Sie sind auf Seite 1von 4

CASD Vestibulares www.casdvest.org.

br
Um projeto educacional viável. Iniciativa de sucesso dos alunos do ITA.
CASD DICAS –Vale Paraibano
Biologia
Malária – Uma breve explicação sobre o assunto

A malária é considerada uma das maiores endemias mundiais, infectando anualmente entre 350
a 500 milhões de pessoas (OMS), o que a faz um assunto amplamente cobrado em vestibulares.
Conhecida pelos antigos a mais de 4 mil anos, imaginava-se que seu contágio se dava pelo ar
contaminado dos pântanos, o que originou seu nome que, no italiano mala aria, significa ar ruim.
O agente causador da malária é o protozoário Plasmodium sp, do filo Sporozoa, reino Protista, e
os infectados com a doença costumam manifestar anemia, calafrios, fortes acessos febris e fadiga.

Plasmodium sp

Figura 1

A transmissão da malária se dá pela picada do mosquito fêmea do gênero Anopheles sp, que
usa o sangue para ajudar na produção de ovos. Assim, o macho alimenta-se exclusivamente de nectar e
outras fontes de açúcar, não infectando-se ou espalhando malária.

Anopheles sp fazendo
uma refeição de sangue

Figura 2

Ciclo evolutivo do protozoário Plasmodium sp:

Quando um mosquito infectado suga o sangue do homem, aquele injeta saliva para que não
ocorra coagulação. Assim, os esporozoítos, formas infectantes do protozoário, penetram no organismo
humano, caindo na corrente sangüínea até atingir o fígado, onde se reproduzem assexuadamente por
divisão múltipla, formando os merozoítos. Estes voltam a cair na circulação sangüínea, onde parasitarão
as hemácias para também se multiplicarem, até romperem essas células. Quando os merozoítos
rompem a hemácia, liberam consigo uma substância chamada hemozoína, responsável pelos
acessos febris. Às vezes, esses merozoítos transformam-se em gametócitos, que permanecem no
sangue do contaminado.
Se outro Anopheles sugar o sangue dessa pessoa contaminada, ele adquirirá os gametócitos
que nele se transformarão em gametas. Os gametócitos fecundam-se no estômago do mosquito,
formando um zigoto chamado oócito que se prenderá à parede estomacal, o qual produzirá novos
esporozoítos que então migrarão à glândula salivar do mosquito, fechando o ciclo de vida do
Plasmodium .
Nesse ciclo, verifica-se que o Plasmodium sp se reproduz assexuadamente no homem e
sexuadamente no mosquito, o que confere ao homem o título de hospedeiro intermediário, enquanto o
mosquito é o hospedeiro definitivo.
Transformando seus sonhos em conquista!
Porque as grandes idéias eram sonhos no início...
CASD Vestibulares www.casdvest.org.br
Um projeto educacional viável. Iniciativa de sucesso dos alunos do ITA.
CASD DICAS –Vale Paraibano

Merozoítos rompendo Hemácias

Figura 3

Didaticamente, separa-se o ciclo evolutivo do Plasmodium em outros menores, dependendo de


onde estão ocorrendo as reproduções do protozoário. Temos assim, o ciclo pré-eritrocítico,
representando as etapas no fígado humano; o ciclo eritrocítico, nas hemácias (eritrócitos), e o ciclo
esporogônico, quando desenvolvem-se os esporozoítos no inseto. A figura a seguir ilustra todos esses
ciclos.

Figura 4

Transformando seus sonhos em conquista!


Porque as grandes idéias eram sonhos no início...
CASD Vestibulares www.casdvest.org.br
Um projeto educacional viável. Iniciativa de sucesso dos alunos do ITA.
CASD DICAS –Vale Paraibano

Apesar de o ciclo evolutivo do protozoário da malária ser igual para todas as espécies, sua
duração e periodicidade para os acessos febris diferem em cada espécie. Na espécie Plasmodium vivax,
a duração do ciclo no homem é de cerca de 48 horas, regular, de tal forma que a malária causada por
essa espécie é nomeada de Malária de terçã benigna. A espécie Plasmodium malarie tem o ciclo com 72
horas, regular, conferindo a malária de quartã. A terceira espécie comumente estudada, o Plasmodium
falciparum, possui um ciclo bastante irregular, variando entre 24 e 48 horas, chamado terçã maligna.
Abaixo está um quadro esquematizado:

Protozoário Tipo de Malária Duração do ciclo


Plasmodium vivax terçã benigna 48 horas
Plasmodium malarie quartã 72 horas
Plasmodium falciparum terçã maligna 24-48 horas, irregular

Medidas profiláticas

Como profilaxia da malária, deve-se sobretudo evitar e combater o mosquito Anopheles sp,
usando inseticidas e telas em janelas, portas e camas de casas em áreas endêmicas. Como as larvas do
mosquito são aquáticas, deve-se aterrar lagoas e poças d’água e usar larvicidas em lugares em que o
mosquito possa existir.
Deve-se levar em consideração que a malária também pode ser contraída por transfusões de
sangue por pessoas contaminadas, bem como pelo compartilhamento de seringas. Assim, evitando esse
tipo de comportamento, e tomando-se os devidos cuidados nas transfusões, diminui-se também a chance
de contrair a doença.

Tratamento

O tratamento dos doentes é basicamente feito com remédios provenientes de quinino por via oral.
Nota-se que o tratamento dos doentes torna-se uma medida importante também na prevenção da
doença, pois quebra o ciclo evolutivo do protozoário.

Vejamos então como os vestibulares têm cobrado este assunto:

1. Fuvest-SP. Doenças como a dengue, a febre amarela e mesmo a malaria, há muito erradicadas dos
grandes centros urbanos brasileiros, podem reaparecer, como aconteceu recentemente em áreas
urbanas de São Paulo e Rio de Janeiro. Uma condição que propicia o reaparecimento das doenças
citadas é:
a) Aumento exagerado dos níveis de poluição do ar.
b) Ingestão de alimentos contaminados por agrotóxicos.
c) Proliferação de criadouros de mosquitos vetores.
d) Ingestão de água contaminada por esgotos.
e) Aumento da radiação ambiental causado pelas usinas nucleares.

2. FGV-SP. Considere os seguintes procedimentos:


I. Colocação de telas em portas e janelas
II. Combate as larvas dos mosquitos.
III. Tratamento dos doentes.
IV. Drenagem de águas paradas.

Para combater eficientemente a malária, são necessários os procedimentos:


a) I, II e III. b) I, II, IV. c) I, III e IV. d) II, III e IV.
e) I, II, III e IV.

Transformando seus sonhos em conquista!


Porque as grandes idéias eram sonhos no início...
CASD Vestibulares www.casdvest.org.br
Um projeto educacional viável. Iniciativa de sucesso dos alunos do ITA.
CASD DICAS –Vale Paraibano
3. Totalize as afirmativas falsas.
01) o Plasmodium sp é um protozoário pertencente ao filo Ciliophora.
02) Ingerir carne bem cozida é uma maneira eficaz para se evitar o contágio por malária.
04) o Barbeiro é o mosquito transmissor da malária
08) A Aids, a hepatite, a malária e a doença de Chagas podem ser transmitidas através de transfusão
de sangue.
16) Quando a malária é causada pela espécie Plasmodium falciparum, seus ciclos febris costumam
vir em intervalos irregulares, entre 24 e 48 horas geralmente.
32) No ciclo evolutivo da malária, o homem é o hospedeiro intermediário e o mosquito é o hospedeiro
definitivo.
64) No homem, o protozoário da malária costuma atacar as células dos Rins, do Pâncreas e da
Medula Óssea.

Respostas:
1. c) 2. e) 3. 71 (01+02+04+64)

Fellipe Leonardo Carvalho


Professor de Biologia do CASD Vestibulares

Transformando seus sonhos em conquista!


Porque as grandes idéias eram sonhos no início...