Sie sind auf Seite 1von 9

Trabalho sobre os aviamentos:

1 – Botões costuráveis. Você vai encontrar diferentes


modelos de botões costuráveis — madeira, poliéster,
acrílico, plástico, etc.. ...
2– Elástico. O elástico é um aviamento que pode ser de
fios de algodão ou sintético. ...
3 – Colchete. São peças de metal utilizadas para manter as
roupas firmes. ...
4 – Viés. ...
5 – Entretela. ...
6 – Zíper.

Um dos principais dos principais critérios para escolha do


tecido para confecção de roupas é o caimento. O caimento,
também chamado de queda, define-se conforme a
flexibilidade ou consistência que o tecidoapresenta em
termos de maleabilidade. Essa maleabilidade ou
flexibilidade é que faz a roupa cair ou apoiar-se sobre o
corpo, no sentido vertical, com elegância.

Cuidados com o tecido antes de trabalhá-lo


Os tecidos 100% algodão devem sempre ser molhados,
antes de se confeccionar uma peça. Sua primeira peça
deve ser em tecido liso. Nos estampados , devemos ter
cuidado para que as estampas fiquem todas no mesmo
sentido, por exemplo, todas em pé. Com os listrados, outro
cuidado primordial é que as listras casem entre si” afirmam
os professores do Sigbol Fashion.

Tecido estampado , - Disponha as partes do molde sobre


o tecido, todas em uma mesma direção, para que
a estampa não fique fora de cabeça para cima e ora de
cabeça para baixo. A disposição dos moldes deve ser feita
com o tecido dobrado, avesso sobre avesso.

Tecido listrado
Disponha as partes do molde sobre o tecido, em uma
mesma direção, de forma que suas listras estejam casando
entre si, na posição horizontal ou na vertical. As listras,
também, podem ficar na posição inclinada. Para isso,
os moldes devem ser posicionados no fio viés. Todas as
partes do molde devem ficar na mesma inclinação, para
que, na montagem, as listras casem entre si.

Tecido xadrez
Use o mesmo processo das listras. Quando dobrar o
tecido, observe que as listras do xadrez casem entre si,
horizontal e verticalmente. As madras do xadrez podem ser
iguais ou desiguais. Quando forem desiguais, é preciso um
cuidado especial, no encaixe dos moldes, de forma que na
montagem as madras se casem entre si, ao serem unidas
as partes.

Tecidos felpudos ou com brilho


Todas as partes da peça devem ser cortadas, no mesmo
sentido, para não ocorrer a mudança de tonalidade.
Nenhuma parte pode ficar de cabeça para baixo em
relação às outras. Isso deve ser observado no caso
de tafetá, veludo e certos jeans color.
Sentido do corte do tecido no fio

Fio reto
A roupa é cortada no tecido de maneira que seu fio
longitudinal tombe na vertical. Seu caimento é firme, sem
esticar.

Fio atravessado
A roupa é cortada no tecido de maneira que seu fio
transversal tombe na vertical. Seu caimento é mais firme e
armado. Efeito que, muitas vezes, pode ser aproveitado
para arredondar saias franzidas, pregueadas ou colarinhos.

Fio viés
O tecido é cortado no sentido enviesado, dando a
impressão que tem um caimento elástico. O caimento é
mole e flexível.

Corte de acordo com o tecido


Sempre observe o direito do molde e o avesso do tecido.
Faça o encaixe das partes do molde no fio do tecido, de
acordo com a posição requerida para a modelagem, para o
devido caimento da peça. Partes do molde podem ficar no
sentido do fio reto, outras no fio transversal e outras no fio
diagonal do tecido.

Diferença entre aviamento e acessório


Embora sejam classificados dentro da mesma categoria,
uma grande diferença define cada um. O aviamento é tudo
que é necessário, em uma peça de roupa para finalizá-la,
como por exemplo, materiais de fechamento como zíperes
e botões. Já o que pode ser dispensado, para finalização
de uma peça, é chamado de acessório ou aviamento
decorativo, é o que agrega valor e também custo à peça
final, como por exemplo, rendas e aplicações.

Por meio dos aviamentos, o criador pode dar uma


identidade à coleção.

Tipos de aviamentos e acessórios de acordo com o


tecido
Os aviamentos ganharam um novo status na moda. Até
bem pouco tempo atrás, eram conhecidos como simples
materiais de acabamento. Hoje, passaram do anonimato
para o primeiro plano e viraram um produto com linguagem
própria. Por meio dos aviamentos, o criador pode dar uma
identidade à coleção, ou entrar até mesmo como parte do
tecido, onde é reeditado de aviamento tradicional para
outras funções.

A escolha do tecido determina a qualidade e o tipo de


aviamento ou acessório para complementar a montagem
da peça. No entanto, é importante notar que, para tecidos
de fios com pouca ou sem elasticidade, os aviamentos
devem ter a mesma característica. Já para tecidos
como lycra, buclê, jersey, malha ou helanca, que têm muita
elasticidade, são usados viés, fitas, entre outros com
elasticidade. Já para tecidos finos e vaporosos, os
aviamentos devem ter espessura fina e delicada.

Os aviamentos mais importantes são: entretela colante


para firmar cós ; zíper invisível; zíper comum; linhas de
costura em várias cores; elástico bico de pato, próprio para
ficar do lado externo da peça, como acabamento
decorativo; elástico decorativo de acordo com a cor do
tecido ; agulha apropriada para passar elástico em costuras
já fechadas; colchete de gancho para abotoar cós; botões
para abotoar cós; colchete de pressão para abotoar cós;
dedal usado para proteger o dedo enquanto costura à mão
; entre outros.

Trabalho elaborado por : Adjanice de Almeida Melo

Bibliografia : Velcro.com.br
Cinderelas Fitas
Armarinho 25 de março
Bazar Horizonte
ELO:7
Armarinho Roma aviamentos
Armarinho São Jose
Vitrines do Comercio
Trabalho sobre os aviamentos:

1 – Botões costuráveis. Você vai encontrar diferentes


modelos de botões costuráveis — madeira, poliéster,
acrílico, plástico, etc.. ...
2– Elástico. O elástico é um aviamento que pode ser de
fios de algodão ou sintético. ...
3 – Colchete. São peças de metal utilizadas para manter as
roupas firmes. ...
4 – Viés. ...
5 – Entretela. ...
6 – Zíper.

Um dos principais dos principais critérios para escolha do


tecido para confecção de roupas é o caimento. O caimento,
também chamado de queda, define-se conforme a
flexibilidade ou consistência que o tecido apresenta em
termos de maleabilidade. Essa maleabilidade ou
flexibilidade é que faz a roupa cair ou apoiar-se sobre o
corpo, no sentido vertical, com elegância.

Cuidados com o tecido antes de trabalhá-lo


Os tecidos 100% algodão devem sempre ser molhados,
antes de se confeccionar uma peça. Sua primeira peça
deve ser em tecido liso. Nos estampados , devemos ter
cuidado para que as estampas fiquem todas no mesmo
sentido, por exemplo, todas em pé. Com os listrados, outro
cuidado primordial é que as listras casem entre si” afirmam
os professores do Sigbol Fashion.

Tecido estampado - Disponha as partes do molde sobre o


tecido, todas em uma mesma direção, para que a estampa
não fique fora de cabeça para cima e ora de cabeça para
baixo. A disposição dos moldes deve ser feita com o tecido
dobrado, avesso sobre avesso.
Tecido listrado
Disponha as partes do molde sobre o tecido, em uma
mesma direção, de forma que suas listras estejam casando
entre si, na posição horizontal ou na vertical. As listras,
também, podem ficar na posição inclinada. Para isso,
os moldes devem ser posicionados no fio viés. Todas as
partes do molde devem ficar na mesma inclinação, para
que, na montagem, as listras casem entre si.

Tecido xadrez
Use o mesmo processo das listras. Quando dobrar o
tecido, observe que as listras do xadrez casem entre si,
horizontal e verticalmente. As madras do xadrez podem ser
iguais ou desiguais. Quando forem desiguais, é preciso um
cuidado especial, no encaixe dos moldes, de forma que na
montagem as madras se casem entre si, ao serem unidas
as partes.

Tecidos felpudos ou com brilho


Todas as partes da peça devem ser cortadas, no mesmo
sentido, para não ocorrer a mudança de tonalidade.
Nenhuma parte pode ficar de cabeça para baixo em
relação às outras. Isso deve ser observado no caso
de tafetá, veludo e certos jeans color.
Sentido do corte do tecido no fio

Fio reto
A roupa é cortada no tecido de maneira que seu fio
longitudinal tombe na vertical. Seu caimento é firme, sem
esticar.

Fio atravessado
A roupa é cortada no tecido de maneira que seu fio
transversal tombe na vertical. Seu caimento é mais firme e
armado. Efeito que, muitas vezes, pode ser aproveitado
para arredondar saias franzidas, pregueadas ou colarinhos.
Fio viés
O tecido é cortado no sentido enviesado, dando a
impressão que tem um caimento elástico. O caimento é
mole e flexível.

Corte de acordo com o tecido


Sempre observe o direito do molde e o avesso do tecido.
Faça o encaixe das partes do molde no fio do tecido, de
acordo com a posição requerida para a modelagem, para o
devido caimento da peça. Partes do molde podem ficar no
sentido do fio reto, outras no fio transversal e outras no fio
diagonal do tecido.

Diferença entre aviamento e acessório


Embora sejam classificados dentro da mesma categoria,
uma grande diferença define cada um. O aviamento é tudo
que é necessário, em uma peça de roupa para finalizá-la,
como por exemplo, materiais de fechamento como zíperes
e botões. Já o que pode ser dispensado, para finalização
de uma peça, é chamado de acessório ou aviamento
decorativo, é o que agrega valor e também custo à peça
final, como por exemplo, rendas e aplicações.

Por meio dos aviamentos, o criador pode dar uma


identidade à coleção.

Tipos de aviamentos e acessórios de acordo com o


tecido
Os aviamentos ganharam um novo status na moda. Até
bem pouco tempo atrás, eram conhecidos como simples
materiais de acabamento. Hoje, passaram do anonimato
para o primeiro plano e viraram um produto com linguagem
própria. Por meio dos aviamentos, o criador pode dar uma
identidade à coleção, ou entrar até mesmo como parte do
tecido, onde é reeditado de aviamento tradicional para
outras funções.

A escolha do tecido determina a qualidade e o tipo de


aviamento ou acessório para complementar a montagem
da peça. No entanto, é importante notar que, para tecidos
de fios com pouca ou sem elasticidade, os aviamentos
devem ter a mesma característica. Já para tecidos
como lycra, buclê, jersey, malha ou helanca, que têm muita
elasticidade, são usados viés, fitas, entre outros com
elasticidade. Já para tecidos finos e vaporosos, os
aviamentos devem ter espessura fina e delicada.

Os aviamentos mais importantes são: entretela colante


para firmar cós ; zíper invisível; zíper comum; linhas de
costura em várias cores; elástico bico de pato, próprio para
ficar do lado externo da peça, como acabamento
decorativo; elástico decorativo de acordo com a cor do
tecido ; agulha apropriada para passar elástico em costuras
já fechadas; colchete de gancho para abotoar cós; botões
para abotoar cós; colchete de pressão para abotoar cós;
dedal usado para proteger o dedo enquanto costura à mão
; entre outros.

Trabalho elaborado por : Adjanice de Almeida Melo

 Bibliografia : Velcro.com.br
 Cinderelas Fitas
 Armarinho 25 de março
 Bazar Horizonte
 ELO:7
 Armarinho Roma aviamentos
 Armarinho São Jose
 Vitrines do Comercio