Sie sind auf Seite 1von 2

PROJETO ESPERANÇA

ESTUDO BÍBLICO
CRESCENDO ESPIRITUALMENTE
1 PEDRO 2.1-3
Pr. Nilton Melo
1
Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda
sorte de maledicências, 2desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o
genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação,
3
se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso.

INTRODUÇÃO
Geralmente queremos crescer profissionalmente, crescer academicamente, crescer fisicamente, contudo,
muitas vezes esquecemos ou não privilegiamos o nosso crescimento espiritual e é justamente esse que nós
levaremos para a eternidade. O apóstolo Pedro nos ensina que pensar em crescimento espiritual é algo de
extrema importância. Nesse sentido, ele nos dá algumas dicas de como crescermos espiritualmente.

1. É NECESSÁRIO ABANDONAR O PECADO


“Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de
maledicências” (1Pedro 2.1).

 “Despojando-vos, portanto...” (v. 1) – Tiago compartilha o mesmo conselho de Pedro quando escreve:
“Portanto, despojando-vos de toda impureza e acúmulo de maldade, acolhei, com mansidão, a palavra
em vós implantada, a qual é poderosa para salvar a vossa alma” (Tg 1.21).
 O verbo “despojar” significa “se livrar de” ou “lançar fora”.
 Nas antigas cerimônias de batismo, aqueles que eram batizados deveriam descartar as roupas que
usavam na cerimônia. Após o batismo, eles colocavam roupas novas que recebiam da igreja. O ato de
trocar de roupa simbolizava a realidade da salvação em abandonar as coisas do passado e se revestir
de uma nova vida.
 O autor de Hebreus nos encoraja a “desembaraçar de todo peso e do pecado que tenazmente nos
assedia e correr com perseverança, a carreira que nos está proposta” (Hb 12.1).
 Assim, um cristão que experimentou o novo nascimento deve abandonar todos os pecados que
atrapalham o seu crescimento espiritual.
 Pedro lista cinco pecados que devemos nos despojar a fim de experimentarmos um crescimento
espiritual.
o Maldade – O termo maldade é uma palavra geral para todo o tipo de malícia. Os outros pecados
mencionados nessa lista são decorrentes dessa maldade.
o Dolo – Essa palavra originalmente significava “isca” ou “armadilha”. Aquele que esconde o
motivo indigno que procura alcançar. Refere-se a alguém que conta uma mentira a fim de
enganar os outros.
o Hipocrisia – A hipocrisia significa dissimulação. É utilizar uma máscara para esconder a
verdadeira identidade. Descreve qualquer comportamento que não seja genuíno ou consistente
com o que realmente acredita ou diz que acredita.
 Um hipócrita poderia ser um intérprete, orador, declamador de poesia ou ator. Jesus
criticou os hipócritas de serem piedosos apenas em público (Mt 6.2, 5, 16). A hipocrisia
era o fermento dos fariseus.
 Mateus 23.27: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos
sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão
cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia.”
 Paulo acusou Pedro de hipocrisia por se recusar a comer com os cristãos gentios em
Antioquia (Gl 2.12-13)
o Inveja – Descreve um sentimento avarento de querer ocupar o lugar do outro. Foi esse o
sentimento por trás da crucificação de Jesus: os líderes religiosos tornaram-se invejosos diante
da popularidade de Cristo. A inveja muitas vezes leva a ressentimentos, ódio, amargura e
conflitos.
o Toda sorte de maledicências – Por fim, o apóstolo Pedro menciona a maledicência, que
significa calúnia, fofocas. Refere-se, essencialmente, a difamação do caráter de alguém.
 Você não precisa de anos de terapia para abandonar estas coisas. Basta obedecer! Tome a decisão de
romper com as atitudes e pensamentos pecaminosos de sua velha vida e viva como um verdadeiro
cristão.

2. É NECESSÁRIO SE ALIMENTAR DA PALAVRA DE DEUS


“desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja
dado crescimento para salvação” (1Pedro 2.2).

 “desejai ardentemente...” (v. 2) – Pedro queria que seus leitores desejassem ardentemente a Palavra
como um bebê recém-nascido deseja o leite materno.
 A palavra desejar é um verbo imperativo e expressa um intenso desejo, ou paixão insaciável. Todo
cristão precisa e deve ansiar pelo alimento espiritual que produz crescimento, isto é, a Palavra de Deus.
 Você sente falta da Palavra de Deus?
 Pedro declara que Palavra de Deus é pura, racional e nutritiva.
 A palavra de Deus é pura:
o A expressão “recém-nascida” identifica uma criança que acabara de nascer e está chorando
desesperadamente por alimento. Sua maior necessidade é o alimento. Ela é tão frágil, mas a sua
fome é grande! De forma semelhante, os cristãos devem desejar a Palavra de Deus. É um desejo
singular e implacável, porque a vida depende disso.
o Contudo, Pedro proclama que não é qualquer tipo de alimento que devemos ansiar. Pelo
contrário, ele diz: “o genuíno leite espiritual”. O termo “genuíno” significa, literalmente, não
misturado, não adulterado.
o Alimentar um recém-nascido com leite contaminado é assinar o seu atestado de óbito.
o “A Palavra de Deus tem a vida, dá vida e alimenta a vida.

 A palavra de Deus é racional:


o A palavra “espiritual” (logikos) também significa racional ou o que pertence à razão ou à lógica.
 Ninguém pode conhecer a Deus sem o uso de sua mente, pois Ele se revela na Palavra
escrita.
 A bíblia nos auxilia nas nossas escolhas lógicas do dia-a-dia. Fazendo isso, evitaremos
tomar decisões baseadas em meros sentimos, sem refletir logicamente.
 A Palavra de Deus deveria encher nossas mentes com o conhecimento de Deus e mover
os nossos corações com Sua majestade e amor.
 2 Timóteo 3.16-17: “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para
a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de
Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.”
 A palavra de Deus é nutritiva:
o “... para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação” (v. 2) – O objetivo do desejo
de leite puro espiritual de Deus é o crescimento.
o A palavra “crescimento” é um verbo passivo, que significa literalmente “fazer você crescer”.
o O crescimento é um resultado do alimento.

CONCLUSÃO
É necessário provar do deus da palavra
“se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso” (1Pedro 2.3)

 “Oh! Provai e vede que o SENHOR é bom” (Sl 34.8).


 A palavra “experiência” significa provar, traz a ideia de provar uma comida. Pedro se refere
especialmente à bondade do Senhor ou a graça que foi mostrada aos seus leitores. Em outras palavras,
se você conhece a Cristo e tem certeza de sua salvação, você experimentou da bondade do Senhor,
porque você sabe que merecia julgamento, mas Deus lhe mostrou misericórdia (Rm 5.8).