Sie sind auf Seite 1von 6

Projecto

TÍTULO: ´´Saúde e Vida´´ Justificativa:

O presente projecto surge em resposta a um problema concreto que afecta parte das comunidades do distrito de Guruè, a desnutrição. Este problema foi identificado pela equipe do projecto apartir das comunidades e entidades distritais dos serviços de saúde do distrito que trabalham na expectativa de reduzir os efeittos causados por este mal social.

A divulgação de informações feitas pelas entidades distritais sobre os casos de desnutricão no distrito contribuiram para a conquista da atenção dos desenhadores e investidores do projecto Saúde e vida”, permitindo assim uma série de analises e avaliações realizadas no terreno para se saber da realidade deste mal nas comunidades locais.

Apartir dos resultados dos estudos realizados comoveram as entidades do projecto a pautar pela escolha do distrito para implantação e implementação das actividades programadas(agendadas). Pretende-se implantar o projecto Saúde e vida na cidade de Guruè permitindo servir de forma uniforme as comunidades da região.

Numa visão comum o problema parece inecistente, mas o diagnóstico da realidade profunda do problema revela que maior parte da população sofre com os efeitos da deficiência nutricional em particular as mães e crianças, e em certos casos é causa de morte.

O esforços já realizados pelas entidades que trabalham em prol da saúde no distrito revelam que por causa do estado nutricional deficiente dos doentes padecendo com várias enfermidades tem sido deficil combater outras doenças, porque o corpo encontra-se sem defesa e torna vulneravel a agentes patogénicos, que são a principal causa de infecções de doenças.

Os estudos realizados mostram também que os casos de desnutrição são antigos, e cada vez mais com efeitos graves. Os esforços ja realizados pelas entidades de saúde não cobrem devidamente metade da população afectada, necessitando assim de ajuda para equilibrar os esforços em curso pelos serviços de saúde e outros intervenientes.

Segundo dados nacionais fruto de estudos realizados, e divulgados pela OMS (Organização Mundial de Saúde)em 2002, mostra que 74% das crianças menores de 5 anos eram anémicas e 69% tinham deficiência de vitamina A.E que a deficiência de iodo era ainda endemica nas provincias de Tete e Niassa, apesar de se terem feito suplementações com cápsulas de iodo durante um limitado periodo, às mulheres e crianças em idade fertil.

É importante sublinhar que a desnutrição é um processo que começa desde uma idade muito precoce, muitas vezes quando o fecto ainda esta em formação. Os primeiros anos de vida são cruciais , pois é quando ocorrem os maiores danos na saúde, no crescimento e no desenvolvimento da criança, e estes dificilmente podem ser reparados, porem pretende-se marcar os passos do projecto apartir do ponto fraco e mais vulneravel que são as mães e crianças até ao mais alto.

Porem acreditamos que é de suma importância a implantação e implementação do projecto que visa contribuir para a melhoria da saúde. Numa primeira fase projecto-se o lançamento do projecto que culminara com a construção de um centro de reabilitação nutricional e mas um edificio para servir de escritório central do projecto podendo assim servir de forma efectiva no combate a desnutrição.

Contudo sera de enorme relevância para as comunidades a introdução deste projecto numa região com condições de clima , e produção agricola apropriada para estabelecer um combate efectivo contra a desnutrição, mas com grandes falhas no uso e aproveitamento dos produtos agricolas produzidos, produtos estes com grande poder nutricional, que maior parte são direcionados a venda.

Em relação aos projectos semelhantes que se dedicam ao desenvolvimento de actividades com mesma temática, os estudos levados a cabo revelam a existência de poucos projectos de combate a desnutrição no distrito. Comparando as actividades que são realizadas no distrito pelos programas de saúde, e as actividades agendaddas no projecto existem algumas semelhanças, mas também diferenças e é por estas desigualdades que se pretende estabelecer parcerias com finalidade de troca de informações e experiências.

No desenrolar das actividades agendadas pretende-se o estabelecimento de parcerias com os serviços distritais de saúde e outras entidades que prestam serviços adicionais e importantes para um estabelecimento de um combate bem coordenado e ordenado.

Estas parcerias que se pretende estabelecer incluem basicamente a troca de informações e prestação de serviços ao projecto para contribuirem no desenvolvimento das estratégias criadas, e que serão criadas posteriormente tendo em conta possiveis hipoteses.

Em termos de benéficios económicos, sociais e ambientais a serem proporcionados acreditamos que são vários, porque combatendo a desnutrição e simultaneamente melhorando a saúde nutricional da população estaremos a criar condições melhores para o combate a outras dificuldades.

O

projecto conta com um ciclo de gestão composto por 6 fases importantes

destacando: Programação, Identificação do problema, formulação da solução(planificação), financiamento, implementação ou execução e avaliação. Neste momento ja foram percoridas 4 fases restando ainda 3 fases longas de grande importância

 

Objectivos

O

objectivo do projecto é de contribuir para a melhória do estado nutricional

das comunidades do distrito em particular as mães e crianças consideradas

como as mais vulneraveis.

Detalhamos estes objectivos em dois grandes objectivos:

Objectivos Gerais:

-Diminuir os niveis de desnutrição e simultaneamente aumentar os niveis de melhoramento da saúde nutricional, e manter as comunidades informadas sobre a imporntância da educação nutricional, continua para combate á este mal.

Objestivos especificos:

-Contrução de um centro de reabilitação nutricional para servir as comunidades, onde também estará localizado o escritório central do projecto “saúde e vida”.

 

Metas:

Melhoramento do equilibrio da saúde nutricional de 50% da população até os finais do terceiro ano do projecto, em particulare as mulheres gravidas e crianças que são parte vulneravel aos efeitos da desnutrição.

Indicadores para o monitoramento dos resultados:

Análise e avaliação dos planos propostos e dos resultados e metas a serem atingidas em cada programa do projecto que concorem para atingir o objectivo geral. Fiscalização rigorosa do andamento dos trabalhos e os resultados do combate nas comunidades.

Factores de risco:

Sobre os factores de risco, as entidades que pretendem investir no projecto estão cientes dos riscos que podem vir a ocorrer sejam eles de origens politicas, culturais,(mentalidade de disperdicios de recursos, preconceitos, ignorância, e.t.c) que podem fugir do controle do grupo acabando por dificultar a realidade do projecto.

-Temos acções para minimizar esses factores de risco, como o dialogo para alcançar o entendimento, e outras acções passivas que possam ser uteis para resolução dos possiveis problemas que possam influênciar negativamente o andamento do projecto.

Analise de viabilidade:

Viabilidade económica:

Considerando o custo total do projecto, existem condicoes criadas e planeados para cubrir as necessidades do projecto.

Viabilidade sócial:

Em relação a possiveis entidades sociais, individuos ou organizacoes que possam ter seus interesses afectados positiva ou negativamente faz parte das possiveis hipoteses que irão necissitar da atenção dos executores do projecto.

Viabilidade política:

O

projecto contara com a colaboração do governo local, as pessoas, os grupos

e

as instituições que apoiam o projecto.O projecto dispoe de planos elaborados

e

a serem criados para infrentar possiveis obstaculos de ordem política.

Viabilidade técnica:

O

projeto dispoe também de técnicas e tecnologias de boa qualidade, razões

pela qual pretende-se recrutar proficionais para proporcionar melhor uso que possibilitando assim o retorno de melhores resultados.

Viabilidade ambiental:

As acções do projecto não irão afectar negativamente o meio ambiente, pretende-se contribuir no seu melhoramento.

Viabilidade do genero, etníca e cultura

Numa análise realizada sobre as influências do padrão étnico cultural do distrito do Guruè, indicam que a cultura local não se releva muito desvantajosa em relação ao objectivo do projecto.

Maior parte da população dedica-se a agricultura e pequenos negócios, o combate a disnutrição que se pretende mudar a cultura, mais melhorar a saúde das comunidades, melhorarando as formas de uso e aproveitameto dos produtos por eles produzidos.

 

Metodológia

Numa primeira fase caracterizada pela introdução do projecto, sera caracterizada por palestra apartir da sede do distrito até as comunidades para a publicação do projecto e dos seus objectivos, onde contarse-a com a colaboração do governo distrital as instituições do governo, lideres comunitários e religiosos e a população em geral.

O projecto pretende atingir os seus objectivos apartir de trabalhos com a comunidade, nomeadamente:

- Palestras sobre a desnutrição.

- Pesquisas sobre as possiveis causas e efeitos adicionais da desnutrição.

- Diagnósticos aprofundados sobre formas e espaços de actuação.

- Introdução de pequenos cursos de capacitação sobre educação nutricional.

-

Capacitação sobre melhores formas de confecionamento misturado de produtos para melhoramento nutricional.

-

Pesquisa direcionada ao tipo de produtos produzidos e o seu aproveitamento.

As actividades começarão apartir do lançamento do produto a nivel local, que condicionara no recrutamento de mão de obra qualificada.

Estabelicimento de uma colaboração com orfanatos e pequenas familias com dificuldades, para que possam beneficiar de ajudas ( assistência nutricional

As actividades serão coordenadas e gerênciadas por uma grande equipa multidisciplinar que fara parte do projecto, apartir do mais alto nivel ao mais baixo mas todos contribuindo para que atinjam os objectivos gerais.

Participação e envolvimento do grupo sócial no momento de execução das actividades do projectos. Grupo sócial esteque são as instituições do Governo serviços da saúde e entidades de outras áreas elaborais mas que directa ou indirectamente contribuem para a comunidade do projecto.

CRONOGRAMA

Duração do projecto: 6 anos.

1ª fase: Janeiro 2011- julho 2013

- Lançamento e apresentação do projecto as entidades distritais ( governo e.t.c) que culminara com o laçamento da primeira pedra e a construção do centro de reabilitção nutricional e escritóro.

-Trabalhos com as comunidades e estabelicimento de parceriais com o projecto com a mesma temática.

2ª fase: agosto 2013-novembro 20116

-Continuação dos trabalhos

Orçamento

-O projecto conta com um orçamento de 10.000.000 para primeira fase.