Sie sind auf Seite 1von 6

Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Exercícios Resolvidos: Área Entre Curvas


Contato: nibblediego@gmail.com
Escrito por Diego Oliveira - Publicado em 05/01/2017 - Atualizado em 15/11/2018

Nos problemas anteriores determinamos apenas a área de curvas que não inter-
ceptavam o eixo no qual realizamos a integração. Agora estudaremos dois casos
em que isso ocorre.

O que preciso saber?

No cálculo de área entre curvas a sua habilidade de esboçar gráficos será essen-
cial.

p
Exemplo 1: Ache á área limitada pelas curvas y = −, y = 2 −  usando a
integração em y.

Solução:

Vamos observar a área (em azul) que desejamos calcular.

-2 (2,0)

Neste caso queremos realizar a integração ao longo do eixo y o problema é que


ambas as curvas interceptam esse eixo.

Assim, antes de realizar a integração, você deve deslocar as funções. Neste


caso, duas unidades para direita.

Deslocando as funções em duaspunidades para a direita y = − se torna


p y =
−( − 2) ou y = 2 − . E a curva y = 2 −  se torna y = 2 − ( − 2) ou y = 4 − .
p

Os gráficos das funções deslocadas é mostrado a seguir.

1
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

(0, 2)

(4, 0)

Note que as curvas ainda têm as mesmas formas. Na verdade, apenas as “pu-
xamos" para direita.

Agora vamos determinar as inversas das curvas dadas.

y=2−⇒=2−y
p
y = 4 −  ⇒  = 4 − y2

A integral que fornece a área da curva limitada por  = 4 − y 2 será:

(0, 2)

(4, 0)

Z 2
A1 = 4 − y 2 dy

0

Já a integral que nos fornece a área limitada pela curva  = 2 − y e o eixo y será.

2
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

(0, 2)

(4, 0)

Z 2
A2 = (2 − y)dy
0
A área entre as curva será então a primeira menos a segunda integral (A1 − A2 ).

(0, 2)

(4, 0)

A = A1 − A2

Z 2 Z 2
2
A= (2 − y)dy

4−y dy −
0 0
Z 2
A= 2 + y − y 2 dy

0

y 3 2
y2
‚ Œ
A = 2y −
2 3 0
10
A= 
3

3
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Exemplo 2: Encontre a área entre a curva y = 3 − 2 e o eixo  no intervalo [1,


4].

Solução:

Fazendo o gráfico da função obtemos o seguinte.

4
3
1

Novamente temos um pequeno problema aqui, pois nos foi solicitado a inte-
gração ao longo do eixo , contudo a curva acaba interceptando esse eixo. Ao
contrário do problema anterior não podemos simplesmente deslocar a função para
cima.

Neste caso podemos fazer o seguinte: dividimos a área em questão em duas


áreas. Uma acima do eixo e outra abaixo.

A1
4
3
1
A2

E calculamos cada uma separadamente.

4
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

3
32 3 3 20
Z ‚ Œ
2
(3 −  )d = − =
1 2 3 1 6

4
32  3 4
‚ Œ
11
Z
2
(3 −  )d = − =−
3 2 3
3 6

Note que essa última integral resultou num valor negativo o que não faz sentido
já que nenhuma área pode ser negativa. Neste caso, o que nos interessa então é o
módulo do resultado.

Finalmente somamos ambos os resultados.

20 11 31
+ =
6 6 6

5
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Este trabalho está licenciado com uma


Licença Creative Commons -
Atribuição-NãoComercial-
CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Esse documento está sujeito a constante atualização ou mesmo correções, por


isso, certifique se que o que você têm em mãos é de fato a última versão do
mesmo. Para saber, bem como ter acesso a vários outros exercícios resolvidos
de matemática, acesse: www.number890.wordpress.com

Para aulas particulares, digitação de texto em LATEXe resolução de listas de exer-


cícios entre em contato.

.ƒ cebook.com/ theNmberType

nbbedego@gm.com

.nmber890.ordpress.com