Sie sind auf Seite 1von 5

REVISÃO

1. Relacione as orações com os tipos de sujeito:


a) ( ) Choveu muito ontem à noite. I. Sujeito composto.
b) ( ) Cantar faz bem para a alma. II. Sujeito oculto.
c) ( ) As chaves e as malas da Joana já estão no III. Oração sem sujeito.
carro. IV. Sujeito indeterminado.
d) ( ) Não encontraram o culpado. V. Sujeito simples.
e) ( ) Perdi o voo.

2. Identifique os sujeitos das orações a seguir e classifique-os:


a) A festa continuou madrugada a fora.
b) Encerrou satisfeito a reunião o diretor da empresa.
c) Bateram no meu carro.
d) Faz muitos anos que ele partiu.
e) Estudo e dedicação são essenciais para a aprovação.

3. A oração sem sujeito caracteriza-se por:


a) O sujeito está indeterminado. c) O sujeito está simplesmente oculto.
b) Não se atribui o fato a nenhum ser. d) O fato é atribuído a um ser determinado.

4. A oração sem sujeito possui apenas:


a) Objeto direto. c) Predicado.
b) Objeto indireto. d) Sujeito oculto.

5. "Anoitecia silenciosamente." Nesta oração temos:


a) Sujeito simples c) Sujeito indeterminado.
b) Oração sem sujeito. d) Sujeito oculto.

6. "Será muito cedo?" "Como está calor!" Quais são os sujeitos destas orações?
a) Orações sem sujeito. c) muito / como.
b) cedo / calor. d) nenhuma das anteriores.

7. “Os meninos compraram uma bola”.


a) Sujeito Simples d) Sujeito Desinencial
b) Sujeito Composto e) Oração Sem Sujeito
c) Sujeito Indeterminado
8. “Maria e João casaram-se ano passado”.
a) Sujeito Simples d) Sujeito Desinencial
b) Sujeito Composto e) Oração Sem Sujeito
c) Sujeito Indeterminado

9. “Saí-me muito bem na prova”.


a) Sujeito Simples d) Sujeito Desinencial
b) Sujeito Composto e) Oração Sem Sujeito
c) Sujeito Indeterminado

10. Assinale a sequência correta quanto à classificação dos predicados das orações a seguir:
I. Ela chegou da festa já era madrugada. a) verbo-nominal; nominal; nominal; verbal;
II. Os moradores estavam revoltados. predicativo do objeto.
III. Ele encontrou os amigos no bar. b) verbal; nominal; verbal; verbo-nominal;
IV. Os estudantes protestaram nervosos contra a nominal.
corrupção. c) verbal; predicativo do objeto; nominal;
V. Ela ficou aflita com a sua demora. nominal; verbo-nominal.
d) verbal; nominal; verbal; verbo-nominal; verbal.

11. (UFU-MG) “O sol entra cada dia mais tarde, pálido, fraco, oblíquo.” e “O sol brilhou um pouquinho pela
manhã”. Pela ordem, os predicados das orações acima classificam-se como:
a) nominal e verbo-nominal d) verbo-nominal e nominal
b) verbal e nominal e) verbo-nominal e verbal
c) verbal e verbo-nominal

12. (Unimep – SP)


I. Paulo está adoentado.
II. Paulo está no hospital.
a. O predicado é verbal em I e II. d. O predicado é verbal em I e nominal em II.
b. O predicado é nominal em I e II. e. O predicado é nominal em I e verbal em II.
c. O predicado é verbo-nominal em I e II.

13. Classifique os verbos em negrito quanto à sua transitividade.


a) Daremos à moça o auxílio necessário. d) O cão obedece a seus instintos.
b) A aprovação, conquistei-a após muito estudo. e) As pessoas gritavam.
c) O trabalho produz a riqueza.
14. Julgue as alternativas em verdadeiro ou falso em relação à transitividade verbal nas orações abaixo.
I. Pedro gosta de viajar.
II. Chamei um mecânico.
III. O pneu furou.
IV. Entregou os documentos ao juiz.
a) ( ) I possui um verbo transitivo indireto e II possui um verbo intransitivo.
b) ( ) III possui um verbo transitivo indireto e IV possui um verbo transitivo direto e indireto.
c) ( ) IV possui um verbo transitivo direto e indireto; e II possui um verbo transitivo direto.
d) ( ) III possui um verbo intransitivo e I possui um verbo transitivo indireto.
e) ( ) II possui um verbo transitivo direto e IV possui um verbo transitivo direto e indireto.

15. No período: “Fui à escola, busquei minha irmã e, em seguida, entreguei os livros à Maria.” os verbos
em negrito são, respectivamente:
a) intransitivo; transitivo direto; transitivo direto e indireto.
b) transitivo indireto; transitivo direto; transitivo direto e indireto.
c) transitivo direto; transitivo indireto; intransitivo.
d) transitivo direto e indireto; intransitivo; transitivo direto.
e) intransitivo; transitivo direto; transitivo indireto.

16. Destaque o aposto de cada oração a seguir:


a) Esse era seu maior medo: que não voltasse para casa.
b) Iracema, virgem dos lábios de mel, é a visão do índio pelo Romantismo.
c) Necessitaremos dos seguintes equipamentos: corda, serrote e escada.
d) Grande parte da floresta amazônica, a maior floresta tropical do mundo, está situada na região norte do
Brasil.

17. Aponte o vocativo nas orações abaixo:


a) Fala sério, pai! c) Mãe, posso ir à casa da Luíza?
b) Tenha esperanças, meu amigo! Não desista d) Pedro, por favor, traga-me os documentos.
agora! e) Caros colegas, boas festas a todos!

18. Os termos em destaque nas orações abaixo são, respectivamente:


Goiânia, capital de Goiás, é uma cidade linda.
Crianças, venham almoçar!
a) ( ) vocativo; vocativo. c) ( ) vocativo; aposto.
b) ( ) aposto; aposto. d) ( ) aposto; vocativo
19. Assinale a única opção que não apresenta um aposto:
a) ( ) A sintaxe, área da gramática, permite-nos estudar as relações entre palavras e orações.
b) ( ) Pedro, magoado e cansado, pediu o divórcio.
c) ( ) Monalisa, obra de Leonardo da Vinci, está exposta no Museu do Louvre em Paris.
d) ( ) Cancún, paraíso dos deuses, será meu destino de férias.
e) ( ) Revolta, tristezas, preocupações, tudo estava presente no velório.

20. Relacione as colunas de acordo com o tipo de aposto contido nas orações.
I. explicativo
II. enumerativo
III. resumitivo
a) ( ) Senhora, romance de José de Alencar, sempre é citado em vestibulares e no Enem.
b) ( ) Nossa empresa possui três ideais fundamentais: qualidade, segurança e honestidade.
c) ( ) Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, todos esses estados compõem a região
sudeste do Brasil.

21. Relacione os adjuntos adverbiais às suas respectivas classificações:


a) ( ) Conversamos sobre a reunião. I. Afirmação
b) ( ) Talvez seja melhor mudarmos o dia. II. Assunto
c) ( ) Ela vive para os filhos. III. Causa
d) ( ) Nós iremos ao casamento com certeza. IV. Dúvida
e) ( ) O poço secou com o calor. V. Fim, finalidade

22. (FAU-2016) Na frase: “Para a realização das provas do concurso, chegamos no ônibus das 7h.” A
expressão destacada refere-se a:
a) ( ) Adjunto adverbial de meio. d) ( ) Adjunto adverbial de modo.
b) ( ) Adjunto adverbial de tempo. e) ( ) Adjunto adverbial de meio e de tempo.
c) ( ) Adjunto adverbial de lugar.

23. (Instituto Excelência-2017) O adjunto adverbial relaciona-se com a circunstância por ele expressa.
Assinale a alternativa que indica a frase que contém um adjunto adverbial de causa:
a) ( ) Jamais duvide de Deus.
b) ( ) Mande a carta pelo correio.
c) ( ) Devido ao mau tempo, não saiu de casa.
d) ( ) Nenhuma das alternativas.
24. Coloque A para adjunto adnominal e C para complemento nominal.
a) Aquela cadeira de ferro é muito resistente. ( )
b) Foi solicitada ao gerente a devolução do dinheiro. ( )
c) Aquela imagem de cera é esquisita. ( )
d) O caderno de anotações estava desorganizado. ( )
e) A construção do metrô se prolonga há muitos anos. ( )
f) As ruas do nosso bairro estão necessitando de reparos. ( )
g) O juiz determinou a prisão do bandido. ( )
h) A nadadora tinha certeza da vitória. ( )
i) A atitude do rapaz foi notável. ( )
j) O ataque do nosso time é uma piada. ( )
k) O temor de Deus é necessário aos homens. ( )
l) Ele estava desejoso de vingança. ( )
m) A introdução desses costumes não nos agradava. ( )

25. 2) Leia o trecho a seguir.


“O meu pai era paulista
Meu avô, pernambucano
O meu bisavô, mineiro
Meu tataravô, baiano
Meu maestro soberano
Foi Antonio Brasileiro”
I. “paulista”, “pernambucano”, “mineiro”, “baiano” e “soberano” são adjetivos, mas apenas um apresenta
função sintática diferente da encontrada nos demais. Assinale-o.
a) Paulista. d) Baiano.
b) Pernambucano. e) Soberano.
c) Mineiro.
II. Há um termo que se repete cinco vezes no texto. Quanto à análise morfossintática, ele é:
a) Pronome indefinido e núcleo do sujeito.
b) Pronome possessivo e adjunto adnominal.
c) Pronome demonstrativo e complemento nominal.
d) Pronome relativo e objeto direto.
e) Pronome pessoal e predicativo do sujeito.