You are on page 1of 16

ENTENDENDO A NORMA DE

CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE
SEGURANÇA DE ALIMENTOS FSSC 22000
GUIA TÉCNICO SOBRE OS DESAFIOS, IMPACTOS E OPORTUNIDADES DA FSSC 22000

janeiro 2014
RESUMO
O propósito deste guia é dar uma introdução aos requisitos da norma de
Certificação de Sistemas de Segurança de Alimentos FSSC 22000. Este
documento não tem como objetivo explicar a norma ou sua implantação
na íntegra. Ao invés disso, ele busca promover a interpretação da norma
e seus benefícios as organizações que possuem negíocios em escala
nacional e internacional dentro do setor alimentício.

conteúdo
I. sumário executivo 2

II. segurança global de alimentos - um abiente desafiador 3

III. os componentes principais da fssc 22000 5

IV. uma solução global para a segurança de alimentos 11

V. nestlé adere à fssc 22000 para se enquadrar âs exigências da GFSI 13

VI. Conclusão 14

1
I. sumário executivo
A segurança do alimento é uma a segurança do alimento) concluiu o abordagens mais abrangentes para
preocupação mundial que afeta tanto processo de requalificação desses um sistema de gestão de segurança
os fabricantes quanto os consumidores. padrões de referência FSSC 22000 de alimento para aqueles que estão
Com a globalização da produção referente à sexta Edição da GFSI. O envolvidos na fabricação e no processo
alimentar para atender as necessidade FSSC 22000 possui novamente o de embalagem de alimentos. Por ter
da população mundial que é cada vez reconhecimento total da GFSI quanto como base a norma ISO 22000:2005,
maior, a cadeia produtiva de alimentos ao seu esquema, que orienta as a FSSC 22000 trabalha em perfeita
se transformou em um negócio ainda práticas de segurança do alimento e harmonia com outros sistemas de
mais complexo do que era, elevando o a produção segura de embalagens gestão, como ISO 9001, ISO 14001 e
risco de possíveis incidentes relativos para alimentos. Isso possibilita que OHSAS 18001 tornando-a parte integral
à segurança do alimento. Para ajudar as empresas da cadeia produtiva que da capacidade de produção alimentar
a eliminar tais riscos, diversas normas obtiveram a certificação FSSC 22000 de qualquer empresa para aprimorar a
regionais e customizadas foram ajustadas atendam as exigências de diversos qualidade da segurança do alimento e de
para aprimorar a segurança alimentar varejistas internacionais e das maiores outros aspectos.
e endereçar os problemas levantados empresas alimentícias de acordo Por fim, a FSSC 22000 combina os
pelos fabricantes, fornecedores, com um único sistema de gestão de benefícios de uma ferramenta de gestão
varejistas e consumidores. segurança do alimento reconhecido de negócios ligada à segurança de
Em fevereiro de 2013 A Iniciativa internacionalmente, oferecendo alimentos e processos empresariais, com
Global para Segurança do alimento para cada organização a segurança e a capacidade de atender aos requisitos
(GFSI) (uma organização comprometida confiabilidade na venda de produtos para de clientes globais em ascensão diante
com a determinação de padrões de os principais varejistas. da certificação de sistemas de segurança
referência para a os esquemas de gestão A FSSC 22000 apresenta uma das do alimento aprovados pelo GFSI.

2
II. segurança global de alimentos –
A CHALLENGING ENVIRONMENT
Consumidores estão se tornando cada gestão da segurança de alimentos para e Pontos Críticos de Controle (APPCC)
vez mais preocupados com a segurança empresas que precisavam atender a uma juntamente com um sistema de gestão
de alimentos. De leite contaminado grande variedade de regulamentações abrangente. A FSSC 22000 dá às
à pasta de amendoim contaminada, globais para a segurança de alimentos. organizações um modo de demonstrar,
temores e recolhimento de alimentos No entanto, a ISO 22000:2005, não foi num formato internacionalmente
sempre estiveram presentes nos últimos aprovada pelo GFSI na época devido ao conhecido, que elas possuem um sistema
anos. Redes extensas de fornecedores fraco conteúdo para programas de pré- de gestão abrangente que atende aos
globais e falta de mecanismos de requisitos. Para melhorar este conteúdo, requisitos de segurança de alimentos,
controle adequados são alguns dos um grupo de grandes empresas tanto de clientes quanto das agências
motivos principais. Ao passo em que multinacionais redigiu um adendo à regulatórias. A norma foi designada para
fabricantes e varejistas fazem esforços norma ISO 22000:2005, conhecido como cobrir todos os processos junto com a
para lidar com deficiências em sua Especificação Disponível ao Público 220 cadeia de fornecedores que lida direta
cadeia de fornecedores, e normas e (PAS 220:2008), lançada em 2008. O ou indiretamente com o produto final
esquemas múltiplos de segurança são GFSI concordou que a combinação da ISO sendo consumido. Isso leva todos dentro
propostos e adotados, progressos são 22000:2005 e PAS 220:2008 continha da cadeia de fornecedores a um único
feitos para assegurar a segurança global um conteúdo adequado para aprovação, sistema de gestão da segurança de
de alimentos. mas que deveria existir um esquema alimentos consolidado, tornando mais fácil
A introdução da FSSC 22000 em 2010 de posse da indústria que governasse treinar, implementar e auditar a gestão
marcou uma etapa significativa rumo a combinação destas duas normas, da segurança de alimentos em todos os
a um único esquema de segurança junto com uma ênfase nos requisitos níveis da rede de alimentos.
do alimento globalmente reconhecido regulatórios e do cliente.
Em março de 2012 o PAS 220: 2008 foi
e de credenciamento internacional. Consequentemente, a Fundação para a retirado e substituído pela norma ISO/
Ela combina as normas de Gestão de Certificação da Segurança de Alimentos TS 22002-1:2009 de acordo com o
Segurança do alimento da ISO 22000: desenvolveu a FSSC 22000, combinando esquema da FSSC 22000. As exigências
2005 com as exigências detalhadas a ISO 22000:2005 à PAS 220:2008, da norma ISO/TS 22002-1: 2009 são
dos programas de pré-requisitos juntamente com requisitos regulatórios essencialmente as mesmas que são
(PRPs) de cada setor dentro da cadeia e do cliente. A FSSC 22000 foi aprovada detalhadas nas exigências dos programas
de fornecimento e das suas principais pelo GFSI em Maio de 2009 como uma de pré-requisitos (PPRs).
exigências. O esquema da FSSC 22000 referência mundial para a gestão da
foi totalmente reconhecido pela Iniciativa segurança de alimentos. Desde fevereiro Em fevereiro de 2013 a versão 3 da
Global para Segurança Alimentar (GFSI) de 2010, a FSSC 22000 se tornou a FSSC 22000 foi reconhecida pela GFSI
que também tem como foco a melhora sexta norma a fazer parte do portifólio de com a inclusão de exigências adicionais
da eficiência de custos em toda a esquemas reconhecidos da GFSI. Esse para abranger a gestão de insumos e as
cadeia de fornecimento de alimentos movimento ajuda a ajuda a aprimorar exigências regulamentares específicas.
por meio do aceite regular das normas a gestão dos custos e a consistência
reconhecidas da GFSI pelos varejistas do entre as cadeias de fornecimento de
mundo todo. alimentos em todo o mundo e oferece A INTRODUÇÃO
a origem do esquema da fssc 22000
muita confiança aos usuários finais de DA FSSC EM 2010
certificação de terceiros ao mesmo
Em 2001, a Organização Internacional tempo em que propicia flexibilidade e
MARCOU UMA ETAPA
de Normalização (ISO) iniciou o possibilidade de escolha nos esquemas SIGNIFICATIVA RUMO
desenvolvimento de uma norma auditável de certificação.1 A UM ÚNICO ESQUEMA
para a indústria de alimentos, construindo
sobre o papel da certificação de Análise
O resultado é uma norma internacional, DE SEGURANÇA
de Perigos e Pontos Críticos de Controle
auditável, que especifica os requisitos DO ALIMENTO
(APPCC) nos sistemas de gestão da
para sistemas de gestão da segurança
de alimentos por meio da incorporação
INTERNACIONALMENTE
segurança de alimentos. O resultado foi a
de todos os elementos de Boas Práticas RECONHECIDO
ISO 22000:2005, lançada em 2005. Seu
de Fabricação (BPF) e Análise de Perigos
objetivo era de definir os requisitos de

1
Fonte: GFSI (www.ciesnet.com)

3
as origens de uma norma global 2004 Fevereiro de 2010
A Norma Internacional para Alimentos A FSSC 22000 é totalmente reconhecida
1938
(IFS) é lançada (uma norma aprovada pelo GFSI.
Boas Práticas de Fabricação são
pelo GFSI).
reforçadas pela Administração de
Alimentos e Medicamentos dos Julho de 2011
EUA (FDA), como resultado do Ato 2004 A Fundação anunciou a criação da
sobre Alimentos, Medicamentos e A Fundação para a Certificação da Certificação de Cadeia de Fornecimento,
Cosméticos de 1938. Segurança de Alimentos é fundada. uma ampliação do escopo da FSSC
22000 que cobre o setor de fabricação
Anos 60 2005 de embalagens para alimentos.
Princípios de Análise de Perigos e A norma ISO 22000:2005 é lançada,
Pontos Críticos de Controle (APPCC) sem aprovação do GFSI devido à falta de Agosto de 2011
são criados. programas de pré-requisitos suficientes. O Guia de Implementação do GFSI
6.1 foi emitido, incluindo as exigências
1995 2007 para fabricação de embalagens
A norma de Qualidade e Segurança do Os sete maiores varejistas concordam para alimentos.
Alimento(SQF) é lançada (uma norma em reduzir a duplicação na cadeia de
aprovada pelo GFSI). fornecedores através da aceitação Outubro de 2011
comum de qualquer um dos esquemas Os documentos da norma FSSC foram
1998 registrados pelo GFSI (BRC, IFS, SQF ou atualizados, incluindo a extensão
A primeira norma do Consórcio Britânico APPCC holandês). sobre embalagens para registro
para o Varejo (BRC) é introduzida (agora à GFSI e para todos os órgãos de
uma norma aprovada pelo GFSI). 2008 certificação pertinentes.
A PAS 220:2008 é emitida como uma
Fim da década de 90 forma de estabelecer programas de Fevereiro de 2012
A GLOBALG.A.P. foi lançada pré-requisitos suficientes para a ISO A Fundação anunciou a criação da
(originalmente conhecida como 22000:2005. Certificação de Segurança do alimento,
EurepGAP também é uma norma o escopo da FSSC será ampliado de
aprovada pela GFSI). 2009 modo a incluir a fabricação de alimentos
A FSSC 22000 é lançada como uma e de ração para animais.

Maio de 2000 combinação da ISO 22000:2005


A Iniciativa Global para a Segurança e PAS 220:2008. Março de 2012
de Alimentos (GFSI) é fundada. Um A PAS 220:2008 foi retirada e
dos objetivos principais do GFSI é Maio de 2009 substituída pela norma ISO/TS
de referenciar esquemas de gestão O conteúdo da FSSC 22000 é aprovado 22002-1: 2009.
da segurança de alimentos com o pelo GFSI.
propósito de convergir as normas de Fevereiro de 2013
segurança de alimentos. A FSSC 22000, versão 3, foi totalmente
reconhecida pelo GFSI.

4
III. OS COMPONENTES PRINCIPAIS
DA FSSC 22000
a fundo na iso 22000:2005 à terminologia e promover o uso da Planejamento e Produção
Para compreender totalmente os linguagem comum. de Produtos Seguros
requisitos de certificação da FSSC 22000,
Esta seção incorpora os elementos das
é importante incluir uma visão geral da Sistema de Gestão da Segurança de Boas Práticas de Fabricação (BPF) e
ISO 22000:2005 e PPRs, uma vez que
Alimentos Análise de Perigos e Pontos Críticos de
elas formam a base da norma.
Na seção de sistemas de gestão da Controle (APPCC), incluindo quaisquer
ISO 22000:2005 foi projetada para requisitos regulatórios aplicáveis à
segurança de alimentos, a ênfase está
cobrir todos os processos junto à organização e seus processos. Programas
no estabelecimento, documentação,
cadeia de alimentos que lidam direta ou de pré-requisitos adequados (ex.
implantação e manutenção de um
indiretamente com o produto final a ser treinamento, sanitização, manutenção,
sistema eficaz de gestão da segurança
consumido. Além disso, ela especifica rastreabilidade, análise de fornecedores,
de alimentos. Isto inclui procedimentos
os requisitos para sistemas de gestão controle de produto não-conforme e
e registros que são necessários para
da segurança de alimentos através da procedimentos de recolhimento) são
assegurar o desenvolvimento eficaz,
incorporação de todos os elementos necessários para direcionar requisitos
implantação e atualização do SGSA.
das Boas Práticas de Fabricação (BPF) e gerais para prover uma base para a
de Análise de Perigos e Pontos Críticos produção de alimentos seguros.
de Controle (APPCC) juntamente com Responsabilidade da Direção
um sistema de gestão abrangente. Esta A seção de responsabilidades da direção
Validação, Verificação e Melhoria
norma é constituída de oito elementos descreve o compromisso da alta direção
do Sistema de Gestão da Segurança
principais, detalhados a seguir. com a implantação e manutenção do
sistema de gestão da segurança de de Alimentos
Escopo alimentos. A designação de um gestor e A fim de manter e demonstrar a eficácia
uma equipe para o sistema de segurança do SGSA, a organização deve validar se
O escopo aponta para as medidas de
de alimentos, estabelecimento de todas as hipóteses utilizadas dentro do
controle a serem implantadas para
políticas, metas, planos emergenciais de sistema são cientificamente comprovadas.
assegurar que processos estão em vigor
contingência e responsabilidades claras, Além disso, a organização deve planejar,
para atender os requisitos regulatórios de
juntamente com o estabelecimento de conduzir e documentar a verificação regular
segurança de alimentos e os do cliente.
mecanismos eficazes de comunicação de todos os componentes do sistema
Os diferentes tipos de organizações na
dentro da organização e com para avaliar se o sistema está operando
cadeia de alimentos para os quais esta
fornecedores e clientes são os elementos- como projetado ou se modificações são
norma poderá ser aplicada são aqueles
chave desta cláusula. Análises críticas necessárias. A verificação deverá também
que estão direta ou indiretamente
programadas regularmente pela direção fazer parte de um processo de melhoria
envolvidas em uma ou mais etapas da
garantem que a alta direção esteja a contínua pelo qual a organização analisa
cadeia de alimentos, independente de
par da situação do sistema e que ações criticamente a verificação.
seu porte ou complexidade.
sejam autorizadas para corrigir não-
conformidades, bem como melhorar de UM OLHAR MAIS PRÓXIMO AOS
Referência Normativa forma contínua o sistema de gestão da
PROGRAMAS DE PRÉ-REQUISITOS (PPRs)
Esta se refere a materiais que poderão ser segurança de alimentos.
utilizados para determinar as definições Entre as exigências específicas de
associadas com os termos e vocabulário segurança do alimento que a norma ISO
Gestão de Recursos
usado no documento das normas ISO. 22000: 2005 estabeleceu para empresas
Um sistema de gestão da segurança de da cadeia de fornecimento de alimentos
alimentos implantado de forma eficaz foi a necessidade de criar, implementar e
Termos & Definições requer que a alta direção provenha os manter os PPRs para auxiliar a eliminar os
Num esforço para manter a consistência recursos, orçamento e pessoal adequado riscos referentes à segurança do alimento
e encorajar o uso da terminologia comum, para o funcionamento eficaz do sistema. no processo de fabricação.
a seção de termos e definições da ISO Treinamento e avaliações programados
• A ISO/TS 22002-1-2009 complementa
22000:2005 faz referência ao uso das 82 e documentados para o pessoal-chave
os programas de pré-requisito para a
definições encontradas na ISO 9001:2008 e disponibilização de um ambiente de
produção de ingredientes e alimentos;
e lista as definições que são específicas trabalho e infra-estrutura seguros são
para esta aplicação. A lógica por trás cruciais para a continuidade do sistema.
da seção de definições é dar clareza

5
• PAS223:2011 complementa os programas de pré-requisitos para a fabricação de embalagens para alimentos;
• PAS222:2011 complementa os programas de pré-requisitos para a fabricação de ração e alimentos para animais.
Essas inclusões tornariam o esquema mais completo e alinhando às exigências da Iniciativa Global para Segurança do Alimento para
determinar padrões de referência.

As exigências do programa de pré-requisito se aplicam a todas as empresas, independente do porte ou da complexidade, bem
como a todos os envolvidos na etapa de fabricação da cadeia de alimentos e que queiram implementar os PPRs de modo a aplicar
as exigências especificadas na norma ISO 22000: 2005.

ISO/TS2002-1:2009 PAS223:2011 PAS222:2011


Produção de Alimentos Produção de materiais para Produção de ração e de comida
• Construção e layout de edifícios embalagem de alimentos para animais
• Layout das dependências e do • Estabelecimentos • Locais
ambiente de trabalho • Layout e ambiente de trabalho • Processos e ambiente de trabalho
• Serviços – ar, água e energia • Serviços • Serviços
• Descarte de resíduo • Resíduo • Descarte de resíduo
• Adequação, limpeza e manutenção • Adequação e manutenção dos • Adequação, limpeza e manutenção
dos equipamentos equipamentos dos equipamentos
• Gestão da aquisição de ensumos • Serviços e materiais adquiridos • Gestão de ingredientes
• Medidas preventivas contra • Contaminação e retirada • Gestão de medicamentos
contaminação cruzada
• Limpeza • Prevenção contra contaminação
• Limpeza e procedimentos
• Controle de pestes • Procedimentos Sanitários
sanitários
• Higiene pessoal e das instalações • Controle de Praga
• Controle de pestes
• Retrabalhos • Higiene Pessoal e das Instalações
• Higiene pessoal e das instalações
dos funcionários • Expedição • Retrabalho
• Retrabalho • Armazenamento e transporte • Procedimentos para retirada do
• Procedimentos para recall de • Informações da embalagem produto
produtos do alimento e informações ao • Acondicionamento e transporte
consumidor
• Acondicionamento • Fórmulas dos produtos
• Defesa alimentar, biovigilância e
• Informações sobre o produto/ • Especificações dos serviços
bioterrorismo
avisos aos consumidores
• Projeto e desenvolvimento de • Treinamento e supervisão de
• Defesa alimentar, biovigilância e pessoal
embalagem para alimento
bioterrorismo
• Informações sobre o produto
• Defesa alimentar, biovigilância e
bioterrorismo

6
7
O QUE A FSSC ACRESCENTA À NORMA ISO alimentar e das práticas comensuráveis Em julho de 2011 o escopo da certificação
22000:2005 E AOS PROGRAMAS DE PRÉ- às suas atividades; FSSC 22000 foi ampliado para incluir a
REQUISITO? • Finalmente, o fabricante deve garantir Fabricação de Materiais para Embalagem
que o sistema seja implementado de acordo com a publicação do programa
A FSSC 22000 inclui exigências
para assegurar a análise de insumos de pré-requisito – PAS 223 e estabelecer
adicionais que reforçam o critério já
essenciais para a confirmação exigências de segurança do alimento na
coberto de acordo com as normas
de que a segurança do produto fabricação e na produção de embalagens
competentes que os fabricantes e
está comprometida. A análise será para alimentos. Posteriormente, em
fornecedores devem cumprir.Tais
realizada em relação às normas fevereiro de 2012 a Fundação anunciou
exigências adicionais estabelecem que:
equivalentes àquelas detalhadas na que o escopo da norma de Certificação
• As empresas que almejam a do Sistema de Segurança do Alimento
norma ISO 17025;
certificação devem garantir que as (FSSC 22000) foi ampliado para incluir
especificações dos ingredientes e Quanto à fabricação do material para ração animal de acordo com a última
do material levem em consideração embalagem de alimentos, as exigências publicação do programa de pré-requisito
qualquer exigência regulamentar adicionais estão inclusas no PAS223. - PAS-222 referente à segurança do
aplicável; alimento na produção de alimentos e de
• Além da obrigação acima, devem ter ESCOPO DA FSSC 22000 ração para animais.
uma lista com as exigências estatutárias A FSSC 22000 pode ser aplicada a uma
regulamentares internacionais variedade extensa de organizações de
referentes à segurança alimentar,
incluindo aquelas que se aplicam a:
qualquer porte ou complexidade que
fabricam alimentos. Não importa qual
FSSC 22000 PODE
matérias-primas; serviços prestados; e a posição que fabricantes ocupam na SER APLICADA A
produtos manufaturados e fornecidos. cadeia de alimentos, nem se eles geram ORGANIZAÇÕES DE
Além disso, o fabricante deve lucros ou não, nem mesmo se eles são TODOS OS TAMANHOS
cumprir todos os códigos de práticas
relativos à segurança do alimento, as
empresas públicas ou privadas. Isto inclui
fabricantes de:
E COMPLEXIDADES
exigências do consumidor relativas QUE OPERAM NA ÁREA
• Produtos perecíveis de origem animal,
à segurança do alimento e quaisquer
incluindo abate de carne e pré-abate
DE PRODUÇÃO DE
outras exigências adicionais relativas à
(isto é, carne embalada, aves, ovos, ALIMENTOS.
segurança alimentar determinadas pelo
laticínios e peixes);
consumidor. Tal exigência, tem sido
enfatizada atualmente por fazer parte da • Produtos perecíveis de origem
norma ISO 22000:2005 em vez de uma vegetal (frutas frescas embaladas e
“exigência adicional”; sucos de frutas, frutas em conserva,
vegetais frescos embalados e vegetais
• O sistema de segurança alimentar
em conserva);
deve garantir e comprovar a
conformidade com tais exigências; • Produtos com data de validade longa
(isto é, produtos enlatados, biscoitos,
• O fabricante também deve garantir
salgadinhos, óleos, água mineral,
que todos os serviços (incluindo,
refrigerantes, massas, farinha,
serviços de transporte e manutenção)
açúcar e sal);
que possam influenciar a segurança
alimentar, possuam exigências • Ingrediente alimentar (isto é, aditivos,
específicas, que sejam detalhadas vitaminas, e bioculturas, exceto aditivos
nos documentos na medida necessária tecnológicos e técnicos);
para realizar análise de risco e que • Ração e comida para animais;
sejam geridas em conformidades
• Fabricação de material para
com as exigências da norma
embalagem de alimentos tanto de
ISO/TS 22002-1: 2009;
contato direto quanto indireto com
• O fabricante deve garantir a supervisão o alimento.
eficaz dos funcionários e a aplicação
correta das práticas de segurança

8
O PROCESSO DE AUDITORIA
O processo de auditoria para a FSSC 22000 é baseado na estrutura da ISO 22000:2005 e ocorre em um ciclo de três anos.

Auditoria Inicial de
Estágio I - Avaliação da
documentação, escopo,
recursos e preparo do
SGSA para o Estágio 2.

Auditoria Inicial de
Estágio II - Avaliação da
implantação e eficácia do
SGSA.

Reunião de encerramento
e confirmação de quaisquer
não-conformidades.

Correções da auditoria
Não-conformidades
inicial e término das ações
identificadas.
corretivas.

Evidências de ações
corretivas e preventivas
avaliadas por um organismo
Ações corretivas de certificação (OC)
incompletas ou através de evidências
insatisfatórias. documentais ou re-auditoria.
Encerramento bem
sucedido documentado.

Sem emissão de Análise crítica independente


certificado. da certificação completa.

Decisão de certificação
tomada por OC.

Auditorias contínuas de
manutenção (ver
fluxograma de auditorias
de manutenção).

9
AUDITORIAS DE MANUTENÇÃO
Para assegurar melhoria contínua, uma série de auditorias de manutenção são programadas, com um intervalo mínimo de uma
auditoria por ano.

Após a emissão da certificação, auditorias


contínuas de manutenção pré-programadas
ocorrem pelo menos uma vez ao ano.

Um relatório de auditoria de manutenção


é finalizado detalhando as constatações
durante a auditoria e não-conformidades
são documentadas.

Não-conformidades Não-conformidades
identificadas. menores identificadas.

Nenhuma
Não-conformidade
identificada.

Correção e plano de ações corretivas


Correção e ações corretivas devem ser
submetidos e verificados. Verificação
tomadas e validadas pelo auditor, por meio
completa das ações corretivas durante a
de re-auditoria ou evidência documental.
próxima visita devida.

Sem correção ou ações Sem correção ou


corretivas tomadas ou submissão de plano de
ações sem eficácia. ações corretivas.

Decisão tomada para Decisão tomada para


suspensão ou retirada do suspensão ou retirada do
certificado. certificado.

Correção e ações Continuação das visitas


corretivas aceitáveis. de manutenção.

Re-certificação a cada
três anos.

10
IV. uma solução global para a
segurança de alimentos
PORQUE A FSSC 22000 FUNCIONA? às especificações de serviço, certificação contratados para garantir
A FSSC 22000 é a norma de gestão às exigências regulamentares que eles atendam as exigências
da segurança de alimentos mais específicas, a gestão de insumos e a específicas da FSSC.
abrangente pois: supervisão de atividades relacionadas
à segurança do alimento;
• Tem como base a certificação do
sistema de gestão e diferentemente • É aprovada pela Iniciativa Global para FSSC 22000 incorpora
da maioria das normas com base no a Segurança de Alimentos (GFSI);
vários princípios
produto há uma diferença significativa
na abordagem da auditoria;
• Controla/reduz os perigos aos de outras normas
alimentos e promove a melhoria
contínua dos Aspectos de Segurança
de segurança
• Integra o sistema de gestão da
segurança de alimentos facilmente de Alimentos; de alimentos
com outros sistemas de gestão, • Incentiva a conformidade legal; aprovadas pelo GFSI
tais como de sistemas de gestão
• Aumenta a transparência ao longo da
e as combina em uma
da qualidade, meio ambiente
cadeia de fornecedores de alimentos; única abordagem.
e segurança;
• Permite que empresas de pequeno
• Incorpora de maneira integral a ISO
porte e/ou menos desenvolvidas
22000:2005, e os Programas de
implantem um sistema
Pré-Requisitos (PPRs), HACCP e
desenvolvido externamente;
a aplicação dos passos conforme
definidos nas Diretrizes Alimentares • A FSSC 22000 possui um programa
do CODEX, bem como as exigências de integridade em vigor para analisar
adicionais específicas referentes o desempenho de todos os órgãos de

Como os requisitos do GFSI são cobertos nas principais normas globais de segurança de alimentos:

REQUISITOS DO GFSI FSSC 22000 BRC SQF IFS

Sistema de Gestão da Sistema de Gestão da Sistema de Gestão da


Sistema de Gestão da
Segurança de Alimentos Segurança de Alimentos Segurança de Alimentos
Qualidade
(SGSA) e Qualidade e Qualidade

Comprometimento da Alta Responsabilidade da Alta


Responsabilidade da Direção Comprometimento
Direção e Melhoria Contínua Direção

SISTEMA DE GESTÃO DA
Gestão de Recursos Pessoal Treinamento de Pessoal Gestão de Recursos
SEGURANÇA DE ALIMENTOS

Sistema de Gestão de
Especificação e
Planejamento e Produção de Segurança de Alimentos
Desenvolvimento de Processo de Produção
Produtos Seguros e Qualidade, Controle de
Produtos
Produtos

Auditoria Interna, Ações Verificação, Ações


Validação, Verificação e
Corretivas e Precentivas, e Corretivas e Preventivas, e Medição, Análise e Melhoria
Melhoria do SGSA
Calibração Calibração de Equipamentos

Segurança da Unidade,
Identificação de Alimentos Recursos Humanos,
BOAS PRÁTICAS DE Norma da Unidade, Controle
Planejamento e Produção de em Conserva, ID de Requisitos de Higiene
FABRICAÇÃO, DE DISTRIBUIÇÃO de Produtos, Controle de
Produtos Seguros e PAS 220 Produtos, Rastreabilidade e para Alimentos
E AGRÍCOLAS Processo, Pessoal
Retirada e Fundamentos da (cláusulas 4.6-4.18)
Segurança de Alimentos

Planejamento e Produção Especificação e


análise de perigos e
de Produtos Seguros, Plano de Segurança de Desenvolvimento de
pontos críticos de APPCC
Validação, Verificação e Alimentos - APPCC Produtos, Realização da
controle (appcc)
Melhoria do SGSA Segurança de Alimentos

11
Comparação da FSSC 22000, ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS em termos de Requisitos de Sistemas de Gestão:

REQUISITOS DE SISTEMA
FSSC 22000 ISO 9001 ISO 14001 OHSAS 18001
DE GESTÃO

Cláusulas 4.1, 4.4.4, Cláusulas 4.1, 4.4.4,


Sistemas Gerais de Gestão Cláusula 4 Cláusula 4
4.4.5 and 4.5.4 4.4.5 and 4.5.4

Cláusulas 4.1, 4.2, 4.3, Cláusulas 4.1, 4.2, 4.3,


Responsabilidade da Direção Cláusula 5 Cláusula 5
4.4.1, 4.4.3 and 4.6 4.4.1, 4.4.3 and 4.6

Gestão de Recursos Cláusula 6 Cláusula 6 Cláusulas 4.4.1 and 4.4.2 Cláusulas 4.4.1 and 4.4.2

Fabricação de Produtos e Cláusulas 4.3.1, 4.3.2, Cláusulas 4.3.1, 4.3.2,


Cláusula 7 Cláusula 7
Controle Operacional 4.4, 4.4.3 and 4.4.6 4.4, 4.4.3 and 4.4.6

Medição, Análise e Melhoria Cláusula 8 Cláusula 8 Cláusula 4.5 Cláusula 4.5

MOVENDO-SE EM DIREÇÃO À
CERTIFICAÇÃO FSSC
Como líderes absolutos no Mercado
em certificações ISO 22000:2005 e
pioneiros na Solução Customizada
de Auditorias Simples de Alimentos2,
nossa experiência nos leva a acreditar
que organizações com um programa
de segurança de alimentos existente
podem incorporar os elementos da
FSSC 22000 em seus sistemas já
existentes através do uso de uma
abordagem progressiva para alcançar
conformidade com os princípios globais
de gestão da segurança de alimentos.
Uma organização com quaisquer
programas de segurança de alimentos
existentes discutidos aqui pode construir
sobre suas plataformas já existentes e
fazer a transição sem descontinuidade
para a certificação FSSC 22000. O
esquema FSSC 22000, por meio de sua
inclusão das normas ISO 22000:2005 e
dos programas de pré-requisito (normas
ISSO/TS 22002-1:2009,ou PAS223 ou
PAS222 com base em seu próprio setor)
2
cobre os requisitos-chave contidos A Solução customizada da SGS para Auditoria de Alimentos combina as exigências similares das principais
nas principais normas ou programas normas internacionais (como: ISO 9001:2008, ISO 14001: OHSAS 18001, FSSC 22000, BPF, ISO 22000: 2005,
de segurança de alimentos existentes, ISO/TS22002-2009, APPCC, SQF, IFS e BRC) e as cobre de forma mais eficiente em termos de custo e com
incluindo BPF/PPRs, APPCC, SQF, BRC, uma única auditoria, diminuindo o tempo de auditoria das empresas e tornando-a mais eficiente para que as
IFS e GlobalGAP. empresas administrem múltiplas certificações.

12
V. NESTLÉ adere a fssc 22000 para
se enquadrar as exigências da GFSI
A Nestlé, uma das maiores empresas ISO que inclui a ISO 9001, ISO 14001,
da indústria alimentícia e parceira
de grande importância da SGS na
OHSAS 18001 e os esquemas PAS
99: 2006. A GFSI tornou possível essa
COM A FSSC 22000,
área de certificação de segurança padronização ao endossar os sistemas A NESTLÉ GARANTE
do alimento tomou uma decisão de segurança alimentar que atendem as AOS SEUS CLIENTES
estratégica em 2007 para demonstrar exigências internacionais. QUE SEUS PRODUTOS
seu cumprimento com as normas
reconhecidas publicamente. A Nestlé
A conformidade em conjunto com SÃO CERTIFICADOS
escolheu a ISO 22000 como norma de
as exigências regulamentares e as
necessidades dos clientes da Nestlé
POR UMA NORMA
segurança do alimento a ser certificada demonstram a necessidade de APROVADA PELA GFSI.
mundialmente (juntamente com seu padronização dos sistemas de gestão
Sistema de Gestão de Qualidade de segurança do alimento. Ao aderir
Interno), seguida na adesão do PAS 220 à certificação FSSC 22000, a Nestlé
e da ISO/TS22002-1 recentemente. garante a todos os seus clientes que
Esta mudança representou a seus produtos são certificados por
transferência da ISO 22000/PAS 220 uma norma aprovada pelo GFSI e
para a FSSC 22000 para se enquadrar consolida a confiança de seus clientes,
às exigências da Iniciativa Global para promovendo a cultura “Nós Tornamos a
Segurança do alimento (GSFI). Agora, Nestlé Confiável”.
os clientes da Nestlé na Indústria de Ser certificado FSSC 22000 pela
alimentos orientam seus fornecedores SGS auxilia a Nestlé a melhorar
a se certificar junto a um esquema continuamente a qualidade dos seus
reconhecido como o FSSC 22000. produtos. A equipe de auditoria é
A globalização e um número cada vez treinada na legislação mais atual
maior de empresas multinacionais sobre segurança do alimento além
que produzem e vendem produtos em do conhecimento pertinente sobre
diversos mercados no mundo todo, diretrizes regulamentares, tendo ainda
mostram que há uma grande demanda vasta experiência em auditoria de
de padronização da segurança do segurança do alimento e de qualidade
alimento. O principal benefício da dos alimentos. Finalmente, isso auxilia
implementação da norma FSSC 22000 a Nestlé a atingir suas metas quanto à
que é aprovada pela ISO, é que as segurança alimentar
fábricas da Nestlé, seus Centros de
Distribuição e de P&D além de seus
fornecedores podem integrar a FSSC
22000 a outros sistemas de gestão da

13
VI. CONCLUSÃO
A FSSC 22000 combina os benefícios de uma ferramenta de gestão de negócios que conecta segurança de alimentos e processos
comerciais com a habilidade de atender aos crescentes requisitos de clientes globais para certificação de sistemas de segurança
de alimentos de fornecedores aprovados pelo GFSI. A FSSC 22000 estipula um compromisso mensurável da alta direção e
requer que organizações analisem os requisitos de clientes, define processos e demonstra controle consistente sobre os perigos
identificados, atualização e melhoria do sistema para adaptar mudanças no processo, requisitos ou regulamentações. Ela agrega
valor real às organizações independente de seu porte ou complexidade e equipara o campo de atuação de fornecedores e
compradores ao longo da cadeia de alimentos e em todo o mundo.

sobre a sgs eficazes para salvaguardar a qualidade,


A SGS é líder mundial em inspeções, segurança, e sustentabilidade ao
verificações, testes e certificações. A longo de todas as etapas da cadeia
SGS é reconhecida como referência de fornecimento global. Temos
global em qualidade e integridade. expertise para oferecer todos os testes,
Empregamos mais de 80.000 certificações, auditorias, inspeções e de
pessoa. Operamos uma rede de mais acordo com suas necessidades. Nossa
de 1650 escritórios e laboratórios em presença global e compreensão da
todo o mundo. cultura do mercado local, nos permite
e atuar de forma consistente, confiável
A SGS é credenciada pelos principais
e econômica. Temos uma abordagem
organismos de credenciais do segmento
harmonizada na entrega de serviços
alimentício como UKAS (The United
para nossos clientes, alavancando de
Kingdom Accreditation Service), e
forma consistente rede independente
JAS-ANZ (The Joint Accreditation
mais ampla de peritos em produtos ao
System of Australia and New Zealand)
cliente final em todo o mundo.
para oferecer auditorias de certificação
de acordo com os requisitos da FSSC
PARA MAIORES INFORMAÇÕES, VISITE
22000.
WWW.SGS.COM/FOODSAFETY
Nós realizamos auditorias e a
certificação da norma FSSC 2200. Entre
em contato conosco para saber mais faça o download de outros
sobre a Certificação de Sistema de guias Técnicos relevantes para a
segurança do Alimento. indústria de alimentos em
Somos líderes na prestação de www.sgs.com/white-
independentes le oferecemos soluções paper-library

NOTA DOS DIREITOS AUTORAIS


As informações contidas neste documento representam a visão atual da SGS SA sobre os assuntos discutidos a partir da data de publicação. Devido ao fato da SGS ter de responder
às condições mutáveis do mercado, isso não deve ser interpretado como um compromisso da parte da SGS, e a SGS não pode garantir a precisão de quaisquer informações
presentadas após a data da publicação. Este Guia Técnico possui somente fins informativos. A SGS não dá qualquer garantia, expressa, sugerida ou estatutária, quanto às informações
contidas neste documento. Atender a todas as leis aplicáveis de direitos autorais é responsabilidade do usuário. Sem limitação dos direitos sob direitos autorais, nenhuma das partes
deste documento pode ser reproduzida, mantida ou introduzida em um sistema de recuperação, ou transmitida de qualquer forma ou por quaisquer meios (eletrônicos, mecânicos,
fotocópias, gravações ou de outras formas), ou para quaisquer fins, sem autorização expressa por escrito da SGS. A SGS poderá ter patentes, aplicações de patentes, marcas
registradas, direitos autorais, ou outros direitos de propriedade intelectual que cubram o tema deste documento. Exceto se expressamente indicado em qualquer acordo de licença
por escrito por parte da SGS, o fornecimento deste documento não dá qualquer licença sobre estas patentes, marcas registradas, direitos autorais ou outras propriedades intelectuais.
QUALQUER REPRODUÇÃO, ADAPTAÇÃO OU TRADUÇÃO DESTE DOCUMENTO SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA POR ESCRITO É PROIBIDA, EXCETO SE PERMITIDO PELAS LEIS DE
DIREITOS AUTORAIS. © SGS SA 2014. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

14
© SGS Group – 2014 – Direitos Reservados - SGS é uma marca registrada do Grupo SGS S.A

WWW.SGS.COM
www.sgsgroup.com.br