Sie sind auf Seite 1von 16

PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 17

FRENTE 1 – QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA


SO3, H2S e BeCl2 apresentam, respectivamente, as geometrias mole-
MÓDULO 7 culares
a) III, I e II. b) III, I e IV. c) III, II e I.
LIGAÇÕES QUÍMICAS II: d) IV, I e II. e) IV, II e I.
TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES
ELETRÔNICOS, GEOMETRIA MOLECULAR RESOLUÇÃO:
O
||
S S Cl — Be — Cl
1. Associe para cada molécula a sua geometria molecular:  
O O H H
a) H — F geometria _____________________________________ IV II I

Resposta: E
b) O = C = O geometria __________________________________
••
c) H — O •• geometria __________________________________
|
H

••
d) H — N — H geometria ________________________________
|
H
O
|| MÓDULO 8
e) S geometria __________________________________
 
O O
POLARIDADE DAS LIGAÇÕES
E POLARIDADE DAS MOLÉCULAS
H
|
f) H — C — H geometria _________________________________ 1. Complete:
|
H Fórmula
Geometria Polaridade
estrutural
RESOLUÇÃO:
a) linear b) linear c) angular a) O=C=O linear apolar
d) piramidal e) plana trigonal f) tetraédrica

••
H — O ••
b) | angular polar
H
2. (UNIFESP – MODELO ENEM) – A seguir, são apresentados os
••
desenhos de algumas geometrias moleculares. H—N—H
c) | piramidal polar
H
QUÍMICA BDE

H
|
d) H—C—H tetraédrica apolar
|
H
Cl
|
e) H—C—H tetraédrica polar
|
H

Dados: números atômicos: H: 1; Be: 4; O: 8; S: 16; Cl: 17.

– 17
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 18

2. (FUVEST-SP – MODELO ENEM) – A seguir, são mostrados mo- RESOLUÇÃO


delos de algumas moléculas com ligações covalentes entre seus H
| hidrocarboneto
átomos. H—C—H geometria tetraédrica
|
molécula apolar (μR = 0)
H
metano

•• • •
Analise a polaridade dessas moléculas, sabendo que tal propriedade O geometria angular
depende da: molécula polar
H H
• diferença de eletronegatividade entre os átomos que estão dire- água
tamente ligados (nas moléculas apresentadas, átomos de elementos
diferentes têm eletronegatividades diferentes); ••
S óxido ácido
• forma geométrica das moléculas.
Entre essas moléculas, pode-se afirmar que são polares apenas: O O
a) A e B b) A e C c) A, C e D CO (monóxido de carbono).
d) B, C e D e) C e D Responsáveis pelo efeito estufa: CO2, CH4.
Observação: Eletronegatividade é a capacidade de um átomo para Resposta: C
atrair os elétrons da ligação covalente.

RESOLUÇÃO:
C – Molécula angular e polar
D – Molécula linear e polar
Resposta: E

MÓDULO 9
FORÇAS INTERMOLECULARES
1. Complete:

Fórmula Força
Geometria Polaridade
estrutural intermolecular

a) H — Cl linear polar dipolo-dipolo

••
H — O •• ligação de
b) | angular polar
hidrogênio
H

Força de London
ou força dipolo
c) O=C=O linear apolar
instantâneo-dipolo
induzido
3. (MACKENZIE-SP) – Uma erupção vulcânica pode gerar produtos
sólidos, líquidos ou gasosos. Os gases e vapores dissolvidos no magma ••
são, normalmente, liberados na atmosfera, por meio de vapor de água, H—N—H ligação de
d) | piramidal polar
hidrogênio
gerando fumarolas. Além do vapor de água, são liberados, em H
quantidades expressivas, os vapores de SO2, CH4 e CO2.
A respeito dessas substâncias, assinale a alternativa correta.
H
QUÍMICA BDE

a) A água é uma substância binária, que apresenta geometria linear e Força de London ou
| força dipolo
caráter polar. e) H—C—H tetraédrica apolar
instantâneo-dipolo
b) O SO2 (dióxido de enxofre) é um óxido básico, que possui geometria |
H induzido
angular e caráter polar.
c) O CH4 é um hidrocarboneto de geometria tetraédrica, apolar, e um
dos responsáveis pelo efeito estufa. O Força de London ou
d) O CO2 (monóxido de carbono) é um óxido ácido, apolar, e de || plana força dipolo
geometria linear. f) S apolar
  trigonal instantâneo-dipolo
e) O SO2 e o CO2 são óxidos que apresentam somente ligações sigma O O induzido
em sua fórmula estrutural.

18 –
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 19

2. (UNIFESP) – A geometria molecular e a polaridade das moléculas 3. (ENEM – EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO) – A pele
são conceitos importantes para predizer o tipo de força de interação humana, quando está bem hidratada, adquire boa elasticidade e aspecto
entre elas. Entre as substâncias moleculares nitrogênio, dióxido de macio e suave. Em contrapartida, quando está ressecada, perde sua
enxofre, amônia, sulfeto de hidrogênio e água, aquelas que apresentam elasticidade e se apresenta opaca e áspera. Para evitar o ressecamento
o menor e o maior ponto de ebulição são, respectivamente, da pele é necessário, sempre que possível, utilizar hidratantes
umectantes, feitos geralmente à base de glicerina e polietilenoglicol:
a) SO2 e H2S.
HO OH OH
b) N2 e H2O.
| | |
c) NH3 e H2O. H2C — CH — CH2
glicerina
d) N2 e H2S.

e) SO2 e NH3. HO—CH2—CH2—[O—CH2—CH2]n—O—CH2—CH2 — OH


polietilenoglicol
•• • •
Dados: H• •N• •• O •• •• S •• Disponível em: http//www.brasilescola.com
• • • Acesso em: 23 abr. 2010 (adaptado).

A retenção de água na superfície da pele promovida pelos hidratantes


RESOLUÇÃO:
é consequência da interação dos grupos hidroxila dos agentes
umectantes com a umidade contida no ambiente por meio de
a) ligações iônicas. b) forças de London.
••
c) ligações covalentes. d) forças dipolo-dipolo.
e) ligações de hidrogênio.
••
••

RESOLUÇÃO:
A água é uma substância polar que estabelece ligações de hidrogênio entre
suas moléculas e outras moléculas que apresentem átomos pequenos e
bastante eletronegativos (flúor, oxigênio e nitrogênio) com par de elétrons
••
em disponibilidade.

•O
H •• H P.H
•• •
•O
••
••

H
A glicerina e o polietilenoglicol podem reter moléculas de água por
apresentar o grupo hidroxila (– OH) através de ligações de hidrogênio.
Obs.: A ligação de hidrogênio (ponte de hidrogênio) é uma força dipolo-
Resposta: B dipolo elevada.
Resposta: E

QUÍMICA BDE

– 19
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 20

2. (UNESP) – Considere os hidretos formados pelos elementos do


MÓDULO 10 segundo período da classificação periódica e as respectivas geometrias
moleculares indicadas: BeH2 (linear), BH3 (trigonal), CH4
REGRA DE SOLUBILIDADE, (tetraédrica), NH3 (piramidal), H2O (angular) e HF (linear). Quais
LIGAÇÃO METÁLICA E LIGAS METÁLICAS destas substâncias são mais solúveis em benzeno (C6H6)?
a) Amônia, água e ácido fluorídrico.
1. (UNIMONTES-MG) – A tabela a seguir apresenta a solubilidade b) Hidreto de berílio, hidreto de boro e amônia.
do açúcar (sacarose) e do naftaleno em dois solventes, água e álcool c) Hidreto de berílio, hidreto de boro e metano.
(etanol). d) Hidreto de boro, metano e fluoreto de hidrogênio.
Substâncias Solventes Solubilidades (g/100g) e) Metano, amônia e água.

açúcar álcool 0,90 RESOLUÇÃO:


(sacarose) água 179 O benzeno é um solvente apolar, pois é um hidrocarboneto aromático. Os
compostos solúveis no benzeno são compostos apolares (semelhante dissolve
álcool 4,18 semelhante).
naftaleno
água 0,003
H — Be — H apolar (µtotal = 0)
As estruturas químicas da sacarose, do naftaleno e do álcool (etanol)
H
são dadas abaixo.


CH2OH B apolar (µtotal = 0)



CH2OH H H
O O
H


OH
OH C apolar (µtotal = 0)
CH2OH
— —

OH O H H
H
••
OH OH N
— —

Sacarose H H
H
• •• —

O
— •

CH3CH2OH
H H
Etanol
Naftaleno
Serão solúveis no benzeno: BeH2, BH3 e CH4.
Resposta: C
Relacionando-se os dados da tabela com a estrutura das substâncias
referidas, pode-se afirmar que
a) a sacarose apresenta alta solubilidade em água, graças às interações
entre as moléculas.
b) as moléculas de naftaleno são muito solúveis em água, provocando
a dissociação do sólido.
c) a solubilidade da sacarose em álcool é baixa porque não há formação
de ligações de hidrogênio entre as moléculas.
d) o álcool dissolve uma quantidade maior de sacarose do que de
naftaleno, em razão das interações hidrofóbicas.

RESOLUÇÃO:
A sacarose, o álcool e a água são polares e estabelecem ligações de hi-
drogênio entre suas moléculas; portanto, são solúveis entre si.
O naftaleno, por ser apolar, é pouco solúvel tanto em água como em álcool,
QUÍMICA BDE

mas, graças às interações hidrofóbicas, dissolve-se mais em álcool.


Resposta: A

20 –
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 21

3. (PUC-MG) – As propriedades ductilidade, maleabilidade, brilho e 4. (FUVEST-SP – MODELO ENEM) – As figuras abaixo represen-
condutividade elétrica caracterizam tam, esquematicamente, estruturas de diferentes substâncias, à
a) cloreto de potássio e alumínio. temperatura ambiente.
b) cobre e prata.
c) talco e mercúrio.
d) grafita e diamante.
e) O2 e O3.

RESOLUÇÃO:
As propriedades citadas correspondem aos elementos metálicos, como, Sendo assim, as figuras I, II e III podem representar, respectivamente,
por exemplo, cobre e prata.
a) cloreto de sódio, dióxido de carbono e ferro.
Resposta: B
b) cloreto de sódio, ferro e dióxido de carbono.
c) dióxido de carbono, ferro e cloreto de sódio.
d) ferro, cloreto de sódio e dióxido de carbono.
e) ferro, dióxido de carbono e cloreto de sódio.

RESOLUÇÃO:
A figura I representa esquematicamente uma estrutura metálica, como,
por exemplo, ferro, no qual só há átomos iguais.
A figura II mostra esquematicamente uma estrutura contendo um
aglomerado de íons (composto iônico), como, por exemplo, cloreto de
sódio (Na+Cl–).
A figura III representa esquematicamente um conjunto de moléculas
triatômicas, como, por exemplo, dióxido de carbono (CO2).
Resposta: D

QUÍMICA BDE

– 21
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 22

FRENTE 2 – QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA E QUÍMICA ORGÂNICA

2. (FGV-SP) – A figura apresenta uma parte da tabela periódica:


MÓDULO 7
14 15 16 17
CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA: RAIO
6 8
ATÔMICO, RAIO IÔNICO E SÉRIE ISOELETRÔNICA C O

1. (UNESP-SP) — Nesta tabela periódica, os algarismos romanos 15


substituem os símbolos dos elementos. P
32 34 35
I II
Ge Se Br
III

Entre os elementos considerados, aquele que apresenta átomo com


IV V VI VII
maior raio atômico é:
a) Ge b) Br c) Se
IX X
d) P e) C

Sobre tais elementos, é correto afirmar que


a) I e II são líquidos à temperatura ambiente. RESOLUÇÃO:
b) III é um gás nobre. A variação do raio atômico na tabela periódica é dada pelo seguinte
c) VII é um halogênio. esquema:
d) o raio atômico de IV é maior que o de V e menor que o de IX.
e) VI e X apresentam o mesmo número de camadas eletrônicas.

RESOLUÇÃO:
I e II são gases à temperatura ambiente.
III é halogênio: grupo 17.
VII é gás nobre: grupo 18.
VI (4 camadas) X (6 camadas)
Resposta: A

IX > IV > V

Resposta: D
QUÍMICA BDE

22 –
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 23

3. (ITA-SP) – Em relação ao tamanho de átomos e íons, são feitas as 4. (ENEM – EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO) – O
afirmações seguintes: cádmio, presente nas baterias, pode chegar ao solo quando esses
I. O Cl–(g) é menor do que o Cl(g). materiais são descartados de maneira irregular no meio ambiente ou
quando são incinerados. Diferentemente da forma metálica, os íons
II. O Na+(g) é menor do que o Na(g). Cd2+ são extremamente perigosos para o organismo, pois eles podem
III. O Ca2+(g) é maior do que o Mg2+(g). substituir íons Ca2+, ocasionando uma doença degenerativa nos ossos,
IV. O Cl(g) é maior do que o Br(g). tornando-os muito porosos e causando dores intensas nas articulações.
Podem ainda inibir enzimas ativadas pelo cátion Zn2+, que são extre-
Das afirmações acima, está(ão) correta(s) apenas mamente importantes para o funcionamento dos rins. A figura mostra
a variação do raio de alguns metais e seus respectivos cátions.
a) II. b) I e II. c) II e III.
d) I, III e IV. e) II, III e IV.

(Dados: 17Cl, 11Na, 20Ca, 12Mg, 35Br)

RESOLUÇÃO:
I) Errada.
raio do ânion > raio do átomo

II) Correta.
raio do átomo > raio do cátion
Raios atômicos e iônicos de alguns metais.
III) Correta.
2+ 2+
20Ca 12Mg ATKINS, P; JONES. Princípios de química.
KL M K L Questionando a vida moderna e o meio ambiente.
2 8 8 2 8 Porto Alegre: Bookman, (adaptado).
três camadas duas camadas
maior raio menor raio Com base no texto, a toxicidade do cádmio em sua forma iônica é
IV) Errada.
consequência de esse elemento
a) apresentar baixa energia de ionização, o que favorece a formação do
17Cl 35Br
K L M K L M N íon e facilita sua ligação a outros compostos.
2 8 7 2 8 18 7 b) possuir tendência de atuar em processos biológicos mediados por
três camadas quatro camadas cátions metálicos com cargas que variam de + 1 a + 3.
menor raio maior raio c) possuir raio e carga relativamente próximos aos de íons metálicos
Resposta: C
que atuam nos processos biológicos, causando interferência nesses
processos.
d) apresentar raio iônico grande, permitindo que ele cause
interferência nos processos biológicos em que, normalmente, íons
menores participam.
e) apresentar carga + 2, o que permite que ele cause interferência nos
processos biológicos em que, normalmente, íons com cargas
menores participam.

RESOLUÇÃO:
O cádmio (Cd), na sua forma iônica (Cd2+), apresenta raio e carga
próximos daqueles íons que participam dos processos bioquímicos (Ca2+,
Zn2+, ...). Dessa forma, o Cd2+ pode interferir nesses processos e até
substituir alguns desses íons, como por exemplo o Ca2+ (no caso dos ossos).
Resposta: C
QUÍMICA BDE

– 23
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 24

3. (UNESP) – Os átomos dos elementos X, Y e Z apresentam as


MÓDULO 8 seguintes configurações eletrônicas no seu estado fundamental:
X → 1s2 2s2 2p5
ENERGIA DE IONIZAÇÃO, Y → 1s2 2s2 2p6 3s1
AFINIDADE ELETRÔNICA E ELETRONEGATIVIDADE Z → 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 3d10 4s2 4p5

É correto afirmar:
1. (UFAC) – Na equação Cl(g) + e– → Cl–(g) + 3,75 eV, a energia
liberada, 3,75 eV, é a) Entre os citados, o átomo do elemento X tem o maior raio atômico.
a) energia de ionização. b) O elemento Y é um metal alcalino e o elemento Z é um elemento
b) energia de ativação. de transição.
c) energia de ligação. c) Entre os citados, o átomo do elemento Z tem a maior afinidade
d) 1.a energia de ligação. eletrônica.
e) afinidade eletrônica. d) A energia de ionização do elemento X é maior que a do átomo do
elemento Z.
RESOLUÇÃO: e) O elemento Z pertence ao grupo 15 (V A) e está no quarto período
Afinidade eletrônica ou eletroafinidade é a energia liberada quando um
da classificação periódica.
átomo gasoso e isolado captura um elétron.
Resposta: E
RESOLUÇÃO:

X → 1s2 2s2 2p5; grupo 17 (halogênio); 2.o período.

Y → 1s2 2s2 2p6 3s1; grupo 1 (metal alcalino); 3.o período.

Z → 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 3d10 4s2 4p5; grupo 17 (halogênio); 4.o período.
Z é um elemento representativo.

A variação da afinidade eletrônica na tabela periódica é:

2. (UNIFESP) – Na tabela a seguir, é reproduzido um trecho da


classificação periódica dos elementos.

B C N O F Ne

Al Si P S Cl Ar

Ga Ge As Se Br Kr X apresenta maior afinidade eletrônica.

A variação da energia de ionização na tabela periódica é:


Com base na análise das propriedades dos elementos, está correto
afirmar que
a) a afinidade eletrônica do neônio é maior que a do flúor.
b) o fósforo apresenta maior condutividade elétrica que o alumínio.
c) o nitrogênio é mais eletronegativo que o fósforo.
d) a primeira energia de ionização do argônio é menor que a do cloro.
e) o raio do íon Al3+ é maior que o do íon Se2–.

RESOLUÇÃO
As variações das propriedades periódicas citadas são:

X apresenta maior potencial de ionização.


X apresenta menor raio atômico.
QUÍMICA BDE

Resposta: D

Concluímos que o nitrogênio é mais eletronegativo que o fósforo.


Resposta: C

24 –
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 25

4. (MACKENZIE-SP) – Na tabela periódica abaixo, alguns


elementos químicos foram representados aleatoriamente por MÓDULO 9
algarismos romanos.
INTRODUÇÃO À QUÍMICA ORGÂNICA:
DEFINIÇÃO, KEKULÉ E TIPOS DE CARBONO
1. (EEP-SP – MODELO ENEM) – Biólogos, físicos, engenheiros,
químicos, professores e outros têm, com seus conhecimentos, a
possibilidade de resolver alguns dos problemas criados pelo uso
indiscriminado da tecnologia e podem também evitar que novos pro-
blemas surjam. Entretanto, qualquer indivíduo, como cidadão, tem a
obrigação de agir no sentido de preservar a vida na Terra. Por exemplo,
está havendo uma conscientização crescente sobre o reaproveitamento
do lixo doméstico e, neste caso, o lixo orgânico deve ser separado do
lixo inorgânico. Desta forma, devem ser colocados num recipiente
A respeito de tais elementos é correto afirmar que referente a “lixo orgânico”:
a) VI é o elemento mais eletronegativo. a) cacos de vidro e latas de refrigerantes.
b) I, II e IV são líquidos à temperatura ambiente. b) papel, restos de comida e vasos de barro.
c) III e VII são denominados elementos representativos. c) embalagens de plástico e de alumínio.
d) VIII é um halogênio e IX pertence ao grupo 15. d) flores murchas e cacos de louça.
e) 3s2 3p2 é a configuração eletrônica da camada de valência de V. e) restos de comida e folhagem de jardim.

RESOLUÇÃO: RESOLUÇÃO:
O elemento V pertence ao grupo 14, portanto, apresenta quatro elétrons na Vidro: mistura de compostos inorgânicos:
camada de valência e está no terceiro período. (SiO2 + Na2CO3 + CaCO3)
3s2 3p2 Lata de refrigerante: predomina alumínio (inorgânico).
Elemento mais eletronegativo: VIII Restos de comida: predominam compostos orgânicos.
I e IV: metais alcalinos Folhagem de jardim: predominam compostos orgânicos.
II: metal alcalinoterroso Embalagens de plástico: predominam compostos orgânicos.
IX: grupo 16 Cacos de louça: mistura de compostos inorgânicos.
Resposta: E Flores murchas: predominam compostos orgânicos.
Vasos de barro: mistura de compostos inorgânicos.
Resposta: E

QUÍMICA BDE

– 25
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 26

2. Julgue os itens:
01) O número de compostos orgânicos conhecidos é maior que o de MÓDULO 10
inorgânicos.
02) São elementos organógenos: C, H, O, N. CLASSIFICAÇÃO DAS CADEIAS CARBÔNICAS
04) Os compostos orgânicos têm muita resistência ao calor.
08) O carbono é trivalente.
16) O carbono é um dos poucos elementos químicos capazes de 1. (INATEL-MG) – O composto
formar cadeias. CH3 H H
32) Wöhler, em 1828, obteve ureia em laboratório, por meio de uma | | |
reação que abalou profundamente a teoria da força vital. Em tal CH3 — C — C — N — C = CH2
| | |
obtenção, ele partiu do aquecimento de cianeto de amônio. CH3 H H
64) Atualmente, a Química Orgânica estuda apenas os compostos
sintetizados por seres vivos. apresenta uma cadeia carbônica que pode ser classificada como
a) alicíclica, normal, heterogênea e saturada.
RESOLUÇÃO:
b) alifática, ramificada, homogênea e insaturada.
01) Correta.
02) Correta. c) acíclica, ramificada, heterogênea e insaturada.
04) Falsa. d) alifática, normal, homogênea e saturada.
Os compostos orgânicos têm pequena resistência ao calor.
08) Falsa. RESOLUÇÃO:
O carbono é tetravalente. Aberta ou alifática ou acíclica: extremos livres.
16) Correta. Ramificada: mais de dois extremos livres.
32) Falsa. Heterogênea: possui heteroátomo entre dois átomos de carbono.
Partiu do aquecimento do cianato de amônio. Insaturada: dupla-ligação entre átomos de carbono.
64) Falsa. Resposta: C
Atualmente, a Química Orgânica estuda os compostos do elemento
carbono.

3. (UNIFOA-RJ) – A cadeia carbônica a seguir apresenta X carbonos


primários, Y carbonos secundários, Z carbonos terciários, K carbonos
quaternários, sendo os números X, Y, Z e K, respectivamente:
a) 5311
C C
b) 4231
| | c) 2422
C—C—C—C—C—C—C
| d) 3250
C e) 5301

RESOLUÇÃO:

CP CP
|Q |
QUÍMICA BDE

C—C—C—C—C—C—C
P S | S T S P
C
P

5P; 3S; 1T; 1Q


Resposta: A

26 –
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 27

2. (UESB-BAHIA – MODELO ENEM) – “Maldito aquele que 3. (PUCCAMP-SP) – O ácido salicílico


ensina aos homens mais depressa do que eles podem aprender.” OH
Esse foi o crime pelo qual condenaram à morte um dos maiores O
filósofos da humanidade, em 399 a.C., aos 70 anos: Sócrates. A coniina C — OH
é um alcaloide extraído da cicuta, veneno que esse filósofo grego foi
obrigado a beber.
H H
tem fórmula molecular:
C
H2C CH2 a) CH2O3 b) C6H2O3
c) C7H2O3 d) C7H6O3
H2C CH — (CH2)2 — CH3 e) C7H8O3
N
RESOLUÇÃO:
H
coniina OH
C O
A coniina tem uma estrutura classificada como H—C C — C — OH
a) aromática, heterogênea e ramificada.
b) alifática, ramificada e insaturada. H—C C—H
c) aberta, aromática e saturada. C
d) cíclica, heterogênea e saturada. C7H6O3
H
e) alicíclica, homogênea e saturada.
Resposta: D
RESOLUÇÃO:
H H
C
H2C CH2

H2C CH — (CH2)2 — CH3


N

A cadeia é cíclica, heterogênea e saturada.


Resposta: D

QUÍMICA BDE

– 27
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 28

FRENTE 3 – FÍSICO-QUÍMICA E QUÍMICA INORGÂNICA


2. (UNESP-SP – MODELO ENEM) – O inseticida DDT
MÓDULO 7 (massa molar = 354,5g/mol) é fabricado a partir de clorobenzeno
(massa molar = 112,5g/mol) e cloral, de acordo com a equação:
CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO:
ESTEQUIOMETRIA II: REAGENTE EM 2C6H5Cl + C2HCl3O → C14H9Cl5 + H2O
EXCESSO – PUREZA E RENDIMENTO clorobenzeno cloral DDT

1. 4 gramas de hidróxido de sódio são adicionados a 4 gramas de Partindo-se de uma tonelada (1t) de clorobenzeno e admitindo-se
ácido clorídrico, produzindo cloreto de sódio e água. Pergunta-se: há rendimento de 80%, a massa de DDT produzida é igual a:
excesso de qual reagente? a) 1,575t b) 1,260t c) 800,0kg
Massas molares (g/mol): Na (23); H(1); O (16); Cl (35,5) d) 354,5kg e) 160,0kg
NaOH + HCl → NaCl + H2O
RESOLUÇÃO:
RESOLUÇÃO: 2C6H5Cl + C2HCl3O → C14H9Cl5 + H2O
NaOH + HCl → NaCl + H2O 2 mol 1 mol (100%)
0,8 mol (80%)
1 mol de NaOH reage com 1 mol de HCl.
2 . 112,5g ________________ 0,8 . 354,5g
40g de NaOH –––––––––– 36,5g de HCl
4g de NaOH –––––––––– x g de HCl 1t _______________________ x
x = 1,260t
4g . 36,5g Resposta: B
x = –––––––––– = 3,65g
40g
Há excesso de 4g – 3,65g = 0,35g de HCl.
QUÍMICA BDE

28 –
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 29

3. (FAMECA-SP) – Para neutralizar completamente 7,3g de ácido 4. (ENEM – EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO) – A
clorídrico (HCl), foi usado um total de 10g de soda cáustica (NaOH composição média de uma bateria automotiva esgotada é de
impuro). Com base nessa afirmação, conclui-se que o grau de pureza aproximadamente 32% Pb, 3% PbO, 17% PbO2 e 36% PbSO4. A média
dessa amostra de soda cáustica era de: de massa da pasta residual de uma bateria usada é de 6kg, onde 19% é
Dados: massas atômicas: H = 1u; O = 16u; Na = 23u; Cl = 35,5u. PbO2, 60% PbSO4 e 21% Pb. Entre todos os compostos de chumbo
HCl + NaOH → NaCl + H2O presentes na pasta, o que mais preocupa é o sulfato de chumbo (II),
pois nos processos pirometalúrgicos, em que os compostos de chumbo
a) 40% b) 50% c) 60% d) 70% e) 80% (placas das baterias) são fundidos, há a conversão de sulfato em
dióxido de enxofre, gás muito poluente.
RESOLUÇÃO: Para reduzir o problema das emissões de SO2(g), a indústria pode
HCl + NaOH → NaCl + H2O
1 mol de HCl reage com 1 mol de NaOH.
utilizar uma planta mista, ou seja, utilizar o processo hidrometalúrgico,
para a dessulfuração antes da fusão do composto de chumbo. Nesse
↓ ↓
caso, a redução de sulfato presente no PbSO4 é feita via lixiviação
36,5g –––––––––––––––– 40g
com solução de carbonato de sódio (Na2CO3) 1 mol/L a 45°C, em que
7,3g ––––––––––––––––– x
se obtém o carbonato de chumbo (II) com rendimento de 91%. Após
x = 8,0g de NaOH esse processo, o material segue para a fundição para obter o chumbo
metálico.
10g da amostra –––––––– 100% PbSO4 + Na2CO3 → PbCO3 + Na2SO4
8,0g de NaOH –––––––– y

Dados: Massas Molares em g/mol Pb = 207; S = 32; Na = 23; O = 16;


y = 80% de pureza em NaOH
C = 12
Resposta: E
ARAÚJO, R.V.V.; TINDADE, R.B.E.; SOARES, P.S.M. Reciclagem de
chumbo de bateria automotiva: estudo de caso. Disponível em:
http://www.iqsc.usp.br. Acesso em: 17 abr. 2010 (adaptado).

Segundo as condições do processo apresentado para a obtenção de


carbonato de chumbo (II) por meio da lixiviaçao por carbonato de
sódio e considerando uma massa de pasta residual de uma bateria de
6 kg, qual quantidade aproximada, em quilogramas, de PbCO3 é
obtida?
a) 1,7 kg b) 1,9 kg c) 2,9 kg
d) 3,3 kg e) 3,6 kg

RESOLUÇÃO:
Cálculo da massa de PbSO4 em 6kg de pasta residual de uma bateria:
100% –––––– 6 kg
60% ––––––– x
x = 3,6 kg

PbSO4 PbCO3
1 mol –––––––– 1 mol (rendimento 100%)
303 g –––––––– 267 g
3,6 kg –––––––– y
y = 3,2 kg

100% ––––––– 3,2 kg


91% ––––––– z
z = 2,9 kg
Resposta: C
QUÍMICA BDE

– 29
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 30

3. (PUC-MG) – A tabela apresenta algumas características e


MÓDULO 8 aplicações de alguns ácidos:

COMPOSTOS INORGÂNICOS I: ÁCIDO DE


ARRHENIUS: DEFINIÇÃO E NOMENCLATURA Nomes dos ácidos Algumas aplicações e características

1. Complete as equações de ionização. Ácido muriático Limpeza doméstica

H 2O Ácido fosfórico Usado como acidulante


a) HCl ⎯⎯→
Ácido sulfúrico Desidratante, solução de bateria
H2O
b) HNO3 ⎯⎯→
Ácido nítrico Explosivos
H 2O
c) H2SO4 ⎯⎯→
As fórmulas dos ácidos da tabela são, respectivamente:
H 2O
d) H3PO4 ⎯⎯→ a) HClO, H3PO4, H2SO3, HNO3

b) HClO, H3PO3, H2SO4, HNO2


RESOLUÇÃO:
a) H+ + Cl – c) HCl, H3PO3, H2SO4, HNO2
b) H+ + NO–3 d) HClO2, H4P2O7, H2SO3, HNO2
c) 2H+ + SO2–
4
e) HCl, H3PO4, H2SO4, HNO3
d) 3H+ + PO3–
4

RESOLUÇÃO:
Ácido muriático (nome comercial): HCl
Ácido fosfórico: H3PO4
Ácido sulfúrico: H2SO4
Ácido nítrico: HNO3
Resposta: E

2. (FEI-SP) – Os nomes dos ácidos oxigenados abaixo são, respec-


tivamente:
HNO2(aq), HClO3(aq), H2SO3(aq) e H3PO4(aq)
a) nitroso, clórico, sulfuroso, fosfórico.
b) nítrico, clorídrico, sulfúrico, fosfórico.
c) nítrico, hipocloroso, sulfuroso, fosforoso.
d) nitroso, perclórico, sulfúrico, fosfórico.
e) nítrico, cloroso, sulfídrico, hipofosforoso.

RESOLUÇÃO:
HNO3 – ácido nítrico (padrão)
HNO2 – ácido nitroso
HClO3 – ácido clórico (padrão)
QUÍMICA BDE

H2SO4 – ácido sulfúrico (padrão)


H2SO3 – ácido sulfuroso
H3PO4 – ácido fosfórico (padrão)
Resposta: A

30 –
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 31

MÓDULO 9
BASE DE ARRHENIUS:
DEFINIÇÃO E NOMENCLATURA

1. Complete as equações de dissociação iônica ou ionização.

H2O
a) NaOH ⎯⎯→

H 2O
b) Ca(OH)2 ⎯⎯→

H 2O
c) NH3 + H2O ⎯⎯→

RESOLUÇÃO:
a) Na+ + OH–
b) Ca2+ + 2OH–
c) NH +4 + OH–

3. (PUC-MG) – A dissolução de uma certa substância em água é dada


pela equação:
H2O
M(OH)3 (s) ⎯⎯⎯→ M3+ (aq) + 3 OH– (aq),

que pode representar a dissolução de


a) amônia. b) hidróxido de cálcio.
c) hidróxido de sódio. d) hidróxido de alumínio.
e) brometo de hidrogênio.

RESOLUÇÃO:
H2O
Al(OH)3(s) ⎯⎯→ Al 3+(aq) + 3OH–(aq)
Resposta: D
2. (FAEE-GO) – O hidróxido de magnésio, Mg(OH)2, que é um
componente do “leite de magnésia”, é
a) um ácido de Arrhenius. b) uma base de Arrhenius.
c) um sal. d) um óxido.
e) um hidreto.

RESOLUÇÃO:
Mg(OH)2: base de Arrhenius
Resposta: B

QUÍMICA BDE

– 31
PROF_C2BDE_QUIM_ALICE 25/11/11 14:50 Página 32

3. Complete as equações:
MÓDULO 10 a) NH3 + HCl →
b) 2NH3 + H2SO4 →
REAÇÃO DE NEUTRALIZAÇÃO
RESOLUÇÃO:
NH3(base) + ácido → sal de amônio (NH4+ .......)
1. Escreva a equação da reação de neutralização total que ocorre entre a) NH3 + HCl → NH4Cl
ácido fosfórico e hidróxido de cálcio. b) 2NH3 + H2SO4 → (NH4)2SO4

RESOLUÇÃO:

3 Ca(OH)2 + 2H3PO4 → Ca3(PO4)2 + 6H2O

3Ca2+ + 2PO3–
4 → Ca3(PO4)2

2. Complete as equações:
a) 1NaOH + 1H2SO4 →
b) 1Ca(OH)2 + 1HBr →

RESOLUÇÃO:
a) NaOH + H2SO4 → NaHSO4 + H2O
hidrogenossal

b) Ca(OH)2 + HBr → CaOHBr + H2O


hidroxissal
QUÍMICA BDE

32 –