Sie sind auf Seite 1von 5

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO

PLANO DE ENSINO

1. IDENTIFICAÇÃO
COMPONENTE CURRICULAR: PORTUGUÊS JURÍDICO
DEPARTAMENTO: DIREITO
SEMESTRE: 1° /2019
PERÍODO: 1° TURMA: B

CARGA HORÁRIA TOTAL: 72


CH
CH TEÓRICA: CH PRÁTICA: CH PRESENCIAL: SEMIPRESENCIAL
72 72 :

NATUREZA
( X ) OBRIGATÓRIA ( ) OPTATIVA ( ) ELETIVA
PROFESSOR (A): LEILA MARIA FRANCO
OBSERVAÇÕES: A proposta de nivelamento contínuo e processual, de conhecimentos prévios
será desenvolvida, centrada em textos orais e escritos, no decorrer do semestre letivo.

2. EMENTA
Linguagem e língua. Variedades Linguísticas e Níveis de Linguagem. Texto e Fatores de textualidade: a
intertextualidade, a coesão e a coerência. A comunicação jurídica: funções e emprego da linguagem
aplicadas ao discurso jurídico. Estilística jurídica e aspectos semânticos. O vocabulário jurídico. Tipos
textuais. O parágrafo jurídico: parágrafos narrativos, descritivos e dissertativos. Retórica e persuasão. A
oratória. A teoria da argumentação e sua aplicabilidade no Direito. Tipos de argumento, estratégias de
argumentação e falácias argumentativas. A dissertação expositiva e a dissertação argumentativa.
Gêneros textuais jurídicos e forenses: a petição, a procuração, o requerimento, o substabelecimento, a
petição e a sentença - características linguísticas e movimentos retóricos.

3. OBJETIVO
Objetivo Geral:

(i)Introduzir o aluno no domínio discursivo jurídico, ao oportunizar a compreensão e a utilização


adequada da linguagem e da argumentação jurídica, na produção de textos jurídicos.
(ii)Propiciar ao aluno, no seu processo de formação acadêmica, conhecimentos relativos ao texto
jurídico, como ferramenta para ampliar a sua competência profissional.
(iii)Levar o aluno a ocupar uma posição enunciativa própria ao adotar uma atitude crítica diante
dos textos escritos jurídicos, posicionando-se de modo argumentativo.

Objetivos Específicos:

(i)Refletir sobre as jurídica especificidades da língua e da linguagem.


(ii)Conhecer as diferenças e as semelhanças entre escrita e oralidade, visando identificar os
procedimentos próprios a cada modalidade no contexto jurídico.

Av. Ver. Geraldo Moisés da Silva s/n Campus Universitário Ituiutaba 38302 192
(iii)Compreender a natureza dos textos jurídicos e os fatores envolvidos em sua produção e
recepção.
(iv)Reconhecer a variação linguística existente na língua portuguesa e o preconceito linguístico
decorrente dessa variação.
(v)Compreender os fatores envolvidos na produção e na recepção de textos jurídicos, enquanto
aspectos do processo contínuo de interação linguística entre autor/leitor.
(vi)Compreender os movimentos retóricos da escrita de textos jurídicos e suas particularidades
textuais, discursivas e enunciativas.
(ix)Explorar questões centrais para a escrita de gêneros jurídicos: a preparação para a escrita ( a
seleção da literatura de referência e a qualidade da leitura dessas referências) e o processo de
escrita (a função dos diferentes gêneros jurídicos, o estilo a adotar, a definição do público alvo, o
ciclo de escrever, revisar e editar).

4. CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS
DATA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CH
Apresentação do Plano de Ensino: Ementa, objetivos, conteúdo 2
20/02/19
programático, avaliação e referências.
22/02/19 Língua e linguagem. Modalidade oral e escrita da língua. 2
Língua e linguagem: Níveis de linguagem e variedades 2
27/02/19
linguísticas.
Texto e textualidade: Aspectos da organização microtextual: 2
01/03/19 coesão entre as ideias do parágrafo e entre parágrafos. Exercícios.
Análise textual.
Texto e textualidade: Aspectos da organização microtextual: 2
08/03/19 coesão entre as ideias do parágrafo e entre parágrafos. Exercícios.
Análise textual.
Texto e textualidade: Aspectos da organização macrotextual: 2
13/03/19
coerência. Fatores de coerência. Exercícios. Análise textual.
15/03/19 Avaliação. 2
Comunicação jurídica: Funções da linguagem aplicadas ao 2
20/03/19
discurso jurídico. Análise textual.
Comunicação jurídica: Funções da linguagem aplicadas ao 2
22/03/19
discurso jurídico. Análise textual.
Unidade de composição do texto: conceito de parágrafo. Tópico 2
27/03/19 frasal e formas de desenvolvimento do parágrafo no texto jurídico.
Análise e produção textual.
Unidade de composição do texto: conceito de parágrafo. Tópico 2
29/03/19 frasal e formas de desenvolvimento do parágrafo no texto jurídico.
Análise e produção textual.
Parágrafo descritivo na redação jurídica. Especificidades 2
03/04/19 linguísticas e discursivas da linguagem forense. Análise e
produção textual.
05/04/19 Avaliação. 2
Parágrafo narrativo na redação jurídica. Especificidades 2
10/04/19 linguísticas e discursivas da linguagem forense. Análise e
produção textual.
Parágrafo dissertativo na redação jurídica. Especificidades 2
12/04/19 linguísticas e discursivas da linguagem forense. Análise e
produção textual.
17/04/19 Parágrafo dissertativo na redação jurídica: Especificidades 2

Av. Ver. Geraldo Moisés da Silva s/n Campus Universitário Ituiutaba 38302 192
linguísticas e discursivas da linguagem forense.
24/04/19 Estilística jurídica e aspectos semânticos. 2
Figuras de linguagem: a metáfora e a metonímia. O valor 2
26/04/19
estilístico da pontuação.
A expressão oral: a oratória forense. 2
03/05/19
Dificuldades de uso da linguagem jurídica: oposições semânticas. 2
08/05/19 Denotação e conotação; Polissemia e homonímia; Sinonímia e
paronímia.
10/05/19 Argumentação: a arte de persuader. Estratégias argumentativas. 2
15/05/19 Trabalho Avaliativo 2
Português e prática forense: aspectos linguísticos e estruturais. 2
17/05/19
Requerimento.
Português e prática forense: aspectos linguísticos e estruturais. 2
22/05/19
Requerimento.
Português e prática forense: aspectos linguísticos e estruturais. 2
24/05/19
Procuração e substabelecimento.
Português e prática forense: aspectos linguísticos e estruturais. 2
29/05/19
Procuração e substabelecimento.
Português e prática forense: aspectos linguísticos e estruturais. 2
31/05/19
Procuração e substabelecimento.
05/06/19 A petição inicial. 2
07/06/19 A linguagem da sentença. A resposta do réu. 2
12/06/19 Particularidades da linguagem nas peças jurídicas. 2
Particularidades da linguagem nas peças jurídicas: o léxico 2
14/06/19
forense.
19/06/19 Particularidades da linguagem nas peças jurídicas: o léxico forense 2
26/06/19 Exercícios - Revisão 2
28/06/19 Exercícios- Revisão 2
03/07/19 Avaliação Semestral 2
05/07/19 Vista de Prova 2
12/07/19 Aplicação de Exame Especial 0
Carga horária Total: 72

5. METODOLOGIA

O conteúdo será apresentado de modo interativo entre professor/aluno, na busca da compreensão


das especificidades referentes a textos e conhecimentos linguísticos, valorizando todo o processo
de aprendizagem e não apenas o produto. O aluno terá oportunidades de participar como ser ativo
no processo ensino/aprendizagem, compartilhando e construindo seu conhecimento. Utilizaremos
de aulas expositivas, atendimento individualizado, pesquisas bibliográfica e temática,
apresentações orais e escritas e discussões de textos.
A esse respeito, quadro branco, projetor multimídia, livros básicos, textos, computador e acervos
da biblioteca da UEMG, Unidade Ituiutaba, serão os recursos metodológicos.

6. AVALIAÇÃO

Av. Ver. Geraldo Moisés da Silva s/n Campus Universitário Ituiutaba 38302 192
A avaliação será realizada com base no conjunto de atividades desenvolvidas ao longo do
semestre (avaliação, trabalhos, exercícios na sala de aula e apresentação oral e escrita. Além disso, a
avaliação será realizada de forma contínua, com base na participação e envolvimento dos estudantes
nas atividades propostas e realizadas, cujos valores serão atribuídos em conformidade com as
atividades realizadas, somando-se 100,00 pontos no total, assim distribuídos:
(i) Avaliação Individual= 30,0
(ii) Trabalho Avaliativo em duplas=20,0
(iii) Exercícios na sala de aula=20,0
(iv)Avaliação Semestral=30,0

OBSERVAÇAO: “Ao final do semestre letivo, o acadêmico faz juz ao Exame Especial conforme
estabelecido no Regimento Geral da UEMG, Resolução CONUN/UEMG N.º 374/2017, de 26 de
outubro 2017 e regulamentado na Resolução 01/2018 do Conselho de Coordenações da UEMG –
Unidade Ituiutaba, de 10 de julho de 2018”

7. BIBLIOGRAFIA

Básica

TRUBILHANO, Fábio; HENRIQUES, Antônio. Linguagem Jurídica e argumentação: teoria e prática.


São Paulo: Atlas, 2012.
DAMIÃO, R. T.; HENRIQUES, A. Curso de português jurídico. 11 ed. São Paulo: Atlas, 2010.
NASCIMENTO, Edmundo Dantas. Linguagem forense: redaçaã o forense e lííngua portuguesa aplicada
aà linguagem do foro. 13. ed. Saã o Paulo: Saraiva, 2012.

Complementar

MESQUITA, R. M. Gramática da Língua Portuguesa. 10 ed. São Paulo: Saraiva, 2009.


SAVIOLI, F. P.; FIORIN, J. L. Lições de texto – leitura e redação. 4 ed. São Paulo: Ática, 1999.
XAVIER, R. C. Português no Direito Forense. 15. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1996.
WARAT, Luís Alberto. O Direito e sua linguagem. 2. ed. Porto Alegre: Sérgio Antonio Fabris, 1995.

ITUIUTABA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

_______________________________
Dra. Leila Maria Franco

APROVADO EM REUNIÃO DE COLEGIADO EM _____ DE ___________ DE 2019.

Assinatura e carimbo da coordenação do curso ou chefe de departamento.

Av. Ver. Geraldo Moisés da Silva s/n Campus Universitário Ituiutaba 38302 192
Av. Ver. Geraldo Moisés da Silva s/n Campus Universitário Ituiutaba 38302 192