You are on page 1of 2

CURSO E.F.A.

- Secundário

ÁREA DE COMPETÊNCIA-CHAVE: CULTURA, LÍNGUA, COMUNICAÇÃO

CLC5 – O.2
Ficha de trabalho nº 1
Impacto das Novas Tecnologias a nível profissional
Documento A
As novas tecnologias nas profissões
A revolução provocada pelo desenvolvimento das novas tecnologias no final deste século está a
atingir diversas profissões. Algumas desapareceram, outras surgiram e a grande maioria sofreu
algum tipo de transformações nestes tempos da tecnologia digital.
Essa mutação do trabalho proporcionou facilidades e diminuição de erros para muitas
profissões. Na área farmacêutica, por exemplo, a tecnologia dá oportunidade à pesquisa e à
produção de diversos medicamentos, preventivos ou não. As mudanças de hoje são muito
rápidas e a quantidade de informações produzidas é muito grande, de modo que há necessidade
de uma atualização constante por parte do trabalhador.
Na área médica não é diferente. O homem é surpreendido por aparelhagens e soluções que
auxiliam o processo de tratamento. A maior vantagem das mudanças é poder avaliar os
pacientes mais precisamente e realizar terapias com mais assertividade. No entanto, por outro
lado, a “fase manual “ainda tem as suas vantagens. Utilizando as mãos durante os atendimentos,
os profissionais médicos têm mais sensibilidade sobre a estrutura do tratamento e mais
perceção sobre as reações que o corpo do indivíduo está a ter.
Já em profissões que possuem como objeto de trabalho uma máquina, as mudanças
tecnológicas colaboram com o profissional da área, oferecendo-lhe prática e conforto. Um
fotógrafo, antes acostumado a ficar imóvel por um longo tempo em frente a uma câmara grande
e desajeitada, agora conta com as máquinas digitais portáteis, leves e que possuem muita
precisão e programas informatizados com recursos para adaptar a foto, flexibilizando as ideias
e a criatividade do autor da imagem. Alguns trabalhos fotográficos são uma corrida contra o
tempo, e a prática dos aparelhos tecnológicos ajuda muito. Em algumas áreas da fotografia
profissional, a tecnologia digital é imprescindível, como no fotojornalismo onde há uma corrida
contra o tempo e o imediatismo no trabalho é fundamental.
Mas, junto às mudanças boas, vêm também os dilemas, como o da substituição do trabalho
humano pela máquina, por exemplo. E quando isso não ocorre, a problemática gira em torno da
atualização, do treino e da especialização dos trabalhadores, além de mais competitividade.
Fabíola Catherine Corrêa, in http://www.metodista.br/cidadania/numero-32/ as-novas-tecnologias-nas-profissoes/,
- acedido em 4/5/20217 ( texto adaptado)
Documento B
Os seres humanos possuem uma capacidade incrível de se adaptarem às mudanças, não
somente com relação à natureza, ao meio ambiente em que ele vive, mas também às
transformações que a sociedade “impõe” pelas próprias invenções e descobertas produzidas
pelo Homem. Na última década pudemos perceber como a explosão da informática no
quotidiano das pessoas transformou o modo pelo qual a sociedade comunica e como ela se
adapta a essa nova realidade.
Toda esta transformação, o processo de mudança, fez com que o mercado de trabalho
impusesse algumas exigências para que os profissionais pudessem ser aceites. Quase como um
padrão nos dias atuais, a informática é necessária à maioria dos cargos disponíveis, desde lojas
de conveniência aos mais importantes e complexos cargos em empresas.
Este processo seletivo que ficou mais rigoroso com o advento da informação fez com que
também vários cargos fossem substituídos por máquinas que fazem o mesmo trabalho com
menos esforço e custo, sem reclamarem direitos, sem greve, o que contribui para o desemprego.
(…)
Existem diferentes profissões que se modificaram com as novas tecnologias. Vejamos:
 Caixa de supermercado: antigamente estes profissionais trabalhavam com máquinas
registadoras, onde tinham que inserir manualmente os valores dos produtos, utilizando
letras para identificar cada setor do supermercado. Essas máquinas funcionavam como
calculadoras simples, programadas para calcular o valor das mercadorias e ao mesmo tempo
registar a operação. (…)Com a era da informática, passaram a utilizar computadores, que
procuram na sua base de dados os códigos dos produtos, automaticamente ao passar o
código de barras no leitor. Esses profissionais tiveram que fazer cursos de nível básico para
saber manipular o computador. (…)
 Metalúrgicos: antigamente estes profissionais, faziam um trabalho braçal nas grandes
indústrias, como por exemplo, na construção de carros. Hoje em dia há cursos que preparam
esses profissionais a manipularem as máquinas que talvez pudessem extinguir essa
profissão, mas ao saber manipular essas tecnologias, o profissional qualificou-se e
permanece no mercado de trabalho.
http://interneteiro.com/tecnologia-e-novas-profissoes -acedido em 4/5/2017 ( texto adaptado)

1. Após a leitura dos documentos ( A e B), clarifique os seguintes aspetos:


 as vantagens e as desvantagens do incremento da tecnologia nas profissões
mencionadas nos textos.
 as consequências, para o trabalhador, decorrentes desse desenvolvimento.
2. Explique de que forma as tecnologias interferem, positiva ou negativamente, no seu
desempenho profissional. Ilustre o seu texto apresentando situações concretas.