Sie sind auf Seite 1von 24

DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10

AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE CLASSIFICAÇÃO – TESTE 1 poético, explicitando as razões que os


determinam.
GRUPO I .............................................................. 100 pontos OU
GRUPO I .............................................................. 100 pontos Apresenta dois traços caracterizadores
EDUCAÇÃO LITERÁRIA do sujeito poético, explicitando, de
A ............................................................................ 60 pontos modo não totalmente completo ou com
1.............................................................................. 20 pontos pequenas imprecisões, as razões que
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos os determinam.
1 Apresenta traços caracterizadores do 3
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- sujeito poético, explicitando, de modo
ção não totalmente completo e com
4 Delimita a cantiga em três partes, 12 imprecisões, as razões que os
sintetizando, adequadamente, o determinam.
conteúdo de cada uma delas numa
frase elucidativa. • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
3 Delimita a cantiga em três partes, 9 (F).............................................................................. 8 pontos
sintetizando, de modo não totalmente Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
completo ou com pequenas Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
imprecisões, o conteúdo de cada uma Cenário de resposta
delas numa frase elucidativa. O sujeito poético, no primeiro momento, já revela preocupação
2 Delimita a cantiga em três partes, 6 pelo cerco do mar, mas ainda parece ter esperança que o
sintetizando, de modo não totalmente “amigo” compareça ao encontro. Nos dísticos seguintes, a aflição
completo e com imprecisões, o e o desespero perante a situação do mar e o atraso do “amigo”
conteúdo de cada uma delas numa são os traços mais marcantes do sujeito poético. Finalmente, a
frase elucidativa. dor, mas também o conformismo e a impotência para resolver a
1 Delimita a cantiga em partes, mas não 3 situação dramática em que se encontra avassalam o sujeito
sintetiza o conteúdo de cada uma poético.
delas numa frase. 3. ............................................................................. 20 pontos
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
(F) ............................................................................. 8 pontos Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos ção
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos 4 Identifica o refrão e analisa, 12
Cenário de resposta adequadamente, a sua expressividade
A cantiga pode ser dividida em três partes, cada uma delas no contexto da cantiga.
constituída por dois dísticos. 3 Identifica o refrão e analisa, de modo 9
A primeira parte (os dois primeiros dísticos): a espera do “amigo”, não totalmente completo ou com
na ermida, e o cerco do mar. A segunda parte (o terceiro e quarto pequenas imprecisões, a sua
dísticos): sem a presença do “amigo”, as ondas alterosas e a falta expressividade no contexto da cantiga.
de recursos para a saída da ilha ameaçam, cada vez mais, o 2 Identifica o refrão e analisa, de modo 6
sujeito poético. Finalmente, as duas últimas estrofes: não totalmente completo e com
dolorosamente, a morte e a ausência do “amigo” tornar-se-ão pequenas imprecisões, a sua
inevitáveis. expressividade no contexto da cantiga.
1 Identifica o refrão e refere, de modo 3
2.............................................................................. 20 pontos incompleto e com imprecisões, a sua
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos expressividade no contexto da cantiga.

Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
ção (F).............................................................................. 8 pontos
4 Apresenta três traços caracterizadores 12 Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
do sujeito poético, explicitando, Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
adequadamente, as razões que os
determinam. Cenário de resposta
3 Apresenta três traços caracterizadores 9 O refrão é constituído pelos dois versos finais de cada estrofe “eu
do sujeito poético, explicitando, de atendend' o meu amigo!/eu atendend' o meu amigo!”. Ao longo
modo não totalmente completo ou com da cantiga, o refrão vai adquirindo sentidos diferentes. Assim, no
pequenas imprecisões, as razões que primeiro momento, a espera do “amigo” parece estar a ser vivida
os determinam. ainda com alguma serenidade pelo sujeito poético. No segundo
OU momento, a angústia perante as condições adversas do mar e a
Apresenta dois traços caracterizadores espera do amigo, que não chega, conjugam-se com a revolta,
do sujeito poético, explicitando, nervosismo ou até reprovação. Finalmente, o refrão traduz a
adequadamente, as razões que os desolação e o desgosto do sujeito poético. A forma verbal do
determinam. gerúndio vai, assim, adquirindo diferentes sentidos ao longo da
2 Apresenta, de modo não totalmente 6 cantiga de amigo.
completo e com pequenas imprecisões,
três traços caracterizadores do sujeito B ............................................................................ 40 pontos

1
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

4.............................................................................. 20 pontos LEITURA / GRAMÁTICA


• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos Chave

Níveis Descritores do nível de Pontua- Item Alínea Pontua-


desempenho ção ção
4 Refere, adequadamente, o pedido 12 1.1. A 5
endereçado pelo sujeito poético à
1.2. B 5
“senhora fremosa”.
1.3. D 5
3 Refere, de modo não totalmente 9
1.4. C 5
completo ou com pequenas
imprecisões, o pedido endereçado 1.5. D 5
pelo sujeito poético à “senhora 1.6. C 5
fremosa”. 1.7. A 5
2 Refere, de modo incompleto e com 6 2.1. Sagrados, Santiago de Compostela, 5
pequenas imprecisões, o pedido catolicismo, catedral, relíquias, cultos,
endereçado pelo sujeito poético à pagãos…
“senhora fremosa”. 2.2. Predicativo do sujeito. 5
1 Transcreve expressões textuais 3 2.3. sacristia, sacratíssimo, sacramento, 5
relacionadas com o pedido sacrifício…
endereçado pelo sujeito poético à
“senhora fremosa”.
GRUPO III ............................................................... 50 pontos
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística ESCRITA
(F) ............................................................................. 8 pontos Critérios específicos de classificação
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos A – Estrutura informacional (nível do conteúdo) ...... 20 pontos
Cenário de resposta B – Estratégias discursivas e linguísticas ................ 30 pontos
O sujeito poético, depois de enaltecer as qualidades da “senhor”, • Organização da informação ................................... 15 pontos
pede-lhe que se compadeça do sofrimento dos seus olhos e de si • Correção linguística ............................................... 15 pontos
próprio, que também sofre (“querede-vos de mim doer/e destes Cenário de resposta
meus olhos, senhor”). Segundo a autora, Santiago de Compostela tem sido, ao longo
5............................................................................. 20 pontos dos tempos, um local de peregrinação utilizado com diferentes
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos intenções, onde se cruza o catolicismo com manifestações
célticas e druídicas.
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- Para sedimentar a sua importância, o catolicismo criou uma lenda
ção de modo a apoderar-se daquele local, que fora palco de
4 Identifica e delimita no tempo, 12 manifestações religiosas de outros povos e religiões.
adequadamente, o período da língua Na opinião da investigadora, na Idade Média, sentiu-se
em que a composição foi escrita e necessidade de dar àquele espaço uma dimensão mais sagrada.
fundamenta com duas características. Atualmente há peregrinos que se dirigem a Santiago para
3 Identifica e delimita no tempo, 9 reencontrar o misticismo pagão de outrora.
adequadamente, o período da língua
em que a composição foi escrita e
fundamenta com apenas uma Parâmetro Descritores do nível de Pontua-
característica. desempenho (ETD) ção
2 Identifica, com ligeiras imprecisões, o 6 – Explicita o objetivo do autor. 15
período da língua em que a composição – Preserva, com rigor, a informação
foi escrita e fundamenta com uma ou duas nuclear do texto-fonte, através da:
características. A • manutenção dos tópicos; 15
1 Identifica, adequadamente, o período da 3 Género • manutenção da rede semântica do
língua em que a composição foi escrita. Textual texto-fonte.
– Mobiliza a informação seletiva, de
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística acordo com o género solicitado:
(F) ............................................................................. 8 pontos • produz um discurso coerente e sem
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos qualquer tipo de ambiguidade;
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos • transmite, com clareza, informação
Cenário de resposta pertinente do texto-fonte.
Período do galaico-português delimitado entre o final do século NÍVEL INTERCALAR 12
XII até ao final do século XV; características da língua: mudança – Explicita, com lacunas, o objetivo do 9
na forma das palavras fremosa>formosa; presença do -d- nas autor.
formas verbais da 2.ª pessoa do plural (“doede-vos” e “querede- – Preserva, com algumas lacunas, a
vos”) e os nomes terminados em -or, que eram uniformes informação nuclear do texto-fonte,
(“senhor”). através da:
• manutenção dos tópicos;
• manutenção da rede semântica do
GRUPO II ............................................................... 50 pontos texto-fonte.
– Mobiliza informação seletiva
2
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

suficiente, de acordo com o género desempenho (ETD) ção


solicitado: C – Mobiliza, com intencionalidade, 5
• produz um discurso globalmente Léxico e recursos da língua expressivos e
coerente, apesar de algumas adequação adequados (repertório lexical
ambiguidades; discursiva variado e pertinente, pontuação…).
• transmite informação pertinente,
eventualmente com lacunas que não C – Utiliza a 3.ª pessoa. 5
afetam, porém, a inteligibilidade. Léxico e – Utiliza o registo de língua
NÍVEL INTERCALAR 6 adequação adequado ao texto-fonte.
– Preserva reduzida informação 3 discursiva NÍVEL INTERCALAR 4
nuclear do texto-fonte. – Mobiliza um repertório lexical 3
– Mobiliza reduzida informação, de adequado, mas pouco variado.
acordo com o género solicitado: – Utiliza, em geral, o registo de
• produz um discurso geralmente língua adequado ao texto-fonte,
inconsistente e, por vezes, ininteligível; mas apresentando alguns
• apresenta um texto em que traços do afastamentos que afetam
tipo solicitado se misturam, sem pontualmente a adequação global.
critério, com os de outros tipos NÍVEL INTERCALAR 2
textuais. – Utiliza vocabulário elementar e 1
restrito, frequentemente redundante
e/ou inadequado e/ou fazendo cópia
Parâmetro Descritores do nível de Pontua- de partes do texto-fonte
desempenho (ETD) ção
B – Produz um discurso conciso; 10 ESTRUTURA INFORMACIONAL (NÍVEL DO CONTEÚDO)
Organização optando por construções mais • Preservação da informação nuclear do texto, através de:
da informação económicas – supressão de Manutenção dos tópicos:
estruturas sintáticas ou lexicais – Santiago de Compostela, local de peregrinação:
repetitivas; uso de um vocabulário • apropriação pela religião cristã;
genérico que substitua expressões • vestígios de outras civilizações / outros cultos;
nominais mais específicas; uso de • importância das lendas.
frases complexas. – Necessidade de redimensionar os locais de peregrinação,
– Utiliza, com rigor, mecanismos de conferindo-lhes uma dimensão sagrada.
coesão espacial, temporal e – Novos peregrinos New Age ou místicos.
referencial. – Justificação da presença dos novos peregrinos num local de
– Socorre-se de articuladores culto hoje associado à Igreja católica.
discursivos de modo a fazer um – Explicitação do objetivo do autor.
encadeamento lógico dos tópicos
tratados. Manutenção da rede semântica relativa ao tema, no todo ou em
NÍVEL INTERCALAR 8 parte, a qual deverá integrar:
– Produz um discurso pouco 6 – Vocábulos e expressões constantes do texto, ou seus
conciso. equivalentes, tais como Santiago de Compostela, peregrinação,
– Utiliza, com algumas religião, religião cristã, catolicismo, lenda, “autoestrada da
insuficiências, mecanismos de Europa”, New Age, místicos, pagão.
coesão espacial, temporal e
referencial. ESTRATÉGIAS DISCURSIVAS E LINGUÍSTICAS
– Socorre-se de articuladores Organização da informação:
discursivos de modo a fazer um – Discurso conciso; opção por construções mais económicas:
encadeamento lógico dos tópicos supressão de estruturas sintáticas ou lexicais repetitivas; uso de
tratados, embora com algumas um vocabulário genérico que substitua expressões nominais mais
incorreções. específicas; uso de frases complexas;
NÍVEL INTERCALAR 4 – utilização da 3.ª pessoa;
– Produz um texto com estruturação 2
muito deficiente e com insuficientes Controlo de mecanismos de coesão:
mecanismos de coesão textual: – espacial: Santiago de Compostela, “autoestrada da Europa”;
– Raramente utiliza conectores e – temporal: Idade Média, passado mais distante, anteriores ao
mecanismos de coesão textual ou cristianismo;
utiliza-os de forma inadequada. – referencial: local de peregrinação; religião cristã, catolicismo,
práticas de culto pagão, práticas sacramentais, peregrino, New
Age, peregrinação druídica, celta…
– utilização de articuladores discursivos: mais tarde, então, não
há dúvida, mas, assim.

Fatores de desvalorização
Parâmetro Descritores do nível de Pontua-
Correção linguística
3
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

• Domínio da correção linguística

Fatores de desvalorização Desvalorização


(pontos)
• Erro inequívoco de pontuação. 1
• Erro de ortografia.
• Erro de morfologia.
• Incumprimento das regras de citação de
texto ou de referência a título de uma obra.
• Erro de sintaxe. 2
• Impropriedade lexical.

A repetição de um erro de ortografia na mesma resposta


(incluindo erro de acentuação, uso indevido de letra minúscula ou
de letra maiúscula inicial e erro de translineação) deve ser
contabilizada como uma única ocorrência.

• Limites de extensão
Sempre que não sejam respeitados os limites relativos ao
número de palavras indicados na instrução do item, deve ser
descontado um ponto por cada palavra a mais ou a menos, até
cinco (1 X 5) pontos, depois de aplicados todos os critérios
definidos para o item. Se da aplicação deste fator de
desvalorização resultar uma classificação inferior a zero pontos,
é atribuída à resposta a classificação de zero pontos.
No Grupo III, a um texto com extensão inferior a oitenta palavras
é atribuída a classificação de zero pontos.

4
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE CLASSIFICAÇÃO – TESTE 2 3 Explica, com pequenas imprecisões, a 9


intenção do cronista manifestada no
GRUPO I .............................................................. 100 pontos último parágrafo, relacionando-a com a
EDUCAÇÃO LITERÁRIA interrogação retórica.
A 2 Explica, de modo incompleto, a 6
1.............................................................................. 20 pontos intenção do cronista manifestada no
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos último parágrafo, relacionando-a com a
interrogação retórica.
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- 1 Explica, adequadamente, a intenção do 3
ção cronista manifestada no último
4 Explicita, adequadamente, como o 12 parágrafo, sem a relacionar com a
sofrimento vivenciado na cidade abrange interrogação retórica.
toda a população, com base no segundo
parágrafo. • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
3 Explicita, de modo não totalmente 9 (F).............................................................................. 8 pontos
completo ou com pequenas Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
imprecisões, como o sofrimento Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
vivenciado na cidade abrange toda a Cenário de resposta
população, com base no segundo O cronista manifesta a sua opinião, mostrando o sofrimento da
parágrafo. população e partilhando essa dor.
2 Explicita, de modo não totalmente 6 Fernão Lopes compreende as atitudes e sentimentos
completo e com pequenas imprecisões, experimentados pelas pessoas.
como o sofrimento vivenciado na cidade O uso da interrogação retórica reforça essa intenção, ao
abrange toda a população, com base no sublinhar que, apenas os que viveram aquele momento,
segundo parágrafo. puderam, na verdade, avaliar o profundo desespero.
1 Refere-se, de modo incompleto e com 3
imprecisões, à forma como o sofrimento 3. ............................................................................. 20 pontos
vivenciado na cidade abrange toda a • Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
população, com base no segundo
parágrafo. Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
ção
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística 4 Identifica, adequadamente, duas 12
(F) ............................................................................. 8 pontos características do estilo e linguagem de
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos Fernão Lopes, fundamentando a
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos resposta com elementos textuais
Cenário de resposta pertinentes relativamente a ambas as
Em Lisboa, havia falta de alimentos, o que afetava toda a características.
população – “Na cidade nom avia triigo pera vender” (l. 1). 3 Identifica, com pequenas imprecisões, 9
Dada a sua escassez, os alimentos eram muito caros – “e se o duas características do estilo e
havia, era mui pouco e tam caro” (l. 1). linguagem de Fernão Lopes,
Esta situação era sentida, quer pelos mais pobres, quer pelos fundamentando a resposta com
mais favorecidos – “e nom soomente os pobres e minguados, elementos textuais pertinentes
mas grandes pessoas da cidade, lazerando, nom sabiam que relativamente a ambas as características.
fazer; e os geestos mudados com fame, bem mostravom seus 2 Identifica, adequadamente, uma 6
encubertos padecimentos.” (ll. 16-18). característica do estilo e linguagem de
As crianças pediam esmola pelas ruas da cidade, mas ninguém Fernão Lopes, fundamentando a
tinha nada para lhes dar – “Andavom os moços de três e quatro resposta com elementos textuais
anos pedindo pam pela cidade” (ll. 18-19). pertinentes relativamente a essa
As mães não tinham leite para amamentar os seus filhos – característica.
“Desfalecia o leite aaquelas que tiinham crianças a seus peitos” 1 Identifica, com pequenas imprecisões, 3
(l. 22). uma característica do estilo e linguagem
As pessoas definhavam, sentiam-se impotentes, os seus rostos de Fernão Lopes, fundamentando a
espelhavam a dor sentida, todos choravam. – “e muitos nom resposta com elementos textuais
tiinham outra cousa que lhe dar senom lagrimas que com eles pertinentes relativamente a essa
choravom que era triste cousa de veer” (ll. 20-21); “e nom teendo característica.
de que lhes acorrer, caíam em dobrada tristeza”(l. 25).

2.............................................................................. 20 pontos • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística


• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos (F).............................................................................. 8 pontos
Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
ção Cenário de resposta
4 Explica, adequadamente, a intenção 12 • Visualismo e realismo: expressividade dos recursos:
crítica do cronista manifestada no último comparação – “se lhes davom tamanho pam come ũa noz” (l. 21);
parágrafo, relacionando-a com a antítese – “choravom ameúde sobr’eles a morte ante que os a
interrogação retórica. morte privasse da vida” (ll. 23-24); enumeração – “mamtiinham-

5
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

se em eles; e pequena posta de porco valia cinquo e seis livras, a importância do refrão para a
que era ua dobra castelãa; e a galinha, quareenta soldos; e a caracterização do alvo da crítica do
duzia dos ovos, doze soldos; e se almogávares tragiam alguus trovador.
bois, valia cada uu sateenta livras, que eram catorze dobras 1 Refere, de modo incompleto e com 3
cruzadas, valendo entom a dobra cinco e seis livras” (ll. 11-15); imprecisões, a importância do refrão
• uso expressivo do advérbio e do adjetivo: “padeciam mui para a caracterização do alvo da crítica
apertadamente” (l. 3); “se é triste e mezquinho o coraçom cuidoso do trovador.
nas cousas contrairas” (l. 28);
• realismo dos pormenores descritivos e informativos: “ca valia o • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
alqueire quatro livras1; e o alqueire do milho quareenta soldos; e (F).............................................................................. 8 pontos
a canada do vinho tres e quatro livras” (ll. 2-3). Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
B Cenário de resposta
4.............................................................................. 20 pontos O refrão “sacudiu-se [e] revolveu-se, al-/çou rab' e foi sa via a
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos Portugal.” reforça a caracterização do cavaleiro, pois, através de
um vocabulário depreciativo mostra que “Dom Foão” era um
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- homem leviano e cobarde, que fugiu dos inimigos.
ção O refrão é contundente, uma vez que se associa o
4 Relaciona, adequadamente, a intenção 12 comportamento de Dom Foão ao de um boi assustado, de um
crítica subjacente à composição com a bezerro inexperiente ou de um cão que foge da jaula. Esta
repetição da expressão “que eu sei”. associação ridiculariza "Dom Foão".
3 Relaciona, de modo não totalmente 9
completo ou com pequenas imprecisões, GRUPO II ................................................................ 50 pontos
a intenção crítica subjacente à LEITURA / GRAMÁTICA
composição com a repetição da Chave
expressão “que eu sei”. Item Alínea Pontua-
2 Relaciona, de modo não totalmente 6 ção
completo e com pequenas imprecisões, a 1.1. C 5
intenção crítica subjacente à composição
com a repetição da expressão “que eu 1.2. D 5
sei”. 1.3. B 5
1 Refere-se, de modo incompleto e 3 1.4. C 5
impreciso, à relação entre a intenção 1.5. C 5
crítica subjacente à composição e a 1.6. D 5
repetição da expressão “que eu sei”. 1.7. A 5
2.1. Oração subordinada adjetiva relativa restritiva. 5
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística 2.2. Complemento indireto. 5
(F) ............................................................................. 8 pontos 2.3. Dança, música, vídeo. 5
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos GRUPO III ............................................................... 50 pontos
Cenário de resposta • Estruturação temática e discursiva (ETD) .............. 30 pontos
Nesta composição, o trovador pretende criticar e ridicularizar a • Correção linguística (CL) ....................................... 20 pontos
cobardia de certos cavaleiros no campo de batalha.
A repetição da expressão “que eu sei”, ao longo da composição,
reitera a ideia de certeza: o sujeito poético, como tivesse Cenário de resposta
presenciado os atos de “Dom Foão”, não tem dúvidas do seu Plano
comportamento.
O trovador quer mostrar que não se trata de uma mera opinião Introdução
pessoal, mas de uma afirmação assertiva, evidente, feita com – Arte:
conhecimento de causa. • expressão de sentimentos, de emoções e de ideias;
• atividade humana com intenção estética;
5.............................................................................. 20 pontos • forma de comunicação.
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos – Diferentes linguagens da arte: dança, cinema, pintura,
literatura, teatro, música…
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
ção Desenvolvimento
4 Refere, adequadamente, a importância 12 – Arte: supérflua ou indispensável à vida do homem?
do refrão para a caracterização do alvo – “Arte é uma mentira”
da crítica do trovador. • fingimento
3 Refere, de modo não totalmente 9 • imaginação/fantasia.
completo ou com pequenas • recriação da realidade.
imprecisões, a importância do refrão – "A arte … faz compreender a verdade”
para a caracterização do alvo da crítica • humaniza.
do trovador. • é reflexo do ser humano e, muitas vezes, da sua condição
2 Refere, de modo não totalmente 6 social.
completo e com pequenas imprecisões, • é denúncia e arma.
– Relação do artista com o recetor da obra de arte.
6
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

– Arte é memória e permite a fruição estética parágrafos;


• utiliza, adequadamente,
Conclusão conectores diversificados e outros
– Arte: mecanismos de coesão textual.
• deve seduzir, levar a pensar e encorajar a ação; NÍVEL INTERCALAR 8
• é um fator determinante na construção da identidade de um – Redige um texto satisfatoriamente 6
país; estruturado, refletindo uma
• é uma forma de internacionalização e de afirmação de um povo. planificação com algumas
insuficiências e evidenciando um
Parâmetro Descritores do nível de Pontua- domínio suficiente dos mecanismos
desempenho (ETD) ção de coesão textual:
A – Trata, sem desvios, o tema 15 • apresenta um texto constituído por
Tema e proposto. três partes (introdução,
Género – Mobiliza informação ampla e desenvolvimento, conclusão), nem
textual diversificada, de acordo com o sempre devidamente articuladas
género textual solicitado: entre si ou com desequilíbrios de
• produz um discurso coerente e proporção mais ou menos notórios;
sem qualquer tipo de ambiguidade; • marca parágrafos, mas com
• transmite com concisão e algumas falhas;
objetividade, informação pertinente; • utiliza apenas os conectores e os
• fundamenta as ideias/informações mecanismos de coesão textual mais
apresentadas. comuns, embora sem incorreções
NÍVEL INTERCALAR 12 graves.
– Trata o tema proposto, embora 9 NÍVEL INTERCALAR 4
com alguns desvios. – Redige um texto com estruturação 2
– Mobiliza informação suficiente de muito deficiente e com insuficientes
acordo com o género textual mecanismos de coesão textual:
solicitado: • apresenta um texto em que não se
• produz um discurso globalmente conseguem identificar claramente
coerente, apesar de algumas três partes (introdução,
ambiguidades; desenvolvimento e conclusão) ou
• transmite informação pertinente, em que estas estão
eventualmente com lacunas a nível insuficientemente articuladas;
da concisão e da objetividade. • raramente marca parágrafos de
• fundamenta com alguma forma correta;
inconsistência as ideias/informações • raramente utiliza conectores e
apresentadas. mecanismos de coesão textual ou
NÍVEL INTERCALAR 6 utiliza-os de forma inadequada.
– Aborda lateralmente o tema 3
proposto. Parâmetro Descritores do nível de Pontua-
– Mobiliza reduzida informação: desempenho (ETD) ção
• produz um discurso geralmente C – Mobiliza, com intencionalidade, 5
inconsistente e, por vezes, Léxico e recursos da língua expressivos e
ininteligível; adequação adequados (repertório lexical
• apresenta um texto em que discursiva variado e pertinente, figuras de
características do género solicitado retórica e tropos, procedimentos de
se misturam, sem critério, com os modalização, pontuação…).
de outros géneros textuais. – Utiliza o registo de língua
• não fundamenta as adequado ao texto, eventualmente
ideias/informações apresentadas. com esporádicos afastamentos,
que se encontram, no entanto,
justificados pela intencionalidade do
Parâmetro Descritores do nível de Pontua- discurso e assinalados
desempenho (ETD) ção graficamente (com aspas ou
B – Redige um texto bem estruturado, 10 sublinhados).
Estrutura e refletindo uma planificação NÍVEL INTERCALAR 4
coesão adequada e evidenciando um bom – Mobiliza um repertório lexical 3
domínio dos mecanismos de adequado, mas pouco variado.
coesão textual: – Utiliza, em geral, o registo de
• apresenta um texto constituído por língua adequado ao texto, mas
três partes (introdução, apresentando alguns afastamentos
desenvolvimento, conclusão), que afetam pontualmente a
individualizadas, devidamente adequação global.
proporcionadas e articuladas entre NÍVEL INTERCALAR 2
si de modo consistente; – Utiliza vocabulário elementar e 1
• marca corretamente os restrito, frequentemente redundante

7
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

e/ou inadequado.
– Utiliza indiferenciadamente
registos de língua, sem manifestar
consciência
do registo adequado ao texto, ou
recorre a um único registo
inadequado.

Fatores de desvalorização
Correção linguística
• Domínio da correção linguística

Fatores de desvalorização Desvalorização


(pontos)
• Erro inequívoco de pontuação. 1
• Erro de ortografia.
• Erro de morfologia.
• Incumprimento das regras de citação de
texto ou de referência a título de uma obra.
• Erro de sintaxe. 2
• Impropriedade lexical.

A repetição de um erro de ortografia na mesma resposta


(incluindo erro de acentuação, uso indevido de letra minúscula ou
de letra maiúscula inicial e erro de translineação) deve ser
contabilizada como uma única ocorrência.

• Limites de extensão
Sempre que não sejam respeitados os limites relativos ao número
de palavras indicados na instrução do item, deve ser descontado
um ponto por cada palavra a mais ou a menos, até cinco (1 X 5)
pontos, depois de aplicados todos os critérios definidos para o item.
Se da aplicação deste fator de desvalorização resultar uma
classificação inferior a zero pontos, é atribuída à resposta a
classificação de zero pontos.
No Grupo III, a um texto com extensão inferior a oitenta palavras
é atribuída a classificação de zero pontos.

8
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE CLASSIFICAÇÃO – TESTE 3 • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística


(F).............................................................................. 8 pontos
GRUPO I .............................................................. 100 pontos Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
EDUCAÇÃO LITERÁRIA Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
A Cenário de resposta
1.............................................................................. 20 pontos 2. A título de exemplo: “Tomai aquela cadeira. / E que val aqui
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos uma destas?/ (Ó Jesus! Que João das bestas! /Olhai aquela
canseira!)
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- Assentou-se com as costas pera elas, e diz:
ção Eu cuido que não estou bem…“
4 Caracteriza, adequadamente, a figura de 12 Este episódio serve para realçar a caracterização de Pero
Pero Marques, fundamentando com Marques enquanto personagem rústica e provinciana,
expressões textuais. desajustada e desajeitada.
3 Caracteriza, de modo não totalmente 9 3. ............................................................................. 20 pontos
completo ou com pequenas imprecisões, • Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
a figura de Pero Marques,
fundamentando com expressões textuais. Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
2 Caracteriza, de modo não totalmente 6 ção
completo ou com pequenas imprecisões, a 4 Identifica o recurso expressivo, 12
figura de Pero Marques, não explicitando, adequadamente, um efeito
fundamentando com expressões textuais. de sentido produzido.
OU 3 Identifica o recurso expressivo, 9
Caracteriza, de modo incompleto e com explicitando, de modo não totalmente
imprecisões a figura de Pero Marques, completo ou com pequenas
fundamentando com expressões textuais. imprecisões, um efeito de sentido
1 Caracteriza a figura de Pero Marques 3 produzido.
transcrevendo, apenas, expressões 2 Identifica o recurso expressivo, 6
textuais. explicitando, de modo não totalmente
incompleto e com pequenas imprecisões,
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística um efeito de sentido produzido.
(F) ............................................................................. 8 pontos 1 Identifica o recurso expressivo. 3
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos (F).............................................................................. 8 pontos
Cenário de resposta Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
Pero Marques é uma personagem provinciana, rústica, ignorante, Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
desajustada e desajeitada (“E que val aqui uma destas?/(Ó Cenário de resposta
Jesus! Que João das bestas!/ Olhai aquela canseira!)”. Mas Pero Ironia. Neste verso, que é um aparte, é evidente que Inês Pereira
Marques é, igualmente, um homem bom, preocupado com a quer ridicularizar Pero Marques, acentuando a sua faceta de
reputação de Inês Pereira (“Vossa mãe foi-se? Ora bem…/ Sós homem de valores, mas demasiado preocupado com a reputação
nos deixou ela assi?… / Cant'eu quero-me ir daqui, / não diga da jovem, aspetos que ela não valoriza.
algum demo alguém… “) que o despreza e o ridiculariza,
evidenciando ter valores diferentes dos dele. B
4. ............................................................................. 20 pontos
2.............................................................................. 20 pontos • Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- ção
ção 4 Explicita, adequadamente, o ponto de 12
4 Refere, adequadamente, um exemplo de 12 vista do autor perante o comportamento
cómico de situação, avaliando o seu da multidão, após o apelo de Álvaro Pais,
contributo para a caracterização da com base em três exemplos textuais.
personagem Pero Marques. 3 Explicita, de modo não totalmente 9
3 Refere um exemplo de cómico de 9 completo ou com pequenas imprecisões,
situação, avaliando de modo não o ponto de vista do autor perante o
totalmente completo ou com pequenas comportamento da multidão, após o apelo
imprecisões, o seu contributo para a de Álvaro Pais, com base em três
caracterização da personagem Pero exemplos textuais.
Marques. 2 Explicita, de modo incompleto e/ou com 6
2 Refere um exemplo de cómico de 6 imprecisões, o ponto de vista do autor
situação, avaliando, de modo incompleto perante o comportamento da multidão,
e com imprecisões, o seu contributo para após o apelo de Álvaro Pais, com base
a caracterização da personagem Pero em três exemplos textuais.
Marques. 1 Refere-se ao ponto de vista do autor 3
1 Refere, adequadamente, um exemplo de 3 perante o comportamento da multidão
cómico de situação. após o apelo de Álvaro Pais,
transcrevendo expressões textuais.

9
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

Cenário de resposta Escrita


• O autor mostra surpresa com a mobilização do povo de Lisboa • Estruturação temática e discursiva (ETD) .............. 30 pontos
(“e era tanta que era estranha cousa de veer”) e com as • Correção linguística (CL) ....................................... 20 pontos
respostas, que mesmo sem conhecimento fundamentado,
apontavam os causadores daquele sobressalto (“nom minguava Cenário de resposta
quem responder que o matava o Conde Joam Fernandez, per Plano
mandado da Rainha”);
• o cronista reconhece os sentimentos (algo contraditórios) e as Introdução
atitudes da multidão: a solidariedade; o patriotismo, a coragem e – Casamento:
o desejo de vingança (“desejando cada uu˜u de seer o primeiro” e • contrato “celebrado entre duas pessoas” que pretendem viver
“E per voontade de Deos todos feitos duu˜u coraçom com talente juntas, “ter uma plena comunhão de vida” – casamento por amor;
de o vingar”), mas também a perturbação e confusão junto às • “deveres conjugais” que devem ser respeitados pelos elementos
portas do paço (“Ali eram ouvidos braados de desvairadas envolvidos no contrato.
maneiras”; “Taes i havia que certeficavom que o Meestre era
morto”). Desenvolvimento
– O casamento pressupõe uma determinada organização da vida
5.............................................................................. 20 pontos familiar e social.
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 20 pontos – O casamento une “duas pessoas que pretendem constituir
família”.
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- – O casamento, no entanto, nem sempre corresponde à
ção verdadeira união entre as duas pessoas que celebram o contrato,
4 Transcreve a comparação e avalia, 12 porque outros interesses se sobrepõem:
adequadamente, a sua expressividade. • financeiros (interesse entre famílias; jogos de poder);
3 Transcreve a comparação e avalia, de 9 • culturais (casamento “arranjado” pelos pais: Índia, por exemplo,
modo não totalmente completo ou com ou mesmo no caso da etnia cigana);
pequenas imprecisões, a sua • sociais (aquisição de nacionalidade – emigração).
expressividade.
2 Transcreve a comparação e avalia, de 6 Conclusão
modo incompleto e/ou com imprecisões, – Casamento, instituição condenada ao fracasso?
a sua expressividade. – Casamento – reflexo da crise de valores da sociedade atual?
1 Transcreve a comparação, mas não 3 – Amor – garantia de uma relação feliz e duradoura?
avalia a sua expressividade.
Parâmetro Descritores do nível de Pontua-
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística desempenho (ETD) ção
(F) ............................................................................. 8 pontos A – Trata, sem desvios, o tema 15
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos Tema e proposto.
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos Género – Mobiliza informação ampla e
Cenário de resposta textual diversificada, de acordo com o
Com a utilização da comparação “e assi como viuva que rei nom género textual solicitado:
tiinha, e como se lhe este ficara em logo de marido”, o narrador • produz um discurso coerente e sem
sugere, de forma expressiva, o estado de espírito da cidade. qualquer tipo de ambiguidade;
Tal como uma “viúva”, a cidade sente-se desamparada por não • transmite com concisão e
ter rei. Ao vislumbrar a hipótese de ter um rei na figura do Mestre, objetividade, informação pertinente;
adota-o afetivamente como se ele já fosse seu “marido”; esse • fundamenta as ideias/informações
amor leva a cidade de Lisboa a defender o Mestre apresentadas.
incondicionalmente. NÍVEL INTERCALAR 12
– Trata o tema proposto, embora 9
com alguns desvios.
GRUPO II ............................................................... 50 pontos – Mobiliza informação suficiente de
LEITURA / GRAMÁTICA acordo com o género textual
Chave solicitado:
Item Alínea Pontuação • produz um discurso globalmente
1.1. A 5 coerente, apesar de algumas
ambiguidades;
1.2. D 5 • transmite informação pertinente,
1.3. B 5 eventualmente com lacunas a nível
1.4. C 5 da concisão e da objetividade.
1.5. B 5 • fundamenta com alguma
1.6. D 5 inconsistência as ideias/informações
1.7. C 5 apresentadas.
2.1.“É meio-dia” – oração coordenada / “e 5 NÍVEL INTERCALAR 6
estão 40 graus na penumbra da estação
de camionagem de Marrakesh.” – oração
coordenada copulativa.
2.2. Complemento indireto. 5
2.3. Sujeito nulo subentendido. 5
GRUPO III .............................................................. 50 pontos
10
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

– Aborda lateralmente o tema 3 C – Mobiliza, com intencionalidade, 5


proposto. Léxico e recursos da língua expressivos e
– Mobiliza reduzida informação: adequação adequados (repertório lexical variado e
• produz um discurso geralmente discursiva pertinente, figuras de retórica e tropos,
inconsistente e, por vezes, procedimentos de modalização,
ininteligível; pontuação…).
• apresenta um texto em que – Utiliza o registo de língua adequado
características do género solicitado ao texto, eventualmente com
se misturam, sem critério, com os de esporádicos afastamentos, que se
outros géneros textuais. encontram, no entanto, justificados pela
• não fundamenta as intencionalidade do discurso e
ideias/informações apresentadas. assinalados graficamente (com aspas
ou sublinhados).
NÍVEL INTERCALAR 4
Parâmetro Descritores do nível de Pontua-
desempenho (ETD) ção Parâmetro Descritores do nível de Pontua-
B – Redige um texto bem estruturado, 10 desempenho (ETD) ção
Estrutura e refletindo uma planificação adequada C – Mobiliza um repertório lexical 3
coesão e evidenciando um bom domínio dos Léxico e adequado, mas pouco variado.
mecanismos de coesão textual: adequação – Utiliza, em geral, o registo de língua
• apresenta um texto constituído por discursiva adequado ao texto, mas apresentando
três partes (introdução, alguns afastamentos que afetam
desenvolvimento, conclusão), pontualmente a adequação global.
individualizadas, devidamente NÍVEL INTERCALAR 2
proporcionadas e articuladas entre si – Utiliza vocabulário elementar e 1
de modo consistente; restrito, frequentemente redundante
• marca corretamente os parágrafos; e/ou inadequado.
• utiliza, adequadamente, conectores – Utiliza indiferenciadamente registos
diversificados e outros mecanismos de língua, sem manifestar consciência
de coesão textual. do registo adequado ao texto, ou
NÍVEL INTERCALAR 8 recorre a um único registo
inadequado.
Parâmetro Descritores do nível de Pontua-
desempenho (ETD) ção Fatores de desvalorização
B – Redige um texto satisfatoriamente 6 Correção linguística
Estrutura e estruturado, refletindo uma
coesão planificação com algumas Fatores de desvalorização Desvalorização
insuficiências e evidenciando um (pontos)
domínio suficiente dos mecanismos • Erro inequívoco de pontuação. 1
de coesão textual: • Erro de ortografia (incluindo erro de
• apresenta um texto constituído por acentuação, uso indevido de letra minúscula
três partes (introdução, ou de letra maiúscula e erro de
desenvolvimento, conclusão), nem translineação).
sempre devidamente articuladas • Erro de morfologia.
entre si ou com desequilíbrios de • Incumprimento das regras de citação de
proporção mais ou menos notórios; texto ou de referência a título de uma obra.
• marca parágrafos, mas com • Erro de sintaxe. 2
algumas falhas; • Impropriedade lexical.
• utiliza apenas os conectores e os
mecanismos de coesão textual mais A repetição de um erro de ortografia na mesma resposta
comuns, embora sem incorreções (incluindo erro de acentuação, uso indevido de letra minúscula ou
graves. de letra maiúscula inicial e erro de translineação) deve ser
NÍVEL INTERCALAR 4 contabilizada como uma única ocorrência.
– Redige um texto com estruturação 2
muito deficiente e com insuficientes • Limites de extensão
mecanismos de coesão textual: Sempre que não sejam respeitados os limites relativos ao número
• apresenta um texto em que não se de palavras indicados na instrução do item, deve ser descontado
conseguem identificar claramente três um ponto por cada palavra a mais ou a menos, até cinco (1x5)
partes (introdução, desenvolvimento e pontos, depois de aplicados todos os critérios definidos para o item.
conclusão) ou em que estas estão Se da aplicação deste fator de desvalorização resultar uma
insuficientemente articuladas; classificação inferior a zero pontos, é atribuída à resposta a
• raramente marca parágrafos de classificação de zero pontos.
forma correta;
• raramente utiliza conectores e
mecanismos de coesão textual ou
utiliza-os de forma inadequada.

11
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE CLASSIFICAÇÃO – TESTE 4 salientar o verde dos olhos da mulher amada e aproximar a sua
beleza à “verdura bela” do espaço bucólico caracterizado.

GRUPO I .............................................................. 100 pontos 3. ............................................................................. 20 pontos


EDUCAÇÃO LITERÁRIA • Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
A ............................................................................ 60 pontos
1.............................................................................. 20 pontos Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos ção
4 Avalia, adequadamente, o efeito de 12
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- sentido da substituição da comparação
ção pela metáfora final.
4 Identifica, adequadamente, os 12 3 Avalia, de modo não totalmente completo 9
elementos da natureza interpelados, ou com pequenas imprecisões, o efeito
fundamentando com as marcas de sentido da substituição da comparação
linguísticas. pela metáfora final.
3 Identifica, de modo não totalmente 9 2 Avalia, de modo não totalmente completo 6
completo ou com pequenas e com pequenas imprecisões, o efeito de
imprecisões, os elementos da natureza, sentido da substituição da comparação
fundamentando com as marcas pela metáfora final.
linguísticas. 1 Refere-se, de modo incompleto, à 3
2 Identifica, de modo não totalmente 6 substituição da comparação pela
completo e com pequenas imprecisões, metáfora final.
os elementos da natureza interpelados,
fundamentando com as marcas • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
linguísticas. (F).............................................................................. 8 pontos
1 Identifica, de modo não totalmente 3 Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
completo, os elementos da natureza Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
interpelados, mas não fundamentando Cenário de resposta
com as marcas linguísticas. A substituição da comparação “assi são os olhos/do meu
coração” (vv. 3-4) pela metáfora “não são ervas não: / são graças
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística dos olhos/ do meu coração” (vv. 18-20) faz sobressair a cor dos
(F) ............................................................................. 8 pontos olhos da figura feminina, pois o espaço exterior fica a dever a
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos beleza da sua tonalidade, a sua “verdura bela”, à cor aos olhos
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos verdes da amada.
Cenário de resposta
Os elementos da natureza são o “campo” (v. 5), “ovelhas” (v.7) e B ............................................................................ 40 pontos
“gados” (v.13). O vocativo e marcas de discurso de 2.ª pessoa: 4. ............................................................................. 20 pontos
verbos e pronomes “te estendes” (v.5) e “vos mantendes” (v. 9). • Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos

2.............................................................................. 20 pontos Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-


• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos ção
4 Refere, adequadamente, os sentimentos 12
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- que avassalam o sujeito poético,
ção relacionando-os com um traço da figura
4 Relaciona, adequadamente, a 12 feminina mencionada na cantiga.
interpelação dos interlocutores com o 3 Refere, de modo não totalmente completo 9
assunto da cantiga. ou com pequenas imprecisões, os
3 Relaciona, de modo não totalmente 9 sentimentos que avassalam o sujeito
completo ou com pequenas poético, relacionando-os com um traço da
imprecisões, a interpelação dos figura feminina mencionada na cantiga.
interlocutores com o assunto da cantiga. 2 Refere, de modo não totalmente 6
2 Relaciona, de modo não totalmente 6 incompleto e com pequenas imprecisões,
completo e com pequenas imprecisões, os sentimentos que avassalam o sujeito
a interpelação dos interlocutores com o poético, relacionando-os com um traço da
assunto da cantiga. figura feminina mencionada na cantiga.
1 Relaciona, de modo incompleto e com 3 1 Refere, de modo incompleto, os 3
imprecisões, a interpelação dos sentimentos que avassalam o sujeito
interlocutores com o assunto da cantiga. poético, relacionando-os com
imprecisões, com um traço da figura
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística feminina mencionada na cantiga.
(F) ............................................................................. 8 pontos
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos (F).............................................................................. 8 pontos
Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
Cenário de resposta Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
2. A interpelação aos elementos da natureza tem como objetivo Cenário de resposta

12
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

O sujeito poético está apaixonado, mas a sua paixão causa-lhe Plano


um sofrimento tal que sente que enlouqueceu (“me vejo sandeu
andar”). A profunda mortificação que o leva à loucura tem, Introdução
apenas, uma explicação: ela resulta da visão dos olhos verdes da A natureza é um bem essencial para o homem, mas está
amada (“Os olhos verdes que eu vi / me fazem ora andar assi.”). ameaçada e o responsável é o homem.
Será ele capaz de salvar o planeta?
5.............................................................................. 20 pontos
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos Desenvolvimento
Ameaças e catástrofes:
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- • aquecimento global – a poluição, a utilização desregrada dos
ção recursos naturais provocam mudança na direção das correntes
4 Identifica, adequadamente, três 12 marítimas e alterações climatéricas graves;
características que permitem classificar • falta de água – a quantidade de água potável no mundo é
esta composição poética como sendo sempre a mesma desde que ele existe, mas a população
uma cantiga de amor, fundamentando a humana, bem como o desperdício, aumentam;
resposta com expressões textuais. • doenças – as grandes epidemias;
3 Identifica, de modo não totalmente 9 • guerras – a guerra nuclear;
completo ou com pequenas imprecisões, • (…)
três características que permitem Medidas a tomar:
classificar esta composição poética como • redução do monóxido de carbono lançado na atmosfera;
sendo uma cantiga de amor, • investimento em projetos que utilizem fontes renováveis de
fundamentando a resposta com energia (energia solar e eólica…);
expressões textuais. • dessalinização da água do mar;
2 Identifica, de modo não totalmente 6 • políticas de prevenção: cuidados com saúde e higiene;
completo e com pequenas imprecisões, • investimento na investigação científica;
três características que permitem • (…).
classificar esta composição poética como
sendo uma cantiga de amor, Conclusão
fundamentando a resposta com O planeta está constantemente ameaçado por causas naturais ou
expressões textuais. provocadas pelo homem.
1 Identifica, de modo incompleto e com 3 Papel do homem neste processo.
imprecisões, características que permitem O bom uso das tecnologias.
classificar esta composição poética como
sendo uma cantiga de amor, Parâmetro Descritores do nível de Pontua-
fundamentando a resposta com desempenho (ETD) ção
expressões textuais. A – Trata, sem desvios, o tema 15
Tema e proposto.
Cenário de resposta Género – Mobiliza informação ampla e
Em termos temáticos, o sujeito poético sente uma avassaladora textual diversificada, de acordo com o
“coita de amor” (“a gram coita que d’amor ei,”). A intensidade género textual solicitado:
desse sofrimento levou-o à loucura (“ca me vejo sandeu andar”) e • produz um discurso coerente e
a uma possível morte (“já quer moira, quer nom:”). A noção de sem qualquer tipo de ambiguidade;
“mesura” está, também, presente nos versos “Pero quem quer x’ • transmite com concisão e
entenderá/aquestes olhos quaes som/e d’ est’ alguem se objetividade, informação pertinente;
queixará” (vv. 7-9). • fundamenta as ideias/informações
apresentadas.
GRUPO II ............................................................... 50 pontos NÍVEL INTERCALAR 12
Chave – Trata o tema proposto, embora 9
Item Alínea Pontuação com alguns desvios.
1.1. B 5 – Mobiliza informação suficiente de
acordo com o género textual
1.2. D 5 solicitado:
1.3. C 5 • produz um discurso globalmente
1.4. A 5 coerente, apesar de algumas
1.5. C 5 ambiguidades;
1.6. D 5 • transmite informação pertinente,
1.7. B 5 eventualmente com lacunas a nível
2.1. Complemento do adjetivo 5 da concisão e da objetividade.
2.2. Pé de meia; a pé firme; ter os pés (bem 5 • fundamenta com alguma
assentes) na terra; bater o pé; do pé inconsistência as ideias/informações
para a mão… apresentadas.
2.3. "Se arranco os olhos da cratera" 5 NÍVEL INTERCALAR 6

GRUPO III .............................................................. 50 pontos


• Estruturação temática e discursiva (ETD) ............. 30 pontos
• Correção linguística (CL) ....................................... 20 pontos
Cenário de resposta
13
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

– Aborda lateralmente o tema 3 Parâmetro Descritores do nível de Pontua-


proposto. desempenho (ETD) ção
– Mobiliza reduzida informação: C – Mobiliza, com intencionalidade, 5
• produz um discurso geralmente Léxico e recursos da língua expressivos e
inconsistente e, por vezes, adequação adequados (repertório lexical variado
ininteligível; discursiva e pertinente, figuras de retórica e
• apresenta um texto em que tropos, procedimentos de
características do género solicitado modalização, pontuação…).
se misturam, sem critério, com os – Utiliza o registo de língua adequado
de outros géneros textuais. ao texto, eventualmente com
• não fundamenta as esporádicos afastamentos, que se
ideias/informações apresentadas. encontram, no entanto, justificados
pela intencionalidade do discurso e
Parâmetro Descritores do nível de Pontua- assinalados graficamente (com aspas
desempenho (ETD) ção ou sublinhados).
B – Redige um texto bem estruturado, 10 NÍVEL INTERCALAR 4
Estrutura e refletindo uma planificação adequada – Mobiliza um repertório lexical 3
coesão e evidenciando um bom domínio dos adequado, mas pouco variado.
mecanismos de coesão textual: – Utiliza, em geral, o registo de língua
• apresenta um texto constituído por adequado ao texto, mas
três partes (introdução, apresentando alguns afastamentos
desenvolvimento, conclusão), que afetam pontualmente a
individualizadas, devidamente adequação global.
proporcionadas e articuladas entre si NÍVEL INTERCALAR 2
de modo consistente; – Utiliza vocabulário elementar e 1
• marca corretamente os parágrafos; restrito, frequentemente redundante
• utiliza, adequadamente, conectores e/ou inadequado.
diversificados e outros mecanismos – Utiliza indiferenciadamente registos
de coesão textual. de língua, sem manifestar consciência
NÍVEL INTERCALAR 8 do registo adequado ao texto, ou
– Redige um texto satisfatoriamente 6 recorre a um único registo
estruturado, refletindo uma inadequado.
planificação com algumas
insuficiências e evidenciando um
domínio suficiente dos mecanismos Fatores de desvalorização
de coesão textual: Correção linguística
• apresenta um texto constituído por
três partes (introdução, Fatores de desvalorização Desvalorização
desenvolvimento, conclusão), nem (pontos)
sempre devidamente articuladas • Erro inequívoco de pontuação. 1
entre si ou com desequilíbrios de • Erro de ortografia (incluindo erro de
proporção mais ou menos notórios; acentuação, uso indevido de letra minúscula
• marca parágrafos, mas com ou de letra maiúscula e erro de
algumas falhas; translineação).
• utiliza apenas os conectores e os • Erro de morfologia.
mecanismos de coesão textual mais • Incumprimento das regras de citação de
comuns, embora sem incorreções texto ou de referência a título de uma obra.
graves. • Erro de sintaxe. 2
NÍVEL INTERCALAR 4 • Impropriedade lexical.
– Redige um texto com estruturação 2
muito deficiente e com insuficientes A repetição de um erro de ortografia na mesma resposta
mecanismos de coesão textual: (incluindo erro de acentuação, uso indevido de letra minúscula ou
• apresenta um texto em que não se de letra maiúscula inicial e erro de translineação) deve ser
conseguem identificar claramente contabilizada como uma única ocorrência.
três partes (introdução,
desenvolvimento e conclusão) ou em • Limites de extensão
que estas estão insuficientemente Sempre que não sejam respeitados os limites relativos ao
articuladas; número de palavras indicados na instrução do item, deve ser
• raramente marca parágrafos de descontado um ponto por cada palavra a mais ou a menos, até
forma correta; cinco (1x5) pontos, depois de aplicados todos os critérios
• raramente utiliza conectores e definidos para o item. Se da aplicação deste fator de
mecanismos de coesão textual ou desvalorização resultar uma classificação inferior a zero pontos, é
utiliza-os de forma inadequada. atribuída à resposta a classificação de zero pontos.

14
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE CLASSIFICAÇÃO – TESTE 5 1 Identifica dois recursos expressivos sem 3


avaliar o seu contributo para a
caracterização da mulher amada.
GRUPO I .............................................................. 100 pontos • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
EDUCAÇÃO LITERÁRIA (F).............................................................................. 8 pontos
A Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
1.............................................................................. 20 pontos Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos Cenário de resposta
Estão presentes a hipérbole (“Que representa em terra um
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- paraíso;”) e a metáfora (“Entre rubis e perlas” e “Debaixo de ouro
ção e neve”). Com o recurso à hipérbole, o sujeito poético eleva a
4 Caracteriza, adequadamente, a figura 12 figura feminina à categoria de um ser divino, porque ela tem o
feminina, fundamentando com expressões poder de criar na terra o “paraíso”. A metáfora, construída através
textuais. da referência às belas pedras preciosas (“rubis”, “pérolas”) e ao
3 Caracteriza, de modo não totalmente 9 ouro, enaltece a beleza extraordinária e rara da mulher amada.
completo ou com pequenas imprecisões,
a figura feminina, fundamentando com 3. ............................................................................. 20 pontos
expressões textuais. • Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
2 Caracteriza, de modo não totalmente 6
completo ou com pequenas imprecisões, a Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
figura feminina, não fundamentando com ção
expressões textuais. 4 Explicita, adequadamente, o motivo, 12
OU tendo em conta o último terceto.
Caracteriza, de modo incompleto e com
imprecisões a figura feminina, 3 Explicita, de modo não totalmente 9
fundamentando com expressões textuais. completo ou com pequenas imprecisões,
o motivo, tendo em conta o último terceto.
1 Caracteriza a figura feminina com 3
expressões textuais. 2 Explicita, de modo incompleto e com 6
pequenas imprecisões, o motivo, tendo em
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística conta o último terceto.
(F) ............................................................................. 8 pontos 1 Refere, de modo incompleto e com 3
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos imprecisões, o motivo, tendo em conta o
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos último terceto.
Cenário de resposta
Num primeiro momento, o sujeito poético apresenta uma figura • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
feminina alegre, serena e tão “deleitosa” que parece representar, (F).............................................................................. 8 pontos
idealmente, a perfeição do “paraíso” na terra. Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
Num plano mais particular, salienta a sua beleza física – o “doce Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
riso” numa boca bonita, a pele clara e os cabelos de “ouro”. A sua Cenário de resposta
“arte” e discrição fazem com que esta figura feminina tenha uma O sujeito poético sente-se “nela alegre e comedido”, porque o
atitude (“presença”) tranquila e “graciosa”. Amor utiliza estas “armas”, que são as qualidades excecionais da
Ela é naturalmente “fermosa”. figura feminina, para o dominar (“render”) e para o tornar cativo
("prender”), fazendo-o, portanto, estar apaixonado. No entanto, e
2.............................................................................. 20 pontos apesar de estar vencido pelo Amor, este não consegue retirar ao
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos sujeito poético o prazer de estar enamorado por uma mulher tão
excecionalmente “fermosa”.
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- B
ção 4. ............................................................................. 20 pontos
4 Identifica, adequadamente, dois recursos 12 • Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
expressivos e avalia de modo completo, o
seu contributo para a caracterização da Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
mulher amada. ção
3 Identifica, adequadamente, dois recursos 9 4 Apresenta, adequadamente, o ponto de 12
expressivos e avalia, de modo não vista de Pero Marques sobre Inês,
totalmente completo ou com pequenas fundamentando a resposta.
imprecisões, o seu contributo para a 3 Apresenta, de modo não totalmente 9
caracterização da mulher amada. completo ou com pequenas imprecisões, o
2 Identifica, adequadamente, dois recursos 6 ponto de vista de Pero Marques sobre
expressivos, e avalia, de modo incompleto Inês, fundamentando a resposta.
e com pequenas imprecisões, o seu 2 Apresenta, de modo incompleto e com 6
contributo para a caracterizção da mulher pequenas imprecisões, o ponto de vista de
amada. OU Pero Marques sobre Inês, fundamentando
Identifica, adequadamente, um recurso a resposta.
expressivo e avalia, de modo completo, o 1 Transcreve expressões textuais 3
seu contributo para a caracterização da relacionadas com o ponto de vista de Pero
mulher amada. Marques sobre Inês.
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
15
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

(F) ............................................................................. 8 pontos 1.7. C 5


Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos 2.1. Corais, esponjas, crustáceos, peixes e 5
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos subaquático.
Cenário de resposta 2.2. Oração subordinante – Os cientistas vão 5
Pero Marques enaltece a beleza de Inês “Deos,/que vos fez de tão também procurar água doce; oração
bom jeito (vv. 25-26) e considera-a divertida, pois já a viu “folgar”. No subordinada adverbial causal – uma vez que
entanto, censura-a levemente pela sua falta de gentileza, uma vez foram já identificadas zonas de haloclina –
que ela já se mostrou indiferente em relação à sua pessoa – “eu vos nome dado à mistura entre água doce e
vi/ est'outro dia folgar/e não quisestes bailar/nem cantar presente salgada.
mi…” (vv. 29-32). 2.3. Subaquático (l. 3) – debaixo de água; 5
5.............................................................................. 20 pontos aquífero (l. 25) – local que contem água.

Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- GRUPO III ............................................................... 50 pontos


ção • Estruturação temática e discursiva (ETD) .............. 30 pontos
4 Produz um texto expositivo, 12 • Correção linguística (CL) ....................................... 20 pontos
desenvolvendo, adequadamente, os três
tópicos indicados. Cenário de resposta
3 Produz um texto expositivo, 9 Plano
desenvolvendo, de forma incompleta, os Introdução
três tópicos indicados. – Alteração do papel da mulher na sociedade ao longo dos
OU tempos: grande mudança a partir do séc. XIX, com a Revolução
Produz um texto predominantemente Francesa, mas mais visível sobretudo a partir dos anos 60.
expositivo, desenvolvendo, – Mudanças ocorridas a nível:
adequadamente, dois dos tópicos • social;
indicados. • familiar;
2 Produz um texto expositivo, 6 • profissional;
desenvolvendo, de forma incompleta, dois Desenvolvimento
dos tópicos indicados. – Papel secundário da mulher numa sociedade patriarcal – a
OU mulher não tinha direito a fazer as suas escolhas (estudos,
Produz um texto expositivo, marido, trabalho, votar…).
desenvolvendo, adequadamente, um dos – Hoje: papel mais presente e ativo; respeito; competitividade.
tópicos indicados. – Conquista das mulheres:
1 Produz um texto com marcas de 3 • emancipação e reconhecimento do seu valor;
exposição, desenvolvendo, de forma • acesso há instrução;
incompleta, os tópicos indicados. • independência (a mulher autossustenta-se, já não depende do
marido);
Cenário de resposta • igualdade de direitos entre os sexos: de donas de casa e mães
– Lianor Vaz, personagem com certo valor epocal, é uma de família passaram a profissionais competentes em diferentes
casamenteira (“Eu vos trago aviamento”). Propõe um bom marido domínios (ciência, política, economia, literatura…), ocupando,
“rico, honrado, conhecido” e tenta, habilmente, convencer, quer mesmo, lugares de destaque;
Inês, quer a Mãe a aceitar a sua proposta, atitude visível pelo uso • aceitação da mulher em domínios anteriormente apenas
do vocativo “minhas flores”. Face à reação negativa de Inês, ela masculinos.
não esmorece. – Mudança na relação homem-mulher: partilha de tarefas,
– A Mãe percebe que o pretendente será um bom marido e que companheirismo…
proporcionará um bom futuro à sua filha, por isso, deseja que o
casamento se concretize. Assim, elogia os conhecimentos e a Conclusão
inteligência de Inês, caindo em exageros burlescos – “ela sabe – Mudança irreversível: igualdade de géneros.
latim / e gramática e alfaqui /e tudo quanto ela quer” (vv. 17-19). – Compreensão e aceitação da mudança como sinal de
– Inês, como jovem sonhadora, tem expectativas diferentes sobre crescimento/evolução, contribuindo para uma sociedade mais
o futuro marido. A riqueza não é um critério determinante. A ela justa e livre.
interessa-lhe, sobretudo, que ele seja “sabido” e “discreto em
falar”. Estas qualidades, pouco comuns no povo, mostram que Parâmetro Descritores do nível de Pontua-
Inês procura um marido que lhe proporcione uma vida diferente e desempenho (ETD) ção
ascensão social. A – Trata, sem desvios, o tema 15
Tema e proposto.
GRUPO II ............................................................... 50 pontos Género – Mobiliza informação ampla e
LEITURA / GRAMÁTICA textual diversificada, de acordo com o género
Chave textual solicitado:
Item Alínea Pontua- • produz um discurso coerente e sem
ção qualquer tipo de ambiguidade;
1.1. C 5 • transmite com concisão e
objetividade, informação pertinente;
1.2. C 5
• fundamenta as ideias/informações
1.3. D 5 apresentadas.
1.4. B 5 NÍVEL INTERCALAR 12
1.5. D 5 – Trata o tema proposto, embora com 9
1.6. C 5
16
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

alguns desvios. • apresenta um texto em que não se


– Mobiliza informação suficiente de conseguem Identificar claramente
acordo com o género textual três partes (introdução,
solicitado: desenvolvimento e conclusão) ou em
• produz um discurso globalmente que estas estão insuficientemente
coerente, apesar de algumas articuladas;
ambiguidades; • raramente marca parágrafos de
• transmite informação pertinente, forma correta;
eventualmente com lacunas a nível da • raramente utiliza conectores e
concisão e da objetividade. mecanismos de coesão textual ou
• fundamenta com alguma utiliza-os de forma inadequada.
inconsistência as ideias/informações
apresentadas. Parâmetro Descritores do nível de Pontua-
NÍVEL INTERCALAR 6 desempenho (ETD) ção
– Aborda lateralmente o tema 3 C – Mobiliza, com intencionalidade, 5
proposto. Léxico e recursos da língua expressivos e
– Mobiliza reduzida informação: adequação adequados (repertório lexical variado
• produz um discurso geralmente discursiva e pertinente, figuras de retórica e
inconsistente e, por vezes, tropos, procedimentos de
ininteligível; modalização, pontuação…).
• apresenta um texto em que – Utiliza o registo de língua adequado
características do género solicitado se ao texto, eventualmente com
misturam, sem critério, com os de esporádicos afastamentos, que se
outros géneros textuais. encontram, no entanto, justificados
• não fundamenta as pela intencionalidade do discurso e
ideias/informações apresentadas. assinalados graficamente (com aspas
ou sublinhados).
Parâmetro Descritores do nível de Pontua- NÍVEL INTERCALAR 4
desempenho (ETD) ção – Mobiliza um repertório lexical 3
B – Redige um texto bem estruturado, 10 adequado, mas pouco variado.
Estrutura e refletindo uma planificação adequada – Utiliza, em geral, o registo de língua
coesão e evidenciando um bom domínio dos adequado ao texto, mas
mecanismos de coesão textual: apresentando alguns afastamentos
• apresenta um texto constituído por que afetam pontualmente a
três partes (introdução, adequação global.
desenvolvimento, conclusão) NÍVEL INTERCALAR 2
individualizadas, devidamente – Utiliza vocabulário elementar e 1
proporcionadas e articuladas entre si restrito, frequentemente redundante
de modo consistente; e/ou inadequado.
• marca corretamente os parágrafos; – Utiliza indiferenciadamente registos
• utiliza, adequadamente, conectores de língua, sem manifestar consciência
diversificados e outros mecanismos do registo adequado ao texto, ou
de coesão textual. recorre a um único registo
NÍVEL INTERCALAR 8 inadequado.
– Redige um texto satisfatoriamente 6
estruturado, refletindo uma
planificação com algumas
insuficiências e evidenciando um
domínio suficiente dos mecanismos Fatores de desvalorização
de coesão textual: Correção linguística
• apresenta um texto constituído por
três partes (introdução, Fatores de desvalorização Desvalorização
desenvolvimento, conclusão), nem (pontos)
sempre devidamente articuladas • Erro inequívoco de pontuação. 1
entre si ou com desequilíbrios de • Erro de ortografia (incluindo erro de
proporção mais ou menos notórios; acentuação, uso indevido de letra
• marca parágrafos, mas com minúscula ou de letra maiúscula e erro de
algumas falhas; translineação).
• utiliza apenas os conectores e os • Erro de morfologia.
mecanismos de coesão textual mais • Incumprimento das regras de citação de
comuns, embora sem incorreções texto ou de referência a título de uma obra.
graves. • Erro de sintaxe. 2
NÍVEL INTERCALAR 4 • Impropriedade lexical.
– Redige um texto com estruturação 2
muito deficiente e com insuficientes A repetição de um erro de ortografia na mesma resposta
mecanismos de coesão textual: (incluindo erro de acentuação, uso indevido de letra minúscula ou

17
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

de letra maiúscula inicial e erro de translineação) deve ser


contabilizada como uma única ocorrência.

• Limites de extensão
Sempre que não sejam respeitados os limites relativos ao
número de palavras indicados na instrução do item, deve ser
descontado um ponto por cada palavra a mais ou a menos, até
cinco (1x5) pontos, depois de aplicados todos os critérios
definidos para o item. Se da aplicação deste fator de
desvalorização resultar uma classificação inferior a zero pontos, é
atribuída à resposta a classificação de zero pontos.

18
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE CLASSIFICAÇÃO – TESTE 6 Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos


Cenário de resposta
– O herói é aquele que comete “feitos grandes”, que se
GRUPO I .............................................................. 100 pontos caracteriza por uma ousadia “forte e famosa” e supera todos os
EDUCAÇÃO LITERÁRIA obstáculos pelo esforço e sacrifício (“trabalhos tão longos”). O
A ............................................................................ 60 pontos povo português, pelos seus feitos históricos e pela viagem,
1.............................................................................. 20 pontos corresponde, portanto, a este ideal, merecendo a imortalidade
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos “Lá no estelante Olimpo, a quem subia/Sobre as asas ínclitas da
Fama”.
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- – A mitificação do herói está presente, ainda, pela humanização
ção dos deuses, pois estes, antes de serem divinos, foram, também,
4 Explicita, adequadamente, o significado 12 humanos (“Todos foram de fraca carne humana”.)
da Ilha, fundamentando a resposta com 3. ............................................................................. 20 pontos
expressões textuais. • Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
3 Explicita, de modo não totalmente 9
completo ou com pequenas imprecisões, Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
o significado da Ilha, fundamentando a ção
resposta com expressões textuais. 4 Identifica o recurso expressivo, 12
2 Explicita, de modo incompleto e com 6 explicitando, adequadamente, um efeito
imprecisões, o significado da Ilha, de sentido produzido.
fundamentando a resposta com 3 Identifica o recurso expressivo, 9
expressões textuais. explicitando, de modo não totalmente
1 Refere-se, de modo incompleto e 3 completo ou com pequenas imprecisões,
impreciso, ao significado da Ilha, um efeito de sentido produzido.
transcrevendo expressões textuais. 2 Identifica o recurso expressivo, 6
explicitando, de modo incompleto e com
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística pequenas imprecisões, um efeito de
(F) ............................................................................. 8 pontos sentido produzido.
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos 1 Identifica o recurso expressivo. 3
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
Cenário de resposta • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
– Segundo o poeta, as “Ninfas do Oceano”, Tétis e a “Ilha (F).............................................................................. 8 pontos
angélica pintada”, bem como todo o prazer por elas Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
proporcionado, têm um valor simbólico, pois tudo isto “outra Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
cousa não é que as deleitosas/Honras […]/Os triunfos, a fronte Cenário de resposta
coroada/De palma e louro, a glória e maravilha”. Anástrofe. A utilização deste recurso permite destacar o elemento
– Significa a imortalidade “Lá no estelante Olimpo, a quem deslocado, neste caso, “divinos”, enfatizando a elevação do herói
subia/Sobre as asas ínclitas da Fama”. e, consequentemente, a sua mitificação.
– A dádiva da Ilha aos portugueses significa, alegoricamente, o
reconhecimento e o prémio pelos feitos gloriosos devidos aos B ............................................................................ 20 pontos
“feitos grandes”, à “ousadia” e à superação do esforço (“os 4. ............................................................................. 20 pontos
trabalhos tão longos compensando”). • Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos

2.............................................................................. 20 pontos Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-


• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos ção
4 Refere, adequadamente, os sentimentos 12
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- vividos pelos navegadores portugueses
ção no momento para que a estância remete.
4 Mostra, adequadamente, como nestas 12 3 Refere, de modo não totalmente completo 9
estâncias está presente a mitificação do ou com pequenas imprecisões, os
herói. sentimentos vividos pelos navegadores
3 Mostra, de modo não totalmente 9 portugueses no momento para que a
completo, ou com pequenas imprecisões, estância remete.
como nestas estâncias está presente a 2 Refere, de modo não totalmente completo 6
mitificação do herói. e com pequenas imprecisões, os
2 Mostra, de modo incompleto e com 6 sentimentos vividos pelos navegadores
pequenas imprecisões, como nestas portugueses no momento para que a
estâncias está presente a mitificação do estância remete.
herói. 1 Refere, de modo incompleto e impreciso, 3
1 Refere, de modo incompleto e impreciso, 3 os sentimentos vividos pelos
como nestas estâncias está presente a navegadores portugueses no momento
mitificação do herói. para que a estância remete.

• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
(F) ............................................................................. 8 pontos (F).............................................................................. 8 pontos
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos

19
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos Critérios específicos de classificação


Cenário de resposta • Estruturação temática e discursiva (ETD) .............. 30 pontos
Os navegadores sentem-se felizes por, finalmente, chegarem à • Correção linguística (CL) ....................................... 20 pontos
pátria (“houveram vista do terreno/Em que naceram, sempre • Organização da informação (15 pontos)
desejado”). Sentem-se, ainda, orgulhosos por poderem honrar o • Correção linguística (15 pontos)
seu “temido e amado” rei com o sucesso desta viagem tão
extraordinária (“O prémio e glória dão”). Cenário de resposta
Segundo o autor, os estudos de Galileu foram muito importantes
5.............................................................................. 20 pontos para o desenvolvimento da ciência em geral e da astronomia, em
• Aspetos de conteúdo (C) ...................................... 20 pontos particular, mas a sua notoriedade vem da defesa da teoria
heliocêntrica, apesar de toda a oposição sentida da comunidade
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- científica da época.
ção Para este autor, o período em que Galileu viveu constituiu um
4 Mostra, adequadamente, como esta 12 desafio, pois, simultaneamente, usufruiu das descobertas
estância traduz o caráter épico de Os fundamentais de outros homens do Renascimento e da
Lusíadas. divulgação de novas ideias, mas sofreu igualmente das
3 Mostra, de modo não totalmente completo 9 consequências opressivas da censura religiosa, tendo sido,
ou com pequenas imprecisões, como inclusive, sujeito à pena de prisão domiciliária perpétua. Apesar
esta estância traduz o caráter épico de das adversidades, sempre trabalhou em segredo, chegando a
Os Lusíadas. escrever e a publicar um livro que resume a sua investigação.
2 Mostra, de modo incompleto e com 6 Erradamente, a descoberta do telescópio tem sido atribuída a
pequenas imprecisões, como esta Galileu, mas, na verdade, ele aperfeiçoou esse instrumento,
estância traduz o caráter épico de Os reinventando-o e tornando, assim, possível fazer novas
Lusíadas. descobertas no Universo.
1 Mostra, de modo incompleto e impreciso, 3
como esta estância traduz o caráter épico Parâmetro Descritores do nível de Pontua-
de Os Lusíadas. desempenho (ETD) ção
A – Explicita o objetivo do autor. 15
Género – Preserva, com rigor, a informação
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística textual nuclear do texto-fonte, através da:
(F) ............................................................................. 8 pontos • manutenção dos tópicos;
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos • manutenção da rede semântica do
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos texto-fonte.
Cenário de resposta – Mobiliza a informação seletiva, de
O caráter épico é visível, pois os nossos heróis, já mitificados acordo com o género solicitado:
(“Ilha dos Amores”), regressam à pátria sem qualquer incidente. • produz um discurso coerente e sem
São seres divinos e, portanto, não têm de ser postos à prova, qualquer tipo de ambiguidade;
enfrentando novos obstáculos (“Assi foram cortando o mar • transmite, com clareza, informação
sereno,/Com vento sempre manso e nunca irado”). O pertinente do texto-fonte.
cumprimento da missão, isto é, o sucesso da viagem marítima à NÍVEL INTERCALAR 12
Índia, é um outro aspeto que contribui para o caráter épico. O Rei – Explicita com lacunas o objetivo do 9
(representante do povo português) ficou mais ilustre, mais autor.
notável com os novos “títulos”. – Preserva, com algumas lacunas, a
informação nuclear do texto-fonte,
GRUPO II ............................................................... 50 pontos através da:
Chave • manutenção dos tópicos;
Item Alínea Pontua- • manutenção da rede semântica do
ção texto-fonte.
1.1. A 5 – Mobiliza informação seletiva
suficiente, de acordo com o género
1.2. B 5
solicitado:
1.3. D 5 • produz um discurso globalmente
1.4. A 5 coerente, apesar de algumas
1.5. B 5 ambiguidades;
1.6. B 5 • transmite informação pertinente,
1.7. D 5 eventualmente com lacunas que não
2.1. Lua nova, lua de mel, andar na lua; pedir a 5 afetam, porém, a inteligibilidade.
lua, prometer a lua. NÍVEL INTERCALAR 6
2.2. Oração subordinante – Galileu tem sido tão 5 – Preserva muito pouca informação 3
frequentemente associado ao telescópio; or. nuclear do texto-fonte.
subordinada adverbial consecutiva – “que – Mobiliza muito pouca informação,
lhe é vulgarmente atribuída a sua invenção”. de acordo com o género solicitado:
2.3. secretu > segredo a sonorização do [k] e do 5 • produz um discurso geralmente
[t] inconsistente e, por vezes,
ininteligível;
• apresenta um texto em que traços do
GRUPO III .............................................................. 50 pontos género solicitado se misturam, sem
20
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

critério, com os de outros géneros • defesa da teoria heliocêntrica;


textuais. • oposição da comunidade científica da época;
• importância das descobertas de outros homens do
Parâmetro Descritores do nível de Pontua- Renascimento.
desempenho (ETD) ção • opressão e censura do Vaticano;
B – Produz um discurso conciso; 10 • aperfeiçoamento do telescópio que conduz a novas descobertas
Organização optando por construções mais no Universo;
da económicas – supressão de • explicitação do objetivo do autor.
informação estruturas sintáticas ou lexicais – Manutenção da rede semântica relativa ao tema, no todo ou em
repetitivas; uso de um vocabulário parte, a qual deverá integrar:
genérico que substitua expressões • vocábulos e expressões constantes do texto, ou seus
nominais mais específicas; uso de equivalentes, tais como: astrónomos, Galileu, sistema
frases complexas. heliocêntrico, comunidade científica, crenças, telescópio,
– Utiliza, com rigor, mecanismos de universo…
coesão espacial, temporal e
referencial. ESTRATÉGIAS DISCURSIVAS E LINGUÍSTICAS
– Socorre-se de articuladores – Organização da informação:
discursivos de modo a fazer um • discurso conciso; opção por construções mais económicas:
encadeamento lógico dos tópicos supressão de estruturas sintáticas ou lexicais repetitivas; uso de
tratados. um vocabulário genérico que substitua expressões nominais mais
NÍVEL INTERCALAR 8 específicas; uso de frases complexas;
– Produz um discurso pouco conciso. 6 • utilização da 3.ª pessoa.
– Utiliza, com algumas insuficiências, – Controlo de mecanismos de coesão:
mecanismos de coesão espacial, • espacial: Itália, Pisa, Roma/Vaticano
temporal e referencial. • temporal: 1564, há centenas de anos, agosto de 1609, 1642…
– Socorre-se de articuladores • referencial: Nicolau Copérnico, Leonardo da Vinci, génios
discursivos de modo a fazer um renascentistas abalando teorias, poder político de Roma,
encadeamento lógico dos tópicos contenda com o Vaticano, ampliação do telescópio…
tratados, embora com algumas – utilização de articuladores discursivos: se, contudo, tão… que,
incorreções. por um lado, por outro lado, ainda, na verdade, depois de, antes
NÍVEL INTERCALAR 4 de…
– Produz um texto com estruturação 2
muito deficiente e com insuficientes Fatores de desvalorização
mecanismos de coesão textual: Correção linguística
– Raramente utiliza conectores e
mecanismos de coesão textual ou Fatores de desvalorização Desvalorização
utiliza-os de forma inadequada. (pontos)
• Erro inequívoco de pontuação. 1
Parâmetro Descritores do nível de Pontua- • Erro de ortografia (incluindo erro de
desempenho (ETD) ção acentuação, uso indevido de letra minúscula
ou de letra maiúscula e erro de
C – Mobiliza, com intencionalidade, 5
translineação).
Léxico e recursos da língua expressivos e
adequação adequados (repertório lexical variado • Erro de morfologia.
discursiva e pertinente, pontuação…). • Incumprimento das regras de citação de
texto ou de referência a título de uma obra.
– Utiliza a 3.ª pessoa.
– Utiliza o registo de língua adequado • Erro de sintaxe. 2
ao texto-fonte. • Impropriedade lexical.
NÍVEL INTERCALAR 4
A repetição de um erro de ortografia na mesma resposta
– Mobiliza um repertório lexical 3
adequado, mas pouco variado. (incluindo erro de acentuação, uso indevido de letra minúscula ou
– Utiliza, em geral, o registo de língua de letra maiúscula inicial e erro de translineação) deve ser
contabilizada como uma única ocorrência.
adequado ao texto-fonte, mas
apresentando alguns afastamentos
• Limites de extensão
que afetam pontualmente a
adequação global. Sempre que não sejam respeitados os limites relativos ao
NÍVEL INTERCALAR 2 número de palavras indicados na instrução do item, deve ser
– Utiliza vocabulário elementar e 1 descontado um ponto por cada palavra a mais ou a menos, até
restrito, frequentemente redundante cinco (1x5) pontos, depois de aplicados todos os critérios
e/ou inadequado e/ou fazendo cópia definidos para o item. Se da aplicação deste fator de
de partes do texto-fonte. desvalorização resultar uma classificação inferior a zero pontos, é
atribuída à resposta a classificação de zero pontos.
ESTRUTURA INFORMACIONAL (NÍVEL DO CONTEÚDO)
• Preservação da informação nuclear do texto, através de:
– Manutenção dos tópicos:
• importância dos estudos de Galileu para o desenvolvimento da
ciência em geral e da astronomia, em particular;
21
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE CLASSIFICAÇÃO – TESTE 7


Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
ção
GRUPO I .............................................................. 100 pontos 4 Relaciona, adequadamente, o conteúdo 12
A ............................................................................ 60 pontos da estância 99 com as anteriores.
1.............................................................................. 20 pontos
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos 3 Relaciona, de modo não totalmente 9
completo ou com pequenas imprecisões,
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- o conteúdo da estância 99 com as
ção anteriores.
4 Identifica, adequadamente, a 12 2 Relaciona, de modo não totalmente 6
preocupação alvo da reflexão do poeta. completo e com imprecisões, o conteúdo
da estância 99 com as anteriores.
3 Identifica, de modo não totalmente 9
completo ou com pequenas imprecisões, 1 Relaciona, de modo incompleto, o 3
a preocupação alvo da reflexão do poeta. conteúdo da estância 99 com as
anteriores.
2 Identifica, de modo não totalmente 6
completo e com imprecisões, a
preocupação alvo da reflexão do poeta. • Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
(F).............................................................................. 8 pontos
1 Identifica, de modo incompleto e com 3
Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
imprecisões, a preocupação alvo da
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
reflexão do poeta.
Cenário de resposta
O conteúdo da estância 99 serve de conclusão às estâncias
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
anteriores. Nesta estância, o poeta apresenta a imagem daqueles
(F) ............................................................................. 8 pontos
que atingem a verdadeira glória: os que lutam abnegadamente e
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos
com coragem e convicção, enfrentando os perigos sem nada
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
desejar, enfim, os verdadeiros heróis (por oposição aos
Cenário de resposta
anteriormente enumerados que vivem ociosamente e de forma
Nesta reflexão, o poeta, numa perspetiva perfeitamente
desregrada, usando o nome herdado para se afirmarem e serem
atemporal, critica a ociosidade e o facilitismo, acentuando que a
favorecidos socialmente).
fama e a verdadeira glória só se atingem com humildade,
determinação e sacrifício e não por herança ou pela concessão
B ............................................................................ 40 pontos
de favores.
4. ............................................................................. 20 pontos
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
2.............................................................................. 20 pontos
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
ção
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua-
ção 4 Descreve, de modo completo, a atmosfera 12
vivida no navio e relaciona-a,
4 Explica, adequadamente, como o uso da 12
adequadamente, com o papel de Jorge de
anáfora, nas estâncias 95 e 96, serve a
Albuquerque no sentido de acalmar a
intenção crítica subjacente.
tripulação.
3 Explica, de modo não totalmente 9
3 Descreve, de modo não totalmente 9
completo ou com pequenas imprecisões,
completo ou com pequenas imprecisões,
como o uso da anáfora, nas estâncias 95
a atmosfera vivida no navio e relaciona-a,
e 96, serve a intenção crítica subjacente.
com o papel de Jorge de Albuquerque no
2 Explica, de modo não totalmente 6
sentido de acalmar a tripulação.
completo e com pequenas imprecisões,
2 Descreve, de modo incompleto e/ou com 6
como o uso da anáfora, nas estâncias 95
imprecisões, a atmosfera vivida no navio, e
e 96, serve a intenção crítica subjacente.
relaciona-a, de modo pouco preciso, com o
1 Identifica a anáfora, nas estâncias 95 e 3
papel de Jorge de Albuquerque no sentido
96, sem explicar a intenção crítica
de acalmar a tripulação.
subjacente.
1 Descreve, de modo não totalmente 3
completo ou com pequenas imprecisões,
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
a atmosfera vivida no navio, sem referir o
(F) ............................................................................. 8 pontos
papel de Jorge de Albuquerque no
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos
sentido de acalmar a tripulação.
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos
OU
Cenário de resposta
Descreve, de modo incompleto e com
A anáfora serve a intenção crítica, uma vez que realça aspetos
imprecisões, a atmosfera vivida no navio
negativos como o facilitismo, o ócio, o prazer e os vícios, aspetos
e relaciona-a, de modo incompleto e
que não caracterizam aqueles que merecem verdadeiramente a
impreciso, com o papel de Jorge de
fama e a glória. Com o uso da anáfora, o poeta reforça, então, a
Albuquerque no sentido de acalmar a
intenção crítica, ao sublinhar aquilo que deve ser alvo de
tripulação.
renúncia, exprimindo a sua censura e reprovação.
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística
3.............................................................................. 20 pontos
(F).............................................................................. 8 pontos
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 12 pontos
Estruturação do discurso (E).................................... 4 pontos
22
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos 2.2. Oração subordinada substantiva 5


Cenário de resposta completiva.
A fome no navio provoca as primeiras vítimas, sendo necessário 2.3. Sigla. 5
lançar ao mar os cadáveres. O desespero provocado pela falta
de alimentos faz os marinheiros levantarem a hipótese de comer GRUPO III ............................................................... 50 pontos
os cadáveres. Esta situação terrível deixa Jorge de Albuquerque Critérios específicos de classificação
perturbado, não permitindo tais atrocidades. • Estruturação temática e discursiva (ETD) .............. 30 pontos
Alguns homens, para terminar com o seu sofrimento, achavam • Correção linguística (CL) ....................................... 20 pontos
preferível afundar a nau, o que o capitão também impede.
Como consequência de toda esta angústia, e vendo a morte Cenário de resposta
iminente, criam-se no navio conflitos que só Jorge de Plano
Albuquerque consegue sanar, com as suas palavras sábias e Introdução
razoáveis e a sua capacidade de liderança. Pintura exemplar do romantismo inglês.
Quadro que parece transportar o recetor para o interior daquele
5.1........................................................................... 20 pontos naufrágio, através das pinceladas vigorosas e rápidas, dispostas
• Aspetos de conteúdo (C) ....................................... 20 pontos em camadas sucessivas,
O pintor tenta, com esta composição, transmitir, emotivamente, o
Níveis Descritores do nível de desempenho Pontua- poder dilacerante de um naufrágio.
ção
4 Explicita, adequadamente, os 12 Desenvolvimento
sentimentos/emoções que a tripulação vai • O artista retrata um naufrágio – ao fundo céu escuro, sombrio,
experimentando, transcrevendo nuvens carregadas, mar agitado; em primeiro plano, a
elementos textuais que o comprovem. embarcação em destroços, a aflição das figuras humanas que
3 Explicita, de modo não totalmente 9 lutam pela sobrevivência, num combate desigual com as forças
completo ou com pequenas imprecisões, da natureza.
os sentimentos/emoções que a tripulação • O escuro do mar e do céu sombrio transmitem a ideia de
vai experimentando, transcrevendo abismo, perigo, “inferno”; o branco do rebentar das ondas,
elementos textuais que o comprovem. contrasta com a escuridão dos outros elementos da natureza,
2 Explicita, de modo incompleto e/ou com 6 contribuindo para o dinamismo e a transmissão da confusão e do
imprecisões, os sentimentos/emoções que pânico vividos pelas pessoas que tentam desesperadamente
a tripulação vai experimentando, salvar-se.
transcrevendo elementos textuais que o
comprovem. Conclusão
1 Refere-se aos sentimentos/emoções que a 3 Apreciação crítica valorativa: adesão ou recusa.
tripulação vai experimentando,
transcrevendo elementos textuais. Parâmetro Descritores do nível de Pontua
desempenho (ETD) -ção
• Aspetos de estruturação do discurso e correção linguística A – Trata, sem desvios, o tema 15
(F) ............................................................................. 8 pontos Género proposto.
Estruturação do discurso (E) ................................... 4 pontos textual – Descreve sucintamente o objeto da
Correção linguística (CL) ......................................... 4 pontos crítica.
Cenário de resposta – Tece comentários críticos (adesão
Os marinheiros sentem uma enorme alegria e alívio ao avistarem ou recusa).
terra (“Maravilha! Deus louvado!). – Mobiliza informação ampla e
Por outro lado, sentem-se impotentes, pois não conseguem diversificada, de acordo com o género
alcançar a praia, dadas as condições do navio e as solicitado.
características da costa (“Mas não tinham maneira de se – Produz um discurso coerente e sem
aproximar da praia. Iam numa carcaça sem governo algum.”, qualquer tipo de ambiguidade.
“Loucura, porque a costa ali é pedregosa e brava; e Jorge de NÍVEL INTERCALAR 12
Albuquerque dissuadiu-os de tal.”). – Trata o tema proposto, embora com 9
Também se sentem frustados pelo facto de os barcos que alguns desvios.
passavam não os ajudarem e seguirem o seu rumo – Descreve o objeto da crítica, com
impiedosamente (“E seguiram avante, sem nenhum dó”). lacunas que não afetam, porém, a
inteligibilidade.
GRUPO II ............................................................... 50 pontos – Tece comentários críticos de forma
Chave pouco consistente.
– Mobiliza informação suficiente de
Item Alínea Pontuação acordo com o género solicitado.
1.1. C 5 – Produz um discurso globalmente
coerente, apesar de algumas
1.2. A 5
ambiguidades.
1.3. B 5
NÍVEL INTERCALAR 6
1.4. A 5
– Aborda lateralmente o tema 3
1.5. D 5 proposto.
1.6. A 5 – Descreve o objeto de crítica de modo
1.7. B 5 insuficiente.
2.1. Complemento direto. 5
23
© Areal Editores
DOSSIÊ DO PROFESSOR O CAMINHO DAS PALAVRAS 10
AVALIAÇÃO

– Tece comentários irrelevantes. Parâmetro Descritores do nível de Pontua-


– Mobiliza reduzida informação. desempenho (ETD) ção
– Produz um discurso geralmente C – Mobiliza, com intencionalidade, 5
inconsistente e, por vezes, ininteligível. Léxico e recursos da língua expressivos e
– Apresenta um texto em que traços do adequação adequados (repertório lexical variado
género solicitado se misturam, sem discursiva e pertinente, recursos expressivos,
critério, com os de outros géneros procedimentos de modalização,
textuais. pontuação…).
– Utiliza o registo de língua adequado
Parâmetro Descritores do nível de Pontua- ao texto, eventualmente com
desempenho (ETD) ção esporádicos afastamentos, que se
B – Redige um texto bem estruturado, 10 encontram, no entanto, justificados
Estrutura e refletindo uma planificação adequada pela intencionalidade do discurso e
coesão e evidenciando um bom domínio dos assinalados graficamente (com aspas
mecanismos de coesão textual: ou sublinhados).
• apresenta um texto constituído por NÍVEL INTERCALAR 4
três partes (introdução, – Mobiliza um repertório lexical 3
desenvolvimento, conclusão) adequado, mas pouco variado.
individualizadas, devidamente – Utiliza, em geral, o registo de língua
proporcionadas e articuladas entre si adequado ao texto, mas apresentando
de modo consistente; alguns afastamentos que afetam
• marca corretamente os parágrafos; pontualmente a adequação global.
• utiliza, adequadamente, conectores NÍVEL INTERCALAR 2
diversificados e outros mecanismos – Utiliza vocabulário elementar e 1
de coesão textual. restrito, frequentemente redundante
NÍVEL INTERCALAR 8 e/ou inadequado.
– Redige um texto satisfatoriamente 6 – Utiliza indiferenciadamente registos
estruturado, refletindo uma de língua, sem manifestar consciência
planificação com algumas do registo adequado ao texto, ou
insuficiências e evidenciando um recorre a um único registo
domínio suficiente dos mecanismos inadequado.
de coesão textual:
• apresenta um texto constituído por Fatores de desvalorização
três partes (introdução, Correção linguística
desenvolvimento, conclusão), nem
sempre devidamente articuladas entre Fatores de desvalorização Desvalorização
si ou com desequilíbrios de proporção (pontos)
mais ou menos notórios; • Erro inequívoco de pontuação. 1
• marca parágrafos, mas com algumas • Erro de ortografia (incluindo erro de
falhas; acentuação, uso indevido de letra minúscula
• utiliza apenas os conectores e os ou de letra maiúscula e erro de
mecanismos de coesão textual mais translineação).
comuns, embora sem incorreções • Erro de morfologia.
graves. • Incumprimento das regras de citação de
NÍVEL INTERCALAR 4 texto ou de referência a título de uma obra.
– Redige um texto com estruturação 2 • Erro de sintaxe. 2
muito deficiente e com insuficientes • Impropriedade lexical.
mecanismos de coesão textual:
• apresenta um texto em que não se A repetição de um erro de ortografia na mesma resposta
conseguem identificar claramente três (incluindo erro de acentuação, uso indevido de letra minúscula ou
partes (introdução, desenvolvimento e de letra maiúscula inicial e erro de translineação) deve ser
conclusão) ou em que estas estão contabilizada como uma única ocorrência.
insuficientemente articuladas;
• raramente marca parágrafos de • Limites de extensão
forma correta; Sempre que não sejam respeitados os limites relativos ao
• raramente utiliza conectores e número de palavras indicados na instrução do item, deve ser
mecanismos de coesão textual ou descontado um ponto por cada palavra a mais ou a menos, até
utiliza-os de forma inadequada. cinco (1x5) pontos, depois de aplicados todos os critérios
definidos para o item. Se da aplicação deste fator de
desvalorização resultar uma classificação inferior a zero pontos, é
atribuída à resposta a classificação de zero pontos.

24
© Areal Editores