You are on page 1of 18

03:14-04

Edição 1 br

Controle de códigos de falha da


SCR

©
Scania CV AB 2009, Sweden
Conteúdo

Conteúdo
Introdução .................................................................................. 3

Códigos de falha .................................................................................. 4


Falha no sistema SCR............................................... 4
Falha de nível de NOx.............................................. 4
Sensor do sistema de controle do motor................... 4
Filtragem de ciclo ..................................................... 5
Códigos de informações ........................................... 5
Lista de códigos de falha .......................................... 6

Desvalidação .................................................................................. 7
Preparações antes da desvalidação ........................... 7
Desvalidação com SDP3 .......................................... 8
Passos para desvalidação........................................ 10
Verificações para desvalidação com falha ............. 13
Ações para desvalidação com falha........................ 16
Desvalidação por meio da condução do veículo .... 17

2 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 03:14-04
Introdução

Introdução

O objetivo deste documento é descrever o


controle de códigos de falha em veículos com
SCR (Selective Catalytic Reduction). Descrever
as diferenças entre grupos diferentes de códigos,
como eles são gerados e como eles são
desvalidados.
Para descrições de funcionamento e serviço para
o sistema, consulte o Manual de oficina no
Multi. Ele também contém os documentos
complementares "Diagnóstico de falha da
SCR" e "OBD (On Board Diagnostics) e
controle de NOx (óxido nitroso)".

03:14-04 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 3
Códigos de falha

Códigos de falha

Esta seção explica como o sistema de controle


do motor identifica falhas e como os códigos de
falha são gerados.
Os códigos de falhas podem ser divididos em
três grupos diferentes conforme a função em
questão. Na lista de códigos de falha abaixo é
mostrado a que grupo um código de falha
específico pertence.
A geração de códigos de falha é controlada pela
unidade de comando do motor.

A: Falha no sistema SCR


Se a falha estiver no sistema SCR, isso é B A
notificado pela unidade de comando da SCR. A
unidade de comando do motor então determina
o que há de errado com o sistema SCR e qual
código de falha deve ser gerado. Quando o
código de falha tiver sido gerado, o sistema SCR C
será desligado até o próximo ciclo de

309 763
condução*.
* Ciclo de condução = dar a partida no motor -
conduzir o veículo até o sistema SCR ser
ativado - parar o veículo e desligar o motor. Nota: As informações sobre quais códigos de
falha causam redução de torque podem ser
encontradas na descrição do código de falha no
B: Falha de nível de NOx SDP3.
Mensagens sobre o nível de NOx saem do
sensor de NOx via a unidade de comando da
SCR para a unidade de comando do motor.
Assim, o diagnóstico de nível de NOx é
efetuado pela unidade de comando do motor.
Este diagnóstico é desligado quando um código
de falha para o sistema SCR está ativo.

C: Sensor do sistema de controle


do motor
O diagnóstico de temperatura, fluxo de massa e
pressão, proveniente de outros sensores no
motor, também é efetuado pela unidade de
comando do motor e também pode causar
redução de torque e códigos de falha em
veículos com controle de NOx.
4 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 03:14-04
Códigos de falha

Filtragem de ciclo Códigos de informações


Certos códigos de falha têm a chamada Alguns códigos de falha geram códigos de
filtragem de ciclo, por exemplo, eles têm um informação para o controle de NOx quando o
contador que rastreia quantas vezes a unidade código de falha é ativado.
de controle do motor registrou a falha. O
código de falha somente é gerado depois que o • Os códigos de informação não podem ser
contador atinge um valor especificado. Esse apagados com o SDP3.
valor é, em geral, quatro vezes.
• Esses códigos de informações não indicam
Se o contador para um código de falha com falhas, mas destinam-se a fornecer
filtragem de ciclo tem um valor baixo, a informações para as autoridades.
unidade de comando do motor aguarda um
• Os códigos de informações indicam se a
pouco antes de enviar uma mensagem ao
unidade de comando ativou códigos de
sistema SCR para reiniciar de modo a dar
falha anteriormente no veículo, tendo
oportunidade ao sistema SCR de se recuperar.
afetado as emissões de óxidos de
Os códigos de falha sem ciclo de filtragem não nitrogênio (NOx).
têm contador. Eles são gerados quando a
• Se ficar inativo por 400 dias, o código de
unidade de comando do motor diagnosticou a
informações será excluído
falha pela primeira vez.
automaticamente.
Mais informações podem ser encontradas no
documento 03:14-03, OBD (On Board
Diagnostics) e controle de NOx (óxido
nitroso).

03:14-04 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 5
Códigos de falha

Lista de códigos de falha


A: Falha no sistema SCR
Sem filtragem de ciclo
1063 1064 4098 4102 4103 4104 4105 4106
4107 4108 4109 4114 4115 4118 4119 4120
4121 4122 4123 4124 4131 4132 4133 4134
4135 4144 4145 4146 4147 4148 4149 4152
4163 4164 4165 4167 4171 4180 8234 8236
8237 8249 8252 8253 8255 8256 8260 8261
8263 8265 8267 8268 8269 8284 8285 8291
8292 8348 8349 8352 8355 8358 8361 8381
8384 8385 8388 8394 8704 8705 8706 8723
8725
Com filtragem de ciclo
1062 4116 4129 4143 4157 4160 4166 4175
4178 8247
B: Falha de nível de NOx
Sem filtragem de ciclo
4168 4169 4172 4177
Com filtragem de ciclo
4170
C: Sensor do sistema de controle do motor
Sem filtragem de ciclo
136 258 259 263 264 274 275 279 280 4210
4352 4416 4417
Com filtragem de ciclo
113 273 4209 4400

6 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 03:14-04
Desvalidação

Desvalidação

Esta seção descreve como é efetuada a 6 Verifique se não há vazamentos de gases do


verificação de que a falha foi corrigida e como coletor de escape ou vindos do sistema de
as luzes de advertência são desligadas. Há dois escape até o freio motor.
métodos:
7 Verifique se não há grandes vazamentos de
• Desvalidação com SDP3. ar do sistema de ar comprimido que façam o
compressor trabalhar excessivamente.
• Desvalidação por meio da condução do
veículo.
Para o grupo B de códigos de falha e para todos
os códigos com filtragem de ciclo é
recomendada a desvalidação com o SDP3. Para
outros códigos, é usada a desvalidação por meio
da condução do veículo.

Preparações antes da
desvalidação
1 A temperatura ambiente deve estar acima
de -8°C.

Nota: Se estiver mais frio que -8°C ou se o


redutor estiver congelado, o sistema SCR não
será iniciado. Uma nova tentativa deve ser feita
em local fechado ou após o aquecimento do
veículo.

O aquecimento do motor pode resultar em uma


redução no tempo necessário para o teste.
2 Se precisar realizar o serviço em local
fechado, verifique se extrator de gases de
escape comporta os gases de escape quentes
que serão gerados durante a desvalidação.
3 Verifique se a qualidade correta do redutor
está abastecida no tanque e se não há
formação de gelo.
4 Verifique se não há códigos de falha ativos
referentes aos sensores ou sinais da CAN
em EMS, S6.
5 Verifique se há um freio motor e se este
funciona.

03:14-04 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 7
Desvalidação

Desvalidação com SDP3


Procedimento de desvalidação 5 Verifique se todas as cargas externas estão
Os códigos de falha são desvalidados em três desligadas, por exemplo, ACC e PTO.
passos: 6 Veja também a seção "Passos para
• Aquecimento do motor, sistema SCR e desvalidação".
limpeza do catalisador. 7 O motor voltará à marcha lenta quando o
• Análise de emissões nos gases de escape teste estiver concluído. Os resultados do
provenientes do motor. teste serão exibidos em uma caixa de
diálogo no SDP3.
• Análise da capacidade do sistema SCR em
reduzir emissões nos gases de escape. Local alternativo no menu do SDP3

Descrição de serviço A desvalidação também pode ser encontrada sob


"Sistema elétrico: Verificação de > EMS > E44
1 Conecte o veículo ao SDP3 e inicie o > S6 >".
programa.
2 Ligue o motor.
3 Entre no menu via "Funções do usuário >
Aviso para motorista > Ação se houver um
código de falha resultante de níveis
proibidos de gases de escape > Verificar >
Desvalidação de códigos de falha para
controle de NOx".

4 Ative o modo de desvalidação (1). Registro


dos valores do sensor (desl.).

8 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 03:14-04
Desvalidação

Se a desvalidação tiver êxito

Se o sistema SCR estiver funcionando, a luz de


advertência B se apagará. Desative a luz de
advertência como a seguir:
• Ligue a ignição com a chave de partida, mas
não dê partida no motor.
• Desligue a ignição com a chave de partida e
aguarde pelo menos 15 segundos.
• Repita o procedimento duas vezes. A luz de
advertência se apagará cerca de 30 segundos
depois de você girar a chave de partida pela
quarta vez.
• Apague os códigos de falha inativos usando
o SDP3.
Se a desvalidação for malsucedida
A luz de advertência B não se apagará. Veja a
seção "Verificações para desvalidação com
falha" e informações no SDP3.

03:14-04 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 9
Desvalidação

Passos para desvalidação

Introdução Descrição de passo bem-sucedido


Informações em vários passos para • Quando o passo é bem-sucedido, a rotação
desvalidação são encontradas abaixo. do motor começa a ser regulada em
1.100 rpm.
Passo 1: Aquecimento do sistema • Verifique no SDP3 se "Função da SCR
O objetivo do passo atual" mostra "Operação normal".

• Manter a temperatura e a pressão corretas


no motor e no sistema SCR a fim de avaliar
os níveis de NOx provenientes do motor e a
capacidade do sistema SCR em reduzir o
nível de NOx.
Condições para iniciar o passo
• A temperatura ambiente deve estar acima
de -8°C (265 K).
Descrição do passo
• Rotação do motor regulada em 1.300 rpm.
• Freio motor aplicado.
• As temperaturas e as pressões são
verificadas.
Condições para o êxito do passo
• A pressão do ar antes da restrição deve ser
de, no mínimo, 7.200 hPa (7,2 bar) e, no
máximo, de 8.500 hPa (8,5 bar).
• A pressão do ar após da restrição deve ser
de, no mínimo, 2.900 hPa (2,9 bar) e, no
máximo, de 4.200 hPa (4,2 bar).
• A temperatura de escape deve estar entre
300°C (570 K) e 400°C (670 K).
• A temperatura do líquido de arrefecimento
deve chegar a, no mínimo, 70°C (343 K).
• A pressão do redutor deve ser, no mínimo,
de 2.800 hPa (2,8 bar).
• O redutor não pode congelar e deve atingir
uma temperatura acima de -8°C (265 K)
tanto no tanque do redutor quanto na
bomba.

10 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 03:14-04
Desvalidação

Passo 2: Análise de nível de NOx


O objetivo do passo
• Verifique se o nível de NOx vindo do
motor antes do controle de emissão está
dentro dos valores dos limites atuais.
Condições para iniciar o passo
• O passo 1 deve ser bem-sucedido.
Descrição do passo
• Rotação do motor regulada em 1.100 rpm.
• A carga é aumentada usando-se o freio
motor.
• O nível de NOx é verificado.
Condições para o êxito do passo
• As condições de temperatura e pressão para
o passo 1 devem continuar sendo
cumpridas.
• O nível de NOx deve estar dentro do
intervalo aprovado em conformidade com a
tabela abaixo.

Tipo de motor NOx ppm (mín-máx)


DC16 05/06/18/19 580-1.280
DC16 08/17 550-1.250
DC16 09 480-1.180
DC12 15/18 750-1.450

Descrição de passo bem-sucedido


• Quando o passo é bem-sucedido, começa a
injeção de redutor.

03:14-04 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 11
Desvalidação

Passo 3: Análise de diminuição de nível de NOx

O objetivo do passo
• Verificar se o sistema SCR abaixa o nível
de NOx.
Condições para iniciar o passo
• O passo 2 deve ser bem-sucedido.
Descrição do passo
• Rotação do motor regulada em 1.100 rpm.
• A quantidade injetada de redutor é
regulada em 19-20 g/min.
• O nível de NOx é verificado.
Condições para o êxito do passo
• O nível de NOx deve cair, no mínimo, 65%
em comparação com o nível medido no
passo 2.
Descrição de passo bem-sucedido
• Quando o passo é bem-sucedido, a injeção
de redutor é interrompida sem mais
tentativas.
• Os códigos de falha se tornam inativos e a
luz de advertência B se apaga.

12 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 03:14-04
Desvalidação

Verificações para desvalidação com falha

Introdução Combustível
Veja abaixo informações sobre verificações • Verifique se o veículo foi abastecido com
para auxílio de diagnóstico de falhas caso a combustível alternativo o que pode
desvalidação seja malsucedida. provocar aumento nas emissões.
• Verifique as válvulas e injetores de
Nota: Leituras instáveis de um sensor durante a combustível.
medição podem levar ao cancelamento do
teste. Freio motor
• Verifique se o freio motor está
Passo 1: Aquecimento do sistema funcionando corretamente.
Temperatura ambiente Sistema de escape
• Verifique o sinal do sensor de temperatura • Verifique se o catalisador não está
ambiente. obstruído ou danificado.
Temperatura do líquido de arrefecimento • Verifique se a chapa do silencioso não está
obstruída ou danificada.
• Verifique se o termostato ou cubo do
ventilador está livre de falha. • Verifique se há vazamentos desde os
coletores de escape até o freio motor.
• Verifique o nível do líquido de
arrefecimento. • Verifique se o turbocompressor, as
unidades de injeção ou o motor foram
• Verifique o sinal do sensor de temperatura
reparados anteriormente, o que pode
do líquido de arrefecimento.
indicar que o catalisador está danificado.
• Veja também verificações para
combustível, freio motor e sistema de
escape.
Temperatura de escape
• Se a temperatura atingir 400°C (670 K) ou
mais, pode indicar que os dutos da chapa
do silencioso até o catalisador da SCR
estão obstruídos.
• Verifique o sinal do sensor de temperatura
de escape.
• Verifique o sensor de temperatura de
escape.
• Veja também verificações para
combustível, freio motor e sistema de
escape.

03:14-04 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 13
Desvalidação

Pressão do redutor
• A baixa pressão pode indicar vazamento na
linha ou falha da bomba.
• Execute a verificação 3 do Sistema no
SDP3 para orientação no diagnóstico de
falhas.
• Se o baixo consumo de redutor é suspeito,
um teste de dosagem pode ser efetuado
com o SDP3.
• Verifique usando a árvore de diagnóstico
de falha para pressão do redutor em
03:14-02.
Pressão de ar
• Se a pressão do ar antes da restrição está
acima de 8.500 hPa (8,5 bar), isso pode
indicar tubulações bloqueadas entre a
bomba e o bico injetor.
• Se a pressão do ar após a restrição está
acima de 4.200 hPa (4,2 bar), isso pode
indicar tubulações bloqueadas entre a
bomba e o bico injetor.
• Verifique com teste de Sistema 1 e 2 no
SDP3.
Temperatura no tanque de redutor.
• Verifique se a válvula do líquido de
arrefecimento para aquecimento do redutor
se abre e se fecha corretamente.
• Verifique se há códigos de falha ativos ou
inativos para o sensor de temperatura do
redutor. Isso pode indicar um sensor
defeituoso.
• Veja também verificações para a
temperatura do líquido de arrefecimento.
Temperatura na bomba
• Verifique o sinal vindo do sensor de
temperatura na bomba.

14 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 03:14-04
Desvalidação

Passo 2: Análise de nível de NOx

Nota: Se o passo 2 falha devido a um alto nível


de NOx, isso indica uma falha no motor básico,
como o sistema de combustível, e não uma
falha no sistema SCR.

Sensor de NOx
• Verifique se há códigos de falha ativos ou
inativos para o sensor de NOx. Isso pode
indicar um sensor defeituoso.
• Verifique se há variações no sinal de
medição, o que pode indicar uma falha
intermitente no sensor de NOx durante a
medição.
• Verifique falha no sinal de medição vindo
do sensor de NOx. Teste com um sensor
NOx novo se o valor estiver
inaceitavelmente baixo, alto ou ausente ou
se ele varia muito (por exemplo, entre 0 e
várias centenas de ppm).
• Veja também verificações para
combustível e sistema de escape no
passo 1.

Passo 3: Análise de diminuição de nível


de NOx
Redutor
• Use um refratômetro para verificar se o
redutor é da qualidade correta.
• Verifique usando a árvore de diagnóstico
de falha para pressão do redutor em
03:14-02.
Quantidade injetada de redutor
• Verifique usando a árvore de diagnóstico
de falha para pressão do redutor em
03:14-02.
Sensor de NOx
• Verifique de acordo com o passo 2.
Sistema de escape
• Verifique de acordo com o passo 1.

03:14-04 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 15
Desvalidação

Ações para desvalidação com falha


Introdução Anexos vindos do SDP3
• Entre em contato com a help desk do • SDP3Tool.log
distribuidor se a desvalidação for
repetidamente cancelada, mesmo com a • Arquivos de capturas de tela (arquivo de
realização do diagnóstico de falha e dos demonstração)
reparos necessários.
• Descarga de tela de valores de sensor
• Para melhorar o SDP3 e a desvalidação,
é importante relatar problemas ao
distribuidor se a desvalidação não tiver
êxito ou se tiver êxito apenas depois de
várias tentativas.

Informações necessárias ao entrar em


contato com o distribuidor
• Códigos de falha de EMS ativos que
devem ser desvalidados.
• Códigos de falha de EMS inativos quando
o veículo chega à oficina.
• Verificações e diagnósticos de falha
efetuados.
• Peças substituídas, reparadas ou limpas.
• Resultados do teste de sistema 1-3.
• Onde foi efetuada a desvalidação (dentro
ou fora da oficina).
• Temperatura ambiente no momento da
desvalidação.
• Descreva quais passos não foram
aprovados.
• O diagnóstico de falhas é bem-sucedido se
o desvio de qualquer passo necessário
estiver desmarcado.
• Diagnóstico de falhas e medições
efetuados para cancelar o registro do
requisito não cumprido.
• Conclusão sobre por que a desvalidação foi
malsucedida.

16 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 03:14-04
Desvalidação

Desvalidação por meio da condução do veículo


Como alternativa à desvalidação com o SDP3,
o próprio sistema pode verificar se ele está sem
falhas e desativar os códigos de falha.
1 Consulte a descrição do código de falha no
SDP3 para ver sob que circunstâncias o
código de falha pode ser corrigido.
2 Verifique se o código de falha tem uma
filtragem de ciclo e quantas vezes deve ser
verificado se o código de falha foi
corrigido.

3 As verificações do sistema podem ser


encontradas sob "Funções do usuário >
Aviso para motorista > Ação se houver um
código de falha resultante de níveis
proibidos de gases de escape > Verificar >
Verificação do sistema SCR".
4 Ligue o motor e verifique se a rotação do
motor está acima de 1.000 rpm e se que o
sistema SCR foi iniciado. Para códigos de
falha com filtragem de ciclo, o sistema
deve ser iniciado quatro vezes sucessivas
com cerca de 90 segundos entre cada vez.
Se a desvalidação tiver êxito

Se o sistema SCR estiver funcionando, a luz de


advertência B se apagará. Desative a luz de
advertência como a seguir:
• Ligue a ignição com a chave de partida,
mas não dê partida no motor.
• Desligue a ignição com a chave de partida
e aguarde pelo menos 15 segundos.
• Repita o procedimento duas vezes. A luz
de advertência se apagará cerca de
30 segundos depois de você girar a chave
de partida pela quarta vez.
• Apague os códigos de falha inativos
usando o SDP3.
Se a desvalidação for malsucedida
A luz de advertência B não se apagará. Veja a
seção "Verificações para desvalidação com
falha" e informações no SDP3.
Tente desvalidar usando o SDP3.

03:14-04 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 17
18 ©
Scania CV AB 2009, Sweden 03:14-04