Sie sind auf Seite 1von 5

AÇÃO DE DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE RELAÇÃO

JURÍDICO –TRIBUTÁRIA (ADIRJT)

• Cabimento: contra qualquer exigência indevida antes do


lançamento ou da lavratura do Auto de Infração e Imposição de
Multa (AIIM).
Objetiva a obtenção de “certeza jurídica” quanto à existência ou inexistência do
fato e das consequências jurídicas com ele relacionadas.
o Em matéria tributária: geralmente pede-se a
declaração da inexistência da relação jurídico-
tributária que ensejaria a cobrança do tributo (ex.
invalidação da norma em que se funda a pretensão).
o Assim, busca-se a declaração judicial de inexistência
de obrigação tributária, alegando-se, para tanto, a
ilegalidade ou inconstitucionalidade da exação que
se pretende exigir, diante do direito tributário
material e do direito constitucional.
Observações:
1. Quando cabível
a ADIRJT também é possível, em
regra, a impetração do MS Preventivo.
Ex: Prefeito majora tributo municipal por Decreto. Como ainda não houve o
lançamento tributário, ou seja, a cobrança do tributo, o Autor tem a opção entre
duas ações para que seja declarada a inexistência da relação jurídico-tributária:
Ação Declaratória de Inexistência de Relação Jurídico-Tributária ou Mandado
de Segurança Preventivo.
2. Caso o
problema apresentado mencione ser
preciso optar pela medida ou ação
mais célere e menos onerosa ao
Cliente, não há escolha. Neste caso a
ação cabível será o Mandado de
Segurança. Outrossim, se houver
necessidade de produção de provas
para a demonstração do direito,
também não haverá a opção entre as
duas ações. Nesta hipótese deverá ser
proposta a ADIRJT, já que no
procedimento do Mandado de
Segurança (Lei nº 12.016/09) não há
dilação probatória.
3. É a ação
pertinente quando o tributo é lançado
por homologação e ainda não houve a
lavratura do Auto de Infração e
Imposição de multa (AIIM). Se a
espécie tributária estiver sujeita ao
lançamento por homologação e já
lavrado o AIIM será caso de AADF
(Ação Anulatória de Débito Fiscal).
• Fundamento: art. 19, inciso I, do CPC/15.
Art. 19. O interesse do autor pode limitar-se à declaração:

I - da existência, da inexistência ou do modo de ser de uma relação


jurídica;

II - da autenticidade ou da falsidade de documento.

• Procedimento: arts. 300, 319 e seguintes do CPC/15

https://cdn.fbsbx.com/v/t59.2708-21/13659435_12257421874…=98d88b140d365d7ee6209669c1b7943b&oe=57BC5952&dl=1 21/08/16 23:29


Página 1 de 5
(Processo de Conhecimento – rito comum).

• Tutela Provisória de Urgência Antecipada: art. 300 do


CPC/15.
Art. 294. A tutela provisória pode fundamentar-se em urgência ou
evidência.
Parágrafo único. A tutela provisória de urgência, cautelar ou
antecipada, pode ser concedida em caráter antecedente ou
incidental.

Art. 300. A tutela de urgência será concedida quando houver


elementos que evidenciem a probabilidade do direito e o perigo de
dano ou o risco ao resultado útil do processo.

o
§ 1 Para a concessão da tutela de urgência, o juiz pode, conforme
o caso, exigir caução real ou fidejussória idônea para ressarcir os
danos que a outra parte possa vir a sofrer, podendo a caução ser
dispensada se a parte economicamente hipossuficiente não puder
oferecê-la.

o
§ 2 A tutela de urgência pode ser concedida liminarmente ou
após justificação prévia.

o
§ 3 A tutela de urgência de natureza antecipada não será concedida
quando houver perigo de irreversibilidade dos efeitos da decisão.

• Terminologia: Autor/Réu – PROPOR.


• Sentença: de procedência – meramente declaratória
(declaratória negativa – quando se requer a declaração da
inexistência da relação jurídico-tributária).
• Estrutura da peça: sem epígrafe, qualificação
completa, fatos, direito (fundamento jurídico), tutela
provisória de urgência antecipada, pedidos e valor da
causa.
Observações:
1. Pedido de concessão da Tutela Provisória de
Urgência Antecipada (TA): art. 300 do CPC.
a) A concessão da tutela antecipada, nos termos do artigo 151, inciso V, do
Código Tributário Nacional, suspende a exigibilidade do crédito tributário.
Cuidado: como na hipótese de cabimento da ADIRJ ainda não houve o
lançamento (crédito tributário ainda não foi constituído), o pedido de tutela
antecipada será para suspender a exigibilidade do crédito tributário, uma vez
ocorrido o lançamento.
b) Requisitos da Tutela Provisória de Urgência Antecipada (vide art. 300 do
CPC/15):
b.1) probabilidade do direito (Equivale ao fumus boni iuris. Trata-se do direito
alegado no fundamento jurídico da peça);
b.2) o perigo de dano ou o risco ao resultado útil do processo (Equivale ao
periculum in mora. Seria o risco de ocorrer o lançamento de ofício ou a
lavratura do Auto de Infração e Imposição de Multa (AIIM), exigindo-se o
pagamento do crédito tributário então constituído. Contribuinte não conseguirá
manter a regularidade fiscal enquanto pendente de julgamento a ação, caso
não seja concedida a TA);
2. Fundamento Jurídico: deve-se demonstrar a
razão da declaração de inexistência da relação com uma
conclusão no final desse tópico (vide modelo de ADIRJT);
3. Pedido: um dos pedidos será o de citação da
Fazenda Pública ou Ré para contestar a ação, já que em
matéria tributária só é possível transação se houver lei
autorizativa. Assim, em regra, não é possível que a
Fazenda Pública seja citada para participar duma
audiência de conciliação ou mediação (vide art. 335 do

https://cdn.fbsbx.com/v/t59.2708-21/13659435_12257421874…=98d88b140d365d7ee6209669c1b7943b&oe=57BC5952&dl=1 21/08/16 23:29


Página 2 de 5
CPC/15).
4. Valor da Causa: valor estimado do tributo
(normalmente ainda não existe um valor definido porque
ainda não houve o lançamento, salvo quando o tributo é
fixo).

MODELO DE AÇÃO DE DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE RELAÇÃO


JURÍDICO –TRIBUTÁRIA
Endereçamento - observar se o tributo é da competência Federal, Estadual,
Distrital ou Municipal (veja modelo de endereçamento das ações ordinárias).

Pular 5 linhas

​ ​(Nome da Empresa/Autora), portadora do Cadastro


Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) nº , com sede na nº , Bairro,
Cidade – Estado, Cep nº , por intermédio de seu representante legal Sr. ,
nacionalidade, estado civil, profissão, inscrito no Cadastro de Pessoas Físicas
nº , portador da Cédula de Identidade (RG) nº , através de seu Advogado
que esta subscreve (Instrumento de Procuração incluso), vem,
respeitosamente, perante Vossa Excelência propor
Pular 1 linha
Ação Declaratória de Inexistência de Relação Jurídico-Tributária com Pedido
de Tutela Antecipada
Pular 1 linha
em face da (Fazenda Pública Federal, Estadual de , Municipal de ou União
Federal, Estado de ou Município de ), na figura de seu representante legal,
com endereço na nº , Bairro, Cidade – Estado, Cep nº , com fundamento
nos artigos 19, inciso I, 300, 319 e seguintes, todos do Código de Processo
Civil, de acordo com as razões de fato e de Direito a seguir expostas:
Pular 1 linha
I – DOS FATOS: (Breve relato dos fatos de forma técnica. Não coloque
nenhuma informação não mencionada no problema. Dividir em parágrafos).

Pular 1 linha
II – DO FUNDAMENTO JURÍDICO: (Embasamento legal e citação de súmula).
Pular 1 linha
​(Trazer a norma relacionada com o direito).
​(Relatar os fatos jurídicos).

​ ​ ​(Subsumir os fatos à norma/direito).

​ ​ ​(Citar enunciados de Súmulas aplicáveis ao


caso).
​Neste sentido o enunciado da Súmula n. do
Supremo Tribunal Federal/Superior Tribunal de Justiça:
“.........................................................................
..........................................................................
..........................................................................
.........................................................................”

(Fazer parágrafo conclusivo).

https://cdn.fbsbx.com/v/t59.2708-21/13659435_12257421874…=98d88b140d365d7ee6209669c1b7943b&oe=57BC5952&dl=1 21/08/16 23:29


Página 3 de 5
​Sendo assim, face a inconstitucionalidade (ou
ilegalidade) demonstrada deve ser declarada a inexistência de relação jurídico-
tributária. (modelo de parágrafo conclusivo)
Pular 1 linha
III – DA TUTELA PROVISÓRIA DE URGÊNCIA ANTECIPADA: (É preciso
demonstrar a presença dos seus requisitos)
Pular 1 linha
​ ​ ​De acordo com o artigo 300 do Código de Processo
Civil são pressupostos autorizadores da tutela provisória de urgência
antecipada: a probabilidade do direito e o perigo de dano ou o risco ao
resultado útil do processo.

​A concessão da tutela antecipada justifica-se, pois ...


(mencionar o direito que está sendo ameaçado. Deve ser o mesmo do
fundamento jurídico) demonstra a probabilidade do direito do(a) Autor(a).

​O perigo de dano ou o risco ao resultado útil do


processo decorre .... (demonstrar o motivo da urgência. Ex. o(a) Autor(a)
precisa manter sua regularidade fiscal e, caso não efetue o pagamento do
tributo, estará sujeito a inscrição do débito em dívida ativa).

​Posto isto, uma vez evidente a presença dos


pressupostos ensejadores do provimento emergencial e diante da inexistência
do perigo de irreversibilidade dos efeitos da decisão, deve a presente medida
ser concedida para suspender a exigibilidade do crédito tributário diante da
realização do lançamento (art. 151,V, do CTN). (modelo de parágrafo
conclusivo para TA)
Pular 1 linha
IV – DO PEDIDO:
​Diante do exposto, requer a Vossa Excelência:
a) a concessão da tutela provisória de urgência antecipada para suspender a
exigibilidade do crédito tributário, uma vez efetuado o lançamento tributário,
nos termos do artigo 300 do Código de Processo Civil e artigo 151, inciso V, do
Código Tributário Nacional;
b) a citação da Ré, na figura de seu representante legal, para contestar a
presente ação;
c) a procedência do pedido com a declaração da inexistência da relação
jurídico-tributária;
d) a condenação nas custas processuais e honorários advocatícios;
e) a produção de todos os meios de prova em direito admitidos.
Pular 1 linha
IV – DO VALOR DA CAUSA:
Pular 1 linha
​Dá à causa o valor de R$ (valor por
extenso).
Pular 2 linhas
​Termos em que,
​pede deferimento.
Pular 2 linhas
​Local, data.

​_______________________________
​ADVOGADO

https://cdn.fbsbx.com/v/t59.2708-21/13659435_12257421874…=98d88b140d365d7ee6209669c1b7943b&oe=57BC5952&dl=1 21/08/16 23:29


Página 4 de 5
​ ​ ​OAB/ n°

https://cdn.fbsbx.com/v/t59.2708-21/13659435_12257421874…=98d88b140d365d7ee6209669c1b7943b&oe=57BC5952&dl=1 21/08/16 23:29


Página 5 de 5