Sie sind auf Seite 1von 17

Geração Hidráulica e Planejamento Energético

Aluno: Jhonatha Bernardo da Costa


Lista de questões de concursos

1) Apesar das vantagens ambientais, sociais e estratégicas das energias


renováveis, elas apresentam duas grandes dificuldades:

a) investimento inicial elevado e a intermitência.


b) investimento inicial elevado e a competição nos mercados.
c) intermitência e a competição nos mercados.
d) intermitência e o excesso de ofertas de energia renovável.
e) preferência por energia com base em petróleo e o excesso de ofertas de
energia renovável.

Resposta: letra A.

Pelo fato que hoje para temos fontes de energias renováveis necessitamos de grandes
investimos pelos equipamentos e por toda infraestrutura necessária para desenvolver
uma fonte de geração renovável. A intermitência é uma das principais dificuldades
encontradas nas energias renováveis, pois temos momentos onde sua geração e alta e
momentos em que sua geração não atende completamente a carga.

2) A esfera do Ambiente de Contratação Regulada (ACR) do atual modelo


do Mercado de Energia Elétrica, a compra e a venda de energia são
formalizadas por meio de leilões de compra e venda, com contratos
celebrados entre:

a) autoprodutores e distribuidores.
b) geradores e consumidores livres.
c) geradores e distribuidores.
d) produtores independentes e consumidores livres.
Resposta: letra C.

Ambiente de Contratação Regulada (ACR)


por: SRT - publicado: 30/11/2015 14:16, última modificação: 01/03/2016 09:37
Segmento do mercado no qual se realizam as operações de compra e venda de energia
elétrica entre agentes vendedores e agentes de distribuição, precedidas de licitação,
ressalvados os casos previstos em lei, conforme regras e procedimentos de
comercialização específicos.

Decreto nº 5.163 de 30 de julho de 2004.


3) Geração Distribuída é uma visão inovadora para o atendimento ao
aumento da demanda de energia elétrica.

Ela se caracteriza por ser de pequeno ou médio porte, conectados ao


sistema elétrico de distribuição do comprador e apresenta como
vantagem:

a) a maior agilidade no atendimento ao crescimento da demanda do consumidor.


b) um menor custo de energia em relação ao sistema convencional.
c) a maior participação do mercado livre de energia de forma competitiva.
d) tornar o consumidor independente do sistema convencional de energia.
e) uma menor complexidade no planejamento e na operação do sistema elétrico.
Resposta: letra A.
A geração distribuída por está mais próxima aos centros de carga, possui uma vantagem
em poder atender a carga com maior agilidade na medida de que a demanda do sistema
necessita.

4) Em regiões com poucos recursos hidrográficos, mas com boas reservas de


óleo, carvão ou gás, é possível girar as hélices das turbinas com a força
do vapor resultante da queima desses combustíveis. Trata-se de uma
geração de:

a) Energia Solar.
b) Energia Nuclear.
c) Energia Hidrelétrica.
d) Energia Eólica.
e) Energia Termoelétrica.
Resposta: letra E.
A energia térmica pode ser oriunda tanto da combustão direta de combustíveis fósseis
quando utilizando indiretamente o vapor produzido nessa combustão para alimentação
de turbinas que acopladas em geradores converterão energia mecânica em elétrica.

5) Com base na Lei n° 9.427, de 1996, compete à Agência Nacional de


Energia Elétrica (ANEEL):
1. promover processos licitatórios para atendimento às necessidades do
mercado.
2. zelar pelo cumprimento da legislação de defesa da concorrência,
monitorando e acompanhando as práticas de mercado dos agentes do
setor de energia elétrica.
3. aprovar as regras e os procedimentos de comercialização de energia
elétrica, contratada de formas regulada e livre.
4. definir as tarifas de uso dos sistemas de transmissão e distribuição,
sendo que as de transmissão devem ser baseadas nas seguintes diretrizes.
Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.


b) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 4.
c) São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.
d) São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.
e) São corretas as afirmativas 1, 2, 3 e 4.
Resposta: letra A.
XV - promover processos licitatórios para atendimento às necessidades do
mercado; (Incluído pela Lei nº 10.848, de 2004)
IX - zelar pelo cumprimento da legislação de defesa da concorrência, monitorando e
acompanhando as práticas de mercado dos agentes do setor de energia
elétrica; (Incluído pela Lei nº 9.648, de 1998)
XIV - aprovar as regras e os procedimentos de comercialização de energia elétrica,
contratada de formas regulada e livre; (Incluído pela Lei nº 10.848, de 2004)

6) Considerando que todos os aproveitamentos de uma alternativa devem


ser economicamente vantajosos, torna-se necessária a eliminação de
projetos não competitivos. Para tanto, é feita uma comparação do índice
custo-benefício energético de cada aproveitamento, ICBi, com o Custo
Unitário de Referência.

Ministério de Minas e Energia. Manual de Inventário Hidrelétrico de


Bacias Hidrográficas. Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento
Energético. Brasília, 2007. p. 176.

Quando o índice custo-benefício energético é menor que o custo unitário


de referência, uma usina hidrelétrica é:

a) ambientalmente inviável.
b) economicamente competitiva.
c) economicamente inviável.
d) energeticamente insustentável.
e) socialmente inviável.

Resposta: letra B.

Pelo fato de a matéria prima não ter nenhum custo, o custo para geração de energia e o
mais baixo dentro de todas as outras fontes que necessitam ter um custo de matéria
prima para geração de energia, como as termelétricas.
7) Em um planejamento energético são abertas as possibilidades de
aproveitamento de fontes alternativas de energia, objetivando diminuir
os impactos ambientais bem como atender de forma mais adequada um
dado tipo de consumidor. No Brasil, considera-se que a geração:

a) termelétrica, utilizando o bagaço de cana-de-açúcar, possui grande potencial.


b) fotovoltaica é uma alternativa interessante, principal- mente para os processos de
aquecimento.
c) eólica possui grande potencial, principalmente na Região Sudeste.
d) fotovoltaica é a forma de geração alternativa de mais baixo custo, além de ser
totalmente limpa.
e) por meio de microcentrais hidrelétricas é economicamente viável para a Região
Norte.

Resposta: letra A.

As termelétricas a bagaco de cana possuem grande potencial pelo fato de sua matéria
prima ser oriunda já de outro processo, o que a torna uma boa fonte de energia
alternativa.

8) Considerando o sistema elétrico brasileiro, vários agentes estão


envolvidos para tornar o planejamento e a operação do setor mais
econômicos, seguros e confiáveis. Um desses agentes tem por finalidade
prestar serviços na área de estudos e pesquisas destinados a subsidiar o
planejamento do setor energético. A qual agente essa descrição se refere:

a) ANEEL.
b) ONS.
c) EPE.
d) FURNAS.
e) ELETROBRAS.

Resposta: letra C.

Competências da EPE

A Empresa de Pesquisa Energética – EPE tem por finalidade prestar serviços na área de
estudos e pesquisas destinadas a subsidiar o planejamento do setor energético, tais como
energia elétrica, petróleo e gás natural e seus derivados, carvão mineral, fontes
energéticas renováveis e eficiência energética, dentre outras.

http://www.epe.gov.br/pt/a-epe/acesso-a-informacao/institucional
9) Julgue os itens a seguir, acerca do sistema de governança do Sistema
Elétrico Brasileiro (SEB).

“A EPE é o órgão responsável por estabelecer o planejamento energético


nacional. Para tanto, desenvolve estudos nas áreas de energia elétrica,
petróleo e gás natural e seus derivados, carvão mineral, fontes
energéticas renováveis e eficiência energética, entre outras.”

a) Certo.
b) Errado,

Resposta: letra B.

O Plano Nacional de Energia - PNE 2030 tem como objetivo o planejamento de longo
prazo do setor energético do país, orientando tendências e balizando as alternativas de
expansão desse segmento nas próximas décadas. O PNE é composto de uma série de
estudos que buscam fornecer insumos para a formulação de políticas energéticas
segundo uma perspectiva integrada dos recursos disponíveis. Estes estudos estão
divididos em volumes temáticos cujo conjunto subsidiará a elaboração do relatório final
do PNE. Este volume, cujo tema é “Combustíveis Líquidos”, é composto de cinco notas
técnicas fruto de trabalhos contratados pelo Ministério de Minas e Energia (MME) e
elaborados pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), empresa pública vinculada ao
MME.

10) As usinas hidrelétricas e termelétricas utilizam máquinas síncronas, que


funcionam como geradores de eletricidade. É correto afirmar que:

a) Os geradores de energia elétrica que desenvolvem alta velocidade utilizam,


normalmente, rotores de polos salientes.
b) A frequência da tensão gerada por um gerador síncrono depende diretamente da
tensão aplicada no enrolamento de campo da máquina.
c) Para dois geradores síncronos serem colocados em paralelo não é necessário que
as duas máquinas tenham mesma frequência.
d) Para dois geradores funcionarem em paralelo, entre outras condições a serem
observadas, deve-se ter o mesmo valor eficaz das tensões e a mesma sequência
de fases.
e) A impedância de sequência zero do gerador é igual à impedância de sequência
positiva.

Resposta: letra D.

Para termos geradores ligados em paralelo com o sistema elétrica devem ter as seguintes
grandezas iguais ao sistema:
- frequência, valor eficaz, sequência de fase;
11) O reconhecimento público conferido, anualmente, pelo Ministério de
Minas e Energia, com base em diretrizes do Governo Federal, visando a
estimular segmentos da sociedade a implementar ações que efetivamente
reduzam o consumo de energia elétrica, derivados do petróleo ou gás
natural, assim como a sua substituição eficiente por fontes renováveis,
refere-se ao:

a) Prêmio Nacional de Combate ao Desperdício de Energia.


b) Prêmio Nacional de Conservação e Eficiência Energética.
c) Prêmio Nacional de Conservação dos Recursos Energéticos.
d) Prêmio Nacional de Redução do Desperdício de Energia.
e) Prêmio Nacional de Conservação e Uso Racional de Energia.

Resposta: letra E.

O Comitê Gestor de Indicadores de Eficiência Energética (CGIEE) foi instituído em


19 de dezembro de 2001 pelo Decreto nº 4.059, o qual regulamenta a Lei nº 10.295, de
17 de outubro de 2001, que dispõe sobre a Política Nacional de Conservação e Uso
Racional de Energia.
http://www.mme.gov.br/web/guest/conselhos-e-comites/cgiee

12) Conforme a Resolução nº. 456/2000 da ANEEL, a estrutura tarifária horo-


sazonal é caracterizada pela aplicação de tarifas diferenciadas de consumo
de energia elétrica e de demanda de potência, de acordo com as horas de
utilização do dia e dos períodos do ano. Dadas as seguintes especificações,
acerca desta estrutura tarifária:

I.Tarifa Azul é a modalidade estruturada para aplicação de tarifas diferenciadas


de consumo de energia elétrica de acordo com as horas de utilização do dia e os
períodos do ano, bem como de uma única tarifa de demanda de potência.

II.Tarifa Verde é a modalidade estruturada para aplicação de tarifas diferenciadas


de consumo de energia elétrica de acordo com as horas de utilização do dia e os
períodos do ano, bem como de tarifas diferenciadas de demanda de potência de
acordo com as horas de utilização do dia.

III.Horário de Ponta é o período definido pela concessionária e composto por 3


(três) horas diárias consecutivas, exceção feita aos sábados, domingos, terça-feira
de carnaval, sexta-feira da Paixão, Corpus Christi, dia de finados e os demais
feriados definidos por lei federal, considerando as características do seu sistema
elétrico.

IV.Período Úmido é o período de 5 (cinco) meses consecutivos, compreendendo os


fornecimentos abrangidos pelas leituras de abril a agosto.
Está(ao) correta(s):
a) apenas I e II.
b) I, II e III.
c) apenas III.
d) III e IV.
e) apenas IV.

Resposta: letra C.

HORÁRIO DE PONTA É o período de 3 (três) horas consecutivas exceto sábados,


domingos e feriados nacionais, definido pela concessionária, em função das
características de seu sistema elétrico. Em algumas modalidades tarifárias, nesse horário
a demanda e o consumo de energia elétrica têm preços mais elevados.

Manual de Tarifa PROCEL -


http://www.mme.gov.br/documents/10584/1985241/Manual%20de%20Tarif%20En%2
0El%20-%20Procel_EPP%20-%20Agosto-2011.pdf

13) A eficiência energética é parte da política estratégica de desenvolvimento


em diversos países, incluindo o Brasil. Nesse sentido, a eficiência
energética pode ser promovida pela:

a) elevação da capacidade de produção de energia elétrica do país para aumento do


consumo e da qualidade de vida da população.
b) redução do custo do kWh para propiciar a facilitação no acesso à energia elétrica
para a população.
c) política de combate ao consumo de energia por meio da conscientização dos
males causados por esse consumo ao meio ambiente.
d) substituição do trabalho humano por máquinas para tornar os processos de
fabricação mais eficientes e menos custosos.
e) otimização dos processos de transformação, de transporte e de utilização dos
recursos energéticos em toda a sua cadeia para o combate do desperdício.

Resposta: Letra E.

Quando falamos em eficiência energética a principal finalidade e a maior eficiência


na conversão de energia na qual estamos interessados em utilizar nos processos, logo
a otimização dos processos deve ser uma medida utilizada para promover o aumento
da eficiência energética.
14) O gráfico abaixo representa a curva diária da demanda de uma indústria
com potência instalada de 500 kW. O fator de demanda, o fator de carga
e a demanda média diários são, respectivamente, iguais a:

a) 0,8 ; 0,625 ; 250 kW.


b) 0,6; 0,625 ; 200 kW.
c) 0,625 ; 0,8 ; 200 kW.
d) 0,8 ; 1,0 ; 250 kW.
e) 08; 0,6; 200 kW.

Resposta: letra A.

FATOR DE DEMANDA: DEMANDA MÁXIMA/POTENCIA INSTALADA


FD: 400/500 = 0.8

FATOR DE CARGA: DEMANDA MEDIA/DEMANDA MAXIMA


DEMANADA MEDIA: [(100*6)+(300*6)+(400*6)+(200*6)]/24 = 250KW
FC: 250/400 = 0,625

DEMANADA MEDIA: [(100*6)+(300*6)+(400*6)+(200*6)]/24 = 250KW

15) Uma indústria tem uma carga instalada igual a 7,5 MVA e sua demanda
máxima na hora de pico é igual a 6 MW e o fator de potência da
instalação é igual 0,85. O fator de demanda dessa indústria é igual a:

a) 0,75.
b) 0.85.
c) 0,94.
d) 0,6.
e) 0,8.

Resposta: letra C.

FATOR DE DEMANDA: DEMANDA MÁXIMA/POTENCIA INSTALADA


FD: (6/0,85)/7,5 = 0.94.
16) Acerca do custo marginal de operação em um sistema hidrotérmico,
julgue o próximo item.

“ Essa modalidade de custo, utilizada para a definição dos preços da


energia no horizonte de curto prazo, afeta o faturamento das empresas
de geração de energia elétrica.”

a) Certo.
b) Errado.

Resposta: letra A.

CMO – Custo Marginal de Operação = Custo para produzir 1 MWh de energia a mais
para o sistema.

17) Responda a questão, desta disciplina, baseando-se na Resolução Normativa


Nº 414, de 9 de setembro de 2010.

“Demanda de potência ativa a ser obrigatória e continuamente


disponibilizada pela distribuidora, no ponto de entrega, conforme valor e
período de vigência fixados em contrato, e que deve ser integralmente paga,
seja ou não utilizada durante o período de faturamento, expressa em
quilowatts (kW)."

A definição acima refere-se a:

a) demanda faturável.
b) demanda registrada.
c) demanda medida.
d) demanda excedida.
e) demanda contratada.

Resposta: letra E.

Demanda Contratada

Demanda de potência ativa a ser obrigatória e continuamente disponibilizada pela


DISTRIBUIDORA, no ponto de entrega, conforme valor e período de vigência fixados
no contrato de fornecimento e que deverá ser integralmente paga, seja ou não utilizada
durante o período de faturamento, expressa em quilowatts (kW).

http://www.copel.com/hpcopel/root/nivel2.jsp?endereco=%2Fhpcopel%2Faltatensao%2
Fpagcopel2.nsf%2Fdocs%2FF5EAD992942579F903257EBB0042F764
18) Certa indústria apresentou um consumo mensal de 49597 kWh. Neste
período, a demanda máxima registrada foi de 250 kW, enquanto que a
demanda média foi de 100 kW. Assinale a alternativa CORRETA quanto
ao valor do fator de carga mensal desta indústria.

a) 0,3.
b) 1,0.
c) 0,4.
d) 0,5.

Resposta: Letra C.

FC=100/250=0,4

19) Responda a questão, desta disciplina, baseando-se na Resolução Normativa


Nº 414, de 9 de setembro de 2010.

“Valor da demanda de potência ativa, considerada para fins de


faturamento, com aplicação da respectiva tarifa, expressa em quilowatts
(kW)."

A definição acima refere-se a:

a) demanda faturável.
b) demanda registrada.
c) demanda medida.
d) demanda excedida.
e) demanda contratada.

Resposta: letra A.

Demanda faturável
Valor da demanda de potência ativa, considerada para fins de faturamento, com
aplicação da respectiva tarifa, expressa em quilowatts (kW).

Resolução Normativa ANEEL n. 414, de 9 de setembro de 2010 (Diário Oficial de 15


de set. 2010, seção 1, p. 115)
20) No Sistema Elétrico Brasileiro existe uma pessoa jurídica com a função
de executar as atividades de coordenação e controle da operação da
geração e transmissão de energia elétrica nos sistemas interligados. Essa
pessoa jurídica é denominada:

a) Usina Hidrelétrica de Itaipu.


b) Agência Nacional de Energia Elétrica.
c) Centro de Pesquisas de Energia Elétrica.
d) Operador Nacional do Sistema Elétrico.

Resposta: letra E.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) é o órgão responsável pela


coordenação e controle da operação das instalações de geração e transmissão de energia
elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN) e pelo planejamento da operação dos
sistemas isolados do país, sob a fiscalização e regulação da Agência Nacional de
Energia Elétrica (Aneel).

http://ons.org.br/paginas/sobre-o-ons/o-que-e-ons

21) De acordo com resolução da Aneel, o planejamento, a programação da


operação e o despacho centralizado da geração, com vistas à otimização
do Sistema Interligado Nacional (SIN), constituem uma das atribuições:

a) da Empresa de Pesquisa Energética (EPE).


b) do Ministério de Minas e Energia (MME).
c) da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).
d) do Operador Nacional do Sistema (ONS).

Resposta: letra E.

as atribuições do ONS, constantes da referida norma legal, passam a ser exercidas


privativamente pela Diretoria: - o planejamento e a programação da operação e o
despacho centralizado da geração, com vistas à otimização do Sistema Interligado
Nacional - SIN;

http://www2.aneel.gov.br/aplicacoes/audiencia/arquivo/2004/029/documento/nt_abertur
a_ap_estatuto_ons_r2.pdf
22) Demanda de energia elétrica é:

a) a média das potências elétricas ativas.


b) o total das potências elétricas ativas e reativas capacitivas.
c) o total das potências elétricas ativas e reativas indutivas.
d) o valor total de energia instalada.
e) o valor medido durante um intervalo de tempo aleatório.

Resposta: letra A.

O ONS define demanda - ou carga de demanda - como a média das potências elétricas
consumidas em um determinado intervalo de tempo, normalmente expressa em
kilowatts (kW) ou megawatts (MW).

23) Julgue os itens a seguir, acerca do sistema de governança do Sistema


Elétrico Brasileiro (SEB).

“A EPE é o órgão responsável por estabelecer o planejamento energético


nacional. Para tanto, desenvolve estudos nas áreas de energia elétrica,
petróleo e gás natural e seus derivados, carvão mineral, fontes energéticas
renováveis e eficiência energética, entre outras.”

a) Certo.
b) Errado.

Resposta: letra B.

Competências da EPE

A Empresa de Pesquisa Energética – EPE tem por finalidade prestar serviços na área de
estudos e pesquisas destinadas a subsidiar o planejamento do setor energético, tais como
energia elétrica, petróleo e gás natural e seus derivados, carvão mineral, fontes
energéticas renováveis e eficiência energética, dentre outras.

24) Com relação ao planejamento do sistema de geração de energia e ao


dimensionamento e monitoramento de usinas hidrelétricas no contexto
brasileiro, julgue o item que se segue.

“Um dos critérios utilizados no âmbito do planejamento energético para o


dimensionamento do deplecionamento de uma usina hidrelétrica consiste em
simular o modelo matemático relativo à configuração estática da usina e, como
consequência, obter o ganho energético com o aumento da depleção até que a
valoração do ganho fique abaixo do custo de obras civis necessárias ao aumento
da depleção.”
a) Certo.
b) Errado.

Resposta: letra A.

Em toda usina hidrelétrica temos um modelo matemático onde o seu objetivo e verificar
os custos da geração de energia com que será vendido. Esse critério e de vital
importância para o balanço energético da usina.

25) A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) atua nas


operações de compra e venda de energia, assumindo importante papel no
Setor Elétrico. A atribuição dessa instituição é:

a) analisar a carga de energia e de demanda dos agentes envolvidos na


comercialização.
b) promover a medição e o registro dos dados de geração e consumo dos agentes
envolvidos na comercialização.
c) operar de forma sistêmica a rede de transmissão e despachar a geração dos
agentes envolvidos na comercialização.
d) regular e fiscalizar a geração, a transmissão, a distribuição e a comercialização
da energia elétrica.
e) coordenar e controlar a operação das instalações de geração e transmissão de
energia elétrica no Sistema Interligado Nacional

Resposta: letra B.

Principais atribuições
A CCEE é responsável pela contabilização e pela liquidação financeira no mercado de
curto prazo de energia. A instituição é incumbida do cálculo e da divulgação do Preço
de Liquidação das Diferenças - PLD, utilizado para valorar as operações de compra e
venda de energia.

Entre as atribuições principais da instituição, incluem-se ainda:

• Implantar e divulgar regras e procedimentos de comercialização;


• Fazer a gestão de contratos do Ambiente de Contratação Regulada (ACR) e do
Ambiente de Contratação Livre (ACL);
• Manter o registro de dados de energia gerada e de energia consumida;
• Realizar leilões de compra e venda de energia no ACR, sob delegação da Aneel;
• Realizar leilões de Energia de Reserva, sob delegação da Aneel, e efetuar a liquidação
financeira dos montantes contratados nesses leilões;
• Apurar infrações que sejam cometidas pelos agentes do mercado e calcular
penalidades;
• Servir como fórum para a discussão de ideias e políticas para o desenvolvimento do
mercado, fazendo a interlocução entre os agentes do setor com as instâncias de
formulação de políticas e de regulação.
https://www.ccee.org.br/portal/faces/pages_publico/quem-somos/razao-de-
ser?_afrLoop=46880039558310&_adf.ctrl-
state=112iedm1jm_46#!%40%40%3F_afrLoop%3D46880039558310%26_adf.ctrl-
state%3D112iedm1jm_50

26) Nos procedimentos fixados pela Aneel, quanto aos critérios técnicos e
operacionais mínimos para o desenvolvimento de projetos de acesso ao
sistema de distribuição, é estabelecido o seguinte:

a) o ponto de conexão caracteriza-se como o limite de responsabilidades entre a


acessada e o acessante.
b) os níveis de tensão 440/220V correspondem a um dos padrões nominais do
sistema trifásico.
c) a conexão de consumidores com tensões diferentes das tensões nominais
padronizadas é proibida.
d) a conexão de centrais geradoras de energia ao sistema de distribuição em baixa
tensão é proibida.

Resposta: letra A.

Ponto de conexão
• Ponto de conexão
Conjunto de equipamentos que se destina a estabelecer a conexão na fronteira entre
as instalações da acessada e do acessante, comumente caracterizado por módulo de
manobra necessário à conexão das instalações de propriedade do acessante, não
contemplando o seu Sistema de Medição para Faturamento - SMF.

Resolução Normativa ANEEL n. 506, de 4 de setembro de 2012 (Diário Oficial, de


19 set. 2012, seção 1, p. 78)

27) Conforme dispõe a Resolução n° 414/2010, da ANEEL, as informações


solicitadas pelos consumidores devem ser prestadas pela distribuidora de
forma imediata e as reclamações solucionadas, a contar da data de
protocolo, em até:

a) 5 dias úteis.
b) 8 dias úteis.
c) 10 dias úteis.
d) 10 dias consecutivos.
e) 15 dias consecutivos.
Resposta: letra A.

As informações solicitadas pelo consumidor devem ser prestadas pela distribuidora de


forma imediata. Já as reclamações devem ser solucionadas em até 5 dias úteis a contar
da data do protocolo, ressalvados os serviços e situações com um prazo de execução
específico. Esse direito é garantido pela Resolução Normativa ANEEL nº 414/2010
(Art. 197), que define os direitos e deveres do consumidor de energia.

28) Assinale a assertiva correta referente as definições estabelecidas pela


Resolução Normativa nº 414, de 09 de setembro de 2010, da Agência
Nacional de Energia Elétrica – ANEEL:

a) Energia elétrica ativa: aquela que circula entre os diversos campos elétricos e
magnéticos de um sistema de corrente alternada, sem produzir trabalho, expressa
em quilovolt-ampère-reativo-hora (kvarh).
b) Fator de demanda: razão entre a demanda média e a demanda máxima da
unidade consumidora, ocorridas no mesmo intervalo de tempo especificado.
c) Iluminação pública: conjunto de equipamentos utilizados exclusivamente na
prestação do serviço de iluminação pública.
d) Subestação: parte do sistema de potência que compreende os dispositivos de
manobra, controle, proteção, transformação e demais equipamentos, condutores
e acessórios, abrangendo as obras civis e estruturas de montagem.

Resposta: letra D.

2.380 Subestação: Conjunto de instalações elétricas em média ou alta tensão que agrupa
os equipamentos, condutores e acessórios, destinados à proteção, medição, manobra e
transformação de grandezas elétricas.

http://www.aneel.gov.br/documents/656827/14866914/M%C3%B3dulo1_Revisao_9/1b
78da82-6503-4965-abc1-a2266eb5f4d7

29) A resolução 414, de 9 de setembro de 2010, em seu artigo 54 estabelece


que a “A definição dos postos tarifários ____, ____ e ____ deve ser
proposta pela distribuidora, para aprovação da ANEEL, conforme
disposto nos Procedimentos de Distribuição e Procedimentos de
Regulação Tarifária.”

a) ponta, intermediário e fora de ponta;


b) pico, normal e sazonal;
c) alto, médio e baixo;
d) pleno, intermediário e de repouso;
e) ativo, estável e passivo.
Resposta: letra A

Os postos tarifários são definidos para permitir a contratação e o faturamento da energia


e da demanda de potência diferenciada ao longo do dia, conforme as diversas
modalidades tarifárias. A regulamentação consta na Resolução Normativa ANEEL -
REN nº 414/2010:
• Horário de ponta refere-se ao período composto por 3 (três) horas diárias
consecutivas definidas pela distribuidora considerando a curva de carga de seu
sistema elétrico, aprovado pela ANEEL para toda a área de concessão, com exceção
feita aos sábados, domingos, e feriados nacionais.
• Horário fora de ponta refere-se ao período composto pelo conjunto das horas
diárias consecutivas e complementares àquelas definidas no horário de ponta e
intermediário (no caso da Tarifa Branca).
• O horário intermediário refere-se ao período de uma hora anterior e posterior ao
horário de ponta, aplicado exclusivamente as unidades tarifárias pertencentes à
tarifa branca. Neste caso,
Existe também o horário reservado aplicado ao consumidor irrigante, período do dia,
normalmente na madrugada, em que a carga destinada à irrigação ou aquicultura recebe
um desconto na tarifa de acordo com a região em que se localiza e o grupo tarifário a
que pertence. Esta regulamentação está na REN nº 414/2010, art. 107, 108 e 109;

30) De acordo com a Resolução Normativa nº414 da ANEEL a modalidade


tarifária é o conjunto de tarifas aplicáveis às componentes de consumo
de energia elétrica e demanda de potência ativas. A respeito das
modalidades tarifárias, qual das afirmações abaixo é incorreta.

a) A modalidade tarifária horária branca é aplicada às unidades consumidoras do


grupo B, exceto para o subgrupo B4 e para as subclasses Baixa Renda do
subgrupo B1, caracterizada por tarifas diferenciadas de consumo de energia
elétrica, de acordo com as horas de utilização do dia.
b) A modalidade tarifária horária verde é aplicada às unidades consumidoras do
grupo A, caracterizada por tarifas diferenciadas de demanda de potência, de
acordo com as horas de utilização do dia, assim como de uma única tarifa de
consumo de energia elétrica.
c) A modalidade tarifária convencional binômia é aplicada às unidades
consumidoras do grupo A, caracterizada por tarifas de consumo de energia
elétrica e demanda de potência, independentemente das horas de utilização do
dia.
d) A modalidade tarifária convencional monômia é aplicada às unidades
consumidoras do grupo B, caracterizada por tarifas de consumo de energia
elétrica, independentemente das horas de utilização do dia.
e) A modalidade tarifária horária azul é aplicada às unidades consumidoras do
grupo A, caracterizada por tarifas diferenciadas de consumo de energia elétrica e
de demanda de potência, de acordo com as horas de utilização do dia.
Resposta: letra B.

Modalidades tarifárias
por: SGT - publicado: 24/11/2015 09:00, última modificação: 14/03/2016 13:35
As modalidades tarifárias são um conjunto de tarifas aplicáveis às componentes de
consumo de energia elétrica e demanda de potência ativas, considerando as seguintes
modalidades:

• Azul: aplicada às unidades consumidoras do grupo A, caracterizada por tarifas


diferenciadas de consumo de energia elétrica e de demanda de potência, de acordo
com as horas de utilização do dia;
• Verde: modalidade tarifária horária verde: aplicada às unidades consumidoras
do grupo A, caracterizada por tarifas diferenciadas de consumo de energia elétrica,
de acordo com as horas de utilização do dia, assim como de uma única tarifa de
demanda de potência;
• Convencional Binômia: aplicada às unidades consumidoras do grupo A
caracterizada por tarifas de consumo de energia elétrica e demanda de potência,
independentemente das horas de utilização do dia. Esta modalidade será extinta a
partir da revisão tarifária da distribuidora;
• Convencional Monômia: aplicada às unidades consumidoras do grupo B,
caracterizada por tarifas de consumo de energia elétrica, independentemente das
horas de utilização do dia; e
• Branca: aplicada às unidades consumidoras do grupo B, exceto para o subgrupo
B4 e para as subclasses Baixa Renda do subgrupo B1, caracterizada por tarifas
diferenciadas de consumo de energia elétrica, de acordo com as horas de utilização
do dia.

http://www.aneel.gov.br/tarifas-consumidores/-
/asset_publisher/zNaRBjCLDgbE/content/modalidade/654800?inheritRedirect=false