Sie sind auf Seite 1von 10

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA

CENTRO DE EDUCAÇÃO DO PLANALTO NORTE - CEPLAN


Planalto Norte

3. RADICAIS n

 n
a

n
a
b b
3.1 Introdução
3
24 24
  8  2
3
De modo geral podemos escrever: 3
3

3 3

a  b   a n N e n  2.
n n *
b 4 4 2
 
5 5 5

onde
índice
 n
a
m

n: p
a
m: p

 
8 6 8:2 6 :2 4 3

a  b
n x x x
raiz

radicando  n m
a 
m .n
a Multiplicam-se os
índices e conserva-se
64  8  2  64   2
3 3 6 6 6
3.2 Propriedades dos radicais 2 o radicando.

3
3 
4 24

 n
a
n
 a
3

3
64 
3
4
3
 4  43 = 64 m

 n
a
m
 a n
Expoente fracionário:
Uma potência com expoente
1
fracionário pode ser convertida
 n
a .b 
n n
a. b 10 2

2
10
1
 10 numa raiz, cujo radicando é a base,
2 o índice é o denominador do
  x 5
2 2
5x 5. x
83   64   4
3 2 3 3 3
8 4 expoente, sendo o numerador o
1 expoente do radicando.
 9  9  3
0 ,5 2
9

Projeto de Ensino: “Curso de Matemática Básica” 36


UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE EDUCAÇÃO DO PLANALTO NORTE - CEPLAN
Planalto Norte

  Exercícios resolvidos:
p

n m n m.p
a a
2
a) ( x  5 ) 3  (x  5) .( x  5 )  ( x  5 ) (x  5)
 7
2 Potenciação de radicais:
  7
2
7
Eleva-se o radicando à 2 2 2 2
b) 180 x 5  2 . 3 . 5.x . x . x  2 . 3.x.x
2
5x  6x 5x
 3 potência indicada e conserva-
3
3
 
4 4 4
3 27
se o índice. c) 4
3
8

4
3 .3
4 4
3
2
 9
  2 
2 2
5 2 5 4 2
 
2 5
2 .3 .3 2 .3

Reciprocamente, para introduzir um fator no radical,


multiplica-se o expoente do fator pelo índice do radical. Observe:
3.3 Simplificação de radicais 3 3
2 
3
1. 3 3 .2

Simplificar um radical significa obter uma expressão mais  


2
6x . 5x  .5 x 
2 2 2 5
2. 6 . x 180 x
simples equivalente ao radical dado. Para isso utilizamos as
propriedades já citadas. Observe:
3.4 Operações com os radicais.

2
Fatoramos: 12 = 2 .3 3.4.1. Adição e subtração de radicais semelhantes

12 x
3

2
2 .3.x
2
.x
1

2 2
2 . 3 . x . x  2x 3x Radicais de mesmo índice e mesmo radicando são
semelhantes. Na adição e subtração de radicais semelhantes,
Aplicamos o produto de potências de operam-se os coeficientes e conserva-se o radical. Observe:
mesma base para extrair fatores do
radicando. Coeficientes

11 5x  7 5x  5 x  (11  7  1 ) 5x  5 5x

Projeto de Ensino: “Curso de Matemática Básica” 37


UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE EDUCAÇÃO DO PLANALTO NORTE - CEPLAN
Planalto Norte

Exercícios resolvidos: 3.5 Racionalização de denominadores

5
a) 3 2  5 2 - 10 2 8 2 - 10 2  -2 2 A fração tem no seu denominador um número
3
2  6 2  9 2  3
3 3 3 3 3 3 3
b) 3 2 -5 2 - 2 -6 2
irracional. A racionalização de denominadores consiste na
obtenção de uma fração com denominador racional, equivalente. A
3.4.2. Multiplicação e divisão de radicais de mesmo índice essa transformação, damos o nome de racionalização de
denominadores.
Multiplicam-se ou dividem-se os radicandos e os coeficientes entre Para racionalizar o denominador de uma fração devemos
si e dá-se ao produto ou quociente o índice comum. Observe: multiplicar os termos dessa fração por uma expressão com radical,
denominado fator racionalizante, de modo a obter uma nova fração
3
5 x . ( 2 y.
3 2
4x ) . y
3
x  2 y .
2 3
20 x
4 equivalente com denominador sem radical.

1º Caso: O denominador é um radical de índice 2. Neste caso, o


fator racionalizante é o próprio radical do denominador.
Exercícios resolvidos:
Observe:

a) 2. 3  2.3  6
Fator racionalizante
 4 6 1 6 3
b)  - .  -
8 2 2 2 2

(  2 a . 3 ) . 3a 2 )  6a .
4 4 4 3 4
c) 5 . (-a. 30 1 1 5 5 5
 .  
4 4 4 5 5 5 25 5
5 . 3 15 15
d)   4
4 4
2 2 2

Projeto de Ensino: “Curso de Matemática Básica” 38


UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE EDUCAÇÃO DO PLANALTO NORTE - CEPLAN
Planalto Norte

Exercícios resolvidos: Na racionalização aparecerá no denominador um produto


notável do tipo (a + b)(a – b) = a² - b². Por exemplo:

2 2 3 6 6
a)  .  
3 3 3 9 3 1. (5 + 3x)(5 – 3x) = 5² - (3x)² = 25 – 9x2

    5  2
2 2
 7 -7 3  7 3  7 3  7 3 2. 5  2 5  2    52  3
b)  .   
2 3 2 3 3 2 9 2.3 6

2 2 2 2 . 6 2 12 2 12 2 12 12 Exercício resolvido:
c)     
5 6 5 6 . 6 5 36 5.6 30 15

a) 5

5
.
2- 3

5. 2- 3  
5. 2 - 3  
5 2- 3   5 2 - 3 
 3
2
2 3 2 3 2- 3 2
2 - 4-3 1
2º Caso: O denominador é uma soma ou diferença de dois termos em
que um deles, ou ambos, são radicais. Neste caso, o fator
racionalizante será a expressão conjugada do denominador,
onde a expressão conjugada de a + b é a – b. Observe:

O fator racionalizante é
a expressão conjugada Exercícios
do denominador.

1) Decomponha o radicando em fatores primos e simplifique os


1

1
.
5 - 2

5 - 2

5 - 2

5 - 2 radicais:
 5 -  2
2 2
5  2 5  2 5 - 2 5 -2 3
64 
8
a)

b) 288 
5  2  5  2

40 
3
c)

Projeto de Ensino: “Curso de Matemática Básica” 39


UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE EDUCAÇÃO DO PLANALTO NORTE - CEPLAN
Planalto Norte

d)  5 320  4
8
c) 
4
6 4 2
16 x y
e) 
4
xy x 2x
d) 5
3
. 5
2

y y

3 4 3 7
f) a b c

e) 6 3 ab . 2 3 a 2 b 2 . 5 3 a 5 b 7 

3 6 4
g) 9a b

4 3 f) ( 5  1 )( 5  1 ) 
a b
h) 2 3 
16 x
4
g)  7  8  7  
8 

h) 2 3  5 2 3  5  
2) Calcule:

a) 5 -2 5  10 5  i) 3 2 6 
 
2
32  3 8 
3 2
b) 2 - j) 2.3 

c) 3 3  3 
l) 3 3
3 

d)  12 3
5 8
3
5 
3
5 
3
m) 2 
e) 32  2 12  75  3 72 
 4
2
x
n) 
f) 3 8 a  5 2 a  2 32 a  128 a  x  2

2
48 x y
3) Efetue: o) 
6 xy
a) 3 . 6 

b) - 3
2 . -  3
4   4) Dar a resposta sob forma de radical, das expressões seguintes:

Projeto de Ensino: “Curso de Matemática Básica” 40


UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE EDUCAÇÃO DO PLANALTO NORTE - CEPLAN
Planalto Norte

3
9
a) 2 4 = g) 
3 3  2
1

b) 2 2
=
1 6) Encontre o valo numérico da expressão 2x2 – 4x, para x =
 2
1

c)  2 2  = 4 2  1.
 
  3

1 7) Calcule o valor da expressão 4 y 4 , para y = 16.


d)  2 . 3  6
=
2
 1
e) 5 3
 
8) Calcule o valor da expressão 10 a 4
, para a = 625.

5) Racionalizar o denominador das frações seguintes:


1 9) Um encanador quer colocar um cano
A D
a) =
7 condutor de água ligando os pontos A e C do

3
terreno quadrangular indicado na figura.
b) =
7 Sabendo que a área do terreno é de 484 m2, B C

quantos reais o encanador gastará na compra do cano, se o metro


3
c) = custa R$ 5,00.
2 2
10) Quanto mede a diagonal do quadrado de lado 5 cm?
2
d) = (Sugestão: Use o teorema de Pitágoras)
5 -2

5 11) Qual é a altura de um triângulo eqüilátero de lado igual a


e) =
3 cm?
4- 11
(Sugestão: Use o teorema de Pitágoras)
6
f) 
2 1 12) Qual é a distância entre os pontos A(1, 3) e B(9, 9)?

Projeto de Ensino: “Curso de Matemática Básica” 41


UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE EDUCAÇÃO DO PLANALTO NORTE - CEPLAN
Planalto Norte

y x 5 2 3 3 2
3) a. 3 2 b. 2 c. 2 d. 2 e. 60 a b a b f. 4 g. -1 h. -13
9 B y

x  2
3 9 6
i. 4 j. 3 12 l. 3 m. 2 n. o. 8 x

4 3 1 4 12
1
4) a. 2 b. c. 2 d. 6 e.
3
2 25
A
3
7 3 7 6
5) a. b. c. d. 2 .( 5  2 ) e. ( 4  11 )
7 7 4
x
0 1 9 9 (3 3  2)
f. 6 ( 2  1 ) g. 6) 62
23

13) O cubo é um prisma em que todas as faces são quadradas. 7) 32 8) 2 9) R$ 155,56 10) d = 10 cm

Determine a medida da diagonal do cubo da figura dada abaixo. 3


11) h = cm 12) d = 10 unid. 13) d = 10 3 cm
2

d
10 m
10 m

10 m

Respostas:

c. 2 3 5 d.  40
4 3 2 2 3
1) a. 2 b. 12 2 5 e. 4 x y xy f. abc ac

2 3
ab a
g. a b 9b h. 3

x 2x

2) a. 9 5 b. 5 2 c. 4 3 d.  19 3
5 e. 22 2  9 3 f. 2a

Projeto de Ensino: “Curso de Matemática Básica” 42


UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE EDUCAÇÃO DO PLANALTO NORTE - CEPLAN
Planalto Norte

4. EQUAÇÕES Até o surgimento deste sistema de notação as equações


eram expressas em palavras e eram resolvidas com muita
4.1 Introdução dificuldade. A notação de Viète significou o passo mais decisivo e
fundamental para construção do verdadeiro idioma da Álgebra: as
Um breve relato sobre a história das Equações. equações. Por isso, Fraçois Viète é conhecido como o Pai da
Álgebra.
As equações foram introduzidas pelo conselheiro do rei da França, Podemos dizer que equação é uma igualdade entre duas
Henrique IV, o francês François Viète, nascido em 1540. Através da expressões algébricas. Observe:
matemática Viète decifrava códigos secretos que era mensagens
3 2 2
escritas com a substituição de letras por numerais. Desta forma Viète 2x – 1 = x + 3 4a – a + 3a – 2 = 0 2y – 5y = 0
teve uma idéia simples mas genial: fez o contrário, ou seja, usou letras
Equação Polinomial Equação Polinomial Equação Polinomial
para representar os números nas equações. do 1º Grau na do 3º Grau na do 2º Grau na
incógnita x. incógnita a. incógnita y.
O sinal de igualdade foi introduzido por Robert Recorde
(matemático inglês) que escreveu em um de seus livros que para ele
não existiam duas coisas mais parecidas que duas retas paralelas. Um
outro matemático inglês, Thomas Harriot, gostou da idéia de seu colega Incógnita: Quantidade desconhecida de uma equação ou
de um problema; aquilo que é desconhecido e se procura
e começou a desenhar duas retas para representar que duas
saber; enigma; mistério.
quantidades são iguais. Observe:
(Dicionário Silveira Bueno – Editora LISA)

400 cm 4m

Os termos localizados à esquerda do sinal de igualdade


Assim, diminuiu-se um pouco este sinal, =, passando a usá-lo nas
formam o 1º membro da equação, e os localizados à direita formam
equações de Viète.
o 2º membro. Observe:

Projeto de Ensino: “Curso de Matemática Básica” 43


UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE EDUCAÇÃO DO PLANALTO NORTE - CEPLAN
Planalto Norte

 1 
2x- x

3
1º membro 2º membro
b) 2(- 3 – y) + 4 = y + 6

- 6 – 2y + 4 = y – 6
O valor atribuído à incógnita x para esta equação que torna
verdadeira a igualdade é x = 4. Logo o 4 é a solução da equação, - 2y – y = + 6 - 4 + 6
denominado raízes da equação. - 3y = + 8 . (- 1)

3y = - 8
4.2 Equação Polinomial do 1º Grau
8  8
Denomina-se equação do 1º Grau na incógnita x, toda equação y   S =  
3  3
da forma:

3x - 2 3x  1 4x - 6
ax + b = 0 , com a e b  IR e a  0 c) - 
2 3 5

m.m.c. (2, 3, 5) = 30
4.2.1. Solução da equação polinomial do 1º Grau.
15 .( 3 x  2 )  10 .( 3 x  1 )  6 .( 4 x  6 )
30
Resolver uma equação do 1º Grau significa determinar a suas
15(3x – 2) – 10(3x + 1) = 6(4x – 6)
raízes. Observe:
45x – 30 – 30x – 10 = 24x – 36
Exercícios resolvidos: 45x – 30x – 24x = - 36 + 30 + 10
a) 2x - 1 = x + 3
-9x = 4 .(- 1)
2x – x = 3 + 1
x=4 S={4}

Projeto de Ensino: “Curso de Matemática Básica” 44


UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE EDUCAÇÃO DO PLANALTO NORTE - CEPLAN
Planalto Norte

4  4 30
x  - S =   x 
9  9 2

x = 15 S = {15}
VERIFICAÇÃO OU “PROVA REAL”

e) Um litro do vinho A custa R$ 6,00, e o litro do tipo B, R$ 4,80.


Substitui-se a raiz encontrada em cada um dos membros da
Quantos litros de vinho A se deve misturar a 100 litros de vinho B
equação dada. Os valores numéricos devem ser iguais. Observe:
para se obter um vinho C, que custe R$ 5,50 o litro?

2x - 1 = x + 3
A B C
2.4–1=4+3
Preço por litro (R$) 6,00 4,80 5,50
8–1=7
Volume (em Litros) x 100 100 + x
7=7

6 . x + 4,8 . 100 = 5,5 . (100 + x)


Logo a solução para x = 4 é verdadeira.
6x + 480 = 550 + 5,5x
6x – 5,5x = 550 – 480
d) Qual é o número cujo dobro aumentado de 9 é igual ao seu
0,5x = 70
quádruplo diminuído de 21?
70
Representamos o número desconhecido por x. Então, x 
0 ,5

x = 140
2x + 9 = 4x – 21
Logo, devem-se misturar 140 litros do vinho A.
2x – 4x = - 21 – 9
- 2x = - 30 .(- 1)
4.3 Equação Polinomial do 2º Grau
2x = 30

Projeto de Ensino: “Curso de Matemática Básica” 45