Sie sind auf Seite 1von 3

Aula: 06

Temática: Adjetivos

Os Adjetivos são palavras que expressam as qualidades ou


características dos seres.
Flexionam-se quanto ao gênero, número e grau.

Flexão de Gênero
Podem ser Uniformes: Garoto EXIGENTE - Garota EXIGENTE

Podem ser Biformes: Garoto ESPERTO - Garota ESPERTA

Adjetivos terminados em EU:


ATEU ATÉIA
HEBREU HEBRÉIA
JUDEU JUDIA

Conservam-se invariáveis:
CORTÊS CORTÊS
MELHOR MELHOR
PIOR PIOR
MENOR MENOR
INFERIOR INFERIOR

Adjetivos terminados em ÃO:


ALDEÃO ALDEÃ
CHARLATÃO CHARLATÃ
ERMITÃO ERMITOA
TABELIÃO TABELIOA

Graus dos Adjetivos


Referem-se à dimensão da qualidade atribuída a um ser. Esse grau pode ser
COMPARATIVO e SUPERLATIVO.

LÍNGUA PORTUGUESA: CONHECIMENTOS BÁSICOS


1) Grau Comparativo
A) IGUALDADE - Pedro é tão esperto quanto Paulo. (Pedro é tão esperto
como Paulo.)
B) INFERIORIDADE - Pedro é menos esperto que (ou do que) João.
C) SUPERIORIDADE - Pedro é mais esperto que (ou do que) Maria.

BOM, MAU, GRANDE e PEQUENO têm dois comparativos de superioridade:


Analítico Sintético
BOM MAIS BOM MELHOR
MAU MAIS MAU PIOR
GRANDE MAIS GRANDE MAIOR
PEQUENO MAIS PEQUENO MENOR

As formas analíticas só são usadas quando comparamos duas qualidades no


mesmo ser.
Exs.: João é mais bom que mau.
José é mais grande que pequeno.
Note que PIOR e MENOR são COMPARATIVOS DE SUPERIORIDADE.
BOM GOSTO, MAU GOSTO funcionam como uma só palavra. Por isso,
dizemos:
Exs.: Maria tem MAIS bom gosto que Joana. José tem MAIS mau gosto que
João.
Só não posso dizer: Maria tem mais gosto que Joana. ERRADO.

2) Grau Superlativo
Pode ser RELATIVO ou ABSOLUTO.
A) Superlativo relativo – envolve uma comparação, ressalta a qualidade de
um ser em relação a outros seres que possuem essa mesma qualidade.
Temos:
Superlativo relativo de superioridade
Ex.: José é O mais culto da família.
(Esse artigo O (ou A) é indispensável no Superlativo Relativo.)

Superlativo relativo de inferioridade

LÍNGUA PORTUGUESA: CONHECIMENTOS BÁSICOS


Ex.: Maria é A menos culta da família.
B) Superlativo absoluto – quando a qualidade de um ser é expressa em grau
máximo, sem comparação com outro. Temos:
Superlativo absoluto analítico
Ex.: José é MUITO rico.
Superlativo absoluto sintético
Ex.: José é RIQUÍSSIMO.

Nota: Muita gente pensa que o sujeito riquíssimo é mais rico que o
muito rico. Engano: em intensidade, ambos valem a mesma coisa.
SUPERLATIVO DE BOM ------------ÓTIMO
MAU ------------ PÉSSIMO
GRANDE ------ MÁXIMO
PEQUENO ---- MÍNIMO
ALTO -----------SUPREMO
BAIXO- -------- ÍNFIMO

Superlativos eruditos importantes


AMARGO AMARÍSSIMO ACRE ACÉRRIMO
ÁGIL AGÍLIMO HUMILDE HUMÍLIMO
AMIGO AMICÍSSIMO MAGRO MACÉRRIMO
ANTIGO ANTIQÜÍSSIMO MÍSERO MISÉRRIMO
ÁSPERO ASPÉRRIMO NEGRO NIGÉRRIMO
CÉLEBRE CELEBÉRRIMO POBRE PAUPÉRRIMO
CRUEL CRUDELÍSSIMO SÁBIO SAPIENTÍSSIMO
FRIO FRIGIDÍSSIMO SÉRIO SERÍSSIMO
SIMPLES SIMPLICÍSSIMO VORAZ VORACÍSSIMO
TERRÍVEL TERRIBILÍSSIMO LIVRE LIBÉRRIMO
VELOZ VELOCÍSSIMO SÃO SANÍSSIMO
SAGRADO SACRATÍSSIMO SIMPÁTICO SIMPATICÍSSIMO

LÍNGUA PORTUGUESA: CONHECIMENTOS BÁSICOS