Sie sind auf Seite 1von 7

10/26/2010

Introdução
 É uma NR de SST, fiscalizada pelo MTE, que trata
da Segurança em Instalações e Serviços em
Eletricidade;
 Revisão da Norma de 1978 – Portaria 598
Oficializada em Diário Oficial – 08.12.04

NORMA REGULAMENTADORA Nº 10

COMPARATIVO
ACIDENTE DE TRABALHO Setor Elétrico x Brasil

ANO 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006

Trabalhadores 101 mil 97 mil 96 mil 97 mil 96 mil 98 mil 101 mil

SETOR Acidentes
64 77 78 80 61 75 93
ELÉTRICO fatais
% Fatais /
Trabalhadores
0,063 0,079 0,081 0,082 0,063 0,077 0,092

Trabalhadores 27 mi 29 mi 30 mi 31 mi 33 mi 35 mi 37 mi

Acidentes
BRASIL 3093 2753 2968 2634 2839 2708 2717
fatais
% Fatais /
Trabalhadores
0,011 0,009 0,010 0,008 0,009 0,008 0,007

Setor Elétrico
DIFERENÇA 5,7 x 8,7 x 8,1 x 9,7 x 7,0 x 9,6 x 13 x
x Brasil

Sumário
Introdução
 Em linhas gerais a NR10 prega a segurança do
trabalhador, ou seja, qualquer empregado não
deve correr riscos de choques elétricos, de
queimaduras ou de qualquer outro efeito que os
serviços com eletricidade podem causar.

1
10/26/2010

10.1- Objetivo e campo de aplicação 10.1- Objetivo e campo de aplicação


APLICA-SE: (10.1.2)
 A NR-10 estabelece os requisitos e condições
mínimas para a implementação de medidas de
controle e sistemas preventivos, de forma a garantir
a segurança e a saúde dos trabalhadores que,
direta ou indiretamente, interajam em instalações
elétricas e serviços com eletricidade. (10.1.1)

10.2 - Medidas de controle Documentação das


inspeções e medições:
Diagramas unifilares Procedimentos e
instruções técnicas e • proteção contra descargas
atualizados(10.2.3); administrativas de SST; atmosféricas
 Em todas as intervenções em instalações elétricas as • aterramentos elétricos;
empresas são obrigadas a possuir Medidas de
Controle para prevenção e controle do risco elétrico e
de outros riscos, mediante técnicas de análise de riscos, Especificações:
• Sistema de aterramento e Resultados dos testes Certificações dos
de forma a garantir a segurança e saúde no trabalho. demais equipamentos e de isolação elétrica equipamentos e
(10.2.1) dispositivos de proteção; realizados em EPI e materiais elétricos em
• dos EPC e EPI; EPC; áreas classificadas;
 É obrigatório as empresas com carga acima de 75kW,
possuírem um Prontuário das Instalações Elétricas,
contendo no mínimo os documentos relacionados a Documentação:
seguir, e cujo o não cumprimento às recomendações • dos profissionais e dos
Relatório Técnico das
treinamentos;
contidas nesse documento implicará em multa. (10.2.4) • comprobatória da inspeções atualizadas.
qualificação, habilitação,
capacitação, autorização

10.2 - Medidas de controle


 Prontuário de Instalações Elétricas
 Os documentos técnicos previstos no Prontuário de
Instalações Elétricas devem ser elaborados por
profissionais legalmente habilitados*; (10.2.7)

* Eng. ou Técnico Eletricista + Médico + Eng. ou Técnico de Segurança do Trabalho

2
10/26/2010

10.2 - Medidas de controle 10.2 - Medidas de controle


 Proteção Coletiva  Proteção Individual
 Em todos os serviços executados em instalações  Quando as medidas de proteção coletiva
elétricas devem ser previstas e adotadas, forem tecnicamente inviáveis ou
prioritariamente, medidas de proteção coletiva insuficientes para controlar os riscos,
aplicáveis, de forma a garantir a segurança e a saúde devem ser adotados equipamentos de
dos trabalhadores; (10.2.8.1) proteção individual; (10.2.9.1)
 As vestimentas de trabalho devem ser
 Desenergização; (10.2.8.2)
adequadas às atividades; (10.2.9.2)
 Aterramento; (10.2.8.3)
 É vedado o uso de adornos pessoais nos
trabalhos com instalações elétricas ou em
suas proximidades; (10.2.9.3)

10.3 - Segurança em Projetos


 Introduz o conceito de segurança já na fase de
projeto, o que minimiza os ajustes e correções na
PROJETO

fase de execução; • Dispositivos de desligamento de circuitos; (10.3.1)


• Recursos de impedimento de reenergização;
(10.3.1)
• O espaço seguro para acesso aos componentes;
(10.3.3)
• Proteção contra choque elétrico; (10.3.4)
• Condições para a adoção de aterramento
temporário; (10.3.6)
• Sinalização e identificação eficiente; (10.3.9)
• Iluminação normal e de emergência adequada e
posição de trabalho segura. (10.3.10)

10.4 - Segurança na Construção e Montagem 10.4 - Segurança na Construção e Montagem

 As instalações elétricas devem ser construídas,  As instalações elétricas devem ser mantidas em
montadas, operadas, reformadas, ampliadas, condições seguras de funcionamento e seus sistemas
reparadas e inspecionadas de forma a garantir a de proteção devem ser inspecionados e controlados
periodicamente; (10.4.4)
segurança e a saúde dos trabalhadores e dos
usuários; (10.4.1)  Os ensaios e testes elétricos ou comissionamento de
instalações elétricas devem atender à
 Adoção de medidas preventivas para controle de regulamentação quanto a segurança, e somente
riscos adicionais nas atividades (altura, podem ser realizados por trabalhadores que
confinamento, explosividade); (10.4.2) atendam às condições de qualificação, habilitação,
capacitação e autorizações estabelecidas na NR.
(10.4.6)

3
10/26/2010

10.5 - Segurança em Instalações Desenergizadas

 Somente serão consideradas desenergizadas as instalações


elétricas liberadas para trabalho mediante os seguintes
aspectos: (10.5.1)

Seccionamento;
10.5 - Segurança em Instalações Desenergizadas

Impedimento;
 O estado de instalação desenergizada deve ser mantido até
a autorização para reenergização, devendo ser reenergizada
respeitando seqüência de procedimentos; (10.5.2)
Ausência de
tensão;

Aterramento
Temporário;

Proteção dos
demais elementos;

Sinalização de
impedimento;

10.6 - Segurança em Instalações Energizadas 10.7 – Trabalho Envolvendo Alta Tensão

 Somente trabalhos em instalações elétricas desenergizadas, ou  Os trabalhadores que intervenham em instalações elétricas
com tensão inferior a 50 Vca ou 120 Vcc, ou ainda operações energizadas com alta tensão (superior à 1kV), devem atender
elementares (ligar/desligar circuitos elétricos em baixa ao item de habilitação, qualificação e autorização; (10.7.1)
tensão), podem ser executadas por qualquer pessoa não
advertida;  Os profissionais devem receber treinamento de segurança,
 Para todos os demais trabalhos, é necessário que o específico em segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP)
profissional seja QUALIFICADO, tendo recebido o e em suas proximidades; (10.7.2)
treinamento de segurança para trabalhos em instalações  Os serviços em instalações elétricas energizadas em AT, bem
elétricas energizadas; (10.6.1) como aqueles executados no SEP, não podem ser realizados
 O responsável pelo serviço deve suspender as atividades individualmente; (10.7.3)
quando verificar situação ou condição de risco não prevista,
cuja eliminação imediata não seja possível. (10.6.6)

4
10/26/2010

10.8 – Habilitação, Qualificação, Capacitação e Autorização

 Para os trabalhos em eletricidade, é necessário que o


profissional seja classificado conforme segue:
 Qualificado (10.8.1)
 Habilitado (10.8.2)
 Capacitado (10.8.3)
 Autorizado: (10.8.4)

10.8 – Habilitação, Qualificação, Capacitação e Autorização 10.8 – Habilitação, Qualificação, Capacitação e Autorização

 Deve ser realizado um treinamento de reciclagem bienal e  Para capacitação do profissional para trabalhos com
sempre que ocorrer alguma das situações a seguir: (18.8.8.2) Eletricidade: (18.8.8.1)
 Curso Básico de 40 horas – Segurança em Instalações e Serviços com
 Troca de função ou mudança de empresa;
Eletricidade.
 Retorno de afastamento ao trabalho ou inatividade, por  Para capacitação do profissional para trabalhos com
período superior a três meses; e Eletricidade em Sistema Elétrico de Potência: (18.8.8.1)
 Modificações significativas nas instalações elétricas ou troca  Curso Complementar de 40 horas - Segurança em Sistema Elétrico de
de métodos, processos e organização do trabalho. Potência.
 Necessidade de instruir e avaliar os riscos dos trabalhadores
 Os trabalhos em áreas classificadas devem ser precedidos de
com atividades não relacionadas às instalações elétricas
treinamento específico de acordo com risco envolvido; desenvolvidas em zona livre e na vizinhança da zona
(18.8.8.4) controlada. (18.8.9)

10.9 – Proteção Contra Incêndio e Explosão 10.10 – Sinalização de Segurança

 As áreas com instalações ou equipamentos elétricos devem ser  Nas instalações e serviços em eletricidade deve ser adotada
dotadas de proteção contra incêndio e explosão - NR-23; sinalização adequada de segurança, destinada à
(10.9.1) advertência e à identificação, obedecendo ao disposto na NR-
 As áreas classificadas ou sujeitas a risco de incêndio ou 26. (10.10.1)
explosões, devem possuir dispositivos de proteção, como
alarme e seccionamento automático para prevenir
sobretensões, sobrecorrentes, falhas de isolamento,
aquecimentos ou outras condições anormais de operação;
(10.9.4)

5
10/26/2010

Travamentos Delimitações Sinalização Identificação


Identificação e bloqueios, Restrições e e sinalização de de
de circuitos sistemas de impedimentos de áreas de impedimento equipamento
elétricos; manobra e de acesso; circulação; de ou circuito
comandos; energização; impedido.

10.11 – Procedimentos de Trabalho 10.12 – Situação de Emergência

 Os serviços em instalações elétricas devem ser precedidos de  Os trabalhadores autorizados devem estar aptos a:
ordens de serviço específicas (OS), aprovadas por trabalhador
autorizado, contendo, no mínimo, o tipo, a data, o local e as  executar o resgate e prestar primeiros socorros a
referências aos procedimentos de trabalho a serem adotados; acidentados, especialmente por meio de reanimação
(10.11.2) cardio-respiratória; (10.12.2)
 Os procedimentos (detalhamento da atividade) devem conter no
 Os trabalhadores autorizados devem estar aptos a
mínimo: objetivo, campo de aplicação, base técnica, competências e
responsabilidades, disposições gerais, medidas de controle e manusear e operar equipamentos de prevenção e
orientações finais e precedido de Análise Preliminar de Risco (APR); combate a incêndio existentes nas instalações elétricas.
(10.11.3) (10.12.4)
 Toda equipe deverá ter um de seus trabalhadores indicado e em
condições de exercer a supervisão e condução dos trabalhos.
(10.11.6)

10.13 – Responsabilidades 10.14 – Disposições Finais

 É de responsabilidade dos contratantes:  Os trabalhadores devem interromper suas tarefas exercendo


 manter os trabalhadores informados sobre os riscos a que estão o “Direito de recusa”, sempre que constatarem evidências de
expostos, instruindo-os quanto aos procedimentos e medidas de riscos graves e iminentes para sua segurança e saúde ou a
controle dos riscos elétricos a serem adotados; (10.13.2) de outras pessoas, comunicando imediatamente o fato a seu
superior hierárquico, que diligenciará as medidas cabíveis;
 Em casos de acidentes, deverá adotar medidas preventivas e
corretivas para evitar novas ocorrências; (10.13.3)
(10.14.1)
 A documentação prevista na NR deve estar permanentemente
 Os trabalhadores são responsáveis pelo cumprimento das à disposição dos trabalhadores que atuam em serviços e
disposições legais e regulamentares, pela segurança e instalações elétricas e das autoridades competentes; (10.14.4)
saúde própria (e dos demais trabalhadores) e pela avaliação
 Na ocorrência do não cumprimento das normas constantes
dos riscos provenientes para a execução dos serviços no nesta NR, o MTE adotará as providências estabelecidas na
sistema elétrico. (10.13.4) NR-3 e NR-28. (10.14.3)

6
10/26/2010

LINHA DE TRANSMISSÃO DE 230 kV


 ZL - Zona Livre. FASE CENTRAL
 ZcP - Zona Controlada, restrita a trabalhadores autorizados.
 Zr - Zona de Risco, adoção de técnicas, instrumentos e Zona controlada
equipamentos adequados.
 PE - Ponto energizado.

Rr 1,80 m

Zona de risco

MÉTODO AO POTENCIAL
Troca de
isolador em
Suspensão

3,70 m
Substituição de
Barramento de CS