Sie sind auf Seite 1von 63

O LIVRO

DO
Um guia realmente fácil para entender e
aplicar a mecânica fundamental dos
pequenos e médios negócios lucrativos

LUCRO
Diego Marconatto, PhD
Como visualizar
este material
Para sua melhor experiência, criamos este livro digital para ser visualizado em
duas páginas. Para alterar esta configuração no seu leitor de PDFs, siga a
instrução abaixo, conforme o seu sistema:
1
Pré-visualização Visualizar

2 Duas páginas

1
Adobe Acrobat Reader Visualizar

2 Exibição da página
Exibição em duas páginas
3
Para quem é esse livro

Para todos que querem aprender, de modo simples e descomplicado, sobre como construir negócios
que geram riqueza real e para todos os empreendedores que querem aumentar a lucratividade de
negócios já em funcionamento. Esse livro é especialmente necessário se você é:

Empreendedor Professor de administração, contabilidade ou economia


» Entenda a essência real da produção de lucros; » Esqueça as teorias chatas e vá direto à essência e à prática dos
» Conheça o que o seu modelo de negócio precisa negócios;
conter, obrigatoriamente, para ser altamente » Produza sentido verdadeiro para seus alunos.
lucrativo.
Aluno de escolas de negócio
Dono de micro e pequeno negócio » Aprenda rapidamente o que é e como funciona um negócio lucrativo;
» Melhore o seu modelo de geração de lucros; » Desenvolva um “quadro mental” de referência, que irá contextualizar a
» Maximize as suas variáveis de geração de lucros. realidade dos negócios e trazer sentido às disciplinas da faculdade.

Autônomo Consultor de negócios


» Saiba como se libertar dos seus limitadores de » Seja mais objetivo na produção de resultados reais para os seus
lucro; clientes;
» Aumente os seus ganhos, aplicando conceitos » Mostre conhecimento pragmático de negócios aos seus clientes.
reais de negócios na sua atividade profissional.

Escrito por Diego Marconatto Design por Felipe Santos


Sobre o autor

Meu nome é Diego Marconatto. Sempre trabalhei com negócios.

Comecei a trabalhar com 12 anos. Com 18, iniciei estágio em um negócio Coca-Cola. Depois de algum tempo,
assumi e liderei a sua área logística, na qual aprendi e exercitei a gestão por quase 10 anos.

Sou especialista em economia e direito internacional, pelo Centro Produttività Veneto (Itália), mestre e doutor em
administração, respectivamente, pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e pela Universidade Federal do
Rio Grande do Sul (UFRGS). Também sou pós-doutor em gestão pela HEC Montréal (Canadá). Trabalhei como
visiting scholar para a Universidad de Sevilla, na Espanha, e realizei trabalhos, consultorias e pesquisas em outras
universidade e negócios ao redor do mundo – incluindo empresas como Bombardier (Canadá) e a Social Trade
Organization (Holanda).

Após ingressar no mundo da pesquisa em gestão, publiquei artigos científicos em várias revistas internacionais.

Nos últimos anos, prestei consultoria a negócios de todos os portes, com ênfase no aumento da lucratividade.

Atualmente, também sou professor de doutorado e MBA em gestão.

Juntamente com o meu sócio, Felipe Santos, fundei a ABC Negócios, como um meio de levar o meu conhecimento
para os mais diversos tipos de empreendimentos no Brasil.

Eu trabalho para os pequenos e médios negócios crescerem e aumentarem os seus lucros.


Porque escrevemos esse livro

02 2
1
Porque estamos vivendo a era do
Porque não existem livros no Brasil
“empreendedorismo de palco”, um
que mostrem, de maneira clara e
movimento que traz mais danos que
direta, o que é e como funciona um
benefícios para quem quer abrir um
negócio lucrativo.
novo negócio.

O que existem são obras teóricas ou então contribuições Definitivamente, não existe mágica e não é fácil criar e manter
que enfatizam apenas um ou outro aspecto das empresas. um bom negócio. Empreender não é uma festa de final de ano,
como as palestras de “empreendedorismo motivacional” fazem
Queremos ir direto ao ponto. Explicamos, de modo simples parecer. Essa moda tem levado muita gente boa e competente a
e fácil de entender, toda a mecânica fundamental da sofrer e perder seu tempo e seu dinheiro.
produção de lucros, tal como ela acontece na realidade.

Ao invés de alimentarmos essa onda, nós explicamos como os


Traduzimos, em lições práticas e realistas, o melhor da nossa
negócios de sucesso são de fato (o que eles fazem e como fazem).
experiência com negócios e do nosso conhecimento
acadêmico de gestão. Quem empreende sabendo a lógica fundamental da lucratividade
certamente tem muito mais chances de sucesso.
Por isso, não nos prendemos a detalhes e conceitos muito
técnicos da administração e da contabilidade. Ao longo de Queremos equipar você com os conhecimentos práticos
todo o livro, usamos uma linguagem direta e necessários para vencer.
descomplicada.
03

3 4

Porque o Brasil só vai mudar por Porque amamos

meio do empreendedorismo. o que fazemos.

A prosperidade econômica e a redução da pobreza acontecem com Adoramos ver os negócios lucrarem mais.
a proliferação dos pequenos e médios negócios lucrativos, com a Não temos maior satisfação do que ouvir
inovação, a renda e os empregos que essas empresas produzem. Não um dono de empresa dizer que sua vida
existe país próspero e justo sem um setor privado forte e dinâmico. melhorou muito depois que nos conheceu
e que o seu negócio cresceu em geração
de riqueza e número de colaboradores. É
É loucura continuar esperando pelos nossos governantes. Já vivemos
para isso que trabalhamos.
muito tempo nessa ilusão.

Chegou a hora de tomarmos as rédeas e transformarmos esse país de


baixo para cima (o papel do Estado é garantir a segurança pública, a
estabilidade e a eficiência institucionais — e reduzir impostos). Isso
acontecerá pela via do empreendedorismo.

Pequenos e médios negócios são 99% dos empreendimentos no


Brasil, empregam metade dos trabalhadores formais e produzem
mais de 1/5 da riqueza nacional.

Ajudar as empresas pequenas e médias é ajudar o Brasil. Somos nós


que vamos melhorar o nosso país. Não existe outro caminho.
04
A ABC Negócios existe para fazer os pequenos e médios negócios crescerem e lucrarem mais. Estamos
ABCNEGOCIOS.COM.BR INTRODUÇÃO

sempre transformando o melhor do conhecimento de gestão no mundo em ferramentas e materiais

diretos, simples e aplicados, que funcionam no mundo real.

Nesse livro, você verá como os negócios lucrativos funcionam na

prática e como eles produzem riqueza verdadeira.

Os negócios de sucesso — não importa o seu tamanho, o seu formato, a sua natureza ou o seu setor — nunca

perdem de vista a lógica fundamental, o mecanismo central que você conhecerá nesse livro. O esforço

intenso na adoção desse sistema é, de fato, um dos segredos do seu sucesso.

Essas empresas sabem que não existem soluções mágicas. Sabem que os negócios são regidos por

determinadas regras e que a construção da lucratividade só pode acontecer por meio da obediência a elas.

O desconhecimento desse mecanismo de lucro leva os negócios a cometerem erros graves ou então

perderem oportunidades enormes.

O que você verá nesse livro está no centro das empresas lucrativas e bem-sucedidas.
05

ABCNEGOCIOS.COM.BR INTRODUÇÃO
Para saber como a ABC Negócios pode trazer mais conhecimento
para a sua empresa crescer, acesse www.abcnegocios.com.br
Os erros mais comuns que destroem a
lucratividade dos negócios e estratégias
para aumentar seus ganhos
Cap. 08
Pág. 192
06 Investimentos:
Cap.06 o teste final da geração
de riqueza real

Pág. 164
RSI%= Lucro/Investimentos

Clientes, clientes, clientes!


Cap. 04 Porque todos os negócios
1
A B
começam no mesmo lugar
3 2
Pág. 92

Preço Custo
venda variável
Todos os negócios

Cap. 01 obedecem à mesma


lógica fundamental

Pág. 18

Dinheiro Lucros

Tudo começa em querer lucrar de verdade


Pág. 12
Juntando as peças: um modo
simples para entender como os
negócios lucrativos funcionam
Cap. 07
Pág. 176 07

A lógica da
lucratividade
A essência da criação
Cap. 05
Certamente, cada empresa possui suas
de riqueza nos
negócios peculiaridades, mas todos os negócios que

querem produzir riqueza obedecem à lógica


Pág. 120
comum dos empreendimentos lucrativos.

Este livro é como essa lógica, esse mecanismo

O dinheiro é rei… Não!


O dinheiro é oxigênio! Cap. 03 dos negócios vencedores, funciona.

Pág. 74

Cap. 02
Um negócio não é um
emprego com CNPJ

Pág. 48
Como este livro está organizado
08
ABCNEGOCIOS.COM.BR INTRODUÇÃO

Introdução Página 12 Primeiro, mostraremos que tudo começa em desejar de verdade


o lucro, em preparar-se emocionalmente para ganhar dinheiro. Sem essa vontade, meu

amigo, nada vai funcionar….

Capítulo 1 Página 18 Após, entenderemos que os negócios são regidos por uma lógica
fundamental comum a todos os empreendimentos. Neste capítulo, mostraremos para

você que a essência da padaria da sua esquina é a mesma da maior empresa de alimentos
do mundo.…

Capítulo 2 Página 48 Seguindo, mostraremos a natureza verdadeira dos negócios e


como eles se diferenciam de outros modos de ganhar dinheiro. Aqui você verá que, bem…

você entenderá que a maioria das empresas não são negócios de verdade....

Capítulo 3 Página 74 No próximo estágio, você entenderá como funciona o sistema

respiratório do seu negócio. Os americanos dizem que o “dinheiro é rei”. Neste capítulo,
ficará bem claro que o dinheiro é muito mais importante do que o rei; ele é o próprio

oxigênio da empresa. E ar é vida!...


Capítulo 4 Página 92 Aí vêm os clientes, aquelas pessoas que viabilizam a existência
Cliente do nosso negócio. Aqui, você descobrirá que empresas de verdade não vendem produtos

e serviços. Isso mesmo! Também entenderá os atributos dos produtos vencedores


09
(aqueles que as empresas não vendem), como o seu mercado consumidor funciona e

ABCNEGOCIOS.COM.BR INTRODUÇÃO
que saber vender é mais importante que saber contar até 3. Além disso, este capítulo

tratará da pedra no sapato chamada concorrência….

Capítulo 5 Página 120 Chegou o momento de entender como a produção de lucros

funciona de verdade. Neste capítulo, você entenderá que só existem dois modos de

aumentar seus lucros.

Capítulo 6 Página 164 Por último, você verá a segunda metade da equação de
RSI%= Lucro/Investimentos

produção de riqueza: os investimentos. Sem considerar essa pecinha — às vezes tão

esquecida —, você pode correr muito, sem chegar a lugar nenhum. Não vamos deixar

você cometer esse erro.

Capítulo 7 Página 176 No capítulo 7, montamos o “quebra-cabeça” para você e


ilustramos como tudo que mostramos se une para produzir lucros cada vez maiores...

Capítulo 8 Página 192 Após termos explicado a natureza e o funcionamento do


mecanismo fundamental dos negócio lucrativos, listaremos as armadilhas que sempre

estão no caminho dos negócios e que destroem nossos lucros. Nesse momento, você

também verá como os negócios vitoriosos escapam dessas ciladas e o que eles fazem
para realmente empilhar dinheiro.
10
ABCNEGOCIOS.COM.BR INTRODUÇÃO

Este livro vem


acompanhado de dois
cadernos* digitais.
O primeiro reúne uma
série de tutoriais com
dezenas de dicas
práticas para
aplicação no seu
negócio.

*Em formato de caderno digital em


formato PDF. Você recebeu o acesso
durante o processo de compra. Caso
precise novamente do seu acesso
aos cadernos, entre em contato
com nossa equipe pelo e-mail
suporte@abcnegocios.com.br
11

ABCNEGOCIOS.COM.BR INTRODUÇÃO
O segundo caderno
digital é um conjunto de
exercícios que ajudará
você a transferir os
conhecimentos deste
livro para o contexto
real do seu negócio.
1
Todos os negócios
obedecem à mesma
lógica fundamental
20
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I

RSI%= Lucro/Investimentos

1
A B

3 2

Preço Custo
Todos os negócios venda variável

obedecem à mesma
lógica fundamental

Dinheiro Lucros
Todos os negócios possuem uma natureza em comum.
As empresas são regidas por um mecanismo universal
21

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I
que é sempre composto das mesmas partes. O mesmo
acontece com a geração de lucros, que opera por meio
de uma equação a qual funciona da mesma forma nos
mais diferentes tipos de negócios.

Neste capítulo, veremos o fundamento comum a todos


os negócios. Entender essa lógica universal é crucial
para você construir e manter um empreendimento
altamente lucrativo.
22
O que é um negócio?
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I

A maioria dos novos empreendimentos quebra ou não aumenta os seus


lucros porque seus donos não entendem a natureza real dos negócios.

Um negócio não é um local, não é um grupo de funcionários, não é um nome ou um

logotipo atraente. Um negócio não é o seu dono, não é os seus fornecedores nem os

seus clientes. Um negócio não é uma profissão ou uma habilidade. Um negócio

também não é o produto ou o serviço que ele vende.

Um negócio é um sistema, uma máquina.


Seu negócio é uma máquina que produz benefícios 23
para o seu cliente e lucros para você.

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I
Um negócio é uma máquina que gera lucros ao satisfazer uma ou mais
necessidade das pessoas, repetidamente.

24 O núcleo de todo o negócio é esse: obter lucro por meio da capacidade de ajudar repetidamente
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I

um grupo de pessoas a realizar o que deseja.

De nada adianta ter os melhores produtos se eles não ajudam as pessoas a conseguir o que elas

querem obter por meio deles. De nada adianta você ter os melhores produtos se o seu negócio não

conseguir entregá-los aos clientes, várias vezes e com qualidade consistente.

É na repetição lucrativa que um negócio constrói riqueza. E o único modo de conseguir fazer isso é

construindo um sistema de negócio previsível e altamente eficiente.

Um sistema de negócio é um conjunto de processos bem ajustados, repetíveis e consistentes que

produzem e entregam produtos e serviços os quais atendem necessidades e desejos reais dos

clientes.
É por isso que as franquias têm uma taxa de sobrevivência muito mais alta que 25

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I
as outras empresas. Elas veem o próprio negócio como se fosse um produto e

obedecem à lógica fundamental dos negócios.


Franquias sabem que não

Então, um negócio lucrativo é um sistema lucrativo. Isso não é uma mera teoria. existem produtos lucrativos.
O que existem são sistemas
É a realidade que está na base dos negócios verdadeiramente bem-sucedidos. E a
de negócios lucrativos.
sobrevivência e lucratividade dos nossos negócios dependem diretamente dessa

verdade.
26
1.1
Sim, todos os negócios
estão estruturados sobre o
mesmo mecanismo universal
Porque todos os negócios são iguais.
Um bebê, um cientista, um professor, um senhor de 90 anos de idade, um empresário. Todas essas pessoas são
27
diferentes, claro. Mas, ao mesmo tempo, o corpo de todas elas é formado pelos mesmos sistemas e órgãos

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I
internos que obedecem aos mesmos princípios fisiológicos. O mesmo acontece com os mais diferentes tipos

de negócios.

Cérebro

Olhos

Coração

Pulmão

Estômago
28
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I

Uma banca de revistas, uma padaria, um site de vendas de produtos na internet, uma multinacional

com 50.000 funcionários espalhados por diversos continentes… Não importa. Todos as empresas

funcionam sobre o mesmo mecanismo fundamental de produção de riqueza.

Alguns empresários obedecem intuitivamente a esse mecanismo, essa lógica. Outros a conhecem

conscientemente.

O importante é que qualquer negócio que deseja crescer e lucrar muito deve saber identificar essa

lógica e aprimorá-la cada vez mais dentro do seu mecanismo fundamental de geração de lucros.
29

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I
Floricultura Loja na Web

Multinacional
30
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I

O mecanismo universal de
produção de riqueza
Produtos & Serviços
31

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I
Lucro

Pessoas

Dinheiro

Investimentos
36
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO I

Como funciona o mecanismo


universal de produção de
riqueza em um negócio
altamente lucrativo
Disponível na versão completa
São +170 páginas adicionais para ajudar
você a aumentar a sua lucratividade.
Compre a versão completa (impressa ou digital)
em www.olivrodolucro.com.br
2
Um negócio não é um
emprego com CNPJ
50
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO II

RSI%= Lucro/Investimentos

Um negócio não é um
1
A B

3 2 emprego com CNPJ

Preço Custo
venda variável

Dinheiro Lucros
Vimos que todos os negócios operam por meio de um mesmo
mecanismo comum e geram ganhos por meio da mesma
51

equação universal da produção de lucros.

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO II
Ocorre que a maioria dos empreendimentos não são negócios
de fato. São "empregos com CNPJ", um formato de "negócio"
que não possui as características das empresas reais e que,
portanto, dificilmente conseguirão produzir ganhos grandes de
verdade.

Poucos são os empresários que conseguem fazer a travessia do


seu "emprego com CNPJ" para um negócio de fato. Atravessar
essa ponte é absolutamente necessário para quem quer crescer
e lucrar mais.
De um lado... Muito trabalho sem sair do lugar...
52 Você já deve ter visto vários exemplos de ótimos profissionais que, ao abrir um negócio, ficam
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO II

estagnados por anos ou décadas.

Padeiros, cabeleireiros, engenheiros, eletricistas… A lista não tem fim.

São pessoas que, embora sejam tecnicamente

excelentes, trabalham duro — às vezes, 14 horas

por dia, 6 ou 7 dias por semana —, mas não

conseguem sair do lugar. Permanecem

estagnadas, repetindo por anos ou décadas um

rotina excruciante de trabalho pesado, sempre

lutando contra os mesmos problemas e

produzindo lucros nulos ou insatisfatórios.


Do outro lado da ponte... O retorno pelo trabalho certo!
53
Enquanto isso, há o caso daquelas pessoas que, às vezes, mesmo não sendo as maiores

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO II
entendedoras dos produtos ou dos serviços que vendem, fazem seus negócios crescerem e

expandirem rapidamente, atingindo uma alta lucratividade.

E ainda existem aqueles

empreendedores os quais criam

negócios muito diferentes entre si

e que sempre produzem grandes

lucros em todos eles.


54
A diferença
entre esses
casos é clara:
Os primeiros entendem do que executam, da sua profissão, da sua

atividade, dos seus produtos e serviços. É o padeiro que faz o melhor pão
55
do mundo, mas que, há 30 anos, acorda todos os dias da semana às 04h

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO II
da manhã para trabalhar e que nunca vê seu negócio crescer.

Ele entende de pão.

No outro caso, os empreendedores de sucesso sabem algo mais importante:

eles entendem de negócios e da lógica fundamental que regula o seu

funcionamento e a sua produção de lucros. Eles podem até não ser os

melhores executores, fazedores (e, na maioria das vezes, não são mesmo); eles

podem não ter os melhores produtos e serviços.

Mas eles têm os melhores mecanismos de produção de lucros.

Esses empreendedores cruzaram a ponte que separa um


emprego com CNPJ de um negócio de verdade.
56
2.1
Todo o empreendedor
de sucesso cruza
a mesma ponte
57

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO II
Quando você tem um emprego,
você ganha pelo o que faz.
Você recebe um salário pelas horas trabalhadas e, às vezes,
pela qualidade do seu desempenho.

Quando você é dono de um negócio,


você ganha pelo que tem.
Você ganha um retorno sobre o seu investimento. Adicionalmente,
você poderá ganhar um salário, se decidir permanecer trabalhando na sua empresa.
1. O emprego com CNPJ
58 Se o seu negócio depende diretamente de você — da sua presença
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO II

constante e, principalmente, do seu trabalho para viabilizar a

produção e as vendas —, você ainda não tem um negócio de verdade.

O que você tem é um um emprego com CNPJ, em que o chefe é um

patrão exigente e, na maior parte das vezes, impiedoso.

No seu emprego com CNPJ, não existe diferença, não existe separação

entre você e o seu “negócio”. Nesse caso, o seu negócio não serve você;

é você que trabalha para o seu negócio.


A verdade é que a grande maioria dos negócios são,
na verdade, empregos com CNPJ.

Isso acontece porque eles são criados com base em uma crença falsa, em um mito. A 59

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO II
maior parte dos empreendedores acredita que saber fazer e entregar aquilo que o

negócio vende (o pão, a comida, a roupa, o serviço de lavagem de carros etc.), é o

suficiente para eles operarem um negócio de verdade (uma padaria, um restaurante,

uma boutique de malhas, um posto de lavagem etc.). Esse é um erro grave.

O que um negócio faz e entrega (seus produtos e serviços) e como um negócio

funciona (como ele faz e entrega os seus produtos e serviços — o seu mecanismo
fundamental) são duas coisas completamente diferentes.

Infelizmente, são raros os empreendedores que têm essa noção. O mais comum é

encontrar donos de negócio escravizados pelos seus “negócios”. É a dona do salão

de beleza, é o padeiro, é o cozinheiro... os donos de empreendimentos totalmente

dependentes das suas pessoas. Se eles pararem de trabalhar e produzir, o negócio

para; se eles adoecerem, o negócio para; se eles quiserem descansar, o negócio para; se

eles tirarem férias, o negócio para... Mas suas despesas não param de chegar todo o

mês... E por isso eles nunca podem parar também! Tornam-se escravos da criatura que

geraram para dar-lhes liberdade.

Esse é um dos motivos porque costuma ser melhor ter um


emprego normal do que um negócio funcionando no formato de
um emprego com CNPJ.
2. A hora da verdade
Mesmo enfrentando uma carga enlouquecedora de trabalho, vários
60
empregados com CNPJ conseguem aumentar a sua clientela.
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO II

Com mais vendas, ampliar o portfólio de produtos e serviços

oferecidos aparece como uma boa ideia. Porém, os aumentos do

número de clientes e da complexidade da operação do negócio

colocam cada vez mais trabalho sobre os ombros do dono do

“negócio”. Dessa forma, 14h, 16h por dia, 7 dias por semana não são

mais suficientes para dar conta do volume de tarefas a vencer.

A exaustão física e psicológica se aproxima, os erros se multiplicam, os

problemas se acumulam, o empreendedor se sente perdido e o

“negócio” começa a ter problemas graves para captar novos clientes e

reter os atuais. A qualidade dos produtos e serviços passa a perder

consistência, atrasos se tornam constantes e a desordem, a confusão e

o stress começam a reinar sobre o dia a dia. É o caos.


Disponível na versão completa
São +170 páginas adicionais para ajudar
você a aumentar a sua lucratividade.
Compre a versão completa (impressa ou digital)
em www.olivrodolucro.com.br
5
A essência da criação
de riqueza nos negócios
122
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO V

A essência da criação
RSI%= Lucro/Investimentos de riqueza nos negócios

1
A B

3 2

Preço Custo
venda variável

Dinheiro Lucros
Até aqui, como já dissemos, vimos que todos os negócios operam

por meio de um mesmo mecanismo fundamental. Esse 123

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO V
mecanismo precisa de dinheiro para respirar, e um dos seus

principais trabalhos é captar e reter clientes lucrativos.

No primeiro capítulo, olhamos rapidamente a equação (fórmula)

do lucro. Agora, nós vamos conhecê-la em maiores detalhes para

entender como a geração de lucros acontece na prática. Essa

fórmula nos mostrará que só existem dois modos de aumentar

nossos ganhos de maneira sustentável.

Ao final, por meio dos drivers de lucratividade, entenderemos

como a equação do lucro funciona no contexto real dos negócios.


A fórmula da geração de lucros é uma só:

Preço de venda
124
Seu preço de venda é, obviamente, o quanto você cobra por seus
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO V

produtos e serviços. Nesse preço, devem estar inclusos os impostos, o seu Quantidade

custo variável e ainda algum valor adicional para ajudar a pagar as É o seu volume total de

despesas do negócio e, claro, acumular lucros. vendas, em número de itens.

R$ 15
0

Preço de venda Custo variável Quantidade

Custo variável

São todos os gastos que crescem proporcionalmente ao seu

volume de produção ou de vendas. Se você revende sapatos, então

o seu principal custo variável é o valor que você paga ao seus

fornecedores de calçados. No caso de uma sorveteria, os custos

variáveis são o sorvete em si, as casquinhas, as colheres e outros

itens que são utilizados em cada sorvete vendido.


Isso significa que, se queremos lucrar, devemos
125
entender muito bem como cada uma dessas variáveis

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO V
funciona e como elas se relacionam para produzir
riqueza no contexto do nosso negócio.

Lucro

Despesas + Gastos ixos

Despesas e outros gastos fixos

São aqueles gastos que você tem para manter o negócio aberto e operando,

independentemente do seu volume de vendas. Em uma loja de roupas, as principais

despesas e custos fixos estão contidos em itens como aluguel, salários de funcionários,

água, internet, despesas com publicidade etc.


Há também os impostos (tributos) e as taxas a serem pagos. Não os
incluímos aqui porque cada negócio pode estar sujeito a uma série de
peculiaridades no que diz respeito a esses gastos, e o que queremos é
trabalhar a lógica universal da lucratividade.
126
5.1
A fórmula universal do
lucro na prática
Chegou a hora de vender sapatos!
Disponível na versão completa
São +170 páginas adicionais para ajudar
você a aumentar a sua lucratividade.
Compre a versão completa (impressa ou digital)
em www.olivrodolucro.com.br
8
Os erros mais comuns
que destroem a
lucratividade dos
negócios e estratégias
para aumentar
seus ganhos
194
Os erros mais comuns que destroem a lucratividade dos
ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO VIII

negócios e estratégias para aumentar seus ganhos

RSI%= Lucro/Investimentos

1
A B

3 2

Preço Custo
venda variável

Dinheiro Lucros
Criar e gerenciar um negócio lucrativo não é fácil. Para
vencer, é necessário garra, trabalho duro e persistência. 195

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO VIII


Além disso, precisamos evitar os erros que destroem a
lucratividade dos nossos negócios e que podem mesmo
decretar a sua falência.

Veja os principais erros que ameaçam a sua empresa, como


as verdadeiras máquinas de criar riqueza evitam essas
armadilhas e o que elas fazem para produzir altos lucros.

Embora vários desses pontos tenham sido mencionados


nos capítulos anteriores do livro, agora os retomaremos de
modo um pouco mais detalhado.
Erros mais comuns que destroem a lucratividade dos negócios
Erros
196

Não entender a mecânica central dos negócios


ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO VIII

Negócios pouco lucrativos não entendem bem a mecânica básica das

empresas, a lógica universal que rege os negócios. Quando isso ocorre, os

empreendedores costumam deixar ao léu várias partes centrais da sua

operação e apoiam-se na esperança de que “tudo vai dar certo”. Bem… no

final, dá tudo errado.


O que os negócios Ações para aumentar a
lucrativos fazem lucratividade do seu negócio

197

Conhecem e obedecem à Lembre-se de que não existem produtos e serviços

ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO VIII


lucrativos; existem negócios lucrativos. Todo o seu negócio
lógica universal dos deve estar estruturado e balanceado como uma máquina de

negócios produzir lucros.

Analise como o seu negócio está obedecendo e aplicando


Verdadeiras máquinas de produzir riqueza sabem que os (ou não) os mecanismos fundamentais dos negócios, em
negócios são regidos por regras fundamentais, do mesmo cada um dos seu elementos: produtos e serviços (e clientes),
modo que existem leis físicas que regem o movimento dos gestão do dinheiro, produção de lucros, pessoas e utilização
corpos. de investimentos.

Empreendedores de sucesso conhecem a mecânica do lucro Entenda a lógica fundamental do sistema de produção de
por dentro e aperfeiçoam constantemente o modo como essas valor (para o seu cliente) e de geração de riqueza (para você) do
leis são aplicadas na sua realidade. seu negócio. Siga aperfeiçoando esse sistema constantemente.

Por isso, seus negócios são sistemas repetitivos de criação de

valor para o cliente e de geração de riqueza para os seus

donos.

Negócios altamente lucrativos não brincam em serviço: eles

obedecem às regras fundamentais de negócio.


Erros mais comuns que destroem a lucratividade dos negócios
Erros
198

Não priorizar o lucro


ABCNEGOCIOS.COM.BR CAPÍTULO VIII

Por mais difícil que seja de acreditar, os negócios que realmente querem

lucrar de verdade são uma minoria. A maioria dos empreendedores pensa

que “estar ocupado” é suficiente e não busca — de modo consciente,

proativo e forte — o crescimento dos seus lucros.

Aqui também precisamos mencionar os empresários que têm dúvidas

sobre a moralidade do lucro honesto, que carregam sentimentos dúbios

em relação a ganhar dinheiro justo: essa é a receita para o fracasso.


Disponível na versão completa
São +170 páginas adicionais para ajudar
você a aumentar a sua lucratividade.
Compre a versão completa (impressa ou digital)
em www.olivrodolucro.com.br
Gostou da nossa amostra?
São +170 páginas adicionais para ajudar você a aumentar a sua lucratividade.
Compre a versão completa (impressa ou digital) em
www.olivrodolucro.com.br