You are on page 1of 25

Acesse

o site: www.geracaodoreino.com.br







COMO E QUANDO ENSINAR SOBRE DEUS AOS
FILHOS?



















JACKELINE HAYASHI

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




Sumário

COISAS LOUCAS PARA CONFUNDIR AS SÁBIAS .......................................................... 4

O MILAGRE ................................................................................................................ 6

CONHECIMENTO É DIFERENTE DE RELACIONAMENTO ............................................... 8

COMO VOCÊ VÊ DEUS? ............................................................................................ 10

COMO DEVEMOS MOSTRAR DEUS PARA AS CRIANÇAS? .......................................... 12

APRESENTADO A DEUS ANTES MESMO DA CRIANÇA NASCER .................................. 17

APRESENTADO A DEUS DEPOIS DO NASCIMENTO .................................................... 20

COLOCANDO EM PRÁTICA ....................................................................................... 24

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




COISAS LOUCAS PARA CONFUNDIR AS SÁBIAS




Você pode estar lendo este livro porque ou acredita em Deus e quer

muito mostrar nosso lindo Deus para sua criança, ou você não acredita em

Deus e quer ver o que tenho a dizer sobre isso. Independente do caso,

espero que ao terminar de ler o livro você esteja encantado com Deus e

com muita vontade de fazer com que sua criança tenha experiências com

Ele.

Lembro quando eu pude experimentar a presença dEle pela primeira

vez. Eis a minha história: Eu tinha nove anos, meu irmão de sete anos

estava brincando com meu pai de bolinha de gude, quando o meu irmão

colocou uma bolinha na boca e se engasgou com ela.

Estávamos na igreja e lembro de escutar meu pai gritar e era um grito

desesperador. Todos correram para ver o que estava acontecendo. Meu pai

estava com meu irmão no colo, batendo em suas costas e meu irmão estava

com um olhar desesperado. Minha avó o pegou de cabeça para baixo e

continuavam tentando tirar a bolinha de sua garganta. Ninguém conseguia.

Lembro da minha mãe pegar meu irmão no colo e sair correndo com

ele pela rua. Duas esquinas depois havia um hospital. Saímos correndo atrás

dela, meu tio pegou o carro e parou na frente para que ela pudesse entrar.

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




Foram para o hospital e chegando lá eles foram avisados que não havia

material disponível para socorrer meu irmão. Pediram para leva-lo a outro

hospital próximo que já iriam avisar ao hospital da chegada dele. Neste

momento ele já estava ficando roxo e perdendo a consciência.

Minha mãe, meu pai, meu irmão e meu tio em um carro. Eu com

outras pessoas em outro carro. Ninguém falava nada, eu apenas escutava

orações. Todos estavam orando no carro. Depois ficamos sabendo que

todas as outras pessoas ficaram na igreja orando, intercedendo pelo meu

irmão.

Chegamos no hospital. Havia uma equipe esperando por ele.

Levaram-no direto para o centro cirúrgico. Neste momento minha mãe foi

impedida de entrar. Meu irmão havia perdido a consciência.

Lembro da minha mãe sentada na porta do centro cirúrgico chorando

muito e orando em voz alta. E ela dizia: Deus, foi o Senhor que deu o meu

filho, se o Senhor quiser tira-lo, me dê forças para suportar essa dor, mas

eu te peço, salva meu filho!!

Eu não conseguia chorar, não conseguia entender o tamanho da

seriedade da situação. Era como se eu não estivesse ali, era como se fosse

um filme, algo não parecia real.

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




O MILAGRE

Dez minutos depois o médico apareceu. Todos estavam

preocupadíssimos e já estavam preparados, esperando a pior resposta.

Minha mãe estava já de pé em frente do médico para receber a notícia.

Parece que naquele momento o silêncio era absoluto para ouvir o que o

médico tinha a dizer. Então ouvimos ele dizer: Hoje aconteceu um milagre

aqui no hospital!! Seu filho está vivo e bem. Quando íamos iniciar o

procedimento, ele levantou, tossiu e cuspiu a bola. Ele não poderia fazer

isso sozinho! Ele estava inconsciente! Ele não tinha forças! Alguém o

levantou e o fez cuspir a bola de gude! Hoje teve um milagre! Seu filho é

fruto de um milagre!!

Todos começamos a chorar e abraçar uns aos outros! Logo em

seguida, a enfermeira trouxe meu irmão e todos corremos para vê-lo. Ele

estava bem! Estava tudo bem, graças a Deus.

Depois uma enfermeira veio contar que o filho de um outro médico

havia morrido com uma bola de gude uma semana antes! Eles todos

estavam impactados com o que havia acontecido.

Lembro do domingo seguinte, na igreja, o médico fez questão de ir lá

contar o que havia acontecido. Ele havia testemunhado um milagre, ele

passou a acreditar em Deus e no poder da oração após este evento!! E eu


Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br


também! Eu havia assistido minha mãe entregar meu irmão nas mãos de

Deus! Vê-la chorar e orar daquela maneira mexeu comigo! A fé dela mexeu

comigo!

Depois que tudo passou ela sempre falava para meu irmão que Deus

o havia salvado e que meu irmão tinha um grande chamado para cumprir.

Em tudo ela mostrava Deus.

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br





CONHECIMENTO É DIFERENTE DE RELACIONAMENTO

Minha mãe havia casado com uma pessoa que não temia a Deus.

Meu pai não era cristão e ela sofria com isso. Mas ela sempre dizia que eu

e meu irmão erámos presentes de Deus dentro daquele casamento. Que

Deus nos amava e que Ele tinha lindos planos para nós.

Deus para mim era alguém real, mas que eu nunca tinha tido a

oportunidade de experimentar. Até aquele dia em que meu irmão e toda

família havíamos experimentado um milagre!

Eu não lembro exatamente quando comecei a aprender sobre Deus,

assim como também eu não lembro como comecei a falar, nem como foi

aprender a andar, nem como foi aprender a dizer não...e tantas coisas que

nós sabemos que em algum momento aprendemos, mas não lembramos

destes momentos.

Acredito que erramos quando pensamos que as crianças precisam ter

maturidade ou um certo grau de consciência para apresentarmos Deus para

ela. Não estou me referindo a salvação, novo nascimento, conversão,

batismo nas águas, confissão de fé, ou qualquer outra nomenclatura que

quer usar para ter uma aliança eterna com Jesus Cristo, mas estou falando

da consciência e conhecimento da existência de Deus e da presença dEle.


Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br


Lembro que Deus para mim, sempre existiu porem não lembro como

aprendi. Mas sei que minha mãe sempre tinha e ainda tem muito temor de

Deus e queria passar esse mesmo temor para mim e para meu irmão.

Sim, eu lembro do dia que tomei uma decisão consciente de seguir a

Cristo, mas isso eu já fazia, apenas precisava tornar aquilo algo público. Foi

o dia que levantei a minha mão e fui até a frente, em um congresso de

adolescentes.

Hoje sou esposa e mãe de duas crianças lindas e que desde que

nasceram estão sendo apresentadas a Deus diariamente.

Antes de pensar em quando e como apresentar Deus para nossos

filhos, precisamos nos auto-avaliar e pararmos para pensar em como vemos

Deus e como vivemos nossa fé em Deus.

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




COMO VOCÊ VÊ DEUS?
Como você vê Deus? Jesus foi muito claro quando ele falava sobre

Deus. Ele sempre falava que ao olharmos para ele iríamos ver Deus Pai. Mas

para mim era difícil ver Deus como Jesus. Eu sempre via Deus como um ser

severo e pronto para castigar. Mas isso foi mudado a medida que minha

intimidade com Ele aumentava. Conhecer mais Jesus me fez ver Deus de

uma maneira completamente diferente. Conhecer Jesus me fez ter um

encontro com o verdadeiro Deus Pai. Conheça Jesus e você conhecerá

Deus!

”Se vós me tivésseis conhecido, conheceríeis também a meu Pai.

Desde agora o conheceis e tendes visto” Jo.14:7

Antes de sermos pais e mães, como cristãos, somos chamados para

sermos imitadores de Cristo, logo seremos imitadores de Deus! E se

entendemos que nossos filhos nos observam o tempo todo e estão a todo

momento nos imitando, automaticamente eles conhecerão a Deus através

da nossa vida, dos nossos atos e dos nossos hábitos.

As pessoas viam Deus através de Jesus porque ele estava

constantemente falando com Deus, ele estava constantemente mostrando

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




Deus através dos seus atos. Jesus era muito intencional em mostrar Deus e

honrá-lo.

“Portanto, sejam imitadores de Deus, como filhos amados, e vivam

em amor, como também Cristo nos amou e se entregou por nós como

oferta e sacrifício de aroma agradável a Deus.” Ef.5:1

E precisamos ter muito cuidado para nunca abandonarmos a verdade

de “FILHOS AMADOS”, pois tentar imitar Deus sem a perspectiva de filho

amado pode nos levar no sentido oposto que desejamos, e isso foi o que

aconteceu com Lúcifer.

“Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de

Deus exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas

extremidades do Norte; subirei acima das mais altas nuvens e serei

semelhante ao Altíssimo.” Is. 14:13 e 14

A consciência de que somos filhos amados e não órfãos é o primeiro

passo para a caminhada do conhecer a Deus. E esta caminhada nunca vai

ter fim, pois Deus tem infinitas facetas para serem conhecidas!

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




COMO DEVEMOS MOSTRAR DEUS PARA AS CRIANÇAS?
Existe uma palavra que deve estar em nossas mentes todos os dias

quando temos filhos: INTENCIONALIDADE. Precisamos ser intencionais com

nossos filhos se queremos que eles tenham experiências com Deus e vivam

uma vida plena.

Mas como podemos mostrar Deus se, muitas vezes, não entendemos

quem Deus é. Se este é o seu caso, vamos refletir um pouco quem Deus é,

ou observar alguns pontos importantes sobre Deus que precisam estar

claros na nossa mente e coração.

Vamos ver Salmos. 103:08-13

Versículos 8 – “O SENHOR e misericordioso e compassivo;

longânimo e assaz benigno”.

A palavra “Misericordioso” tem sua origem na palavra “racham” que

significa amar, amar profundamente, ter compaixão. Quantas vezes temos

oportunidade de demonstrarmos compaixão com o próximo e sermos

misericordiosos com alguém! Nestes momentos poderemos ensinar

nossos filhos a serem misericordiosos e compassivos com o próximo assim

como Deus é conosco.

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




A palavra “Compassivo” tem sua origem na palavra “chanan” que

significa ser gracioso, mostrar favor, ser piedoso. Muitas vezes precisamos

usar de muita piedade.

A palavra “Longânimo” é a palavra original “arek”, que significa

paciente, tardio em irar-se. Acredito que este é um dos pontos principais

quando falamos sobre filhos. Precisamos estar sempre cheios de paciência

e isso não significa ser passivo, mas paciente. E quanto mais pedimos por

paciência, mas Deus nos dá oportunidade de exercer paciência. Se você tem

uma criança hiperativa ou com comportamento difícil, agradeça a Deus a

oportunidade de você exercer a paciência!!!

“Assaz benigno” significa muito bom! “Benigno” é a palavra original

“checed” que significa bondade.

Versículo 9 – Não repreende perpetuamente, nem conserva para

sempre sua ira.

Até quando dura a ira do seu Deus? Até quando dura a sua ira para

com uma criança difícil?

Versículo 10. “Não nos trata segundo os nossos pecados nem nos

retribui consoante as nossas iniquidades”

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




Você associa as dificuldades da sua vida a algo errado que você fez?

Pois Deus não nos trata conforme os nossos pecados e nem nos retribui

conforme as nossas iniquidades (palavra original “avon”, que significa

perversidade, depravação, culpas...)!

E você? Como é o Deus que você reflete? Quando você se depara

com alguém difícil, você a retribui conforme as iniquidades dela ou

consegue pedir a Deus para vê-la com os olhos dEle? Consegue trazer

palavras de encorajamento e declarações de vida sobre ela? Você consegue

chamar a existências coisas que não existem na vida dos seus filhos?

11. “Pois quanto o céu se alteia acima da terra, assim é grande a

sua misericórdia para com os que o temem.”

Como vocês ensinam o amor de Deus? Você tem consciência de quão

grande amor Ele tem por nós? Quanta misericórdia Ele tem disponível para

aqueles que temem a Ele?

12. “Quanto dista o Oriente do Ocidente, assim afasta de nós as

nossas transgressões.”

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




Como vocês tem ensinado sobre o perdão? Como você tem visto o

perdão de Deus? Tem algo que você precisa perdoar a si mesmo? Tem algo

que você não consiga enxergar o perdão de Deus?

13. “Como um pai se compadece de seus filhos, assim o SENHOR se

compadece dos que o temem.”

“Compadecer” tem a mesma origem da palavra “misericordioso”,

que é “racham” significando amar profundamente, ter misericórdia

Você tem se perdoado? Tem algo em você que precisa que você se

perdoe? Pois Deus é compassivo!

LEMBRE-SE: O Deus que você conhece, será o Deus que você

mostrará!

Você vê um Deus distante que castiga e é severo? Você vê um Deus

presente em todas as horas, que te socorre quando você precisa, mas

também se alegra com você nas suas vitórias??

As crianças conhecerão o Deus que você apresenta! Não adianta falar

que Deus criou todas as coisas, que Deus ajuda e socorre, mas em um

problema ou dificuldade você fica angustiado e a todo momento falando

para as crianças sobre o dinheiro e a falta dele.

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




Quando algo acontece de errado já ficam aflitos e saem correndo

para pedir ajuda de outras pessoas. Como você reage a um problema?

Como você encara uma doença ou morte?

A forma como você reage a uma situação, será a forma como sua

criança reagirá! A forma como você ora, canta, adora, fala, conversa,

resolve problemas e os encara... Será como seu filho fará!! Busque em

primeiro lugar a Deus! Inclusive nas coisas bobas!

Algo se perdeu? A criança quer um brinquedo que não cabe no

orçamento da família? Orem e orem! Apresente a sua fé para seus filhos!!!

Isso serve para tudo! Seus filhos são como máquinas de copiar... Copiarão

seus atos, modos de pensar e a maneira como encaram a vida e o próximo!!

Ensine a sua criança a sempre pedir e falar tudo primeiro para Deus!

Em seus problemas, ensine a criança a pedir ajuda a Deus, traga versículos

para ela entender o que Deus já fez e o que Ele ainda faz!

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




APRESENTADO A DEUS ANTES MESMO DA CRIANÇA
NASCER


Temos dois momentos para apresentar Deus para nossos filhos:

antes de nascer e após seu nascimento.

O ideal é apresentar Deus para seu filho antes mesmo do nascimento

dele. Como? Então, ao pensar no nome para seu filho, procurar ouvir de

Deus qual o nome do seu filho, procurar uma história para este nome.

Quando engravidamos do Matheus, não tínhamos programado porque eu

tinha um problema para engravidar, então, depois de nove meses de

casados descobri que estava grávida.

Decidos que o nome dele seria Matheus, que significa “presente de

Deus”, pois ele tinha vindo como um presente. Levamos um susto, tivemos

de entregar a Deus a nossa situação pois financeiramente seria muito difícil,

mas Matheus realmente veio como um presente de Deus. E sempre

falávamos o significado do nome dele. Ele cresceu ouvindo o significado do

nome dele. E ele acha incrível até hoje. Sempre falamos para ele que Deus

tem grandes planos para ele, pois Deus quis que ele nascesse.

Se seu filho já nasceu e você não tinha entendimento disso e escolheu

aleatoriamente o nome do seu filho, peça a Deus para trazer a sua memória

porque você teve um filho, o que seu filho significa para você e para sua

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




vida. Peça a Deus verdades sobre sua família e lance fora as mentiras que

podem te perturbar. Deus é um Deus criador, ele pode te ajudar a uma

história impactante para contar para seu filho.

Minha mãe casou com um homem que não era temente a Deus, que

não entendia quem era Deus e não queria ter um relacionamento com ele,

mas ela sempre nos falava que Deus nos deu para ela como presentes em

meio a tribulação, que nós erámos a melhor parte de toda a história, que

ela não imaginava a vida dela sem a nossa presença. Isso me sustentou e

nunca duvidei da vontade que Deus tinha para o meu nascimento.

Meu nome é Jackeline e sempre perguntava porque eu tinha esse

nome, minha mãe sempre respondia que era o nome que meu pai queria

colocar. Até que um dia eu procurei o significado do meu nome, que

significa “aquela que supera”. Isso foi incrível! Entendi muitas situações na

minha vida e entendi que Deus me chamava para viver uma vida de

superação. Superar medos, mentiras, situações e doenças. Deus me ajudou

a entender a minha história através do meu nome.

Antes de nascer ore com ela ou ele no seu ventre, traga a atmosfera

celestial de adoração. Assim como meu marido, Lucas Hayashi, conversava

com Matheus enquanto estava no meu ventre, depois que nasceu, ele já

reconhecia a voz do Lucas. Por que? Porque já estava habituado a ouvir a

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




voz dele mesmo no ventre. A criança no ventre, sente, ouve e tem

experiências. Portanto traga de forma intencional a presença de Deus em

sua vida e saiba que a sua criança, mesmo no ventre estará experimentando

alguma coisa de Deus.

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




APRESENTADO A DEUS DEPOIS DO NASCIMENTO

Depois que nossos filhos nascem, precisamos trazer Deus vivo para

eles todos os dias, mesmo quando ainda bebês.

Bebês reconhecem a voz dos familiares, não é verdade? E se eles

forem capazes de reconhecerem a voz de Deus porque você proporciona

momentos de adoração? Está amamentando, esteja orando e adorando.

Deixe seu bebê em uma atmosfera da presença de Deus. Creia que seu bebê

estará sendo imerso na presença de Deus. Ele já estará acostumado se você

tiver feito isso enquanto ele estava no ventre.

Seja intencional enquanto você faz sua devocional, deixe seus filhos

verem você orando e lendo a Bíblia, faça-os se apaixonarem pelo seu Deus.

Estimule a leitura da Bíblia mesmo antes que eles aprendam a ler. Dê uma

Bíblia e lápis giz de cera para seus filhos e deixem eles marcarem a Bíblia

assim como você faz. Eles vão se apaixonar pelo livro antes de entender o

que o livro tem.

Quando você fizer sua devocional compartilhe com seus filhos as

histórias que você leu e o que Deus ministrou no seu coração, o que você

aprendeu sobre Deus e seu amor.

Eu tenho “medo” dos meus filhos! Porque eles estão sempre me

OBSERVANDO!! Eu peço sempre a Deus sabedoria para saber o que fazer


Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br


em todos os momentos!!

Seus filhos se machucaram? Não corra para passar remédio! Ore primeiro!

Ensine-os a buscarem a Deus em primeiro lugar em todas as situações. Isso

trará uma cultura do reino para dentro de casa.

Não coloque seu foco em ter uma casa religiosa, onde só toca música

gospel, só passa filme gospel...mas coloque seu foco em trazer a presença

de Deus na vida dos seus filhos, trazer intimidade com Deus. Em fazê-los

entender o poder da oração e de termos intimidade com Deus.

Um dia o Matheus tinha 4 anos e estávamos recebendo visitas em

casa. Então teve aquele momento que havia muito silêncio em casa. Parei

e comecei a procura-lo. Foi quando o encontrei no banheiro. Ao abrir a

porta ele disse: Mamãe, deu certo!! E eu perguntei: Deu certo o quê? Ele

disse: Eu fiz cocô e fiquei com vergonha de gritar seu nome, dai eu orei e

pedi para Papai do Céu te chamar, quando eu disse “em nome de Jesus,

amém” você entrou no banheiro!! Deu certo!!

O que fazer nesse momento? Falar para seu filho que foi só uma

coincidência? NÃO!!! Oramos juntos ali no banheiro agradecendo a Deus

pela oração respondida!

Outro dia a Bianca (5 anos) voltou da escola e disse que Jesus tinha

aparecido para ela na hora do lanchinho. Ela disse que ele tinha ido ao

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




ouvido dela e dito: Bianca, quando você tiver 18 anos eu vou te levar para

África! Ela chegou em casa e me contou, então me pediu para eu anotar no

meu caderno de recordação para não esquecermos dessa palavra!

Ahhh....caderno de oração e recordação.

Tenha um caderno de oração, anote seus pedidos específicos para

cada membro da família. Isso ajudará a ser mais intencional e fiel as orações

que você promete fazer. Sem contar que um dia seus filhos saberão do seu

caderno e vão querer ter seus próprios cadernos de oração.

Em meu caderno de oração tem uma folha para cada membro da

nossa família. O Matheus já sabe ler e um dia pediu para ver meu caderno.

Ele voltou todo admirado e segurando a folha no nome dele. Perguntei o

que tinha acontecido e ele disse:

- Mamãe, você já ora pela minha esposa????

E eu disse que sim! Que eu já pedia a Deus pela esposa dele, que esta

menina já conhecesse a Deus, que tivesse um lindo chamado como o dele

e que Deus não permitisse com que ele se envolvesse com ninguém errado.

Ele ficou pensando e tenho fé que isso ficará guardado no coração dele.

Quando ele crescer e alguém tentar seduzi-lo, aquela verdade de

uma vida de oração vai fazê-lo repensar com quem irá se envolver e

também tenho fé que ele ficará atento ao meu conselho e ouvirá a minha

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




opinião, pois sua mãe tem orado pela sua esposa desde que ele era

criança!!!!

E será que sempre teremos que acertar e sermos intencionais em

todos os momentos, sem direito a errar? Impossível! As vezes e muuuuitas

vezes erramos! Mas precisamos ter humildade para pedir perdão a Deus e

a nossos filhos!! Eles aprenderão a pedir perdão também e a perdoar!!! Eles

aprenderão sobre o amor e o perdão de Deus. Nossos filhos precisam

aprender a perdoar a quem se ama, pedir perdão e aprender a se perdoar.

E quem vai ensinar isso? Nós através dos nossos erros e dos erros deles.

E se queremos que nossos filhos aprendam com os nossos erros e com os

erros deles, então precisamos deixar nossos filhos errarem, mas isso é tema

para outro livro.

Então, para apresentarmos Deus para nossos filhos precisamos

primeiro entender quem Deus é em nós e através de nós, precisamos de

intencionalidade, procurando situações onde poderemos trazer um Deus

vivo para a vida dos nossos filhos e precisamos começar o quanto antes, de

preferência antes mesmo deles nascerem.

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




COLOCANDO EM PRÁTICA

Pegue agora um caderno novinho, ore pedindo a Deus que o ajude

neste momento. Releia este livro e vá anotando em seu caderno O QUE

você deseja fazer ou ser. Anote tudo! Vá escrevendo à medida que for lendo

este livro.

Depois de escrever o que você quer, escreva o PORQUÊ você vai fazer

isso. Você precisa escrever o motivo que você quer essas mudanças, isso

vai trazer clareza na sua mente.

Depois escreva COMO você vai fazer para atingir isso, monte

estratégias simples e pequenas mudanças. Oro para que Deus, através do

Espírito Santo, te dê boas idéias.

Depois de escrever tudo, construa o seu caderno de oração. Coloque

seu nome no início da folha e comece a escrever tudo o que você quer

agradecer e pedir para você, pensando no seu corpo, alma e espírito.

Coloque as áreas que você quer ver Deus na sua vida. Pense em sua família

e as mudanças que você deseja e o que depende de você para que essas

mudanças sejam alcançadas. Coloque na sua folha também as decisões que

você vai precisar tomar para trazer Deus mais presente na sua casa.

Na segunda folha coloque o nome do seu cônjuge e faça a mesma

coisa, coloque seus pedidos e agradecimentos, coloque o que você quer

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br




fazer com seu cônjuge e agir com ele e ore pedindo ajuda a Deus para

conseguir cumprir tudo aquilo. Faça um plano de ação para trazer um Deus

vivo no seu casamento e na sua casa.

Na terceira folha coloque o nome do seu filho mais velho.... e faça

isso com todos os seus filhos. Depois de colocar seu filhos, coloque uma

folha para FAMÍLIA. Coloque tudo o que você deseja e agradece por sua

família. O que você quer fazer e deseja ser ou ter como família. Depois

coloque uma folha para pedidos gerais... enfim, vá preenchendo seu

caderninho com Deus.

Prontinho! Acho que meu trabalho acaba por aqui e deixo Deus ser

Deus na sua vida! Minha oração e pedido é para que cada pessoa que ler

este livro tenha um encontro com Deus pai e sinta um bom

constrangimento desse amor, sentindo uma enorme vontade de viver e ver

Deus em todas as situações.

“Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as

vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” Mt.5:16

Jackeline Hayashi

Geração do Reino – www.geracaodoreino.com.br

Acesse o site: www.geracaodoreino.com.br

Related Interests