Sie sind auf Seite 1von 5

Dragões e Magos Negros (parte IV): O Fim do Sol Negro

Sol negro 2036, eclipse solar, eclipse lunar

Como já relatado na terceira parte dessa série de textos AQUI , o Sol Negro é uma poderosa egrégora
(um foco central onde são canalizadas emanações mentais que criam um campo, uma forma
pensamento que absorve todas as energias que se alinham aquela vibração, bem como alimenta
energeticamente o espírito que dela saiba usar e manipular) desenvolvida pelos Dragões assim que eles
foram exilados pra Terra após o evento em Erg, sendo que essa egrégora emana matéria astral e intensa
radiação.

Ou seja, os Dragões desenvolveram a centenas de milênios um poderoso foco mental que canaliza as
emanações em desequilíbrio dos humanos que estão sintonizados a essa egrégora, seja por processos
obsessivos, chips instalados em médiuns invigilantes (sobretudo os com grande cota de ectoplasma no
duplo etérico) que começou a ganhar força nos últimos afundamentos da Atlântida que ocorreram no
período dos últimos 100 mil anos segundo consta nas tradições teosóficas.

Maga da escuridao

O Sol Negro é uma espécie de usina energética alimentando e potencializando as emanações em


desequilíbrio dos encarnados que estabelecem sintonia com essa egrégora e alimenta diversas bases de
magos negros situadas no astral inferior que utilizam essa força motriz como uma espécie de “motor”
que é movido pelo “combustível” que eles, os magos negros, têm condições de manipular: o ectoplasma
que conseguem junto aos habitantes encarnados da Terra.

A matéria astral produzida pelo Sol Negro, devido à intensa radiação atômica que apresenta acaba por
favorecer a manipulação dos magos negros sobre o ectoplasma na construção dos mais diversos
artefatos, desde clones até cidades astrais inteiras, pois a radiação atômica do Sol Negro traz uma
energia que pode ficar reservada dentro dos moldes criados pelos magos negros com ectoplasma, sendo
muito mais fácil o controle mental e por isso mesmo podem controlar até mesmo a forma de cidades
astrais inteiras, como um motorista de carro que usa habilmente o motor do seu carro (o motor é a
energia vinda do Sol Negro) mas que necessita do combustível (ectoplasma) pra continuar comandando
o carro (o ato de dirigir são os comandos mentais utilizados pelos magos negros)
Dragão do abismo, besta, beast, balrog do inferno, ditadores do abismo

A própria Terra realiza constantemente processos de limpeza em sua esfera psíquica, até mesmo pra
evitar que todas as emanações de pensamentos e vibração negativa dos encarnados sejam absorvidas
pelo Sol Negro. No entanto, com a proximidade do exílio planetário e a execução já nos dias de hoje de
pré exílios constantes no lado obscuro da Lua (zona astral que fica na Lua dentro de crateras aonde não
chega a luz do Sol) essas emanações vem atingindo níveis cada vez mais intensos, exigindo a
potencialização desse processo de limpeza, através da maior absorção de luz solar pela magnetosfera
terrestre bem como em breve a absorção da energia advinda do cinturão de fótons. Esses processos
estão descritos nos seguintes textos:

Verticalização da Terra: AQUI

Transição Planetária (parte I): AQUI

Transição Planetária (parte II): AQUI

Como relatado no texto acima: “Na corrente negativa essa energia emanada pelo portal estará ligada a
egrégora de pensamentos negativos, de baixa vibração dos futuros exilados e que saturam a aura
psíquica do planeta Terra”.

Ou seja, na corrente negativa que unirá no astral em um “trilho” a Terra ao portal que será aberto em
Alcyone, fluirá uma corrente de fótons que irá magnetizar gradativamente a energia que será
gradativamente retirada do Sol Negro (a egrégora negativa), ajudando assim no processo de limpeza da
Terra e enfraquecimento do Sol Negro e da mesma forma usando a própria energia do Sol Negro,
imantada a contrapartida astral do Apophis, para atuar no processo exilatório nas três passagens do
Apophis próximas a Terra: em 2013 e muito próximas em 2029 e 2036.

Nesses 7 anos, de 2029 a 2036 esse processo será acelerado, ou seja, o transporte da energia do Sol
Negro para o Apophis , até que em 2036 a egrégora fosse totalmente imantada ao Apophis,
materializando momentaneamente por algumas horas a contrapartida astral do asteróide , dando a
impressão aos astrônomos que um planeta imenso ou um “segundo Sol” estará passando próximo a
Terra.

Esse fenômeno visa acabar totalmente com essa estrutura de centenas de milênios criada pelos Dragões
e usada hoje por eles e os magos negros, submetidos ao comando dos dragões no submundo astralino.

Sol Negro

Quando essa egrégora for materializada e tivermos dois sóis no céu (o Sol Negro e o Sol, pois o
fenômeno ocorrerá ao meio dia horário em Israel no dia 24 de abril de 2036) as comportas do "inferno"
serão abertas e espíritos desencarnados e em processo de exílio serão vistos materializados por toda a
humanidade, esse processo não vai durar 3 dias mas sim 3 horas:

" Desde a hora sexta até a nona, cobriu-se toda a terra de trevas." (Mateus 27:45)

Lembrando que "hora sexta" significa meio dia.

Não há como pensar em se iniciar uma Terra Regenerada sem a retirada dessa egrégora monstruosa que
deixa a esfera psíquica do planeta atualmente com um aspecto obscurecido( essa egrégora é o foco
mental criado pelos dragões) e mais além, é necessário que todos os sobreviventes do grande evento
tenham a plena convicção da existência do plano espiritual e das mudanças que estarão ocorrendo, por
isso terão a visão do astral aberta durante esse fenômeno.

Olhar azul congelado

Mas porque o Sol Negro ainda não foi destruído? Porque ele existe a milênios e ainda não foi
exterminado pelos espíritos responsáveis pela evolução da Terra???
A resposta é simples: porque a própria humanidade alimenta com a sua invigilância o Sol Negro, ele só
existe porque a humanidade atrasada moralmente alimenta energeticamente essa forma pensamento
de energia gigantesca que tem apenas o seu foco manipulado pelos dragões. Enquanto a humanidade
estivesse no período de expiação e provas e os dragões, magos negros e espíritos invigilantes não
fossem exilados, não adiantaria nada destruir essa egrégora, pois prontamente ela seria refeita.

Agora, com o aceleramento do exílio planetário e a proximidade do seu auge em 2036, quando serão
exilados dragões, magos negros e os espíritos distanciados da prática do amor e longe do esforço na
reforma moral para que então se inicie uma Terra Regenerada, onde apenas espíritos fraternos e com
vontade sincera de evoluir moralmente possam reencarnar, aí sim é necessária a destruição do Sol
Negro, pois não apenas ele será destruído como também os espíritos que o mantém ativo serão
exilados.

Mas o exílio dos dragões e magos negros, juntamente com os espíritos invigilantes da humanidade, já
não seria suficiente pra desativar o Sol Negro?

Sim, seria um processo gradativo onde pouco a pouco o Sol Negro perderia sua sustentação, pois seu
foco mental não seria mais alimentado pelas mentes dos dragões, bem como não receberia mais a
abundante energia da humanidade invigilante, certamente entraria em colapso em poucos anos. Porém,
a própria energia dessa egrégora será útil na atração dos futuros exilados, pois estes possuem profunda
ligação vibratória e psíquica com essa egrégora, o Sol Negro.

A Alta Espiritualidade apenas aproveitará essa energia negativa para um propósito (o auge do processo
exilatório) antes que a egrégora seja destruída e a energia negativa nela existente seja purificada após o
fim do exílio planetário, voltando para a Terra, e livre do intenso bombardeio tóxico-mental dos
espíritos em desequilíbrio que não terão mais acolhida na Terra Regenerada após o final do processo
exilatório.

Como funciona essa egrégora, como é formada a estrutura tecnológica do Sol Negro?

Certamente é um assunto que merece muito mais do que poucas linhas dessa resposta, pois a estrutura
egóica em si é de avançada tecnologia, porém usada para o mal e para fins de dominação. Inclusive as
pirâmides criadas pelos atlantes são na verdade centros de poderosas egrégoras, onde o cume dessas
pirâmides funcionava como a contrapartida material do foco da egrégora, que estava no astral. Parte
dessa tecnologia foi colocada nas demais pirâmides construídas pelo mundo que traziam apenas parte
desse grande conhecimento. É um assunto que merecerá um futuro e amplo texto sobre o tema, pois
no futuro após o fim do exílio planetário, essa avançada tecnologia hoje usada para o mal no Sol Negro
será usada para o bem e desenvolvimento espiritual de toda a humanidade, como usada nas Eras de
Ouro atlanteanas.

Jesus o governador da Terra

Read more: http://profeciasoapiceem2036.blogspot.com/2011/05/dragoes-e-magos-negros-parte-iv-o-


fim.html#ixzz5gIqN63s2