Sie sind auf Seite 1von 6

Matéria: Dir.

Constitucional
Exercícios FCC – Organizações do Estado
Professor: Fábio Ramos

Questões:
FCC- 2015 - SEFAZ-PI- Analista do limite material imposto às futuras
Tesouro Estadual - Conhecimentos emendas à Constituição; de resto as
Gerais limitações materiais ao poder
01. Confederação é um tipo de constituinte de reforma, que o art. 60,
§ 4o, da Lei Fundamental enumera, não
(A) acordo entre Estados soberanos.
significam a intangibilidade literal da
(B) forma de Estado. respectiva disciplina na Constituição
originária, mas apenas a proteção do
(C) forma de governo.
núcleo essencial dos princípios e
(D) sistema de governo. institutos cuja preservação nelas se
protege.
(E) regime de governo.
Segundo o entendimento do Supremo
Tribunal Federal, a forma federativa de
FCC- 2015 - SEFAZ-PI - Analista do Estado adotada pela Constituição
Tesouro Estadual - Conhecimentos brasileira.
Gerais (A) é cláusula pétrea que impede seja
02. Considere o seguinte excerto da modificada toda e qualquer norma
emenda da Ação Direta de constitucional pertinente ao modelo
Inconstitucionalidade no 2.024/DF, federativo estabelecido.
Relator o Ministro Sepúlveda Pertence, (B) pode ser objeto de modificação que
julgada em 03-05-2007 pelo Supremo não seja tendente a abolir a federação.
Tribunal Federal: (C) implica compreender a federação a
partir do modelo americano clássico
A “forma federativa de Estado” - mimetizado pelo constitucionalismo
elevado a princípio intangível por todas brasileiro.
as Constituições da República - não (D) não é limite material ao poder
pode ser conceituada a partir de um constituinte derivado.
modelo ideal e apriorístico de (E) protege mais regras específicas do
Federação, mas, sim, daquele que o modelo federativo adotado e menos o
1

constituinte originário concretamente


Página

adotou e, como o adotou, erigiu em


www.cejuris.com.br /email:atendimento@cejurisonline.com.br
Matéria: Dir. Constitucional
Exercícios FCC – Organizações do Estado
Professor: Fábio Ramos

núcleo essencial dos respectivos (B) da população diretamente


princípios aplicáveis. interessada, através de plebiscito, e do
Congresso Nacional, por lei
FCC- CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO complementar.
PAULO – PROCURADOR LEGISLATIVO (C) da maioria absoluta dos Deputados
– 2014 Estaduais da Assembleia Legislativa do
03. Ao disciplinar a instituição de Estado do Pará, após referendo popular.
regiões metropolitanas, determinou a (D) em dois turnos de votações na
Constituição Federal que. Assembleia Legislativa do Estado do
(A) a integração do município à região Pará, com aprovação de no mínimo dois
metropolitana não é compulsória terços dos Deputados Estaduais em
(B) cabe à União editar normas gerais a ambos os turnos de votação.
respeito da instituição das regiões (E) das Câmaras Municipais por maioria
metropolitanas. absoluta, cujos Municípios sejam
(C) poderão ser instituídas apenas por afetados pela subdivisão do Estado.
lei complementar estadual.
(D) poderão ser constituídas por FCC- TJ/PE – TÉCNICO JUDICIÁRIO -
agrupamentos de municípios limítrofes 2012
ou não. 05. Ataulfo e Valmir, Prefeitos de dois
(E) tem como objetivo a transferência Municípios vizinhos, visando ao
de competências municipais para o desenvolvimento econômico da região,
âmbito exclusivo do Estado- membro. tiveram a ideia de fundi-los num único
Município. Porém, segundo a
FCC-TRE/CE–ANALISTA JUDICIÁRIO Constituição Federal, para que tal fusão
(ÁREA JUDICIÁRIA)– 2012. ocorra é necessário, dentre outros
04. O Governador do Estado do Pará requisitos,
teve a ideia de subdividir esse Estado (A) parecer prévio da Assembleia
em mais dois Estados, cuja subdivisão Legislativa do Estado e aprovação do
só poderá ocorrer mediante aprovação Governador do Estado.
(A) do Presidente da República, ouvidos (B) parecer prévio de ambas as
os Ministros da Justiça, da Casa Civil e Procuradorias dos Municípios
2
Página

do Planejamento.
www.cejuris.com.br /email:atendimento@cejurisonline.com.br
Matéria: Dir. Constitucional
Exercícios FCC – Organizações do Estado
Professor: Fábio Ramos

envolvidos e aprovações das Câmaras apresentação do projeto. Nesse caso,


Municipais. considerada a disciplina da matéria na
(C) consulta prévia, mediante plebiscito, Constituição da República,
às populações dos Municípios (A) a extensão do território
envolvidos, após divulgação dos Estudos remanescente do Estado do Piauí não
de Viabilidade Municipal. atende ao mínimo estabelecido na
(D) opinião prévia dos sindicatos Constituição para fins de
sediados em ambos os Municípios desmembramento de Estados.
envolvidos com o fim de resguardar os (B) a população do Estado do Gurgueia
interesses dos trabalhadores. não atenderia à taxa mínima de
(E) reunião no prazo de sessenta dias, adensamento populacional, tal como
com as entidades religiosas e públicas prevista na Constituição,
de ambos os Municípios para definir o proporcionalmente à extensão da área a
nome do único Município, após a fusão ser desmembrada do Estado do Piauí.
ter sido aprovada pelas Câmaras (C) após a realização da consulta,
Municipais. mediante o plebiscito convocado pelo
Congresso Nacional, haveria ainda
FCC - 2015 - SEFAZ-PI - Auditor Fiscal necessidade de aprovação do
da Fazenda Estadual - Conhecimentos desmembramento do Estado por lei
Gerais complementar estadual.
06. Tramita desde 2007, perante as (D) a proposição legislativa em questão
Casas do Congresso Nacional, uma é inconstitucional, uma vez que a
proposição legislativa que tem por competência para convocação do
objetivo convocar plebiscito para que plebiscito é da Assembleia Legislativa.
se decida sobre a conveniência da (E) o plebiscito deve destinar-se à
criação do Estado do Gurgueia, a partir consulta da população diretamente
do desmembramento da porção sul do interessada, assim entendida tanto a
Estado do Piauí, equivalente a 61,85% população da área a ser desmembrada,
da área atual deste estado, em região quanto a da área remanescente.
na qual vive o equivalente a cerca de
21,5% da população estadual,
3
Página

conforme dados apurados à época da

www.cejuris.com.br /email:atendimento@cejurisonline.com.br
Matéria: Dir. Constitucional
Exercícios FCC – Organizações do Estado
Professor: Fábio Ramos

FCC- ARCE – PROCURADOR concorrentes, na medida em que


AUTÁRQUICO – 2012 compete à União, aos Estados e ao
07. Segundo a Constituição Federal, os Distrito Federal legislar
Estados-Membros possuem concorrentemente sobre educação,
competência para cultura, ensino e desporto. Nesse
(A) legislar de forma plena sobre normas sentido, no âmbito da competência
gerais, em matéria de competência concorrente, o Estatuto de Defesa do
concorrente, na ausência de lei Torcedor estabelece normas:
municipal relacionada a assuntos locais. (A) suplementares.
(B) explorar diretamente, ou mediante (B) remanescentes.
concessão, os serviços locais de gás (C) interventivas.
canalizado, na forma da lei, vedada a (D) gerais.
edição de medida provisória para a sua (E) complementares
regulamentação.
(C) autorizar e fiscalizar a produção e o FCC- TRE/SP – ANALISTA JUDICIÁRIO
comércio de material bélico. (ÁREA ADMINISTRATIVA) – 2012
(D) organizar e prestar, diretamente ou 09. Na hipótese de um Estado-membro
sob regime de concessão ou permissão, da federação pretender legislar sobre
os serviços públicos de interesse local, direito eleitoral,
incluído o de transporte coletivo. (A) dependerá de lei complementar
(E) estabelecer sua Constituição federal que autorize os Estados a legislar
Estadual de forma ilimitada e sobre questões específicas da matéria.
autônoma. (B) não poderá atingir seu objetivo, por
se tratar de competência privativa da
FCC- TRT 6ª REGIÃO – ANALISTA União, nos termos da Constituição da
JUDICIÁRIO(ÁREA ADMINISTRATIVA) – República.
2012 (C) poderia fazê-lo, desde que inexistisse
08. Em decisão recente, o Supremo lei federal sobre a matéria.
Tribunal Federal considerou que o (D) terá a lei estadual sua eficácia
Estatuto de Defesa do Torcedor (Lei no eventualmente suspensa naquilo que
10.671/2003) cuida de matéria que se for contrária a lei federal superveniente.
4
Página

insere dentre as competências


www.cejuris.com.br /email:atendimento@cejurisonline.com.br
Matéria: Dir. Constitucional
Exercícios FCC – Organizações do Estado
Professor: Fábio Ramos

(E) poderia exercer competência (E) somente pela União e pelos Estados,
legislativa plena, para atender a suas estes ante a existência de autorização
peculiaridades, desde que inexistisse lei legal.
federal sobre normas gerais na matéria.

FCC- TRE/SP – ANALISTA JUDICIÁRIO FCC - 2015 - CNMP - Analista do CNMP


(ÁREA JUDICIÁRIA)– 2012 – Direito
10. Compete à União legislar 12. Considerando o que dispõe a
privativamente, dentre outras Constituição Federal sobre distribuição
matérias, sobre de competências legislativas, é correto
(A) orçamento. afirmar:
(B) custas e serviços forenses. (A) No âmbito da legislação comum, a
(C) procedimentos em matéria superveniência de lei federal sobre
processual. normas gerais revoga lei estadual, no
(D) direito eleitoral. que lhe for contrária.
(E) proteção ao patrimônio histórico, (B) Legislar sobre proteção ao
cultural, artístico, turístico e patrimônio histórico, cultural, artístico,
paisagístico. turístico e paisagístico é competência
comum da União, dos Estados, do
FCC - 2015 - TRE-RR - Técnico Distrito Federal e dos Municípios.
Judiciário - Área Administrativa (C) É competência exclusiva de a União
legislar sobre águas, energia,
11. Nos termos da Constituição Federal, informática, telecomunicação e
as leis eleitorais podem ser editadas radiodifusão.
(A) somente pelos Estados, quanto à (D) Legislar sobre organização judiciária
composição de sua Assembleia do Ministério Público do Distrito Federal
Legislativa. e dos Territórios e da Defensoria Pública
dos Territórios é competência privativa
(B) pela União, Estados e Municípios.
da União.
(C) somente pela União.
(E) Legislar sobre sistema de consórcio e
(D) pelos Municípios, quanto às eleições sorteios é competência legislativa
5

Municipais, e pela União, nos pleitos concorrente da União, dos Estados e do


Página

Nacionais e Estaduais. Distrito Federal.


www.cejuris.com.br /email:atendimento@cejurisonline.com.br
Matéria: Dir. Constitucional
Exercícios FCC – Organizações do Estado
Professor: Fábio Ramos

FCC - 2015 - TCM-GO - Auditor (D) compete à União, aos Estados e ao


Controle Externo – Jurídica Distrito Federal legislar
concorrentemente sobre direito civil,
13. Segundo a Constituição Federal, comercial, penal, processual, eleitoral,
compete aos Municípios manter, com a agrário, marítimo, aeronáutico, espacial
cooperação técnica e financeira da e do trabalho.
União e do Estado, programas de
educação (E) a competência da União para legislar
sobre normas gerais exclui a
(A) em nível de pós-graduação. competência suplementar dos Estados e
(B) infantil e de ensino fundamental. dos Municípios.

(C) de nível médio.


(D) de nível técnico profissionalizante. Gabarito:

(E) de nível superior. 1-A 8-D

2-B 9-A

FCC- ALESP – AGENTE LEGISLATIVO – 3-C 10-D


ADVOGADO - NÍVEL SUPERIOR
4-B 11-E
14. No âmbito da legislação
5-C 12-D
concorrente, conforme a estrutura
federativa brasileira, 6-E 13-B
(A) são reservadas aos Municípios as 7-B 14-B
competências que não lhes sejam
vedadas pela Constituição, ditas
competências remanescentes.
(B) inexistindo lei federal sobre normas
gerais, os Estados exercerão a
competência legislativa plena para
atender a suas peculiaridades.
(C) compete aos Estados legislar sobre
6

assuntos de interesse local.


Página

www.cejuris.com.br /email:atendimento@cejurisonline.com.br