓS, O PILÃO SERÁ
COBERTO POR UM MOURIM BRANCO. NO HUNDEMI IGBÁ DE
OSALÁ DEVERÁ ESTAR SOBE FOLHAS DE ALGODÃO,
ODUNDUN, MANJERICÃO E CANA DO BREJO. O NEÓFITO NO
APERE DE OGERÁ E 04 PESSOAS SEGURANDO O ALÁ. INICIE O
LAGBÉ. TERMINANDO O LAGBÉ, PASSE BASTANTE BANHA DE
ORÍ VEGETAL NA CABEÇA E NO CORPO DO IYAWO. DEPOIS
PASSE CLARA DE OVO POR CIMA DO ORI VEGETAL. E POR
ULTIMO ASSOPRE PÓS DE EFUN SOBRE O CORPO TODO
DEIXANDO-O BEM BRANCO. COLOQUE APETRECHOS, COMO
KELE DE MIÇANGAS, KELE DE BÚZIOS, AROS, IDÉS, IYANS,
IKANS, MOKAN, XAORO, PINTURA SAGRADA E EKODIDÉ.
PROSSIGA ABRINDO O FARÍ. SACRIFIQUE O OBÍ REZANDO
BABA E NPA O
EKÚ E WÚRÈ O
ARA NFO
ADIÈ
E NPA O
BABA E NPA O
ORO NI WA ‘SÉ K’WERE
ASÉ K’WE KO
UM BABA FUN O
MASTIGUE UMA BANDA E COLOQUE EM CIMA DO FARÍ, A
OUTRA COLOQUE INTEIRA NO IGBÁ. O IGBA ESTAÁ
PREPARADO PARA O ORO NPÁ COM ACAÇÁ, OMITORO, UMA
CAMADA DE ALGODÃO E COBRETO COM UM MORIM.
PROSSIGA COM O ORO DA ETÚ DE OSALÁ. ADOXE O IYAWO
COM O ADOXÚ FEITO DE SABÃO DE COCO, ORI VEGETAL E
EFUN. PROSSIGA COM O ORO NPÁ. AO TERMINO ARRUME OS
BICHOS NO BRAÇO DE OSALÁ E A ETÚ NA BOCA. CANTE A
CANTIGA DE APERE

EPEJA

EPEJA LODO

BABA EPE

EPEJA

EPEJA LODO

BABA EPE

DEPOIS A CANTIGA DE MORTE

ERU WA

WA T’ORUN ASÉ

T’ORUN ASÉ

APÓS O RITUAL. DÊ RUN EM OSALÁ E COLOQUE-O PRA


DENTRO. DURANTE SEU RECOLHIMENTO EBÓS COM
CANJICA E EKÓS DEVERÃO ESTAR EM PONTOS
ESTRATÉGICOS NA ROÇA DE SANTO. EBÔ DEVE SER JOGADO
NOS TELHADOS AO FIM DA TADE.O BAULHO EXCESSIVO
DEVE SER EVITADO. ASSIM COMO BEBIDA, DENDÊ E
SUJEIRA. ASSIM QUE TERMINA O PERÍODO DE CULTO A
OSALÁ, DEVE-SE RODAR UM AMALÁ PRA ESQUENTAR A
CASA. SENÃO A ESTAGNAÇÃO TOMA CONTA DO ILÊ.
DENTRO DO HUNDEMI DEVERÁ TER UM EBÔ COM UM PEIXE
CRU SEM AS VÍSCERAS, DE NOME JUNDIÁ. ENQUANTO
OSALÁ ESTÁ SENTADO NO APOTI, EM SEU COLO ESTARÁ A
TIJELA DE EBÓ COM AS 10 FOLHAS DE SAIÃO, OSALÁ NÃO
FAZ ORO COM SANTO NENHUM, OU SEJA NÃO TEM
FUNDAMENTO COM NENHUM OUTRO, PORÉM, QUEM O TIRA
DE DENTRO DA CASCA DO IGBÍ É AYRÁ , ENTÃO COLOCA-SE
EM SEUS PÉS UMA GAMELA OVAL COM AJEBÓ BATIDO COM
BANHA DE ORI E 10 ACAÇAS EM CIMA. NAS COSTAS DELE NO
CHÃO UM PRATO COM 10 ACAÇAS ENROLADOS EM CIMA DA
FOLHA DE ALGODÃO, NOS 4 CANTOS DO BARRACÃO ESTARÁ
UM OVO UNTADO COM BANHA DE ORI E SALPICADO DE
EFUM PARA CONTROLAR A FORÇA DE EGUN. SE TIVER
ALGUM AYRÁ MANIFESTADO ESTE DEVERÁ LEVAR OSALÁ
DEVOLTA AO HUNDEMI CARREGANDO-O NAS COSTAS.
RECOLHE-SE OSALÁ PARA DEBAIXO DA BARRACA NO
HONKÓ E DEIXE-O REPOUSANDO POR ALGUMAS HORAS. 4
HORAS DEPOIS LAVA-SE A PESSOA, TIRANDO O EXCESSO DE
EJÉ, E DÊ OUTRO BANHO DE ERVAS FRESCAS DE OSALÁ,EM
SEGUIDA BANHE A PESSOA COM LEITE DE CABRA, DEPOIS
DA MATANÇA A PESSOA É ESFREGADA TODOS OS DIAS COM
BANHA DE ORI,DOS PÉS A CABEÇA, PARA ESFRIAR O BANHO
DE EJÉ QUE OSALÁ TOMOU. SIRVA MUITO CHÁ DE CAPIM
LIMÃO OU CIDREIRA ATÉ O DIA DO CANDOMBLÉ.

OSÁFURÚ  É O OSALÁ QUE DOMINA O SOPRO DA VIDA. É UM


ORISÁ INTEIRAMENTE DO ELEMENTO AR.
MONTAGEM DE IGBÁ

01 IGBA DE LOUCA BANCA COMPLETA PRA OSALÁ

01 OKUTÁ FUNFUN

16 BÚZIOS GRANDES BRANCOS

16 MOEDAS ANTIGAS

01 CASCO DE IGBIN

16 IDÉS DE CHUMBO

01 PENCA DE CHUMBO PARA OSALÁ

16 PRATOS DE CHUMBO

16 PÃES DE CHUMBO

15 POMBOS DE CHUMBO

01 OPASORÒ MINIATURA

01 FAVA DE ARIDAN

01 FAVA DE OSALÁ

01 DIVINO COMPLETO
INDUMENTÁRIA – VESTE-SE TODO DE BRANCO. USA SAIA OU
BOMBACHO, CAMISU, UMA BANDA E LAÇOS NA CINTURA. USA
ADÈ OU LAÇO NA CABEÇA.

EBÓ DE ENCANTO DESTE ORISÁ

NO ALTO DE UM MORRO, O NEÓFITO TODO DE BRANCO COM 8


FOLHAS DE PEREGUN COM TARJA AMARELA EM CADA MÃO
UM ALGUIDAR PINTADO DE BRANCO AOS PÉS, 16 INHAMES
COZIDOS COM CASCA, 16 EKURUS ABERTOS, 1 CAJADO FEITO
DE IPÈ, 16 ABANOS DE PALHA E 16 ACAÇAS.PASSE TUDO NO
IYAWO E PONHA NO ALGUIDAR, PONHA O CAJADO POR CIMA
DE TUDO, BATA OS ABANOS NO CORPO DO IYAWO E CIRCULE
O EBÓ POR DENTRO COM ELES, TIRE AS FOLHAS DAS MÃOS DO
NEÓFITO, SACUDA E COLOQUE TAMBÉM CIRCUNDANDO O
EBÓ.ENTREGUE ESTE EBÓ NUM BAMBUZAL. ENTOE
OSÁ K’OTA

MO TI IGBÍN

IGBÍN JÁ

IGBÍN L’ORI O

DÊ UM BANHO DE AGUA DE CANJICA BEM DENSA. E RETORNE


PRO ILÈ.

ORO DE FEITURA DESTE ORISÁ

NA VÉSPERA DO ORO DE OSALÁ, A IYÁ EFUM OU O


BABALORIXÁ TERÁ POSTO UM PRATO BRANCO COM 16
FOLHAS DE EWE DUNDUN (SAIÃO) EM CIRCULO COBERTAS
COM 2 EFUNS AFRICANOS EM PÓ PARA DORMIR NO SERENO.
AO AMANHECER, ANTES DO SOL SAIR, ESTE PRATO DEVERÁ
SER RECOLHIDO COM O ORVALHO DA MADRUGADA E LEVADO
PARA OS PÉS DE OSALÁ. AO ENTARDECER 10 FOLHAS IRÃO
PARA O EBÔ DE OSALÁ 4 PARA O ORI DO IYAWO DEPOIS DA
MATANÇA NA HORA DE ARRUMAR A CABEÇA, AS DUAS QUE
SOBRARAM, 1 PARA COBRIR OS OLHOS DO POMBO NA HORA
DO SACRIFÍCIO E A OUTRA PARA COBRIR OS OLHOS DA
GALINHA D’ANGOLA. A ESTEIRA DO IYAWO DO OSALÁ
DEVERÁ SER PREPARADA DA SEGUINTE MANEIRA (E NÃO
PODERÁ SER JUNTO COM NINGUÉM, POIS SANGO E OSALÁ NÃO
DIVIDE ESTEIRA COM NINGUÉM): TABATINHA BRANCA
(LEGITIMA) COLHIDA EM LAGOA GERALMENTE. ESPALHA
TODA A TABATINGA (SECA) NO CHÃO QUE JÁ FOI DELIMITADO
PARA AQUELA ESTEIRA, COMO ELA ESTARÁ SECA, FICARÁ EM
PÓ. POR CIMA DESTA TABATINGA EM PÓ COPA-SE 1 IGBÍ E 1
POMBO, PONHA TODA A PENA DO ERINLÉ POR CIMA DO EJÉ.
POR CIMA DE TUDO PONHA UM PUNHADO DE CANJICA, PADE
DE ÁGUA, UM ACAÇÁ, AZEITE DE OLIVA E OMITORÒ NOS 4
CANTOS DA DELIMITAÇÃO DA ENI. AGORA SIM, PODERÁ PÔR
AS FOLHAS DESTE SANTO: MALVA BRANCA/ POEJO/ SAIÃO/
MANJERICÃO/ FOLHA DE ALGODÃO/ CAPEBA/ FOLHA DE
IROKO/ CANA DO BREJO E OGBÓ. POR CIMA DAS FOLHAS
COBRINDO TUDO, PONHA A ENI. SEM DEIXAR NENHUMA
PONTINHA APARECENDO, MUITO ALGODÃO, CUBRA TUDO
COM ALGODÃO E CUBRA O ALGODÃO COM UM LENÇOL
BRANCO. NOS POTES DE FOLHA COM PEREGUM RAJADO DE
BRANCO DEVERÁ TER TAMBÉM MUITO GALHO DE
ALGODOEIRO COM FOLHAS. DEVERÁ SER POSTO ALÁ EM CIMA
DA ENI DO NEÓFITO. O APOTI (APERE OU BANCO) DEVERÁ SER
TODO PINTADO COM EFUM E DEVERÁ ESTAR COM UM LAÇO
BRANCO. EM CIMA DO APOTI UM ACAÇÁ DESENROLADO COM
FOLHAS DE POEJO EM VOLTA E COBERTO COM MOURIM
BRANCO. OS BICHOS (TODOS FÊMEAS) DEVERÃO SER TODOS
LAVADOS COM LEITE DE CABRA E SALPICADOS COM EFUM
SOPRADO POR CIMA. POR SE TRATAR ESTE ORISÀ UM DOS
MAIS PERIGOSOS , TEM-SE MUITO CUIDADO NA INICIAÇÃO. NO
BARRACÃO, AO CENTRO 1 PILÃO PINTADO DE BRANCO COM
CANJICA E 10 OKAS DENTRO E 10 EKÓS, O PILÃO SERÁ
COBERTO POR UM MOURIM BRANCO. NO HUNDEMI IGBÁ DE
OSALÁ DEVERÁ ESTAR SOBE FOLHAS DE ALGODÃO,
ODUNDUN, MANJERICÃO E CANA DO BREJO. O NEÓFITO NO
APERE DE OGERÁ E 04 PESSOAS SEGURANDO O ALÁ. INICIE O
LAGBÉ. TERMINANDO O LAGBÉ, PASSE BASTANTE BANHA DE
ORÍ VEGETAL NA CABEÇA E NO CORPO DO IYAWO. DEPOIS
PASSE CLARA DE OVO POR CIMA DO ORI VEGETAL. E POR
ULTIMO ASSOPRE PÓS DE EFUN SOBRE O CORPO TODO
DEIXANDO-O BEM BRANCO. COLOQUE APETRECHOS, COMO
KELE DE MIÇANGAS, KELE DE BÚZIOS, AROS, IDÉS, IYANS,
IKANS, MOKAN, XAORO, PINTURA SAGRADA E EKODIDÉ.
PROSSIGA ABRINDO O FARÍ. SACRIFIQUE O OBÍ REZANDO
BABA E NPA O
EKÚ E WÚRÈ O
ARA NFO
ADIÈ
E NPA O
BABA E NPA O
ORO NI WA ‘SÉ K’WERE
ASÉ K’WE KO
UM BABA FUN O
MASTIGUE UMA BANDA E COLOQUE EM CIMA DO FARÍ, A
OUTRA COLOQUE INTEIRA NO IGBÁ. O IGBA ESTAÁ
PREPARADO PARA O ORO NPÁ COM ACAÇÁ, OMITORO, UMA
CAMADA DE ALGODÃO E COBRETO COM UM MORIM.
PROSSIGA COM O ORO DA ETÚ DE OSALÁ. ADOXE O IYAWO
COM O ADOXÚ FEITO DE SABÃO DE COCO, ORI VEGETAL E
EFUN. PROSSIGA COM O ORO NPÁ. AO TERMINO ARRUME OS
BICHOS NO BRAÇO DE OSALÁ E A ETÚ NA BOCA. CANTE A
CANTIGA DE APERE

OFÚRU ‘FÚ

O YEYE AIYANLÁ

BABA KEN YEN

ELEJIGBÒ

ILÊ IFÁ

MO TI IWÁ BABA
LEGIGBÒ R’ELE

E MOJUGBA O

OLUWA

É MAO

É MAO A LA WESÈ

DEPOIS A CANTIGA DE MORTE

ERU WA

WA T’ORUN ASÉ

T’ORUN ASÉ

APÓS O RITUAL. DÊ RUN EM OSALÁ E COLOQUE-O PRA


DENTRO. DURANTE SEU RECOLHIMENTO EBÓS COM
CANJICA E EKÓS DEVERÃO ESTAR EM PONTOS
ESTRATÉGICOS NA ROÇA DE SANTO. EBÔ DEVE SER JOGADO
NOS TELHADOS AO FIM DA TADE.O BAULHO EXCESSIVO
DEVE SER EVITADO. ASSIM COMO BEBIDA, DENDÊ E
SUJEIRA. ASSIM QUE TERMINA O PERÍODO DE CULTO A
OSALÁ, DEVE-SE RODAR UM AMALÁ PRA ESQUENTAR A
CASA. SENÃO A ESTAGNAÇÃO TOMA CONTA DO ILÊ.
ENQUANTO OSALÁ ESTÁ SENTADO NO APOTI, EM SEU COLO
ESTARÁ A TIJELA DE EBÓ COM AS 10 FOLHAS DE SAIÃO,
OSALÁ NÃO FAZ ORO COM SANTO NENHUM, OU SEJA NÃO
TEM FUNDAMENTO COM NENHUM OUTRO, PORÉM, QUEM O
TIRA DE DENTRO DA CASCA DO IGBÍ É AYRÁ , ENTÃO
COLOCA-SE EM SEUS PÉS UMA GAMELA OVAL COM AJEBÓ
BATIDO COM BANHA DE ORI E 10 ACAÇAS EM CIMA. NAS
COSTAS DELE NO CHÃO UM PRATO COM 10 ACAÇAS
ENROLADOS EM CIMA DA FOLHA DE ALGODÃO, NOS 4
CANTOS DO BARRACÃO ESTARÁ UM OVO UNTADO COM
BANHA DE ORI E SALPICADO DE EFUM PARA CONTROLAR A
FORÇA DE EGUN. SE TIVER ALGUM AYRÁ MANIFESTADO
ESTE DEVERÁ LEVAR OSALÁ DEVOLTA AO HUNDEMI
CARREGANDO-O NAS COSTAS. RECOLHE-SE OSALÁ PARA
DEBAIXO DA BARRACA NO HONKÓ E DEIXE-O REPOUSANDO
POR ALGUMAS HORAS. 4 HORAS DEPOIS LAVA-SE A PESSOA,
TIRANDO O EXCESSO DE EJÉ, E DÊ OUTRO BANHO DE ERVAS
FRESCAS DE OSALÁ,EM SEGUIDA BANHE A PESSOA COM
LEITE DE CABRA, DEPOIS DA MATANÇA A PESSOA É
ESFREGADA TODOS OS DIAS COM BANHA DE ORI,DOS PÉS A
CABEÇA, PARA ESFRIAR O BANHO DE EJÉ QUE OSALÁ
TOMOU. SIRVA MUITO CHÁ DE CAPIM LIMÃO OU CIDREIRA
ATÉ O DIA DO CANDOMBLÉ.
OSÁLUFÓN  NESTE CAMINHO ELE SE APRESENTA NA SUA
CHEGADA NA TERA DE IFÓN. TEM MUITO PESO DE
ANCESTRALIDADE PARA ESTE OSALÁ.

MONTAGEM DE IGBÁ

01 IGBA DE LOUCA BANCA COMPLETA PRA OSALÁ

01 OKUTÁ FUNFUN

10 BÚZIOS GRANDES BRANCOS


10 MOEDAS ANTIGAS

01 CASCO DE IGBIN

10 IDÉS DE CHUMBO

01 PENCA DE CHUMBO PARA OSALÁ

10 PRATOS DE CHUMBO

10 PÃES DE CHUMBO

01 OPASORÒ MINIATURA

01 FAVA DE ARIDAN

01 FAVA DE OSALÁ

01 DIVINO COMPLETO

01 NÓ DE BAMBÚ

INDUMENTÁRIA – VESTE-SE TODO DE BRANCO. USA SAIA OU


BOMBACHO, CAMISU, UMA BANDA E LAÇOS NA CINTURA. USA
ADÈ E LAÇO NA CABEÇA.
EBÓ DE ENCANTO DESTE ORISÁ

LEVA O NEÓFITO NO ALTO DE UM MORRO, E LÁ CHEGANDO,


FAÇA SACUDIMENTO NELE: UM QUARTINHÃO DE BARRO
GRANDE PINTADO DE BRANCO, PASSE PELO INICIANTE 10
EKURUS, 10 ACAÇAS, 10 BOLAS DE CANJICA, 10 GOIABAS
BRANCAS, 10 OVOS BRANCOS, PASSE E DEPOSITE TUDO
DENTRO DO QUARTINHÃO, COM 10 ATORIS DE CAFÉ VÁ
SURRANDO-O NEOFITO E DEPOSITE OS ATORIS DENTRO DO
QUARTINHÃO TAMBÉM, DE FORMA QUE NÃO FIQUE PRA FORA
AS PONTAS DESTE. RASGUE A ROUPA DO IYAWO ALI E
DEPOSITE DENTRO DO QUARTINHAO. JOGUE POR CIMA DE
TUDO QUE FOI POSTO NO QUARTINHÃO 2 LITROS DE ÁGUA DE
CANJICA COM BASTANTE AÇÚCAR, TAMPE O QUARTINHÃO
COM SUA TAMPA, DEIXE UMA VELA ACESA AO LADO (ESTA
SÓ SERÁ ACESA QUANDO O QUARTINHÃO FOR TAMPADO) E
CIRCUNDE ESTE QUARTINHÃO COM PÓ DE EFUN, ESPALHE AO
REDOR E POR CIMA DELE BASTANTE CANJICA. PASSE UM
POMBO BRANCO NA PESSOA, DÊ NAS MÃOS DELA PARA QUE
POSSA FALAR E PEDIR NO BICO E SOLTE-O CANTANDO:

EYELÉ É N AAJA ‘DÌE


OLOWO OJÚ MÓN MÓN

EYELÉ É N AAJA ‘DÌE

OLOWO OJÚ MÓN MÓN

OSUPÁ NP’ARA ‘SÉ OLORUN

OJÚ MÓN MÓN

AGO ALÁ

OLORUN IGBASE

OJÚ MÓN MÓN

DÊ UM BANHO DE AGUA DE CANJICA E AGUA COM EFUN NA


PESSOA. ENROLE-A NUM LENÇOL BRANCO, AMARRE
ODUNDUN NO ORI E NO PEITO E TRAGA-O DE VOLTA PARA O
ILÈ.
ORO DE FEITURA DESTE ORISÁ

NA VÉSPERA DO ORO DE OSALÁ, A IYÁ EFUM OU O


BABALORIXÁ TERÁ POSTO UM PRATO BRANCO COM 16
FOLHAS DE EWE DUNDUN (SAIÃO) EM CIRCULO COBERTAS
COM 2 EFUNS AFRICANOS EM PÓ PARA DORMIR NO SERENO.
AO AMANHECER, ANTES DO SOL SAIR, ESTE PRATO DEVERÁ
SER RECOLHIDO COM O ORVALHO DA MADRUGADA E LEVADO
PARA OS PÉS DE OSALÁ. AO ENTARDECER 10 FOLHAS IRÃO
PARA O EBÔ DE OSALÁ 4 PARA O ORI DO IYAWO DEPOIS DA
MATANÇA NA HORA DE ARRUMAR A CABEÇA, AS DUAS QUE
SOBRARAM, 1 PARA COBRIR OS OLHOS DO POMBO NA HORA
DO SACRIFÍCIO E A OUTRA PARA COBRIR OS OLHOS DA
GALINHA D’ANGOLA. A ESTEIRA DO IYAWO DO OSALÁ
DEVERÁ SER PREPARADA DA SEGUINTE MANEIRA (E NÃO
PODERÁ SER JUNTO COM NINGUÉM, POIS SANGO E OSALÁ NÃO
DIVIDE ESTEIRA COM NINGUÉM): TABATINHA BRANCA
(LEGITIMA) COLHIDA EM LAGOA GERALMENTE. ESPALHA
TODA A TABATINGA (SECA) NO CHÃO QUE JÁ FOI DELIMITADO
PARA AQUELA ESTEIRA, COMO ELA ESTARÁ SECA, FICARÁ EM
PÓ. POR CIMA DESTA TABATINGA EM PÓ COPA-SE 1 IGBÍ E 1
POMBO, PONHA TODA A PENA DO ERINLÉ POR CIMA DO EJÉ.
POR CIMA DE TUDO PONHA UM PUNHADO DE CANJICA, PADE
DE ÁGUA, UM ACAÇÁ, AZEITE DE OLIVA E OMITORÒ NOS 4
CANTOS DA DELIMITAÇÃO DA ENI. AGORA SIM, PODERÁ PÔR
AS FOLHAS DESTE SANTO: MALVA BRANCA/ POEJO/ SAIÃO/
MANJERICÃO/ FOLHA DE ALGODÃO/ CAPEBA/ FOLHA DE
IROKO/ CANA DO BREJO E OGBÓ. POR CIMA DAS FOLHAS
COBRINDO TUDO, PONHA A ENI. SEM DEIXAR NENHUMA
PONTINHA APARECENDO, MUITO ALGODÃO, CUBRA TUDO
COM ALGODÃO E CUBRA O ALGODÃO COM UM LENÇOL
BRANCO. NOS POTES DE FOLHA COM PEREGUM RAJADO DE
BRANCO DEVERÁ TER TAMBÉM MUITO GALHO DE
ALGODOEIRO COM FOLHAS. DEVERÁ SER POSTO ALÁ EM CIMA
DA ENI DO NEÓFITO. O APOTI (APERE OU BANCO) DEVERÁ SER
TODO PINTADO COM EFUM E DEVERÁ ESTAR COM UM LAÇO
BRANCO. EM CIMA DO APOTI UM ACAÇÁ DESENROLADO COM
FOLHAS DE POEJO EM VOLTA E COBERTO COM MOURIM
BRANCO. OS BICHOS (TODOS FÊMEAS) DEVERÃO SER TODOS
LAVADOS COM LEITE DE CABRA E SALPICADOS COM EFUM
SOPRADO POR CIMA. POR SE TRATAR ESTE ORISÀ UM DOS
MAIS PERIGOSOS , TEM-SE MUITO CUIDADO NA INICIAÇÃO. NO
BARRACÃO, AO CENTRO 1 PILÃO PINTADO DE BRANCO COM
CANJICA E 10 OKAS DENTRO E 10 EKÓS, O PILÃO SERÁ
COBERTO POR UM MOURIM BRANCO. NO HUNDEMI IGBÁ DE
OSALÁ DEVERÁ ESTAR SOBE FOLHAS DE ALGODÃO,
ODUNDUN, MANJERICÃO E CANA DO BREJO. O NEÓFITO NO
APERE DE OGERÁ E 04 PESSOAS SEGURANDO O ALÁ. INICIE O
LAGBÉ. TERMINANDO O LAGBÉ, PASSE BASTANTE BANHA DE
ORÍ VEGETAL NA CABEÇA E NO CORPO DO IYAWO. DEPOIS
PASSE CLARA DE OVO POR CIMA DO ORI VEGETAL. E POR
ULTIMO ASSOPRE PÓS DE EFUN SOBRE O CORPO TODO
DEIXANDO-O BEM BRANCO. COLOQUE APETRECHOS, COMO
KELE DE MIÇANGAS, KELE DE BÚZIOS, AROS, IDÉS, IYANS,
IKANS, MOKAN, XAORO, PINTURA SAGRADA E EKODIDÉ.
PROSSIGA ABRINDO O FARÍ. SACRIFIQUE O OBÍ REZANDO
BABA E NPA O
EKÚ E WÚRÈ O
ARA NFO
ADIÈ
E NPA O
BABA E NPA O
ORO NI WA ‘SÉ K’WERE
ASÉ K’WE KO
UM BABA FUN O
MASTIGUE UMA BANDA E COLOQUE EM CIMA DO FARÍ, A
OUTRA COLOQUE INTEIRA NO IGBÁ. O IGBA ESTAÁ
PREPARADO PARA O ORO NPÁ COM ACAÇÁ, OMITORO, UMA
CAMADA DE ALGODÃO E COBRETO COM UM MORIM.
PROSSIGA COM O ORO DA ETÚ DE OSALÁ. ADOXE O IYAWO
COM O ADOXÚ FEITO DE SABÃO DE COCO, ORI VEGETAL E
EFUN. PROSSIGA COM O ORO NPÁ. AO TERMINO ARRUME OS
BICHOS NO BRAÇO DE OSALÁ E A ETÚ NA BOCA. CANTE A
CANTIGA DE APERE

EKETÉ

IGBÍN OBA

MO GBA SÉ N’IRÈ

EKETÉ

IGBÍN OBA

MO GBA SÉ N’IRÈ

BABA AYÓ K’ODARA

OBA LA WESE

OBA LA WESE

BABA FUN MI L’AYÈ

DEPOIS A CANTIGA DE MORTE

ERU WA

WA T’ORUN ASÉ

T’ORUN ASÉ

APÓS O RITUAL. DÊ RUN EM OSALÁ E COLOQUE-O PRA


DENTRO. DURANTE SEU RECOLHIMENTO EBÓS COM
CANJICA E EKÓS DEVERÃO ESTAR EM PONTOS
ESTRATÉGICOS NA ROÇA DE SANTO. EBÔ DEVE SER JOGADO
NOS TELHADOS AO FIM DA TADE. O OJUGBÓ EGUN DEVERÁ
COMER E COMIDAS RITUALÍSTICAS DEVERÃO SER
OFERTADAS. O BAULHO EXCESSIVO DEVE SER EVITADO.
ASSIM COMO BEBIDA, DENDÊ E SUJEIRA. ASSIM QUE
TERMINA O PERÍODO DE CULTO A OSALÁ, DEVE-SE RODAR
UM AMALÁ PRA ESQUENTAR A CASA. SENÃO A
ESTAGNAÇÃO TOMA CONTA DO ILÊ. ENQUANTO OSALÁ
ESTÁ SENTADO NO APOTI, EM SEU COLO ESTARÁ A TIJELA
DE EBÓ COM AS 10 FOLHAS DE SAIÃO, OSALÁ NÃO FAZ ORO
COM SANTO NENHUM, OU SEJA NÃO TEM FUNDAMENTO
COM NENHUM OUTRO, PORÉM, QUEM O TIRA DE DENTRO DA
CASCA DO IGBÍ É AYRÁ , ENTÃO COLOCA-SE EM SEUS PÉS
UMA GAMELA OVAL COM AJEBÓ BATIDO COM BANHA DE
ORI E 10 ACAÇAS EM CIMA. NAS COSTAS DELE NO CHÃO UM
PRATO COM 10 ACAÇAS ENROLADOS EM CIMA DA FOLHA DE
ALGODÃO, NOS 4 CANTOS DO BARRACÃO ESTARÁ UM OVO
UNTADO COM BANHA DE ORI E SALPICADO DE EFUM PARA
CONTROLAR A FORÇA DE EGUN. SE TIVER ALGUM AYRÁ
MANIFESTADO ESTE DEVERÁ LEVAR OSALÁ DEVOLTA AO
HUNDEMI CARREGANDO-O NAS COSTAS. RECOLHE-SE
OSALÁ PARA DEBAIXO DA BARRACA NO HONKÓ E DEIXE-O
REPOUSANDO POR ALGUMAS HORAS. 4 HORAS DEPOIS
LAVA-SE A PESSOA, TIRANDO O EXCESSO DE EJÉ, E DÊ
OUTRO BANHO DE ERVAS FRESCAS DE OSALÁ,EM SEGUIDA
BANHE A PESSOA COM LEITE DE CABRA, DEPOIS DA
MATANÇA A PESSOA É ESFREGADA TODOS OS DIAS COM
BANHA DE ORI,DOS PÉS A CABEÇA, PARA ESFRIAR O BANHO
DE EJÉ QUE OSALÁ TOMOU. SIRVA MUITO CHÁ DE CAPIM
LIMÃO OU CIDREIRA ATÉ O DIA DO CANDOMBLÉ.
OBALUFÓN  NESTE CAMINHO JÁ SE MOSTRA COMO REI DA
CIDADE DE IFÓN. IMPETUOSO E RICO. GUERREIA SENTADO,
TRANSFORMANDO EM SURDO E MUDO QUEM O NEGLIGÊNCIA.
MONTAGEM DE IGBÁ

01 IGBA DE LOUCA BANCA COMPLETA PRA OSALÁ

01 OKUTÁ FUNFUN

10 BÚZIOS GRANDES BRANCOS

10 MOEDAS ANTIGAS

01 CASCO DE IGBIN

10 IDÉS DE CHUMBO

01 PENCA DE CHUMBO PARA OSALÁ

10 PRATOS DE CHUMBO

10 PÃES DE CHUMBO

01 OPASORÒ MINIATURA

01 FAVA DE ARIDAN

10 FAVAS DE OSALÁ

01 DIVINO COMPLETO
INDUMENTÁRIA – VESTE-SE TODO DE BRANCO. USA SAIA OU
BOMBACHO, CAMISU, UMA BANDA E LAÇOS NA CINTURA. USA
ADÈ E LAÇO NA CABEÇA, OU OJÁ.

EBÓ DE ENCANTO DESTE ORISÁ

LEVA O NEÓFITO NUMA CACHOEIRA, E LÁ CHEGANDO, FAÇA


SACUDIMENTO NELE: UM CESTO DE CIPÓ PINTADO DE
BRANCO, PASSE PELA PESSOA 10 EKURUS, 10 ACAÇAS, 10
BOLAS DE CANJICA, 10 BOLAS DE SAGÚ, 10 OVOS BRANCOS,
PASSE E DEPOSITE TUDO DENTRO DO CESTO, COM FOLHAS DE
MACAÇÁ VÁ SURRANDO-O E DEPOSITE AS FOLHAS DENTRO
DO CESTO TAMBÉM. RASGUE A ROUPA DO NEÓFITO ALI E
DEPOSITE DENTRO DO CESTO. JOGUE POR CIMA DE TUDO QUE
FOI POSTO NO CESTO ÁGUA DE CACHOEIRA, CUBRA O CESTO
COM ALGODÃO, DEIXE UMA VELA ACESA AO LADO E
CIRCUNDE ESTE POTE COM BASTANTE CANJICA. PASSE
BASTANTE CLARA DE OVO, DEPOIS EFUN NO NEÓFITO. FAÇA
UM SARAYÉ COM UMA FRANGA BRANCA EMPLUMANDO E
COPE EM CIMA DO EBÓ CANTANDO:

ORISÁ WERE WÉ

EWE D’AGBÁ E YE

EWE D’AGBÁ KI LEWÁ O

EWE D’AGBA E YE

DÊ UM BANHO DE AGUA DE MELISSA COM EFUN NA PESSOA.


ENROLE-A NUM LENÇOL BRANCO, AMARRE ODUNDUN E
POEJO NO ORI E TRAGA-O DE VOLTA PARA O ILÈ.

ORO DE FEITURA DESTE ORISÁ

NA VÉSPERA DO ORO DE OSALÁ, A IYÁ EFUM OU O


BABALORIXÁ TERÁ POSTO UM PRATO BRANCO COM 16
FOLHAS DE EWE DUNDUN (SAIÃO) EM CIRCULO COBERTAS
COM 2 EFUNS AFRICANOS EM PÓ PARA DORMIR NO SERENO.
AO AMANHECER, ANTES DO SOL SAIR, ESTE PRATO DEVERÁ
SER RECOLHIDO COM O ORVALHO DA MADRUGADA E LEVADO
PARA OS PÉS DE OSALÁ. AO ENTARDECER 10 FOLHAS IRÃO
PARA O EBÔ DE OSALÁ 4 PARA O ORI DO IYAWO DEPOIS DA
MATANÇA NA HORA DE ARRUMAR A CABEÇA, AS DUAS QUE
SOBRARAM, 1 PARA COBRIR OS OLHOS DO POMBO NA HORA
DO SACRIFÍCIO E A OUTRA PARA COBRIR OS OLHOS DA
GALINHA D’ANGOLA. A ESTEIRA DO IYAWO DO OSALÁ
DEVERÁ SER PREPARADA DA SEGUINTE MANEIRA (E NÃO
PODERÁ SER JUNTO COM NINGUÉM, POIS SANGO E OSALÁ NÃO
DIVIDE ESTEIRA COM NINGUÉM): TABATINHA BRANCA
(LEGITIMA) COLHIDA EM LAGOA GERALMENTE. ESPALHA
TODA A TABATINGA (SECA) NO CHÃO QUE JÁ FOI DELIMITADO
PARA AQUELA ESTEIRA, COMO ELA ESTARÁ SECA, FICARÁ EM
PÓ. POR CIMA DESTA TABATINGA EM PÓ COPA-SE 1 IGBÍ E 1
POMBO, PONHA TODA A PENA DO ERINLÉ POR CIMA DO EJÉ.
POR CIMA DE TUDO PONHA UM PUNHADO DE CANJICA, PADE
DE ÁGUA, UM ACAÇÁ, AZEITE DE OLIVA E OMITORÒ NOS 4
CANTOS DA DELIMITAÇÃO DA ENI. AGORA SIM, PODERÁ PÔR
AS FOLHAS DESTE SANTO: MALVA BRANCA/ POEJO/ SAIÃO/
MANJERICÃO/ FOLHA DE ALGODÃO/ CAPEBA/ FOLHA DE
IROKO/ CANA DO BREJO E OGBÓ. POR CIMA DAS FOLHAS
COBRINDO TUDO, PONHA A ENI. SEM DEIXAR NENHUMA
PONTINHA APARECENDO, MUITO ALGODÃO, CUBRA TUDO
COM ALGODÃO E CUBRA O ALGODÃO COM UM LENÇOL
BRANCO. NOS POTES DE FOLHA COM PEREGUM RAJADO DE
BRANCO DEVERÁ TER TAMBÉM MUITO GALHO DE
ALGODOEIRO COM FOLHAS. DEVERÁ SER POSTO ALÁ EM CIMA
DA ENI DO NEÓFITO. O APOTI (APERE OU BANCO) DEVERÁ SER
TODO PINTADO COM EFUM E DEVERÁ ESTAR COM UM LAÇO
BRANCO. EM CIMA DO APOTI UM ACAÇÁ DESENROLADO COM
FOLHAS DE POEJO EM VOLTA E COBERTO COM MOURIM
BRANCO. OS BICHOS (TODOS FÊMEAS) DEVERÃO SER TODOS
LAVADOS COM LEITE DE CABRA E SALPICADOS COM EFUM
SOPRADO POR CIMA. POR SE TRATAR ESTE ORISÀ UM DOS
MAIS PERIGOSOS , TEM-SE MUITO CUIDADO NA INICIAÇÃO. NO
BARRACÃO, AO CENTRO 1 PILÃO PINTADO DE BRANCO COM
CANJICA E 10 OKAS DENTRO E 10 EKÓS, O PILÃO SERÁ
COBERTO POR UM MOURIM BRANCO. NO HUNDEMI IGBÁ DE
OSALÁ DEVERÁ ESTAR SOBE FOLHAS DE ALGODÃO,
ODUNDUN, MANJERICÃO E CANA DO BREJO. O NEÓFITO NO
APERE DE OGERÁ E 04 PESSOAS SEGURANDO O ALÁ. INICIE O
LAGBÉ. TERMINANDO O LAGBÉ, PASSE BASTANTE BANHA DE
ORÍ VEGETAL NA CABEÇA E NO CORPO DO IYAWO. DEPOIS
PASSE CLARA DE OVO POR CIMA DO ORI VEGETAL. E POR
ULTIMO ASSOPRE PÓS DE EFUN SOBRE O CORPO TODO
DEIXANDO-O BEM BRANCO. COLOQUE APETRECHOS, COMO
KELE DE MIÇANGAS, KELE DE BÚZIOS, AROS, IDÉS, IYANS,
IKANS, MOKAN, XAORO, PINTURA SAGRADA E EKODIDÉ.
PROSSIGA ABRINDO O FARÍ. SACRIFIQUE O OBÍ REZANDO
BABA E NPA O
EKÚ E WÚRÈ O
ARA NFO
ADIÈ
E NPA O
BABA E NPA O
ORO NI WA ‘SÉ K’WERE
ASÉ K’WE KO
UM BABA FUN O
MASTIGUE UMA BANDA E COLOQUE EM CIMA DO FARÍ, A
OUTRA COLOQUE INTEIRA NO IGBÁ. O IGBA ESTAÁ
PREPARADO PARA O ORO NPÁ COM ACAÇÁ, OMITORO, UMA
CAMADA DE ALGODÃO E COBRETO COM UM MORIM.
PROSSIGA COM O ORO DA ETÚ DE OSALÁ. ADOXE O IYAWO
COM O ADOXÚ FEITO DE SABÃO DE COCO, ORI VEGETAL E
EFUN. PROSSIGA COM O ORO NPÁ. AO TERMINO ARRUME OS
BICHOS NO BRAÇO DE OSALÁ E A ETÚ NA BOCA. CANTE A
CANTIGA DE APERE

ORISA NLÁ KOTA AGEMÓ’RE

OLODE IN BABA

A IN DANKO’TA

AGEMÓ’RE

A IN DANKO

DEPOIS A CANTIGA DE MORTE

ERU WA

WA T’ORUN ASÉ
T’ORUN ASÉ

APÓS O RITUAL. DÊ RUN EM OSALÁ E COLOQUE-O PRA


DENTRO. DURANTE SEU RECOLHIMENTO EBÓS COM
CANJICA E EKÓS DEVERÃO ESTAR EM PONTOS
ESTRATÉGICOS NA ROÇA DE SANTO. EBÔ DEVE SER JOGADO
NOS TELHADOS AO FIM DA TADE.O BAULHO EXCESSIVO
DEVE SER EVITADO. ASSIM COMO BEBIDA, DENDÊ E
SUJEIRA. ASSIM QUE TERMINA O PERÍODO DE CULTO A
OSALÁ, DEVE-SE RODAR UM AMALÁ PRA ESQUENTAR A
CASA. SENÃO A ESTAGNAÇÃO TOMA CONTA DO ILÊ.
ENQUANTO OSALÁ ESTÁ SENTADO NO APOTI, EM SEU COLO
ESTARÁ A TIJELA DE EBÓ COM AS 10 FOLHAS DE SAIÃO,
OSALÁ NÃO FAZ ORO COM SANTO NENHUM, OU SEJA NÃO
TEM FUNDAMENTO COM NENHUM OUTRO, PORÉM, QUEM O
TIRA DE DENTRO DA CASCA DO IGBÍ É AYRÁ , ENTÃO
COLOCA-SE EM SEUS PÉS UMA GAMELA OVAL COM AJEBÓ
BATIDO COM BANHA DE ORI E 10 ACAÇAS EM CIMA. NAS
COSTAS DELE NO CHÃO UM PRATO COM 10 ACAÇAS
ENROLADOS EM CIMA DA FOLHA DE ALGODÃO, NOS 4
CANTOS DO BARRACÃO ESTARÁ UM OVO UNTADO COM
BANHA DE ORI E SALPICADO DE EFUM PARA CONTROLAR A
FORÇA DE EGUN. SE TIVER ALGUM AYRÁ MANIFESTADO
ESTE DEVERÁ LEVAR OSALÁ DEVOLTA AO HUNDEMI
CARREGANDO-O NAS COSTAS. RECOLHE-SE OSALÁ PARA
DEBAIXO DA BARRACA NO HONKÓ E DEIXE-O REPOUSANDO
POR ALGUMAS HORAS. 4 HORAS DEPOIS LAVA-SE A PESSOA,
TIRANDO O EXCESSO DE EJÉ, E DÊ OUTRO BANHO DE ERVAS
FRESCAS DE OSALÁ,EM SEGUIDA BANHE A PESSOA COM
LEITE DE CABRA, DEPOIS DA MATANÇA A PESSOA É
ESFREGADA TODOS OS DIAS COM BANHA DE ORI,DOS PÉS A
CABEÇA, PARA ESFRIAR O BANHO DE EJÉ QUE OSALÁ
TOMOU. SIRVA MUITO CHÁ DE CAPIM LIMÃO OU CIDREIRA
ATÉ O DIA DO CANDOMBLÉ.
ORISÁ LEJUGBÈ  É MUITO CONFUNDIDO COM OSALUFÓN.
POR SER VAGAROSO E INDECISO. É IMPESCINDÍVEL ASSENTAR
AYRÁ PRA ESTE CAMINHO. COME TODO TIPO DE CARNE
BRANCA.

MONTAGEM DE IGBÁ

01 IGBA DE LOUCA BANCA COMPLETA PRA OSALÁ

01 OKUTÁ FUNFUN

10 BÚZIOS GRANDES BRANCOS


10 MOEDAS ANTIGAS

10 CASCOS DE IGBINS PINTADOS DE BRANCO

10 IDÉS DE CHUMBO

01 PENCA DE CHUMBO PARA OSALÁ

10 PRATOS DE CHUMBO

10 PÃES DE CHUMBO

01 OPASORÒ MINIATURA

01 FAVA DE ARIDAN

01 FAVA DE OSALÁ

10 POMBOS DE CHUMBO

02 AJÊS

INDUMENTÁRIA – VESTE-SE TODO DE BRANCO. USA SAIA OU


BOMBACHO, CAMISU, UMA BANDA E LAÇOS NA CINTURA. USA
ADÈ E LAÇO NA CABEÇA, OU OJÁ.
EBÓ DE ENCANTO DESTE ORISÁ

LEVA O NEÓFITO NUM CAMPO BEM VERDE E ABERTO, EM UM


DIA DE SOL NO AMANHECER. A PESSOA VESTIDA COM UMA
TÚNICA BRANCA EM FRENTE A UMA PANELA PINTADA DE
BRANCO COM AGUA COM EFUN DENTRO. PASSE PELO
NEÓFITO 16 EKURUS, 16 ACAÇAS, CANJICA, 16 BOLAS DE
TAPIOCA, 16 OVOS BRANCOS, PASSE E DEPOSITE TUDO
DENTRO DA PANELA, FAÇA UM SARAYE COM PEREGUN DE
OSALÁ E DEPOSITE AS FOLHAS DENTRO DA PANELA TAMBÉM.
PASSE 16 BRUXINHOS E BOTE DENTRO DA PANELA. RASGUE A
ROUPA DO IYAWO ALI E DEPOSITE DENTRO DO CESTO. JOGUE
POR CIMA DE TUDO MUITA CLARA EM PONTO DE NEVE E
SAPIQUE EFUN. CUBRA COM FOLHAS DE ALGODÃO. PASSE
BASTANTE AGUA DE MELISSA COM EFUN NO NEÓFITO.
ENROLE-A NUM LENÇOL BRANCO, AMARRE ODUNDUN,
FOLHA DE ALGODÃO E POEJO NO ORI E TRAGA-O DE VOLTA
PARA O ILÈ.
ORO DE FEITURA DESTE ORISÁ

NA VÉSPERA DO ORO DE OSALÁ, A IYÁ EFUM OU O


BABALORIXÁ TERÁ POSTO UM PRATO BRANCO COM 16
FOLHAS DE EWE DUNDUN (SAIÃO) EM CIRCULO COBERTAS
COM 2 EFUNS AFRICANOS EM PÓ PARA DORMIR NO SERENO.
AO AMANHECER, ANTES DO SOL SAIR, ESTE PRATO DEVERÁ
SER RECOLHIDO COM O ORVALHO DA MADRUGADA E LEVADO
PARA OS PÉS DE OSALÁ. AO ENTARDECER 10 FOLHAS IRÃO
PARA O EBÔ DE OSALÁ 4 PARA O ORI DO IYAWO DEPOIS DA
MATANÇA NA HORA DE ARRUMAR A CABEÇA, AS DUAS QUE
SOBRARAM, 1 PARA COBRIR OS OLHOS DO POMBO NA HORA
DO SACRIFÍCIO E A OUTRA PARA COBRIR OS OLHOS DA
GALINHA D’ANGOLA. A ESTEIRA DO IYAWO DO OSALÁ
DEVERÁ SER PREPARADA DA SEGUINTE MANEIRA (E NÃO
PODERÁ SER JUNTO COM NINGUÉM, POIS SANGO E OSALÁ NÃO
DIVIDE ESTEIRA COM NINGUÉM): TABATINHA BRANCA
(LEGITIMA) COLHIDA EM LAGOA GERALMENTE. ESPALHA
TODA A TABATINGA (SECA) NO CHÃO QUE JÁ FOI DELIMITADO
PARA AQUELA ESTEIRA, COMO ELA ESTARÁ SECA, FICARÁ EM
PÓ. POR CIMA DESTA TABATINGA EM PÓ COPA-SE 1 IGBÍ E 1
POMBO, PONHA TODA A PENA DO ERINLÉ POR CIMA DO EJÉ.
POR CIMA DE TUDO PONHA UM PUNHADO DE CANJICA, PADE
DE ÁGUA, UM ACAÇÁ, AZEITE DE OLIVA E OMITORÒ NOS 4
CANTOS DA DELIMITAÇÃO DA ENI. AGORA SIM, PODERÁ PÔR
AS FOLHAS DESTE SANTO: MALVA BRANCA/ POEJO/ SAIÃO/
MANJERICÃO/ FOLHA DE ALGODÃO/ CAPEBA/ FOLHA DE
IROKO/ CANA DO BREJO E OGBÓ. POR CIMA DAS FOLHAS
COBRINDO TUDO, PONHA A ENI. SEM DEIXAR NENHUMA
PONTINHA APARECENDO, MUITO ALGODÃO, CUBRA TUDO
COM ALGODÃO E CUBRA O ALGODÃO COM UM LENÇOL
BRANCO. NOS POTES DE FOLHA COM PEREGUM RAJADO DE
BRANCO DEVERÁ TER TAMBÉM MUITO GALHO DE
ALGODOEIRO COM FOLHAS. DEVERÁ SER POSTO ALÁ EM CIMA
DA ENI DO NEÓFITO. O APOTI (APERE OU BANCO) DEVERÁ SER
TODO PINTADO COM EFUM E DEVERÁ ESTAR COM UM LAÇO
BRANCO. EM CIMA DO APOTI UM ACAÇÁ DESENROLADO COM
FOLHAS DE POEJO EM VOLTA E COBERTO COM MOURIM
BRANCO. OS BICHOS (TODOS FÊMEAS) DEVERÃO SER TODOS
LAVADOS COM LEITE DE CABRA E SALPICADOS COM EFUM
SOPRADO POR CIMA. POR SE TRATAR ESTE ORISÀ UM DOS
MAIS PERIGOSOS , TEM-SE MUITO CUIDADO NA INICIAÇÃO. NO
BARRACÃO, AO CENTRO 1 PILÃO PINTADO DE BRANCO COM
CANJICA E 10 OKAS DENTRO E 10 EKÓS, O PILÃO SERÁ
COBERTO POR UM MOURIM BRANCO. NO HUNDEMI IGBÁ DE
OSALÁ DEVERÁ ESTAR SOBE FOLHAS DE ALGODÃO,
ODUNDUN, MANJERICÃO E CANA DO BREJO. O NEÓFITO NO
APERE DE OGERÁ E 04 PESSOAS SEGURANDO O ALÁ. INICIE O
LAGBÉ. TERMINANDO O LAGBÉ, PASSE BASTANTE BANHA DE
ORÍ VEGETAL NA CABEÇA E NO CORPO DO IYAWO. DEPOIS
PASSE CLARA DE OVO POR CIMA DO ORI VEGETAL. E POR
ULTIMO ASSOPRE PÓS DE EFUN SOBRE O CORPO TODO
DEIXANDO-O BEM BRANCO. COLOQUE APETRECHOS, COMO
KELE DE MIÇANGAS, KELE DE BÚZIOS, AROS, IDÉS, IYANS,
IKANS, MOKAN, XAORO, PINTURA SAGRADA E EKODIDÉ.
PROSSIGA ABRINDO O FARÍ. SACRIFIQUE O OBÍ REZANDO
BABA E NPA O
EKÚ E WÚRÈ O
ARA NFO
ADIÈ
E NPA O
BABA E NPA O
ORO NI WA ‘SÉ K’WERE
ASÉ K’WE KO
UM BABA FUN O
MASTIGUE UMA BANDA E COLOQUE EM CIMA DO FARÍ, A
OUTRA COLOQUE INTEIRA NO IGBÁ. O IGBA ESTAÁ
PREPARADO PARA O ORO NPÁ COM ACAÇÁ, OMITORO, UMA
CAMADA DE ALGODÃO E COBRETO COM UM MORIM.
PROSSIGA COM O ORO DA ETÚ DE OSALÁ. ADOXE O IYAWO
COM O ADOXÚ FEITO DE SABÃO DE COCO, ORI VEGETAL E
EFUN. PROSSIGA COM O ORO NPÁ. AO TERMINO ARRUME OS
BICHOS NO BRAÇO DE OSALÁ E A ETÚ NA BOCA. CANTE A
CANTIGA DE APERE

A IDARÒ

MO TI IGBÍN O

O TI IGBA’RÍ

BABA MO J’IRÈ

A BABA KOSÉ O

O TI IGBA’RÍ

BABA MO J’IRÈ

DEPOIS A CANTIGA DE MORTE

ERU WA

WA T’ORUN ASÉ

T’ORUN ASÉ

APÓS O RITUAL. DÊ RUN EM OSALÁ E COLOQUE-O PRA


DENTRO. DURANTE SEU RECOLHIMENTO EBÓS COM
CANJICA E EKÓS DEVERÃO ESTAR EM PONTOS
ESTRATÉGICOS NA ROÇA DE SANTO. EBÔ DEVE SER JOGADO
NOS TELHADOS AO FIM DA TADE.O BAULHO EXCESSIVO
DEVE SER EVITADO. ASSIM COMO BEBIDA, DENDÊ E
SUJEIRA. ASSIM QUE TERMINA O PERÍODO DE CULTO A
OSALÁ, DEVE-SE RODAR UM AMALÁ PRA ESQUENTAR A
CASA. SENÃO A ESTAGNAÇÃO TOMA CONTA DO ILÊ.
ENQUANTO OSALÁ ESTÁ SENTADO NO APOTI, EM SEU COLO
ESTARÁ A TIJELA DE EBÓ COM AS 10 FOLHAS DE SAIÃO,
OSALÁ NÃO FAZ ORO COM SANTO NENHUM, OU SEJA NÃO
TEM FUNDAMENTO COM NENHUM OUTRO, PORÉM, QUEM O
TIRA DE DENTRO DA CASCA DO IGBÍ É AYRÁ , ENTÃO
COLOCA-SE EM SEUS PÉS UMA GAMELA OVAL COM AJEBÓ
BATIDO COM BANHA DE ORI E 10 ACAÇAS EM CIMA. NAS
COSTAS DELE NO CHÃO UM PRATO COM 10 ACAÇAS
ENROLADOS EM CIMA DA FOLHA DE ALGODÃO, NOS 4
CANTOS DO BARRACÃO ESTARÁ UM OVO UNTADO COM
BANHA DE ORI E SALPICADO DE EFUM PARA CONTROLAR A
FORÇA DE EGUN. SE TIVER ALGUM AYRÁ MANIFESTADO
ESTE DEVERÁ LEVAR OSALÁ DEVOLTA AO HUNDEMI
CARREGANDO-O NAS COSTAS. RECOLHE-SE OSALÁ PARA
DEBAIXO DA BARRACA NO HONKÓ E DEIXE-O REPOUSANDO
POR ALGUMAS HORAS. 4 HORAS DEPOIS LAVA-SE A PESSOA,
TIRANDO O EXCESSO DE EJÉ, E DÊ OUTRO BANHO DE ERVAS
FRESCAS DE OSALÁ,EM SEGUIDA BANHE A PESSOA COM
LEITE DE CABRA, DEPOIS DA MATANÇA A PESSOA É
ESFREGADA TODOS OS DIAS COM BANHA DE ORI,DOS PÉS A
CABEÇA, PARA ESFRIAR O BANHO DE EJÉ QUE OSALÁ
TOMOU. SIRVA MUITO CHÁ DE CAPIM LIMÃO OU CIDREIRA
ATÉ O DIA DO CANDOMBLÉ.