Sie sind auf Seite 1von 14

Ministério Público do Estado de Alagoas

Procuradoria Geral de Justiça de Alagoas


Português 01. A ideia principal defendida no Texto 1 é a de que:
TEXTO 1 A) no exercício de sua profissão, é melhor
profissional do Direito aquele que sabe falar e
O advogado e a palavra escrever em abundância, sendo desastroso um
advogado reticente.
Enquanto o cirurgião trabalha com o bisturi e o escultor com B) é de suma importância que os estudantes de
o cinzel, o instrumento de trabalho do advogado é a Direito sejam estimulados a desenvolverem o
palavra. Escrita, falada, suplicada, exigida, murmurada... pensamento reflexivo, que implica o treino para a
Para que a palavra seja proclamada de forma eficaz, é eloquência forense.
importante que o advogado a trate com o carinho e o C) para ser mais bem-sucedido em sua profissão, é
cuidado que ela merece. É preciso, pois, como afirma imprescindível que o advogado procure usar bem
Nalini, "conhecê-la e dominá-la, para que sirva a palavra, que se constitui como seu principal
adequadamente às estratégias da atuação profissional." instrumento de trabalho.
A luta do advogado na tentativa de conhecer e dominar seu D) para atenuar a verborragia, é fundamental que o
instrumento de trabalho não significa, absolutamente, que o advogado consulte um bom manual de oratória,
bom profissional deva ser aquele que fala e escreve no qual descobrirá os caminhos para dominar
demais. Ao contrário, o abuso das palavras pode ter com presteza a arte do bem falar.
consequências desastrosas, podendo colocar em perigo o E) o abuso das palavras, tão comum na profissão do
direito cuja defesa lhe foi confiada. Quantas vezes, em sala advogado, pode ser explicado pelo fato de que
de audiência, veem-se advogados tentando impressionar esse profissional é, por vezes, induzido a erros,
seus constituintes com uma bacharelice infecunda, que ainda nos bancos das universidades.
mais desvia do que concentra a atenção nos elementos
centrais da lide... 02. Acerca de algumas estratégias composicionais
Mas isso se explica pelo fato de que os advogados, como utilizadas pelo autor do Texto 1, analise as proposções
todos os seres humanos, podem ser induzidos a erros, às a seguir.
vezes instigados por vícios adquiridos ainda nos bancos 1) O uso de comparações, como no início do
das universidades, como é a tentação da verborreia. Na primeiro parágrafo, favorece a compreensão das
formação acadêmica do bacharel é comum a confusão ideias apresentadas.
entre eloquência e verborragia. E não raro nos deparamos 2) O uso de citações literais, como no final do
com um e outro tentando esconder a pobreza de ideias num primeiro parágrafo, posibilita ao autor respaldar
emaranhado de palavras vazias e desconexas. suas ideias em argumentos de autoridades.
O que, então, deve ser feito para atenuar esse mal a que 3) O uso de perguntas e respostas, como no quarto
todos nós estamos sujeitos? Procurar dicas nos manuais de parágrafo, tem, dentre outras, a função de
como falar em público? Intensificar, no âmbito do ensino aumentar o envolvimento entre autor e leitor.
universitário, os cursos de oratória? Bem, de minha parte 4) O uso da primeira pessoa do singular (como no
penso que o ideal é evitar os extremos. Nem achar que 4º§) revela de maneira explícita a opinião do
basta um manual ou um curso de oratória para se saber autor, aumentando, assim, a intimidade e a
com quantos discursos se faz um tribuno palrador, nem cumplicidade entre este e o leitor.
tampouco menosprezar a arte do bem falar.
Estão corretas:
Antes de qualquer coisa, porém, é fundamental procurar
A) 1, 2 e 3, apenas.
estimular no futuro bacharel aquilo que a lei já coloca como
B) 1, 2 e 4, apenas.
uma das metas do ensino universitário, ou seja, o
C) 1, 3 e 4, apenas.
desenvolvimento do pensamento reflexivo. Não creio, dizia
D) 2, 3 e 4, apenas.
Calamandrei, discutindo esse mesmo problema, "que nas
E) 1, 2, 3 e 4.
nossas faculdades de direito seja necessário treinar os
jovens para a eloquência forense como nas antigas escolas
de retórica. Os estudos jurídicos devem servir para libertar 03. “Enquanto o cirurgião trabalha com o bisturi e o
o pensamento; quando este for ágil e pronto, o discurso se escultor com o cinzel, o instrumento de trabalho do
libertará por si”. advogado é a palavra.” Para compreender
corretamente o sentido dessa afirmação, o leitor deve
No caso do advogado, o cuidado com o uso da palavra não
entender “a palavra” como:
deve ser levado na conta de preciosismo linguístico.
Precisa, isto sim, ser visto como uma norma ética, a ser A) a competência para expressar-se
observada tanto na relação entre o profissional e seus linguisticamente.
clientes quanto na relação dele para consigo mesmo, haja B) o completo domínio das regras gramaticais.
vista que, como já foi frisado, a palavra é a única arma da C) a capacidade de falar diante de um tribunal.
qual dispõe para exercer o seu ofício. Portanto, como D) o exercício da escrita segundo a norma padrão.
afirma Osório (apud Sodré, 1967), "descuidar dela é como o E) a habilidade de falar e escrever em várias
artilheiro deixar oxidar o canhão, o médico permitir que línguas.
perca o gume o bisturi, ou o arquiteto perder o compasso e
as réguas".

NETO, Antônio Cavalcante da Costa. Texto disponível em:


http://www.buscalegis.ufsc.br/revistas/index.php/buscalegis/article/v
iewFile/24105/23668. Acesso em 03/02/2010. Adaptado.
04. Assinale a alternativa na qual a ideia apresentada está 07. “O que, então, deve ser feito para atenuar esse mal a
em consonância com as ideias do Texto 1. que todos nós estamos sujeitos?”. Nesse trecho, o
autor optou por seguir as normas da língua padrão, no
A) Nada além do desenvolvimento do pensamento que se refere à regência. Indique a única alternativa na
reflexivo pode garantir que o profissional do qual essas normas não foram seguidas.
Direito exerça adequadamente sua profissão.
B) A utilização excessiva das palavras é condição A) O que, então, deve ser feito para atenuar esse
para que os advogados ganhem a concentração mal ao qual fazemos oposição?
e a atenção das pessoas, nos tribunais. B) O que, então, deve ser feito para atenuar esse
C) Toda a formação acadêmica superior induz os mal de que todos nós discordamos?
advogados a erros, como a verborreia, pois os C) O que, então, deve ser feito para atenuar esse
professores igualam eloquência e verborragia. mal a que nos traz tantos problemas?
D) Nos discursos dos advogados, o que deve D) O que, então, deve ser feito para atenuar esse
imperar é a sensatez: eles devem buscar o mal contra o qual tanto lutamos?
equilíbrio, a fim de evitar os extremos. E) O que, então, deve ser feito para atenuar esse
E) As normas éticas preveem que o advogado mal sem o qual podemos viver melhor?
façam discursos breves, que não firam o
relacionamento entre eles e seus clientes. 08. “A luta do advogado na tentativa de conhecer e
dominar seu instrumento de trabalho não significa,
05. A ideia de “falar e escrever em demasia” é recorrente absolutamente, que o bom profissional deva ser
ao longo do Texto 1. Para referir-se a essa ideia, o aquele que fala e escreve demais.”. Nesse trecho, o
autor utiliza variados termos e expressões, dentre os termo sublinhado:
quais podemos destacar:
A) foi utilizado para destacar uma qualidade do
1) eloquência substantivo ‘profissional’; semanticamente,
2) emaranhado de palavras vazias e desconexas equivale a ‘realmente’.
3) bacharelice infecunda B) tem a função de ligar duas ideias, de modo que a
4) arte do bem falar segunda é a causa do que foi dito na primeira; é
5) verborragia equivalente a ‘obviamente’.
C) funciona para inserir a noção de quantidade em
Estão corretas: relação aos verbos ‘conhecer’ e ‘dominar’; tem o
A) 1, 4 e 5, apenas. mesmo sentido de ‘totalmente’.
B) 2, 3 e 5, apenas. D) foi utilizado para indicar completude, e incide
C) 1, 3 e 5, apenas. sobre os verbos ‘falar’ e ‘escrever’; tem sentido
D) 1 e 4, apenas. equivalente a ‘integralmente’.
E) 1, 2, 3, 4 e 5. E) cumpre a função de enfatizar a negação
apresentada pelo autor; semanticamente,
06. A análise de aspectos morfossintáticos do Texto 1 nos equivale, a ‘de maneira alguma’.
permite afirmar corretamente que:
09. “Para que a palavra seja proclamada de forma eficaz,
A) No trecho: “Para que a palavra seja proclamada é importante que o advogado a trate com o carinho e o
de forma eficaz, é importante que o advogado a cuidado que ela merece. É preciso, pois, conhecê-la e
trate com o carinho e o cuidado que ela merece.”, dominá-la”. Nesse trecho, os termos destacados
os pronomes destacados têm o mesmo referente, evidenciam as seguintes relações lógico-semânticas:
apesar de o primeiro estar na forma oblíqua e o
segundo, na forma reta. A) causa e condição.
B) No trecho: “Quantas vezes, em sala de audiência, B) finalidade e conclusão.
veem-se advogados tentando impressionar seus C) tempo e causa.
constituintes com uma bacharelice infecunda”, o D) comparação e condição.
autor optou por indeterminar o sujeito do verbo E) finalidade e causa.
destacado.
C) No trecho: “Bem, de minha parte penso que o
ideal é evitar os extremos.”, o sujeito do verbo
destacado está posposto a ele.
D) No trecho: “descuidar dela é como (...) o médico
permitir que perca o gume o bisturi”, os termos
destacados são, ambos, complementos do verbo
‘perder’.
E) No trecho: [isso] “não significa, absolutamente,
que o bom profissional deva ser aquele que fala e
escreve demais.”, o segmento destacado tem
valor de advérbio.
TEXTO 2 10. Segundo o próprio autor, o Texto 2 se configura como:
Missão social do advogado
A) um testemunho de um juiz bastante experiente,
Num mundo e numa época em que se perdem os dirigido a outros juizes que desejam pautar sua
referenciais éticos, os mais velhos têm o dever de ajudar os vida profissional em princípios éticos rígidos.
mais jovens a buscar o sentido essencial das coisas. Ex- B) uma carta de um professor do curso de Direito
alunos que se tornaram advogados e alunos de hoje que se prestes a aposentar-se, cujos destinatários são
preparam para um dia servir ao Direito, como advogados ou os advogados que estão em começo de carreira.
mesmo noutros misteres ligados ao mundo jurídico, C) um texto opinativo, de um advogado com
frequentemente me interpelam sobre o que entendo deva bastante experiência, escrito como resposta a ex-
ser o fundamento da ética profissional. Destaco três pontos alunos e a profissionais mais jovens da área do
na ética do advogado: seu compromisso com a dignidade Direito.
humana; seu papel na salvaguarda do contraditório; e sua D) um artigo científico, com finalidades didáticas,
independência à face dos Poderes e dos poderosos. escrito por um professor universitário e dirigido a
Em primeiro lugar, creio que é a luta pela alunos dos anos finais do curso de Direito.
dignidade da pessoa humana que faz da Advocacia não E) um excerto de uma palestra ministrada em
uma simples profissão, mas uma escolha existencial. Esta é evento científico, dirigido a ex-alunos e
uma bandeira de resistência porque se contrapõe à “cultura advogados recém-formados, sobre a Ética na
de massa” que se intenta impor à opinião pública, no Brasil área do Direito.
contemporâneo. A “cultura de massa” inocula o apreço
“seletivo” pela dignidade humana. Em outras palavras: só 11. Dentre os títulos apresentados abaixo, o que estaria
algumas pessoas têm direito de serem respeitadas como mais apropriado para o Texto 2, por representar uma
pessoas. síntese do seu conteúdo global, é:
Há um discurso dos Direitos Humanos que é um
discurso das classes dominantes. Nações poderosas A) Os fundamentos da ética na profissão do
pretenderam e pretendem “ensinar” direitos humanos. advogado.
Esquecem-se essas nações que o imperialismo político e B) Os Direitos Humanos e os movimentos
econômico é talvez a mais grave violação dos Direitos populares.
Humanos. Os Direitos Humanos que propomos aos jovens C) O melhor lugar para o advogado aprender acerca
como “opção de vida” não são, obviamente, os Direitos dos Direitos Humanos.
Humanos dos poderosos da Terra, dos que fazem dessa D) O advogado como Supremo Sacerdote da
causa um instrumento da mentira. Preferimos buscar Justiça.
noutras fontes a seiva dos Direitos Humanos. E, a nosso E) A Ética e a dignidade humana.
ver, a mais rica seiva são os movimentos populares.
De minha parte, não foi nos livros que aprendi 12. O Texto 2 está organizado de acordo com o seguinte
Direitos Humanos, embora os livros tenham ajudado a esquema:
organizar e a tornar metódico o pensamento. Aprendi
Direitos Humanos irmanando-me aos oprimidos, nas suas A) introdução, com explicações do autor acerca do
lutas de dor, de sangue e de vida. Sobretudo aprendi tema selecionado; desenvolvimento, com
Direitos Humanos nas prisões, nas chamadas “invasões”, enumeração de três itens; conclusão, com
na Catedral de Vitória, que foi aberta aos “sem teto”. aprofundamento de cada um dos itens
Aprendi Direitos Humanos nas margens do Rio Doce, onde enumerados.
famílias estavam sem casa em decorrência das enchentes B) introdução, com a apresentação do autor;
do rio. desenvolvimento, com a justificativa para a
A apropriação dos Direitos Humanos pelos elaboração do texto; longa conclusão, na qual o
movimentos populares não significa desprezar a construção autor aprofunda três pontos específicos em
dos Direitos Humanos a partir de outros referenciais e relação ao tema.
outras origens. Se o objetivo é a dignidade da pessoa C) rápida introdução para justificar o texto;
humana, é a ruptura de todas as formas de opressão, as desenvolvimento, com apresentação do autor e
vertentes acabam por encontrar-se e os militantes hão de menção de três itens relacionados à ética;
comungar as mesmas lutas. conclusão, com aprofundamento dos três itens
Nosso segundo ponto lembra que o advogado mencionados no desenvolvimento.
salvaguarda o contraditório, isto é, o embate de teses e D) introdução, na qual o autor faz generalizações
provas que se defrontam perante o juiz. Já Sêneca acerca da profissão do advogado e desenvolve
percebeu a necessidade do contraditório quando afirmou três pontos sobre a ética nessa profissão;
que “quando o juiz, após ouvir somente uma das partes, desenvolvimento, a partir do 4º parágrafo, em
sentencia, talvez seja a sentença justa. Mas justo não será que o autor insere sua própria experiência como
o juiz”. profissional do Direito; conclusão no parágrafo
Finalmente, vejo a independência em face dos final, que é uma síntese dos pontos tratados.
Poderes e dos poderosos como atributo inerente ao papel E) introdução, com justificativa para a elaboração do
do advogado. Não tema o advogado contrariar juízes, texto e com a menção dos três pontos a serem
desembargadores ou ministros. Não tema o advogado a desenvolvidos; desenvolvimento, com
represália dos que podem destruir o corpo, mas não explicitação de cada um dos três pontos
alcançam a alma. Não tema o advogado a opinião pública. mencionados na introdução; conclusão que se
Justamente quando todos querem “apedrejar” aquele que confunde com a explicitação do terceiro ponto
foi escolhido como “Inimigo Público Número 1”, o advogado, mencionado.
na fidelidade à defesa, é o Supremo Sacerdote da Justiça.

HERKENHOFF, João Baptista. Disponível em:


http://www.mundojuridico.adv.br. Acesso em 03/02/2010.Adaptado.
13. Sobre alguns elementos linguísticos utilizados pelo “não foi nos livros que aprendi Direitos Humanos, embora
autor do Texto 2, analise as proposições a seguir. os livros tenham ajudado a organizar e a tornar metódico o
pensamento.”
1) No trecho: “A ‘cultura de massa’ inocula o apreço
‘seletivo’ pela dignidade humana. Em outras
palavras: só algumas pessoas têm direito de 15. Assinale a alternativa na qual o sentido do trecho
serem respeitadas como pessoas.”, a expressão acima está mantido.
destacada sinaliza que o autor vai efetuar uma
A) Apesar de os livros terem ajudado a organizar e a
paráfrase, com a intenção de esclarecer uma
tornar metódico o pensamento, não foi neles que
ideia que acabou de apresentar.
aprendi Direitos Humanos.
2) No trecho: “Aprendi Direitos Humanos
B) Aprendi Direitos Humanos, mas não nos livros,
irmanando-me aos oprimidos, [...]. Sobretudo
pois os livros ajudaram a organizar e a tornar
aprendi Direitos Humanos nas prisões, [...].
metódico o pensamento.
Aprendi Direitos Humanos nas margens do Rio
C) Os livros ajudaram a organizar e a tornar
Doce, [...].”, o autor opta por repetir os
metódico o pensamento, já que não foi neles que
segmentos destacados, com a intenção de
aprendi Direitos Humanos.
enfatizar a ideia neles contida.
D) O pensamento ficou organizado e tornou-se
3) No trecho: “Nosso segundo ponto lembra que o
metódico devido à leitura dos livros por meio dos
advogado salvaguarda o contraditório, isto é, o
quais não aprendi Direitos Humanos.
embate de teses e provas que se defrontam
E) Não aprendi Direitos Humanos nos livros, por
perante o juiz.”, a expressão destacada revela
isso eles ajudaram a organizar e a tornar
que o autor realizou uma autocorreção, pois
metódico o pensamento.
percebeu que cometera um equívoco no texto.
4) No trecho: “Finalmente, vejo a independência em
face dos Poderes e dos poderosos como atributo 16. Acerca das opções do autor no que se refere à
inerente ao papel do advogado.”, o termo organização dos enunciados, assinale a alternativa
destacado sinaliza a introdução de um novo correta.
tópico, que certamente se contrapõe ao anterior. A) No trecho: “Num mundo e numa época em que
se perdem os referenciais éticos”, o segmento
Estão corretas: destacado funciona como o complemento direto
A) 1, 2, 3 e 4. do verbo ‘perder’.
B) 1 e 2, apenas. B) No trecho: “Esquecem-se essas nações que o
C) 2 e 4, apenas. imperialismo político e econômico é talvez a mais
D) 3 e 4, apenas. grave violação dos Direitos Humanos.”, o autor
E) 1 e 3, apenas. optou por seguir a ordem canônica da língua
portuguesa, com anteposição do sujeito ‘essas
14. No que se refere às escolhas lexicais do autor do nações’.
Texto 2, é correto afirmar que: C) No segmento destacado do trecho: “Os Direitos
Humanos que propomos aos jovens como “opção
A) No trecho: “alunos de hoje que se preparam para de vida” não são, obviamente, os Direitos
um dia servir ao Direito, como advogados ou
Humanos dos poderosos da Terra, dos que
mesmo noutros misteres ligados ao mundo
fazem dessa causa um instrumento da mentira.”,
jurídico”, o segmento destacado equivale
o autor optou por deixar elíptica a expressão ‘os
semanticamente a ‘em outros lugares’.
Direitos Humanos’.
B) A seleção do termo destacado no trecho: “A
D) No trecho: “as vertentes acabam por encontrar-se
“cultura de massa” inocula o apreço “seletivo”
e os militantes hão de comungar as mesmas
pela dignidade humana” revela a preferência do
lutas.”, o autor optou pelo uso do verbo ‘haver’,
autor pela utilização do jargão típico da área do
mas, neste caso, a opção pelo verbo ‘existir’ seria
Direito.
igualmente coerente.
C) Ao utilizar os termos destacados no trecho:
E) No trecho: “Não tema o advogado contrariar
“Preferimos buscar noutras fontes a seiva dos
juízes, desembargadores ou ministros.”, a opção
Direitos Humanos”, o autor optou pelo sentido
pelo modo imperativo reforça a ironia pretendida
denotativo das palavras.
pelo autor.
D) No trecho: “as vertentes acabam por encontrar-se
e os militantes hão de comungar as mesmas
lutas.”, a palavra destacada tem o mesmo sentido 17. Em cumprimento às regras vigentes de ortografia, a
de ‘compartilhar’. palavra ‘ética’ deve ser grafada com acento gráfico.
E) No trecho: “Aprendi Direitos Humanos Segundo essas mesmas regras, a única palavra
irmanando-me aos oprimidos”, o autor selecionou incorretamente grafada é:
um termo do discurso religioso para significar A) biopsia.
‘sobrepujando-me’. B) maquinaria.
C) pudica.
D) ínterim.
E) rúbrica.
18. Como se sabe, os sinais de pontuação são recursos 19. Uma informação implícita no Texto 3 é:
de que dispõe o escritor para garantir a coerência do
texto e para alcançar certos efeitos de sentido. A) os políticos do Estado de São Paulo são menos
Assinale, dentre as alternativas abaixo, aquela em que éticos que os do restante do país.
o uso dos sinais de pontuação causa diferença no B) a falta de ética na Política e a pobreza guardam
sentido global dos pares de enunciados. entre si uma relação de causa e efeito.
C) a parcela da população mais afetada pela falta de
A) Em outras palavras: só algumas pessoas têm ética é a das crianças de rua.
direito de serem respeitadas como pessoas. D) a inclusão da ética na vida pública brasileira
Em outras palavras, só algumas pessoas têm garantirá o fim da pobreza.
direito de serem respeitadas como pessoas. E) é exclusivo da OAB de São Paulo o dever de
B) Esquecem-se essas nações que o imperialismo exigir ética a todos os políticos do país.
político e econômico é talvez a mais grave
violação dos Direitos Humanos. 20. Analise o que se afirma a seguir, acerca de elementos
Esquecem-se, essas nações, que o imperialismo linguísticos do Texto 3.
político e econômico é talvez a mais grave
violação dos Direitos Humanos. 1) No enunciado: “Político, olha a falta que a ética
C) Os Direitos Humanos que propomos aos jovens faz.”, o vocativo indica, enfaticamente, que o
como “opção de vida” não são, obviamente, os público-alvo do texto restringe-se aos políticos.
Direitos Humanos dos poderosos da Terra. 2) No trecho: “participe da campanha pela ética que
Os Direitos Humanos que propomos aos jovens a OAB-SP está lançando”, o segmento destacado
como “opção de vida” não são obviamente os tem valor restritivo.
Direitos Humanos dos poderosos da Terra. 3) No trecho: “Porque quando falta ética na política,
D) Nosso segundo ponto lembra que o advogado falta (...), falta (...), falta (...), falta (...), falta (...) e
salvaguarda o contraditório, isto é, o embate de sobra abandono.”, a repetição do verbo ‘faltar’ é
teses e provas que se defrontam perante o juiz. proposital, e tem a função de reiterar a ideia de
Nosso segundo ponto lembra que o advogado ‘carência’.
salvaguarda o contraditório, isto é, o embate de 4) A imagem é parte fundamental do texto e
teses e provas, que se defrontam perante o juiz. colabora decisivamente para que os efeitos de
E) Já Sêneca percebeu a necessidade do sentido seja alcançados.
contraditório quando afirmou que “quando o juiz,
após ouvir somente uma das partes, sentencia, Estão corretas:
talvez seja a sentença justa. Mas justo não será o A) 1, 2 e 3, apenas.
juiz”. B) 1, 2 e 4, apenas.
C) 1, 3 e 4, apenas.
TEXTO 3 D) 2, 3 e 4, apenas.
E) 1, 2, 3 e 4.

Direito Constitucional

21. Sobre aplicação e hermenêutica constitucional, analise


as afirmações abaixo.
1) As normas definidoras dos direitos e garantias
fundamentais têm aplicação imediata.
2) Segundo o princípio da máxima efetividade,
deve-se atribuir a uma norma constitucional o
sentido que maior eficácia lhe conceda.
3) Segundo a interpretação conforme a
Constituição, no caso de normas com várias
significações possíveis, deverá ser encontrada a
significação que apresente conformidade com as
normas constitucionais, evitando sua declaração
de inconstitucionalidade e consequente retirada
do ordenamento jurídico.
4) Em se tratando de conflito de princípios, a
Se você é político ou trabalha com política,
participe da campanha pela ética que a OAB-SP solução não se dará por meio da declaração de
está lançando. Porque quando falta ética na invalidade de um deles, mas de ponderação.
política, falta casa para morar, falta educação,
falta segurança, falta emprego, falta comida no
prato de uma criança e sobra abandono. Estão corretas:
Cartaz do Movimento pela Ética na Política, promovido pela OAB-Indaiatuba. A) 1, apenas.
Disponível em:http://historiavermelha.blogspot.com/2008/04/tica-e-cidadania- B) 2 e 3, apenas.
se-aprende-na-escola.html. Acesso em 03/02/2010. Adaptado.
C) 1 e 4, apenas.
D) 2, 3 e 4, apenas.
E) 1, 2, 3 e 4.
22. São princípios que regem a República Federativa do E) é garantida a irredutibilidade do salário, salvo o
Brasil nas suas relações internacionais, EXCETO: disposto em convenção ou acordo coletivo.

A) os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.


B) igualdade entre os Estados. 26. Sobre a competência privativa do Presidente da
C) repúdio ao terrorismo e ao racismo. República, analise as afirmações abaixo.
D) cooperação entre os povos para o progresso da 1) Compete privativamente ao Presidente da
humanidade. República sancionar, promulgar e fazer publicar
E) concessão de asilo político. as leis, bem como expedir decretos e
regulamentos para sua fiel execução.
23. Sobre os direitos e deveres individuais e coletivos na 2) Compete privativamente ao Presidente da
Constituição Federal de 1988, é correto afirmar que: República celebrar a paz, independentemente de
autorização ou referendo do Congresso Nacional.
A) a casa é asilo inviolável do indivíduo, jamais 3) Compete privativamente ao Presidente da
podendo alguém nela penetrar sem República decretar o estado de defesa e o estado
consentimento do morador. de sítio.
B) não haverá pena de morte em nenhuma hipótese. 4) Compete privativamente ao Presidente da
C) os direitos e garantias expressos na Constituição República celebrar tratados, convenções e atos
não excluem outros decorrentes do regime e dos internacionais, sujeitos a referendo do Congresso
princípios por ela adotados, ou dos tratados Nacional.
internacionais de que a República Federativa do
Brasil seja parte. Estão corretas, apenas:
D) a todos é assegurada a obtenção de certidões A) 1 e 2.
em repartições públicas, para defesa de direitos e B) 2 e 3.
esclarecimento de situações de interesse C) 1, 3 e 4.
pessoal, mediante o pagamento de taxa. D) 2 e 4.
E) não será concedida extradição de estrangeiro, E) 3 e 4.
ressalvados os casos de crime político.
27. Sobre o Poder Legislativo, é correto afirmar que:
24. Sobre as garantias constitucionais na Constituição
Federal de 1988, é correto afirmar que: A) o Senado Federal compõe-se de representantes
do povo, eleitos pelo sistema proporcional, em
A) conceder-se-á mandado de segurança sempre cada Estado, em cada Território e no Distrito
que alguém sofrer ou se achar ameaçado de Federal.
sofrer violência ou coação em sua liberdade de B) a Câmara dos Deputados compõe-se de
locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder. representantes dos Estados e do Distrito Federal,
B) o mandado de segurança coletivo pode ser eleitos segundo o princípio majoritário.
impetrado por partido político com representação C) não perderá o mandato o Deputado ou Senador
no Congresso Nacional; e organização sindical, que perder ou tiver suspensos os direitos
entidade de classe, ou associação legalmente políticos.
constituída e em funcionamento há pelo menos D) as Comissões Parlamentares de Inquérito não
um ano, em defesa dos interesses de seus têm poderes de investigação próprios das
membros ou associados. autoridades judiciais.
C) conceder-se-á habeas-data sempre que a falta de E) a Câmara dos Deputados e o Senado Federal, ou
norma regulamentadora torne inviável o exercício qualquer de suas Comissões, poderão convocar
dos direitos e liberdades constitucionais e das Ministro de Estado ou quaisquer titulares de
prerrogativas inerentes à nacionalidade, à órgãos diretamente subordinados à Presidência
soberania e à cidadania. da República para prestarem, pessoalmente,
D) o Estado prestará assistência jurídica integral e informações sobre assunto previamente
gratuita a todos os cidadãos. determinado, importando em crime de
E) são gratuitas as ações de mandado de responsabilidade a ausência sem justificação
segurança. adequada.

25. Sobre os direitos sociais na Constituição Federal de 28. São órgãos do Poder Judiciário, EXCETO:
1988, é correto afirmar que:
A) o Conselho Nacional de Justiça.
A) é garantido salário nunca inferior ao mínimo, a B) os Tribunais e Juízes do Trabalho.
não ser para os que percebem remuneração C) o Tribunal de Contas da União.
variável. D) os Tribunais e Juízes Eleitorais.
B) é proibido o trabalho noturno, perigoso ou E) os Tribunais e Juízes Militares.
insalubre a menores de dezesseis anos, e de
qualquer trabalho a menores de catorze anos,
salvo na condição de aprendiz, a partir de doze
anos.
C) o trabalhador tem assegurado o seguro-
desemprego, sempre que ficar desempregado.
D) não há garantia constitucional à igualdade de
direitos entre o trabalhador com vínculo
empregatício permanente e o trabalhador avulso.
29. Sobre o controle de constitucionalidade no Brasil, é 33. Sobre os princípios da Administração Pública, assinale
correto afirmar que: a alternativa correta.
A) cabe ao Supremo Tribunal Federal julgar ação A) O ato administrativo discricionário fere o princípio
direta de inconstitucionalidade de lei ou ato da legalidade.
normativo municipal. B) Qualquer pessoa pode, sem necessidade de
B) cabe ao Supremo Tribunal Federal julgar ação justificar seu interesse, ter acesso a informações
declaratória de constitucionalidade de lei ou ato do interesse particular de outra pessoa, tendo em
normativo federal ou estadual. vista o princípio da publicidade.
C) as decisões definitivas de mérito, proferidas pelo C) A proibição do nepotismo atende ao princípio da
Supremo Tribunal Federal, nas ações diretas de moralidade.
inconstitucionalidade e nas ações declaratórias D) A decadência do direito da Administração de
de constitucionalidade produzirão eficácia contra rever atos favoráveis ao administrado de boa-fé,
todos e efeito vinculante, relativamente aos após certo tempo, é manifestação do princípio da
demais órgãos do Poder Judiciário e à autotutela.
administração pública direta e indireta, nas E) Segundo o princípio da legalidade, a
esferas federal, estadual e municipal. Administração pode fazer tudo o que a lei não
D) cabe ao Procurador-Geral da República defender proíbe.
o ato ou texto impugnado, quando o Supremo
Tribunal Federal apreciar a inconstitucionalidade, 34. A morte de um servidor público, que tem por efeito a
em tese, de norma legal ou ato normativo. vacância do cargo por ele ocupado, configura um:
E) não existe controle preventivo de
constitucionalidade no Brasil. A) ato da administração.
B) fato administrativo.
30. Sobre as Funções Essenciais à Justiça, é correto C) ato administrativo.
afirmar que: D) contrato administrativo.
E) ato de direito privado.
A) o exercício da advocacia pública se insere nas
funções essenciais à Justiça, mas não o da 35. São elementos dos atos administrativos, EXCETO:
advocacia privada.
B) o Ministério Público é submetido ao Ministério da A) competência.
Justiça, o qual deverá propor ao Poder B) objeto.
Legislativo a criação e extinção de seus cargos e C) forma.
serviços auxiliares. D) hierarquia.
C) é função institucional da Defensoria Pública E) finalidade.
defender judicialmente os direitos e interesses
das populações indígenas. 36. Sobre as características (ou atributos) dos atos
D) o Ministério Público é instituição permanente, administrativos, analise as proposições abaixo.
essencial à função jurisdicional do Estado,
incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do 1) A imperatividade implica que os atos
regime democrático e dos interesses sociais e administrativos podem ser postos em execução
individuais indisponíveis. pela própria Administração Pública, sem
E) ao membro do Ministério Público é assegurada necessidade de intervenção do Poder Judiciário.
vitaliciedade imediata, e não pode perder o cargo 2) A autoexecutoriedade implica que os atos
senão por sentença judicial transitada em administrativos se impõem a terceiros,
julgado. independentemente de sua concordância.
3) A presunção de legitimidade implica que os atos
administrativos consideram-se emitidos com
observância da lei até prova em contrário.
Direito Administrativo
Estão corretas:
31. São princípios constitucionais da administração A) 1, apenas.
pública, EXCETO: B) 2, apenas.
A) legalidade. C) 3, apenas.
B) indisponibilidade. D) 1 e 2, apenas.
C) moralidade. E) 1, 2 e 3.
D) publicidade.
E) eficiência.

32. São princípios doutrinários da administração pública:


A) supremacia do interesse público, continuidade
dos serviços públicos e segurança jurídica.
B) autotutela, discricionariedade e moralidade.
C) vinculação, tipicidade e legalidade.
D) controle jurisdicional, eficiência e especialidade.
E) publicidade, razoabilidade e proporcionalidade.
37. Sobre a classificação dos atos administrativos, E) O declarante não poderá entregar cópia da
assinale a alternativa correta. declaração anual de bens apresentada à
Delegacia da Receita Federal na conformidade
A) A livre exoneração de um servidor ocupante de da legislação do Imposto sobre a Renda e
cargo comissionado é exemplo de um ato Proventos de qualquer natureza, em substituição
vinculado. à declaração de bens.
B) Atos de gestão são aqueles praticados pela
Administração com todas as prerrogativas e os
privilégios de autoridade impostos unilateral e 40. Sobre improbidade administrativa (Lei nº 8.429/92),
coercitivamente ao particular. assinale a alternativa correta.
C) Uma licença para construção, concedida a um A) Se alguém faz uma representação à autoridade
particular, é exemplo de um ato geral. administrativa, para que apure denúncia de
D) Atos simples são os que decorrem da declaração improbidade, e essa representação é rejeitada
de vontade de um único órgão, seja ele singular por ausência de alguma formalidade exigida na
ou colegiado. lei, ela não poderá ser levada ao Ministério
E) Ato enunciativo é aquele pelo qual a Público.
Administração cria, modifica ou extingue um B) É permitida a transação, o acordo ou a
direito ou uma situação do administrado. conciliação nas ações judiciais de improbidade
administrativa.
38. Sobre a extinção dos atos administrativos, assinale a C) É facultada a intervenção do Ministério Público
alternativa correta. como fiscal da lei, quando não atuar no processo
como parte.
A) Na renúncia, o ato se extingue, por razões de D) A perda da função pública e a suspensão dos
oportunidade e conveniência da Administração. direitos políticos só se efetivam com o trânsito em
B) Na revogação, o ato se extingue, porque o julgado da sentença condenatória.
próprio beneficiário abriu mão de uma vantagem E) A aplicação de sanções por improbidade
de que desfrutava. administrativa depende da efetiva ocorrência de
C) Na cassação, o ato se extingue, porque está dano ao patrimônio público.
eivado de ilegalidade.
D) Na invalidação ou anulação, o ato se extingue,
porque o destinatário descumpriu condições que
deveriam permanecer atendidas, a fim de poder
continuar desfrutando da situação jurídica. Direito Civil
E) Na caducidade, o ato se extingue, porque
sobreveio norma jurídica que tornou inadmissível
a situação antes permitida pelo direito e 41. Sobre a aplicação da lei, é correto afirmar que:
outorgada pelo ato precedente. A) salvo disposição contrária, a lei começa a vigorar
em todo o País 45 (quarenta e cinco) dias depois
39. Sobre a declaração de bens dos agentes públicos, de oficialmente promulgada.
conforme a lei de improbidade administrativa B) não se destinando à vigência temporária, a lei
(Lei nº 8.429/92), assinale a alternativa incorreta. terá vigor até que outra a modifique ou revogue,
exceto no caso de lei ineficaz.
A) A posse e o exercício de agente público ficam C) ninguém pode escusar-se de cumprir a lei
condicionados à apresentação de declaração dos alegando que não a conhece.
bens e valores que compõem o seu patrimônio D) quando a lei for omissa, o juiz decidirá o caso de
privado, a fim de ser arquivada no Serviço de acordo com a analogia, os costumes, os
Pessoal competente. princípios gerais de direito e o bom senso.
B) A declaração compreenderá imóveis, móveis, E) na aplicação da lei, o juiz atenderá aos fins
semoventes, dinheiro, títulos, ações e qualquer sociais e políticos a que ela se dirige e às
outra espécie de bens e valores patrimoniais, exigências do bem comum.
localizados no País ou no exterior, e, quando for
o caso, abrangerá os bens e valores patrimoniais
do cônjuge ou companheiro, dos filhos e de 42. São considerados incapazes, relativamente a certos
outras pessoas que vivam sob a dependência atos, ou à maneira de os exercer, EXCETO:
econômica do declarante, excluídos apenas os A) os maiores de dezesseis anos.
objetos e utensílios de uso doméstico. B) os ébrios habituais.
C) A declaração de bens será anualmente C) os viciados em tóxicos.
atualizada, e na data em que o agente público D) os excepcionais, sem desenvolvimento mental
deixar o exercício do mandato, cargo, emprego completo.
ou função. E) os que, mesmo por causa transitória, não
D) Será punido com a pena de demissão, a bem do puderem exprimir sua vontade.
serviço público, sem prejuízo de outras sanções
cabíveis, o agente público que se recusar a
prestar declaração dos bens, dentro do prazo
determinado, ou que a prestar falsa.
43. Sobre o instituto da ausência, é incorreto afirmar que: 48. Estão sujeitos à curatela, EXCETO:
A) declarada a ausência, o juiz nomeará um curador A) os pródigos.
para administrar os bens do ausente. B) os excepcionais sem completo desenvolvimento
B) o cônjuge do ausente, sempre que não esteja mental.
separado judicialmente, ou de fato por mais de C) os deficientes mentais, os ébrios habituais, os
dois anos antes da declaração da ausência, será silvícolas e os viciados em tóxicos.
o seu legítimo curador. D) aqueles que, por enfermidade ou deficiência
C) na falta do cônjuge, a curadoria dos bens do mental, não tiverem o necessário discernimento
ausente incumbe aos descendentes. para os atos da vida civil.
D) decorrido um ano da arrecadação dos bens do E) aqueles que, por outra causa duradoura, não
ausente, ou se ele deixou representante ou puderem exprimir a sua vontade.
procurador, em se passando três anos, poderão
os interessados requerer que se declare a 49. Com relação à união estável, é incorreto afirmar que:
ausência e se abra provisoriamente a sucessão.
E) dez anos depois de passada em julgado a A) pode haver união estável entre uma pessoa
sentença que concede a abertura da sucessão casada e outra solteira, desde que a primeira
provisória, poderão os interessados requerer a esteja separada de fato ou judicialmente.
sucessão definitiva e o levantamento das B) na união estável os companheiros obedecerão
cauções prestadas. aos deveres de lealdade e assistência mútua.
C) a união estável pode ser convertida em
44. São pessoas jurídicas de direito privado, EXCETO: casamento, bastando requerimento dos
companheiros.
A) as associações. D) na união estável aplica-se o regime da comunhão
B) os condomínios de edifícios. universal de bens.
C) as fundações. E) o reconhecimento da união estável, entre o
D) as organizações religiosas. homem e a mulher, exige convivência pública,
E) os partidos políticos. contínua e duradoura.

45. É anulável o casamento, EXCETO: 50. Sobre os direitos da personalidade, é incorreto afirmar
que:
A) de quem não completou a idade mínima para
casar. A) são direitos inerentes à pessoa humana.
B) do menor em idade núbil, quando não autorizado B) estão ligados ao titular, de maneira perpétua e
por seu representante legal. permanente.
C) por infringência de impedimento. C) possuem conteúdo extrapatrimonial.
D) do incapaz de consentir ou manifestar, de modo D) o direito de propriedade pode ser identificado
inequívoco, o consentimento. como uma das expressões do direito de
E) por incompetência da autoridade celebrante. personalidade.
E) constituem-se em direitos inalienáveis e
46. Sobre o regime de bens no casamento, é correto irrenunciáveis.
afirmar que:
A) não é admissível alteração do regime de bens
após o casamento.
B) na constância do casamento, cada cônjuge
Direito Processual Civil
mantém a titularidade e a livre administração de
seu patrimônio próprio.
C) o regime legal de bens do casamento é o da
51. São elementos requeridos na petição inicial, conforme
as exigências do artigo 282 do Código de Processo
comunhão universal.
Civil, EXCETO:
D) o regime de comunhão universal não é admitido
para pessoa maior de cinquenta e cinco anos. A) o nome do juiz ou do tribunal, a que é dirigida.
E) o pacto antenupcial não poderá dispor a respeito B) o fato e os fundamentos jurídicos do pedido.
do regime de bens de pessoas maiores de C) o valor da causa.
cinquenta e cinco anos. D) o requerimento para citação do réu.
E) os artigos que devem fundamentar a propositura
47. O prazo de prescrição do crédito alimentar, de acordo da ação.
com o novo Código Civil, é de:
A) 1 ano.
B) 2 anos.
C) 3 anos.
D) 4 anos.
E) 5 anos.
52. Sobre a ação de reconvenção, é correto afirmar que: 57. Sobre as provas, assinale a alternativa correta.
A) extinta a ação principal, extingue-se a A) A prova emprestada não necessita que seja
reconvenção. submetida ao contraditório no processo para o
B) trata-se de um incidente processual. qual é trazida.
C) nela, não se discute sobre matéria de mérito. B) Nem todos os fatos incontroversos independem
D) deve ser apresentada simultaneamente à entrega de prova.
da contestação. C) A inspeção judicial somente pode ocorrer antes
E) é cabível no procedimento sumário. da audiência de instrução.
D) A prova pericial deve anteceder a audiência de
53. Em relação aos prazos, é correto afirmar que: instrução.
E) A confissão do réu impõe a procedência do
A) o prazo para contestar uma ação ordinária é de pedido da ação.
15 dias, descabendo qualquer tipo de
prorrogação praticada pelo juiz da causa. 58. Com relação ao instituto das provas no Processo Civil
B) a superveniência de férias não suspende o curso brasileiro, é incorreto afirmar que:
do prazo.
C) podem as partes do processo, de comum acordo, A) em regra o ônus da prova incumbe ao autor
por motivo legítimo, reduzir ou prorrogar o prazo quanto ao fato constitutivo do seu direito.
dilatório, desde que requerida antes do B) independem de prova os fatos afirmados por uma
vencimento do prazo. parte e confessados pela parte contrária.
D) computar-se-á em quádruplo o prazo para C) salvo disposição especial em contrário, as provas
contestar e em dobro para recorrer quando a devem ser produzidas em audiência.
parte for a Fazenda Pública ou Empresa Pública D) é lícito às partes, em qualquer tempo, porém
ou o Ministério Público. antes da sentença de mérito, juntar documentos
E) não havendo preceito legal nem assinação pelo novos.
juiz, será de 5 (cinco) dias o prazo para a prática E) o juiz pode, em qualquer fase do processo,
de ato processual a cargo da parte. inspecionar pessoalmente pessoas ou coisa,
quando reputar conveniente para compreensão
54. Em relação à competência, assinale a alternativa dos fatos narrados pelas partes no processo.
incorreta.
59. Sobre as ações cautelares típicas, é incorreto afirmar
A) compete exclusivamente ao juiz de direito que:
processar e julgar o processo de insolvência.
B) a ação fundada em direito pessoal e a ação A) o arresto tem lugar quando o devedor sem
fundada em direito real sobre bens móveis serão domicílio certo intenta ausentar-se ou alienar os
propostas, em regra, no foro do domicílio do réu. bens que possui, ou deixa de pagar a obrigação
C) a ação em que o incapaz for réu se processará no prazo estipulado.
no foro do domicílio de seu representante. B) a ação de sequestro tem cabimento para
D) as ações em que o ausente for réu correm no apreender bens móveis e semoventes, ficando
foro de seu último domicílio. fora de seu alcance a apreensão de bens
E) o foro da Capital do Estado ou do Território é o imóveis, em razão da própria natureza desse
competente para as causas em que a União e bem.
Empresas Públicas forem autoras, rés ou C) a ação cautelar de caução pode ser real ou
intervenientes. fidejussória.
D) na ação de busca e apreensão o juiz pode
55. Não é matéria para se arguir em preliminar da decretar a apreensão de pessoas.
contestação: E) a produção antecipada de prova pode consistir
em interrogatório da parte, inquirição de
A) incompetência absoluta. testemunhas e exame pericial.
B) perempção.
C) quitação. 60. Sobre a exceção de incompetência relativa, é correto
D) coisa julgada. afirmar que:
E) litispendência.
A) o incidente é processado em preliminar de
56. A petição inicial será considerada inepta, EXCETO contestação.
quando: B) deve ser oferecida no prazo de 10 dias, contado
do fato que ocasionou a incompetência.
A) lhe faltar pedido ou causa de pedir. C) sendo recebida a exceção, o processo ficará
B) da narração dos fatos não decorrer logicamente a suspenso, mas voltará a correr após 30 dias, sem
conclusão. que ainda não exista pronunciamento final sobre
C) o pedido for juridicamente impossível. a exceção.
D) não constar a qualificação das partes. D) o juiz poderá indeferir a petição inicial da
E) contiver pedidos incompatíveis entre si. exceção, quando manifestamente improcedente.
E) nela não se admite produção de prova
testemunhal, devendo a prova ser pré-
constituída.
Direito Penal 65. Quanto à relevância penal da omissão, é correto
afirmar que:
A) o omissão é penalmente irrelevante, uma vez que
61. A Constituição Federal prevê que “nenhuma pena não há nenhuma ação a ser valorada.
passará da pessoa do condenado, podendo a B) quem, com seu comportamento anterior, criou o
obrigação de reparar o dano e a decretação de risco da ocorrência do resultado pode licitamente
perdimento de bens ser, nos termos da lei, estendidas se omitir, não havendo dever de agir.
aos sucessores e contra ele executadas, até o limite C) quem tenha por lei obrigação de cuidado,
do valor do patrimônio transferido”. Tal preceito proteção e vigilância assume a posição de
manifesta: garante, podendo ser responsabilizado
A) o princípio da irretroatividade da lei penal. penalmente pelo resultado, ainda que tenha
B) o princípio da humanidade das penas. apenas se omitido.
C) o princípio da individualização das penas. D) o garante não pode cometer crime omissivo
D) o princípio da reserva legal. impróprio.
E) o princípio da intranscendência das penas. E) segundo o Código Penal, quando o agente devia
e podia agir, mas não o faz, haverá apenas
responsabilidade por crime comissivo.
62. Acerca da aplicação da lei penal, assinale a alternativa
incorreta.
66. Considerando o regramento do concurso de pessoas,
A) Lei posterior, que de qualquer modo favoreça o assinale a alternativa incorreta.
agente, aplica-se aos fatos anteriores, ainda que
decidida por sentença condenatória transitada em A) Não se comunicam as circunstâncias e as
julgado. condições de caráter pessoal, salvo quando
B) A lei excepcional ou temporária, uma vez elementares do crime.
decorrido o período de sua duração ou cessadas B) Se o crime chega a ser tentado, pode ser punível
as circunstâncias que a determinaram, não se a instigação e o auxílio.
aplica ao fato praticado durante sua vigência. C) Se um dos concorrentes quis participar de crime
C) Crime praticado contra o patrimônio de Município menos grave, ser-lhe-á aplicada a pena deste,
fica sujeito à lei brasileira, ainda que cometido no caso não tenha sido previsível o resultado mais
estrangeiro. grave.
D) Nos prazos penais, o dia do começo inclui-se no D) A participação, ainda que de menor importância,
cômputo. não diminui a pena.
E) Considera-se praticado o crime no momento da E) A existência de liame subjetivo entre os agentes
ação ou omissão, ainda que outro seja o é elemento do concurso de pessoas.
momento do resultado.
67. Não se configura como pena restritiva de direito:
63. Após adentrar em loja com a intenção de praticar um A) perda de bens e valores.
furto, João percebe a presença de câmeras de B) detenção.
segurança monitorando o ambiente, e, por medo, C) prestação pecuniária.
decide não levar adiante sua intenção e deixar o local D) prestação de serviço à comunidade ou a
sem cometer o crime. É correto afirmar que, na entidades públicas.
hipótese, ocorreu: E) limitação de fim de semana.
A) arrependimento posterior.
B) arrependimento eficaz. 68. Sobre os crimes contra a vida, analise as proposições
C) furto tentado. a seguir.
D) crime impossível.
E) desistência voluntária. 1) O homicídio privilegiado não se confunde com o
homicídio qualificado.
2) O infanticídio é crime praticado pela mãe contra o
64. Sobre a imputabilidade penal, assinale a alternativa próprio filho, independentemente da influência do
correta. estado puerperal.
A) O Código Penal adota, ao lado de outros critérios, 3) Terceiro só pode responder por aborto se o
o aspecto biológico para a configuração da praticar sem o consentimento da gestante.
imputabilidade penal.
B) É isento de pena o agente que, em virtude de Está(ão) correta(s):
desenvolvimento mental incompleto, não era A) 1, apenas.
inteiramente capaz de entender o caráter ilícito B) 2, apenas.
do fato ou de determinar-se de acordo com esse C) 3, apenas.
entendimento. D) 1 e 2, apenas.
C) A paixão e a emoção excluem a imputabilidade E) 1, 2 e 3.
penal.
D) A pena pode ser majorada na hipótese de
embriaguez completa proveniente de caso fortuito
69. Diz-se que o furto é qualificado quando é cometido:
ou força maior. A) mediante concurso de duas ou mais pessoas.
E) A imputabilidade penal é conceito estranho à B) por motivo torpe.
culpabilidade, ligando-se apenas à tipicidade. C) com violência ou grave ameaça.
D) por motivo fútil.
E) não há previsão legal de furto qualificado.
70. Para a configuração do crime de atentado violento ao 75. Sobre prisão e liberdade provisórias, analise as
pudor, é necessário: proposições abaixo.
A) que a vítima tenha menos de 18 anos de idade. 1) De acordo com o Código de Processo Penal,
B) que a vítima seja mulher. quando houver prova da existência e indício
C) que o ato libidinoso praticado seja diverso da suficiente de autoria, a prisão preventiva poderá
conjunção carnal. ser decretada por conveniência da instrução
D) que seja empregada a violência, não bastando a criminal.
grave ameaça. 2) O despacho que decretar a prisão preventiva
E) que a vítima seja induzida à prática libidinosa deverá, obrigatoriamente, ser fundamentado, o
mediante fraude. que não ocorre com o despacho que
simplesmente a denegar.
3) O Código de Processo Penal prevê hipótese de
concessão de fiança pela própria autoridade
Direito Processual Penal policial.

Está(ão) correta(s):
71. Considerando os princípios constitucionais aplicáveis
ao processo penal, assinale a alternativa correta. A) 1, 2 e 3.
B) 1 e 2, apenas.
A) O preso será informado de seus direitos, sendo-
C) 2, apenas.
lhe assegurada a assistência da família e de
D) 1 e 3, apenas.
advogados, mas não lhe é conferido o direito ao
E) 2 e 3, apenas.
silêncio.
B) Só poderá haver prisão por ordem escrita e
fundamentada de autoridade judiciária 76. Acerca da denúncia e da queixa, é incorreto afirmar
competente. que:
C) São admissíveis, no processo, quaisquer meios
A) a denúncia ou queixa conterá a exposição do fato
de prova, mesmo que obtidas ilicitamente.
criminoso, com todas as suas circunstâncias, a
D) O preso tem direito à identificação dos
qualificação do acusado ou esclarecimentos
responsáveis por seu interrogatório policial.
pelos quais se possa identificá-lo, a classificação
E) A prisão de qualquer pessoa será comunicada
do crime e, quando necessário, o rol das
imediatamente ao juiz competente, mas não há
testemunhas.
previsão constitucional quanto à comunicação do
B) a queixa, ainda quando a ação penal for privativa
local onde o preso se encontre.
do ofendido, poderá ser aditada pelo Ministério
Público, a quem caberá intervir em todos os
72. É correto afirmar que o inquérito policial: termos subsequentes do processo.
C) o prazo para oferecimento da denúncia, estando
A) é procedimento judicial.
o réu preso, será de 15 dias, contados da data
B) só pode ser iniciado mediante requisição do
em que o órgão do Ministério Público receber os
Ministério Público ou do juiz.
autos do inquérito policial.
C) pode ser arquivado por decisão da autoridade
D) a renúncia ao exercício do direito de queixa, em
policial.
relação a um dos autores do crime, a todos se
D) deve ser concluído no prazo de 30 dias, se
estenderá.
estiver preso em flagrante o indiciado.
E) o perdão oferecido ao querelado não produzirá
E) comporta a realização de diligências a
efeitos se este expressamente o recusar.
requerimento do ofendido, a critério da autoridade
policial.
77. Sobre a atuação do Ministério Público, de acordo com
o que determina o Código de Processo Penal, é
73. A ação penal, quando a lei não determina
correto afirmar que:
expressamente de outro modo, será:
A) aos órgãos do Ministério Público se estendem, no
A) privada.
que Ihes for aplicável, as prescrições relativas à
B) pública incondicionada.
suspeição e aos impedimentos dos juízes.
C) pública condicionada.
B) cabe ao Ministério Público promover a ação penal
D) privada personalíssima.
pública, mas não fiscalizar a execução da lei.
E) pública subsidiária.
C) o Ministério Público não precisa ser ouvido
previamente sobre a admissão do assistente.
74. De acordo com o Código de Processo Penal, nas D) os órgãos do Ministério Público podem funcionar
hipóteses de ação penal pública condicionada, o nos processos em que o juiz ou qualquer das
direito de representação deverá, sob pena de partes for seu cônjuge, ou parente, consanguíneo
decadência, ser exercido no prazo de: ou afim, em linha reta ou colateral, até o terceiro
A) 12 meses, contados da data em que se vier a grau, inclusive.
saber quem é o autor do crime. E) o Ministério Público não pode dispensar o
B) 15 dias, contados da data da abertura do inquérito e, ainda assim, oferecer denúncia.
inquérito.
C) 30 dias, contados da data do fato.
D) 3 meses, contados da data do fato.
E) 6 meses, contados da data em que se vier a
saber quem é o autor do crime.
78. Considerando o disposto no Código de Processo
Penal, assinale a alternativa incorreta.
A) Na sentença, o juiz, sem modificar a descrição do
fato contida na denúncia ou queixa, poderá
atribuir-lhe definição jurídica diversa, ainda que,
em conseqüência, tenha de aplicar pena mais
grave.
B) Nos crimes de ação pública, o juiz poderá proferir
sentença condenatória, ainda que o Ministério
Público tenha opinado pela absolvição, bem
como reconhecer agravantes, embora nenhuma
tenha sido alegada.
C) A intimação do Ministério Público será pessoal.
D) Se o acusado, citado por edital, não comparecer,
nem constituir advogado, ficará suspenso o
processo, mas correrá normalmente o curso do
prazo prescricional.
E) Se o réu estiver preso, será pessoalmente citado.

79. Aplica-se o procedimento ordinário quando tiver por


objeto crime cuja sanção máxima cominada for:
A) inferior a 1 (um) ano de pena privativa de
liberdade.
B) inferior a 4 (quatro) anos de pena privativa de
liberdade.
C) igual ou superior a 2 (dois) anos de pena privativa
de liberdade.
D) inferior a 2 (dois) anos de pena privativa de
liberdade.
E) igual ou superior a 4 (quatro) anos de pena
privativa de liberdade.

80. De acordo com a alteração legal promovida pela Lei nº


11.689/08, no procedimento relativo aos crimes de
competência do Tribunal do Júri, o juiz, ao receber a
denúncia ou a queixa, ordenará a citação do acusado
para responder a acusação, por escrito, no prazo de:
A) 5 dias.
B) 10 dias.
C) 15 dias.
D) 8 dias.
E) 3 dias.