Sie sind auf Seite 1von 5

De tempestades e bonanças Não temo mais ondas e ventos

O que pra mim é impossível Pra Deus é só questão de tempo


O mar é grande, eu sou pequeno, mas Deus não vai me abandonar
Isso é história pra eu viver, experiências pra contar
Isso é Jesus a me moldar
Está sofrendo, mas também tá aprendendo, né?
Tá machucando, mas também tá te ensinando, então
Toda promessa tem o tempo de espera
Mas Deus já decretou vitória nessa guerra

Fica tranquilo, não se desespera


Se foi Deus quem prometeu, a promessa está de pé, somente
espera Mantenha a calma, não perca a fé!
Se o teu joelho está no chão, teu inimigo não consegue ficar de pé

Fica tranquilo!
Deus está providenciando um sorriso
Pra cada noite que você passou aflito
O seu gemido será substituído por um hino de vitória
Não ceda agora
Não se limite apenas ao teu sofrimento
Deus sabe exatamente o que está fazendo
Por mais que hoje você não esteja entendendo
2ª volta aqui

O segredo é confiar, o segredo é descansar


Tem um sorriso te esperando quando esse dia raiar

Está sofrendo...

Fica tranquilo...

Confiar, descansar
O cenário era triste, Israel exilado, angustiado, a se lamentar
Haviam sido avisados, mas deixaram de lado
Preferindo não escutar, o que Deus mandou o profeta falar
E o preço era caro, mas eles desprezaram
E quiseram arriscar, então o choro foi amargo
Mas era Deus colocando ordem na casa

Deus permitiu que o inimigo humilhasse, desprezasse e zombasse


Dizendo: Cantem agora, toquem harpas agora, se conformem com
esta situação se alegrem aqui, não sintam mais saudades de morar
lá em Sião

Nos dias atuais, o cantor não canta mais


E o pregador se esqueceu de falar mais sobre o céu
Poucos são os que anunciam salvação, afinal isso não é mais
comercial só se ouve falar de vingança, ou então de bonança
Santidade pra quê?! Se o negócio é vender
Mas isso é valor esquecido, é falta de compromisso com a palavra
de Deus é tanto crente sendo levado pelo mundo
Imitando o que há no mundo, querendo o que há no mundo
Esquecendo que santidade ainda convém
Quem prefere babilônia, não volta pra Jerusalém

Mas a igreja ainda é santa, lavada, remida


Está separada, pois é escolhida
E não se conforma, e não se intimida
Sente saudade de Sião, não está corrompida
Ela não tem mancha, é imaculada, não está adormecida
Continua preparada e permanece fiel
Pois ela sente saudades do Noivo, que está no céu
Nos dias...
E se Eu te fizer viver, aquilo que você cantou?
Se a resposta for um não
Pra o sim que você tanto esperou?
E se Eu prosperar quem em ruínas te deixou?
E abençoar quem sem motivos te desprezou?
Qual será a sua reação?
E se eu sondar esse teu coração?
Será que você canta e me adora ou desiste e chora?
Quem você é diante dessa situação?
É que Eu te ouvi cantar pra mim dizendo assim
Quebra a minha vida, e me faça de novo
Eu quero ser, eu quero ser Senhor, um vaso novo
Você pode até quebrar
Mas tem que ser nas mãos do oleiro
E Eu Sou esse oleiro que é fiel, justo e verdadeiro
E você é apenas barro, Eu estou te moldando
Para ser cheio e usado, usado, usado
Porque Eu abato e exalto quem Eu quero
Mas só faço conhecer Meu coração
Aquele filho amado e sincero
Que entende que Eu não preciso de ninguém
Pra concordar ou discordar de mim
Eu Sou Deus e sempre sei agir
Eu sempre sei agir
Marcas na Trajetória
Sorrindo querendo chorar, cantando ai
Mas só Deus sabe como esse coração está
Quantas noites o seu quarto foi
O teu cenário pra tantas orações
O silêncio de Deus foi a sua resposta pra petições
Situações que te levaram a um particular com Deus
Mas tem desertos que Deus nos leva
Só pra aperfeiçoar a nossa adoração
Pra deixar a vitória com aquele sabor de lágrimas
Que rolaram enquanto os joelhos estavam no chão
Marcas na trajetória, daquele que é fiel
Deserto é escola que Deus aprova o crente que vai
morar no céu é no limite nosso que ele entra em ação
Não nos deixa sozinho, conhece a estrutura desse
frágil coração
Cicatrizes são essenciais, pois nos fazem crescer
muito mais Sê valente e carregue a sua cruz, fique
firme com Jesus O final dessa história é Deus
garantindo vitória

Marcas na trajetória
Frente a Frente com Deus
É essa luta te surpreendeu
E visivelmente te abateu
Esse teu sorriso não consegue disfarçar
É você diz que não vai suportar
E cansou-se de tanto esperar
E a vitória não vem, não vem
Seu coração está dilacerado
Existe um grito aprisionado
Que só Jesus consegue ver
Deus está te guiando, o vento está soprando
Mas tá te levando, exatamente ao lugar
Aonde você vai se encontrar frente a frente com Deus
Esse vento forte que abalou sua estrutura
Deus vai fazer cessar Esse mar revolto que não te
Naufragou por pouco Deus vai acalmar
Vai mostrar pra o inimigo
Que você não é um livro qualquer sem autor
Silêncio não é esquecimento
Deus não te abandonou
Vai ter surpresa pra quem duvidou
A caneta que escreve a sua história
Ainda está nas mãos do senhor