You are on page 1of 5

Red.

Aula 5

Eduardo Valladares
(Bernardo Soares)

Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a


cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por
11
Como con- abr
vencer o leitor
sem erro?
RESUMO
Nas aulas regulares, você aprendeu que, no proces- -se menor do que a real demanda. No estado
so de desenvolvimento de uma redação, o convenci- da Bahia, por exemplo, nos meses de feverei-
mento racional e consistente é crucial para uma nota ro e junho, há grande concentração de eventos,
mil, certo? Agora, no nosso Foca, o objetivo básico como o Carnaval e as Festas Juninas, por con-
desta aula é acabar, de uma vez por todas, com as seguinte, maior ingestão de bebidas alcoólicas
dúvidas relacionadas a qualquer ferramenta de fun- e motoristas embriagados, o que faz com que
damentação dos seus argumentos e, é claro, te mos- os acidentes no trânsito aumentem. Ainda as-
trar os caminhos mais interessantes até o mil - para sim, a exposição deste problema pelos meios
que você possa trilhá-los com seus próprios pés (ou de comunicação e o incentivo a novos doadores
mãos)! Preparado? Vamos lá? são escassos.

Antes de tudo, cabe fazer uma revisão básica da es- Tema: A importância da reivindicação pela
trutura do desenvolvimento. Esse trabalho é seu. O saúde pública no Brasil
que você lembra sobre as partes importantes desse Além disso, os atos de corrupção corroboram
parágrafo? para que não haja mudanças nos hospitais. In-
felizmente, são inúmeros os casos de desvios de
Etapa 1: _______________________________ verbas e a falta de transparência sobre as tran-
Etapa 2: _______________________________ sações financeiras que, até então, deveriam ser
destinadas aos investimentos na infraestrutura
É importante lembrar, também, que estratégias dos hospitais públicos, à compra de produtos

Red. 3
podemos utilizar nessa segunda etapa. Você sabe médicos e hospitares e, também, ao pagamen-
quais são? Liste, aqui, as que você costuma utilizar to de funcionários. Em consequência disso, no-
no seu texto: ta-se que a qualidade do atendimento é fragi-
lizada, pois há casos em que vários pacientes
________________________________________ deixam de serem socorridos devido à ausência
________________________________________ de macas, máquinas de raio x e equipamentos
________________________________________ médicos descartáveis, por exemplo.
________________________________________
________________________________________ Tema: A cordialidade brasileira e suas conse-
________________________________________ quências em questão no século XXI
________________________________________ Antes de tudo, é importante analisar, ao longo
________________________________________ da história, a construção do brasileiro que dei-
________________________________________ xa de lado a razão em qualquer situação. Ana-
lisando a obra de Gilberto Freyre, por exemplo,
desde os tempos de escravidão a relação dos
Etapa 1 senhores com as escravas que trabalhavam na
Na construção da primeira etapa, o poder de síntese casa-grande parecia justificar todo o processo
é essencial. Já pensou passar o parágrafo inteiro só de escravização. Todo e qualquer auxílio den-
nesta parte da argumentação? Seria uma tragédia! tro do ambiente familiar aproximava as negras
É importante que você construa esse trecho, exata- e, consequentemente, mantinha fortes os laços,
mente, nos moldes que vamos mostrar. Para isso, dê apesar da condição segregacionista.
uma olhada nestes exemplos de parágrafos:

Tema: Obstáculos na doação de sangue no Etapa 2


Brasil Antes de tudo, é importante que você lembre, sem-
Primeiramente, a falta de informação corrobo- pre, que a etapa 2 precisa, necessariamente, de
ra para o desconhecimento sobre a importân- ferramentas racionais, consistentes de argumen-
cia de doar sangue. As campanhas publicitárias tação. Não basta basear seu convencimento em ide-
não são frequentes e, sem uma maior divulga- ologias, crenças e ideias muito abstratas. Seu papel
ção à população, o número de doadores faz- aqui, de novo, é convencer, e não persuadir. Sabe
essa diferença, né? Vamos ver alguns exemplos do para a formação de um indivíduo. Possibilitar
que não pode faltar aqui? Se quiser, procure as mes- essa aproximação – o que tem sido pouco feito
mas informações nos parágrafos anteriores, tam- – sem criar essa consciência no povo brasilei-
bém! ro não é resolver, mas mascarar o problema da
falta de democratização.
Tema: As redes sociais como meio de ativismo
Entretanto, o ativismo virtual, muitas vezes, dá Tema: Os desafios da educação inclusiva no
espaço às ruas desertas, sem manifestantes e, Brasil
principalmente, sem organização. Nas pala- Além disso, não podemos deixar de questionar
vras do sociólogo Manuel Castells, uma vez que o modelo atual de ensino adotado não só no
“não basta apenas criticar na internet, é neces- Brasil, mas em grande parte do mundo. A exclu-
sário que o movimento seja visível”, a inércia do são, nesse contexto, não se restringe às crian-
indivíduo que só se revolta online não é saudá- ças com necessidades especiais, mas tende a
vel para os movimentos sociais. Um exemplo rejeitar também as superdotadas e portadoras
disso está nas próprias manifestações próxi- de transtornos como o déficit de atenção. O
mas à votação do impeachment da presidente: modelo rígido de avaliações limita a análise do
o movimento das redes sociais era imensurável; aprendizado a resultado em provas e termina
a presença nas ruas, porém, era mínima. Dian- por, como disse a coordenadora de Educação
te desse quadro, é importante propor medidas Especial de Florianópolis, Rosangela Machado,
que não só alavanquem esses movimentos, mas causar sofrimento para a criança, não valori-
também levantem os ativistas das cadeiras de zando seu real potencial. Por esse motivo, por
seus computadores e os levem às manifesta- muito tempo defendeu-se a ideia de que crian-
ções reais. ças com deficiência e transtornos deveriam

Red. 4
frequentar escolas diferentes das ditas “crian-
Tema: O sistema prisional brasileiro e os seus ças normais” ou tomar medicamentos para se
efeitos no século XXI adaptar ao padrão, reiterando a sua exclusão.
Primeiramente, a má infraestrutura na maioria
das cadeias faz com que os presos firmem uma Tema: A saúde da mulher grávida em discus-
luta diária pela sobrevivência. Mesmo que es- são no Brasil
tes vivam em um regime fechado, a superlota- Outro fator importante a ser analisado é a qua-
ção e deterioração das celas e, até, a falta de lidade dos serviços de saúde destinados a aten-
água potável provam a falta de subsídio à in- der as gestantes, tanto no âmbito público quan-
tegridade humana, visto que os indivíduos são to no privado. Um dos pontos mais levantados
postos à margem do descaso. Ademais, tal con- recentemente sobre o sistema diz respeito à
dição supre a visão Determinista do século XIX, violência obstétrica. Práticas feitas durante o
que afirma que o homem é fruto de seu meio. parto prejudicam sua boa evolução, aumen-
Porém, se esse olhar não for combatido, ao fi- tando o risco de sequelas graves ou morte para
nal da pena, o indivíduo terá dificuldades para mãe e bebê e que atinge uma em cada quatro
se reintegrar na sociedade e tende a viver do mulheres no Brasil, de acordo com a pesquisa
trabalho informal ou, em muitos casos, voltar Mulheres Brasileiras e Gênero nos Espaços Pú-
ao crime. blico e Privado, divulgada em 2010. Como fica
claro no título da apuração da Fundação Per-
Tema: A democratização do acesso à cultura seu Abramo, esse cenário não se limita à rede
em questão no Brasil pública, sendo, portanto e infelizmente, um
Nesse sentido, um país que deveria ser símbolo problema “democrático” em sua abrangência.
de variedade, de mistura de tons e costumes,
acaba se resumindo a uma cultura monocro-
mática, e o acesso, que já é pouco, fica preju- Erros que você precisa evitar
dicado por uma falta de interesse dos próprios a qualquer custo
cidadãos. Sabe-se que é importante garantir o ✓✓ Argumentos pouco consistentes
acesso à leitura, ao teatro, ao cinema. No en- ✓✓ Fundamentação confusa
tanto, é preciso, em primeiro lugar, que a po- ✓✓ Argumentação subjetiva
pulação perceba a importância desses itens ✓✓ Parágrafo expositivo, só apresentando um tópi-
co frasal Se houver alguma dúvida, volte à explicação, ok?
✓✓ Parágrafo expositivo, só apresentando a funda- É muito importante que você saia desta nossa aula
mentação com todas essas questões entendidas de cor!
✓✓ Defender a tese com um (e somente um) pará-
grafo de desenvolvimento ✓✓ Qual é o objetivo principal do desenvolvimento
no texto dissertativo-argumentativo?
✓✓ Quais são os dois papéis que esse parágrafo pre-
Acabou a aula, e agora? cisa cumprir?
A aula acaba, mas o estudo não termina! O traba- ✓✓ O que é um tópico frasal e como podemos pro-
lho de hoje é simples: com base no tema da semana duzi-lo?
(procure na aula de amanhã, no calendário!), você ✓✓ Quais são as principais estratégias de funda-
precisará produzir cinco parágrafos de desenvolvi- mentação desse tópico?
mento, com argumentos (e, consequentemente, tó- ✓✓ O que faz meu texto ir além de uma redação, so-
picos frasai) diferentes. Depois, poste lá no nosso mente, boa, no desenvolvimento?
grupo do Facebook! Antes disso, vamos revisar os ✓✓ O que eu não posso fazer, de jeito nenhum, no
pontos que você precisaria ter aprendido, até aqui? desenvolvimento do meu texto?

Red. 5