Sie sind auf Seite 1von 1

PESQUISA

Blog Prática TI Pesquisa

( I N F R A E S T R U T U R A D E A LTA P E R F O R M A N C E ) Início Assinar

// você está lendo...

GERENCIA DE REDE CATEGORIAS

Gerencia de Rede (16)


Gerencie o seu ambiente de rede com uma ferramenta gratuita e muito Segurança (6)

eficiente. “The Dude”. Wi-Fi (1)


PUBLICADO POR HERMÓGENES MARINHO ⋅ JUNHO 26, 2010 ⋅ 20 COMENTÁRIOS
POSTS RECENTES

O que é “The Dude”: NETSTRAIND 3.0 –


Throughput (ou taxa de
The Dude é um software desenvolvido pela MikroTik™ que pode melhorar drasticamente a forma como você gerenciar seu ambiente de
transferência) de banda de
rede. Ele irá verificar automaticamente todos os dispositivos da sub-rede em que o servidor está instalado e desenhar um mapa com o forma rápida e fácil
layout da sua rede. Pode ainda controlar serviços nos dispositivos de sua rede e no caso de ocorrer problemas irá disparar alertas.
Como adicionar manualmente
The Dude tem um visual fácil e bastante intuitivo, excelente para ser usado em sistemas de vigilância (controle de falhas). É um sistema de uma VM ao Hyper-v Server
gestão destinado a representar estruturas de rede em um ou mais diagramas gráficos. Ele pode ler as estatísticas dos dispositivos 2008 R2
monitorados e mostrar os gráficos dos valores controlados.
Ter cópias de meu site
Dois módulos: hospedadas em diversos
servidores e como alternar
The Dude servidor: É o programa que é executado em segundo plano. Ele não tem nenhuma interface gráfica, e só pode ser controlado por entre eles
uma aplicação cliente The Dude localizados tanto na máquina local, ou em qualquer ponto da rede. Existe também uma interface web para
Serviços Públicos de
a funcionalidade básica, principalmente concebida como uma ferramenta rápida e acessível revisão, e não uma completa configuração
Resolução de Nomes
aplicação.
de Domínio
Privacidade e cookies: Esse site utiliza cookies. Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso.
The Dude cliente: Pode Para
conectar Fechar e aceitar
saberlocalmente ou remotamente
mais, inclusive e é usado
sobre como controlar como uma
os cookies, interface
consulte aqui:gráfica.
PolíticaIsso significa que cada ação é
de cookies Motivos para não usar DNS
realmente executada no servidor e a máquina cliente é apenas mostrando as fotos. Assim, layouts do usuário são armazenados no servidor
Públicos internacionais
e não são perdidas ao desligar.

Requisitos de sistema: BLOGROLL

Alta Disponibilidade e
RAM: Mínimo – 64MB, mínimo recomendado – 128MB
Recuperação à Desastres de
S.O.: Windows 2000/XP/Vista/7 (não funciona com Windows 95/98/Me), com permissões Administrador Datacenter
Vídeo: Pelo menos 800×600
Bluetooth: as suas várias
Seguir
Histórico: aplicações

Muitas melhorias foram acrescentadas no The Dude desde a sua primeira versão tornado mais eficiente e leve. Na versão atual, The Dude Deixe sua webcam como
3.6. Implementa, mapa com tabela de saída para muitos novos formatos , arrastar e soltar arquivos de / para um servidor Dude e câmera de segurança
dispositivos “routeros” , o servidor da Web pode exibir mapas / gráficos e muito mais.
Mitos das baterias para
Áreas funcionais do The Dude: notebooks

Z-Wave: a sua casa


Gerência de Falhas: The Dude facilita o processo de localização, diagnóstico e correção de problemas, Aumentando a confiabilidade e a
automatizada
eficiência do ambiente com um todo.

1. Identificação através da coleta de informações, Polling e Traps. BR-LINUX.ORG

2. Restauração de serviços afetados. O BR-Linux está em pausa por


3. Solução emergencial. tempo indeterminado
4. Correção da falha.
5. Isolamento da causa e decisão sobre o monitoramento. Funçoes ZZ atinge maioridade:
versão 18.3

CloudFlare 1.1.1.1 e parceria


com Firefox DoH
Gerência de Desempenho: The Dude consegue garantir a acessibilidade e prevenção de congestionamento na rede. Evitando
indisponibilidade e a sobrecarga em links e em interfaces de rede. Slint, Distro Baseada no
Slackware e Acessível
1. Coleta de dados de utilização.
2. Estabelecer linha de base (perfil da rede). Utilização de CPU em sistemas
3. Configuração de limites com base no perfil. Linux multi-thread
4. Análise histórica para identificação de tendências.
5. Planejamento de recursos e ajustes objetivando a melhoria. TOP POSTS

Gerencie o seu ambiente de


rede com uma ferramenta
gratuita e muito eficiente. “The
Framework :
Dude”.

NETSTRAIND 3.0 - Throughput


(ou taxa de transferência) de
Framework Internet, baseado no modelo gerente/agente simples e leve com um conjunto limitado de funções usando traps e polling para
notificação de eventos do agente. Utiliza UDP sem conexão, sem garantia e Independência entre gerente e agente. banda de forma rápida e fácil

Características/Funcionamento:

Software para monitoramento de rede que incorpora um mapa interativo de seu layout de rede que ajuda o usuário a visualizar a estrutura
da rede. O programa fornece acesso fácil a várias funções de rede específicas para cada tipo de hardware. O software descobre todos os
computadores da rede e cria um layout preliminar para posterior configuração pelo o usuário. O programa pode verificar o tipo de hardware
através de ping simples ou então verificar as portas de cada dispositivo para descobrir com mais precisão.

Alguns de seus recursos:

O Dude é gratuito.
Faz auto descoberta de rede e layout.
Descobre qualquer tipo ou marca de aparelho.
Acompanhamento de Dispositivos e Links, e as notificações
Incluem ícones para dispositivos, e suporta ícones personalizados.
Fácil instalação e uso.
Permite criar seus próprios mapas e adicionar dispositivos.
Suporta SNMP, ICMP, DNS e TCP.
Link uso individual acompanhamento e gráficos.
Acesso direto ao controle remoto ferramentas para gerenciamento de dispositivos.
Roda em Linux (via Wine), MacOS Darwine, e Windows.

Instalação:
1. Com o Instalador na mão, vamos colocá-lo para funcionar. Dê um duplo clique no ícone para executar o arquivo.

2. Isto fará aparecer a seguinte tela.

3. Você pode instalar tudo padrão… não tem muita personalização. veja as telas abaixo.

Escolhendo a linguagem em que o Dude será instalado. Essa informação fica no arquivo strings.txt dentro da pasta C:\Arquivos de
programas\Dude. Infelizmente a tradução para português – Brasil ainda não esta 100%.

Escolhendo o caminho para a instalação do Dude.

carregados.

Reset da ultima instalação.


Modulo cliente (obrigatório).
Modulo server.
Carregar no menu iniciar.

4. Com isso concluímos a instalação do “The Dude“! Passemos agora a configuração.

Configuração:
A configuração do “The Dude” é muito simples. Quando você o roda a primeira vez ele já conecta com o servidor local e dá à possibilidade
de vasculhar a rede que estiver configurada a máquina. Você pode checar isso pelo ícone em forma de raio no canto superior esquerdo. Se
quiser se conectar em um servidor remoto, é so alterar o servidor na aba “Server” do meu “Settings”. Ali nas configurações você ainda pode
configurar servidores DNS para uso pelo “The Dude“, servidores de email para as notificações, perfis para acesso de dados via SNMP, o
intervalo de prospecção dos serviços, acesso remoto via web, e configurações visuais diversas.

Quando o “The Dude” é iniciado pela primeira vez, ele nos mostra um dialogo para começarmos a montar um mapa da rede local. A janela
de diálogo pode ser vista abaixo:

Como você pode ver, ele dá a opção de vasculhar a rede na qual a máquina está sendo utilizada, uma “Black List” do que não procurar, a
forma dele procurar os nomes dos hosts e a forma de procura. Lá no final ele ainda dá a opção de montar o mapa sozinho após terminar a
procura dos hosts. Você pode verificar que existem abas nas quais você pode escolher os serviços as serem descobertos, o tipo do
equipamento e na aba “Avançado” você pode definir opções em relação a forma como o mapa será estruturado.

Mas se você não gosta de moleza, pode fazer todo o trabalho de configuração sozinho, utilizando o sinal de mais na parte superior da área
de trabalho do aplicativo, como você pode ver abaixo. Ali você pode escolher entre configurar um dispositivo, uma rede, um outro mapa
ligado a este que aparece para você, e o link de acesso. Você pode ver que o link muda de cor de acordo com o consumo de banda em
relação a capacidade do link. Se você utilizar todo o link ele ficará vermelho como aparece abaixo:

Mas como configurar os links no “The Dude“? Bem, quando você clicar em adicionar e escolher o item “Link”, será necessário desenhar a
linha do link entre dois pontos. Com isto aparecerá uma tela como a que será mostrada abaixo.

Você poderá escolher um dos equipamentos que estão nas pontas do link. Após esta escolha, será necessário optar pela forma de
monitoramento, que podem ser:

simple (sem monitoramento nenhum)


snmp
routeros

A diferença entre o snmp e o routeros na prática não existe. Apenas no aspecto técnico que é diferente, um usando o protocolo SNMP e o
outro uma forma proprietária via o Mirotik RouterOS.

Será necessário escolher também a interface e a velocidade desta interface. No exemplo é um link de 512Kb. E a última opção é a forma
como será apresentada graficamente o link no mapa. O “wireless” por exemplo é em forma de raio. O “fast ethernet” é mais espesso que o
“ethernet”, etc. Abaixo é mostrado como ficaria um mapa simple, ligando o Roteador com o Gateway da rede e os Access Points.

Como você pode ver, se o link está no limite, o link fica vermelho. Se está abaixo de 50% ele fica preto. Quando o equipamento é um
mikrotik, ele apresenta a carga da CPU e da Memória.

Acrescendando o suporte ao snmp ou ao routeros, o “The Dude” realiza um histórico do link, exatamente como o clássico MRTG. Isto pode
ser visto abaixo.

Como no MRTG, existe gráficos por hora, semana, mês e ano. Isto é extremamente importante para identificarmos gargalos associados a
horários, por exemplo. É uma forma de monitorar também se o provedor do teu link está cumprindo o que promete ou não.

Ajustes finos:

Vamos agora fazer alguns ajustes finos para que o Dude fique com os principais parâmetros ajustados e dessa forma otimize o trabalho de
gerencia de rede. Clique no botão “Settings” da tela de administração irá aparecer a tela de “Server Configurations”.

Na aba “General” vamos informar os servidores de DNS para que os nomes dos hosts da rede possam ser resolvidos e o endereço do
servidor de e-mail para que futuras notificações de alerta sejam enviados por e-mail ao administrador da rede.

Na aba “SNMP” não tem muita novidade, serve apenas para configurar as comunidades snmp a serem usadas e as suas respectivas portas.
Já na aba “Polling” vamos configurar e cadastrar os alarmes e como eles serão startados.Como mostrado na figura abaixo.

Na aba “Server” temos a opção de habilitar o acesso remoto informado as portas 2210 e 2211 como porta segura e ainda qual rede pode
acessar esse servidor. Ainda podemos habilitar o acesso Web ao servidor informado também as portas e quais redes têm acesso ao
serviço.

A próxima aba é a “Discover” onde é feita a configuração para a descoberta da rede. Nessa aba temos itens como (black list) onde posso
incluir endereços que não quero em minha pesquisa, (Name Preference) onde digo os protocolos que serão usados da pesquisa, (Mode)
aqui posso informar se a pesquisa usara o ping ou irá buscar por serviços na rede.

Alem de funções avançadas, como identificar dispositivos, adicionar link, adicionar redes e quais tipos de serviços serão pesquisados na
descoberta.

Obs.1: Todas em “Server Configurations” ficam valendo para todos os mapas de rede criados. Caso alguma configuração seja especifica
para um mapa de rede essa configuração tem que ser feita no botão “Settings” do próprio mapa.

Obs.2: Hop – a distância entre uma fonte e um destino medida no número de roteadores que os separam (por exemplo, hosts vizinhos
estão “zero hops” distantes, hosts separados por um simples roteador estão “um hop”distantes, etc.)

Obs.3: Um dos principais facilitadores do uso do “The Dude” é que todo o gerenciamento é feito via “snmp” não havendo a necessidade da
instalação de nenhum agente nos hosts ou nos dispositivos da rede, bastando apenas habilitar o serviço no gerenciador de serviços do
Windows e carrega-lo automaticamente na inicialização do sistema operacional. Como mostrado na figura abaixo.

Vamos agora a usar na tela de gerenciamento o menu “contents”, para visualizar as funções de gerenciamento do “The Dude”.

Ainda dentro menu “contents”, na opção Logs é onde encontramos os registros de eventos e de ações geradas pela The Dude. Como log de
eventos , log de sistema, log de erro e etc.

Temos também a opção Network Maps , essa é a tela em que criamos o layout da rede que vamos gerenciar ou simplesmente pedimos ao
The Dude para fazer um “discovery” e ele mesmo varre a rede e cria o layout da mesma.

Em “device” temos uma visão geral de todos os hosts de nossa rede onde podemos ver quem está ativo e quais os serviços estão rodando
em cada host.

Na opção “Outages” é possível visualizar o status do host, a hora em que ele foi conectado, o tempo que o dispositivo esta ativo e o serviço
que esta rodando.

Positivos X Negativos:

Pontos Positivos

Facilidade de instalação
Facilidade de configuração das redes
Leitura prática e gráfica da rede
Monitoramento de links e equipamentos via snmp ou routeros com gráficos
Possibildade de configurar alertas, visuais, sonoros e por email
Possibilidade de montar uma máquina remota e acessá-la

Pontos Negativos

Alto consumo de CPU (resolviso na versão atual)


Alto consumo de banda em certos momentos, como ao começar a transferir dados de um servidor remoto.(resolviso na versão atual)
Interface um pouco confusa
Interface web com funcionalidades básicas (mas esta bem melhor na versão atual)

Conclusão:

Bem, é isto! Como você pode perceber, instalar e configurar o “The Dude“, é muito fácil. É uma forma de se implementar um monitoramento,
se você já possui uma máquina rodando Windows, não quer pagar licença e ter um monitoramento prático, flexível e robusto.

Share this:

 Twitter  Facebook

Curtir

Seja o primeiro a curtir este post.

Relacionado

Vou mostar aqui quatro Colocation X Hospedagem NETSTRAIND 3.0 - Throughput (ou
ferramentas para facilitar a Em "Gerencia de Rede" taxa de transferência) de banda de
identificação e a configuração de forma rápida e fácil
redes wi-fi. Em "Gerencia de Rede"
Em "Wi-Fi"

« Navegando anonimamente e mantendo a sua conexão segura Recuperação de arquivos não Windows »
em hotspots.

DISCUSSÃO

20 comentários sobre “Gerencie o seu ambiente de rede com uma ferramenta gratuita e

muito eficiente. “The Dude”.”


Gostaria de saber se o Dude gera relatorio de consumo, eu comecei a mecher nele a algum tempo mas nunca consegui achar
essa função, não só essa na verdade mas essa é a que mais me aflinge, desde ja agradeço.

PUBLICADO POR BRUNO | MAIO 2, 2011, 9:25 PM

REPLY TO THIS COMMENT

Ola Bruno,

Pelo que já vi o Dude não gera relatórios, mas sim gráficos com períodos que podem variar de horas ate anos. Basta para
isso habilitar o SNMP do host ou do ativo que você quer monitorar, gerar um novo “discover” na aba servicos desse objeto
e a partir daí acompanhar os gráficos de desempenho em tempo real.

Obs.: Caso tenha alguma dificuldade basta entrar em contato novamente.

PUBLICADO POR HERMÓGENES MARINHO | MAIO 3, 2011, 12:11 AM

REPLY TO THIS COMMENT

Um baita artigo,

Tem como mostrar a frequência/canal e o nível de sinal no texto do link ?


obrigado

PUBLICADO POR EDERSON DE SOUZA | AGOSTO 30, 2011, 5:38 PM

REPLY TO THIS COMMENT

Ola Ederson,

Na verdade no objeto Link (na versão 3.6 ‘e a que eu uso atualmente) com o “Mastering Type = snmp” so temos acesso a
alterar a interface, a velocidade e o tipo de conexao (ethernet, vlan, wireless e etc.).

Obrigado pela visita,


Marinho

PUBLICADO POR HERMÓGENES MARINHO | AGOSTO 31, 2011, 8:33 AM

REPLY TO THIS COMMENT

Quero criar uma subrede no dude, porem ao criar a sub rede trava dizendo que esta carregando. Qual o problema?

PUBLICADO POR KLÉSIA KÉTSAN | DEZEMBRO 5, 2011, 11:04 AM

REPLY TO THIS COMMENT

Klésia, bom dia


Qual a versao do Dude vc esta usando ? A Network Map que a subrede vai apontar ja esta criada e com acesso normal ?

PUBLICADO POR HERMÓGENES MARINHO | DEZEMBRO 5, 2011, 11:14 AM

REPLY TO THIS COMMENT

Bom dia ! Minha dúvida não tem nada a ver com este programa que você discute. Posso usar este mesmo canal ou outro, para
contatar você ?

PUBLICADO POR MAURO FILHO | DEZEMBRO 16, 2011, 10:25 AM

REPLY TO THIS COMMENT

Ola, mauro! como posso ajuda-lo?

PUBLICADO POR HERMÓGENES MARINHO | DEZEMBRO 16, 2011, 10:45 AM

REPLY TO THIS COMMENT

Minha dúvida é a seguinte:


Instalei um DVR e preciso de acesso remoto das cameras instaladas nele. Digito o IP dele (fixo) ou o endereço DDNS
e consigo entar na tela de login. Quando preencho os campos com ID e senha, aparece na tela a mensasagem em
ingleês dizendo que o login falhou e que preciso ver meu ambiente de rede. Acontece que, das 8 maquinas (7 com
win 7 e 1 com XP) 2 (com win7) funcionam sem problemas, mas nas outras aparecem a mensagem. Já mudei o IP destas que
funcionam e continuam funcionando. Já usei o IP destas 2, nas outras e continua o problema.Você sabe me dizer aonde devo
procurar, para deixar as 6, iguais às 2 que funcionam ?
Obrigado pela sua atenção.

PUBLICADO POR MAURO FILHO | DEZEMBRO 16, 2011, 1:36 PM

Mauro,

• Verifique a versão do browser e as suas configurações, comparando nas maquinas que funcionam com as que não
funcionam!
• Verifique também o antivírus e firewall, comparando nas maquinas que funcionam com as que não funcionam!

Você sabe que de dentro da sua rede os testes do DVR são com o IP da sua rede local ?! O Endereço de DDNS so da pra testar
de fora ou usando um web Proxy ?!

PUBLICADO POR HERMÓGENES MARINHO | DEZEMBRO 16, 2011, 1:53 PM

A versão do browser é a mesma e as configurações também. O firewall de uma que não funcionava estava desativado,
diferente da outra que funciona. Deixei as duas iguais, com firewall ativado… não funcionou. Esta que não funcionava continua
não funcionando.
O IP que uso é o IP do DVR, que é fixo. Até consigo usar o endereço DDNS, via browser, aqui dentro da rede, pois o validador
de ddns está instalado na minha maquina (que está entre as maquinas que não acessam) e ela fica sempre ligada. Consigo acessar até
do celular via rede interna, mas via internet ele até conecta com o dvr, mas as imagens das cameras não aparecem. Já fiz contato com o
fabricante do programa para celular, estou esperando resposta.

PUBLICADO POR MAURO FILHO | DEZEMBRO 16, 2011, 6:33 PM

REPLY TO THIS COMMENT

Mauro,
Tenta colocar outro serviço de sua rede com acesso externo, tipo um servidor FTP ou um servidor WEB para você testar o
NAT e as configurações de firewall, se a esses serviços todas as maquinas tem acesso!! Você tem acesso ao log do
firewall ?

PUBLICADO POR HERMÓGENES MARINHO | DEZEMBRO 17, 2011, 7:38 PM

REPLY TO THIS COMMENT

Meus conhecimentos são limitados. Não sei colocar o serviço FTP. Nem um servidor web. O firewall que uso é o do windows
mesmo.

PUBLICADO POR MAURO FILHO | DEZEMBRO 19, 2011, 11:05 AM

REPLY TO THIS COMMENT

Olá.. Estou realizando uma monografia sobre Monitoramento de Rede usando a ferramenta The Dude.

Gostaria de saber se você possui um comparativo da ferramenta The Dude com outras familiares como o Nagios, Zenoos ou
MRTG por exemplo.

Muito grato

Seu artigo foi muito construtivo.

Até.

PUBLICADO POR NATHANAEL CARVALHO | JUNHO 8, 2013, 12:50 PM

REPLY TO THIS COMMENT

Olá Nathanael,

Fico feliz por meu material ter lhe ajudado. Infelizmente não tenho esse comparativo, mas caso possa ajuda-lo com mais
alguma informação sobre o Dude ou Nagios estou as ordens.

PUBLICADO POR HERMÓGENES MARINHO | JUNHO 8, 2013, 8:06 PM

REPLY TO THIS COMMENT

Olá desculpe a demora na tréplica rsrsrs


Quando mandei esta mensagem para você, estava no TCC1 (onde fui aprovado <0/) e agora estou no TCC2 com a mesma
linha de raciocínio (TEMA: MONITORAMENTO DE LINK E ATIVOS DE REDE BASEADO NO PROTOCOLO ICMP E SNMP)
creio que o DUDE atenda a esta temática, certo ?!
Nesse meio tempo pude experimentar outras ferramentas, há quem diga que o NAGIOS é a melhor e realmente é, mas em termos de
monografia quis usar o DUDE, pois delimitei em meu objetivos um ambiente de implementação básico como empresas pequenas ou
médias (MAS O DUDE PODE MUITO BEM SER USADO EM EMPRESAS GRANDES, FIZ UMA VISITA DE CAMPO EM QUE O DUDE
ATUA EM UMA EMPRESA COM MAIS DE 5 FILIAIS) e atende a todos os requisitos, enfim… muito obrigado pela sua resposta e outra
pergunta o que você acha em se tratando do meu TEMA estou usando a ferramenta correta, o DUDE atende a todos estes requisitos ?
Gostaria de lhe fazer outras perguntas quanto a configurações do DUDE caso possa me add no:

SKYPE: nathanael.carvalho.dadc
e-mail: nathanael.meireles@live.com
facebook: http://www.faceboook.com/nathanaelmeireles

Obrigado.

PUBLICADO POR NATHANAEL MEIRELES | NOVEMBRO 7, 2013, 9:36 AM

REPLY TO THIS COMMENT

Como faço pra conseguir inserir no mapa do DUDE uma fibra óptica para um pop onde envio atraves de rádios para os meus
clientes? Não estou conseguindo pingar para esses rádios após a fibra.

PUBLICADO POR FREITAS | NOVEMBRO 28, 2014, 11:13 PM

REPLY TO THIS COMMENT

Freitas,

Você consegue testar o acesso a esses rádios por telnet ? Checando a conexão das portas TCP ?

PUBLICADO POR HERMÓGENES MARINHO | DEZEMBRO 4, 2014, 2:41 PM

REPLY TO THIS COMMENT

Trackbacks/Pingbacks
PINGBACK: CONECTIONTINETWORK - NOVEMBRO 25, 2013

PINGBACK: GERENCIAMENTO DE REDE THE DUDE | BLOG DO JOÃO ABI - NOVEMBRO 25, 2013

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário aqui...

Blog Prática TI