You are on page 1of 5

Lista de exercícios

1) Anemômetros são instrumentos usados para medir a velocidade do vento. A sua


construção mais conhecida é a proposta por Robinson em 1846, que consiste em
um rotor com quatro conchas hemisféricas presas por hastes, conforme figura
abaixo. Em um anemômetro de Robinson ideal, a velocidade do vento é dada pela
velocidade linear das conchas. Um anemômetro em que a distância entre as conchas
e o centro de rotação é r=25 cm, em um determinado dia, foi possível verificar a
realização de aproximadamente 200 rotações por minuto. Considere π=3,14.
Determine:
a) Qual sua frequência em Hertz?
b) Qual seu período?
c) Qual sua velocidade angular?
d) A velocidade do vento neste dia.

2) O tacômetro é o equipamento que mede o giro do motor de um carro e mostra, em


tempo real para o motorista, o número de giros por minuto. Determine a frequência
em hertz e o período em segundos para o motor de um carro cujo tacômetro indica
3000 rpm.

3) Um bastão de comprimento L = 0,92 m e um disco de diâmetro D = 0,92 m, ambos


com massa M = 3,79 kg giram em torno de um eixo preso em seu ponto central. Qual
deles tem maior momento de inércia?
Dados:
𝑀∗𝐿2
- Momento de inércia de uma barra, girando ao redor de seu centro: 𝐼𝑏 = 12
𝑀∗𝑟 2
- Momento de inércia de um disco girando ao redor de seu centro: 𝐼𝑑 = 2
4) Uma pequena esfera de massa 0,9 kg presa a um bastão muito leve e resistente de
1,7 m de comprimento é colocada para girar a partir da extremidade oposta do
bastão. Calcule o momento de inércia do sistema, desprezando a massa do bastão.

5) Dois cilindros uniformes, ambos girando em torno do seu eixo (longitudinal) central,
têm a mesma massa de 1,25 kg e giram com a mesma velocidade angular de 235
rad/s, mas eles possuem raios diferentes. Qual a energia cinética de rotação:
a) Do cilindro menor, de raio 0,25m.
b) Do cilindro maior, de raio, 0,75m.
𝑀∗𝑟 2
Dado: momento de inércia de um cilindro: 𝐼𝑐 = 2

6) Se um torque de 32,0 N*m exercido sobre uma roda produz uma aceleração
angular α = 25,0 rad/s², qual é o momento de inércia da roda?

7) Calcule a energia cinética de rotação de uma chapa metálica retangular de massa


M = 2,9 kg e lados a = 1,5 m e b = 1,2 m e altura h = 0,1 m. Ela gira com velocidade
angular de 7,8 rad/s em torno do eixo de rotação que está alinhado paralelamente
com a direção da altura h e passa exatamente pelo centro da chapa.
Dado: momento de inércia de uma chapa retangular girando ao redor de um eixo
1
que perfura perpendicularmente seu centro: 𝐼 = 12 ∗ 𝑀 ∗ (𝑎2 + 𝑏 2 )

8) Na figura abaixo um pequeno disco de raio 3cm foi colado na borda de um disco
maior de raio 6cm, com os discos no mesmo plano. Os discos podem girar em torno
de um eixo que passa pelo ponto O, situado no centro do disco maior. Sabe-se que
a massa do disco menor é de 0,25Kg e do disco maior 0,40Kg. Calcule o momento
de inércia do conjunto em relação ao eixo de rotação que passa por O.
1
Dado: Momento de inércia do disco - 𝐼 = 2 ∗ 𝑚 ∗ 𝑟 2

9) Uma patinadora gira em torno de seu próprio eixo com os braços abertos e um
momento angular de 25 Kg*m²/s. Nesse instante, seu momento de inércia é de 5
Kg*m² aproximadamente. Após alguns instantes, ela fecha os braços, reduzindo seu
momento de inércia para aproximadamente 3 Kg*m². Responda:
a) O momento angular da patinadora é conservado?
b) Qual é sua velocidade angular inicial?
c) Qual é sua velocidade angular final?
10) Vários tipos de carros populares estão sendo montados com algumas economias.
Eles vêm, por exemplo, com apenas uma luz de ré. Uma outra economia está
associada ao tamanho reduzido da chave de rodas. Essa chave é fabricada comum
comprimento de 25 cm. Alguns desses carros saem de fábrica com os parafusos de
suas rodas submetidos a um aperto compatível a um torque(final) de 100 N.m. Esse
torque, M, calculado em relação ao ponto central do parafuso, está relacionado com
a força aplicada na chave, força F, pela expressão M = F.d, em que d (única
dimensão relevante da chave de rodas) é chamado braço da alavanca, conforme
ilustrado na Figura:

a) Dona Terezinha comprou um desses carros e quer remover o parafuso


sextavado da roda do automóvel aplicando uma força vertical de 350 N.
Verifique se Dona Terezinha conseguirá realizar a tarefa. Justifique.
b) Para solucionar esse problema chamou um borracheiro que, após concluir a
troca de pneu, sugeriu a compra de uma "mão de ferro" para ajudá-la numa
próxima troca. O borracheiro explicou a dona Terezinha que uma mão de
ferro é um pedaço de cano de ferro que pode ser usado para envolver o
braço da chave de rodas, aumentando assim o seu comprimento e
reduzindo, portanto, a força necessária a ser usada para folgar os parafusos.
Nessa situação, admita que a mão de ferro cobre todos os 25 cm do braço
da chave de rodas. Determine comprimento mínimo da mão de ferro que
dona Terezinha deve usar para poder realizar uma próxima troca de pneu.

11) Ao fechar a porta de um carro, de 0,9 m de comprimento, nota-se que esta gira no
sentido horário. Sabendo que a força aplicada à porta é de 4 N, qual será o valor da
intensidade do torque em relação ao ponto fixo da porta?

12) Uma barra de ferro de 1,2 m de comprimento e 8 kg de massa estende-se


horizontalmente. Ela está presa por uma das extremidades em uma estrutura que
permite que ela gire sem atrito horizontalmente. Ela está incialmente em repouso,
mas em dado momento uma força horizontal de 30N passa a atuar sobre ela a
exatamente 0,8 m do ponto de apoio, conforme figura abaixo. Encontre:
a) O torque que atua sobre a barra.
b) A aceleração angular sofrida pela barra.
DADOS: momento de inércia de uma barra rígida de comprimento d, girando a partir
1
de sua extremidade é 𝐼 = 3 ∗ 𝑚 ∗ 𝑑 2

13) Uma barra homogênea de 2 kg e 3 m de comprimento encontra-se apoiada a


exatamente 1 m de uma de suas extremidades por um suporte que permite que o
bastão gire livremente. A 0,3 m dessa mesma extremidade encontra-se um pequeno
objeto de massa 2,5 kg. Qual força deve ser aplicada na extremidade oposta para
equilibrar o sistema na horizontal? (considere Aceleração da gravidade = 9,8 m/s2)

14) Dois garotos brincam em uma gangorra de 10 m de comprimento que possui seu
eixo de rotação exatamente em seu centro. Adotando a barra que compõe a
gangorra como homogênea e sabendo que um garoto de 30 kg sentou-se na
extremidade da direita, qual deverá ser a distância entre o segundo garoto e o eixo
de rotação para que a gangorra mantenha-se em equilíbrio.
Dados: Massa do segundo garoto = 40 kg; Aceleração da gravidade = 9,8 m/s2.
15) O guindaste (também chamado de grua e, nos navios, pau de carga) é um
equipamento utilizado para a elevação e a movimentação de cargas e materiais
pesados, assim como a ponte rolante a partir do princípio da física no qual uma ou
mais máquinas simples criam vantagem mecânica para mover cargas além da
capacidade humana. São comumente empregados nas indústrias, terminais
portuários e aeroportuários, onde se exige grande mobilidade no manuseio de
cargas e transporte de uma fonte primária à embarcação, trem ou elemento de
transporte primário, ou mesmo avião, para uma fonte secundária, um veículo de
transportes ou depósitos locais. Podem descarregar e carregar contêineres,
organizar material pesado em grandes depósitos, movimentação de cargas pesadas
na construção civil e as conhecidas pontes rolantes ou guindastes móveis muito
utilizados nas indústrias de laminação e motores pesados.
Um aluno, de posse de um simulador, projeta a Grua acima com as seguintes
características: o braço maior da Grua tem comprimento de 16 metros, o braço
menor, 4 m; o contrapeso na extremidade do braço menor tem uma massa
equivalente a 0,5 toneladas, cujo centro de massa coincide com a extremidade do
braço menor. A barra horizontal possui massa de 200 kg, uniformemente distribuída,
e a barra vertical está rigidamente fixada. De acordo com o projeto acima descrito,
qual o peso máximo que essa Grua poderá levantar sem tombar?
Dado: Aceleração da gravidade = 9,8 m/s2