Sie sind auf Seite 1von 4

RPG- Máquinas Térmicas- CTSA no Ensino da Física

Daiane Beatriz Costa

Ficha da personagem:
● Tipo de personagem: Jornalista
● Nome: Suzam Stevan
● Idade e como isso afeta o personagem:
Suzam tem 35 anos de idade que se caracteriza como uma pessoa determinada que já
alcançou alguns objetivos em sua vida profissional, passando por algumas experiências e
começando a ter uma carreira estável que ainda almeja maior reconhecimento, passando por
grandes desafios pelo fato da sociedade da época ainda ser muito machista.

● Família da personagem e como isso afeta:


Seu pai é um advogado reconhecido e sua mãe professora. A princípio seu pai
gostaria que ela casasse ou seguisse a carreira da mãe alegando que ela teria muitos desafios
como jornalista por ser mulher, apesar de sua família ser muito respeitada na época. Mas
durante a faculdade Suzam conheceu um colega em que seu pai era editor de jornal e mais
aberto, e por meio de indicação ela conquistou seu primeiro emprego com um salário muito
mais baixo que um jornalista homem. Apesar dos desafios e com a vantagem de sua família
ser reconhecida e respeitada, aos poucos foi conquistando mais espaços, assim conquistando
confiança do seu pai, e, sua mãe que se demonstrava imparcial.
·​ O que a personagem mais se orgulhou em sua vida:

Durante o ensino médio Suzam Stevans conquistou algumas premiações em escrever


redações na escola, e assim se tornou monitora de sua professora para ajudar e corrigir seus
colegas que não tinha facilidade.

● O que a personagem mais se envergonhou em sua vida:


Suzam Stevans envolveu em um relacionamento com seu colega de faculdade (que foi
citada acima) que seu pai era editor de um jornal com interesses de conseguir um
emprego, porém pouco tempo após conquistar uma outra oportunidade de emprego mais
reconhecido, ela terminou seu namoro. Suzam se sente envergonhada e frustrada, pois no
momento ela se viu com muitos desafios a trabalhar por ser mulher e encontrou um
caminho mais fácil para ter sua primeira experiência após muitas tentativas.

Atividades realizadas no jogo​.


Aula 1- ​A princípio, foi dividido cada grupo social entre os estudantes da disciplina, e dada
sua função e apresentado seu papel. O jogo apresentará uma situação em uma fábrica na
época da Revolução Industrial, em que sua proprietária deverá decidir entre comprar uma das
máquinas a vapor, máquina de Newcome ou Watt, para que seja implementada. Nesse
cenário, os cientistas apresentarão suas máquinas e com argumentos para convencer a
escolha. Enquanto isso, os trabalhadores se mostrarão inseguros com seus trabalhos e com
medo de perder seus empregos.
Aula 2- Neste dia foi apresentado cada personagem da fábrica e algumas características. A
proprietária da fábrica, Brigite, vai ser interpretada pela aluna Evellyn, sua sócia Maria Odete
pela Viviani, os cientistas que vão defender a Máquina de Watt Richard Charles e Katherine
por Gulherme e Etiene,.já os outros cientistas que vão apresentar as máquinas Newcome
serão interpretados por Vinícius e Rômulo.Os trabalhadores, por Antonio e Alexandro. Por
fim, os jornalistas Suzan Stevans e Arthur James Dent, por Daiane e Vanderson. Em cada
apresentação dos personagens foi falado os motivos e influências pessoais de cada um, além
de suas características pessoais e profissionais.
Aula 3-​. Neste dia a ideia seria os cientistas já ir apresentando suas máquinas para a
proprietária da fábrica, Brigite, apontando argumentos favoráveis, porém somente os
cientistas Richard Charles e Katherine falaram um pouco sobre a Máquina de Watt,
apresentando alguns cálculos, mas tendo algumas divergências, ficando para revisto e
apresentado na próxima aula. Desse modo, ficou para próxima aula para os cientistas
prepararem melhor de acordo com a Aula 2 e 3 (link campus virtual) e fazer os cálculos de
acordo com os documentos e apresentar mais argumentos favoráveis. Assim, finalizou-se a
aula com uma discussão entre os trabalhadores relatando rumores que a proprietária estava
planejando implementar máquinas na fábrica e que substituiria muitos trabalhadores e
consequentemente, geraria desemprego, os trabalhadores estavam inseguros e bastante
descontentes.
Aula 4- ​Os cientistas que defendem a máquina Newcome apresentaram os cálculos da
potência sendo 20 Hp, e substituiria 200 trabalhadores. Já o cientista Richard Charles fez os
cálculos da potência da Máquina Watt é de 45 Hp e que substituiria 450 homens. No mesmo
mesmo dia, o cientista Richard Charles também fez o esquema da máquina de Watt, ficando
pendente como próxima aula, ele levar a explicação do condensador e os outros cientista o
esquema de funcionamento de Newcome.
Aula 5- ​Foi apresentado os cálculos pelos cientistas de suas respectivas máquinas, além dos
esquemas de funcionamento mais completo. Os trabalhadores estavam discutindo na
possibilidade de realizar uma greve.
Aula 6- ​A princípio a ideia era finalizar a aula com a decisão de qual máquina seria
implementada na fábrica e a negociação com os trabalhadores. As propostas apresentada
pelos trabalhadores foram investir na segurança, sabotar as máquinas ou realocar os
trabalhadores que iriam perder os empregos para produção de algodão. Sendo, a última opção
a mais votada. No decorrer do jogo foi levantado discussões, mas ficou para próxima aula
decidir e fechar o jogo.

Análise do jogo
Meu personagem era uma jornalista, Suzam Stevans, sendo que as principais atuações
minhas seria fazer um relato do que ocorreu e foi discutido nas últimas aulas ao iniciar o
jogo, em que me demonstrei imparcial durante maior parte do jogo. Minha personagem
apoiaria a escolha de Newcome, pois não substituiria muitos trabalhadores e os colocariam
para produção de algodão, assim evitando maiores manifestações e sabotagem das máquina.
Assim, atenderia os interesses de todos, da proprietária, e também dos trabalhadores que não
ficariam desempregados.
O jogo foi de importância para refletirmos em formar pessoas com ensino de CTS, em
que elas percebam a necessidade em participar de decisões sociais e políticas. Na situação do
jogo é um exemplo, pois ao momento em que a proprietária ficou de escolher uma máquina
para ser implementada na fábrica, a mesma deveria demitir vários trabalhadores, e
consequentemente os mesmos sofreriam os impactos. Mas nesse caso através da consciência
social, eles reivindicaram e propuseram propostas para que não fossem prejudicados. Assim
como no RPG, há vários outras situações em que se percebe a necessidade de que as pessoas
saibam reivindicar seus direitos em prol de uma sociedade mais justa, ao questionar a
implementação de ciência e tecnologia e os seus interesses.
O jogo RPG- Máquinas Térmicas cabe a categoria 5 para o ensino de CTS que está
contido no texto do Mortimer e Santos, podemos considerar o conteúdo multidisciplinar, pois
aborda conteúdos científicos e tecnolgia , interesses, questões sociais, etc.