Sie sind auf Seite 1von 3

PROJETO DE ESTÁGIO DE PLANTÃO PSICOLÓGICO

* Profª supervisora: Ms. Rosana Pena


* Núcleo de estágio: Profissionalizante
* Ênfase: Práticas Clínicas
* Carga Horária anual: horas
* Ano Letivo: 2010
* Série: 4ª
* Nome do Projeto: Plantão Psicológico

* Ementa do Estágio: Plantão Psicológico.

* Objetivos
- Gerais:
- Identificar aquilo que o cliente entende como sendo sua necessidade no momento e
aquilo que o serviço pode oferecer.
- Acolher a demanda do cliente que sofre, a partir da utilização de métodos e
técnicas de tempo limitado, em conformidade com a abordagem teórica, tendo como
alvo o cliente com problemas e o não-probelmático (Mahfoud,1999).
- Específicos:
- Aproximar o aluno de sua realidade social e das necessidades de sua comunidade;
- Desenvolver a postura de psicólogo e a capacidade de disponibilidade terapêutica,
através do acolhimento da demanda;
- Promover a autonomia e o raciocínio clínico do aluno, ampliando sua compreensão
acerca da diversidade da demanda.

* Fundamentação teórica:
O Plantão Psicológico é pensado e praticado, basicamente, como um modo de
acolher e responder à demandas por ajuda psicológica. Isso significa colocar à
disposição de clientela que o procura um tempo e um espaço de escuta abertos à
diversidade e pluralidade dessas demandas.
Responder à demanda refere-se à explicitação da mesma e de seus possíveis
desdobramentos de tal forma que, ao acolher o cliente, damos a ele a oportunidade
de se posicionar em relação àquilo que vive, permitindo ao serviço um
posicionamento em relação ao que se pode ou não oferecer. Responder é central
para a especificidade do Plantão Psicológico.
É buscar conhecer, principalmente, o modo como o cliente vive essa queixa, os
recursos internos de que dispõe para cuidar de seu sofrimento, bem como as
expectativas e perspectivas que se apresentam a partir da busca de auxílio.
Na clínica escola o Plantão é uma forma de incluir a possibilidade do espírito
investigativo e crítico ao estagiário. Bem como a criação de um espaço de
intervenção efetivo e focalizado.

* Procedimentos:
- Divulgação feita pelo SPA junto à comunidade - Instituições diversas.
Estratégias gerais:
- Treinamento e preparação dos alunos, leituras e discussão do trabalho a ser
desenvolvido.
- O aluno deverá permanecer no SPA em dia e horário, previamente agandado por
ele, aguardando a demanda imediata. Não são marcados horários iniciais - seja via
triagem ou via secretaria do SPA - nem retornos ao cliente. A não ser que o mesmo
solicite.
- O atendimento pode ser feito em uma ou em até, no máximo, 04 sessões, podendo
o cliente ser encaminhado a outra modalidade de atendimento, caso haja
necessidade.
- O aluno deverá preencher um prontuário do caso a cada sessão de atendimento.
* Clientela ou Público Alvo:
1 Atendimento à demanda do SPA: adolescentes e adultos em situações
emergenciais, caracterizando crises evolutivas ou acidentais.

* Local do Estágio:
SPA – Centro Unisal Lorena

* Material necessário:
- Ficha prontuário

* Referências Bibliográficas:
SEVERO, M. C. Estratégias em Psicologia Institucional. São Paulo: Loyola, 1993.
ROSEMBERG, R. L.(org.) Aconselhamento Psicológico Centrado na Pessoa. São
Paulo: EPU, 1987.
MACEDO, R. M. (org.) Psicologia e Instituição. São Paulo: Cortez, 1984.
YEHIA,G. Y. Interlocuções entre o Plantão Psicológico e o Psicodiagnóstico
Colaborativo. Estudos de Psicologia, Campinas, v. 21, n. 1, p. 65-72, janeiro/abril
2004.
SALINAS, P. e SANTOS, M. A. Serviço de triagem em Clínica-escola de Psicologia.
Psychê, São Paulo, v. VI, n. 009, p. 177-196, 2002.
MAHFOUD, M. Plantão Psicológico: novos Horizontes. São Paulo: C. I. , 1999.
SCHMIDT, M. L. S. Plantão psicológico, universidade pública e política de saúde
mental. Est. psicol. (Campinas). on line dez.2004, vol. 21, no 3 - citado 21 abril
2009 - p. 173-192. Disponível na World Wide Web: <http:pepsic.bvs-
psi.org.br;scielo.php: script=sci_arttex&pid=s0103-
166X2004000300003&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 01013 - 166X.
PAPARELLI, R. B. e NOGUEIRA-MARTINS, M. C. F. Psicólogos em Formação:
Vivências e demandas em plantão Psicológico. Psicol. cienc. prof. on line mar.
2007, vol. 27, no 1 - citado 21 de abril 2009 - p. 64-79. Disponível na World Wide
Web: <http:pepsic.bvs-psi.org.br;scielo.php: script=sci_arttex&pid=S01414-
98932007000100006&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1414- 9893.
Lorena, janeiro/2010

Assinatura da profª Supervisora: _____________________________________

Assinatura da Coord. de estágio: ______________________________________