Sie sind auf Seite 1von 4

MÓDULO VIII – Mercado de Capitais

1) Uma sociedade anônima é um modelo jurídico:


a) Que permite a operacionalização de uma companhia com o capital dividido em
cotas de responsabilidade limitada.
b) Em que a responsabilidade dos sócios proprietário é limitada.
c) Que permite a operacionalização de uma companhia com personalidade jurídica e
patrimônio dos sócios, porém de forma anônima.
d) Em que a responsabilidade de seus sócios é limitada ao capital que eles investiram.

2) Na oferta pública de debêntures, o processo chamado de book building determina o


preço de emissão:
a) De acordo com a decisão unilateral do emissor depois de a CVM aprovar o
lançamento do papel nos mercados internos e externos.
b) A partir do encaminhamento de ofertas de compra pelos potenciais compradores,
depois de divulgadas as características básicas da emissão.
c) De acordo com decisão unilateral do emissor, depois de divulgadas ao mercado as
características básicas de emissão ao mercado.
d) De acordo com a decisão unilateral das instituições coordenadora, depois de a CVM
aprovar o lançamento do papel nos mercados internos e externos.

3) Block trade é a oferta de grande lote de ações.


a) Antigas, com colocação junto ao público através do mercado de bolsa e/ou de
balcão.
b) Antigas, em colocação obrigatória através da bolsa de valores.
c) Antigas, exclusivamente para investidores que já são acionistas da empresa.
d) Novas, com colocação junto ao público através do mercado de bolsa e/ou de balcão.

4) No mercado a termo de ações da Bovespa, as operações podem ser encerradas:


a) Em, no mínimo, 16 dias e, no máximo, 999 dias corridos.
b) A qualquer data antes ou após o vencimento do contrato.
c) Em, no mínimo, 16 dias e, no máximo, 999 dias úteis.
d) Em períodos múltiplos de 30, 60, 90, 120, 150 e 180 dias.

5) No mercado à vista de ações, as liquidações física e financeira da operação ocorrem:


a) Ambas em D+1.
b) Em D+0 (física) e D+1 (financeira).
c) Em D+2 (física) e D+3 (financeira).
d) Ambas em D+3.
6) A oscilações dos índices de ações da Bovespa:
a) São consequência da valorização ou desvalorização futura de uma carteira de
ações.
b) São consequência da valorização ou desvalorização de uma carteira teórica de
uma carteira de ações ao longo do tempo.
c) Indicam a performance do mercado acionário em termos de número de negócios.
d) Sinalizam como foi o desempenho do mercado em termos de volume financeiro.

7) Uma ordem de recompra é a ordem em que a CBLC autoriza a realizar a recompra do


ativo em:
a) D+3 para a corretora vendedora, para que ela regularize a entrega dos títulos.
b) D+3 para a corretora compradora, quando o vendedor não entregou os títulos até
essa data.
c) D+4 para a corretora vendedora, para que ela regularize a entrega dos títulos.
d) D+4 para a corretora compradora, quando o vendedor não entregou os títulos até
essa data.

8) Denomina-se apregoação por oferta aquela em que o operador interessado em


comprar ou vender demonstra sua intenção especificando, obrigatoriamente:
a) O prazo, o lote e o preço do mercado.
b) O ativo, o lote e o preço pretendido.
c) O lote, a quantidade e o preço a mercado.
d) O ativo, o prazo e o preço pretendido.

9) Quanto à validade, uma oferta (ordem encaminhada à BM&FBovespa) pode ser:


a) Até cancelar, até suspender, execute ou cancele.
b) Para o dia, até a data especificada, até cancelar.
c) Tudo ou nada, até o vencimento, execute ou cancele.
d) Para o dia, até o vencimento, até cancelar.

10) Sobre as operações ex-pit, é correto afirmar que:


a) Constituem negócios realizados fora do pit de negociação ou pregão, de uma
bolsa.
b) Não possibilitaram a precificação de posições a termo por meio de preços a futuro.
c) São submetidas à interferência do mercado.
d) Reduzem a liquidez do mercado a termo

11) No After Market, o período para negociação no Segmento BOVESPA de operações no


mercado à vista é de:
a) 16h55 às 17h.
b) 17H25 às 17h30.
c) 17H30 às 18h.
d) 17h25 às 18h.

12) A principal característica das ações ordinárias é:


a) Dar direito a voto nas assembleias gerais
b) Ter preferência no recebimento dos lucros da companhia
c) Valer menos do que as ações preferências
d) Ser mais negociadas do que as preferências

13) Os dividendos são:


a) Parte do lucro da empresa, antes do imposto de renda, distribuídos aos acionistas.
b) Parte do lucro da empresa, depois do imposto de renda, pago aos sócios
c) A totalidade do lucro da empresa antes do imposto de renda, distribuídos
aos acionistas
d) A totalidade do lucro da empresa, depois do imposto de renda, distribuído aos
acionistas

14) Bônus de subscrição é:


a) Título emitido por qualquer companhia de capital aberto, que confere a seu titular,
nas condições constantes do certificado, direito de comprar ações da companhia.
b) Título emitido por sociedade anônima, que confere a seu titular, nas condições
constantes do certificado, direito de vender ações para a companhia.
c) Título emitido por uma companhia limitada, que confere a seu titular,
nas condições constantes do certificado, direito de comprar ações da
companhia pertencentes a terceiros.
d) Título emitido por uma sociedade anônima, de capital autorizado, que confere a
seus titulares, nas condições constantes do certificado, direito de comprar ações
da companhia.

15) O segmento de mercado da Bovespa, onde são negociadas ações de empresas


comprometidas com as práticas da boa governança corporativa, tem as seguintes
denominações:
a) Novo Mercado, Mercado 2 e Mercado 3.
b) Nível 1, Nível 2 e Nível 3.
c) Nível 1, Nível 2 e Novo Mercado.
d) Primeira Linha, Segunda Linha e Terceira Linha.

16) No tocante ao segmento de mercado da Bovespa, onde são negociadas ações de


empresas comprometidas com as práticas da boa governança corporativa, a
manutenção em circulação de uma parcela mínima (free floating) de 25% é exigência:
a) Padrão de qualquer empresa listada em bolsa.
b) Só do nível 1.
c) De todos os 3 segmentos.
d) Só do nível 2.

17) No mercado à vista de ações, o imposto de renda sobre ganhos líquidos auferidos é
de:
a) 15%
b) 17,5%
c) 20%
d) 22,5%

18) Os ADRs (American Depositary Receipts) são:


a) Instrumentos e valores mobiliários negociáveis que representam a propriedade
direta de securities estrangeiras.
b) Recebidos de depósitos de ações de empresas não americanas que são negociadas
diretamente nas bolsas americanas.
c) Ações ou outros valores mobiliários de empresas estrangeiras que são negociadas
em dólar fora dos Estados Unidos.
d) Ações, debêntures ou notas promissórias de empresas não americanas que são
negociadas diretamente nas bolsas americanas.

19) Os BDRs (Brazilian Depositary Receipts) são recibos:


a) Estrangeiros, cujo lastro são ações de empresas brasileiras, que são negociados na
Bovespa.
b) Brasileiros, cujo lastro são ações não brasileiras, emitidos por um banco brasileiro
e negociados no mercado americano.
c) Estrangeiros que são negociados na Bovespa.
d) De depósitos brasileiros, cujo lastro são ações de empresas estrangeiras, que são
negociados na Bovespa.

20) Os agentes especiais de custódia são autorizados a manter contas de custódia:


a) Em nome os beneficiários finais de suas obrigações.
b) Apenas para a carteira própria.
c) Em nome dos clientes que contratem os serviços de custódia qualificada.
d) Para a carteira própria e de suas contrapartes.