Sie sind auf Seite 1von 4

A PRESENÇA DE JESUS NO CASAMENTO

João 2.1-12

João Narra o primeiro milagre de Jesus. Ele aconteceu numa festa


de casamento. Isso prova que Jesus não era um eremita, mas alguém
que se alegrava em festas sociais. Isto também revela que Jesus
aprovava o casamento como uma instituição divina.
Todos deveriam se preocupar em ter Jesus presentes em seu
casamento e na sua família. Todo lar precisa de Jesus. Uma casa sem
Jesus é um pedaço do inferno. Vejamos algumas lições acerca da
presença de Jesus no casamento.

A PRESENÇA DE JESUS NO CASAMENTO REQUER UM CONVITE


(VV1-2)

Maria, a mãe de Jesus, estava na festa. Jesus e os seus discípulos


também foram convidados. Jesus estava no inicio do seu ministério e
não havia realizado nenhum milagre. Provavelmente, ele foi convidado
por ser da família de Maria.
A sua presença não aconteceu por acaso. Ele não era um penetra
ou um invasor de festas. Ele foi lembrado e considerado pelos noivos.
Geralmente, os noivos, antes do casamento, relacionam as pessoas
que receberão o convite formal para a cerimônia. O primeiro nome a ser
relacionado deve ser o de Jesus . Ele precisa esta no nosso casamento,
fazer parte de nossa família, do nosso projeto de felicidade conjugal.
Um casamento sem Jesus está fadado ao fracasso. Um lar sem
Jesus é uma miniatura do inferno. A felicidade do nosso casamento
depende da presença de Jesus. Se ele for convidado, ele vem. Convide-
o para o seu casamento e para fazer parte da sua família.

A PRESENÇA DE JESUS NO CASAMENTO NÃO IMPEDE QUE


COISAS DESAGRADÁVEIS ACONTEÇAM. (3-5)

Naquela época, a festa de casamento pode durar até sete dias. As


despesas das festas eram de responsabilidade dos noivos (vv3-5).
Acabar o vinho em meio a festa era vergonhoso e gerava grandes
constrangimentos. O vinho da festa acabou. Ele é símbolo de alegria e
do prazer. Há casamento em que a festa acabou. Alegria e a satisfação
sumiram. Há sementes brigas, agressões e muitas insatisfação. Em todo
casamento, o imprevisível e o desagradável acontecem. Não há
casamento perfeito ou imune de problemas.
Maria pede a Jesus que ajude o noivo a resolver o problema. Devemos
nos preocupar com as necessidade e dificuldades dos nosso amigos,
orando por eles. Devemos, através de a oração colocar diante de Jesus
todos os nossos problemas. (Lc 11.11-13).

A PRESENÇA DE JESUS NO CASAMENTO É FUNCIONAL (6-7)

Jesus está presente no casamento de forma funcional. Onde ele


está ele manda. Ele é o senhor. Ele resolve e soluciona tudo quando
resolve agir. Nada e ninguém pode resistir ao seu mandar. As ordens e
os mandamentos de Jesus precisam ser obedecidos e praticados. Nos
versos 6 e 7, aprendemos duas lições;
1. Sempre que recebendo uma ordem de Jesus é sábio cumpri-la
com zelo e determinação. A obediência humano precede o milagre
divino. As ordens de Jesus não devem ser questionadas, mas
obedecidas.
2. Devemos usar no serviço de Cristo qualquer recurso que ele nos
disponibilizar. Potes e águas são meios que Deus disponibilizou para que
o milagre acontecesse.

A PRESENÇA DE JESUS NO CASAMENTO É MILAGROSA (VV 8-11)

A presença de Jesus no casamento é necessária para produzir grandes


milagres.( vv8-10). Quatro lições maravilhas:
1. Jesus faz milagres a partir da obediência. Jesus determinou e eles
fizeram. O resultado foi o milagre aconteceu (Salmo 81). Para que
Deus fazer um milagre no nosso casamento precisamos obedecer a
sua palavra.
2. Jesus faz o milagre contando com nossa colaboração. Eles
encheram as talhas com águas porque confiavam naquele que
mandou enche-las. A nossa parte precisa ser feita com zelo e com
fé.
3. Jesus faz o milagre de transformação Ele transforma a água em
vinho. A água não tem cor. Nem cheiro e nem sabor. O Vinho é
qualificado pela sua cor, seu aroma e seu paladar.
4. Jesus sempre tem o melhor para nós. Jesus transforma o pior em
melhor. O vinho que Jesus ofereceu foi infinitamente superior
aquele que os noivos ofereceram. Ele é o Senhor da qualidade.

O milagre de Jesus sinalizam que ele e e servem para manifestar a


glória de Deus.
Benção matrimonial – Tiago e Tania – 24 de Fevereiro 2018

1. Palavra de introdução

O pastor (a congregação está em pé, os noivos estão no altar para


iniciar a cerimônia em si):
"Meus queridos irmãos e amigos, estamos aqui reunidos para unir
Tiago Cardoso e Tania Ferreira Mendes Rocha em santo matrimônio.
Lembramos que estamos na presença de Deus, e que os votos feitos por
este casal são feitos perante a igreja de Cristo e na presença de nosso Pai
Celestial. Eles me tem certificado que já foi legalmente realizada a
cerimônia Civil e agora é nosso privilégio e nossa alegria invocar a
bênção divina sobre este matrimônio. Depois dessas palavras o pastor
faz uma oração invocatória. Uma sugestão: poderia ter uma música
antes ou depois da oração.

2. Oração e Musica

3. A Mensagem aos noivos


A presença de Jesus no casamento
João 2. 1-12
Pastor Adérico de Almeida da Silva

4. Os votos e Alianças
O pastor dará uma palavra, explicando o significado do uso do
anel no casamento. Geralmente eu enfatizo a essa altura do
casamento o compromisso que o casal está assumindo.

Então o ministro fará que os recém-casados unam as mãos,


Dizendo-lhes: — Queiram unir as mãos.

Em seguida, perguntará ao marido:


- Tiago Cardosorecebestes esta mulher que tendes pela mão, Tania
Ferreira Mendes Rocha , por vossa legítima mulher, com o propósito de
a amar, honrar e defender, sustentá-la, cuidar dela e ser-lhe fiel em todas
as coisas, por todo o tempo em que Deus for servido conservar-vos
ambos com vida?
- Sim, senhor.
E logo perguntará também à esposa:
- E vós, Tania Ferreira Mendes Rocha , recebeste este homem que
tendes pela mão, Tiago Cardoso, por vosso legítimo marido, para amá-
lo, honrá-lo, cuidar dele, e ser-lhe submissa e fiel em todas as coisas por
todo o tempo que Deus for servido conservar-vos ambos com vida?
- Sim, senhor.

Quando se fizer uso dos anéis, os noivos os apresentarão ao


ministro, que os fará trocar pelos esposos, ou entregará a cada um o
que lhe for destinado, dizendo:
- Sejam para vós estes anéis símbolo do amor, da pureza e da
constância de verdadeiro amor conjugal. Lembrem-vos eles, para
sempre, o cumprimento dos deveres que tão solenemente acabais de
reconhecer na presença de Deus e destas testemunhas.

5. Oração e bênção do pastor.

E eu, ministro de Deus no evangelho de seu Filho, vos declaro


constituídos em família na relação de marido e mulher, segundo a
ordenação de Deus, e invoco sobre vós a bênção do Pai, do Filho e do
Espírito Santo. Deus vos dê sua graça, para cumprirdes as promessas
que acabais de fazer e abençoe o vosso casamento, não só agora, mas
por todo o tempo em que vos conservar com vida.
"O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o
rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; o Senhor sobre ti levante o
rosto e te dê a paz." (Nm 6.24-26).

BÊNÇÃO APOSTÓLICA
A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus Pai e a
comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós e com todo o povo de
Deus, agora e para sempre. Amém.

Verwandte Interessen