Sie sind auf Seite 1von 34

APOSTILA RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMATICO – CFO 2018

Raciocínio Lógico e matemático:


1. Estruturas lógicas.
2. Lógica de argumentação.
3. Diagramas lógicos.
4. Teoria de conjuntos: conjuntos numéricos,
números naturais, inteiros, racionais e reais.
5. Relações, Equações de 1º e 2º graus, sistemas.
6. Inequações do 1º e do 2º grau.
7. Funções do 1º grau e do 2º grau e
sua representação gráfica.
8. Matrizes e Determinantes.
9. Sistemas Lineares.
10. Análise combinatória.
11. Geometria espacial.
12. Geometria de sólidos.
SUMÁRIO

Estruturas Lógicas ................................................................................................................ 3


Proposições .......................................................................................................................... 3
Conectivos ............................................................................................................................ 3
Quantificadores .................................................................................................................... 6
Negação de proposições ...................................................................................................... 6
Tautologia e Contradição...................................................................................................... 8
Equivalência Lógica .............................................................................................................. 8
Exercícios ............................................................................................................................. 9
Lógica Argumentativa ......................................................................................................... 13
Associação Lógica .............................................................................................................. 16
Diagramas Lógicos .............................................................................................................. 17
Teoria de conjuntos: conjuntos numéricos, números naturais, inteiros, racionais e reais. ..... 20
Relações, equações, inequações e funções de 1º e 2º graus. .............................................. 22
Matrizes e Determinantes ...................................................................................................... 25
Sistemas Lineares ................................................................................................................. 27
Análise combinatória.............................................................................................................. 28
Geometria espacial. ............................................................................................................... 30
Geometria de sólidos ............................................................................................................. 31
Poliedros............................................................................................................................. 31
Relação de Euler ................................................................................................................ 32
Poliedros de Platão ............................................................................................................ 32
Estruturas Lógicas denominados conectivos. As proposições
formadas com conectivos são chamadas
Lógica (do grego logos) significa proposições compostas.
pensamento, ideia, argumento. Ela tem o
objetivo primordial de garantir uma linha de Conectivo e
pensamento que chegue a conhecimentos
verdadeiros. Pondo-se o conectivo e (representado pelo
Podemos, então, dizer que a lógica nos símbolo ∧) entre duas proposições simples A
ensina a lidar com os argumentos, e B, obtemos uma proposição composta.
raciocinando corretamente para não Essa nova proposição é dita conjunção das
chegarmos a conclusões equivocadas. proposições originais A e B, ou seja, é a
proposição em que se declaram ao mesmo
Proposições tempo A e B.
A conjunção é verdadeira quando A e B forem
Proposição é uma declaração (afirmativa ou
ambas verdadeiras; se ao menos uma delas
negativa) que pode ser classificada como
for falsa, então A ∧ B é falsa.
verdadeira ou falsa. A B A∧B
 São proposições: V V V
i) “A Bahia fica na região Nordeste.” V F F
É uma proposição verdadeira. F V F
ii) “O dobro de três não é seis.” F F F
É uma proposição falsa.
iii) “Todo triângulo é equilátero.”
É uma proposição falsa. Exemplo 1
 Não são proposições, pois não podemos A: Cinco é ímpar. (verdadeira)
classificar como verdadeiras ou falsas: B: A água é incolor. (verdadeira)
i) “Antônio gosta de salada?” A ∧ B: Cinco é ímpar e a água é incolor.
É uma oração interrogativa.
(verdadeira)
ii) “Thiago, vá estudar para a prova de
Biologia.”
É uma oração imperativa. Exemplo 2
iii) “2x + 3 = 1” A: Belo Horizonte é maior do que Goiânia.
É uma equação.
(verdadeira)

Conectivos B: O Rio de Janeiro é maior do que São


Paulo. (falsa)

A partir de proposições simples, podemos A ∧ B: Belo Horizonte é maior do que Goiânia

formar proposições mais complexas, por e o Rio de Janeiro é maior do que São Paulo.

meio do emprego de símbolos lógicos, (falsa)

3
Conectivo ou disjunção exclusiva é verdadeira somente
quando as proposições A e B possuem valor
Pondo-se o conectivo ou (representado pelo lógico contrários.
símbolo ∨) entre duas proposições simples A A B A∨B

e B, obtemos uma proposição composta. V V F


V F V
Essa nova proposição é denominada
F V V
disjunção das proposições originais A e B, ou
F F F
seja, é a proposição em que se declara
verdadeira pelo menos uma das proposições
Exemplo 1
A e B.
A: Nove é par. (falsa)
A disjunção é verdadeira quando ao menos
B: A Terra gira em torno do Sol. (verdadeira)
uma das proposições A e B for verdadeira;
A ∨ B: Ou nove é par ou a Terra gira em torno
somente se ambas forem falsas é que será
do Sol. (verdadeira)
falsa.
A B A∨B
Exemplo 2
V V V
A: O humanos são bípedes. (verdadeira)
V F V
F V V B: A Terra não é plana. (verdadeira)
F F F A ∨ B: Ou os humanos são bípedes ou a Terra
Exemplo 1 não é plana. (falso)
A: Aranhas são mamíferos. (falsa)
B: Cobras são répteis. (verdadeira) Exemplo 3
A ∨ B: Aranhas são mamíferos ou cobras são A: Escorpiões são insetos. (falso)
répteis. (verdadeira) B: Cinco não é primo. (falso)
A ∨ B: Ou escorpiões são insetos ou cinco
Exemplo 2 não é primo. (falso)
A: O céu é azul. (verdadeira)
B: Triângulos não possuem diagonais. Implicação (condicional)
(verdadeira)
A ∨ B: O céu é azul ou triângulos não As palavras se e então, com as proposições
possuem diagonais. (verdadeira) A e B na forma “se A, então B”, determinam
uma nova proposição, denominada
OBSERVAÇÃO condicional de A e B. Essa proposição, que
Não confundir com a disjunção exclusiva também é chamada de implicação, indica-se
(representado pelo símbolo ∨), onde o por A ⇒ B, e pode ser lida de diversas
conectivo ou precede cada proposição. A maneiras, como:

4
i) Se A, então B. A recíproca de uma implicação A ⇒ B é a
ii) A implica B. implicação B ⇒ A.
iii) A é condição suficiente para B.
iv) B é condição necessária para A. A B A⇒B
V V V
V F F
Exemplo 1
F V V
A: Pedro foi ao Ceará.
F F F
B: Pedro foi ao Nordeste.
A ⇒ B: Se Pedro foi ao Ceará, então Pedro foi
Exemplo 3
ao Nordeste. (verdadeira)
A: O triângulo ABC é equilátero.
B ⇒ A: Se Pedro foi ao Nordeste, então Pedro
B: O triângulo ABC é isósceles.
foi ao Ceará. (falsa)
A ⇒ B: Se o triângulo ABC é equilátero, então
é o triângulo ABC isósceles. (verdadeira)
Exemplo 2
B ⇒ A: Se o triângulo ABC é isósceles, então
A: Mariana passou no vestibular do ITA.
é equilátero. (falsa)
B: Mariana estudou Matemática.
A ⇒ B: Se Mariana passou no ITA, então ela
Equivalência (bicondicional)
estudou Matemática. (verdadeira)
A ⇒ B: Estudar Matemática é condição
Equivalência entre as proposições A e B é a
necessária para passar no ITA. (verdadeira)
proposição indicada por A ⇔ B, pela qual se
A condicional A ⇒ B é falsa somente quando
declara, ao mesmo tempo, que A ⇒ B e B ⇒
A é verdadeira e B é falsa; caso contrário, A
A. São escritas na forma “A se somente se
⇒ B é verdadeira.
B”. Portanto, A é a condição necessária e
Observe que, se A for falsa, então a
suficiente para B, e vice-versa.
implicação será sempre verdadeira. Por A B A ⇔B
exemplo: V V V
• falsa ⇒ verdadeira, temos conclusão V F F

verdadeira. F V F
F F V
(5 é múltiplo de 3) ⇒ (5 > 3) (verdadeira)
• falsa ⇒ falsa, temos conclusão verdadeira.
Exemplo 1
(3 = 2) ⇒ (6 = 4) (verdadeira)
A: Amanhã vou à praia. (verdadeira)
A ideia é que se partirmos de uma proposição
B: Amanhã o dia será ensolarado. (falsa)
falsa podemos concluir qualquer coisa. Mas,
A ⇔ B: Amanhã vou à praia se, somente se,
a partir de uma proposição verdadeira, temos
o dia for ensolarado. (falsa)
de deduzir outra verdadeira.
5
Exemplo 2 Quantificador existencial
A: Amanhã vou à praia. (falsa) O quantificador existencial é indicado pelo
B: Amanhã o dia será ensolarado. (falsa) símbolo ∃, e deve ser lido “existe”, “existe ao
A ⇔ B: Amanhã vou à praia se, somente se, menos um” ou “existe um”.
o dia for ensolarado. (verdadeira) Exemplo
Se x denota um número real, temos as
Quantificadores proposições:
i) ∃ x: x + 2 = 5 (verdadeira)
Já vimos que sentenças do tipo x + 2 = 5 (ou
ii) ∃ x: x2 + 1 < 0 (falsa)
seja, sentenças com variáveis) não são
Se x denota um estudante, podemos
proposições, já que não são verdadeiras ou
construir a proposição:
falsas. Por isso, essas sentenças são
∃ x: x é inteligente. (verdadeira)
chamadas de sentenças abertas. Há duas
Escrevendo essa proposição em linguagem
maneiras de transformar sentenças abertas
corrente, temos:
em proposições: atribuindo valores
“existe estudante inteligente”.
específicos às variáveis ou utilizando um dos
dois tipos de quantificadores que veremos a
OBSERVAÇÃO
seguir.
Há também um tipo de quantificador, indicado
pelo símbolo ∃!, que significa “existe um
Quantificador universal
único”.
O quantificador universal é indicado pelo
símbolo ∀, e deve ser lido “qualquer que
Negação de proposições
seja”, “para todo” ou “para cada”.
Exemplo
Negação de proposições simples
Se x denota um número real, temos as
A negação de uma proposição A é
proposições:
simbolizada por ~A, que se lê “não A” ou,
i) ∀ x: 2x > 0 (verdadeira)
simplesmente, “negação de A”. Assim, se A é
ii) ∀ x: x + 3 = 1 (falsa)
falsa, então ~A é verdadeira, e, se A é
Se x denota um estudante, podemos
verdadeira, então ~A é falsa. Também
construir a proposição:
podemos dizer que negar uma proposição
∀ x: x é inteligente. (falsa)
acarreta inversão de seu valor lógico.
Escrevendo essa proposição em liguagem
corrente, temos:
OBSERVAÇÃO
“todo estudante é inteligente”.
Para qualquer proposição A, é claro que
~(~A) e A têm o mesmo valor lógico.
Outras formas simbólicas: ¬A, Ā, A’.
6
Exemplo i) A negação da implicação (A ⇒B) é a
A: 4 é primo. (falsa) conjunção (A e ~B).
~A: 4 não é primo. (verdadeira)
Exemplo
Negação de proposições compostas A: O Brasil possui 26 estados. (verdadeira)
 Para negarmos uma conjunção ou B: A capital do Brasil não é Brasília. (falsa)
disjunção, devemos inverter o valor lógico A ⇒B: Se o Brasil possui 26 estados, então a
de cada proposição e trocar “e” por “ou”, capital do Brasil não é Brasília. (falsa)
e vice-versa. ~( A ⇒B): O Brasil possui 26 estados e a
i) A negação da conjunção (A e B) é a capital do Brasil é Brasília. (verdadeira)
disjunção (~A ou ~B).
ii) A negação da disjunção (A ou B) é a A B ~B A ⇒B A ∧~B
V V F V F
conjunção (~A e ~B).
V F V F V
F V F V F
Em símbolos, escrevemos: F F V V F

~(A ∧ B) ⇔ (~A) ∨ (~B)


~(A ∨ B) ⇔ (~A) ∧ (~B)  Para negarmos uma equivalência,
devemos trocar o conectivo por uma
Exemplo disjunção exclusiva (∨)
A: Marcos trabalha. (verdadeira) i) A negação da equivalência (A ⇔B) é a
B: Marcos joga tênis. (falsa) disjunção exclusiva (ou A ou B).
A ∨ B: Marcos trabalha ou joga tênis.
(verdadeira) Exemplo
~(A ∨ B): Marcos não trabalha e não joga A: O sol é uma estrela. (verdadeira)
tênis. (falsa) B: A lua não é um satélite. (falsa)
A B ~A ~B A∨B (~A) A∧B (~A) A ⇔B: O sol é uma estrela se somente se a
∧(~B) ∨(~B)
V V F F V F V F
lua não é um satélite. (falso)
V F F V V F F V ~( A ⇔B): Ou o sol é uma estrela ou a lua é
F V V F V F F V
um satélite. (verdadeira)
F F V V F V F V
A B A ⇔B A∨B
*
V V V F
 Para negarmos uma implicação,
V F F V
devemos manter o valor lógico da
F V F V
primeira proposição, trocar “se ... então” F F V F
por “e”, e trocar o valor lógico da segunda
proposição.

7
Negação de “todo” Quadro Resumo das Negações
Proposição Negação
AeB Não A ou não B
Para tornarmos falsa a proposição “todo
A ou B Não A e não B
professor é alto”, devemos encontrar pelo Se A então B A e não B
menos um professor que não é alto. A se somente se B Ou A ou B
Todo A é B Algum A não é B
Portanto, seja a afirmação:
Nenhum A é B Algum A é B
A: Todo professor é alto. (falsa)
Algum A é B Nenhum A é B / Todo A não é B.
Sua negação é:
~A: Existe (pelo menos um) professor que Tautologia e Contradição
não é alto. (verdadeira)
~A: Nem todo professor é alto. (verdadeira) Uma tautologia é uma proposição que é
sempre verdadeira independente dos
Negação de “nenhum” valores-verdade das afirmações que
compõem a proposição.
Analogamente, para negarmos a proposição Uma contradição é uma proposição que é
“nenhum homem é fiel”, devemos encontrar sempre falsa independente dos valores-
pelo menos um homem que seja fiel. Temos, verdade das afirmações que compõem a
então: proposição.
A: Nenhum homem é fiel. (falsa) Exemplo 1
~A: Existe (pelo menos um) homem fiel. Verifique se a proposição composta A = (p ^
(verdadeira) q) ^ ¬(p ^ q) é uma contradição, uma
~A: Algum homem é fiel. (verdadeira) tautologia ou uma contingência.
p q p^q ¬ (p ^ q) (p ^ q) ^ ¬(p ^ q)
Negação de “algum” ou “existe” V V V F F
V F F V F
F V F V F
A: Existe cachorro inteligente. (falsa)
F F F V F
Se houver um ou mais cachorros inteligentes,
(é uma contradição)
a proposição anterior é verdadeira. Para
torná-la falsa, não pode haver cachorro
Equivalência Lógica
inteligente. Portanto, a negação da
proposição A é:
São estruturas lógicas (proposição) que
~A: Nenhum cachorro é inteligente.
possuem o mesmo valor lógico, independente
(verdadeira)
dos valores lógicos das afirmações que
~A: Todo cachorro não é inteligente.
compõem a proposição.
(verdadeira)

8
Exemplo 1 pode ser verdadeiro (V) ou falso (F), mas
A: Todo Platz é inteligente se, somente se, nunca ambos.
todo Plutz for bonito. Com base nas informações apresentadas no
B: Algum Platz é inteligente ou todo Plutz é texto acima, julgue os itens a seguir.
bonito, e, algum Plutz é bonito ou todo Platz
é inteligente. 2. (Cespe – PF – 2004) Se as proposições P
Usando linguagem simbólica: p ↔ q ≡ (¬p ∨ e Q são ambas verdadeiras, então a
q) ∧ (¬q ∨ p). proposição (¬ P) ∨ (¬ Q) também é

p q p↔q ¬p ¬q ¬p ∨ q ¬q ∨ p (¬p ∨ q) ∧
Exemplo 2 (¬q ∨ p)
V V V F F V V V
Mostre que p ↔ q ≡ (p → q) ∧ (q → p)
V F F F V F V F
p q p↔q p→q q→p (p → q) ∧ (q → p)
F V F V F V F F
F F V V V V V V

verdadeira.

3. (Cespe – PF – 2004) Se a proposição T é


verdadeira e a proposição R é falsa, então a
proposição R → (¬ T) é falsa.
Exercícios 4. (Cespe – PF – 2004) Se as proposições P
e Q são verdadeiras e a proposição R é falsa,
1. Uma proposição logicamente equivalente à
então a proposição (P ∧ R) → (¬ Q) é
negação da proposição “se o cão mia, então
verdadeira.
o gato não late” é a proposição
a) o cão mia ou o gato late.
5. (Cespe – TRT-5a Região – 2008) Se A, B,
b) o cão mia e o gato late.
C e D forem proposições simples e distintas,
c) o cão não mia ou o gato late.
então o número de linhas da tabela-verdade
d) o cão não mia e o gato late.
da proposição (A → B) ↔ (C → D) será
e) o cão não mia ou o gato não late.
superior a 15.

Considere que as letras P, Q, R e T


6. (Cespe – TRT-5a Região – 2008) Se A e B
representem proposições e que os símbolos
são proposições, então a proposição (A∨B) ↔
¬, ∧, ∨ e → sejam operadores lógicos que
(¬A)∧(¬B) é uma tautologia.
constroem novas proposições e significam
não, e, ou e se ... então, respectivamente. Na
7. Se A e B são proposições, então a
lógica proposicional, cada proposição
proposição (A∧B) ∧ (¬A ∨ B) é uma tautologia.
assume um único valor (valor verdade), que

9
8. (Cespe – MPE – 2008) Se a proposição A II. Você viu o cometa Halley?
for F e a proposição (¬A)∨B for V, então, III. Há vida no planeta Marte.
obrigatoriamente, a proposição B é V. IV. Se x < 2, então x + 3 > 1.
Nesse caso, entre essas quatro sentenças,
9. (Cespe – TRT-5a Região – 2008) apenas duas são proposições.
Considere as proposições seguintes.
Q: “Se o Estrela Futebol Clube vencer ou 14. Acerca de proposições, considere as
perder, cairá para a segunda divisão.” seguintes frases:
A: “O Estrela Futebol Clube vence.” I. Os Fundos Setoriais de Ciência e
B: “O Estrela Futebol Clube perde.” Tecnologia são instrumentos de
C: “O Estrela Futebol Clube cairá para a financiamento de projetos.
segunda divisão.” II. O que é o CT-Amazônia?
Nesse caso, a proposição Q pode ser III. Preste atenção ao edital!
expressa, simbolicamente, por A ∧ B → C. IV. Se o projeto for de cooperação
universidade-empresa, então podem ser
10. (Cespe – TRT-5a Região – 2008) pleiteados recursos do fundo setorial verde-
Considere as proposições a seguir. amarelo.
R: “Ou o Saturno Futebol Clube vence ou, se São proposições apenas as frases
perder, cairá para a segunda divisão.” correspondentes aos itens:
A: “O Saturno Futebol Clube vence.” A) I e IV;
B: “O Saturno Futebol Clube perde.” B) II e III;
C: “O Saturno Futebol Clube cairá para a C) III e IV;
segunda divisão.” D) I, II e III;
Nesse caso, a proposição R pode ser E) I, II e IV.
expressa, simbolicamente, por A ∨ (B → C).
15. (VUNESP-SP) Um jantar reúne 13
11. (Cespe – TRT– 2008) Se Q é o conjunto pessoas de uma mesma família. Das
dos números racionais, então a proposição afirmações a seguir, referentes às pessoas
(∀x)(x ∈ Q e x > 0)(x² > x) é valorada como F. reunidas, a única necessariamente
VERDADEIRA é:
12. (Cespe – TRT– 2008) Se Q é o conjunto A) Pelo menos uma delas tem altura superior
dos números racionais, então a proposição a 1,90 m.
(ꓱx)(x ∈Q)(x² = 2) é valorada como V. B) Pelo menos duas delas são do sexo
feminino.
13. Considere as seguintes sentenças: C) Pelo menos duas delas fazem aniversário
I. O Acre é um estado da Região Nordeste. no mesmo mês.
10
D) Pelo menos uma delas nasceu num dia 18. (CEFET-RJ) Se os pais de artistas
par. sempre são artistas, então
E) Pelo menos uma delas nasceu em janeiro A) os filhos de não artistas nunca são artistas.
ou fevereiro. B) os filhos de não artistas sempre são
artistas.
16. (UFMG–2007) Raquel, Júlia, Rita, C) os filhos de artistas sempre são artistas.
Carolina, Fernando, Paulo, Gustavo e D) os filhos de artistas nunca são artistas.
Antônio divertem-se em uma festa. Sabe-se E) os filhos de artistas quase sempre são
que artistas.
I) essas pessoas formam quatro casais; e
II) Carolina não é esposa de Paulo. 19. (Fatec-SP–2007) Numa caixa, existem 10
Em um dado momento, observa-se que a moedas cujos valores somados totalizam R$
mulher de Fernando está dançando com o 1,00. Na caixa, existem moedas de um
marido de Raquel, enquanto Fernando, centavo e de cinco centavos, entre outras. É
Carolina, Antônio, Paulo e Rita estão CORRETO afirmar que na caixa devem
sentados, conversando. Então, é CORRETO existir, pelo menos,
afirmar que a esposa de Antônio é A) uma moeda de dez centavos e duas de
A) Carolina.. cinco centavos.
B) Júlia. B) duas moedas de dez centavos e uma de
C) Raquel cinco centavos.
D) Rita. C) duas moedas de vinte e cinco centavos e
uma de cinco centavos.
17. A negação da afirmação “Nenhuma D) duas moedas de vinte e cinco centavos e
pessoa lenta em aprender frequenta esta uma de dez centavos.
escola” é E) duas moedas de cinquenta centavos.
A) “Todas as pessoas lentas em aprender
frequentam esta escola.” 20. (Cesgranrio) A figura a seguir mostra três
B) “Todas as pessoas lentas em aprender dados iguais.
não frequentam esta escola.” O número da face que é
C) “Algumas pessoas lentas em aprender a base inferior da coluna
frequentam esta escola.” de dados
D) “Algumas pessoas lentas em aprender não A) é 1.
frequentam esta escola.” B) é 2.
E) “Nenhuma pessoa lenta em aprender não C) é 4.
frequenta esta escola.” D) é 6.
E) pode ser 1 ou 4.
11
21. (OEM-RJ) Alice, Beatriz, Célia e Dora da afirmação feita. Diante desse fato, a nota
apostaram uma corrida. de retratação pode ter sido:
Alice disse: Célia ganhou e Beatriz chegou A) “Nenhum aluno será reprovado em Anatomia.”
em segundo lugar. B) “Algum aluno será aprovado em Anatomia.”

Beatriz disse: Célia chegou em segundo lugar C) “Algum aluno será reprovado em Anatomia.”
D) “Se alguém for reprovado em Anatomia, então
e Dora em terceiro.
não será um aluno.”
Célia disse: Dora foi a última e Alice, a
E) “Todos os reprovados em Anatomia não são
segunda.
alunos.”
Cada uma das quatro meninas disse uma
verdade e uma mentira (não
24. (Unimontes-MG) Em uma gincana, três
necessariamente nessa ordem). A ordem de
crianças teriam de vestir camisetas azul,
chegada das meninas nessa corrida foi:
preta e branca, sendo uma cor para cada
A) Alice, Dora, Beatriz e Célia.
criança. Seus tênis apresentariam, cada par
B) Célia, Alice, Dora e Beatriz
deles, uma dessas três cores. Fabrício usaria
C) Beatriz, Célia, Alice e Dora.
tênis azuis, somente Paulo usaria tênis e
D) Dora, Beatriz, Célia e Alice.
camiseta da mesma cor, e Pedro não usaria
camiseta nem tênis brancos. As cores das
22. (UFOP-MG–2008) Considere a
camisetas de Fabrício, Paulo e Pedro seriam,
afirmação: “Em um grupo de n pessoas,
respectivamente,
pode-se garantir que três delas aniversariam
A) azul, branco e preto.
no mesmo mês”. O menor valor de n que
B) preto, branco e azul.
torna verdadeira essa afirmação é
C) branco, preto e azul.
A) 3
D) azul, preto e branco.
B) 24
C) 25
25. Alberto, Bernardo, Carlos e Diego foram
D) 36
jantar em companhia de suas esposas. No
restaurante, sentaram-se ao redor de uma
23. (Unifor-CE–2009) Certo dia, o Centro
mesa redonda de forma que:
Acadêmico de uma Faculdade de Medicina
i) nenhum marido se sentou ao lado de sua
publicou a seguinte notícia:
esposa.
“Todos os alunos serão reprovados em
ii) em frente de Alberto se sentou Carlos.
Anatomia!”
iii) à direita da esposa de Alberto se sentou
A repercussão dessa manchete fez com que
Bernardo.
a direção da faculdade interpelasse os
iv) não havia dois homens juntos.
responsáveis e deles exigisse, como forma
Quem se sentou entre Alberto e Diego?
de retratação, a publicação de uma negação
12
A) A esposa de Alberto. ímpar em uma face, então, na outra face, há
B) A esposa de Carlos. um quadrado”. Para comprovar se essa
C) A esposa de Diego. afirmação é verdadeira, será necessário olhar
D) A esposa de Bernardo. a outra face:
a) apenas dos cartões A e B;
26. Com base nos seus conhecimentos de b) apenas dos cartões A, D e E;
lógica proposicional, é CORRETO afirmar c) apenas dos cartões B, C e E;
que, para todos os possíveis valores lógicos, d) de todos os cartões.
V ou F, que podem ser atribuídos a P e a Q,
uma proposição simbolizada por ¬ [P → (¬ Q)] Gabarito
1 B 5 C 9 E 13 E 17 C 21 B 25 B
possui os mesmos valores lógicos que a
2 E 6 E 10 C 14 A 18 A 22 C 26 E
proposição simbolizada por: 3 E 7 E 11 C 15 C 19 A 23 B 27 A
4 E 8 E 12 E 16 A 20 C 24 B 28 B
a) (¬P)∨Q;
b) (¬Q)→P;
Lógica Argumentativa
c) ¬[(¬P)∧(¬Q)];
d) ¬[¬(P→Q)];
Argumento: É uma associação de frases que
e) P∧Q.
tem como intuito gerar um resultado o qual
chamamos de conclusão.
27. (Cespe – UnB – TRT-1a Região – 2008)
Considerando todos os possíveis valores
Exemplo 1
lógicos V ou F atribuídos às proposições A e
Glória é baiana ou Glória é paulista. (p ou q)
B, assinale a opção correspondente à
Glória não é paulista. (~q)
proposição composta que é uma contradição.
Logo, Glória é baiana. (p)
a) [A∧(¬B)]∧[(¬A)∨B].
Percebemos que o argumento é válido
b) (A∨B)∨[(¬A)∧(¬B)].
porque partindo da veracidade das premissas
c) [A∧(¬B)]∨(A∧B).
geramos uma conclusão que não é duvidosa.
d) [A∧(¬B)]∨A.
p q ~q p˅q
e) A∧[(¬B)∨A].
V V F V
V F V V
28.
F V F V
F F V F

Considere que cada um dos cartões acima


tenha um número em uma face e uma figura Exemplo 2

na outra, e que alguém fez a seguinte Considere que são V as seguintes

afirmação: “se, em um cartão, há um número proposições:

13
• “Se Joaquim é desembargador ou Joaquim Exercicios
é ministro, então Joaquim é bacharel em 1. Considere verdadeiras as duas premissas
Direito”; abaixo:
• “Joaquim é ministro”. Nessa situação, “O raciocínio de Pedro está correto”, ou “O
conclui-se que também é V a proposição: julgamento de Paulo foi injusto”.
a) Joaquim não é desembargador. “O raciocínio de Pedro não está correto.”
b) Joaquim não é desembargador, mas é Portanto, se a conclusão for a proposição, “O
ministro. julgamento de Paulo foi injusto”, tem-se uma
c) Se Joaquim é bacharel em Direito então dedução lógica correta.
Joaquim é desembargador.
d) Joaquim é bacharel em Direito. 2. Em uma argumentação, suponha que as
proposições:
Resolução “Se Gabriel não é culpado, então a
Em linguagem simbólica: promotoria não condenará Gabriel” e “Gabriel
P: Joaquim é desembargador é culpado” sejam ambas verdadeiras. Nessa
Q: Joaquim é ministro situação, é CORRETO inferir que “A
R: Joaquim é bacharel em Direito promotoria condenará Gabriel”.
I. (P˅Q) -> R
II. Q (todas verdadeiras) 3. Considere a seguinte sequência de
proposições:
Monta-se a tabela verdade (1) Se o crime foi perfeito, então o criminoso
P Q P˅Q R (P˅Q) -> R ~P^Q R->P não foi preso.
V V V V V F V (2) O criminoso não foi preso.
V F V V V
(3) Portanto, o crime foi perfeito.
F V V V V V F
Se (1) e (2) são premissas verdadeiras, então
F F F V V
V V V F F a proposição (3), a conclusão, é verdadeira, e
V F V F F a sequência é uma dedução lógica correta.
F V V F F
F F F F V 4. Considere que as proposições listadas
a) não se pode concluir. abaixo sejam todas verdadeiras.
b) ~P^Q não se pode concluir I. Se Clara não é policial, então João não é
c) R->P não se pode concluir analista de sistemas.
d) R é verdadeiro. II. Se Lucas não é policial, então Elias é
contador.
III. Clara é policial.

14
Supondo que cada pessoa citada tenha E) Artur é professor e Bruno não é
somente uma profissão, então está correto engenheiro.
concluir que a proposição “João é contador” é
verdadeira. 7. São verdadeiras as seguintes afirmações:
I. Todos os calouros são humanos.
5. (Ibmec-SP–2007) Observe o slogan de II. Todos os estudantes são humanos.
uma cervejaria, utilizado em uma campanha III. Alguns estudantes pensam.
publicitária: Dadas as quatro afirmações a seguir:
“Se o bar é bom, então o chopp é Tathurana.” 1. Todos os calouros são estudantes.
Os bares Matriz e Autêntico oferecem a seus 2. Alguns humanos pensam.
clientes chopp das marcas Tathurana e 3. Nenhum calouro pensa.
Karakol, respectivamente. Então, de acordo 4. Alguns humanos que pensam não são
com o slogan anterior, pode-se concluir que estudantes. Então, as sentenças que são
A) os dois bares são necessariamente bons. consequências lógicas de I, II e III são
B) o bar Matriz é necessariamente bom e o A) 2
bar Autêntico pode ser bom ou não. B) 4
C) o bar Matriz é necessariamente bom e o C) 2, 3
bar Autêntico, necessariamente, não é bom. D) 2, 4
D) o bar Matriz pode ser bom ou não e o bar E) 1, 2
Autêntico, necessariamente, não é bom.
E) os dois bares, necessariamente, não são 8.Considere verdadeiras as proposições:
bons. I. Fernando é médico ou João é dentista.
II. Se Fernando é médico, então Rafael é
6. Considere as afirmativas: bombeiro.
I. “Se Paulo é médico, então Artur não é III. Se João é dentista, então Rafael é
professor”. bombeiro.
II. “Se Paulo não é médico, então Bruno é Dadas as proposições, pode-se concluir que:
engenheiro”. A) Fernando não é médico.
Sabendo-se que Artur é professor, pode-se B) João é dentista.
concluir, CORRETAMENTE, que C) Rafael é bombeiro.
A) Paulo é médico. D) Fernando é médico e João não é dentista.
B) Bruno é engenheiro.
C) Artur é professor e Paulo é médico. 9. Se Beto briga com Glória, então Glória vai
D) Paulo é médico ou Bruno não é ao cinema. Se Glória vai ao cinema, então
engenheiro. Carla fica em casa. Se Carla fica em casa,

15
então Raul briga com Carla. Ora, Raul não associações de forma à facilitar a
briga com Carla, logo: visualização das deduções.
A) Carla não fica em casa e Beto não briga
com Glória. Exemplo 1
B) Carla fica em casa e Glória vai ao cinema.
C) Carla não fica em casa e Glória vai ao Antônio, Benedito e Camilo são clientes de
cinema. uma agência bancária. Certo dia, os três
D) Glória vai ao cinema e Beto briga com entraram na agência e pegaram senhas para
Glória. atendimento no caixa. Cada um deles
E) Glória não vai ao cinema e Beto briga com realizou exatamente uma das seguintes
Glória. tarefas: fazer um depósito, pagar uma fatura,
liquidar uma hipoteca. Sabendo que Camilo
10. Em um truque de mágica, sabe-se que: se não foi o segundo nem o terceiro a ser
o número der certo, o ilusionista aparecerá atendido, que Antônio foi liquidar a hipoteca e
livre das correntes. Se o truque der errado, o que o segundo que foi atendido foi pagar uma
ilusionista corre sério perigo. Caso o fatura, julgue os itens subsequentes, acerca
ilusionista corra sério perigo, os bombeiros da situação hipotética apresentada.
devem, obrigatoriamente, invadir o palco. Se
os bombeiros invadirem o palco, o público se 1. Antônio foi o terceiro atendido e não foi
assustará. Caso o público se assuste, o fazer o depósito bancário na agência.
número será censurado. Ora, sabemos que 2. Benedito não foi pagar a fatura na agência
os bombeiros não invadiram o palco, então, bancária.
certamente, 3. Se um dos clientes não foi o primeiro a ser
A) o truque não foi realizado. atendido ou não foi fazer o depósito, então ele
B) o ilusionista corre sério perigo. não se chama Camilo.
C) o ilusionista apareceu livre das correntes.
D) o público se assustou. 1º 2º 3º Dep. Fat. Hip.
Antonio
E) o número foi censurado.
Benedito
Camilo
Gabarito
Depósito
1 Certo 3 Errado 5 D 7 A 9 B
2 Errado 4 Errado 6 B 8 C 10 C
Fatura
Hipoteca
Associação Lógica R: C, E, C

Usada para associar informações. Nesse tipo


de dedução, usa-se uma tabela para as
16
Exercícios IV. A CNH de Pedro estava vencida.
V. A proposição “Se Pedro apresentou CNH
1. Três carros de uma concessionária, um vencida, então Mário é o condutor do veículo
azul, um prata e um preto foram comprados, B” é verdadeira.
cada um, por Vítor, Frederico e Kátia. O carro Estão certos apenas os itens:
preto foi comprado por um homem. Frederico a) I e II;
não comprou o carro prata. Kátia não b) I e IV;
comprou o carro azul. Apenas a partir das c) II e III;
informações anteriores, é CORRETO afirmar d) III e V;
que : e) IV e V.
A) Vítor comprou o carro azul.
B) Kátia comprou o carro prata e Vítor Gabarito: 1C 2D

comprou o carro preto. Diagramas Lógicos


C) Vítor não comprou o carro prata.
D) Frederico comprou o carro preto e Kátia Quadro Resumo

não comprou o carro prata.

2. (Cespe – UnB – PRF – 2008) Em um posto


de fiscalização da PRF, os veículos A, B e C
foram abordados, e os seus condutores,
Pedro, Jorge e Mário, foram autuados pelas
seguintes infrações: (i) um deles estava
dirigindo alcoolizado; (ii) outro apresentou a
CNH vencida; (iii) a CNH apresentada pelo
terceiro motorista era de categoria inferior à
exigida para conduzir o veículo que ele
dirigia. Sabe-se que Pedro era o condutor do
veículo C; o motorista que apresentou a CNH
vencida conduzia o veículo B; Mário era quem
estava dirigindo alcoolizado. Exemplo
Com relação a essa situação hipotética, Uma escola de arte oferece aulas de canto,
julgue os itens que se seguem. dança, teatro, violão e piano. Todos os
I. A CNH do motorista do veículo A era de professores de canto são, também,
categoria inferior à exigida. professores de dança, mas nenhum professor
II. Mário não era o condutor do veículo A. de dança é professor de teatro. Todos os
III. Jorge era o condutor do veículo B. professores de violão são, também,
17
professores de piano, e alguns professores (B) todo funcionário que tem bronquite é
de piano são, também, professores de teatro. fumante.
Sabe-se que nenhum professor de piano é (C) todo funcionário fumante costuma faltar
professor de dança, e como as aulas de ao trabalho.
piano, violão e teatro não têm nenhum (D) é possível que exista algum funcionário
professor em comum, então: que tenha bronquite e não falta habitualmente
a) nenhum professor de violão é professor de ao trabalho.
canto (E) é possível que exista algum funcionário
b) pelo menos um professor de violão é que seja fumante e não tenha bronquite.
professor de teatro
c) pelo menos um professor de canto é 02. (Consulplan) Numa determinada escola
professor de teatro de idiomas, todos os alunos estudam alemão
d) todos os professores de piano são ou italiano. Sabe-se que aqueles que
professores de canto estudam inglês estudam espanhol e os que
e) todos os professores de piano são estudam alemão não estudam nem inglês
professores de violão nem espanhol, conforme indicado no
diagrama a seguir.
dan pian
ca o
cant teat
ro viol
o

Resposta letra A.
Pode-se concluir que:
(A) Todos os alunos que estudam espanhol
Exercícios:
estudam inglês.
01. (FCC) As afirmações seguintes são
(B) Todos os alunos que estudam italiano
resultados de uma pesquisa feita entre os
estudam inglês.
funcionários de certa empresa.
(C) Alguns alunos que estudam espanhol não
-Todo indivíduo que fuma tem bronquite.
estudam italiano.
-Todo indivíduo que tem bronquite costuma
(D) Alguns alunos que estudam italiano não
faltar ao trabalho.
estudam inglês.
Relativamente a esses resultados, é correto
(E) Alguns alunos que estudam alemão
concluir que:
estudam italiano.
(A) existem funcionários fumantes que não
faltam ao trabalho.

18
03. Se “alguns universitários são empreende- valorada como V a seguinte proposição:
dores” e “todos os empreendedores são pes- “Algum flamenguista não é botafoguense”.
soas competentes”, então, com as propo-
sições apresentadas, pode-se concluir que: 07. (Esaf) Numa empresa de nanotecnologia,
A) “algum universitário é uma pessoa sabe-se que todos os mecânicos são
competente”; engenheiros e que todos os engenheiros são
B) “toda pessoa competente é pós-graduados. Se alguns administradores
empreendedora”; da empresa também são engenheiros, pode-
C) “todo empreendedor é universitário”; se afirmar que, nessa empresa:
D) “nenhuma pessoa competente é A) todos os administradores são pós-
universitária”; graduados.
E) “nenhum universitário não é competente”. B) alguns administradores são pós-
graduados.
04. Se é verdade que "Alguns escritores são C) há mecânicos não pós-graduados.
poetas" e que "Nenhum músico é poeta", D) todos os trabalhadores são pós-
então, também é necessariamente verdade graduados.
que: E) nem todos os engenheiros são pós-
(A) nenhum músico é escritor graduados.
(B) algum escritor é músico
(C) algum músico é escritor 09. (Consulplan) Observe os diagramas a
(D) algum escritor não é músico seguir e suas correspondentes proposições:
(E) nenhum escritor é músico

05. (Cesgranrio) Se todo A é B e nenhum B é


C, é possível concluir, corretamente, que:
(A) nenhum B é A.
(B) nenhum A é C.
(C) todo A é C.
(D) todo C é B.
(E) todo B é A.

06. (Cespe) Considere que as proposições I. Todo pianista é cantor e alguns cantores
“Alguns flamenguistas são vascaínos” e são compositores.
“Nenhum botafoguense é vascaíno” sejam II. Todo compositor é também cantor e
valoradas como V. Nesse caso, também será pianista.

19
III. Alguns compositores são pianistas e A) é um conjunto unitário.
nenhum pianista é cantor. B) é um conjunto vazio.
IV. Todos os cantores são pianistas e C) possui 2 elementos.
compositores. D) possui 6 elementos.
Assinale a associação correta: E) possui 3 elementos.
(A) A-II; B-I; C-III; D-IV
(B) A-III; B-IV; C-II; D-I 3. (FEI-SP) Em uma sala retangular de piso
(C) A-IV; B-II; C-I; D-III plano nas dimensões 8,80 m por 7,60 m,
(D) A-II; B-I; C-IV; D-III deseja-se colocar ladrilhos quadrados iguais,
(E) A-IV; B-II; C-III; D-I sem necessidade de recortar nenhuma peça.
A medida máxima do lado de cada ladrilho é
GABARITO Diagramas Lógicos
A) 10 cm.
1.C 2.D 3.A 4.D 5.B 6.V 7.B 8.D
B) 20 cm.

Teoria de conjuntos: conjuntos C) 30 cm.

numéricos, números naturais, D) 40 cm.

inteiros, racionais e reais. E) 50 cm.

1. (AOCP) Para realização de uma 4. (UFJF-MG–2009) Em uma rodovia, a partir


pesquisa sobre a preferência de algumas do quilômetro 40, a cada 3 km há postos de
pessoas entre dois canais de TV, canal A e telefones SOS. Ocorreu um acidente no
Canal B, os entrevistadores colheram as quilômetro 750 dessa rodovia. A distância do
seguintes informações: 17 pessoas telefone SOS mais próximo do local do
preferem o canal A, 13 pessoas assistem o acidente é
canal B e 10 pessoas gostam dos canais A A) 0,6 km.
e B. Assinale a alternativa que apresenta o B) 0,8 km.
total de pessoas entrevistadas. C) 1 km.
A) 20 D) 1,2 km.
B) 23 E) 1,4 km.
C) 27
D) 30 5. (FGV-SP) Em certo ano, ao analisar os
E) 40 dados dos candidatos ao Concurso Vestibular
para o Curso de Graduação em
2. Dados os conjuntos A = { 1; 2; 3 }, B = { Administração, nas modalidades
1; {2}, {3} } e C = { {1}; {2; 3} }, sabendo-se Administração de Empresas e Administração
que o conjunto M = C ∩ (A U B), é correto Pública, concluiu-se que
afirmar que M
20
i) 80% do número total de candidatos optaram A) mais de 92% tem fator Rh +
pela modalidade Administração de B) aproximadamente 3% têm sangue do tipo
Empresas. A e fator Rh-.
ii) 70% do número total de candidatos eram C) 9% têm fator Rh-.
do sexo masculino. D) mais da metade tem sangue do tipo O.
iii) 50% do número de candidatos à E) menos de 13% têm sangue do tipo B e
modalidade Administração Pública eram do fator Rh+.
sexo masculino.
iv) 500 mulheres optaram pela modalidade 7. Três amigos decidiram criar uma
Administração Pública. companhia para produzir aplicativos para
celular. O investimento inicial de cada um
O número de candidatos do sexo masculino à deles foi o seguinte: Juliana R$ 20.000,00,
modalidade Administração de Empresas foi Lauro R$ 32.000,00 e Maria R$ 38.000,00.
A) 4 000 Após três anos de trabalho e muito sucesso
B) 3 500 de um de seus produtos, a companhia foi
C) 3 000 vendida para uma multinacional por R$
D) 1 500 1.350.000,00. Sabendo que esse valor de
E) 1 000 venda foi dividido proporcionalmente ao
investimento inicial de cada um dos três
6. Quadro 1 - Ocorrências no tipo sanguíneo amigos, considere as seguintes afirmativas:
e fator Rh em recém-nascidos no Hospital e 1. Juliana recebeu R$ 300.000,00.
Maternidade Cachoeirinha, entre 1/8/2001 e 2. Lauro recebeu R$ 450.000,00.
31/7/2012. 3. Maria recebeu R$ 570.000,00.
Assinale a alternativa correta
A) Somente a afirmativa 1 é verdadeira.
B) Somente a afirmativa 3 é verdadeira.
Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ramb/v53n1/18.pdf>.
C) Somente as afirmativas 1 e 2 são
Acesso em: 28 dez. 2016.

O quadro apresentado mostra o número de verdadeiras.

ocorrências dos tipos sanguíneos e fator Rh D) Somente as afirmativas 1 e 3 são

nos recém-nascidos em uma maternidade da verdadeiras.

Zona Oeste de São Paulo, no período de um E) Somente as afirmativas 2 e 3 são

ano. verdadeiras.

Com base nos dados apresentados no


quadro, é correto afirmar que, em relação 8. Dentre o total de pessoas presentes em
aos recém-nascidos na maternidade, no uma escola, 2/3 das pessoas são alunos, 1/4
período considerado, das pessoas são alunas e as restantes 40
21
pessoas são docentes e trabalhadores (A) 18
internos. Quantas são as alunas estudantes (B) 15
nessa escola? (C) 14
A) 240 (D) 12
B) 200 (E) 10
C) 150
D) 120 12. Um determinado produto sofreu um
E) 100 aumento de 12% e, logo depois, outro
aumento de 20%. Se atualmente seu preço é
9. Três placas de aço devem ser divididas em de R$ 58,60, qual era seu preço antes do
partes e tamanhos iguais, com o maior primeiro aumento?
tamanho possível. Se as placas medem 90 (A) R$42,80
m², 108 m² e 144 m², qual deve ser a área de (B) R$43,60
cada uma das partes? (C) R$44,80
(A) 9 m² (D) R$45,60
(B) 12 m² (E) R$45,80
(C) 18 m²
Gabarito conjuntos
(D) 20 m²
1 A 2B 3D 4C 5C 6B 7D 8D 9C 10B 11E 12B
(E) 24 m²

Relações, equações,
10. Um determinado relógio tem um defeito, inequações e funções de 1º e
em consequência do qual adianta sempre 12 2º graus.
minutos a cada dia. Nesse caso, em 8 horas
e 40 minutos, ele terá adiantado 1. Um pai deu aos seus três filhos tudo o
aproximadamente: que tinha na carteira. Para cada filho ele
(A) 3,5 minutos deu R$ 2,00 a mais do que a metade do que
(B) 4,5 minutos deu ao filho anterior. Qual é o valor que esse
(C) 3,8 minutos pai possuía na carteira?
(D) 3,0 minutos A) R$ 12,00.
(E) 5,0 minutos B) R$ 20,00.
C) R$ 28,00.
11. Na sede do CRBio-5, 25 operários levam D) R$ 32,00.
5 dias trabalhando 8 horas por dia na reforma E) R$ 44,00
do prédio. Quantos dias serão necessários
para 20 operários realizarem a mesma tarefa
trabalhando 5 horas por dia?
22
2. Lucas possui 12 anos de idade, e seu pai 2.000,00. Atualmente são comercializados
51. Daqui a quantos anos a idade do pai 1.000 notebooks mensalmente, a um preço
será o quádruplo da idade de seu filho? unitário de R$ 5.000,00. Devido à
A) 1 concorrência no mercado, será necessário
B) 5 haver uma redução de 30% no preço
C) 7 unitário de venda. Para manter seu lucro
D) 12 mensal, de quanto deverá ser o aumento na
E) 15 quantidade vendida?
A) 30%
3. Considere a função ⨍ : IR → IR definida B) 50%
por ⨍ (x) = 3 - 2x - x2. Sobre o vértice dessa C) 100%
parábola podemos afirmar que D) 150%
A) localiza-se no primeiro quadrante. E) 120%
B) localiza-se no segundo quadrante.
C) localiza-se no terceiro quadrante. 6. Um ônibus de 54 lugares foi fretado para
D) localiza-se no quarto quadrante. uma excursão. A empresa cobrou de cada
E) localiza-se sobre um dos eixos. passageiro a quantia de R$ 55,00 e mais R$
2,50 por lugar vago. O número de
4. (IBFC – 2017)Assinale a alternativa passageiros que dá à empresa rentabilidade
correta. As idades de cinco funcionários de máxima é
uma empresa são diferentes e consecutivas A) 16
e a média das idades é igual a 37 anos. Se B ) 24
o funcionário com menor idade não fizer C) 38
parte dessa média, então a média dos D) 49
quatro funcionários restantes passará a ser: E) 54
A) entre 37 e 38 anos
B) menor que 37 anos 7. Em relação à inequação , é

C) 39 anos CORRETO afirmar que o seu conjunto

D) entre 36 e 37 anos solução é:

E) entre 38 e 39 anos A) (- ∞ , 1) ∪ (2, + ∞ )


B) (-2, 1)

5. Um fabricante de notebooks opera com C) (- ∞ , -2) ∪ (1, + ∞ )

um custo fixo de R$ 1.200.000,00 por mês D) (1, 2)

(correspondente ao aluguel, seguro e


prestação das máquinas). O custo de
produção de cada notebook é de R$
23
8. O conjunto solução da B) O lucro máximo é de R$ 9 380,00 e
devem ser fabricadas e vendidas 320
inequação é: caixas.
C) O lucro máximo é de R$ 9 490,00 e
A) devem ser fabricadas e vendidas 320
B) caixas.
D) O lucro máximo é de R$ 8 390,00 e
C) devem ser fabricadas e vendidas 210
caixas.
D)
E) O lucro máximo é de R$ 9 480,00 e
E) devem ser fabricadas e vendidas 310
caixas.

9. Sendo uma função


11. Dada a inequação - x² - x + 6 > 0, afirma-
bijetora, o valor de é:
se que: .
A) -1
I. Seu conjunto solução é vazio.
B) 2
II. Os elementos do seu conjunto solução
C) 3
pertencem ao intervalo [-3, 2].
D) 1
III. Há quatro números inteiros em seu
E) 0
conjunto solução. .
Quais estão corretas?
10. Determinada indústria farmacêutica
A) Apenas I.
vende cada caixa de certo medicamento
B) Apenas II.
por R$ 90,00. O custo de produção diário C
C) Apenas III.
desse medicamento varia de acordo com a
D) Apenas II e III.
função C(n) = 0,2n2 + 6n + 430, em que n é
E) I, II e III.
a quantidade de caixas produzidas. Qual é,
respectivamente, o lucro máximo diário que 12. O domínio da função definida por
essa indústria pode obter com a venda
desse medicamento e quantas caixas
devem ser fabricadas e vendidas para se A) D(f) = [-5, 5]U]3,∞[
obter este lucro máximo? B) D(f) = [-5, 5[U[3,∞[
A) O lucro máximo é de R$ 8 930,00 e C) D(f) = [-5, 3[U[5,∞[
devem ser fabricadas e vendidas 120 D) D(f) = ]-5, 3]U]5,∞[
caixas. E) D(f) = ]-5, 3[U]5,∞[

24
13. O maior número inteiro que pertence ao A matriz A – B é igual a:
conjunto solução da inequação

é:
A) 0 A)

B) -1
C) -3
B)
D) -6
E) -7
C)
14. Sendo x1 e x2 os valores de x, onde o
gráfico da função f(x) = x 2 – 15.x + 3 corta o
D)
eixo x, ou seja, x e x são as raízes ou zeros
da função, determine o valor da 2. (Objetiva 2015) Dada a matriz ,
expressão analisar os itens abaixo:
A) 50 I) A transposta da matriz A é igual à
B) 25 transposta da inversa da matriz A.
C) 5.√2 II) A matriz A não é inversível, pois seu
D) 0,50 determinante é igual a zero.
E) 0,25
III) .
15. O custo para a produção mensal de x
milhares de unidades de certo produto é de Estão CORRETOS:
x² + 2x reais. O preço de venda de x milhares A) Somente os itens II e III.
desse produto é de 4x + 24 reais. Nessas B) Somente os itens I e III.
condições, julgue o item a seguir.
C) Somente os itens I e II.
D) Todos os intens.
O gráfico da função lucro é uma parábola
com a concavidade voltada para cima
[ ] Certo [ ] Errado 3. Observe a matriz abaixo.

Gabarito
1A 2A 3B 4A 5C 6C 7C 8D 9B 10D 11D 12C 13E 14A 15E

Matrizes e Determinantes Dada a matriz, assinale a alternativa que


apresenta o valor de X = -4 + detA.
1. (MS – 2017) Sejam as matrizes A) -1/2
B) 2/3
C) 3/2
.
D) -4/3
25
4. (VUNESP 2014) Sendo empregado em cada tipo de casa é dada pela
matriz:

o cofator do elemento a23 da matriz


transposta de A multiplicado pelo
determinante da matriz inversa de B Suponha que o construtor vá construir 2
corresponde a casas do tipo moderno e 3 do tipo colonial. Se
A) -3 os preços por unidade de ferro, madeira e
B) 1/6 tijolo são, respectivamente, R$15,00, R$8,00
C) ¼ e R$10,00, então o custo total do material
D) ½ empregado é igual a
E) 2 A) R$ 1 923,00.
B) R$ 1 602,00.
5. (FDC 2014) Observe a matriz abaixo: C) R$ 1 973,00.
D) R$ 1 932,00.

𝑥 1
7. (FGV-SP) A matriz 𝐴 = [ ] é inversa
5 3
Nessa matriz, cada elemento 3 −1
de 𝐵 = [ ]
aij corresponde, em graus centígrados, à 𝑦 2
temperatura observada no momento i do Nessas condições, podemos afirmar que a
soma x + y vale
dia j, em um bairro da região central de
Aracaju. A) –1

A diferença, em graus centígrados, entre a B) –2


temperatura observada no momento 2 do 3° C) –3
dia e a temperatura observada no momento D) –4
1 do 2° dia é igual a: E) –5
A) 4,5
B) 3,5
C) 3,0
D) 2,6

6. (Unimontes-MG) Um construtor tem


contratos para construir 2 estilos de casa: Gabrito matrizes e determinantes

moderno e colonial. A quantidade de material 1A 2A 3A 4B 5D 6C 7C

26
Sistemas Lineares quilo de arroz, um de feijão e um de tomate
foi igual a:

1. Se o par é a solução do A) 10,40


B) 11,80
sistema , então qual é o valor
de ? C) 12,50
A) 0 D) 13,60
B) 1 E) 14,10
C) 3
D) 5 4. A solução do sistema linear abaixo é:
2𝑥 + 3𝑦 + 𝑧 = 0
E) -2
{4𝑥 − 2𝑦 + 𝑧 = 1
2𝑥 + 𝑦 + 𝑧 = 2
2. Para estimular os estudos em A) -2, 4 e 7

matemática, um pai fez a seguinte proposta B) 8, -1 e -28

à filha: “A cada problema resolvido C) 8, 4 e -28

corretamente, você receberá R$ 5,00 e, a D) -2, -1 e 7

cada problema resolvido erroneamente,


você deverá pagar uma multa de R$ 2,00". 5. Pedro executa todos os dias as tarefas A,

Após resolver 30 problemas, a filha recebeu B, C e D no seu computador. Os tempos de

R$ 122,00. Quantos problemas ela execução de cada uma delas são

acertou? diferentes, mas são os mesmos todos os

A) 28 dias. Pedro tem o hábito de, depois de

B) 27 executar as 4 tarefas, repetir uma delas

C) 26 para conferir e anotar o tempo total de

D) 25 execução das 5 tarefas.

E) 24 A tabela a seguir mostra o tempo total de


execução das tarefas quando cada uma

3. Um mercado vende um único tipo de delas é repetida.

arroz, um único de feijão e um único de


tomate. Admita um determinado dia em que
os preços nesse mercado não variaram.
Nesse dia, um quilo de arroz, dois de feijão
e três de tomate custaram juntos R$ 32,30, O tempo de execução da tarefa A em
e dois quilos de arroz, cinco de feijão e oito minutos é de
de tomate custaram juntos R$ 82,80. A) 3
O valor total, em reais, pago nesse dia por B) 5
uma compra que contivesse apenas um C) 7
27
D) 9 1. Em uma aula de matemática, foi
E) 11 solicitada aos alunos a resolução do
6. Por ter havido incompreensão relativa ao seguinte exercício: “Paula comprou um
manuscrito do professor, o sistema de cofre e criou uma senha formada por 4
equações, cuja solução seria cobrada numa algarismos distintos. Lembrava-se apenas
lista de exercícios, foi digitado da seguinte do primeiro, 8, e sabia que o algarismo 3
forma: também fazia parte da senha. Qual é o
x – 2y + kz =6 número máximo de tentativas para ela abrir
2x + y – z =2
o cofre?”. Percorrendo as carteiras, o
3x – y =5
Procurado por uma aluna, o monitor da professor verificou diferentes raciocínios
disciplina disse não saber o valor de k e fez combinatórios. Apresentamos, a seguir,
as seguintes afirmativas: cinco deles.
I. Se k = 0, o sistema é possível e Aluno A: A8,2 + C8,2.
determinado.
Aluno B: 3. A8,2.
II. Se k = 1, o sistema é impossível.
III. Se k = 2, o sistema é possível e Aluno C: 3. C8,2.
indeterminado.
Aluno D: 3. P8.
A aluna analisou as afirmações do monitor
Aluno E: A8,2 . C8,2.
e concluiu que estava(m) correta(s) apenas
Assinale a alternativa que indica o aluno
A) I
que apresentou o raciocínio correto para a
B) II
resolução da questão.
C) III
A) Aluno A.
D) I e II
B) Aluno B.
E) II e III
C) Aluno C.

Gabarito Sistemas lineares D) Aluno D.


1B 2C 3E 4D 5D 6D E) Aluno E.

Análise combinatória
2. Na sequência crescente de todos os
números obtidos, permutando-se os
algarismos 1, 2, 3, 7, 8, a posição do
número 78.312 é a
A) 94ª.
B) 95ª.
C) 96ª.
D) 97ª.
E) 98ª.

28
3. Quantos anagramas da palavra JUROS − Cada senha, do sistema de senhas L, é
começam pela letra J? formada por uma letra dentre as dez primeiras
A) 12 consoantes, seguida por duas letras vogais
B) 24 diferentes e ainda seguidas por dois
C) 60 algarismos diferentes dentre os oito primeiros
D) 80 algarismos.
E) 120 Quanto ao número de senhas diferentes
possíveis, a ordenação crescente desses
4. Os funcionários de um setor do Tribunal três sistemas é
de Contas do Estado são responsáveis por A) K; L; J.
hastear 7 bandeiras, diariamente, não B) J; L; K.
havendo folga em nenhum dia da semana. C) J; K; L.
Sabe-se que a bandeira do Brasil sempre D) L; K; J.
ocupa o 1º mastro e a colocação das E) K; J; L.
demais bandeiras nunca é a mesma dos
dias anteriores. Esses funcionários 6. (Unifor-CE) Considere todos os anagramas
conseguirão hastear essas bandeiras, da palavra DIPLOMATA que começam e
cumprindo a condição de não repetir a terminam pela letra A. Quantos desses
mesma sequência, durante anagramas têm todas as consoantes juntas?
A) mais de 2 anos. A) 180
B) mais de 1 ano e meio e menos de 2 anos. B) 360
C) mais de 1 ano e menos de 1 ano e meio. C) 720
D) mais de 6 meses e menos de 1 ano. D) 1 080
E) mais de 3 meses e menos de 6 meses. E) 1 440

5. Atenção: Para responder à questão, 7.De um pelotão com 10 soldados, quantas


considere a descrição de sistemas de senhas equipes de cinco soldados podem ser
abaixo. formadas se em cada equipe um soldado é
− Cada senha, do sistema de senhas J, é destacado como líder?
formada por duas letras dentre as 10 A) 1260
primeiras letras do alfabeto seguidas de três B) 1444
algarismos ímpares. C) 1520
− Cada senha, do sistema de senhas K, é D) 1840
formada por três letras vogais seguidas de E) 1936
dois algarismos diferentes.

29
8. (VUNESP) De uma urna contendo 10 B) 15
bolas coloridas, sendo 4 brancas, 3 pretas, 2 C) 20
vermelhas e 1 verde, retiram-se, de uma vez, D) 30
4 bolas. Quantos são os casos possíveis em E) 60
que aparecem exatamente uma bola de cada
Gabarito Analise Comb.
cor? 1B 2B 3B 4B 5D 6C 7A 8C 9C 10D
A) 120
Geometria espacial.
B) 72
C) 24
1. Um copo em formato cilíndrico tem 15 cm
D) 18
de altura e 3 cm de raio de base. Sendo
E) 12
assim, qual é a capacidade total desse copo
em cm³?(Considere π ≅ 3 )
9. Dois casais foram ao cinema de Mogi
A) 135
Mirim, e sentaram na mesma fileira.
B) 205
Quantas são as maneiras que esses dois
C) 345
casais podem sentar-se nas quatro
D) 405
cadeiras em fila se marido e mulher devem
E) 450
sentar-se em cadeiras vizinhas?
A) 2
2. O volume de um cone circular reto, cuja
B) 4
altura é 39 cm, é 30% maior do que o
C) 8
volume de um cilindro circular reto.
D) 12
Sabendo que o raio da base do cone é o
triplo do raio da base do cilindro, a altura do
10. (FGV – 2015) João coordena as 5
cilindro em cm é:
pessoas da equipe de manutenção de uma
A) 9
empresa e deve designar, para cada dia, as
B) 30
pessoas para as seguintes funções:
C) 60
• uma pessoa da equipe para abrir o prédio
D) 90
da empresa e fiscalizar o trabalho geral;
• duas pessoas da equipe para o trabalho no
3. (COMPERVE 2016) Um prisma tem base
turno da manhã, deixando as outras duas
retangular de lados 2cm e 0,5cm. Uma
para o turno da tarde .
pirâmide tem base quadrada de lado 1cm.
O número de maneiras diferentes pelas
Se o volume do prisma é a metade do
quais João poderá organizar essa escala de
volume da pirâmide, a altura da pirâmide é
trabalho é:
A) metade da altura do prisma.
A) 10

30
B) um sexto da altura do prisma. 7. A figura abaixo é a planificação de uma
C) igual à altura do prisma. pirâmide regular de base quadrada, na qual a
D) seis vezes a altura do prisma. aresta da base mede 8 cm, e aresta lateral
mede 10 cm.
4. Qual o volume de uma pirâmide regular
hexagonal com 50 cm de altura e 20 cm de
aresta da base?
A) 10.000 √3 cm3
B) 3.000 √3 cm3.
C) 1.000 √3 cm3.
D) 2.400 √3 cm3.
A medida da altura dessa pirâmide, em
centímetros, é
5. A medida, em metros, da diagonal de uma
A) 2 √ 7
caixa cúbica é igual a 2√3 .
B) 2 √ 17
O volume dessa caixa, em m 3, equivale a:
C) 2 √ 21
A) 2
D) 2 √ 29
B) 8
E) 2 √ 33
C) 9
D) 27 Gabarito GE
E) 64 1D 2D 3D 4ª 5B 6E 7C

Geometria de sólidos
6.A área total e o volume de um tetraedro
regular com 6 cm de aresta são:
Poliedros

Poliedros são figuras espaciais fechadas


formadas pela reunião de polígonos, como
mostrado nos exemplos seguintes:

A) 12√3 cm2 e 9√2 cm3


B) 36√3 cm2 e 12√2 cm3
C) 12√3 cm2 e 18√2 cm3 Cada polígono é denominado face do
D) 18√3 cm2 e 9√2 cm3 poliedro. Os lados dos polígonos são as
E) 36√3 cm2 e 18√2 cm3 arestas do poliedro e os vértices dos
polígonos são os vértices do poliedro.

31
Relação de Euler

Para todo poliedro convexo, vale a relação


v – A + F = 2 em que V é o número de vértices,
a é o número de arestas, e F é o número de
faces.

Poliedros de Platão

Um poliedro é chamado poliedro de Platão


Exemplo
se, e somente se, satisfaz as três seguintes
(PUCPR) O tetra-hexaedro é um sólido
condições:
convexo limitado por 4 faces triangulares e 6
i) Todas as faces têm o mesmo número (n) de
hexagonais, todas regulares.O número de
arestas.
arestas e vértices desse sólido é
ii) De todos os vértices, parte o mesmo
A) A = 21 e V = 13
número (m) de arestas.
B) A = 24 e V = 16
iii) vale a Relação de Euler (v – A + F = 2).
C) A = 48 e V = 40
D) A = 32 e V = 24
Propriedade
E) A = 34 e V = 24
Existem cinco, e somente cinco, classes de
Resolução:
poliedros de Platão.
Em 4 faces triangulares, temos 12 lados, e,
em 6 faces hexagonais, temos 36 lados,
Nomes dos poliedros de Platão
totalizando 48 lados. Cada lado é comum a
duas faces e, portanto, foi contado duas
vezes. Assim, o número de arestas A é:
2A = 48 ⇒ A = 24
Aplicando a Relação de Euler a esse poliedro
convexo, temos:
V + F = A + 2 ⇒ V + 10 = 24 + 2 ⇒ V = 16
Logo, esse sólido possui 24 arestas e 16
vértices.
32
Exercicios B)5
C) 25
1. (UFAM) Um poliedro convexo tem três D) 6
faces triangulares, uma face quadrangular, E) 7
uma face pentagonal e duas faces
hexagonais. Então, o número de vértices 5. (Cesgranrio) Um poliedro convexo é
desse polígono é igual a formado por 80 faces triangulares e 12
A) 7 pentagonais. O número de vértices do
B) 15 poliedro é
C) 10 A) 80
D) 12 B ) 60
E) 9 C) 50
D) 48
2. (UFC) Um poliedro convexo só tem faces E) 36
triangulares e quadrangulares. Se ele tem 20
arestas e 10 vértices, então o número de 6. (PUC-SP) Qual é o poliedro regular que
faces triangulares é tem 12 vértices e 30 arestas?
A) 12 A) Hexaedro
B) 11 B) Octaedro
C) 10 C) Dodecaedro
D) 9 D) Icosaedro
E) 8 E) Tridecaedro

3. (UFC–2008) O número de faces de um 7. (UFTM-MG–2007) Um poliedro convexo,


poliedro convexo com 20 vértices e com com 32 arestas e 14 vértices, possui apenas
todas as faces triangulares é igual a faces triangulares e quadrangulares. Sendo q
A) 28 o número de faces quadrangulares e t o
B ) 30 número de faces triangulares, então os
C) 32 valores de q e t são, respectivamente,
D) 34 A) q = 6 e t = 14
E) 36 B) q = 16 e t = 4
C) q = 4 e t = 14
4. (CESCEA-SP) Num poliedro convexo, o D) q = 14 e t = 4
número de vértices é 10 e o número de E) q = 4 e t = 16
arestas é 15. Então, o número de faces é
A) 23
33
8. Das afirmações a seguir: 10. Um poliedro convexo é formado por dois
triângulos e três retângulos. Desse modo, o
I) Duas retas perpendiculares a um mesmo número de arestas desse poliedro é:
plano são coplanares. A) 6
II) Duas retas paralelas a um mesmo plano B) 5
são paralelas entre si. C) 8
III) S e um plano intercepta dois outros planos D) 9
em retas paralelas, então os dois planos são
paralelos.
Gabarito Sólidos
1C 2E 3E 4E 5B 6D 7E 8B 9B 10D

Temos que
A) apenas uma é falsa.
B) apenas uma é verdadeira.
C) apenas duas são verdadeiras.
D) todas são falsas.
E) todas são verdadeiras.

9. Um brilhante com formato de um octaedro


é exibido em uma concorrida exposição. Por
medida de segurança, ele foi colocado no
interior de um cubo de vidro com seus
vértices tocando, precisamente no meio de
cada face do cubo, conforme a figura a
seguir.
Se o volume do cubo é 1.728 cm 3, o volume
do octaedro, em cm 3 , será

A) 144
B) 288
C) 432
D) 576
34