Sie sind auf Seite 1von 2

Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente

Ciência – produto da atividade humana


C1. Atividade humana e Ciência

O Googlecar é uma viatura


autónoma desenvolvida pela
empresa Google que transporta
passageiros nas estradas da
Califórnia, conduzida por um
computador, por uma bateria
de sensores e sem ninguém ao
volante. Em agosto de 2012,
esta viatura fez notícia porque
12 delas viajaram mais de
482 000 km, em 2 anos, sem Google Self-drivingCar
causarem acidentes. No
entanto, ao contrário do que as notícias nos fazem crer, o carro autónomo, capaz de ir a
qualquer lugar sozinho, ainda não está pronto.
Em termos legislativos, estes carros podem andar na estrada, pelo menos no estado norte-
-americano do Nevada, mas as condições de circulação são atualmente ultrarrestritivas: é
obrigatório viajarem duas pessoas a bordo, um para vigiar a estrada e o outro para monitorizar
o computador e recuperar o controlo, se necessário.
O carro "sem condutor" permanece um conceito muito relativo, e isto explica-se pela presença
de grandes entraves tecnológicos. Se o progresso significativo foi feito em termos de
miniaturização e redução de custos em eletrónica, radar, GPS e câmaras de infravermelhos
que equipam estes carros, tal não é tudo, porque estes simplesmente detetam obstáculos e os
outros veículos. Quanto ao resto, é o computador de bordo que assume o difícil
processamento dos dados e as tomadas de decisão (aceleração, travagem, etc.). Atualmente,
têm-se verificado grandes desenvolvimentos na área da Inteligência Artificial, contudo, estas
viaturas ainda não sabem como reagir a situações imprevistas, como uma criança a atravessar
a rua a correr ou a queda de uma árvore.
Apesar do anúncio prematuro dos carros sem condutor, podemos imaginar, num futuro
próximo, não a existência de carros com um computador a conduzir, mas sim a auxiliar a
condução em caso de falha humana, já que, a cada ano, 1,3 milhões de pessoas em todo
mundo perdem a vida na estrada, sendo uma grande parte devido a erros humanos.

Muriel Valin, revista ScienceetVie, outubro de 2012 (adaptado)

1
1. Seleciona a opção que permite obter uma afirmação correta.
O desenvolvimento do Googlecar integra um avanço da _____ , porque constitui um caso
em que a _____ é aplicada na resolução de problemas concretos da _____ .
(A) … Tecnologia ... Sociedade ... Ciência
(B) … Ciência ... eletrónica ... condução
(C) … Tecnologia ... Ciência ... Sociedade
(D) …Eletrónica ... robótica ... condução

2. Seleciona a opção que permite obter uma afirmação correta.


A eventual utilização de carros sem condutor irá…
(A) … impedir o transporte de pessoas que não podem conduzir.
(B) … aumentar a fadiga do condutor e os erros de condução associados.
(C) … reduzir a possibilidade de acidentes causados por erros humanos.
(D) … permitir a existência de carros mais baratos e mais amigos do Ambiente.

3. Seleciona a opção que permite obter uma afirmação correta.


Os carros sem condutor não são, na atualidade, totalmente utilizáveis de forma segura,
porque...
(A) … não são capazes de reagir convenientemente em todas as situações.
(B) … não existe legislação que autorize a sua utilização em todo a parte.
(C) … ainda necessitam legalmente de duas pessoas no seu interior a vigiar e a monitorizar.
(D) … ainda são muito caros.

4. Refere avanços tecnológicos relacionados com o desenvolvimento do projeto Googlecar.

5. A Inteligência Artificial (AI) prende-se com a criação de sistemas, métodos e dispositivos


que possuam a capacidade de resolver problemas e de pensar.
Relaciona o desenvolvimento da AI com a possibilidade de projetos como o Googlecar
virem a ter sucesso.

6. Explica de que forma projetos como o do Googlecar podem ajudar a salvar vidas humanas
nas estradas de todo o mundo.

Websites para consulta

http://edition.cnn.com/2012/09/25/tech/innovation/self-driving-car-california/index.html
(Inglês)